Conselho Recursos

Newsletter outubro 2014

Você está recebendo este boletim porque é o Delegado, ou o ponto de referência, da Comunicação Social. Você tem algum problema lendo este correio eletrónico? Examine-o em seu browser.

SSCS

Boletim n. 57 outubro 2014

Uma olhada
Enviar a un amigo

Cónoces a alguien que podría estar interesado en este e-mail? ¿Por qué no se lo reenviás?

Reuniões


   
Animação - Carta do P. Filiberto

MEUS CAROS AMIGOS,

desta vez escrevo-lhes de Nairóbi: estamos aqui para celebrar o Encontro dos Delegados para a CS da Região África-Madagascar. No fim de setembro e nos primeiros dias de outubro celebramos o Encontro conjunto dos Delegados das Regiões América Cone Sul e Interamérica.

Durante esses encontros pude apresentar os princípios que orientarão o nosso ser-comunicadores e também o nosso serviço nos próximos seis anos.

I. A seguir pois os princípios que farão de fio condutor.

1. O Salesiano é um comunicador da busca e da experiência do amor de Deus (Místico no Espírito), aprendida e amadurecida na comunidade dos Consagrados (Profetas da comunhão fraterna), levada aos jovens e com eles partilhada, especialmente os mais pobres (Servos dos jovens). Será um nosso modo de viver o CG27.
2. O valor absoluto da Pessoa: as pessoas comunicam quando elas tiverem do que comunicar (identidade, estudo, reflexão) e dispuserem de uma atitude comunicativa (Autenticidade, abertura, preparação).
3. A importância relativa do “meio”: opção pelo “meio” mais adaptado à mensagem, aos utentes, ao momento histórico e cultural, e ao objetivo que se quer alcançar.
4. O ponto que produz a mudança: a formação do salesiano evangelizador, educador, comunicador…, tendo Dom Bosco por modelo nessas três realidades inseparáveis. Diligenciamos, assim, por colaborar mui estreitamenteeito com a CS e a Formação.
5. A plataforma comum para levar a vante a missão salesiana, nas Inspetorias: a sinergia dos Setores da Formação, da PJ, da CS, das Missões, da Economia, da FS… – de todos, enfim, sem exceção –, pois todos nascem do mesmo carisma e se devotam à mesma missão.

II. Refletimos também acerca de alguns temas que nos orientaram na escolha das prioridades de se terem presentes no sexênio:

• as melhores práticas e os grandes desafios na própria Inspetoria no setor da CS;
• estudo e reflexão do Discurso de Encerramento do CG27 e do Projeto do RM 2014-2020 para conhecer as prioridades da Congregação;
• estudo e compreensão das áreas do SSCS para o sexênio 2014-2020;
• estudo e escolha das prioridades para a Região: linhas comuns para caminhar juntos numa única Congregação;
• escolha e aplicação, de algumas prioridades, à realidade da própria Inspetoria: atualização do PICS;
• atitudes principais necessárias no SDB comunicador para levar a vante o novo projeto;
• reflexão e busca de critérios de participação para SDBs e Colaboradores nas Redes Sociais.

Os dois aspectos foram de grande utilidade para os Delegados das três Regiões. Enquanto não se fizerem os Encontros nas demais Regiões, convido todos a refletir e a atualizar os Projetos Inspetoriais, tendo presentes os elementos supracitados.

Tudo de bom a todos nas próprias comunidades, famílias, trabalho. Saúdam-nos, a todos, os membros do Setor para a CS.

Cordialmente em Dom Bosco Santo,

P. FILIBERTO