Conselho Recursos

Boletim de animação missionária setembro 2012

MISSÕES


1     2

N. 45 - setembro 2012 Boletim de Animação Missionária Salesiana Uma publicação do Dicastério das Missões para as Comunidades salesianas e os Amigos da missão salesiana “Sede o sorriso e a presença da ternura de Jesus pelos jovens aos quais sois enviados”

Caríssimos missionários salesianos e amigos das Missões Salesianas!

Assim como 'cada vocação salesiana manifesta que o Senhor ama a Congregação' (C 22), assim também a presença de 45 novos missionários na Basílica de Maria Auxiliadora para a 143ª expedição missionária manifesta o Amor de Deus por tantos jovens não cristãos, que estão à espera de novos mensageiros do Evangelho. Como a maioria dos 400-500 noviços salesianos de todos os anos, também a maioria dos missionários provém dos continentes da Ásia e da África.

Em Valdocco, no dia 30 de setembro, todos receberão o mesmo crucifixo missionário das mãos do Reitor-Mor. Mas o itinerário, do momento em que cada um fez o pedido ao Reitor-Mor até o momento do envio, foi único para cada um deles. A motivação inicial para ser atraído à vida missionária é normalmente descartada já no aspirantado ou noviciado. Graças ao encontro com um missionário, graças à visão de um vídeo missionário ou uma breve experiência 'missionária' de férias, deu-se o início de um caminho sem fronteiras. Ler as motivações nos pedidos feitos ao P. Pascual Chávez – 'para ser enviado segundo as necessidades da Congregação a qualquer lugar do mundo', faz ver, às vezes, também a necessidade de aprofundar as motivações da vida missionária, de conhecer mais o que significa dizer 'misso ad gentes' segundo o estilo de Dom Bosco.

Durante os 25 dias do curso (Roma - Colle Don Bosco), graças à partilha no grupo, os novos missionários aprofundam suas motivações. A entrega do crucifixo missionário diz-nos tudo: '...

Recebei o sinal do amor de Cristo redentor. Seja para vós apoio e modelo do amor autêntico e fiel. Sede o sorriso e a presença da ternura de Jesus pelos jovens aos quais sois enviados. Vivei a santidade em vossa missão, e encontrareis a alegria que preenche a vida'.

Convido a todos a rezarem para que muitos salesianos saibam responder ao chamado missionário!

P. Václav Klement, SDB Conselheiro para as Missões Titolo n otiziario Nome società N. 45 - setembro 2012 Boletim de Animação Missionária Salesiana Uma publicação do Dicastério das Missões para as Comunidades salesianas e os Amigos da missão salesiana C aríssimos missionários salesianos e amigos das Missões Salesianas!

Assim como 'cada vocação salesiana manifesta que o Senhor ama a Congregação' (C 22), assim também a presença de 45 novos missionários na Basílica de Maria Auxiliadora para a 143ª expedição missionária manifesta o Amor de Deus por tantos jovens não cristãos, que estão à espera de novos mensageiros do Evangelho. Como a maioria dos 400-500 noviços salesianos de todos os anos, também a maioria dos missionários provém dos continentes da Ásia e da África.

Em Valdocco, no dia 30 de setembro, todos receberão o mesmo crucifixo missionário das mãos do Reitor-Mor. Mas o itinerário, do momento em que cada um fez o pedido ao Reitor-Mor até o momento “Sede o sorriso e a presença da ternura de Jesus pelos jovens aos quais sois enviados” ¿ Por que um Curso de Orientação para os Novos Missionários ? O Curso de Orientação para Novos Missionários de 5 a 30 de setembro de 2012 quer ser um auxílio de preparação imediata aos novos missionários antes de sua partida, a fim de provê-los de instrumentos adequados com que entrar em contato com uma nova cultura, um novo povo, e para que assumam todas aquelas atitudes pessoais de abertura que sejam respeitosas e de esperança para com o outro, a fim de que a sua presença seja aceita, eficaz, humilde e discreta.

O Curso se faz em Roma-Pisana, e nos Lugares Salesianos. Compõe-se de três núcleos - antropológicocultural, ‘missionológico’, salesiano – e deseja-se que seja uma experiência formativa (favorecer valores e atitudes corretas a um missionário) e não informativa (de aquisição de novos conhecimentos ou ideias). E para que seja um auxílio ao novo missionário para avaliar, aprofundar e, por vezes, descobrir as razões profundas do seu ir-em-missão, grande importância dá-se à reflexão pessoal, à oração pessoal, à partilha de experiências e à escuta de testemunhos.

A entrega da cruz missionária pelo Reitor-Mor na Basílica de Maria Auxiliadora, em Turim-Valdocco, no dia 30 de setembro de 2012 próximo, será o ponto culminante do Curso.

Acompanhemos pois todos, aos nossos 45 Novos Missionários com as nossas orações e os nossos sacrifícios!

P. Alfred Maravilla, SDB Coordenador do Curso De Dom Bosco para cá, foram perto de 11 mil os salesianos missionários enviados da Basílica de Maria Auxiliadora, em Valdocco, Turim.

A maioria dos salesianos descobre a própria vocação missionária ‘ad gentes’ graças a encontros com outro Salesiano missionário. O testemunho de vida missionária, compartilhada com os jovens, é uma contribuição muito importante para a animação missionária.

Rezemos para que todas as Inspetorias saibam fazer uso de todos os meios de CS para levar a experiência de seus missionários à atenção de todos (Boletim Salesiano, Noticiário Inspetorial, Visitas de missionários a comunidades locais, difusão ou contribuição de ‘Cagliero11’ nas comunidades).

Para que o testemunho dos novos missionários salesianos, enviados pelo Reitor-Mor em 2012, suscite e reforce, sobretudo nas jovens inspetorias, um renovado impulso missionário.

Intenção Missionária Salesiana Todos os números anteriores de ‘Cagliero 11’ encontram-se em purl.org/sdb/sdl/Cagliero Vocação sallesiiana miissiionáriia :: 143ª Expediição Miissiionáriia Sallesiiana Nome Insp destinação Nome Insp destinação Dc. Samuel AMAGLO AFO Marrocos (FRB) S Giuseppe NGUYEN QUANG VINH VIE Bolívia S Giuseppe CAO DUY VU VIE Argentina (ARS) S Giuseppe NGUYEN VAN GIA CAT VIE AGL P Roberto CAPPELLETTI INE Brasil (BPA) S Bartolomeo NGUYẾN QUANG LÂM SƠN VIE Brasil (BMA) L Peter ČERVEŇ SLK Azerbaijão S Giuseppe NGUYEN XUAN PHUOC VIE Uruguai L Giuseppe DAO DUC QUOC VIE GRB S Joseph Kunle OGUNDANA AFW Bangladesh (INC) P Maria Jerald DAVID INK Sibéria (SLK) P Marián ONDRIAŠ SLK Eslováquia-Rom P Laércio José DE LIMA BRE Japão L José Luis OROZCO GONZÁLEZ COM Cuba (ANT) P Aurelio DI QUATTRO ISI Peru P Peter PAGÁČ SLK GBR S Leo DHANRAJ INM Áustria S Jou Agustinus POMA ITM Paraguai Dc. Taras GALAIURA UKR Brasil (BPA) S Daniel RAFANOMEZANTSOA MDG Camboja (THA) L Giuseppe HA DUC LUYEN VIE Paquistão (FIS) S François de Paul RAKOTOMALALA MDG Zâmbia S Donbor JYRWA INS Bulgária (CEP) L Phero PHAM MINH TAM VIE Delegação Sudão P Augustine KHARMUTI ING Quênia (AFE) S Giuseppe PHAM NGOC TOAN VIE Bolívia P Solomon KOLANDAISWAMY INM AGL P Sony POTTENPLACKAL IND Delegação Nigeria P Enri Clemente LEIGMAN BPA SUO P Angel SANCHEZ FIN Delegación PNG-SI S Giuseppe LE QUOC HUNG VIE Delegação Sudão P David TULIMELLI INH Delegação Sudão P Manel MORANCHO PERIS SBA Cuba (ANT) S Domenico TRAN ĐUC THANH VIE Uruguai P Casimir Raj MOTCHAM INT Irlanda S Pietro TRAN HONG TRIEU VUONG VIE Equador S Joseph James NAKHOLI ZMB Delegação Sudão S Giuseppe TRAN THIEN PHUC VIE China services P Lukasz Benedykt NAWRAT PLS Irlanda S Tomasso TRAN QUOC HUÂN VIE Delegação Nigeria S Giovanni Battista NGUYEN DUC MINH TAM VIE China services P Peter Ey Ryan VERGOUW ITM Delegação PNG-SI S Giovanni Battista NGUYEN DUY TAN VIE Brasil (BMA) P Stephen Jihun YU KOR Delegação PNG-SI S Pietro NGUYEN TRONG NGHIA VIE Delegação Nigéria Membros da 143ª Expedição Missionária Salesiana «As figuras tradicionais e consolidadas - que convencionalmente são indicados com os termos “países da cristandade” e “terras de missão” - para além da sua clareza conceptual mostram játambém as suas limitações. São demasiado simples e referem-se a um contexto em vias de ser superado, para poderem funcionar como modelos para a construção de comunidades cristãs de hoje.». (Sínodo sobre a Nova Evangelização. Lineamenta, 9)