Dicastérios

Como habitar e evangelizar no Continente Digital? (2020-10)

COMO HABITAR  E EVANGELIZAR NO CONTINENTE DIGITAL?

 

Queridos Amigos e Amigas!

Todos nós somos  cidadãos  e cidadãs do continente digital. Nós já habitamos este universo com cerca de 4.8 bilhões de  pessoas conectadas.

Quando nos colocamos diante deste gigante continente,  surge uma questão fundamental: como  habitar e evangelizar no ambiente digital?

A Igreja, através do  Sinodo dos Jovens,   apresentou-nos o importante desafio e a necesiidade de conhecer a dinâmica deste ambiente, dialogar com as suas culturas e evangelizar neste habitat.

O ambiente digital constitui, para a Igreja, um desafio a vários níveis, sendo imprescindível aprofundar o conhecimento das suas dinâmicas e o seu alcance dos pontos de vista antropológico e ético. O ambiente em questão requer não só que o frequentemos e promovamos as suas potencialidades de comunicação em ordem ao anúncio cristão, mas também que impregnemos de Evangelho as suas culturas e dinâmicas”.(145)

O que exige de nós este  desafio apresentado pela Igreja?  Exige não somente habitar, mas continuar encontrando caminhos novos para uma inculturação do Evangelho  nestas novos areópagos dos tempos atuais.

Tarefa fácil? Não é! Mas, como habitantes deste continente, já estamos fazendo este trabalho de diálogo cultural através de  estudos e tantas iniciativas realizadas pelos salesianos, pelos educadores e pelos nossos jovens.

O Reitor Mor, P. Àngel Fernández Artime,  na Proposta Programática para o sexênio da Congregação Salesiana nos faz um pedido muito importante na nossa missao como salesianos  educadores comunicadores dos jovens:

“Empenhar o Dicastério para a Comunicação Social, nos vários níveis, na oferta de instrumentos e estímulos para um processo constante de revisão, atualização, inculturação da missão salesiana no habitat digital, onde os jovens vivem, envolvendo as nossas universidades, em rede com os demais centros e agências que mais de perto acompanham e estudam as transformações que o mundo digital está trazendo às novas gerações”.

Como evangelizadores e educadores  salesianos dos jovens, com Presenças Salesianas  em 134 paises e culturas diferentes,  sempre  procuramos responder às grandes perguntas dos jovens  e da sua realidade à luz do Evangelho e dos Ensinamentos da Igreja.

A Igreja, perita em humanidade,  sabe muito bem a importância do diálogo do Evangelho com a cultura e da religião  com as sociedades.

A Palavra de Deus, estudada e aprofundada, sempre nos guiou e  nos iluminou nas interpretações dos novos fenômenos humanos e culturais. Ela é ponto de partida fundamental para o diálogo com o universe digital e uma orientação segura para nossa missão educativa e pastoral.

Quero propor para os educadores e estudiosos da comunicação um estudo conjunto  para  continuarmos a elaborar  algumas  linhas antropológicas, biblicas e educativas para nosso maior conhecimento e segurança para habitar e evangelizar o continente digital.

Na Consulta Mundial da Comunicação, que realizamos online neste mês de outubro, refletimos e compartihamos  com os participantes,  algumas  questões iniciais  importantes para este estudo.

1) Como expressar o dom da liberdade de comunicar,  que Deus dá a cada ser humano, e assumir este dom como responsabilidade e serviço às pessoas e às comunidades?

2) Quais são as fontes de inspiraçao biblica, antropologica e teologica para  nos iluminar e nos guiar no processo de inculturação do Evangelho no mundo digital?

3) Quais os principios educativos que nos guiam e nos orientam  a  respeito dos novos desafios que a comunicação  nos coloca hoje no diálogo com o ambiente digital?

4)  Como individuar linhas guias para a inculturação no continente digital?

5)  Como traçar alguns horizontes  para nosso trabalho  educativo pastoral com  identidade salesiana no universo digital?

 

Para responder estas perguntas e tantas outras sobre a inculturação do Evangelho no habitat digital, queremos  continuar fazendo um percurso de estudo integrado com nossas experiencias práticas e a participação de comunicadores educadores  que trabalham e refletem o fenômeno da comunicacao no continente digital.

Dom Bosco, dizia com muita fé e  grande entrega de amor  para com os seus jovens:  “por vós estudo, por vós trabalho, por vós eu vivo e estou disposto a dar a minha própria vida”.

Nosso pai e mestre sabia muito bem que para trabalhar com os jovens é fundamental caminhar com eles e com os tempos.

Compreender  como os jovens vivem e comunicam nestes tempos de grandes mudanças culturais é muito importante  para nossa missao de hoje e de amanhã. 

Eis uma  missão  fundamental para quem ama e caminha com os jovens!

Um abraço com afeto fraterno!

P Gildásio Mendes dos Santos
Conselheiro Mundial para a Comunicação Social

Porto Alegre,   24 Outubro 2020