Conselho Recursos

Empenhos do Delegado e da Comissão inspetorial de formação em 2011

FORMAÇÃO - CARTA

Empenhos do Delegado e da Comissão
inspetorial de formação em 2011

stemma_sdb_1
DIREZIONE GENERALE OPERE DON BOSCO
Via della Pisana 1111 - 00163 Roma

O Conselheiro para a Formação

 

Roma, 30 de novembro de 2010
Prot. 10/0998

Ao Reverendo
Delegado inspetorial da formação
Em sua sede

Para conhecimento
Ao Reverendo
Senhor Padre Inspetor
Em sua sede

Argumento: Empenhos do Delegado e da Comissão inspetorial de formação em 2011

Caríssimo Delegado,

                                  após os encontros anuais das Comissões regionais de formação, indico-lhe, como já se tornou costumeiro, alguns empenhos que poderá realizar com a Comissão inspetorial de formação e, eventualmente, com o Inspetor e o seu Conselho em 2011.
Estes empenhos constituem uma parte do caminho comum que estamos trilhando como Congregação, projetados para todas as Inspetorias no Projeto de animação e governo do Reitor-Mor e do seu Conselho para o sexênio 2008-2014. Eles não substituem os empenhos do itinerário específico da sua Inspetoria e da Região, segundo as exigências da programação própria.

1. Consulta sobre a formação dos Salesianos coadjutores e o Aspirantado

O Reitor-Mor com o Conselho Geral está levando em consideração a "Revisão da 'Ratio' sobre a formação inicial dos Salesianos Coadjutores" e está predispondo algumas "Orientações para o Aspirantado". Por isso, foram preparados alguns esboços, que lhe foram enviados de forma digital e também apresentados na Comissão regional.
Gostaria de receber o parecer da Comissão inspetorial para a formação, ouvido o Inspetor, sobre a formação do Salesiano Coadjutor. Também gostaria de ter o parecer conjunto das Comissões inspetoriais para a formação e a pastoral juvenil, ouvido o Inspetor, sobre o Aspirantado. Seria útil que os dois pareceres me fossem enviados até o dia 15 de maio de 2011.

2. Projeto formativo do Pré-Noviciado

Enviei-lhe no ano passado o novo texto da 'Ratio' sobre o Pré-Noviciado, que já teve a possibilidade de estudar com a Comissão e os formadores do Pré-Noviciado. Chega, então, o momento de rever o Projeto inspetorial do Pré-Noviciado e integrá-lo segundo as novas orientações. Após o trabalho de integração, gostaria que me enviasse a nova formulação do Projeto inspetorial do Pré-noviciado até o dia 30 de novembro de 2011.

3. Plano inspetorial para o Tirocínio

A Comissão regional de formação tomou consciência da difícil situação do Tirocínio; por isso, fez uma reflexão concluída com um subsídio intitulado: "Por um Tirocínio como experiência formativa. Sugestões para o projeto inspetorial do Tirocínio". No ano passado, você confrontou essas orientações na Comissão inspetorial de formação. Peço-lhe agora, segundo as necessidades da sua Inspetoria, que elabore o plano inspetorial para o Tirocínio a ser anexado ao Projeto inspetorial de formação, e que me envie até o dia 30 de novembro de 2011.

4. Amadurecimento para a afetividade e formação para a castidade consagrada

O Reitor-Mor pediu-me, para a publicação do número 408 dos Atos do Conselho Geral, que apresentasse algumas orientações que ajudassem a prevenir os abusos, favorecendo o amadurecimento afetivo e a formação à castidade e, ao mesmo tempo, aplicando mais atentamente "Critérios e normas" para o discernimento dos candidatos e dos pré-noviços. Com essa finalidade, peço-lhe para pensar e oferecer alguma iniciativa para as várias fases da formação inicial e para a formação permanente; seja valorizada, sobretudo a apresentação e a carta do Reitor-Mor, contida no mesmo número dos Atos. Em seguida, iniciaremos um confronto na Comissão regional para chegar a oferecer um itinerário, e não só iniciativas, que garantam esse amadurecimento e formação.

Recordo-lhe que iniciamos e estamos levando adiante também outros processos, que confio ao seu empenho: a formação dos formadores da formação inicial em nível regional, inspetorial e local; a aplicação do núcleo terceiro do CG26 sobre a necessidade de convocar; o cuidado com o "quinquênio" para os jovens salesianos presbíteros e para os jovens salesianos coadjutores professos perpétuos.

Agradeço-lhe desde já pela colaboração e cumprimento-o cordialmente em Dom Bosco.

P. Francesco Cereda