Conselho Recursos

Cagliero11 - febereiro 2014

MISSIONES


MISSIONES - Cagliero 11

Cagliero11 SLKDownload file

1 2

Titolo notiziario
Nome società
N. 62 Fevereiro de 2014
Boletim de Animação Missionária Salesiana
Uma publicação do Dicastério das Missões para as Comunidades salesianas e os Amigos da missão salesiana
Agora compreendi que a minha missão Agora compreendi que a minha missão Agora compreendi que a minha missão
não é “fazer,” mas “amar”! não é “fazer,” mas “amar”! não é “fazer,” mas “amar”!
F iz o tirocínio como missionário na Albânia. Durante os estudos
teológicos, sob a guia do meu diretor, senti e expressei o desejo de
trabalhar em contextos mais pobres. Como missionário compartilho hoje
a vida entre os indígenas de Oaxaca, México, na Inspetoria do México-
México (MEM)
Minha experiência missionária foi linda, maravilhosa. Cheguei ao
México com o fervor de um neopresbítero: queria realizar meus sonhos de
missionário do Reino com um intensivo projeto pessoal e pastoral, repleto
de iniciativas. Mas isso não se pôde realizar, e por variadas razões:
mentalidade, cultura, limitações subjetivas e objetivas... Fiquei triste.
Desanimado até.
Mas um dia, voltei a ler, mais uma vez, o livrinho ‘Cinco pães e dois
peixes’, do Servo de Deus Cardeal Francisco Xavier Nguyen Van Thuan,
vietnamita, onde ele escreve: “Escolher Deus ou as Obras
de Deus?”. Esse foi meu tema de
reflexão por vários dias. Finalmente,
‘ouvi’ uma como voz que em mim me
dizia: “Busque a Deus, não as Obras de
Deus”. Descobri que Deus não me
consagrou para ‘fazer’ coisas, mas
para testemunhar a sua presença
amorável e humilde, uma presença
que está perto, que acompanha.
Nesse ponto, surgiu-me a questão:
“Segundo o meu parecer, quem é Deus
para mim?” Olhei para o alto e vi o Senhor crucificado,
sofrendo mas feliz. Sorriu-me e disse: ‘Coragem!’.
A partir de então, minha ideia missionária mudou completamente: o
trabalho missionário que Deus me pede não consiste em ‘fazer’, mas em
‘amar’. Porque só o amor me convida a segui-Lo. É o amor que me impele
a partilhar, a doar-me totalmente, como Jesus que se doou a si mesmo
sobre a cruz por amor do Pai e de nós. Ele me libertou da minha prisão e
me convida a segui-Lo mais de perto.
Agora, para mim, Jesus é o exemplo supremo que imito. É a única
meta que busco. E é por ele que vivo. Com isto eu não me sinto só, na
escuridão, ou abandonado pelas estradas. Porque estou certo de que Ele
está sempre comigo. Está em mim e eu nEle. Ele é a luz eterna que
ilumina os meus caminhos.

Ó Jesus, meu Deus, dá-me a tua inteligência para reconhecer que és o
amor primeiro e absoluto, afim de que eu possa amar-Te naqueles a
quem me envias com o mesmo amor com que me amaste.
Dá-me a tua obediência a fim de que a tua paixão seja a minha
compaixão; a tua morte seja a minha entrega; a tua ressurreição seja
a minha esperança.Tu e eu estamos unidos pelo Reino, que vem.
É por isso que estou contente e feliz por esta missão: missão de amor
e só por amor, porque Deus é amor e me convida a partilhar o seu amor.

P. Phong Vu Hoai Giovanni Battista
vietnamita, missionário no México
C aríssimos
Irmãos e
Amigos das Missões
Salesianas,
A todos uma
cordial saudação já na iminência de
começar o Capítulo Geral 27! A Festa
d o s S a n t o s m i s s i o n á r i o s e
protomártires salesianos Luís Versíglia,
Bispo, e Calisto Caravario, Sacerdote,
significa para diversas Inspetorias o
período das celebrações do Dia
Missionário Salesiano (DMS) e para
todos nós o ‘muito obrigado’ por uma
vida radicalmente doada a Deus.
Refletindo sobre o sexênio passado
(2008-2014), agradeço a Deus
sobretudo por haver suscitado
numerosas vocações missionárias na
Congregação e na Família Salesiana
(FS). Através das seis expedições
missionárias (2008-2013) foram
enviado pelo Reitor-Mor um total de
206 coirmãos. A maior parte deles
vem da Ásia (127). Da Europa (43), da
África (22), da América (14). Os
Países mais generosos são: Vietnã
(67), Índia (40), Itália (10), Polônia
(9), Espanha (8), Eslováquia (8),
Indonésia (7) e Filipinas (5). E todas
as Regiões (salesianas) enviam e
recebem missionários: o movimento
missionário é multidirecional e torna a
Congregação realmente católica, i. é,
universal. Além disso, depois de mais
de 40 anos, a Congregação repristina,
na região Ásia Sul, a experiência dos
Aspirantados missionários (2011 e
2012). Aguarda-se para 2018 o
primeiro envio deles, quando para os
primeiros candidatos ter-se-á
terminado o pós-noviciado. Obrigado a
todos!
Peço-lhes uma oração para que o
CG27 possa dar um novo impulso,
reforçando a cultura vocacional e
missionária em nossa Congregação!
D. Václav Klement, SDB
Conselheiro para as Missões Inten Inten Inten Intenção Mission o Mission o Mission o Missionária Salesiana ria Salesiana ria Salesiana ria Salesiana
A fim de que os jovens, educados segundo o Sistema Preventivo de Dom
Bosco, saibam crescer num sadio espírito crítico, nutrindo-se dos valores
humanos e religiosos dos seus antepassados.
Pelas escolas salesianas na África Pelas escolas salesianas na África Pelas escolas salesianas na África
145 145 145 aaa Expedição Missionária Expedição Missionária Expedição Missionária
Um provérbio africano diz: “Um ancião sentado enxerga mais longe do que um jovem de
pé”. É sempre forte, por parte dos jovens, a tentação de deixar de lado os seus superiores
(pais, catequistas, superiores, etc.). “Na África, as pessoas idosas são rodeadas duma
veneração particular. Não são banidas das famílias ou marginalizadas, como sucede noutras
culturas; pelo contrário, são estimadas e perfeitamente integradas na sua própria família,
da qual constituem o vértice. Esta bela realidade africana deveria inspirar as sociedades
ocidentais para acolherem a velhice com maior dignidade” (Africae Munus, 47).

PROCURAM-SE NOVOS MISSIONÁRIOS PARA A ...
Inspetoria - País Línguas necessárias Características – ambiente e qualidades pedidas nos missionários
AMÉRICA
ARS
Argentina
Espanhol Necessidade de missionários especialmente para a Patagônia
ANT
Cuba
Espanhol Delegação, muitas possibilidades de evangelização numa situação mais
livre, muita pobreza, escassez de pessoal
BCG
Brasil - Campo Grande
Português
Línguas indígenas
Necessidade urgente de reforçar a presença entre os indígenas bororos e
xavantes em forte crescimento (Mato Grosso)
PER
Peru - Vicariato - Pucallpa
Espanhol
Línguas indígenas
1. Vicariato Pucallpa confiado em 2009, poucos missionários, diversos
grupos indígenas 2. Missões - Vale Sagrado (Quíchuas) 3. Missões em
Yurimaguas (S. Lourenço)
SUE-SUO
EUA - Migrantes
Inglês, Espanhol Atenção pastoral aos migrantes de origem hispânica (Paróquia, Centro
juvenil-Oratório, Assistência social)
URU
Uruguai
Espanhol O país mais secularizado da América-Necessidade SDB jovens
EUROPA
BEN
Bélgica Norte Holanda
Flamengo, Inglês Centros juvenis-Oratórios, Paróquias, Obras para migrantes, MJS
FRB
França, Bélgica Sul
Francês Centros juvenis-Oratórios, Paróquias, Obras para migrantes, MJS
GBR
Grã-Bretanha
Inglês Escolas, centro de espiritualidade, migrantes, necessidade de jovens SDB
IME
Albânia. Cossovo
Albanês, Italiano Primeira evangelização, pouco pessoal, necessidade especialmente de
salesianos coadjutores (ausência)
ICC
Itália - Migrantes
Italiano,
Espanhol ,Inglês
Projeto Roma – ‘Sacro Cuore’ (migrantes), Projeto Gênova (Latinos)
Todos os números anteriores de ‘Cagliero 11’ encontram-se em purl.org/sdb/sdl/Cagliero
O documento ‘A Formação Missionária dos Salesianos de Dom Bosco’, preparado pelos
Dicastérios para as Missões e para a Formação, aprovado pelo Reitor-Mor e o seu Conselho
no dia 23 de janeiro de 2013, está sendo ultimado e posteriormente enviado às Inspetorias.