Conselho Recursos

Cagliero11 - Janeiro 2014

MISSIONES


MISSIONES - Cagliero 11

Cagliero11 SLKDownload file

1 2

Titolo notiziario
Nome società
N. 61 - Janeiro de 2014
Boletim de Animação Missionária Salesiana
Uma publicação do Dicastério das Missões para as Comunidades salesianas e os Amigos da missão salesiana
Para mim ser missionário Para mim ser missionário Para mim ser missionário
é uma fonte de alegria profunda! é uma fonte de alegria profunda! é uma fonte de alegria profunda!
D epois do Pós-noviciado, o Inspetor pedira
que um da nossa turma fosse à nossa missão
na Bulgária e lá fizesse o tirocínio prático. Não
gostei da ideia: queria fazer isso na República
Tcheca. Mas a necessidade na Bulgária urgia.
Então pedi ao Inspetor que me desse um
tempinho para rezar, visitar a Bulgária e só
depois decidir. Durante esse período de
discernimento recebi uma carta pessoal de
Dom Christo Proykov, Bispo católico búlgaro,
de Rito oriental, convidando-me a ir lá
durante a visita do Papa João Paulo II (2002).
Quando finalmente tomei o ônibus para ir à
Bulgária, senti dentro n’alma que Deus me
pedia que aceitasse o convite! (Desde então
trabalho na Bulgária e, apesar de algumas
dificuldades, desejo ali continuar.)
Anos depois, estávamos fazendo um discernimento sobre a
orientação da nossa missão salesiana nesse país. Após muito refletir,
decidiu-se iniciar uma obra com jovens ciganos na cidade de Stara
Zagora. Mais uma vez apareceu o Inspetor. Eu não queria trabalhar com
jovens ciganos: intuía em quanto de sacrifício isso iria implicar. Mas
tampouco dispunha de objeções reais que se opusessem a esse convite.
Vejo – depois de cinco anos – que era mesmo isso o que Deus queria de
mim!
Trabalhar com os rom, ou ciganos, é muito exigente – psicológica,
emotiva e fisicamente. Lamentavelmente não é raro perder-me em meio
aos desafios da vida ordinária: problemas com os pais, abuso de álcool,
violência doméstica, falta de instrução, comportamentos anti-sociais
para com a Sociedade em geral, e por aí a fora. Desde a infância, as
crianças ciganas se defrontam com os desafios da sobrevivência, das
feridas emotivas, da falta de interesse dos pais... Os rom jovens são com
frequência explorados por inúmeras péssimas solicitações, enquanto os
pais não poucas vezes optam pela maneira mais fácil de sair da pobreza.
Desse modo, sem um pouco de ajuda externa, é muito difícil achar uma
solução: precisam de um amigo que não só lhes estimule a esperança mas
também lhes caminhe ao lado pelo rumo do seu próprio desenvolvimento.
C aríssimos irmãos e amigos das
missões salesianas!
Uma saudação mui cordial
neste novo ano de 2014! Janeiro é um
mês salesiano. Para algumas
inspetorias chegou também a hora de
preparar ou começar um novo ano
letivo. Para outras é tempo de
celebrar o Dia Missionário Salesiano...
O convite do Dia Missionário
Salesiano 2014 (DMS 2014) é o de
alargar os olhares e abrir os corações
ao mundo dos Migrantes: «Os outros
somos nós». O gesto profético da
primeira visita pastoral do Papa
Francisco fora de Roma (à ilha de
Lampedusa, em 8 de julho de 2013)
confirma a nossa intuição.
Nos sete vídeos para o DMS
2014 apreciamos a paixão de
Coirmãos e Leigos, na Suécia,
Espanha, Itália, Alemanha e França,
que abriram seus corações e suas
portas aos Migrantes (http://
www.sdb.org/it/Dicasteri/Missioni/
GMS_2014). A oração do DMS 2014
deveria chegar às mãos de todos os
Irmãos. Quanto ao opúsculo didático,
ainda dispomos em Roma de
exemplares impressos. A troca das
boas práticas durante o ano de 2014
ajudará toda a Família Salesiana a
encontrar-se com Jesus no migrante!
Desejo-lhes um bom início de
comemorações do Bicentenário!
p. Václav Klement, SDB
Conselheiro para as Missões
Fazendo um retrospecto, devo admitir que os rom me têm enriquecido enormemente: o seu espírito alegre,
sua sensibilidade emotiva, a amizade, e mais as celebrações, são um grande dom para mim. O meu trabalho com eles
incentivou-me também a ser mais paciente. Humilde mesmo. E a ter uma vida espiritual bem profunda. Com eles
aprendi a excelência do Sistema Preventivo de Dom Bosco, baseado nas três colunas: Razão, Religião, Bondade.
No meu trabalho com os ciganos, qualquer encontro com pessoas boas me é fonte de alegria. De alegria profunda!
Encontro amigos em toda a parte! Fico feliz quando vejo até o mais pequeno dos progressos entre famílias, crianças e
jovens; quando percebo a sua decisão de mudar; quando constato o seu esforço não só por perseverar no bem a
qualquer custo mas também por ajudar-se mutuamente a fazê-lo. Para mim esses pequenos sucessos são de grande
valia: e por eles eu muito agradeço a Deus!
P. Jaroslav Fogl
Tcheco, missionário na Bulgária Inten Inten Inten Intenção Mission o Mission o Mission o Missionária Salesiana ria Salesiana ria Salesiana ria Salesiana
A fim de que o DMS2014 ajude os Salesianos em todo o mundo a serem mais sensíveis
à missão pelos irmãos e irmãs migrantes, onde quer que se encontrem: nos territórios
das nossas obras, entre os próprios destinatários das obras salesianas.
Pelo Dia Missionário Salesiano 2014 em todas as Inspectorias Pelo Dia Missionário Salesiano 2014 em todas as Inspectorias Pelo Dia Missionário Salesiano 2014 em todas as Inspectorias
145 145 145 aaa Expedição Missionária Expedição Missionária Expedição Missionária
ESTREIA 2014 ESTREIA 2014 ESTREIA 2014
APROPRIEMO APROPRIEMO--NOS NOS
DADA EXPERIÊNCIA EXPERIÊNCIA ESPIRITUAL ESPIRITUAL
DEDE DOM BOSCO DOM BOSCO
para caminhar na santidade
segundo a nossa vocação específica
A experiência da Europa nos convida a sentir os migrantes não apenas como destinatários a
serem ajudados, mas também como uma fonte para a revitalização do nosso carisma (vocações,
leigos comprometidos).
Em todo o mundo contamos com 220 milhões de migrantes que tiveram de abandonar o seu país
e outros 800 milhões de migrantes em suas próprias nações. A migração é um dos fenômenos
socioculturais mais importantes do nosso tempo. OS OUTROS SOMOS NÓS – é o tema do DMS2014
que ajuda a abrir nossos corações onde quer que vivamos. Sete breves vídeos em sete línguas e
outros subsídios nos ajudam a percorrer este caminho.

PROCURAM-SE NOVOS MISSIONÁRIOS PARA A ...

Inspetoria - País Línguas necessárias Características – ambiente e qualidades pedidas nos missionários
ÁSIA
CIN Serviços chineses Inglês, Chinês - CantonêsPara ajudar a Inspetoria com irmãos jovens (Macau, HK, Taiwan) Necess.
de sólidas vocações salesianas, Coadjutores.
INC Nepal Inglês, Nepali Jovem missão (2000), obras sociais educativas, religião hindu, necessidade de missionários de fora da Região Ásia Sul
LKC Sri Lanka Inglês, Cingalês, TâmilPaís marcado pela guerra civil, necessidade de missionários provenientes de fora da Região Ásia Sul; Coadjutores
SLK Azerbaijão - Prefeitura apostólica Russo, Inglês, AzeriApenas 600 católicos locais e migrantes, islã moderado; pedido de
internacionalizar (Irmãos não-eslovacos)
ORIENTE MÉDIO
MOR Egito, LíbanoItaliano, Árabe, InglêsEscolas para cristãos e muçulmanos, Oratorio-centro juvenil, urgência de
jovens SDB
MOR Turquia Italiano, Turco Inglês Única comunidade no país, escola, trabalho para variados migrantes
OCEÂNIA
AUL Austrália Samoa, Fiji (Pacífico) Inglês,
línguas locais
Austrália: sociedade secularizada, multicultural. Poucos Salesianos
jovens, obras educativas (escola, centro juvenil)
Samoa, Fiji: necessidade de formadores no Pacífico

Todos os números anteriores de ‘Cagliero 11’ encontram-se em purl.org/sdb/sdl/Cagliero