Conselho Recursos

Revisão do Pré-noviciado

ORIENTAÇÕES - CARTAS

Revisão da fase do pré-noviciado e das orientações da "Ratio" para essa fase

logo

DIREÇÃO GERAL OBRAS DOM BOSCO
Via della Pisana, 1111 – 00163 ROMA

O Conselheiro geral para a Formação

Roma, 1º de setembro de 2008
Prot. 08/0602

Ao Reverendo
Delegado inspetorial da formação
Em sua Sede

Para conhecimento
Ao Reverendo
Padre Inspetor
Em sua Sede

Caríssimo Delegado,

o Projeto do Reitor-Mor e do Conselho Geral para o sexênio 2008-2014 pede que se faça uma revisão da "Ratio" em relação à fase do pré-noviciado.

A revisão tem a finalidade de, antes de tudo, ajudar a Inspetoria a adquirir de modo mais profundo as atuais orientações da "Ratio"; fazer uma revisão mais intensa da experiência formativa do próprio pré-noviciado; e, portanto, oferecer à Congregação algumas orientações que reforcem ulteriormente esta fase; ela, de fato, continua a ser muito frágil e pouco centrada nos objetivos fundamentais da maturidade humana, da escolha consciente da vida cristã, da avaliação da idoneidade dos pré-noviços, do discernimento vocacional. Deram-se alguns passos, mas ainda insuficientes; a fragilidade do pré-noviciado repercute depois inevitavelmente em todas as demais fases formativas. De fato, continua a perdurar a fragilidade vocacional na formação inicial.

As alterações introduzidas referem-se, antes de tudo, ao fato de que na Congregação, de acordo com o CG26, há uma nova atenção ao acompanhamento vocacional e ao aspirantado anterior ao pré-noviciado. Foram revistos também os aspectos relativos à formação intelectual, à comunidade formadora e à experiência comunitária, à equipe dos formadores e ao guia espiritual. Dá-se maior ênfase ao envolvimento de psicólogos profissionais, à verificação da idoneidade para a vida consagrada salesiana e à necessidade de um maior cuidado no discernimento vocacional. Reformulam-se enfim as orientações e normas para a práxis.

Em vista do processo de revisão da "Ratio" sobre o pré-noviciado, peço-lhe que organize um encontro com a Comissão inspetorial de formação com a presença do Inspetor.

Nessa ocasião, a Comissão poderá

  1. avaliar a experiência atual do pré-noviciado da Inspetoria: aspectos positivos e limitações;
  2. dar uma parecer sobre as modificações introduzidas na "Ratio";
  3. oferecer outras eventuais sugestões.

Espero a sua resposta a respeito desses três pontos.

A entrega das respostas deverá ser feita até 31 de março de 2009. Pede-se que a resposta da sua Inspetoria seja enviada somente em formato digital, e endereçada ao Conselheiro para a formação: fcereda@sdb.org

Agradeço-lhe desde já pela colaboração e cumprimento-o cordialmente em Dom Bosco.

P. Francesco Cereda

Scarica il file Baixar arquivo texto inteira em formato zip