Dicastérios

Cagliero11 e Intenção Missionária Salesiana - Julho 2019

Cagliero11 e Intenção Missionária Salesiana - Julho 2019

Intenção Missionária  Scarica il file pdf    Cagliero11  Scarica il file pdf    

INTENÇÃO MISSIONÁRIA SALESIANA

À LUZ DA INTENÇÃO DE ORAÇÃO DO SANTO PADRE

Pela Família Salesiana na AMÉRICA

Para que Deus proteja e torne fecunda a presença salesiana na América e se difunda o Evangelho através da educação e da promoção da justiça e da paz.

 

A Congregação salesiana está presente em 24 Países da América, com 510 comunidades salesianas e o empenho de mais de 53.000 Leigos colaboradores. Rezemos para que essa tão rica presença eclesial seja fermento de uma nova evangelização e civilização, na justiça e no amor.


CAGLIERO11_127, JULHO

Caros Irmãos e caros Amigos,

neste mês, com o Papa Francisco e o coração missionário, nos colocamos, à escuta da sexta bem-aventurança: “Felizes os puros de coração porque verão a Deus”

“Manter o coração bem limpo de tudo o que possa poluir o amor, isto é santidade!” [Gaudete et Exsultate 86].

Pergunta-se com frequência ao Conselheiro das Missões qual seja hoje o lugar mais “perigoso” para a missão salesiana. A resposta é clara: o lugar mais perigoso para um salesiano missionário está nele mesmo: é perder o espírito missionário. Este é por isso o “lugar” mais perigoso; e o que mais se deve temer é deixar-se poluir ou enfraquecer a paixão apostólica. Nisto consistirá portanto a pureza de coração missionária: em manter sempre aceso o fogo apostólico.

É coisa que exige outrossim uma atenta e diária disciplina espiritual, disciplina própria de discípulo–missionário. Como Dom Bosco, os salesianos missionários dão muita importância ao exame diário de consciência e celebram com frequência o Sacramento da Reconciliação (cf. C 90). Com frequência também pergunto aos missionários, por e-mail, por Whatsapp ou mesmo ‘vis-à-vis’: “Escute, meu caro missionário, V. consegue confessar-se com frequência?”.

Manter o coração limpo de tudo o que polui a paixão apostólica eis o segredo e a força do salesiano missionário.

Pe. Guillermo Basañes, SDB
Conselheiro para as Missões

 

Mês Missionário Extraordinário

Em vista do Mês Missionário Extraordinário (MME) – proclamado pelo Papa Francisco para o próximo mês de outu-bro por motivo do Centenário da Carta Apostólica do Papa Bento XV «Maximum Illud» – o Dicastério para as Missões Salesianas elaborou um subsídio dirigido a todos os Salesianos e Agentes de pastoral que entendam relançar a ação evangelizadora da Igreja no próprio âmbito de atividades. O subsídio, que tem por título o próprio tema do MME, “BATIZADOS E MANDADOS. A IGREJA DE CRISTO EM MISSÃO PELO MUNDO”, foi lançado oficialmente domingo, 9 de junho, Solenidade de Pentecostes.

O opúsculo cuidado pelo Dicastério para as Missões Salesianas foi elaborado em forma de diário que acompanha o leitor/missionário ao longo de todo o mês de outubro de 2019, oferecendo cada dia diversos elementos para a reflexão:

  • uma citação tomada da «Máximum Íllud»;
  • referências bíblicas relativas ao mesmo assunto;
  • uma reflexão do magistério dos Pontífices pós-Bento XV;
  • um pensamento do Papa Francisco;
  • um tópico tomado de documentos da Congregação.

Essa ampla bagagem de elementos oferecida à reflexão do leitor se completa cada dia com mais dois segmentos: (1) uma seção com sugestões para parti-lha e alguma proposta de atividades práticas; e (2) uma oração a Deus pela intercessão de um particular Santo, pelas necessidades da Igreja nas várias plagas do Mundo.

O subsídio, que nas comunidades salesianas pode ser utilizado na meditação matutina ou na oração comunitária vespertina, já está impresso em 700 exemplares na versão inglesa (já estão em fase de impressão também as edi-ções italiana e espanhola).

Além disso, para uma difusão ampla e capilar, a versão digital do texto foi enviada, nas últimas semanas, também a diversas Inspetorias, que lhe cuida-ram a tradução em línguas locais, e providenciarão autonomamente à sua impressão, segundo as necessidades.

Mas há mais: visto que o valor desta iniciativa é dar suporte à Ação missioná-ria eclesial global, o Dicastério para as Missões Salesianas oferece o subsídio em forma digital, e modificável, também a outros Grupos, Famílias religiosas, Igrejas Particulares, que o poderão personalizar ulteriormente segundo as respectivas necessidades e exigências.

“O nosso quer ser simplesmente um serviço à Igreja” – explicou o curador do produto, P. George Menamparampil SDB. Quem quisesse receber informações ou o material subsídio pode dirigir-se a: mcgeorge@sdb.org

 

A MISSÃO É SEMPRE UM SERVIÇO

 

E stou em Lahore, no Paquistão, há quase um ano. Trata-se de um trabalho salesiano completo e complexo, com colégio, escola elementar e ginasial, escola técnica, oratório de sábado, muitas outras atividades. Somos apenas três os salesianos que se devem ocupar desta múltipla presença. Perto de 200 as crianças e jovens que vivem conosco ou participam das nossas atividades e serviços educativos.

Deus quis preparar-me longamente antes que eu chegasse aqui. Fez 21 anos que mandei a minha primeira carta ao Reitor-Mor, pedindo para ser missionário ad gentes. Foi logo depois da minha primeira Profissão religiosa. Mas só em 2016 (então com 10 anos de sacerdócio) foi que recebi a notícia de viria para o Paquistão. Entretanto, tive de esperar mais dois anos para o... Visto.

Durante a formação e a vida salesiana compreendi que a missão que Deus nos confia não está somente lá longe, no futuro, ou lá, longe do nosso País. Missão é o próprio tempo e lugar em que vivemos dia-riamente; é o mesmo serviço de generosa dedicação aos jovens e às pessoas que nos rodeiam; é a vida de comunidade; e é, sobretudo, a oração. A missão salesiana é o presente. Porque a vida é sempre uma missão. Um serviço. Um aprendizado.

Dei-me conta de que cada uma dessas missões preparou-me para o que estou a fazer no Paquistão, e que esta linda missão me há de preparar para a próxima, no tempo e no lugar que Deus me indicar. Uma das virtudes que tive de reforçar neste período de preparação e de espera foi certamente a da paciência: ela me fez crescer também quer na obediência, quer na Fé.

Cá no Paquistão eu me sinto muito feliz, porque a minha vida de salesiano sacerdote só tem sentido se estiver no meio das crianças e dos jovens. E aqui eles não faltam. Gostei tanto que a minha comunidade religiosa, os meus Irmãos salesianos – P. Noble e Sr. Bernard - me tenham acolhido de braços abertos, independentemente das diferenças de costumes, cultura, língua, pensamento. Sou feliz porque Deus me dá a oportunidade de continuar a crescer como Pessoa e de continuar a aprender a ser salesiano.

GABRIEL Cruz SDB, mexicano, missionário no Paquistão

Testemunho de santidade missionária salesiana

P. Pierluigi Cameroni SDB, Postulador Geral para as Causas dos Santos

O Servo de Deus Nino Baglieri (1951-2007), operou em sua vida um importante caminho de conversão. Deixou-se plasmar pelo Pai, transformando o seu sofrimento em anúncio jubiloso da Boa Nova. A conversão desencadeou nele o desejo de empenhar-se pelos outros. Inicial-mente como Salesiano Cooperador, mas depois optou por consagrar-se inteiramente a Deus tornando-se CDB (Voluntário Com Dom Bosco). Dizia: “Vejam, é tudo obra do Espírito Santo e tudo começou quando eu disse “sim” a Deus. Quando lhe abri o coração. Não posso mexer-me absolutamente: é Deus que me põe à disposição Suas mãos e Seus pés através dos amigos, do meu cunhado, da minha família. Nós, que estamos penando, precisamos das pessoas que estão bem. E vocês precisam de nós