Dom Bosco

Anais do Primeiro Congresso Internacional de Estudos

DON BOSCO NA HISTÓRIA

Anais do Primeiro Congresso Internacional de Estudos sobre São João Bosco

(Pontifícia Universidade Salesiana - Roma, 16-20 de janeiro de 1989)


Edição em Espanhol dirigida por
José Manuel PRELLEZO GARCIA
LAS - ROMA
EDITORIALE CCS - MADRID


APRESENTAÇÃO

O volume contém os documentos apresentados no "Congresso Internacional 1 Estudos de San Giovanni Bosco, realizada em Roma de 16 a 20 de janeiro de 1989. Também é publicado em italiano e inglês.

Com essas linhas, não pretendo fazer um exame crítico dessas colaborações, nem apresentar o tema, o desenvolvimento e as conquistas do Congresso. A participação de historiadores e estudiosos conhecidos pelo pensamento de Dom Bosco e o alcance das questões de garantia já abordaram o interesse e a importância desta publicação. De fato, o "Primeiro Congresso Internacional de Estudos sobre San Juan Bosco" distinguiu-se do claro aprimoramento de toda abordagem hagiográfica e do alto nível científico da maioria das apresentações e comunicações. "
Essas linhas simplesmente querem destacar as principais características do programa. Edição castelhana, a fim de facilitar a leitura e consulta.

O livro reproduz substancialmente os trabalhos apresentados nas sessões gerais. Mais tarde, os autores puderam completar o texto de suas colaborações e a documentação necessária. Apenas em alguns casos - que são indicados de vez em quando - a nota bibliográfica é adicionada ao trabalho do gerente de montagem (nde).

A estrutura do volume, no entanto, não obedece rigorosamente à ordem em que os vários tópicos foram lidos perante os membros do Congresso. Levando em conta as características específicas das colaborações, a Comissão Científica preferiu dividir a publicação em quatro blocos temáticos homogêneos: I. Dom Bosco na historiografia; II. Dom Bosco na Igreja e na sociedade; III. Dom Bosco e educação; TV. Dom Bosco e cultura popular.

O livro completa as "conclusões" do Congresso e algumas "comunicações livres", lidas no grupo de língua espanhola. Para editores e requisitos de espaço, não foi possível publicar todas as observações orais ou escritas apresentadas em três grupos de idiomas organizados (espanhol, italiano, inglês). Após cuidadosa consideração, os membros do comitê científico foram forçados a selecionar apenas uma pequena amostra dessas "comunicações livres" de acordo com as diferentes áreas lingüísticas incluídas em cada uma das várias edições. O leitor interessado em conhecer as "comunicações livres" apresentadas no grupo linguístico italiano ou inglês deve, portanto, consultar as respectivas edições.

'G. MARTINA, 111 Congresso Internacional de Estudos sobre São João Bosco, em "Revista da História da Igreja na Itália" 43 (1989) 274. Cf. R. Aubert, Congrés em "Revue d'Histoire Écdésiastique" 84 (1989) 1, 275 -276.

A presente edição espanhola foi preparada pelos manuscritos originais, seguindo os critérios brevemente indicados abaixo.

O texto elaborado pelos respectivos autores foi estritamente respeitado. Destes é a total responsabilidade pelo que eles escrevem. As intervenções nos originais, pelo editor da edição, eram fundamentalmente de natureza "técnica": completar, sempre que possível, os dados bibliográficos; unificar a apresentação do aparato crítico; para corrigir alguns erros materiais, que os autores inadvertidamente falharam em corrigir. Quando uma dessas correções poderia significar uma mudança de direção ou nuance de uma determinada entidade, a opinião do próprio autor foi levada em consideração.

Se considerarmos os diferentes tópicos e, acima de tudo, a diversidade das abordagens e fontes documentais utilizadas, é fácil entender que nem sempre tem sido fácil aplicar critérios estritamente uniformes. A indispensável coerência e correção metodológicas foram combinadas com respeito às preferências dos autores e às características dos diferentes estilos e contribuições.

Na edição castelhana tentei não perder de vista as necessidades do ambiente cultural espanhol e latino-americano.2 Para a tradução, foi possível contar com a preciosa colaboração de Alberto García-Verdugo e Graciliano González. As sugestões de Santiago Arribas, Jesús M. García e Rafael Vicent, que leram várias páginas do projeto, também foram muito úteis. Juan Manuel Espinosa e Nicolás Merino corrigiram os testes de impressão, corrigindo as inadvertências e introduzindo melhorias formais respeitáveis. A todos vocês, meus sinceros agradecimentos.

Roma, 24 de Junho de 1989
J. MPG

2 No aparelho crítico, preferiu-se reproduzir as citações literais na língua em que o autor da colaboração o fez. Exceto no caso de santos da família para o leitor da língua castelhana, a expressão original dos nomes próprios dos autores e pessoas mencionados acima foi normalmente preservada. A denominação de algumas instituições conhecidas também foi mantida (Mendicitá educuita, Mujo, Convitto ecclesiastico di Torino), que é mencionada várias vezes no volume. As obras que foram escritas e lidas em espanhol nas sessões gerais serão indicadas uma vez por vez. O trabalho de É Poulat e as comunicações de F. Desramaut, G. Avanzini e J. Schepens foram apresentados em francês. Os outros, em italiano.

RESUMO

Acronimi e abbreviazioni delle opere citate 9
Organizzazione 11 Congresso
salutare il Congresso (E. Viganò) 13
Introduzione (R. Giannatelli) 15
Parte I : DON BOSCO nella storiografia
equilibrio di forme di conoscenza e gli studi don Bosco (P. Stella) * 21
come ha lavorato su "Memorie biografiche" (F. Desramaut) 37 autori
del epistolari come una fonte di conoscenza e di studio di Don Bosco. Progetto
edizione critica (F. Motto) 67
Lo stato e l'uso dell'Archivio Salesiano Centrale (R. Farina) 81
Parte Due : DON BOSCO Chiesa nella società YEN
Don Bosco e la Chiesa nel mondo del suo tempo (E. Poulat) * 93
L'esperienza e il senso della Chiesa nell'opera di Don Bosco (JM Laboa) * 109
Il conflitto tra Don Bosco e l'Arcivescovo di Torino Lorenzo Gastaldi (1871-1883)
(G. Tuninetti) 135
Chiesa e il mondo nella "Storia Ecclesiastica "Don Bosco (F. Molinari) 145
nelle radici della spiritualità di Don Bosco (M. Marcocchi) 159
Don Bosco e associazioni cattoliche in Spagna (R. Alberdi) 179
Don Bosco e Maria Domenica Mazzarello: storico e rapporto spirituale (A. Deleidi) 207 salesiane di Don Bosco in materia di Don Bosco (ME Posada) 219
Don Bosco e della società civile (G. Bracco) 231
Don Bosco e il mondo del lavoro (S. Tramontin) 237
Third parte: DON BOSCO E ISTRUZIONE
L'opzione per i giovani e l'approccio educativo di Don Bosco (L. Pazzaglia) * 259
La pedagogia di San Juan Bosco nel suo secolo (G. Avanzini) 291
Don Bosco e l'Oratorio (1841-1855) (G. Chiosso) 299
Don Bosco e la scuola umanista (B. Bellerate) 317
* L'asterisco indica i documenti del Congresso.

Dom Bosco e escolas profissionais. Abordagem histórica (1870-1887) (JM Prellezo García) 333
Integração das atividades escolares e extracurriculares na perspectiva de Dom Bosco (C. Scurati) 357 A
penitência e a eucaristia em matéria de educação baseada em Dom Bosco (J. Schepens) 373
Dom Bosco e a formação das vocações eclesiásticas e religiosas (F. Jimenez) 395
parte quatro: a cultura popular de Dom Bosco e Dom Bosco
na história da cultura popular na Itália (F. Traniello) 413
Dom Bosco e o teatro popular (S. Pivato ) 429
Dom Bosco e a imprensa (F. Malgeri) 441
Dom Bosco e música (G. Sforza) 451
originalidade Missões patagónicas Don Bosco (J. Borrego) 457
Quinta Parte: COMUNICAÇÕES LIVRES
DO GRUPO DE LÍNGUA ESPANHOLA
A origem da literatura salesiana na Espanha vive em San Juan Bosco (MF Núñez Muñoz) 475
Dom Bosco, educador da alegria (B. Delgado) 505
Um modelo humanista de educação cristã (A. Sopeña ) 515
parte seis: SESSÃO DE ENCERRAMENTO
Apresentação (ficha AM Javierre Ortas.) 525
Dom Bosco e modernidade (P. Scoppola) 527
perspectivas e iniciativas de pesquisa sobre Dom Bosco (P. Braido) 537
nomes Índice 547 pessoas
Índice 561
abreviaturas de Trabalhos mais cotados
ACG Proceedings do Conselho Geral da Congregação Salesiana (após 1984)
ACS Atos do Capítulo (Conselho) Superior da Congregação
Salesiana (antes de 1984)
AGFMA Arquivo Geral das FMA (Roma)
Annali E. CEIUA, Anais da Sociedade Salesiana, Turim, SEI 1941-1945.

ASC Arquivos Salesianos Centrais (Roma)
ASV Arquivo Secreto Vaticano
Bosco, Escritos sobre G. Bosco, Escritos sobre o sistema preventivo na educação do
sistema preventivo Juventude, de P. Braido, Brescia, La Scuola. 1965
Bosco, Scritti G. Bosco, Escritos Pedagógicos e Espirituais, editados por J. Borrego, P.

Educadores Braido, A. Ferreira, F. Motto, JM Prellezo, Roma, LAS 1987
BRAIDO, Dom Bosco P. BRAMO (ed.), Dom Bosco na Igreja ao serviço da humanidade.

Chiesa Studi e Nella testimonisnze, Roma, 1987, LA
Cronistoria CAPEM G. (ed.), História do Instituto das Filhas de Maria
Auxiliadora, 5 vol., Roma, do Instituto das FMA 1974-1978
E S. Giovanni Bosco Epistolario di, 4 vol., editado por E. Ceda, Turim, SEI 1955-1959
FMA Filhas de Maria Auxiliadora (FMA)
ISS Instituto Histórico Salesiano (Instituto Histórico Salesiano) (Roma)
LC "Leitura Católica"
MB GB Lemoyne, Memórias Biográficas Dom Giovanni Bosco,
vol. I-VI, San Benigno Canavese, Escola de Imprensa e Biblioteca Salesiana 1898-1907, GB LEMOYNE, Memórias biográficas do Venerável Dom Giovanni Bosco, vol. VII, Turim, Biblioteca Salesiana Editrice 1909;(Vol. VIII-IX: Turin, Tip SAE), "Good Press" 1912-1917); GB LEMOYNE - A. AMADEI, Memória biográfica de São João Bosco, vol. X, Turim, SEI 1939; E. CERIA, Memórias biográficas do Bem-aventurado Dom Bosco, vol. XI-XV, Turim, SEI 1930-1934; ID., Memórias biográficas de São João Bosco, vol. XVI-XIX, Turim, SEI 1935-1939
MO G. Bosco, Memórias do Oratório de São Francisco de Sales, de
1815 a 1855, editado por E. Yield, Turim. 1946:
EQM, nota responsável pela edição de
OE G. Bosco, Opera editar. Primeira série: Livros e folhetos, Roma, LAS
1976-1977
RSS «Salesian Historical Researches» Salesianos
Salesianos de Dom Bosco
SE G. Bosco, História da Igreja para as escolas ..., Turin, Tip.

Speirani e Ferrero 1845
STELLA, Dom Bosco P. STELLA, Dom Bosco na história da religiosidade católica, vol. I:
III DI Vita e obras, Roma, LAS 1979 (1 e 1968); vol. II: Mentalidade
religiosa e espiritualidade, Roma, LAS 1981 (1a edição 1969); vol. III: A canonização (1888-1934), Roma, 1988
ORGANIZAÇÃO DO CONGRESSO
promotor Comissão
Giannatelli Roberto, Reitor da Pontifícia Universidade Salesiana (Roma)
MI: 0AL Mario Tarcisio Bertone, vice-reitores UPS
Pilca John Dean Faculdade de Teologia da UPS
PE- 1E1 Michele, decano da Faculdade de Educação da UPS
COLOMBO Antonia, decano da Pontifícia Faculdade de Ciências da Educação "Au
xilium" (Roma)
Gritou Pietro, Diretor do Instituto Histórico Salesiano (Roma) Midali Mario
Scientific Commission
, Vice-Chanceler da UPS (Presidente)
ALBERDI Ramon, Salesian Center for estudos teológicos (Barcelona)
BORREGO Jesus Instituto Histórico Salesiano (Roma)
Deleidi Anita, Faculdade Pontifícia "Auxilium" (Roma)
Desramaut Francesco, Universidade Católica de Lyon
FARINA Marcela, Pontifícia Faculdade "Auxilium" (Roma)
Morro Francesco, Instituto Histórico Salesiano (Roma) Roma)
Prellezo GARCIA José Manuel, Faculdade de Ciências da Educação da SCHEPENS UPS
Jacques, "Centrum para estudos de Kerkerlijke »(Leuven)
STELLA Pietro, Universidade La Sapienza (Roma)
Comitê Organizador
BERTONE Tarcísio, Vice-Chanceler da UPS (Presidente)
Schepens Jacques, Secretário do Congresso
ARDITO Sabino, Faculdade de Direito da UPS
Chenis Carlo, Faculdade de Filosofia da UPS
Coffele Gianfranco, Faculdade de UPS Teologia de
COVOLO Enrico, Faculdade de Letras Cristãs e clássicas UPS
Fizzotti Eugenio, Faculdade de Ciências da Educação da UPS
Puthota Benjamin, administrador da UPS
Bisogni Silvana, Secretário do Reitor da UPS
presidentes do general
Soppola Pietro, Universidade " la Sapienza ", Roma (16 de janeiro)
AUBERT Roger, Universidade Católica, Louvain-La-Neuve (17 de janeiro)
Cartão POUPARD. Paul, Presidente do Pontifício Conselho para a Cultura (18 de janeiro)
MARTINA Giacomo, Pontifícia Universidade Gregoriana, Roma (18 de janeiro)
Traniello Francesco, Universidade de Turim (19 de janeiro)
Galino Angeles, Universidad Complutense de Madri (19 de janeiro)
Javierre Ortas card. Antonio, Bibliotecário e Arquivista de SIR (20 de janeiro).
Parceiros
ALBERDI Ramon Centro Salesiano de Estudos Teológicos (Barcelona)
AVANZJNI Guy, Universidade "Lumiere" (Lyon)
BELLERATE Bruno, Universidade "La Sapienza" (Roma)
BORREGO Instituto Histórico de Jesus SDB (Roma )
BRACCO Giuseppe, Torino Univesidad
gritou Pietro, do Instituto Histórico Salesiano e da Universidade Pontifícia Salesiana (Roma)
CHIOSSO Giorgio, Universidade de Lecce
Deleidi Anita, Faculdade Pontifícia "Auxilium" (Roma)
DELGADO Buenaventura, Universidade de Barcelona
Desramaut Francesco da Universidade Católica de Lyon
FARINA Raffaele, Universidade Pontifício Salesiano (Roma)
JIMENEZ Fausto, Centro Salesiano de Estudos Teológicos (Madri)
Juan Maria Laboa, Universidade Comillas (Madri)
Malgeri Francesco, Universidade "La Sapienza" (Roma)
MARcocau Massimo, Universidade Católica de Milão
MOLINARI Franco, Universidade Católica de Milão
LEMA Francesco, Instituto Histórico Salesiano (Roma)
NÚÑEZ Maria Fe, Universidade de La Laguna (Canárias)
PAZZAGLIA Luciano, Universidade Católica de Milão
P1VATO Stefano, Universidade de Trieste
Posana Mary Esther, Pontifícia Faculdade "Auxilium" (Roma)
Poulat Émile, "École des Hautes Études en Sciences Sociales" (Paris )
PREJ.F.70 José Manuel, da Pontifícia Universidade Salesiana (Roma)
Schepens Jacques, "Centrum voor Estudos Kerkelijke" (Leuven)
Scoppola Pedro, Universidade "La Sapienza" (Roma)
Scurati César, Universidade Católica de Milão
Sforza Giulio, Universidade " La Sapienza "(Roma)
Sopena Andrés, Universidade Pontifícia de Salamanca
STELLA Pietro, Universidade" La Sapienza "(Roma)
TRAMONTEN Silvio,Faculdade teológica de Milão
Traniello Francesco, Universidade de Turim
TUNINETIT Giuseppe, Faculdade Teológica de Turim

 

SAUDAÇÃO AO CONGRESSO

Excelências de Eminencias
Prezado Reitor e Autoridades Acadêmicas.
Ilustres membros do Congresso:
tenho o prazer e a honra de dirigir minha mais atenta saudação e gratidão por sua presença, desejando-me sucesso total nesta iniciativa especial da universidade.

Este é o primeiro congresso internacional de estudos sobre a figura multifacetada de São João Bosco: é um fato singular nas diversas séries de iniciativas que caracterizaram a celebração do centenário de sua morte.

O Congresso, organizado pela Pontifícia Universidade Salesiana, está aberto ao mundo acadêmico internacional. Pretende aprofundar, no contexto da pesquisa histórica com rigor científico, a personalidade e signo de Dom Bosco nas vicissitudes do século passado.

Propõe-se enfocar os estudos e outras formas de conhecimento nesse sentido, destacando, ao mesmo tempo, as razões da relevância de sua mensagem para a sociedade contemporânea.

A importância desta iniciativa e seu resultado é clara para quem, como eu, tem o ministério de incentivar uma grande família comprometida em cuidar e desenvolver seu patrimônio pedagógico-pastoral.

Pude participar da primeira fila em diversas celebrações de conteúdo ao redor do mundo. Dom Bosco superou não só as fronteiras do seu século, mas também as da sua família apostólica. Por muito tempo ele foi um santo da Igreja universal, aceito como um eminente professor de educação cristã e a origem de uma espiritualidade peculiar, viva e presente depois de mais de um século.

Sua figura e seu trabalho têm despertado e continuam a despertar grande interesse em vastos setores da vida social, do mundo da educação e da escola ao trabalho e lazer; da área da cultura popular à da economia e da política. E, da mesma forma, de um modo prático de reler o Evangelho à instituição particular das formas de vida consagrada.

Há um aspecto em que a produção científica, especialmente teológica, é, até hoje, ainda limitada: o aspecto eclesial de seu papel de Fundador. Este é um aspecto que, na minha opinião, não entra diretamente nos objetivos deste Congresso.

É um aspecto delicado e complexo, profundamente sentido por mim e no qual me vejo envolvido de maneira vital.

Um pesquisador do tema escreveu corretamente: "O estudo dos Fundadores não é fácil, mesmo se tivermos à nossa disposição vários métodos de pesquisa científica, porque os fundadores resistem a qualquer explicação humanamente histórica, sociológica e psicológica. Quando nos aproximamos deles, nós nos deparamos com algo que nos escapa, e mesmo quando pensamos que os conhecemos bem, sempre que os estudamos, descobrimos algo novo. Como você pode explicar este mistério, essa riqueza inesgotável? Simplesmente com o fato de que quando encontramos um Fundador, vemos que ele é Deus atuando através dele ».
Portanto, uma perspectiva importante permanece aberta, que também pode influenciar o significado das várias investigações, mas para as quais as outras ciências podem contribuir com luzes preciosas.

Por isso, é muito importante, não só para os seus discípulos, mas também para o vasto mundo da cultura, ter estudos sobre Dom Bosco e o seu trabalho com critérios científicos rigorosos, base indispensável para uma apresentação da sua estatura histórica e da sua importância. A mensagem caminhava solidamente em dados objetivos e livre, o máximo, o melhor, de óptica distorcida, avaliações parciais e descrições aproximadas.

Espero sinceramente que o Congresso possa oferecer nesse sentido contribuições valiosas que são adicionadas a outros estudos que estão agora disponíveis, em parte, para pesquisadores.

Thanks!
Egidio VIGANÓ
Grande Chanceler
da Pontifícia Universidade Salesiana
I T. GRZESZCZYK, 11 carisma dos fundadores, Colima "Sanctitas in caritate", Roma 1974, p. 11.

 

INTRODUÇÃO

Como Reitor da Pontifícia Universidade Salesiana, faço minhas saudações aos participantes do I Congresso Internacional de Estudos sobre São João Bosco. E em nome da Comissão Promotora, gostaria de expressar nossa gratidão a todos aqueles que, de diferentes maneiras, tornaram possível para eles: oradores, organizadores, patrocinadores e todos vocês, membros do Congresso, que responderam ao nosso convite.

A vasta e diversificada comunidade universitária da UPS, com suas cinco faculdades de Teologia, Ciências da Educação, Filosofia, Direito e Letras Canônicas, seus mil alunos de 65 países, 120 professores e assistentes, dá-lhe as boas-vindas com particular interesse e sinto-me feliz por oferecer a sua hospitalidade que, embora simples e austera, quer ser franca e cordial, segundo o legado recebido por Dom Bosco, protector e inspiração da nossa Universidade, definida pelo seu Reitor como "Universidade Dom Bosco para jovens". ».

A participação da UPS no centenário da morte de San Juan Bosco pode parecer uma conclusão precipitada. E, de fato, desde novembro de 1983, o Senado Acadêmico se comprometeu a definir o programa da universidade para 1988. Na sessão de 3 de dezembro de 1986, votou uma resolução que estabelecia os compromissos da comunidade universitária em sete pontos. Recordo-os brevemente:
1. Dedique uma edição especial da revista "Salesianum" para a comemoração do centenário. Esta edição da revista foi publicada em janeiro de 1988 com o título: O pensamento e a prática de Dom Bosco no 1 ° centenário da morte (31 de janeiro de 1888-1988) 2. Convocação de um congresso internacional de estudos sobre Juan Bosco em janeiro de 1989;

3. Promover cursos acadêmicos sobre Dom Bosco e Salesianidade, também com a fórmula do Professor Visitante;
4. Organizar um concurso para estimular e recompensar a pesquisa dos alunos sobre temas em torno de Dom Bosco;
5. Publicar um volume que apresente as razões pelas quais Dom Bosco é proposto como "Doutor da Igreja para a Educação Cristã";
6. Organizar uma peregrinação da comunidade da UPS (professores e alunos) aos lugares de Dom Bosco;
7. Projecta a nova "Biblioteca Dom Bosco" da Universidade e começa a recolher os fundos necessários para a sua realização. (Agradeço ao Grão-Chanceler, que sempre apoiou nossa proposta e que abençoará a pedra fundamental da "Biblioteca Dom Bosco", em 25 de janeiro).

Entre as várias propostas do Centenário, a do Congresso Internacional foi a mais laboriosa em sua gênese e definição. Inicialmente foi concebida uma convenção ampla e atualizada sobre o tema "educador de Dom Bosco". Para este fim, eu trabalhei, desde a primavera de 1985, em um grupo misto de professores da UPS e da Faculdade de Ciências da Educação "Auxilium" das Filhas de Maria Auxiliadora. Foi lançada uma investigação que, a partir do pedido formativo das novas gerações, retornou à memória histórica da "experiência preventiva de Dom Bosco" e, se possível, à tradição depois de Dom Bosco, para encontrar razões válidas e atuais para a educação. em nosso tempo.

Essa hipótese foi imediatamente abandonada e privilegiada a idéia de um Congresso científico que não se limitasse ao aspecto pedagógico, mas capaz de enfrentar a rica e complexa figura e obra de Dom Bosco.

O estudo de "Dom Bosco educador" seria a Faculdade de Ciências da Formação, com duas importantes iniciativas:
o simpósio pedagógico salesiano "Prática de Educação Pastoral e Ciências da Educação" (Roma, setembro de 1987) .1
e seminário interideolológico, promovido por revista "pedagogici Orientamenti": "a experiência de Dom Bosco pedagogica: herança, contextos, ressonâncias, desenvolvimentos" (Veneza, "Fundação Cini", 3-5 de outubro de 1988) .2
Além disso, a Faculdade de Direito da Canon promove uma conferência sobre o tema "os direitos do menor", com base em todas as ações empreendidas neste campo pelo Santo Educador (30 de novembro de 2 de outubro de 1988).

Era maio de 1987, quando o Senado Acadêmico da UPS veio a esclarecer definitivamente o propósito e a natureza do Congresso: o Congresso, seria o fim do centenário de Dom Bosco, foi dirigido ao mundo internacional e deveria propor o propósito de pedir mais a figura e obra de San Juan Bosco é considerada ampla pelo mundo científico.

O Congresso se caracterizou por um duplo enfoque: propor como um balanço de cem anos de estudo e os modos de conhecer Dom Bosco e, se possível, abrir uma nova fase de estudos sobre o Sagrado, mais rica em sua estrutura e mais crítica que a sua metodologia.

O Senado Acadêmico também propôs compartilhar a responsabilidade do Congresso com o Instituto Histórico Salesiano ea Faculdade de Ciências da Educação "Auxílio" das Filhas de Maria Auxiliadora.

JE VECCHI - JM PRELEZZ0 (eds.), Prática pastoral educativa e ciências da educação, Roma, Editrice SDB 1988.

2 C. NANNI (editado por), Dom Bosco e sua experiência pedagógica, Roma, LAS 1989.

Neste Brevo dentro de dezoito meses de preparação, o Comitê Científico, as entrevistas com os palestrantes básicos e a conferência de comunicações foram propostas, definiu o Congresso Conjunto
- o primeiro dia é dedicado a avaliar o equilíbrio das formas de conhecimento e estudos de Dom Bosco, proposto pelo prof. P. Stella e incluindo as comunicações Desramaut F., EF Motto e Farina;
- O segundo dia trata da relação entre Dom Bosco e a sociedade civil, apresentada pelo prof. G. Bracco e S. Tramontin. Eu devo pedir desculpas pela ausência do prof. G. Miccoli que, por graves razões familiares, teve que desistir de apresentar sua conferência, mesmo que ele pretenda publicar em breve.Diante dessa situação, que surgiu muito recentemente, a comissão científica perguntou ao prof. B. Bellerate e JM Prellezo para antecipar suas comunicações sobre Dom Bosco e a escola humanista e profissional;
- estuda-se o terceiro dia do Congresso da relação entre Dom Bosco e a comunidade eclesial com dois documentos: um mais caracterizado por um toque histórico-sociológico, o outro mais próximo da experiência educativa e pastoral (É Poulat.) promovido por Dom Bosco nos círculos da Igreja (JM Laboa). Eu gostaria de indicar que o prof de comunicação. G. Alberigo, que não pode participar, será substituído pelo prof. M. Marcocchi sobre o tema: "As fontes da espiritualidade de Dom Bosco";
- Dia 19, quinta-feira, incidirá sobre a "opção pelos jovens e a proposta educativa de Dom Bosco" apresentada pelo prof. L. Pazzaglia e enriquecido com numerosos aspectos comunicaciones.sobre detalhes da experiência educativa de Dom Bosco;
- (Apresentado na conferência de senhas F. Traniello prof) no último dia, sexta-feira 20, será dedicado a levar em consideração outros aspectos da personalidade de Dom Bosco, Dom Bosco como educador do povo, comunicação social (esta comunicação se referirá a F. Malgeri), aberto ao mundo e ao sacerdote (J. Borrego ilustrando a originalidade das missões de Dom Bosco).

As conclusões do Congresso são confiadas ao prof. P. Scoppola, da Universidade La Sapienza, de Roma, e P. Braido, diretor do Instituto Histórico Salesiano.

Como parte do Congresso, a aula de doutorado do artigo terá um significado especial. Carlo Ma Martini, arcebispo de Milão, sobre o tema: "O Evangelho, Dom Bosco, os jovens".

Já estamos na onda de Dom Bosco e da "história dos efeitos".

Para concluir, gostaria de lembrar que a participação dos membros do Congresso está planejada das seguintes formas:
- intervenções breves na sala de aula com esclarecimentos, contribuições, também em discussão;
- participação nas seções por idioma (os interessados ​​devem concordar com os três animadores das seções);
- entrega de comunicações escritas, para publicação na ata (os originais devem ser entregues ao Presidente da Comissão Científica, Prof. Mario Midali).

Finalmente apresentado às pessoas com quem os congressistas terão maior contato durante estes dias do Congresso:
- o Presidente da Comissão Científica, Vice-Reitor, Mario Midali;
- o Presidente do Comitê Organizador, Vice-Reitor, Tarcisio Bertone; - Secretário do Congresso, Jacques Schepens;
- os chefes do secretariado executivo, Enrico Dal Covolo e a Signora Silvana Bisogni.

Agora eu dou a presidência desta primeira sessão do Congresso para prof. Pietro Scoppola.

Roberto GIANNATELLI

BALANÇO DAS FORMAS DE CONHECIMENTO E ESTUDOS SOBRE DON BOSCO

Pietro TENUTE
"O" caso Dom Bosco "- Francesco Traniello escreveu recentemente que imagens estereotipadas e paradoxais muitas vezes objetam no passado - está se tornando um campo significativo de aplicação ou verificação de novas linhas de investigação".
Autor de importantes estudos sobre Antonio Rosmini e especialista na história do movimento católico, Traniello foi expressa nestes termos, porque apresenta os problemas e a qualidade dos estudos publicados em volumes liderados por ele e intitulado: Don Bosco na história da cultura popular (1987). os autores dos vários Os testes, em sua maioria não salesianos, fizeram uso dos materiais e estudos publicados nas últimas décadas pelos próprios salesianos.

Mas com as impressões otimistas e estimulantes de Traniello, houve outras durante este ano: mais cautelosas, se não totalmente contrárias, fundadas mais ou menos criticamente no que foi observado no contexto das comemorações do centenário da morte de Dom Bosco "
Pode-se perguntar se não é prematuro se envolver em previsões mais definitivas, mesmo antes do final do ano do centenário e antes do halo emocional que, por bem ou por mal, se dissipa no Congresso." Estudos preparam-se para terUma série de precauções dos sugere, de fato, e primeiro exame das interconexões que estão ocorrendo entre formas de conhecimento, mesmo predominantes e bem estabelecidas, e produção científica, particularmente Salesianos, foram capazes de contribuir de dentro de suas instituições. .

1 F. Traniello, Dom Bosco e o problema do mordenite em: Dom Bosco e os DESAFIOS da mordenite (Cadernos do "C. Trabucco", 11) Centro de Estudos, Bacon, "C. Fanton" 1988 Polygraphic Establishment , p. 41. O título geral do livro evoca J. Remy, A défi da modernidade: a estratégia da hierarquia católica em Belgique em XIXe e XXe e a idée de sikles chrientienté em "bússola social" 34 (1987) 151-173. Toda a edição de "Social Compass" contém várias contribuições sob o título comum: "As eleições e a modernidade na Europa Ocidental".

2 Cfr. Traniello F. (ed.), Dom Bosco na história da cultura popular, pancetta, SEI 1987 e recência realizada por L. Tamburini, em "Studi Piemontesi" 17 (1988) 1, 247-249.

1. A reflexão salesiana sobre o sistema educativo de Dom Bosco é suficiente no período posterior à Segunda Guerra Mundial


Um espaço de reflexão sempre cultivado nas instituições salesianas do sistema educativo é implementado e expresso em teoria pelo santo fundador. Das breves e tímidas notas de Dom Francesco Cerruti sobre as “ideias” pedagógicas de Dom Bosco (1883) 3 e de elaborações mais ou menos teóricas, passaram na atmosfera do processo de beatificação (1890-1929), apresentações que enfatizaram a Princípios pedagógicos fundamentais apresentados pelo próprio Dom Bosco em uma conferência que ele deu em Nice em 1877 ("este sistema é totalmente baseado em religião, razão e, acima de tudo, bondade) 4 ou passou a discursos e considerações que põem a ênfase em especificidade religiosa do sistema educacional,

Entre as duas guerras, com o regime fascista no poder, os salesianos e alguns grupos católicos que Dom Bosco conseguiu inscrever entre os clássicos da pedagogia nos programas de formação de professores. Aos olhos dos promotores da iniciativa e dos mesmos discursos de Pio XI, Dom Bosco apareceu como um gigante que se elevou acima dos educadores católicos do século MCK como promotor dos mais opostos, a formação completa mais apreciável para eles propõe uma formação com base na preparação física e o mito da força como um meio de conquistar as coisas que levou a prever o caminho para um violento choque de povos e uma nova e imensa conflagração mundana.
Apesar da oposição e da crítica, incluindo Dom Bosco no panteão dos pedagogos, foi possível ter um clima político ambíguo e uma ênfase religiosa no campo da chamada civilização que proclamava a retórica fascista. Alimentado com reservas críticas e envenenado pelas críticas devastadoras de proeminentes professores leigos (Ernesto Codignola e outros), o debate sobre a figura e o pensamento educativo de Dom Bosco forçou os educadores católicos, e em particular os salesianos, a definir melhor o que ou seja, poder-se-ia considerar Dom Bosco, educador respeitado, professor digno desse nome.

• F. CERRUTI, as idéias de D. Bosco sobre educação e ensino e a missão atual da escola. Letras dois, San Benigno Canavese, Dica. e Biblioteca Salesiana 1886.

• Inauguração do patronato de S. Pietro em Nizza a Mare. Objetivo do melhor marido do padre
Giovanni Bosco com apêndice do sistema preventivo na educação da juventude, Turim, Dica. e a Biblioteca Salesiana 1877; cf. edição crítica de P. BRAIDO, em: Bosco, Pedagogical writings, p. 125-230.

• Sobre indicações sobre a dimensão espiritual e religiosa, ver JM Prellezo, Lo stu diede
Na Congregação da pedagogia salesiana: ALGUNS momentos relevantes (1874-1941), em: JE Vecchi - Prellezo JM (eds.), Programas educativos Prática pastoral e ciências da educação, Roma, Editrice SDB 1988, pag . 61-71; ID., Estudo e reflexão na Congregação Salesiana Pedagógica (1874-1941). Notas para a história, em RSS 7 (1988) 35-88.

6 Cf. P. STELLA, canonização de Dom Bosco com fascismo e universalismo, em: TRANIELLO (editado por), Dom Bosco na história da cultura popular, p. 359-382; ID, Dom Bosco III.

Como parte desses estudos, o trabalho mais significativo pode ser considerado o livro de Pietro Braido: O sistema preventivo de Dom Bosco (1955) .7 As idéias e instituições do santo sacerdote piemontês aparecem em sua abordagem; as correntes de análise concluíram convincentemente que as obras e idéias de Dom Bosco podem ser adequadamente definidas como um "sistema", cuja peculiaridade e originalidade são claramente vistas através de sua comparação com as obras e idéias de professores e educadores com quem Dom Bosco estava em contato direto. O volume de Braido, clássico, é como o topo de uma série de estudos, orientados em vez de analisar o desenvolvimento das iniciativas e intuições de Dom Bosco, examinando a estrutura lógica e definindo sua validade pedagógica.Mas podemos acrescentar que o livro de Braido pode ser considerado como um ato de coragem (executado e talvez também sofrido) e como um ato de confiança por parte do então Reitor-Mor, padre Renato Ziggiotti. O trabalho sobre o "sistema preventivo" veio alguns anos depois da morte de Dom Pietro Ricaldone (1870-1951), superior que, com grande capacidade de governo, liderou a congregação salesiana e concentrou seu crescimento no período difícil. entre as duas guerras. O P. P. Braido já ensinava o sistema educativo de Dom Bosco naqueles anos na Universidade Pontifícia Salesiana, na Faculdade de Filosofia. O P. P. Ricaldone admirou a visão do futuro demonstrada durante a fundação da Universidade;mas sua atitude ciumenta era conhecida mesmo antes do papel supremo do magistério na congregação.

Enquanto isso, a Universidade foi introduzida com um papel proeminente na rede de casas de formação salesiana, que se fez necessária para a fase de expansão que existia, e erguida em várias partes do mundo, entre outras razões, para o encorajamento que recebi da então Sagrada Congregação para os Estudos.

2. Da pesquisa filológico-literária à reinterpretação global


Precisamente nos estudan- tes, particularmente no Piemonte, as questões tornaram-se mais insistentes quanto à autoridade de algumas literaturas hagiográficas de Dom Bosco e às formas de conhecimento que delas decorrem. A preocupação das gerações mais jovens tendia a tornar-se desconfiança Memórias biográficas de Dom Bosco: a obra monumental iniciada no esboço Giambattista Dom Bosco Lemoyne, enquanto ele vive e foi gradualmente publicado nos volumes nove nove de 1898 a 1939. Don Eugenio Cenia, autor de nove volumes, é várias questões foram levantadas que preencheram o problema do valor que deve ser atribuído às memórias: "eles dizem - ele perguntou - Don GB Lemoyne não era um historiador, mas um romancista da história. Nas memórias biográficas há muitos fatos que não resistir a críticas.Os mesmos volumes escritos por Don E. Cenia não são inteiramente históricos, mas louváveis ​​e louváveis ​​".8
P. BRAMO, Sistema Preventivo de Dom Bosco. Prefácio de E. Celia, Turim, PAS 1955 (2ª ed. Zürich, PAS -Verlag 1964).

Ele levantou clara e urgentemente o problema não é credibilidade trivial teve que pagar aos documentos e testemunhos que eram para a fundação literária da Congregação Salesiana em que os superiores e capítulos gerais (mas também as mesmas batatas em seus discursos) apoiou a estrutura de seu ensino Para a cultura não salesiana, especialmente a leiga, talvez houvesse apenas problemas marginais; mas para os salesianos, por outro lado, as questões estavam em jogo, se não essenciais, pelo menos de grande importância no nível vital da própria congregação.

A primeira tentativa de resposta científica veio da França. O P. Francesco Desramaut, professor de História da Igreja no Centro Salesiano de Estudos Teológicos em Lyon, desenvolveu e defendeu como sua tese de doutorado na tese teológica das Facultés Lyon para estudar apenas o primeiro volume de memórias biográficas.9 O trabalho envolveu uma documentadísima reconstrução da figura moral e intelectual de Don GB Lemoyne, vista como base de um tipo de uso de fontes orais e escritas. Don F. Desramaut se dissipou, em primeiro lugar;finalmente, o comentário que destruíra a documentação negligenciada ou ingenuamente original de Don Lemoyne, utilizada por ele para redigir o primeiro rascunho das Memórias Biográficas: todo o material existiu e continua a existir em sua totalidade no Arquivo Salesiano Central. Ele também confirmou a crença de que Don Lemoyne tinha sido um intérprete honesto e escrupuloso dos testemunhos dos outros, quase sempre escrevendo ou usando-os como parte de seu Lite - ele lidava com a distorção. Foi uma conclusão importante; mas o trabalho documentado de Don Desramaut ainda era apenas um primeiro passo.Ele superou as possibilidades concretas do estudioso francês em uma investigação meticulosa na Itália de outras fontes documentais, fora do contexto salesiano, para compará-las com as utilizadas por Don Lemoyne. Não importa quão satisfatório fosse o que estava escrito sobre a honestidade de Lemoyne, ele permaneceu investigando toda a atitude que o levara a tecer formas narrativas de algum Welling sobrenatural como padrões que poderiam colocar a medieval, no primeiro e até mais no seguintes volumes de memórias biográficas.Na pequena história salesiana, para cercar os méritos e limitações da obra de Don Desramaut, avise-se: a filológica literária puramente pesquisa interpretação de hipóteses e modelos de pesquisa histórica adequados que garantam uma completa releitura de fontes documentais e da figura histórica de Dom Bosco. A análise de cada peça reunida na redação do movimento Memórias biográficas à mentalidade classista e às fontes emergentes usava Don Lemoyne, das Memórias do Oratório, que Dom Bosco escrevera tarde - não exatamente com critérios históricos ou cronistas e documentários -,

litografada 8 Carta de 14 páginas com a data: "Torillo 9.11I.1953"; cf. para este fim: P. STELLA, Dom Bosco Le Ricerche seus vinte e cinco anos em 1960-1985: fiação, problemas, pro-in petitivo: Braldo P. (ed.), Dom Bosco Nella Chiesa, p. 373-396.

9 Les Memorie I de Giovanni Battista Lemoyne. Étude d'un-free fundamental sur jeunesse de santo Jean Bosco, Lyon, Imprimérie de Louis-Jean de Gap 1962. Há uma tradução castelhana da MB (Madri, Salesiana Cateciana Central 1981-1989). A edição original italiana (nde) é mencionada neste volume.

Já em 1965, quando publicou fragmentos das Memórias do Oratório em uma antologia dos escritos de Dom Bosco sobre o Sistema Preventivo, Fr. Braido sentiu a necessidade de proceder com cautela em sua leitura, porque nele, uma narrativa seletiva, com ênfase alegre em seus episódios, tentando afirmar os salesianos com a convicção de que sua amada e protegida congregação possuía um método educativo capaz de atrair simpatia e apoio a centenas e milhares de jóvenes. Don Braido sugeriu que afirmava que As lembranças do Oratório não representavam pequenos problemas para quem buscava outras mensagens nelas.

No clima precursor do Concílio Vaticano II, discutido na Itália, por exemplo, se não era apropriado monopolizar o Jovem que eu providenciei, o livro de Dom Bosco que serviu por mais de um século para enquadrar as práticas de piedade nas instituições salesianas. Foi traduzido para o francês e espanhol (The Young Christian) por sugestão de Dom Bosco. Mais tarde, foi traduzido para algumas línguas asiáticas. E veio a ser o livro de regras da vida devocional e litúrgica dos oradores, escolas e até grupos de culto organizados desde os primeiros encontros com os índios Onas, no sul da Argentina, ou a tribo Bororo, no coração de Mato Grosso. "
Eu" Bosco, sistema preventivo Escrito em, p. 3s.

"Cfrs Desramaut F. (ed.), A Vida da Oração, Religiosos SDB, Lyon 10-11 de setembro de 1968 (Entrevistas Salesianas sobre a Vida, 1), Leumann (Torno), Elle Di Ci 1969.

As apostas eram a interpretação que havia sido dada ao slogan lançado pelo padre Ricaldone em uma de suas clássicas cartas circulares no ano da canonização (Reitor-Mor Aguinaldo de 1935): Dom Bosco Santo.12 Lealdade tratada de fato, questionar de maneira responsável os perigos da inação vinculados à repetição do passado com o risco de romper com a sociedade pluralista na qual entrava francamente no mundo dos jovens. O lema de 1934-35 teve que ser completado de acordo com as necessidades de uma atualização: "fidelidade a Dom Bosco, o santo e seus riscos". Mas não foi difícil argumentar a favor da renovação:

Contra imobilidade e gestos cristalizados e tal repetição que pareciam produzir quase "ex opere operato" propósitos educacionais maravilhosos, à luz da herança histórico-filológica e além da própria análise, havia dois fatos importantes. Em primeiro lugar, era fácil ver que o mundo do pensamento do século XIX para os andaimes teológicos que Dom Bosco também havia sido superado ou superado. O próprio Dom Bosco, nos anos de maturidade e expansão do seu trabalho (que ele propagou para pedir ajuda a todos), havia marginalizado sem Supusiese para ele não é um problema, rígido e um pouco anos controverso antivaldense elementar 50. I Salesianos, por sua vez, e sem trauma,

Mas eram as realidades de um mundo que não era nosso, como a organização de jovens em estruturas verticais e paternalistas e a separação social dos sexos. A abertura dos oratórios salesianos de jovens, como vieram espontaneamente, meninos e meninas, foi uma solução intuitiva e prática, dada aos Salesianos e às Filhas de Maria Auxiliadora , precisamente na linha da intuição e da praticidade de seu fundador " .
12 edição Oficial: ACS (1936), 1-195, intitulado :. parcelas para 1935. fidelidade Don Bosco santo foi impresso logo após em um volume separado: Estréia do Reitor-Mor para 1935. fidelidade a Dom Bosco santo, Torino SEIS 1936.

13 Os requisitos de renovação contidos no volume de colaboração (P. Braido, L. Calonghi e outros), Don Bosco educador, Oggi, Roma, PAS 1960 (2 ª ed. Revisado e prorrogado, Zurique, PAS-Verlag 1963).

Em segundo lugar, era evidente e claramente demonstrável em Dom Bosco, ao invés de imobilidade, sua capacidade de adaptação a situações de mudança: desde o início do Oratório para jovens chamados pobres e abandonados à organização de escolas e expedições salesianas. latino

o conjunto dos sonhos proféticos, as previsões da morte e os milagres (como a ressurreição de algum jovem "Carlo" em 1849): sobretudo uma releitura radicalmente renovada de algumas das mais características e sugestivas da hagiografia elementar de Dom Bosco, baseada em fatos e narrações que tecia de maneira notável e espetacular as Memórias biográficas como Don Lemoyne e Don Cenia, elaborando seus escritos.

Essas e outras hipóteses interpretativas foram o leitmotiv de dois volumes publicados em 1968 e 1969 com o título. Dom Bosco na história da religiosidade católica "Quando o primeiro volume alimentou por algum tempo o problema da relação entre a pesquisa científica e a proteção da saudável tradição de Dom Bosco, por ocasião do encontro dos superiores provinciais da Europa, o Oriente Médio África Central, Estados Unidos e Austrália, realizada em Como em abril de 1968, representantes da região alemã expressaram preocupação com a nova pesquisa "modernista e incauta" que estava sendo realizada sobre Dom Bosco no Ateneu Salesiano. 15 Mas o então Reitor-Mor, Dom Luigi Ricceri,

Neste sentido, os resultados positivos com a criação, em 1973, de um "Centro de Estudos Dom Bosco" no Ateneu, reconhecido pela Santa Sé como "Universidade Pontifícia Salesiana", e depois, em 1977, com a fundação da Universidade. "Instituto salesiano histórico" em Roma na Casa Geral Desde então, o estudo das contribuições de Dom Bosco e suas obras multiplicaram os bons resultados científicos, tanto do grupo de continuidade como de outras partes do mundo salesiano.

Frutas, parcialmente abertas a certas técnicas de pesquisa e algumas vertentes historiográficas orientadas ao estudo da presença religiosa no tecido social, e em parte às questões levantadas na Congregação Salesiana, o compromisso com a pobreza, áreas do mundo, foi o volume de Dom Bosco na história econômico e social (1815-1870) (1980) .16 Dom Bosco está localizado - em trânsito e o bem-estar dos quadros privilegiados da Restauração à sociedade liberal - entre aqueles que tendem a encontrar formas de apoio econômico e aceitação coletiva nas próprias iniciativas , que não são essencialmente o rendimento imobiliário paternalista; apresenta-se a Dom Bosco, enfim, como empreendedor independente no campo educacional e filantrópico no marco da economia e da sociedade liberal.O volume mostra claramente uma certa falta de domínio das técnicas estatísticas e uma competição um tanto hesitante no campo da historiografia específica das doutrinas econômicas e econômicas. No entanto, como um todo, é o resultado de uma investigação em primeira mão e abre pistas interessantes para estudos no campo do mundo camponês e suas estratégias.

"Dom Bosco na História da Religião Católica Vol 1: Vida e Gestão, Zurique, PAS-Verlag 1968; Vol. II: Mentalidade Religiosa e ESPIRITUALIDADE, Conferência Ibid. 1969. (2ª e Roma, 1979-1981). Inspetores de Salesianos: Europa, Oriente Médio, África Central, UNIA United Australia, Atos (Como 16-23 de abril de 1968), Turin, Lett E. Gili 1968, página 20.

16 Roma, LAS 1980.

O círculo de estudiosos salesianos, na maior parte da educação humanista, filosófica e teológica, é bastante despreparado e desprovido desse tipo de pesquisa. Por essa razão, nos últimos anos tem havido estudos excepcionais que, em sua maioria, são mais satisfatoriamente encontrados no campo da pesquisa filológica ou na historiografia ético-política e pedagógica.

Levaria muito tempo para o relatório analítico e exato de todos os que enviaram os salesianos de Dom Bosco nos últimos anos.

Por exemplo, entre muitas contribuições, as de Dom Francesco Motto sobre o papel de Dom Bosco na nomeação dos bispos na Itália após 1865 merecem menção; e sobre as medidas adotadas depois que a lei garante 1871 para a concessão de real exequatur aos bispos de bens temporais em suas dioceses. "O resultado de uma pesquisa apaixonada do Arquivo Secreto Vaticano e de outros arquivos públicos ou privados italianos, esses estudos Don Motto destacam a figura de Dom Bosco em uma pintura para dizer a verdade um pouco enfática, porque, aparentemente, Dom Bosco não ele estava envolvido em qualquer coisa ou nada nas negociações para a nomeação de bispos em lugares que iam desde a Lombardia e Veneto até as províncias napolitanas e em Puglia.

O envolvimento de Dom Bosco no processo relativo aos bispos do Piemonte e da Ligúria pode ser considerado, em particular, um fato de grande importância para o desenvolvimento das obras educativas que promoveu. Antes disso, na verdade, o nome de Dom Bosco aparece esporadicamente em publicações católicas não piemontesas entre benfeitores e padres invejosos que trabalhavam aqui e ali na Itália. Enquanto os procedimentos para o exequatur estavam sendo desenvolvidos, seu nome saltou para o cenário de uma maneira inesperada, como a de um personagem que tinha privilegiado a entrada nos círculos do governo e antes da Santa Sé.Parece que, naqueles anos, o próprio Dom Bosco desenvolveu uma consciência de vocação pessoal, orientada não só para o Piemonte, mas para espaços mais amplos na sociedade e na Igreja.

7 F. Divisa, A Mediação de Dom Bosco entre a Santa Sé e a concessão para o governo do exequatur para os Bispos da Itália (1872-1874) (Pequena Biblioteca do Instituto Histórico Salesiano, 7), Roma, LAS 1987.

Se dermos atenção ao que Dom Braido enfatizou recentemente, poderíamos dizer que os artigos e panfletos que começaram a aparecer na França e na Itália, nos anos 70, sobre Dom Bosco e seu milagroso sistema educacional, parece que ele trouxe Don Bosco tenta um esquema para teorizar que, correta ou incorretamente, denomina o "sistema preventivo na educação dos jovens" com fórmulas que ele e seus filhos mais sábios (e isso é uma precisão de Don José M. Prellezo) têm variado sem muita formalização e até superou ".
Os estudos com Don F. Motto e a contribuição de Don P. Braido e Don JM Prellezo destacam a leitura da tese de doutorado do Sr. Jacques Schepens sobre os sacramentos da Penitência e da Eucaristia nos escritos de Dom Bosco. 'Também neste caso é uma exploração muito completa das fontes, modificadas ou não, no quadro da passagem do rigor ao benignismo. O que poderia ter sido mais desejável foi, talvez, uma maior atenção às atividades e à ideologia religiosa de Dom Bosco; isto é, uma maior atenção à mentalidade e ao comportamento do mundo juvenil e das comunidades mais amplas em que a mensagem e a obra de Dom Bosco penetraram. Nesse sentido, teria sido apropriado investigar outras fontes, além daquelas utilizadas.2 ° O rito da confissão, por exemplo,

Pesquisas como as de PF Mono e PJ Schepens aprofundam ou, pelo menos, ampliam o conhecimento dos aspectos e momentos da vida de Dom Bosco que se encontram em seu tempo. Outra pesquisa recente encontra o campo aberto ao desenvolvimento do trabalho salesiano após a morte do fundador, mais ou menos em conexão com a imagem que ele cultivou. É interessante, desse ponto de vista, tanto alguns pontos que Don Pietro Braido fez publicando a edição das cartas de Don Lemoyne, quanto as sugestões que o P. José M. Prellezo apresentou para investigar a atitude dos primeiros salesianos antes da apresentação que Bosco fez. do seu sistema educacional.21

JM PRELLEZO, O sistema preventivo relido pelos primeiros salesianos, em: C. NANNI (editado por), Dom Bosco e sua experiência pedagógica: herança, disputas, desenvolvimentos, ressonâncias. Actas do 5º Seminário de "Orientações Pedagógicas" Venezia-Cini 3-5 de Outubro de 1988, Roma, LAS 1989, p. 40-61.

t9 J. SCHEPENS, L'activité littéraire de don Bosco em sujet de la penitence et de eucharistie, em "Salesianum" 50 (1988) 9-50.

20 Sobre o significado da confissão e o comportamento dos jovens, ver, por exemplo, o testemunho de Giovanni Roda, chamado a testemunhar "ex officio" no processo apostólico pela beatificação de Domingos Sávio em outubro de 1916: Sacred Congregatio Rituum e.mo rev .mo ac domino Cardeais Vincentio Vannutelli Speaker. Asten. et Taurinen. Beatifikationis et canonizationis servi Dei Dominici Sávio adolescentis leigos ex-alunos oratórios salesianos. Positio super virtutibus, Romae, Typ. Guerra et Mirri (1930): Summarium Super dubio: Uma constelação de virtutibus * theologalibus fide, spe et charitate ..., p. 5. Trazer o episódio mais esquematicamente para M. Molineris, Vida Nova de Domingos Sávio, Cone Dom Bosco, Instituto Salesiano, 1974, p.134. Ele também é referido no estudo de A. CAVIGLIA, Savio Domenico e Dom Bosco, em: Operar e publicar e publicar escritos inéditos de Dom Bosco, vol. IV, Torillo, SEI 1943, p. 146.

Don Lemoyne, que se tornou padre salesiano e foi cuidado - observa Dom Braido -, com particular preferência em escolher o que parecia ser prodigiosa, miraculosa, sobrenatural manifestação de intervenção divina; Se por um lado a tendência a ser um cronista preciso dos movimentos e formas de dizer que o havia conquistado como filho espiritual, por outro, Lemoyne sempre teve o cuidado de escrever o que Dom Bosco estava expondo, como sonhos e muitas vezes fala à noite. para a grande comunidade de Valdocco. Dom Bosco contou-lhe uma parábola ou um sonho que ele tivera na noite ou no dia, como seria interpretar o sentido do coração, de Don Lemoyne, sem a fiel exposição das revelações celestes.

Don Cerruti também estava moderadamente entre os que consideravam os sonhos de Dom Bosco como eventos sobrenaturais. Mas sua atenção foi dada com preferência à organização concreta e efetiva da educação no Oratório e em outras casas salesianas. Entre os colaboradores mais fiéis de Dom Bosco, ele é um dos mais insistentes no fato de que os fundamentos do sistema educativo traduzem verdade em razoabilidade e racionalidade entre educadores e jovens, religião equilibrada e essencial, caridade entendida como a entrega diária e inteligente para o papel dos educadores. Nas declarações aos processos de beatificação de Dom Bosco e depois de seu ex-colega Domingo Sávio,Don Cerruti coloca mais ênfase nas virtudes demonstradas na vida dos dois servos de Deus do que na natureza espetacular das manifestações prodigiosas que servem como um índice de dons sobrenaturais. Dom Bosco colocou Don Cerruti entre os líderes da obra salesiana: como diretor da escola municipal de Alassio, superior da província da Ligúria e depois como conselheiro geral da escola. Don Lemoyne, após designações gerenciais, acabou sendo o mais consistente com sua personalidade como secretário do capítulo superior, com tempo suficiente para escrever peças de teatro ou nas "Leituras católicas", poesia e história ocasionais da congregação. como diretor da escola municipal de Alassio, superior da província da Ligúria e depois como conselheiro geral de escolas.Don Lemoyne, após designações gerenciais, acabou sendo o mais consistente com sua personalidade como secretário do capítulo superior, com tempo suficiente para escrever peças de teatro ou nas "Leituras católicas", poesia e história ocasionais da congregação. como diretor da escola municipal de Alassio, superior da província da Ligúria e depois como conselheiro geral de escolas. Don Lemoyne, após designações gerenciais, acabou sendo o mais consistente com sua personalidade como secretário do capítulo superior, com tempo suficiente para escrever peças de teatro ou nas "Leituras católicas", poesia e história ocasionais da congregação.

As tendências espirituais de Don Lemoyne são devidas à proeminência adquirida nas memórias biográficas de milagres e sonhos, os últimos delineados, cada um como revelações celestes de coisas ocultas, presentes ou futuras. Ele é devido (embora originalmente Dom Bosco) Apocalíptico alguma tradição milenar oral e escrita que acabou enraizada nos salesianos no final do século XIX, a idéia, e que a sua expansão no mundo, a sua fixação em certos lugares foi o cumprimento de um futuro que Dom Bosco já havia visto em seus sonhos; visto - ele escreveu no início deste século Capuchinhos Cardeal Vives y Tuto, entusiasta da causa da beatificação - "como em um cinema" .22 Don Cerruti, no entanto, mostra um perfil baixo, mas não menos entusiasta,

21 P. BRAIDO - R. ARENAL, Dom Giovanni Battista Lemoyne com 20 cartas a Dom Michele Rua, em RSS 7 (1988) 89-170; por JM PRELLF70 cf. os artigos citados acima, nota 5.

Os recentes estudos históricos dos salesianos estão voltados para uma releitura da experiência de Dom Bosco a partir de fontes de primeira mão, além do diafragma das memórias biográficas; Não esquecem, contudo, que os dezenove volumes monumentais das Memórias constituem um termo obrigatório de referência, dada a importância que tiveram e ainda têm na transmissão literária, visual e oral da imagem de Dom Bosco.

Além da - - o número de questões que apresentamos sumariamente e forçados lagoas são um trabalho interessante de salesianos de todo o mundo: Don Cayetano Bruno, Don Ramón Alberdi, padre Jesús Guerra, Don Jesus Borrego, Don Natale Cerrato, o Sr. Reinhold Weinschenk, Sr. Antonio Ferreira da Silva; e entre as FMA: Ir. Giselda Capetti, Ir. Cecilia Romero, Ir. Maria Esther Posada, Ir. Piera Cavaglià, Ir. Anita Deleidi. E outros e outros.

Mais ou menos em relação aos estudos históricos, ou pelo menos ao lado deles, os outros destinam-se a uma leitura mais profunda e pode-se encontrar algo da personalidade atemporal de Dom Bosco, a partir de premissas filosóficas, psicológicas e psicanalíticas; Entre estes podemos distinguir: um grande ensaio de Don Sabino Palumbieri, artigos de Don Bruno Bellerate, de Don Pio Scilligo e de Don Xavier Thévenot.23 Se relermos
o que dissemos sobre a produção de estudo dos salesianos e as formas de conhecimento em que se encontram Uma vez localizados os salesianos, se quisermos também aprofundar sua análise, conclui-se que os testes realizados até hoje são, em geral, a resposta às questões que existem entre os Salesianos e as Filhas de Maria Auxiliadora (isto é, o núcleo mais importante da Igreja). área de culto e memória de Dom Bosco).

As descobertas de Francesco Traniello, a partir das quais começamos, são, sem dúvida, o resultado de sua sensibilidade acadêmica; mas eu diria que você deve considerar generosa e otimista, embora a implicação, ainda fraco, os salesianos para as questões do mundo científico, mais largo certamente afetou ou pode ser afetada por "Se Don Bosco" é que ele serve como um meio útil para verificação e análise.

22 Ver BS 41 (1917) 182 e STELLA, Dom Bosco. W., P. 146.

23 A propósito, cf. os últimos anos do "Salesianum", "Orientações Pedagógicas", "Revista de Ciências da Educação", "Pesquisas Históricas Salesianas" (RSS).

Em alguns estudiosos salesianos, sem dúvida, ele se deparou com modelos de conhecimento e técnicas de pesquisa, hoje normais (ou, muitas vezes, questionados): o estudo da mentalidade e da religiosidade como módulos comuns na escola "anual" ou outra, recorrer à antropologia cultural, usando métodos e modelos de história econômica e social. Ou ainda, a psicanálise, premissas filosóficas e pedagógicas (o estudo, por exemplo, o sistema de prevenção a partir de modelos lacanianos; a personalidade Dom Bosco perguntou em filosofias da pessoa ou que realizam as teorias de Freud ou Levi-Strauss).

Mas agora temos que nos perguntar se não são apenas tentativas individuais e esporádicas; e projetos de trabalho coral ainda não consolidados. Somos ainda mais cautelosos quanto mais refletimos sobre as dificuldades que o Instituto Histórico Salesiano ainda enfrenta para assegurar um berçário para jovens recrutas. O "Centro Studi Don Bosco", por sua vez, no UPS, consegue desenvolver sua tarefa educacional de alguma forma; mas não chega - e é uma indicação de sua fragilidade - completar a reimpressão anastática dos escritos de Dom Bosco iniciada em 1977-78 com a série de livros e panfletos. Existem certamente problemas técnicos;mas, acima de tudo, aqueles que têm sucesso ou se comprometem a refazer o cinturão de transmissão entre os designers científicos (que permaneceram como generais sem um exército) estão desaparecidos, artistas técnicos e editores. Enquanto isso, mesmo durante este ano, o conhecimento afetivo continua a beber com entusiasmo na lenda dourada das Memórias; ele freqüentemente retorna (no recente filme, em livros, palestras e exortações) impresso lenda hagiográfica na mente de todos. Oprimido, como uma onda imponente de espuma, as poucas massas rochosas que a pesquisa histórica conseguiu colocar aqui e ali nos últimos trinta anos.Imbatível exprime a distância entre a cultura salesiana muito popular - consumida como no passado, sendo a lacuna entre os jovens - e a pesquisa científica. ele freqüentemente retorna (no recente filme, em livros, palestras e exortações) impresso lenda hagiográfica na mente de todos. Oprimido, como uma onda imponente de espuma, as poucas massas rochosas que a pesquisa histórica conseguiu colocar aqui e ali nos últimos trinta anos. Imbatível exprime a distância entre a cultura salesiana muito popular - consumida como no passado, sendo a lacuna entre os jovens - e a pesquisa científica. ele freqüentemente retorna (no recente filme, em livros, palestras e exortações) impresso lenda hagiográfica na mente de todos.Oprimido, como uma onda imponente de espuma, as poucas massas rochosas que a pesquisa histórica conseguiu colocar aqui e ali nos últimos trinta anos. Imbatível exprime a distância entre a cultura salesiana muito popular - consumida como no passado, sendo a lacuna entre os jovens - e a pesquisa científica.

3. Contribuições recentes de estudos e conhecimento não salesiano


Nesse estado de coisas, pode-se esperar que estudiosos de fora da esfera salesiana não sejam mais do que ensaios sobre certos pontos, estruturas gerais, tentativas de se aproximar de particular ou parcial. Tal é, por exemplo, o teste Francesco Traniello na história italiana escrito pelo santo, James Dacquino sobre a psicologia de Dom Bosco, Stefano Pivato popular _y imprensa teatro, Maria Luisa Trebiliani das mulheres na mentalidade e experiência educacional de Dom Bosco. Ou, da mesma forma, as propostas interessantes Piero Bairati sobre "cultura Salesiana" e da sociedade industrial entre 800 e fascista velho
Sergio Quinzio em um ensaio de 1986, ele voltou ao tema do local de Don Bosco na história da Espiritualidade Católica e de catolicismo católico1.25
Franco Bolgiani, em seu discurso de 1987 em um congresso sobre "os cristãos e a cultura em Turim", parou no "salesiano" dentro do quadro mais amplo das culturas predominantes mais profundamente enraizadas e características. Acima de tudo, seria o que estava ligado à afirmação do estado de Savoy desde meados do século até a unificação nacional, e que Bolgiani chama, para entender, "cultura militar". Ele foi substituído, especialmente após o lançamento da indústria automobilística, como o seu, "cultura industrial" predominante e abrangente, com "Fiat", como o templo principal e como uma referência a um modo de pensar e de viver da comunidade Turim. No entanto,com um pilar sólido no mundo universitário e com polos eficazes de difusão em publicações de vanguarda mais ativas e prósperas. Segundo Bolgiani, a cultura católica era como um todo fraca, repetitiva e conformista desde o período tridentino até o "Risorgimento"; mais tarde, enfraquecido e fechado em si mesmo, acabou indo para o nível da subcultura. No interior, continua Bolgiani, entendemos como uma espécie de cultura salesiana pode florescer na esfera eclesiástica e católica; isto é, uma cultura que se originou e se desenvolveu no campo do brincar e da educação juvenil, do tempo livre e do tempo sagrado dos estratos sociais quase sempre de origem rural, sem pretensões de solidez científica.Uma cultura que hoje deve vir à luz, mas isto foi, em suma, irrelevante aos olhos da cultura secular da matriz positivista ou idealista, liberal ou social, gramsciana ou neo-luminística; uma cultura que foi fatalmente exposta a ser usada para seus próprios propósitos pela cultura industrial dominante. A conferência "Cristãos e cultura em Turim" teve lugar no centro salesiano de Caboto 27, sede da Faculdade de Teologia da UPS (sucursal de Turim). Entre os que ouviram Bolgiani havia, além dos professores e alunos da UPS, padres seculares e estudantes leigos de palestrantes e colégios salesianos. Houve reações muito enérgicas. Entre estes é o "honroso"Eu tinha sido um membro do Comitê de Libertação Nacional, tornando-se o "fiat" após 08 de setembro de 1943 e um membro do Parlamento, já aderiu ao caminho Oratorio del Caboto - como o mais jovem "honrado" Carlo Donat Cattin (nascido em 1919) - antes e depois da queda do fascismo. Segundo Sabatini, a pintura desenhada por Bolgiani não era mais inadequada. Tanto ele como outros estudantes não foram reconhecidos na "cultura" delineada pelo orador. O Oratório, nele como nos outros, nutria a fé religiosa.As discussões sobre as questões filosóficas e sociais que tiveram dois professores do Ateneu Salesiano, como Don Gemmellaro e Don Mattai, eram, em sua opinião, sólidas e ricas, apreciadas por seus filósofos, estrutura especulativa e inspiração idealista ideológica e espiritualista como Augusto Guzzo. . Mas as experiências oratorianas mencionadas por Sabatini foram episódios circunscritos.Ou se deveria levar em consideração como índice de uma realidade cultural que seu desenvolvimento era mais complexo, mais articulado e menos fechado do que se pode deduzir da apresentação necessariamente esquemática e intencionalmente provocadora do professor Bolgiani? 26 Bolgiani não falou, por exemplo, do salesiano Don Paolo Ubaldi, que foi o primeiro professor de literatura cristã latina e grega antiga em uma universidade italiana ("Cattolica" de Milão) 1924-1934, fundador do "Salesian Crown Patrum". ", publicado pela SEI (a obra salesiana de Turim), excelente professor e, como tal, venerado por Michele Pellegrino, aconselho o cardeal e o período pós-conciliar na Arquidiocese de Turín.27 não notou Bolgiani Nem foi o SIXum dos primeiros publicadores na Itália a publicar obras de Jacques Maritain.28 Sua pintura é, sem dúvida, exagerada, talvez cruel e desenhada com uma lente seletiva. No entanto, nos leva a refletir sobre as características da estrutura eclesiástica e do mundo católico em que os salesianos trabalharam, levados pelo estilo de seu carismático e santo fundador.

24 G. DACQUINO, Psicologia de Dom Bosco, Turim, SEI 1988; os outros ensaios estão em trabalho colaborativo dirigido por TRANLELLO (ver acima, nota 2).

n. S. QUIN710, Perguntas sobre a santidade. Dom Bosco, Cafasso, Cottolengo, Turim, Gruppo Abele 1986.

Pietro Scoppola, nos termos que arruinaram um discurso comemorativo particularmente importante, como foi apresentado em Turim por ocasião do centenário, ele usou sua experiência como historiador do mundo contemporâneo e resultados políticos especializados do modernismo na Itália para tratar do "santo tema" de Dom Bosco no relatório e mais amplo que o "Santo moderno" de Dom Bosco. Na trama da exposição de Scoppola alguns julgamentos variados sobre a teologia e o espírito de Dom Bosco, seus apologistas e escritos espirituais são apreciados: todos os elementos que podem ser organizados, como um todo, em áreas de tradicional resistência conservadora católica, mas onde não devemos rejeitar ou perder de vista a consciência, que Dom Bosco prova estar profundamente arraigada,percebido em sua essência e em sua história. A consciência que o santo teve e expressou de maneiras que foi depuração e relativização nos anos mais maduros e sob experiências profundamente diferentes de seus primeiros experimentos sacerdotais e educacionais em Turim. Assim, poder-se-ia dizer paradoxalmente (mas isto pode ser discutido, sem dúvida) que a modernidade de Dom Bosco se encontra na conexão entre esse cristianismo essencial e quase só o nível catequético relativizado em outro (e, no entanto, é sempre expresso em fórmulas "moderno") e as opções organizacionais adotadas no mundo da juventude e da tecnologia.29A consciência que o santo teve e expressou de maneiras que foi depuração e relativização nos anos mais maduros e sob experiências profundamente diferentes de seus primeiros experimentos sacerdotais e educacionais em Turim. Assim, poder-se-ia dizer paradoxalmente (mas isto pode ser discutido, sem dúvida) que a modernidade de Dom Bosco se encontra na conexão entre esse cristianismo essencial e quase só o nível catequético relativizado em outro (e, no entanto, é sempre expresso em fórmulas "moderno") e as opções organizacionais adotadas no mundo da juventude e da tecnologia.29A consciência que o santo teve e expressou de maneiras que foi depuração e relativização nos anos mais maduros e sob experiências profundamente diferentes de seus primeiros experimentos sacerdotais e educacionais em Turim. Assim, poder-se-ia dizer paradoxalmente (mas isto pode ser discutido, sem dúvida) que a modernidade de Dom Bosco se encontra na conexão entre esse cristianismo essencial e quase só o nível catequético relativizado em outro (e, no entanto, é sempre expresso em fórmulas "moderne") e as opções organizacionais que adotou no mundo da juventude e da tecnologia.29
26 BOLGIANI, Propostas para a leitura do pano de fundo histórico, em: Cristãos e cultura em Turim. Anais da conferência Toritio 3-5 abril 1987, Milão, Franco Angeli 1988, p. 34-53.

M. PELLEGRINO, Cinqüenta anos de estudos patrísticos na Itália, em "La Scuola Cattolica" 80 (1952) 424-452 (em particular, páginas 430 e 450).

29 J. MAErrAIN, introdução geral à filosofia, trad. por A. Cojazzi, Turin, SEI 1922 (edições posteriores: 1926, 1934, 1938, 1946).

Aparecem alguns acontecimentos aparentemente cortantes, Norberto Bobbio do "reformismo" e "moderno" são duas palavras que devem ser banidas; de maneira vaga e ambígua que já estou na linguagem cotidiana, especialmente no jargão dos políticos.3 ° Bobbio reagiu a um ensaio histórico de Giovanni Aliberti sobre a modernização do Sul nos anos das reformas napoleônicas. Aliberti respondeu afirmando que os termos "reformas" e "reformismo" não podem ser removidos da linguagem histórica que, portanto, se refere ao século XVIII, tem um significado específico bem compreendido que estuda e escreve livros. Ainda menos o termo "moderno" pode ser usado,Isso era essencialmente o que Bobbio queria dizer com precisão: um uso apropriado, não-oscilante e ambíguo de instrumentos de conhecimento e linguagem; também um uso correto de modelos interpretativos.

No que diz respeito a Dom Bosco, é precisamente o que se encontra, por exemplo, numa conferência cheia de ironia que outro historiador católico, Maurilio Guasco, entregou a Florença neste centenário.32
no sentido de que eles orientam, realmente situam a modernidade. de Dom Bosco em seus esforços no mundo juvenil. Daqui segue a oportunidade e a necessidade de explorar este mundo mais integralmente, investigando os movimentos psíquicos e sociais da época.

29 Don SCOPPOLA, Dom Bosco na história civil, em: Dom Bosco e os desafios da modernidade, p. 7-20. O tema da "modernidade" de Dom Bosco também é tocado pelo Pe. Bairati em seu ensaio: A Cultura Salesiana e a Sociedade Induslial, em: TRANIELLO (editado por), Dom Bosco na história da cultura popular, p. 351-355; mas é fácil entender que essas são leituras questionáveis. Para este efeito, além dos artigos de "Social Compass" 1987 já mencionados: W. RENHARD, Gegenreformation als Modernisierung. Prolegomena zu einer Teoria das Confissões de Zeitalter, em "Archiv für Reformationsgeschichte" 68 (1977) 226-252; J. HERF, II modernismo reacionário.Tecnologia, cultura e política em Weimar e no Terceiro Reich Germânio, Bolonha, 11 Mulino 1988; JA SCHMIECHEN, Os vitorianos, o historiador e a ideia do modernismo,

3 Cf. O jornal "La Stampa" de Turim (8 de fevereiro de 1987).

5 'G. AMERA Sistema sociopolítico e organização do Estado no Mezzogiorno Napoleônico, em "Pesquisa de História Social e Religiosa" 17 (1988) 33, 25-43.

32 M. GUASCO, Dom Bosco na cegonha, época do seu tempo, em: Dom Bosco e os desafios da modernidade, p. 21-38.

Como tive ocasião de enfatizar (e, por outro lado, aqueles que cultivam a história demográfica e social), a juventude, que aparece como uma classe à parte, já é um elemento da modernidade no século XIX e XX.34
Nesse meio tempo, Dom Bosco pode ser considerado um santo moderno, para ser um dos poucos que tiveram a boa sorte, dentro das estruturas religiosas e políticas, de organizar como sua uma oferta de obras e atividades de acordo com os movimentos psíquicos, com aspirações. de inserção na vida, com as utopias que os jovens nutriam em ambientes antes imbuídos de práticas religiosas e que mais tarde se tornaram cada vez mais "modernos", no sentido de serem cada vez mais marcados pelo sinal de mobilidade geográfica e social nas estruturas as políticas não são mais denominacionais.

Numa visão ampla sobre um horizonte amplo que pretendia definir amplamente a presença cristã na história desde a época de Constantino até o que alguns tendem a chamar de neoconstantiniano, Dom Bosco pode ser inserido no catolicismo comprometido com o projeto social ("fazer bons cristãos" e cidadãos honestos "), em uma época que vai desde as iniciativas da amizade católica até os anos que preparam o novarum Rerum. Nesse lugar destaca-se por entregar aos jovens das classes populares que estão começando a aparecer. Sua última utopia era o sonho de que a educação dos jovens, realizada segundo o sistema que ele praticava, enchesse o mundo dos Salesianos Cooperadores, isto é, de um leque cada vez maior de bons cristãos e honestos cidadãos.

Estes são alguns pequenos fragmentos de hipóteses que certamente podem ser analisados ​​em todo o nosso Congresso com uma reflexão que é oferecida com mais cuidado e orquestrada em mais vozes.

Ver, em particular, as atas do seminário de estudo realizado em Veneza, de 3 a 5 de outubro de 1988, citado acima, na nota 18.

STELLA, canonização de Dom Bosco com fascismo e universalismo, p. 368ss; ID., Dom Bosco, La, p. 278; O, Estudos O Estudo e seu Dom Bosco e sobre o seu pensamento Formação Pedagógica: Problemas e Perspectivas em: - (eds.) VELHA PRELIE70, educativa Prática pastoral Ciências da educação, pag. 26.

COMO OS AUTORES DAS MEMÓRIAS BIOGRÁFICAS TRABALHAM



Francis DESRAMAUT

1. Memórias biográficas de Dom Bosco

Dezenove volumes de Memórias Biográficas de Dom Bosco, publicados ao longo de 40 anos, especificamente entre 1898 e 1939, durante a primeira metade do século XX, foram assinados três salesianos sacerdotes: Giovanni Battista Lemoyne nos volumes I -II, Eugenio Cenia nos volumes XI-XIX e Angelo Amadei no X.1 volume de estudo cuidadoso de um todo (cerca de dezesseis mil páginas), o título desta comunicação parece anunciar, exigindo um número desconhecido de volumes. Em 1987, o exame crítico de um volume IX de história com um total de 80 linhas, por outro lado complexo, fez-me escrever um artigo de 24 páginas para a revista "Ricerche Storiche Salesiane" 2, essa Bíblia salesiana pode ocupar gerações de comentaristas nos séculos vindouros, se tiverem prazer em fazê-lo.De fato, os problemas apresentados são às vezes tão difíceis quanto os dos evangelhos sinópticos. Pessoalmente, vou me limitar aqui para fazer algumas observações gerais sobre os autores, seus documentos e seu uso.

2. Os três autores de memórias

A princípio, as lembranças permaneceram até o fim, obra de Giovanni Battista Lemoyne (1839-1916) .3 Ele esteve com Dom Bosco em Turim, em 1864, depois de sua ordenação sacerdotal. Ele foi imediatamente atraído apaixonadamente pelo seu mestre e tornou-se seu secretário particular em Valdocco (Turim) de 1883 a 1888. Em 1884, ele assumiu a redação e composição do documento que mais tarde seria o Memorial Biográfico. Em 1885 este documento intitula-se Escrito a história de João Bosco D., São Francisco do Oratório dos sais e da Congregação Salesiana, título geral de um conjunto de registros 45 contendo a coluna impressa colada e da qual toda a vida de Bosco , ano após ano, desde o seu nascimento em 1815 até à sua morte em 1888.

O volume do Index, de Don Ernesto Foglio, foi publicado em 1948.

7 (1987) 81-104.

Um estudo muito interessante sobre esse personagem é feito no artigo de P. BRAIDO - R. ARENAL LLATA, Don Giovanni Battista Lemoyne com 20 cartas para Don Michele Rua, no RSS 7 (1988) 87-170.

Don Lemoyne era escritor: ele era "biógrafo, hagiógrafo, narrador, dramaturgo, poeta", se olharmos para uma enumeração que pode ser facilmente documentada; Foi escritor de consciência, narrador agradável e divertido das "leituras católicas" da época, autor de dramas teatrais pungentes, "valente poeta", segundo Dom Bosco, formula e relata um santo sacerdote ... Quanto às suas capacidades do historiador, o estudo de seu método de trabalho na escrita de memórias biográficas nos revelará imediatamente. A partir de 1898, seus primeiros sete volumes das Memórias serão lançados rapidamente (1898-1909).Seu trabalho mais importante foi seguido por uma boa biografia de Dom Bosco em dois volumes.5 Antes de morrer, só conseguiu compor dois outros volumes das Memórias e assim alcançar apenas o 70º ano da vida de Dom Bosco.

Com a morte de Don Lemoyne (1916), Angelo Amadei (1863-1945), que havia sido diretor do Boletim Salesiano por oito anos, foi encarregado de continuar e completar as memórias biográficas. Dom Amadei foi muito fiel ao seu confessionário na Basílica de Maria Auxiliadora, que atraiu todos os tipos de penitentes, um verdadeiro "Caçador de Almas", como ele escreveu, 6 ele se sentiu muito confortável em celebrar o apóstolo zeloso festivo e na redação de artigos edificantes É também responsável por um trabalho considerável: uma biografia de Dom Bosco;em que, em 1929, tentou falar com as testemunhas da sua vida 7 obras posteriormente expandidas em dois volumes.8 Trata-se de uma biografia completa do P. Rua, primeiro sucessor de Dom Bosco, intitulada: II Serva de Deus Michele Rua No entanto, o Sr. Amadei não foi o sucessor de Don Lemoyne e isto por várias razões mais ou menos identificáveis: sua lentidão e completude na obra, segundo alguns (o autor deste artigo intitulou Amadei Angelo um Dicionário Biográfico de Salesianos). ); a multiplicidade de seus compromissos, segundo uma de suas cartas, lida por quem escreve nos arquivos salesianos de Turim;a controvérsia sobre a santidade de Dom Bosco nos temas que ele tinha que falar desde 1871, se nos ativermos ao que ele diz a introdução do Volume X das Memórias, publicado em 1939 ... lido por quem escreve nos arquivos salesianos de Turim ; a controvérsia sobre a santidade de Dom Bosco nos temas que ele tinha que falar desde 1871, se nos ativermos ao que ele diz a introdução do Volume X das Memórias, publicado em 1939 ... lido por quem escreve nos arquivos salesianos de Turim ; a controvérsia sobre a santidade de Dom Bosco nos temas que ele teve que falar desde 1871, se nos ativermos ao que ele diz a introdução do Volume X das Memórias, que saiu em 1939 ...

4 Veja-se Ibid., P. 100.

5 Venerável Vida John Bosco Servo de Deus Fundador da Piedosa Sociedade Salesiana do Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora e dos Salesianos Cooperadores, vol 2, Turim, Libreria Editrice Internazionale 1911-1913.

6 Ver E. VALENTINI, Amadei Angelo, em: Dicionário Biográfico dos Salesianos, Turim, Salesian Press Office 1969, p. 17.

7 Ver A. AMADEI, Dom Bosco e seu apostolado, Turim, SEI 1929.

8 Ver A. AMADEI, Dom Bosco e seu apostolado, vol. 2, Turim, SEI 1940.

9 Ver A. AMADEI, 11 Serva de Deus Michele Rua, 3 vol., Turim, SEI 1931-1934.

O ano da beatificação de Dom Bosco (1929), o público nos via como salesiano, surpreso e escandali7ado, a grande história do novo bem-aventurado não saíra da situação de espera em que se encontrava após a morte de Don Lemoyne. O Beato Dom Bosco foi mutilado em 18 anos de vida. As queixas eram gerais. Só o então Reitor-Mor, Dom Rinaldi, permaneceu calado, como Dom Cenia uma vez me disse. Finalmente, no verão de 1929, Dom Rinaldi enviou Dom Eugenio Cenia, um escritor veterano, de Roma a Turim, que remediou a situação ". Don Eugenio Cenia (1870-1957) foi professor de literatura clássica. E ele foi diretor do "Gymnasium", um jornal educacional para escolas secundárias.Durante sua longa carreira, ele publicou principalmente comentários de autores gregos e latinos: Lisia e Xenophon de um lado, Cicerone, San Girolamo, Cesare, Virgilio e Livio, do outro. Aos 60 anos, este ilustre homem de letras, uma pessoa calma e elegante, começou uma segunda vida. Entre 1930 e sua morte em 1957, dedicou-se exclusivamente à história salesiana.Os volumes XI ao XIX das Memórias biográficas, que se referem aos arianos 1875-1888 Dom Bosco, com um suplemento que cobre sua glorificação, saíram com louvável velocidade entre 1930 e 1939. Este admirável trabalhador, uma vez que o possui trazido como Dom Bosco, escreveu várias biografias dos discípulos dos santos (Maria Mazzarello, padre Rua, Don Beltrami, padre Rinaldi), além de valiosas informações sobre os "capitulares salesianos" e sobre o coadjutor salesiano, um livro bem feito sobre os cooperadores Salesianos e, finalmente, quatro grandes volumes de Anais da Sociedade Salesiana (para os anos 18411921) e Epistolario de Dom Bosco, cujo volume publicado no ano passado não pôde ver por que a morte veio.Nos anos de canonização, enquanto continuava a publicação das memórias, ele também havia escrito uma biografia de Dom Bosco em um volume de luxo, "talvez seja a melhor vida para a divulgação de Dom Bosco escrita neste século. Don Cenia era um humanista básico na verdadeiro sentido da palavra, seu culto de medida, portanto, suas frases, ritmo ciceroniano, eram claras e fluidas, seu gosto por coisas simples e belas e descrito em palavras nunca enganosas. Ele não era de modo algum um servo de erudição, e a forma literária que ele havia dado aos volumes XI-XIX das memórias biográficas modificou-as positivamente.

1 ° em don Ceria, cf. E. VALENTINI, Dom Eugenio Ceda, Turim, SEI 1957; Ceria Eugenio, in: Dicionário Biográfico dos Salesianos, p. 79-81.

"São João Bosco em vida e obra, ilustrado por GB Gallizzi, Turim, SEI 1938.

3. O título geral do trabalho

O título do primeiro volume de memórias (destinado a tornar-se mais tarde na obra completa, com as únicas variações introduzidas para promover a causa de canonização de Dom Bosco) é o seguinte: Memórias biográficas de Dom Giovanni Bosco, recolhidas do sac. O salesiano João Batista Lemoyne, vol. 1.12 demonstrou certa modéstia.3 Como Dom Bosco compusera, não é uma história verdadeira e própria de sua obra, mas o Oratório de São Francisco de Sales, ou seja, as Memórias de ser-Vire alla dell 'Oratória da história de São Francisco de Sales, Pe. Lemoyne, se considerarmos apenas o título do primeiro volume que ele começou a escrever sobre o fundador dos salesianos, não é uma biografia no sentido técnico do termo, mas uma Memórias Biográficas, isto é,Memórias para servir a biografia do santo de Turim. Mas vamos deixar a fachada para entrar no monumento. A verdadeira intenção de seu autor e o gênero de seu trabalho aparecem nas primeiras frases do prefácio. O autor escreve sobre eles: "Com o carinho do meu querido Querido Salesiano, apresento-lhe a biografia do Pai em Venerado Nosso Jesus Cristo, Dom Giovanni Bosco" "Fomos bem informados melhor Com o seu grande volume sobre a juventude de Juan Bosco, ele queria oferecer aos salesianos as premissas de uma biografia de Dom Bosco.

4. A predominância de Don Lemoyne sobre o todo

A velocidade com que Don Cenia terminou as Memórias entre 1930 e 1939 é explicada apenas se for dada atenção ao imenso trabalho preparatório de Don Lemoyne e à confiança sem reservas que Don Cenia tinha nele. GB Lemoyne deu às Memórias suas fontes, sua arquitetura geral e, também para os dez volumes que ele não escreveu, a forma da história, pelo menos até certo ponto. Neste ensaio sobre o método de trabalho dos três autores das Memórias Biográficas, prefiro me concentrar em Lemoyne, embora ele seja o autor de apenas os nove primeiros volumes da coleção.

5. A pesquisa e a sistematização de documentos

Pesquisa, compreensão e, finalmente, o uso de documentos, são as três fases de uma obra em que o historiador de Dom Bosco revelará sua qualidade profissional. Don Lemoyne queria reunir todos os documentos adequados para enriquecer, ainda que pequena, sua história de Dom Bosco e sua obra. Embora amplo, não era mais do que uma "história" sobre Dom Bosco, na mente do compilador. Portanto, levou em consideração apenas (ou um pouco menos) os elementos narrativos. Planos de construção, fotografias, livros de contabilidade, registros escolares ..., que exigiam tratamento especial, eram quase sempre ignorados. Suas preferências sempre foram para textos já escritos por testemunhos imediatos e, em primeiro lugar, por Dom Bosco.

. Edic. extra-comercial: San Benigno Canavese, Escola de Impressão, Biblioteca Salesiana 1898.

"Você pode ver, sobre esta questão, o meu livro: Memórias de Les 1 Giovanni Battista Lemoyne Fundamental d'un Ouvir Étude sur la Jeunesse de Saint Jean Bosco, Lyon, Maison d'Études SaintJean-Bosco 1962, pag 84-86 .. .

"MB I p.VIL
Como diretor da escola de Lanzo (1865-1877), Dom Lemoyne levou a" boa noite ", a preguiça e as cartas de Dom Bosco à sua juventude com o maior cuidado. Quando se tornou secretário em Turim em dezembro de 1883, auxiliado por outro fã de Dom Bosco, que também era um arquivista decidido, Dom Gioachino Berto (1847-1914) reuniu tudo o que pôde encontrar. Perguntou e examinou as testemunhas de sua vida passada. . as histórias sobre a mãe de Dom Bosco, Margarita Occhiena, dos quais ele publicou sua vida em 1886, o interessava muito. ele teve que esclarecer o conteúdo de diários, cadernos, blocos de notas não é suficientemente legíveis.E muitas vezes, depois de uma elaboração destinada a tornar a história fácil de seguir, começou a classificar seus materiais, com fragmentos quase sempre recortados de acordo com a cronologia de Dom Bosco, e ordená-los nos registros dos Documentos, que assim se tornaram imensa pedreira para o uso do historiador do grande homem. A realização desses documentos começou em 1885, numa época em que a coleta de documentos estava apenas começando. Em outras palavras, a heurística e o trabalho editorial - na verdade, os Documentos constituíam um primeiro rascunho - estavam no mesmo ritmo para Don Lemoyne. Quando chegaram ao conhecimento dele, incluíram as novas peças em seus registros.No entanto, a partir do processo de Dom Bosco, decidiu-se avançar para uma nova fase: os testemunhos, tão fragmentários quanto a crónica, passaram a fazer parte dos arquivos preparados mais diretamente em vista da redação dos vários volumes das Memórias Biográficas. Don Lemoyne, de fato, perguntou com a maior diligência possível com base nas evidências produzidas no processo de canonização realizado em Turim em 90. Ao contrário do que uma nota teria entendido em sua introdução geral, ele usou depoimentos que já processam no primeiro volume. de suas Memórias, que apareceu em 1898 e que se refere aos anos de juventude de nosso santo.

Todos os dias percebemos melhor que as memórias biográficas são uma imensa coleção de mosaicos de documentos biográficos, cortados em pedaços e introduzidos em uma rede de artigos distribuídos em capítulos e em livros mais ou menos homogêneos. Sua história deveria, portanto, assumir a análise da massa de documentos acumulados depois sobre Dom Bosco, em particular de Don Lemoyne. Neste momento do estudo, não posso fazer nada além de listar as principais peças e acrescentar algumas palavras sobre sua interpretação.

Foram escritos pelo próprio Dom Bosco: as Memórias do Oratório, que remetem aos anos 1815-1855, ao testamento espiritual, às cartas circulares ou pessoais; as biografias publicadas em Comollo, Savio, Magone, Besucco, Cafasso; o manuscrito ou relatórios impressos da vida de seu trabalho; os registros, a viagem a Roma em 1858, a consagração da Igreja de Maria Auxiliadora, as "maravilhas" ou "graças" atribuídas a Maria veneradas em Valdocco ...; os regulamentos e constituições de sua obra local (de Turim) e logo em todo o mundo (a congregação salesiana, a união dos Salesianos Cooperadores ...).

As notas menores ou esquemas envolvidos Don Berto, que passou para Don Lemoyne.

Depois de Dom Bosco, aqueles que o ouviram ou pelo menos seus contemporâneos chegaram, que escreveram coisas vistas ou ouvidas. É provavelmente conveniente começar esta série com a História do Oratório, a de João. Bonetti (1838-1891) publicou em parcelas no "Boletim Salesiano" durante a vida de Dom Bosco e que mais tarde se tornou um grande volume intitulado: Cinco décadas com o Oratório salesiano fundado pelo Sac. Dom Giovanni Bosco.'6 À História, serão acrescentadas as entregas do "Boletim" dos últimos anos de Dom Bosco no Passeio de Outono. As atas das reuniões dos diretores salesianos, do "capítulo superior" e dos capítulos gerais de 1877 a 1886 também foram incluídas na documentação recolhida pelo senhor Lemoyne.Mas dei mais importância aos diários ou anotações de cadernos e comentários dos seguintes depoimentos: Domenico Ruffino (1840-1865), Giovanni Bonetti (o recém-citado), Antonio Sala (1836-1895), Gioachino Berto (primeiro citado), Giulio Barberis (1847-1927), Francesco Cerruti (1844-1917), Giovanni Garino (1845-1908), Giuseppe Lazzero (1837-1910), Francesco Provera (1836-1874), Carlo Maria Viglietti (1864-1915), Pietro Enria ( 1841-1898), Giovanni Battista Francesia (1838-1930), Secondo Marchisio (1857-1914) ... esta lista também deve colocar Don Lemoyne que, em face de uma lenda tenaz, não é cancelado sistematicamente de suas anotações pessoais. O padre Rua escrevera um bom livro sobre a Experience a Necrology ... e também escrevia anotações freqüentes em pequenos pedaços de papel.

5 Cf. Memórias de 1841 a 1884-5-6, que F. Motto publicou em RSS 4 (1985) 73-130.

16 Ver G. BoNETA Cinco décadas do Oratório Salesiano fundado pelo Sac. Dom Giovanni Bosco, Turim, Dica. Salesiano 1892. Deve-se notar que Don Lemoyne recolheu nos Documentos as colunas do "Boletim Salesiano" e não as páginas dos Cinco lustres, que, aparentemente, não foram utilizadas, como tais, na composição da MB.
Não cabe, evidentemente, dar julgamentos generosos e válidos para todas essas testemunhas, e menos ainda para cada um dos episódios contados para eles e para todas as sentenças de Dom Bosco transmitidas por eles, como se sua proximidade com o herói da história tivesse tinha a garantia absoluta de objetividade, lucidez, precisão ... de suas anotações. Você deve "entender" esses documentos.A relação imediata será distinta, da memória mais ou menos distante; o registro do próximo testemunho; testemunho direto, depoimento indireto; o sonho, da parábola do sonho; o mesmo testemunho, de seu comentário, autorizado ou não, e também a formulação original da formulação elaborada. Aqui os exemplos se acumulam para centenas, talvez milhares. foi, mas por outro lado, muito mais tarde, o testemunho direto dado acima e, portanto, exposto a todas as fantásticas reconstruções de memórias. Mas as mesmas testemunhas também podiam escrever histórias que circulavam no ambiente, que outros poderiam ter negado se tivessem chegado a conhecê-las.Foi "as coisas que são contadas", como Ruffino escreveu no início de algumas anedotas sobre Dom Bosco. Um caderno de Giovanni Bonetti (20 folhas, das quais apenas 10 são escritas) contém seis episódios incríveis, todos de origem desconhecida "Conversão Mirabile de um ateu", 19 "O jovem desperto da morte"; "" Barril cinza "; 21 Mas as mesmas testemunhas também podiam escrever histórias que circulavam no meio ambiente, que outros poderiam ter negado se tivessem chegado a conhecê-las. Era" coisas que são ditas ", como Ruffino escreveu no começo de algumas anedotas sobre Dom Bosco.Um caderno de Giovanni Bonetti (20 folhas, das quais apenas 10 são escritas) contém seis episódios incríveis, todos de origem desconhecida "Conversão Mirabile de um ateu", 19 "O jovem desperto da morte"; "" Barril cinza "; 21 Mas as mesmas testemunhas também podiam escrever histórias que circulavam no meio ambiente, que outros poderiam ter negado se tivessem chegado a conhecê-las. Era" coisas que são ditas ", como Ruffino escreveu no começo de algumas anedotas sobre Dom Bosco: um caderno de Giovanni Bonetti (20 folhas, das quais apenas 10 são escritas) contém seis episódios incríveis, todos de origem desconhecida "Admirável conversão de um ateu", 19 "O jovem desperto da morte"; "Cinza 11 cana"; 21
"The Chestnuts '; .." 22 "Multiplicação das Hosts" São anedotas, verdadeiras ou não, elas foram publicadas há muito tempo após terem sido registradas para melhor não lhes dar mais crédito do que merecem as histórias que contam umas às outras para evitar preconceitos ou ideologias dominantes nos vários grupos humanos.

"Veja MB V, 9.

De fato, Don Lemoyne não manteve isso em mente quando compôs seus Documentos *,
até 1891; e críticas internas sustentam esse namoro tardio. "Veja MB IV, 156.

20 Veja o MB LIL 495.

21 Veja MB IV, 416.

22 Veja MB 111, 576.

23 Veja MB III, 441.

Semelhante pode ser feito com relação aos depoimentos coletados durante o processo de canonização de Bosco e foi para Memo Biographical observations. No geral foi muito agradável e muito interessante.Sacerdotes diocesanos, salesianos, salesianos e irmãos leigos marcham por Turim: Giovanni Bertagna, Gioachino Berto, Secondo Marchisio, Giovanni Giacomelli, Felice Reviglio, Giacomo Manolino, Giuseppe Turco, Giovanni Filippello, Giorgio Moglia, Giacinto Ballesio, Angelo Sávio, Francesco Dalmazzo , Giovanni Branda, Pietro Enria, Leonardo Murialdo, Giovanni Cagliero, Francesco Cerruti, Giovanni Battista Piano, Giuseppe Rossi, Villa Giovanni, Giovanni Battista Francesia, Luigi Piscetta, Giulio Barberis, Giovanni Batista Lemoyne, Giovanni Bisio, Michele Rua, Giovanni Turchi, Ascanio Savio, Giovanni Batista Anfossi, Domenico Bongioanni, Giuseppe Corno, Antonio Berrone e treze outras pessoas, homens e mulheres, especialmente chamados para esclarecer os problemas relativos aos milagres.Don Pietro Stella tentou classificar essas testemunhas para começar a pesar seus testemunhos. Do ponto de vista ideal, seria necessário seguir os meandros de cada elemento desses depoimentos, voltando às suas fontes de informação e à mesma mentalidade das pessoas envolvidas. É preciso saber que as afirmações mais absolutas sobre o ascetismo de Dom Bosco provêm de nós - com exceção de melhores informações - de Don Berto, que era um homem escrupuloso e mais ou menos obcecado. O próprio Berto e seu irmão na religião Giulio Barberis fizeram longas declarações no processo dos Documentos de Don Lemoyne, Eles podiam consultar e copiar à vontade em Valdocco. Às vezes eles os usavam de maneira servil.É por isso que as abordagens, até mesmo os erros de suas fontes, reapareceram, mais do que acertadas, em seus depoimentos. Sem dúvida, eles fizeram isso com a melhor boa fé do mundo. Mas será aceito que diferentes testemunhos do processo de Dom Bosco podem ter uma longa história por trás deles, cujo conhecimento é indispensável para aqueles que querem entendê-los. Outra advertência geral: a chamada forma "definitiva" de crônicas e relatos, feita pelo autor das Memórias, nem sempre é a que saiu da mão do escritor. Quanto às crônicas, o caso mais interessante me parece ser o de Carlo Maria Viglietti em seu relato dos últimos anos de Dom Bosco (1884-1888).Distribuído em vários cadernos, revisado e copiado várias vezes, esta história apresenta muitos problemas particulares ao comentarista. Acontece que a cronologia primitiva é a mais segura. No entanto, há passagens acrescentadas depois que não são sem interesse para o conhecimento de Dom Bosco. Quanto à ata: geralmente o secretário designado toma nota do que ouve ou compreende enquanto a sessão está ocorrendo. Mas então ele tem que escrever um texto oficialmente aceitável. Adicionado adições, alterações, cancelamentos. Faça este trabalho normalmente sozinho, às vezes no conselho. As formas tiradas das atas da primeira sessão do Capítulo Geral dos Salesianos de 1877,eles são confiados a Dom Giulio Barberis, são - na minha opinião - ricos ensinamentos para o historiador e, portanto, para a biografia de Dom Bosco. Na verdade, a versão original está repleta de frases deletadas e adicionadas, que devem ser lidas com cuidado, pois fornecem informações sobre o debate sobre o desenvolvimento. É verdade que diferentes características da mentalidade dos corretores (Dom Bosco e o primeiro de todos) podem preferencialmente ser buscadas: neste caso, os retoques, que não são puramente formais, merecem, também, um exame cuidadoso.

6. Entendendo e usando documentos

Estas reflexões não foram feitas por Don Lemoyne, compilador, nem por seus sucessores Don Amadei e Don Cenia. Para Don Lemoyne, bastava que a testemunha fosse "honesta", uma qualidade válida de acordo com critérios morais. Levada sua versão em sua forma acabada, a polida, cobrindo cada detalhe no mesmo plano, dividindo, combinando etapas paralelas, toda a informação ainda não conhecida e distribuída segundo um tecido geral da obra, que era rigorosamente e, na medida do possível, cronológica.Don Lemoyne - e é aqui para lembrar que os documentos elaborados com base neste princípio de cobertura a vida inteira do santo e também influenciar os volumes de Don Amadei e Don Cenia - a melhor história de Dom Bosco seria coletar o máximo de informação possível Dom Bosco atestado pelas testemunhas. Nada lhe parecia disponível, mesmo que fosse apenas uma frase ou uma palavra. Este culto da quantidade parece-me denunciar em convicções "substanciais" que, juntamente com outras, são um sinal de mentalidade "pré-científica" em nossa historiador.24 "Por uma tendência quase natural - Gaston Bachelard escreve no capítulo do Obstáculo substancialista o espírito pré-científico acumula em um objeto todo o conhecimento em que esse objeto desempenha um papel,Ele conecta diferentes qualidades diretamente à substância, tanto qualidade superficial quanto qualidade profunda, qualidade manifesta como uma qualidade oculta. " Ele se preocupa com a" experiência externa óbvia, mas foge da crítica no fundo de seu coração ".
Talvez alguns exemplos não sejam inúteis. Quando ele relata sua juventude, Dom Bosco, por razões que nos são obscuras, nunca aludiu à sua estare et l'ordonnance de la matière ".

24 Sobre esse assunto, tomo as idéias e a terminologia de G. BACHELARD, La formazione de l'esprit scientifique. Contribuição para uma psicanálise do objetivo do congresso, 13 "ed. (1" editto 1938), Paris 1986, p. 131-133.

2 Ibid., P. 99.

"Veja Les Memoirs I João Batista Lemoyne, p. 213-266, o capítulo sobre" lectancia como um trabalhador na fazenda Moncucco Moglia, onde ele deve ter passado cerca de 18 meses (1828-1829), quando ele tinha 13 anos aos 14 anos. Agora, o salesiano Secondo Marchisio, no verão de 1888, e depois os advogados do processo contábil dos anos 90, pediam aos agricultores, desde Dorotea Moglia, Giovanni Moglia, Giorgio Moglia, aos que haviam sido. lá e falava abundantemente uma característica do adolescente Bosco tinha impressionado esses seus compatriotas. Juan se recusou a ficar sozinho com uma garota de Moglia, e apesar das ordens de Dorotea para contar este episódio, Don Lemoyne era um. menos antes de sete pericópios, para não mencionar dois outros que generalizaram a recusa? Ele considerou isso,nesse caso, uma das testemunhas deu ao lixo uma forma diferente das demais e, portanto, separou-se delas.28 A resposta foi então explicada nas memórias biográficas. O menino disse a Dorotea, de acordo com a maioria dos testemunhos: "Dá-me meninos, e eu irei com ele até que eu chelete, mas garotinhas eu não devo governar"; e de acordo com o testemunho especial: "Eu não estou destinado a este respondeu ela calmamente Giovanni" .29 Este mecanismo também a inclusão de Juanito dobrou entrevista com Don Calosso em novembro 1829 ao longo da estrada de Buttigliera levou para a fazenda Becchi. L ' episódio é conhecido.Don Calosso, maravilhado com a facilidade de um menino que ainda não conhecia, pediu-lhe que repetisse a homilia do pregador do Jubileu. Juan fez. Don Lemoyne tinha três fontes neste sentido: um fragmento das Memórias do Oratório de Dom Bosco, um fragmento de uma crônica de Domenico Ruffino e um fragmento dos Anais de Giovanni Bonetti, paralelo ao de Ruffino. Cada uma dessas histórias conhecia uma única conversa repetida pela criança. Mas suas expressões não coincidem perfeitamente uma com a outra: a de Ruffino-Bonetti tinha uma forma própria que não era a do Oratório das memórias.Além disso, nas Memórias o menino falava "por mais de meia hora", enquanto Ruffino o fazia repetir o sermão por apenas dez minutos. Diante desse problema, o "substancialista", também mesquinho com os menores serviços, acreditando que com ele serve a verdade, não tem dúvidas: guarda tudo. Don Lemoyne duvidava que Dom Bosco tivesse conseguido repetir 12 anos de diferença (em 1861 para Bonetti-Ruffino e em 1873 para o Oratorio Memorie), com uma fórmula de sermão diferente de sua infância, da qual ele acabara de se lembrar era o último Então ele falou "por meia hora" em um dos sermões e depois por dez minutos em outro, com um total de cerca de três quartos de hora? °
27 Rossi testificou: "As mães da família afligiam os Deuses, seus filhos, a custódia e os jovens, ele estava mofado, a floresta de bom grado, exceto as crianças" (G. Rossi, Julgamento Ordinário da Cúria da Cúria, 2511 c.). Havia tantas "mães de famílias" em Moglia?
28 Esta declaração feita, creio eu, por Giorgio Moglia, foi publicada por Don Lemoyne em Documenti XLIII, p. 3.

29 Cf. MB I, 199.

30 Cf. MB I, 177-178.

Os dois curacionistas iguais de uma mulher paralítica, por ocasião da consagração da Igreja de Maria Auxiliadora de Turim em 1868, nasceram da mesma maneira na história salesiana. O primeiro derivou de um relato de Dom Bosco Don Lemoyne em 1884; 31 segundos, três páginas depois, em Memórias IX, como uma coleção impressa do ano anterior.32 Outros dubletos, menos fáceis de descobrir, são no entanto quase tão certos: o episódio dos meninos que ficaram encharcados durante uma excursão e foram bem-vindos. do "Cavaliere Gonella" mencionado no Volume VI da MB, segundo a biografia de Magone escrita por Dom Bosco, e repetida em volumes VII da MB em outro ano - segundo relato de uma coletânea de 1884;

7. Indiferença na compreensão de documentos

Neste ponto, parece que o historiador de Dom Bosco confundiu dois níveis: o da vida ou o da história vivida e o da história da vida ou da história e também do documento que testemunha essa história. Baseia-se na hipótese de sua coincidência normal: um plano reflete o outro. Assume-se que as mediações dos documentos são transparentes e que suas mensagens são óbvias. A compreensão do documento, em sua formalidade peculiar, nunca coloca (ou quase nunca) problemas.Agora, "não é tão fácil entender um documento, saber o que é, o que diz, o que significa" 35. O hagiógrafo de Dom Bosco esquece que a exposição histórica (ou seja, seus documentos) forma um corpo com pessoas ou pessoas. grupos de pessoas que falaram ou escreveram em um determinado momento, escolheram suas próprias perspectivas, negligenciaram detalhes, forjaram outros a se fazerem entender (para comunicar, diríamos hoje), no momento em que imaginaram de boa fé, eles coloriram tudo com seus sentimentos e desejos. Aquele que tem alguma familiaridade com a história, vê as consequências de um método que economiza a "compreensão" sistemática dos textos utilizados. Na verdade, o texto é um produto. Tem o peso de um objeto fabricado.Nunca pode ser usado como um vidro transparente, que "parece" o real ou a história que conta. Aplicado à Bíblia, esse método "ingênuo" confunde fragmentos educacionais e histórias históricas, lendas e realidades, anedotas populares e cartas oficiais, etc. De nossa parte, escolhemos um exemplo aleatório: a história do barbeiro da aldeia de Castelnuovo. Dom Bosco recusou um dia deixar-se raspar por uma mulher, pelo menos assim parece. Episódio, comentaristas engraçados hoje sua vida é uma história que apresenta Giovanni Bonetti desta maneira em um de seus cadernos: "Oito dias eu sou ou - eu sou em fevereiro de 1862 - por causa de você do país, D. Savio e do diácono sul Cagliero meu disse isso do Sr. D. Bosco Um dia D.Precisando fazer a barba [...]. É Tio visto logo se levantado, Ele pegou seu chapéu e disse adeus a ela: que eu nunca permitiria que uma Dorna viesse e tomasse meu nariz ".36 É um desenho engraçado, como os locais tinham. Em relação à cena em si mesmo e pronunciando realmente as palavras ..., deve-se pensar duas vezes - ou mais - antes de decidir se a resposta de Dom Bosco, cujo texto sempre escapamos, era sinal de sua "castidade selvagem" ... L 'autor das Memórias nos faz acreditar em um tipo de relacionamento recente: "Padre Angelo Sávio e Dom Cagliero Ele nos disse para comer, uma vez chegou e Tendo Castelnuovo di Bisogno precisa barbear sua barba perto Bottega di una ... "etc.Desta forma, na verdade, economiza na "compreensão" correta do documento e, portanto, no seu significado.

3 'Veja o caderno por GB LEMOYNE, Ricordi di gabinetto, 22 de fevereiro de 1884; recolhido em: MB IX, 257.

32 Ver G. Bosco, Memórias de Solenidade em Honra de Maria Auxiliadora, Turim 1868,
p. 49-50; Coleta em: MB IX, 260-261.

33 MB VI, 54, de acordo com GB LEMOYNE, Memórias do Gabinete, 22 de fevereiro de 1884. A duplicata
aqui é muito segura, embora não seja absolutamente verdadeira.

34 Refere-se à cura do filho de Bouillé, contada por Anden Magistrat em: Docu
menti XXV, p. 127; narração aprovada por Charlotte Bethford, contida em: MB XVI, 131-133. Trata-se da cura de um menino, cujo nome não é mencionado, em uma exposição de María Ortega a Don Rabagliati, Documentos XLIV, p. 460, de onde passou para MB XVI, 224-225. H.-I. MARROU, De la Connaissance Historique, Paris, Edies du Seuil 1954, p. 101.

As conseqüências dessa omissão podem ser sérias. Don Lemoyne (e depois dele, Don Ceria) teria de se comprometer a "compreender" profundamente as duas histórias de "bilocação" de Dom Bosco, o primeiro em 1878 e depois em 1883. Enquanto na época ele estava em Turim, as Memórias eles aparecem em carne e osso em 14 de outubro de 1878 em Saint-Rambert d'Albon, na França; de acordo com uma carta datada de 13 de abril de 1891, da Sra. Ada Clément; e na noite entre 5 e 6 de fevereiro de 1886 em Sarrià, perto de Barcelona, ​​seguindo o padre salesiano Giovanni Branda.37 O primeiro depoimento é um palpite sem fundamento sério. Quanto ao segundo, é apenas um sinal de uma "visão", não de uma "bilocação" propriamente dita.No exercício de sua missão, o juiz sabe que todo depoimento deve ser pesado. Infelizmente, o hagiógrafo da era pré-científica, ligado à tradição, teve o cuidado de não fazê-lo, especialmente se a reputação de seu santo se arriscasse a ser manchada de alguma forma. O hagiógrafo que se familiarizou com as ciências humanas e com o método "científico" é obrigado a avaliar criticamente os testemunhos e, mais genericamente, "entender" os documentos. Caso contrário, alguns ataques com a varinha mágica são facilmente expostos ao risco de fazer "maravilhosos castelos espirituais" aparecerem no ar. mais geralmente, para "entender" documentos.Caso contrário, alguns ataques com a varinha mágica são facilmente expostos ao risco de fazer "maravilhosos castelos espirituais" aparecerem no ar. mais geralmente, para "entender" documentos. Caso contrário, alguns ataques com a varinha mágica são facilmente expostos ao risco de fazer "maravilhosos castelos espirituais" aparecerem no ar.

G. BONETA Annali, caderno II, pp. 36s O AVC reaparece em: MB V, 161-162.

37 O fato de Saint-Rarnbert, segundo os documentos XLIII, p. 335-336, corroborada por uma carta da filha da senhora Clément, Lyon, 18 de abril de 1932, em: MB XVI, 680-684; o fato de Sarriá, de acordo com os Documentos XXXI, p. 86-89, em: MB XVIII, 35-39.

isso não é desculpa para esse modo imperfeito e repreensível de proceder dos autores das memórias dos autores e, acima de tudo, de Don Lemoyne. Não é verdade dizer que "eles eram homens do seu tempo". Mesmo falando apenas da hagiografia - e não da história em geral, que deu grandes passos nos tempos modernos -, Bollandisti trabalhou 250 anos antes de Don Lemoyne publicar seu primeiro volume de memórias biográficas. Eles estudaram documentos hagiográficos de acordo com métodos cada vez mais refinados pela crítica histórica. Nos séculos XVII e XVIII, os historiadores de Port-Royal contribuíram para transformar a hagiografia em história verdadeira. Le Nain Tillemont, para expor os santos em seus Memoires pour Servir à l'Histoire des premiers six Siècles ecclésiastique,38 o fizera como historiador. As memórias dos vários personagens daquele período - cujos títulos anunciavam, curiosamente, Don Lemoyne, que escolheu celebrar o Dom Bosco - eram de boa qualidade. O baixo nível científico geral é encontrado em biografias piedosas comumente usadas no século XVIII, e ainda mais no século XIX, cuja preocupação com a construção da sobreposição para dizer e explicar a verdade é inquestionável. Mas wow, girando a rigorosa hagiografia coincidiu com o final do século passado e, portanto, o nascimento de Ricordi, uma época em que Louis Duchesne (1843-1922) e Hippolyte Delehaye (1859-1941) atacaram violentamente o " Bulletin Critique "e em suas obras especializadas as" lendas hagiográficas ".A excelente iniciação bollandista Charles De Smedt, Princípios da crítica histórica, foi publicada em 1883. Outros, com estes, foram construídos nessa linha. Em 1895, os autores da coleção Les Saints, publicada em Paris sob a direção de Henry Joly, estavam convencidos de que seus panfletos deveriam ser estritamente históricos. Em muitos casos, foram obras verdadeiramente concluídas. O mesmo Delehaye publicou em seu Saint Jean Berchmans.39 No entanto, no nosso caso, esse atual "científico" que, entre outras coisas, era tudo, menos dominante em nosso tempo e no mesmo, como os atuais círculos franceses, Eu digo, não chegou ao clero italiano. E o antimodernismo do início do século XX chegou a duvidar de sua ortodoxia.Don Lemoyne foi treinado em Gênova por volta de 1860. Agora, tendo
viajado para o exterior, uma cultura de cultura eclesiástica no ambiente deste século é muito medíocre. Pesquisas mais recentes esclareceram as impressões gerais sem negar [...]. O nível dos estudos, nos quais as graves insuflencias tinham sido denunciadas por Rosmini nas antigas feridas da Santa Igreja,
apesar de algum progresso, muito baixas; os professores não são, como um todo, selecionados de acordo com a paro competenceze.Exceto para exceções ALGUMAS, estudos positivos são negligenciados ... '. Estudos positivos 4ª têm sido negligenciados, e os nossos salesianos históricos participou no espírito ambiente 'cultural pré-científica' de sua nação, à procura de alguns dados, não impõe o esforço para avaliar e combater suas "experiências". É, portanto, necessário superar um estágio e entrar na era "científica" de uma vez por todas.4 Assim, houve progresso na física e na biologia; mas também na história. De fato, o historiador é, à sua maneira, um homem de experimentação. Tem sua própria coleção de conceitos. Isso levanta questões. Crie hipóteses, compare-as, verifique-as e defina-as a partir da documentação.documentos, o local de suas "experiências", no qual e com o qual questiona o passado de uomini.42
". Veja Le Nain DE Tillemont, Memoires derramar serve ..., Paris, Robustel 1693-1712.

33 Ver H. Delehaye, Saint Jean Berchmans, Paris, 1921. Ver artigo de Lecoffre de P. Pourrat, Biografie Spirituelles em: Dictionnaire de spiritualité, vol. Eu, Paris 1937, col. 1715-1719, o parágrafo "L'évolution de la biographie spirituelle à l'époque moderne"; e R. AIGRAIN, L'hagiographie. Ses fontes, ses méthodes, são histoire, Paris, Bloud et Gay 1953, passim.

Don Lemoyne acreditava que ele havia estabelecido as bases de um trabalho totalmente "racional". "Não sofisticados, mas o coração, impulsionado pela razão fria, depois de longas dissertações, fósforos, contra o referido nestas páginas. As narrativas, os diálogos, tudo O que eu acreditava digna de memória, não iria ser fiel EXPOSIÇÃO literal Como o Infelizmente, ele trocou a perfeição "racional" e a acumulação "substancial", isto é, a acumulação de evidências documentais ou elementos expressivos - não analisados ​​e sistematicamente compreendidos - da história passada. Seu trabalho corria o risco de ser um enorme testemunho da história "pré-científica" ou da hagiografia.

8. Uso de documentação

Será correto dizer que o que importava para esses autores de primeira geração era coletar documentos e torná-los legíveis. Nossos três biógrafos conseguiram pelo menos aparentemente, já que compuseram 19 volumes que o público estava destinado a ler sem se cansar após a publicação. Eles foram traduzidos para três idiomas (inglês, holandês, espanhol). Seu volume é, pelo menos, um documentos índice despejado de abundância neste tipo de enciclopédia primitiva Salesiana histórico ... impôs aspectos pagar para Don Lemoyne, editor das cartas privadas e circulares, artigos de jornal ou coletor pequeno impresso em seus Documentos para escrever ... Prestou um serviço sem preço à história de Dom Bosco.Por sua vez, como é frequentemente o caso depois de Don Lemoyne, Don Amadei e Don Cenia publicaram um número considerável de peças originais nos volumes X-XIX. Os apegos que contêm documentos impressos de pequeno caráter nos volumes de Don Cenia, cada vez mais abundantes como a vida de Dom Bosco derrama de sua caneta, já são de grande ajuda para aqueles que consultaram. (Uma espécie muito rara, é verdade, entre aqueles que revelam e comentam sobre Dom Bosco, que preferem a história fluida). Os "documentos" reproduzidos com cuidado (pude verificar) nos Documentos de Don Lemoyne e nos anexos de Don Amadei e Don Cenia respondem às expectativas dos historiadores de Dom Bosco.Assim, para a história da longa viagem de Dom Bosco à França, na primavera de 1883, há informações em primeira mão e, portanto,

4º P. SCOPPOLA, Itália. Période contemporaine, in: Dictionnaire de spiritualité, vol. VII, 2a parte, Paris 1971, coll. 2296-2297.

4 Essa observação, como muitas outras reproduzidas aqui, é retirada de G. BACHELARD, La formazione de l'esprit scientifique, citada na nota 24.

42 Veja o excelente livro, já citado, de MARROU, De la Connaissance historique, p. 146-168, o parágrafo sobre "o uso do conceito".

43 MB I, p. IX.

Mas o resto permanece, do que o melhor está inextricavelmente misturado com o menos bom ou o reportável, com a aplicação de procedimentos editoriais que talvez comecem a vislumbrar. Nossos autores aderiram a uma concepção da história histórica produzida, que também chamei de pré-científica. Segundo essa concepção, os documentos nada mais eram do que o traçado de uma história vivida e sua forma específica era indiferente. Foi o suficiente para organizá-los e apresentá-los de forma consistente. Apenas a originalidade (a singularidade) do detalhe dizia respeito ao hagiógrafo. Sem dúvida, eu teria escrito - assim pensei - a melhor história com o máximo de peças alinhadas, organizadas e inseridas em uma história que, graças a elas, seria extremamente rica.Encontramos o "substancialismo" mesquinho do espírito pré-científico.

O abandono da forma peculiar, freqüente ao gênero e sempre em direção ao "significado" do documento, reaparece na mesma composição do texto das Memórias que, como se recordará, começou com os Documentos. Para esclarecer o leitor, vale a pena notar que este trabalho de "compilação" começou, em termos de peças como os "sonhos" de Dom Bosco, antes mesmo dos Documentos ... pelo interesse de Don Lemoyne (e também , Penso eu, de Don Berto). O importante, ao compor a história, era refletir a "realidade" que emergia do conjunto de detalhes dos fatos, como se acreditava, mas erroneamente.(A alta precisão, especialmente dos números, é, segundo Gaston Bachelard, outras características da mentalidade pré-científica). O homem com um espírito científico tem a modéstia do provável e do aproximado, especialmente no campo histórico ...). Portanto, a testemunha devidamente atribuída a uma pessoa designada pelo nome pode ser enriquecida com informações paralelas; um discurso pronunciado como uma noite pode ser corrigido e interpolado com a ajuda não apenas de lembranças complementares de discursos, mas também características relacionadas a fatos (às vezes oníricos) apresentados àqueles, e tomam as formas de proporções extraordinárias, Eles teriam atordoado o pessoas não avisadas.Ou, se o tipo de testemunho tiver uma importância relativamente pequena, uma narrativa será construída em primeira pessoa e, se necessário, estará na boca ou na cor de Dom Bosco, ou dramatizará um capítulo ou um parágrafo. Como os detalhes estão corretos e são todos, a escolha de um subgênero literário (citação do texto, testemunho pessoal, "palavras" da testemunha citada, discurso na forma ...) conta muito pouco. É só uma questão de estética, pensa o nosso biógrafo.

Para seduzir seu leitor, ele terá prazer em falar pessoalmente com seu herói. Por esta razão, normalmente será suficiente reproduzir os textos ou discursos de Dom Bosco tomados pelos seus discípulos. Don Lemoyne não estava satisfeito com "compromissos" que, em resumo, chamaríamos de "autênticos" (e que nem sempre eram). Aos seus escritos e às suas histórias homogêneas acrescentou, sem aviso, intervenções diretas ou indiretas de Dom Bosco e que pertenciam a outros momentos de sua vida, assim como a outras pessoas. Assim, ele conseguiu, sem querer, fazer com que Dom Bosco assumisse uma linguagem absolutamente estranha nos lábios e na caneta, de um homem simples e direto.Nas memórias biográficas, a primeira missa de Dom Bosco, domingo, 6 de junho de 1841, na igreja de São Francisco de Assis, em Turim, é contada de maneira inequívoca: "Em seu conhecido manuscrito, D. Bosco escreve novamente o seguinte ... ".44 Don Lemoyne referia-se, sem dúvida, ao Oratório Memorie, que dizia:" ... e tenho minha prima celebrada a missa. Na Igreja de São Francisco de Assis, a pomba era o confessor chefe D. Cafasso. Eu estava ansiosamente aguardado em minha terra natal, uma pomba por muitos anos não mais celebrava uma nova missa; Eu preferia celebrar em Torillo, Sem Ruído e Queso Posia, o que chamamos de lindo dia da minha vida.Nessa missa conhecida, obtive a tarifa Divota Mention de todos os meus professores, benfeitores espirituais e temporais, e em particular do falecido D. Calosso, que sempre reestabeleci uma grande área e distinto benfeitor. ".45 Esta pequena história de um dia entre os idosos na história de um santo parece insignificante e, em todo caso, insuficiente para Don Lemoyne, que tinha mais coisas a dizer de propósito. A nove linhas das Memórias do Oratório correspondem citações, mais de 20 linhas no Proceedings biográfkas.46 Depois de seguir oito linhas do manuscrito para possuir, com poucas variantes, além (adições nome de Don Cafasso ...), nossas memórias se afastam repentinamente, para retornar depois de seis outras linhas e, finalmente , para voltar novamente e finalmente ao fim do assunto.Don Lemoyne reconstruí-lo desta forma:." ... o meu primo, celebrei a Missa de São Francisco de Assis Igreja, onde era cabeça de José Cafasso Conferência D., meu benfeitor ilustre e Diretor eu estava ansiosamente aguardado em minha terra natal, onde durante vários anos não se celebrou uma nova missa, prefiro celebrar em Torillo sem barulho, no altar do Sagrado Anjo Guardião, colocado nesta igreja do lado do Evangelho. Neste dia a Igreja universal celebra a festa da Santíssima Trindade, a arquidiocese de Turim que do milagre do Santíssimo Sacramento, Igreja de São Francisco de Assis Festa da Madonna delle Grazie, Quivi Onorata dá tempos muito antigos, e que eu posso chamá-lo o dia mais lindo da minha vida.No fato dado que do memorando adquirido Missa tenho de toda a taxa dedicada aos meus professores, Benfeitores espirituais e temporais, e especialmente do falecido D. Calosso, de quem sempre me lembrei de comer grandes e ilustres benfeitores. É a crença piedosa que o Senhor infalivelmente concede a flauta Graça, o Que o Novo Pergunta Sacerdote que mantém a Massa crua; Eu pedi ardentemente a eficácia da palavra, para fazer del del tem almas. Meu pai, meu senhor, ouviu minha humilde oração ».

44 MB I, 519. MO 115. 46 MB I, 519.

O fragmento de autógrafo é expandido em dois documentos principais da primeira vez e depois em Memórias Biográficas de 1898. Ele é extraído dos Documentos II, ou seja, em 1885. O texto das Memórias Oratórias "... e eu celebrei minha massa premium" é tocado lá até a sentença referente a Don Calosso, ou seja, toda a história daquele dia. A pericope sobre a graça da eficácia da palavra - que não deixa de ter interesse pelo conhecimento da psicologia de Dom Bosco - entra em cena. Diz o seguinte: "... e celebrei o prémio Minha Igreja de São Francisco de Assis onde D. Cafasso foi Chefe de Conferência. Foi com entusiasmo [...] o falecido D. Calosso que sempre Lembrei-me de comer grande famoso benfeitor.É uma crença piedosa que o cavalheiro infalivelmente concede a graça que o novo sacerdote lhe pede para celebrar a primeira missa. Eu pedi ardentemente pela eficácia da palavra. Meu pai, o senhor, ouviu minha humilde oração. Lunedl ... "47 Este acréscimo, provavelmente derivado de um testemunho escrito, que pode um dia aparecer, começou a distorcer a história original de Dom Bosco. A alteração se deteriorou após sua morte. Don Lemoyne inserido nas linhas de frente limpo dos Documentos algumas fórmulas tiradas da memória manuscrita que chamamos de Testamento espiritual de Dom Bosco, o ponto de virada: "Minha primeira encenação", bem como, para designar Don Cafasso, as palavras: "José" e "meu ilustre benfeitor e diretor ".48 Ele também tomou o depoimento feito no julgamento da cláusula circunstancial de Dom Ascanio Sávio: "tornando Poter para o bem das almas" cláusula como um comentário, porque a oração pela eficácia de palabra.49 Finalmente, nas várias partes de 6 de junho de 1841, ele colocou no texto de Dom Bosco há um liturgista que entregou Dom Luigi Dadesso em 11 de dezembro de 1891, em nome do reitor da igreja de São Francisco de Assis, Turim: "Eu sulquei a pesquisa que o SV queria em Registros deste Descobri que eu tenho a Igreja e John Bosco MRD SUA vai realizar a massa crua em 16 de junho de 1841 eo altar de San Angelo Custode colocado neste lado da igreja do evangelho. " Ele seguiu Lorenzo Romano, aparentemente como sua própria coisa:«E neste dia a Igreja universal celebra a festa dos Santos.Sacramento, a Igreja de São Francisco de Assis a festa de Nossa Senhora das Graças homenageada na Igreja do delta desde tempos muito antigos ... '5 Esta é a origem das seguintes linhas eruditas de nossas memórias. "... todo altar do Santo Anjo Guardião, colocado nesta igreja do lado do Evangelho Neste dia a Igreja universal celebra a festa da Santíssima Trindade, a arquidiocese de Turim quena do Milagre do Santíssimo Sacramento, a Igreja de São Francisco de Assis a festa da Madonna delle Grazie, aqui homenageada pelos tempos antigos. " Sua presença surpreende em uma carta de Dom Bosco. O método de trabalho de Don Lemoyne explica isso. Indiferente à natureza (ou "forma") das cartas de mediação documental, depoimentos,evidências indiretas, escritas, "palavras" das quais, discursos escritos, discursos ouvidos ou "referências", etc., sem qualquer rigor, escolheram as formas particulares de exposição. Os detalhes da substância - a única coisa importante aos seus olhos - poderiam ser incluídos em um comentário, em um discurso ou entre aspas. A citação presuntiva 'noticia manuscrita' Dom Bosco para sua primeira missa em São Francisco de Assis é um amálgama de fragmentos heteróclitas (embora de boa qualidade), instruindo o fato, mas enganando sobre o herói, sobre seu estilo, suas memórias e suas sensações exatas ... não devemos imaginar um manuscrito perdido ou desconhecido de Dom Bosco no período, como quase todos os leitores de memórias biográficas fazem quase instintivamente.Este texto impudentemente atribuído à mão de Dom Bosco foi na verdade uma composição de Don Lemoyne 5 vezes eles são fiéis e eles nunca estão seguros. Como o fato em questão aparecia em várias contas paralelas, o documento "cotado" havia sido retocado e interpolado.

47 Documentos II, p. 6.

48 Cf. A edição de Mono, Memorie da11841, p. 20; e MB I, 519.

Ele aplicou esse procedimento a dezenas ou, talvez, centenas de vezes no conjunto de suas Memórias Biográficas. As nomeações, mesmo as de Dom Bosco, apenas raras
"O acréscimo é certamente devido a Ascanio Sávio, ad 13um, que também é responsável pela outra parte do texto, não mencionado, o MB I, 519. Sim ele lê: "Eu só posso atestar, que Ele come, Ele disse, por ocasião de sua ordenação. Entre as graças que ele pediu da Palavra para o dom de fazer o bem para as almas. um julgamento meu Ele obteve abundantemente a graça "... (Ascanio Savio, julgamento ordinário da Cúria de Turim, ad 13um, 4552).

5ª Carta de Lorenzo Romano a GB Lemoyne, Turim, 11 de dezembro de 1891, transcrita em: Documento: * XLIII, p. 9.

51 O último biógrafo que foi retirado desta citação apócrifa é prudente CASELLE S. Giovanni Bosco, Chieri, 1831-1841 ... Turin, Acclaim 1988, pag. 208 É
necessário enfatizar esse aspecto da obra de Don Lemoyne e Carambola, os outros dois autores de memórias, que poderiam estar no documento já desenvolvido. Seus compromissos são mais ou menos inúteis como tal. O comentarista terá que parar com aqueles que poderiam oferecer uma idéia particular (e falsa) dos personagens encenados. A história da Sagra di S. Michele contada por Dom Bosco aos seus meninos excursiones com extrema precisão, como inesperadoPor mais que seja equipado com um bom contador de histórias, este é outro caso demonstrativo difícil, porque é muito fácil identificar o texto original.

Lemos no volume IV das Memórias, na história de um passeio em 1850, estas linhas repousam nos lábios de Bosco que ele fala aos seus meninos:
"Ele disse, portanto: Eles: Este Santuário de S. Michele delle Chiuse comumente dizia A Festa de São Miguel , por consagrada em honra de quest'Arcangelo, é uma das abadias beneditinas mais famoso em Piedmont. de simples que Romitaggio Ano foi o versículo 990, Made of St. Michael ad INSPIRAÇÃO dá Claro Giovanni da Ravenna homem, vida de aposentado do Santo, que foi derramado, foi Mutated alguns anos depois disse Ugone de Montboisier o Scucito, Gentleman da Auvergne, no majestoso estilo gótico Igreja com um grande convento monástico para a habitação ... '.A história continua por mais de uma página: as obras de Hugo de Montboisier confiadas a "Atverto ou Av-yerto" Lusathe Abate na França. Quando o trabalho foi concluído, ele levou monges beneditinos para o novo mosteiro; eles escolheram Atverto como abade. A abadia logo se tornou 300 monges. Em 1383, disciplina primitiva desanimada, tornou-se um commendatory da abadia sob a soberania dos condes de Savoy até a invasão francesa dos primeiros anos do século, O narrador conclui sua exposição erudita com a história do vale de Susa ea vitória de Carlos Magno no curso do rei dos lombardos ... 52 E aqui as aspas estão fechadas. Vários leitores e comentaristas, até mesmo veteranos, ficaram extasiados com a erudição de Dom Bosco!Eles caíram na armadilha do nosso biógrafo, que achou que poderia aplicar seus procedimentos dramáticos aqui. Abadia tornou-se comendatória sob o protetorado dos condes de Savoy até a invasão francesa dos primeiros anos do século O narrador conclui sua exposição erudita com a história do vale de Susa e a vitória de Carlos Magno sobre o rei dos lombardos ... 52 E aqui as aspas estão fechadas. Vários leitores e comentaristas, até mesmo veteranos, ficaram extasiados com a erudição de Dom Bosco! Eles caíram na armadilha do nosso biógrafo, que achou que poderia aplicar seus procedimentos dramáticos aqui.Abadia tornou-se comendatória sob o protetorado dos condes de Savoy até a invasão francesa dos primeiros anos do século O narrador conclui sua exposição erudita com a história do vale de Susa e a vitória de Carlos Magno sobre o rei dos lombardos ... 52 E aqui as aspas estão fechadas. Vários leitores e comentaristas, até mesmo veteranos, ficaram extasiados com a erudição de Dom Bosco! Eles caíram na armadilha do nosso biógrafo, que achou que poderia aplicar seus procedimentos dramáticos aqui.

Em 1880, o "Boletim Salesiano" foi dito em uma brochura da História do Oratório, que, como sabemos, é uma das boas fontes de memória. O texto examinado acima aparece no capítulo XXVIII daquela cegonha, publicado na edição de abril de 1881 do "Boletim". O artigo diz: aliados Visitem o Festival de S. Michele e anotem na página 15, uma longa revisão histórica, provavelmente copiada pelo autor, Giovanni Bonetti, uma enciclopédia. Bastará reler as primeiras linhas para compreender o mecanismo que deu origem à história atribuída a Dom Bosco nas Memórias Biográficas."De São Miguel, o santuário de Chiusa, comumente chamado de festival de São Miguel, porque uma das mais famosas abadias beneditinas do Piemonte foi consagrada para honrar este arcanjo. Do simples ao eremitério em direção ao ano de 990, fabricado em INSPIRAÇÃO de São Miguel dá Certamente Giovanni da Ravena, Vita Che de Santa S'Era retirou a cauda ... "etc. Há também o episódio do estratagema de Carlos Magno em Val di Susa para vencer os lombardos "Quanto a Bosco, uma coisa é certa .. Durante a turnê, ele conversou calorosamente com seus meninos don Lemoyne levou episódio apresentando aos seus leitores a Sacra di S. Michele, monumento que interessou, de longe, a história salesiana.Só uma coisa é certa: durante a excursão, ele conversou com seus garotos com prazer. Don Lemoyne aproveitou o episódio para apresentar a seus leitores a Sacra di S. Michele, monumento que interessava - muito longe, de fato - à história salesiana. Só uma coisa é certa: durante a excursão, ele conversou com seus garotos com prazer. Don Lemoyne aproveitou o episódio para apresentar a seus leitores a Sacra di S. Michele, monumento que interessava - muito longe, de fato - à história salesiana.

32 MB IV, 118-119.

Sabe-se que ele não tinha escrúpulos em chamar Dom Bosco de "testamento" a seus colaboradores em uma composição encontrada - disse ele - entre os papéis do santo imediatamente após sua morte, ele informou por escrito: "Bulldog para abrir minha morte. " Ele colocou uma cópia impressa em seus documentos acompanhados da apresentação: "Aqui está o precioso documento". Don Ceria, muito fiel a seus princípios, infelizmente seguiu seu irmão nas Memórias Biográficas: 55 livres, porém, um dia reconhece a verdadeira história desta suposta carta manuscrita, que foi, no entanto, um ensaio de Giovanni Bonetti.
Don Lemoyne recolheu os fragmentos, justapostos, interpolados uns aos outros em nome do que ele pensava estar respondendo à verdade e tudo isso levou, em alguns casos - raros, mas infinitamente exigentes - a uma falsa caracterização. O mosaico foi então liberado em uma forma completamente nova devido ao tratamento ao qual o compilador havia submetido os documentos primitivos, dos quais, se apropriado, reproduzidas as referências. O pericope na primeira missa na igreja de San Francesco d'Assisi é um caso. Uma fusão dos mais enganosos é totalmente indicada pelo público imaginário concedido por Pio IX a Dom Bosco em 12 de fevereiro de 1870. Cada uma de suas partes é quase "substancialmente" genuína, mas a reconstrução do todo é completamente livre. É uma audiência fantasmagórica.O "raciocínio leal", Pe. Lemoyne, pôde, portanto, levar a cabo as mesmas palavras que Dom Bosco e refletir o espírito do fundador dos salesianos. Portanto, era uma tarefa trabalhosa organizar as memórias, selecionar seleções, pequenas adições, a partir de um universo simbólico no qual nosso narrador, como todo narrador, estava enraizado.

53 História do Oratório de São Francisco de Sales, em BS (1881) 1, 15.

54 Documento: * XL, p. 324-332.

"MB XVIII, 621-623, com a introdução:" Dom Bosco disse ... "56 Cfr E IV, 393 nota.

"Ver F. DESRAMAUT, Le récit de Paudience pontificou-o em 12 de fevereiro de 1870 nas Memórias Biográficas de Dom Bosco, em RSS 6 (1987) 81-104.

9. A explicação "carismática" de Dom Bosco por Don Lemoyne

De acordo com sua intenção geral, Don Lemoyne pensava apenas em descrever, com a ajuda de uma nuvem de testemunhas, a vida extraordinária de um homem que fora Dom Bosco. Mas, encorajado pela admiração e, ao mesmo tempo, por um movimento natural de conhecimento, ele também tentou entender a vida em sua delicadeza e nuances infinitas, e penetrar a verdade e seus mecanismos na profundidade de uma alma colocada no corpo. mãos de Deus. Sua descrição tornou-se uma explicação. De palavras e ações subiu para suas causas. Assim, como toda história verdadeira, a de Dom Bosco tornou-se "inteligível".Por isso, fez uso de ferramentas conceituais, sobre as quais será necessário refletir cuidadosamente sobre um rigoroso estudo de nossos hagiógrafos salesianos. Pelo contrário, o decano dos três colocou a imagem ideal de Dom Bosco: o que Don Lemoyne tinha dentro de si. Armado com essa concepção, da qual ele não era necessariamente consciente e que ele certamente não tentou criticar - desta forma, parecia imposto a ele - ele começou a explicar a vida de seu herói. Eu acho que um longo capítulo pode ser escrito sobre este Idealtypus por Don Lemoyne. Os historiadores da mentalidade salesiana poderiam estar interessados ​​em refletir sobre ela, porque, através das Memórias, ela impregnou essa mentalidade num ponto difícil de calibrar, mas sem dúvida muito relevante.

Eu me refiro apenas a uma característica importante que poderíamos chamar de globalização. Para Don Lemoyne, Dom Bosco era um homem carismático no sentido weberiano do termo. Desde seu primeiro encontro com ele (a experiência de Lerma), ele lhe dera esse poder. Essa visão influenciou posteriormente a interpretação que ele deu à vida do santo. Como Xavier Thévenot escreveu recentemente sobre o nosso Dom Bosco, "o poder carismático é visto como extraordinário e quando um crente é percebido como sobrenatural, que é dado por Deus. Quem o possui diz que se sente investido de uma missão que, em de alguma forma, força-o internamente e fortalece-o em sua legitimidade.[...] Da un punto di vista psicoanalitico si dirà che il leader carismatico si stabilisce o vive come un presunto soggetto dotato di conoscenza e potere. Superidealizzato dai suoi discepoli, viene presentato dotato di perfezione e capace di successo dove gli altri falliscono. Si conclude attribuendo una certa reputazione per l'infallibilità e di onnipotenza, così come, molto spesso, una capacità unica di controllo sui loro desideri aggressivi e sessuali: riconoscere, infatti, che il leader è guidato da desideri di questo genere sarebbe infliggere mentite particolarmente al desiderio di onnipotenza infantile su cui sorge il processo di idealizzazione ". 58
58 X. Thevenot, Don Bosco éducateur et le système préventif (Colloque Universitaire de Lyon) 1988. traduzione italiana del discorso in "Orientamenti pedagogici» 25 (1988) 701-730.

Cuando leía sua vida, Dom Bosco sentença, pecado, a sensação de que Dios e María o hábil conduzido, iluminado e sossegado em sus laboriosos intentos, corados pelo final pelo éxito. Sim, a «superdeterminación» es, para o psicólogo, o «carácter de conducta determinada por varias motivaciones concurrentes», entrances pensaba que también é había sido «super-determinada» por el cielo. Afirmó, por ejemplo, haber en suesñes à la Virgen María, que os indicava, em comienzo de su-vidre sacerdotal, um terreno de Valdocco (sobre o que, de hecho, se levantou o santuário que conocemos) e o dijo: «Hic domus mea ... ». Mas se você olhar para isso, você será capaz de fazer isso. Nunca pretendi haber recibido desde o comienzo a especie de programación divina, com uma "vocación" de tal clara que le habría bastado com o entender e seguindo-o a um largo de su existencia. Tal lectura "superdeterminada" (característica, também conhecida, segundo Gaston Bachelard, de uma espíritu precientífica), que é a mais completa das "causas segundas"; não há dejar de frenar y aun reducir a la nada as explicaciones «naturales» y, para tanto, a inteligencia propiamente histórica da vida do santo. É precisamente o que se faz com Don Lemoyne en sus Memorias. No tenía nada do historiador escéptico, que rechaza a priori descubrir um sentido en su historia. No entanto, ele sentiu isso prematuramente como uma função de uma experiencia primitiva nunca seriamente verificada. O buen hombre caía como no defect opuesto, también grave, que se llama fantasía.

Efectamente, a transposição de fórmulas gerais é uma fórmula personalizada atribuída a Dom Bosco é especialmente importante, com a participação de comentários interpretativos do biógrafo, que adquieren de ese modo uma autoridad inmerecida. El reculo artículo de las "Pesquisas históricas salesianas" sobre Don Lemoyne como historiador de Dom Bosco reproduz pasajes de su prefácio de um hovered publicado por en 1889 por iniciativa do papel de Maria na vida de don Bosco. Ele aqu un un varios: «Em um lema dizemos tudo.

Sempre que Dom Bosco estava indo a um negócio, ele falava como se visse claramente todo o progresso mais ou menos feliz de alguns deles, [...] como um capitão de um navio [...] conhece seu caminho mesmo antes para sair do porto. Oh, quão boa é a Madonna! ”59 Cuatro años, don Lemoyne Haber já se manifestou mais más mismo en los Documentarn com o apoio do ar 1847 cuando, según su texto, había ido don Bosco de Turín in Stresa al lado de Antonio Rosmini, do que deseaba ser discípulo. Descubrimos en medio de un periodo: «De sua parte, ele estava disposto a ser muito obediente a quem o havia ordenado, nem teria preferido poder realizar seu plano sob a conduta de outros, isto é, guiado pela obediência de um superior. Mas a Virgem Maria lhe indicara em visão o campo em que ela tinha que trabalhar. Tinha um plano denso e premeditado, do qual não podia e absolutamente não queria fugir. Foi absolutamente responsável pelo sucesso. Ele viu claramente as linhas que ele tinha que esticar, os meios que ele tinha que usar para ter sucesso no empreendimento, para que ele não pudesse esvaziar sua placa com a exposição a outros. Neste auno só queria ver se poderia fazê-lo em alguma instituição existente, mas se apressou em ver que não ... "60 Nas Memórias biográficas a força persuasiva desta reflexão está acentuada a atribuir ao mismo de Dom Bosco. Esta atribuição pode, em menor parte, sustentar um fundamento. Por menos que, um paso das llamadas Cronichette de Barberis, citado em los primeros días de enero de 1876, contenía, en efecto, en primera persona os casos totalidad de las expresiones, y ponía en los labios de Dom Bosco. No entanto, o santo mismo no hacía intervirá em María. El plano le pertenecía a él. Só depois de explicaciones de Dom Bosco, com o redator da crônica había escrita: «Parece-me ser uma palavra limpa e aguda que significava isto: - a Virgem Maria tinha-me mostrado na visão onde tinha que trabalhar. Mi mostrou os meios para trabalhar para você ... "etc. Don Lemoyne en sus Memórias siguió ou imitó a este cronista. Tomo su texto de los Documenti y comenzó: "Mas a Virgem Maria, Dom Bosco nos disse depois, indicou-me numa visão o campo em que tive de trabalhar. Ele possuía, portanto, o projeto de um plano ... »etc.61 O« plano »muy humano do fundador se convertia em uma especie de revelación. en primera persona os casos totalidad de las expresiones, y ponía en los labios de Dom Bosco. No entanto, o santo mismo no hacía intervirá em María. El plano le pertenecía a él. Só depois de explicaciones de Dom Bosco, com o redator da crônica había escrita: «Parece-me ser uma palavra limpa e aguda que significava isto: - a Virgem Maria tinha-me mostrado na visão onde tinha que trabalhar. Mi mostrou os meios para trabalhar para você ... "etc. Don Lemoyne en sus Memórias siguió ou imitó a este cronista. Tomo su texto de los Documenti y comenzó: "Mas a Virgem Maria, Dom Bosco nos disse depois, indicou-me numa visão o campo em que tive de trabalhar. Ele possuía, portanto, o projeto de um plano ... »etc.61 O« plano »muy humano do fundador se convertia em uma especie de revelación. en primera persona os casos totalidad de las expresiones, y ponía en los labios de Dom Bosco. No entanto, o santo mismo no hacía intervirá em María. El plano le pertenecía a él. Só depois de explicaciones de Dom Bosco, com o redator da crônica había escrita: «Parece-me ser uma palavra limpa e aguda que significava isto: - a Virgem Maria tinha-me mostrado na visão onde tinha que trabalhar. Mi mostrou os meios para trabalhar para você ... "etc. Don Lemoyne en sus Memórias siguió ou imitó a este cronista. Tomo su texto de los Documenti y comenzó: "Mas a Virgem Maria, Dom Bosco nos disse depois, indicou-me numa visão o campo em que tive de trabalhar. Ele possuía, portanto, o projeto de um plano ... »etc.61 O« plano »muy humano do fundador se convertia em uma especie de revelación. y ponía en los labios de Dom Bosco. No entanto, o santo mismo no hacía intervirá em María. El plano le pertenecía a él. Só depois de explicaciones de Dom Bosco, com o redator da crônica había escrita: «Parece-me ser uma palavra limpa e aguda que significava isto: - a Virgem Maria tinha-me mostrado na visão onde tinha que trabalhar. Mi mostrou os meios para trabalhar para você ... "etc. Don Lemoyne en sus Memórias siguió ou imitó a este cronista. Tomo su texto de los Documenti y comenzó: "Mas a Virgem Maria, Dom Bosco nos disse depois, indicou-me numa visão o campo em que tive de trabalhar. Ele possuía, portanto, o projeto de um plano ... »etc.61 O« plano »muy humano do fundador se convertia em uma especie de revelación. y ponía en los labios de Dom Bosco. No entanto, o santo mismo no hacía intervirá em María. El plano le pertenecía a él. Só depois de explicaciones de Dom Bosco, com o redator da crônica había escrita: «Parece-me ser uma palavra limpa e aguda que significava isto: - a Virgem Maria tinha-me mostrado na visão onde tinha que trabalhar. Mi mostrou os meios para trabalhar para você ... "etc. Don Lemoyne en sus Memórias siguió ou imitó a este cronista. Tomo su texto de los Documenti y comenzó: "Mas a Virgem Maria, Dom Bosco nos disse depois, indicou-me numa visão o campo em que tive de trabalhar. Ele possuía, portanto, o projeto de um plano ... »etc.61 O« plano »muy humano do fundador se convertia em uma especie de revelación. El plano le pertenecía a él. Só depois de explicaciones de Dom Bosco, com o redator da crônica había escrita: «Parece-me ser uma palavra limpa e aguda que significava isto: - a Virgem Maria tinha-me mostrado na visão onde tinha que trabalhar. Mi mostrou os meios para trabalhar para você ... "etc. Don Lemoyne en sus Memórias siguió ou imitó a este cronista. Tomo su texto de los Documenti y comenzó: "Mas a Virgem Maria, Dom Bosco nos disse depois, indicou-me numa visão o campo em que tive de trabalhar. Ele possuía, portanto, o projeto de um plano ... »etc.61 O« plano »muy humano do fundador se convertia em uma especie de revelación. El plano le pertenecía a él. Só depois de explicaciones de Dom Bosco, com o redator da crônica había escrita: «Parece-me ser uma palavra limpa e aguda que significava isto: - a Virgem Maria tinha-me mostrado na visão onde tinha que trabalhar. Mi mostrou os meios para trabalhar para você ... "etc. Don Lemoyne en sus Memórias siguió ou imitó a este cronista. Tomo su texto de los Documenti y comenzó: "Mas a Virgem Maria, Dom Bosco nos disse depois, indicou-me numa visão o campo em que tive de trabalhar. Ele possuía, portanto, o projeto de um plano ... »etc.61 O« plano »muy humano do fundador se convertia em uma especie de revelación. - A Virgem Maria me mostrou no campo onde eu tinha que trabalhar. Mi mostrou os meios para trabalhar para você ... "etc. Don Lemoyne en sus Memórias siguió ou imitó a este cronista. Tomo su texto de los Documenti y comenzó: "Mas a Virgem Maria, Dom Bosco nos disse depois, indicou-me numa visão o campo em que tive de trabalhar. Ele possuía, portanto, o projeto de um plano ... »etc.61 O« plano »muy humano do fundador se convertia em uma especie de revelación. - A Virgem Maria me mostrou no campo onde eu tinha que trabalhar. Mi mostrou os meios para trabalhar para você ... "etc. Don Lemoyne en sus Memórias siguió ou imitó a este cronista. Tomo su texto de los Documenti y comenzó: "Mas a Virgem Maria, Dom Bosco nos disse depois, indicou-me numa visão o campo em que tive de trabalhar. Ele possuía, portanto, o projeto de um plano ... »etc.61 O« plano »muy humano do fundador se convertia em uma especie de revelación.

39 GB LEMOYNE, A Madonna de Dom Bosco ou Relação de senhoras agradecimentos dados por Maria Auxiliadora aos seus devotos, Turim, Ponta. Salesiano 1889, p. 17s.; BRAMO - ARENAL LLATA, Dom Giovanni Battista Lemoyne, p. 113.

Haría falta encontrar, nas amplitudes da memória das Memórias, as frações com as quais Don Lemoyne atribuye este modo, o menor em matiz, em Dios ya María os planos que o seu filho Giovanni Bosco realizou na sua vida. Dom Bosco sedutivamente mucho a sus biógrafos. Na véspera da ordenación sacerdotal en 1841 se lee: "Neste ponto, não podemos deixar de fixar o olhar sobre a progressiva e racional sucessão de sonhos surpreendentes. Aos 9 anos, Giovanni Bosco veio a conhecer a grande missão que lhe será confiada; aos 16 ele ouve a promessa de meios materiais, indispensáveis ​​para abrigar e alimentar inumeráveis ​​jovens; às 19 horas, uma ordem imperiosa faz com que ele entenda que não está livre para recusar a missão que lhe foi confiada; para o dia 21 revelou a classe dos jovens, das quais você terá especialmente que tratar o bem espiritual; Aos 22, ele é apontado para ele uma grande cidade, Turim, na qual ele terá que dar princípio aos seus trabalhos apostólicos e às suas fundações. E aqui, como veremos, essas indicações misteriosas não vão parar, mas continuarão em intervalos até que a obra de Deus seja realizada.Se estas meras combinações de fantasia devem ser ditas? ».62 Pues, sim, querido Don Lemoyne: são precisamente« combinações de fantasias ». Mas eles são tuyas y no de Dom Bosco. Com efeito, tal vez que se tem cuado escribías esta conclusión sobre el 'a sucessão progressiva e racional do varu surpreende sonhos »de juventud; mas, sim, os relatos de sonhos, datados de 16, 19 e 21 años de don Bosco foram, em las anteriores de tu volumen,
60 Documentos III, p. 151.

61 MB III, 247. El trozo de la Cronichetta (ASC Barberis, moderna 3ª paginación), todavía
inédita, foi reproduzida nas microfichas de FdB 796 E 8-10.

62 MB I, 426.

Com estas interpretações «superdeterminadas» mais ou menos gratuitas, a paleta biográfica adquiriu tonos maravillosos. No entanto, a «comprensión» da história de Dom Bosco perdió en las mismas proporciones. Y a continuidade continuada entre significante e significado se rompió. En efecto, o homem que é siente predestinado e que conoce su camino, ve y avança com paso seguro. On búsqueda, sus dudas, sus empresas, sus errors, sus descubrimients y sus retrocesos provisionales, hasta on triunfo, reflejan una especie de teatro de sombras. El papel, el verdadero papel, se ele declama en otro sitio. Es posible una existencia as sobre la tierra? Nesse caso, Dom Bosco não pôde exprimir imprudentemente a atribuyó com a firmeza que don Lemoyne. A Gracia de Dios e a Intercessão de María são indudibles para el creyente, como no caso de don Bosco. No entanto, o tipo de superdeterminación que don Lemoyne cree leer en ello d 'aa uma resposta reflexiva sobre a vida de don Bosco. Um prejuicio inicial la desvía. ¿En qué se convierte, en este caso, o homem que busca e se adapta constantemente, como fue el verdadero don Bosco?
El Idealtypus de santo, usado pelo Padre Lemoyne para "entender" a vida de don Bosco, implica em outros aspectos, sobre todo o virtudes: o humildad, a dulzura, a bondad ..., inducidos, por otra parte, por el carisma de líder. Su influjam menos no espírito no espíritu do biógrafo resonó hasta na reprodução das palabras e das frases escritas de su heroe. Su agresividad se é sistematicamente debilitado. Por ejemplo, don Lemoyne não admitía que don Bosco se hubiese enfadado [n. do italiano: zangado] (a fúria da palabra se sustituye sistáticamente com desdém) ou hubiese atacou apressadamente um alumno, ni siquiera soñando ... Esta é uma das sepulturas que se encontram por colasal.

10. O método da Celia

O processo de construção e construção de Don Amadei, para o X das Memórias, está muito próximo dos seus primeiros passos. O clima dos casos relacionados é o mismo. Después, a partir do volume XI, muda o tom. A série dos novos volunmenes de don Cenia es homogénea. Estos libros estão livres e acabados interesantes. Mas esas cualidades não satisfazem as exigências que tenemos hoy. Nos gustaría saber sim, com Dom Cenia, a historiografía de Dom Bosco pasa algo do mudo de um estadio "precientífico", em el se quedó don Lemoyne, a uma era mais de acuerdo com nuestras doctas (y originais) preocupaciones ...

63 Trate amplamente estendido tema en: Les Memórias I de Giovanni Battista Lemoyne, p. 250-256.

Como se tivesse declarado variações sobre a história das rainhas desde 1875 a 1888 da vida de Dom Bosco em um tempo recorde, um aumento de um volume para um peso da enorme coleção de documentário que tinha que dominar, don Cenia siguió paso a paso los Documentos ordenados por ano em unos trezentos registros (o cadastro XV se refere a 1875) y referidos ao período que debir descrevir. Hizo algunas investigaciones complementarias, pero en totalmente algumas numerosas. Modificando os Documentos, eles foram, como sabemos, uma história ou menos constrangido sobre Dom Bosco, não critico niñosó nunca, para condená-lo à maneira de construíres especiales de su predecessor. Nenhum tratou de identificar as energias que aqueciam a disposição. Um ejemplo entre cien. Para o volumoso XVIII copió sin referencias, "Alguns duvidam que ele era um agente explorador da polícia francesa, enviado para explorar as idéias políticas de Don Bosco" - especialmente sobre a possibilidade de uma restauração universal no país. "De qualquer forma, as respostas do santo não poderiam levantar suspeitas ou favorecer uma acusação. Sempre foi seu sistema de nunca entrar na política ". Ahora bien, e existia casos finais idéntico en los Documenti. "Alguns duvidam que ele era um agente explorador da polícia francesa, enviado para explorar as idéias políticas de Don Bosco" - especialmente sobre a possibilidade de uma restauração universal no país. "De qualquer forma, as respostas do santo não poderiam levantar suspeitas ou favorecer uma acusação. Sempre foi seu sistema de nunca entrar na política ". Ahora bien, e existia casos finais idéntico en los Documenti.

Pecado embargo, não se empeñó, como Don Lemoyne, além dos nimios mais importantes em su se relacionam com Dom Bosco. Imediatamente, se permitido, ou então, períodos de maior importância, a redeterminação da Libertação nunca teve o seu lugar.

Perda de principios de lectura e de interpretación de nuestros dos hagiógrafos se parecían mucho. Don Cenia, como Don Lemoyne, é uma testemunha que testemunhou um reflexo da vida, tomatal cual, permite reconstruir. Não se impusesse, para tanto, analisar em recorrência para o mundo, no ordinário, em hacta falta, na pluma do testículo. Este, em efeito, não foi necessariamente o mais importante (foi o caso de Viglietti). Sem embargo, a experiencia adquirida com a literatura latina grega llevó, eu crio, a desconfiança de alguns diálogos e estilo direto, que pasó, por consiguiente, relato linear. Comparando as Memorias com sus fuentes, los Documenti, nos convencemos da hecho de que insistió menos que as redactores mais frecuentes (não só Don Lemoyne, o sino también don Berto), sobre as predições e profecias, como contos, de don Bosco. Reprodujo, no mismo relato, os documentos originais, pecado permitirse retocarlos. Sus lecturas inexactas, a veces molestas, eram involuntarias.65 Mucho mais moderno que don Lemoyne, que apoderou-se com gosto de Jacques de Voragíne, não se rendeu sistematicamente ao aspecto maraviloso. Desde o ponto de vista, hubo, pues, progreso de una generación a otra. O embargo, ao nivel de lectura da documentación, don Cenia, portanto mais prudente ou mais que suspeitas de Lemoyne, não supera o verdaderamente o género literário, calificado como «precientífico», de su predecessor. 65 Mucho más modern que don Lemoyne, que apoderou-se com gosto de Jacques de Voragíne, não cedeu sistematicamente ao aspecto de maravillus. Desde o ponto de vista, hubo, pues, progreso de una generación a otra. O embargo, ao nivel de lectura da documentación, don Cenia, portanto mais prudente ou mais que suspeitas de Lemoyne, não supera o verdaderamente o género literário, calificado como «precientífico», de su predecessor. 65 Mucho más modern que don Lemoyne, que apoderou-se com gosto de Jacques de Voragíne, não cedeu sistematicamente ao aspecto de maravillus. Desde o ponto de vista, hubo, pues, progreso de una generación a otra. O embargo, ao nivel de lectura da documentación, don Cenia, portanto mais prudente ou mais que suspeitas de Lemoyne, não supera o verdaderamente o género literário, calificado como «precientífico», de su predecessor.

64 O fuente documental en: Documentos XXXI, p. 44s., Retomada en: MB XVIII, 28-29.

O misma composición do texto de Memórias desabafa a habilidad de don Ceria al escribir. Em seus volúmenes, a questão dos años de vida de don Bosco está sempre organizada, não simplemente yuxtapuesta de maneira aleatória em benefício da cronologia. Cada capítulo tem um propólio que corresponde ao menos ao seu conteúdo. El relato é límpido. História prontamente discute. Seria uma boa ideia interromper o palestrante de um dos que querem 50 anos de don Amadei: falaremos de um jardin com paseos rectos e bien rastrillados a um bosque de arbustos en los que se pierde. Para o leitor do conjunto das Memórias, os 1871-1874 da vida de Dom Bosco (narrados por don Amadei) os apresentaram enigmáticos. Preserve, em troca, recuerdos característicos de cada
a de los años de 1875 a 1888 (narrados por don Ceria), com a partida dos primeiros misioneros, as fundações registradas na França, os Esforços de Dom Bosco em Roma bajo mons. Gastaldi, el asunto de la Concordia impuesto de León XIII, el gran viaje in Paris en 1885, el viaje a España 1886, los outrora meses dolorosos de don Bosco. Los debe a naración clara y grata de don Cenia.

No peso, as opções de Don Cenia como redator das Memórias eram uma questão de discussão. Atemperó los episodios duros, dulcificó las propuestas y, a veces, suprimió algunos rasgos desagradables de sus personajes. ¡Diplomático las más de las veces! Por outro lado, Dom Celia me conheceu em Turim (exatamente o 12 de agosto de 1952) que um cancionigo de curia o local negou, em 1930, o imprimatur para o volume XI de las Memórias (o primeiro firmado por él), porque en el aparecía bajo luz turbia e arzobispo Gastaldi; había hablado do tema com el P. Rosa sj, da "Civilização Católica"; este último le había aconsejado presente em obra como pro-manuscripto, artificio jurídico que o dispensaba do visto bueno de la curia turinesa. Como se pudo publicar el libro. No entanto, é uma convicção de que a Cenia aprendeu a lição do acidente, por exemplo, o sentido de que os danos e as características eclesiásticas. Como explicam varios silencios y
várias tachaduras. in relatos de don Cenia siempre moderados: evitar os lamentos e os suspiros de don Bosco, como os de todos os presentes na iglesia de María Auxiliadora com partieron os missionários para Quito; 67 dulcifica las propuestas de don Bosco Os salesianos de Valdocco en una reunión del Capítulo superior, "muitos" salesianos nada têm de espírito salesiano "de uma intervenção su suia a su Capítulo 5 de noviembre de 1885 se convierte en las Memórias de don Cenia en:" certos salesianos eles não têm nada de espírito salesiano "... 69 Los trazos não tienen, pues, el vigor que desearíamos hoy.

6 'Don Ceria decida a Dom Bosco, com ocasión del Capítulo geral de 1883, que o "Boletim Salesiano" debate "como revista pública" (cf. MB XVI, 412), mientras las actas de Marenco (ASC 046). , CG 1883, fol 6) afirmaban exatamente o contrário: ... "não para promovê-lo como uma revista".

O problema da compreensão da vida de Dom Bosco por Cenia merecería mñas lineas basas en ejemplos y contrastes ponderados. Mas me é difícil fazer isso de maneira conveniente. Creo that puedo adelantar esta observación: en su interpretación ordinaria de la vida de don Bosco, don Ceria, to pes pes on sutiisión usual to los relatos y comentarios de sus documentos, evitó los excesos y las sistematizaciones de don Lemoyne; Esforço para explicar as religiões e maravilhas que são inclinadas com predilecção. Siguió con frecuencia sus fuentes y explicó (sumariamente) a Dom Bosco como lo haban hecca estas últimas.

11. finais de Observaciones

Para completar, é muito breve a série de observações sobre o método de trabalho dos autores das Memórias biográficas de Dom Bosco, concorda, eu crio, penso que as categorias de pessoas com intenções não são ni mucho menos as mismas. O que buscan nutrir-se-ia com a
lecture se .. Me contó el mismo día un percance semejante, que tuvo mayores consecuencias. Em 1883,
um revisor - um cardenal, me dijo, sim no entendí mal - le había obligado a suprimir todo o capítulo sobre mons. Gastaldi em las galeradas de su livro bonito, San Giovanni Bosco na vida e no
funciona. Acató la orden, mas não há pecado tristeza. Se encuentra así textos on line on line do XXXEV sobre a iglesia de San Juan Evangelista (p. 283): «Foi um dos muitos episódios dolorosos enxertados na história de uma tribulação que, por sua natureza, por sua duração e pela seus efeitos foram certamente os mais graves sofridos pelos Santos », sentença que constituía probabilmente o ponto de enlace com o capítulo censurado. El texto continua simplesmente: "Mas considerações de ordem superior sugerem que a narração desses eventos seja restaurada para um lugar mais apropriado".

67 Cf. Documentos XXXVI, p. 77 y MB XVIII, 430.

68 Cf. Documentos XXX, p. 521-523 e MB XVII, 581.

69 Cf. Documentos XXX, p. 571 y MB XVII, 586.

"Salta, por ejemplo, en el Documenti, a asimilación inverosimm das relações epistolares de don Bosco com a marquesa parisina de Cessac, as de S. Francisco de Sales y la Chantal.

Cf. Documentos XLIV, p. 461: "Eles são uma reprodução daqueles de S. Francisco de Sales em Chantal", y MB XVI, 231: ... "parece que ele recebeu muitas cartas de direção espiritual dele. Então é dito; mas até agora não sabemos sequer um ». Se for necessário: "É dito nos Documentos ...", que tenía delante mientras escribía.

guia das Memórias biográficas, que são para um elo libro de devoción. Você pode recorrer aos gruesos volumenes para elementos extras de estudo (histórico, psicológico, teológico ...). Para éstos, filho colección de documentos de moda sobre Don Bosco.

Los primeros disponen, en las Memorias, de "historia" de don Bosco, que es "verdadera", ni más ni menos que cualquier otra historia no sentido popular da palabra, pintoresca, edificante, colourista (exceto o volumen X) , rica de hechos e frases aptos para enriquecer el espíritu. Os benefícios de uma tourada lectura das Memórias, controlam para uma experiência que procura converter em centenários, parece-se por aspectos algunos, evidentes. Não se pierde el tiempo dedicado a ela; pelo contrário. A admitiendo that, también en este level, puede haber quien prefiera, justamente, lecturas de don Bosco más «verdaderas» y documentadas.

O pecado embargo, esta comunicação é destinado a fazer uma segunda categoría de vetor, o que se dedica, pouco ou mucho, aos estudos sóbrios Dom Bosco. El consejo debe ser otro. Partir de uma reflexão, entre mais autorizadas, que me encantou ao Cenia, como um varios otros, ao final de sua vida. «Para aqueles que pretendem escrever sobre Dom Bosco, sugiro sempre mudar de assunto. Mais tarde, talvez, as cartas de Dom Bosco serão publicadas ... ". Reconhecendo as suas memórias, as pessoas que muito têm encontrado a única e definitiva de estudos sobre don Bosco, não podem servir de base para estudos rigurosos sobre o mismo. Si se ponen aparte los Documentos publicados como contos por él e por don Amadei à final de sus volúmenes, tenía cien veces razón. En efecto, sim, os gruesos volúmenes de don Lemoyne y dos los dos sucesores, ya que dependené de el, fueron construidos según los criterios «precientíficos» de composición e interpretación que ele tratou de poner en claro, a autenticidad de elementos que se espigen allé com preferencia , a decir, as proposições da santo e as observações dos testes mais inmediatos de sua vida (os cronistas ...), não está garantida nunca. Mais uma vez, não faltam as palestras repetidas, os apócrifos frecuentes e as historias convertidas em leyendas com a amalgama de diferentes trazos de perspectiva. Sim, você será capaz de encontrar uma investigação, para saudar você, de preferência, os fundamentos da história de Dom Bosco. As solas de edição de Las Works permitiram a Jacques Schepens redactar em teses volumosas e interessantes: Pence e eucharistie dans la méthode éducative et pastorale de don Bosco. O estudo é um livro de estudos publicados.7 'Quem é o investigador recorrente de textos autônomos, um editorial publicado, uma carta enviada ou recibida por don Bosco, o livro de atas, editadas ou não, como o professor Luciano Pazzaglia en su excelente estudio sobre Aprendizagem e educação de artesãos em Valdocco (1846-1886) .72
Roma, Universidade Pontifícia Salesiana, 1986, 2 vol.

n Cf. F. TRANIELLO (ed.), Dom Bosco na história da cultura popular, Turim, SEI 1987, p. 13-80.

Evitarán as desventuras nos que já se foram, que são servidas pelas Memórias biográficas. Citaré un sólidoó, do que é mi deidad miembro do Capítulo Geral Salesiano de 1984, que foi publicado no oficial de las Constituciones, me siento, ao menos materialmente, culpável. En el primer artículo de sus Constituciones, renovada ese año, los salesianos abusaron de una fórmula atribuída a Dom Bosco pelas Memorias biográficas, citada com precisão en nota: «... Ele formou nele um coração de pai e professor, capaz de uma dedicação total: "Prometi a Deus que meu último suspiro seria para os meus pobres jovens" (MB XVIII, 258). De hecho, a crônica de Carlo Viglietti, nascida do logion reproducido no local citado das Memórias biográficas, hacía decir para don Bosco que tinha prometido a Dios que «até meu último suspiro» sería, no ya, como en el texto transcrito, por sus «pobre juventude», sin por sus «pobres órfãos», es decir, por los jóvenes abandonados dos que se habituaram convertido en padre. ¡Sem uma boa diferença entre "viver para os jovens" y "viver para os jovens abandonados"!

EL EPISTOLARIO COMO FUENTE DE CONOCIMIENTO E DE ESTUDIO SOBRE DON BOSCO

Proyecto de edición critica
Francesco MOTTO
Entre os escritos de Dom Bosco de valor especial, de só existe edições inadecuadas ou incompletas, a sombra, o sombra, o som. Precisamente para começar, considere-se o Instituto salesiano, que é o ponto de vista, o programa, os trabalhos aos quais esta dedicação habitual é uma atenção prioritária, a edição crítica e íntegra do epistolário do santo. "Hace cuatro años se me confió la tarea que se anuncia como uma empresa de importação cultural supeta cualquier intenção de celebrar ou ritual, por isso, coincide com o desespero de interês sobre a figura e a obra do educador piamontés com ocasión do centenário de su muerte.

Este congreso me ofrece a oportunidade de antecipar e extrair a ope ração da valorização desta correspondência, o proceso arquivista-filológico seguido e a perspectiva hermenéutica dentro da qual se encontra o trabajo de recomposição do corpo epistolar.

O. Observaciones preliminares

Empiezo to decir that is los italianos, según a tópico conocido, no lee epistolnrios, 2 de Dom Bosco no debería estimular a conocida inapetencia de hacer notar enseguida que se toma o termo "epistolario", simplesmente, en el sentido de "colección de todas as cartas ». Es decir, no se distingue entre notas escritas com uma finalidad particular, em circunstancias concretas, y efectivamente mandadas a um destinatário (cuyo colación, obra de um estudioso, se de la llamar propiamente "colección de cartas") y cartas reunidas com finalidad artística Por mismo autor, frecuente, dirigidas a um leitor ficticio (geralmente definido pelos estudiosos com o termo epistolario).

Propostas cf., por um plano de trabalho unificada e conjunta, en RSS 1 (1982) 95. 2 En Ele deve retornar, en otros Países, las publicaciones de cartas de literatos, pintores, Músicos, poli-ticos y de otros personajes ilustres encuentran creciente favor entre los lectores comunes. Os estudos sobre o fenómeno epistolar e sobre a naturalidade e o papel estão em todas as partes da actualidade. Na França, desde hace tiempo, se os «coloquios» organizacionais buscam o tema y se han creado centros de documentación e correspondence investigation epistolar y conmis compatriotas, al menos por cuatro razones que expongo resumidamente:
1) Ante todo, nueva edición que se projeta não promete em absoluto satisfacer o gosto polêmico para o sensacionalismo ni desvelar vidas secretas inéditas de escritor. D. Bosco en sus cartas, Que se sitúan también entre los Escritos de franqueza INMEDIATA y com alta más tasa de sinceridad, tiende (y frecuencia a logra con) a nenhuma Revelar de profunda vida interior, sus dramas de conciencia em íntimo de sentimiento momento de queda. Aparte el hecho de que en «o armario é totalmente acessível busca esqueletos».

2) idêntica desilusión tendría el que, considerando Que Se trata de copiosísimo epistolario de um sacerdote santo, de un educador não común, de un Fundador genial, de un instrumento sociais de actividad Increiblemente ampla, Esperase amplios y exhaustivos Tratados de carácter espiritual, ascético pedagógico. não; sólo acá y allá, Perdidas Expresiones dictadas between por las inumeráveis ​​preocupaciones do diário vivir, se pueden Encontrar y perlas Brillantes de doctrina de sabiduría, fruto de santidad de vida, de coragem pastoral, de acertada pedagogia.

3) No tendría mejor fortuna a espera posible de descubrimientos sensacionales de naturaleza política, social, religiosa. Cierto que Dom Bosco, para viver e trabalhar no perisodo fueremente atormentado e que se conoce com o nombre de "Risorgimento", habla explícitamente ou alude a uma linha hechos ou personajes historicos de primerísima, de juicios sobre hechos políticos, sociales y religiosos de su tiempo; no entanto, a política, em sentido estrito, as análises da sociedade civil e religiosa em relação ao ensino de sua rádio de especialidade na medida em vienen incidir en el tejido ordinário de sua vida, ritmada por sus responsabilidades de educador, educador , empreendedor, superior, amigo, administrador de sumas muchas veces ingentes.

4) Por fin, también sería uma decepção pela experiência das cartas de Dom Bosco uma obra de arte, um epistolográfico modelo para que a dignidade de "género literário". Dom Bosco não redigiu as cartas como ejercicio retórico o. Instrumento para passar a glória literária, costumbre, por outro lado, tan querida en su siglo. Em um plano de revisão formal, não há perguntas sobre as especialidades técnicas do México. Escriba ao papa ou ao ministro ou se dirija ao humilde pueblerino ou ao colegial de joven, a estilo es sustancially el mismo: lleno de sencillez, de franqueza, de familiaridad, de astucia, não exento de dudas em escritura y en la ortografía, salpicado de piamontesismos e galicismos, nutridos com frecuencia de irregularidades gramaticais e sintácticas, por parte importante,
temporário. Na Itália somente se notou um certo aumento na quantidade e quantidade de "expert". Reuniones deste tipo são introduzidos em Bressanone (1983), em Urbino (1984) e mais recentemente em Génova. Em 1986 publica-se o editorial «Rosellina Archinto» que publica sólo epistolarios. Abra coleções de arte de publicidade, publicitações de revelação e percepção, como um subrayar, uma chamada para trabalhar, o notável que a correspondência privada pode levar como lingüística y inicial.

La correspondencia de don Bosco é uma correspondência de "osuntos", de administração normal, diríamos hoy, ou mar, redactada com rapidez e semelhança para comunicar uma mensaje utilizable para qui recibe: frases concisas e pecado énfasis, comunicaciones directas , breves, a veces lapidarias, medidas de abertura e intimidade pelo uso do mismos padrões, propios de quien escribe a tomada de cuidados ocupados e corre o riesgo de sentirse a cada momento envuelto por ellas. O telefone, a estação de trabalho é um ciclo de horas de trabalho e os nossos clientes, os clientes tendem a nos encontrar, em vez de um tesouro rico, um botin decepcionante. Escribió porque estabe obligado por inderrogables exigencias de su misión sacerdotal y educativa, para a dureza dos testes nas fábricas de comida e bebida em todos os casos, para o deyudar, dirigindo, apoiando para as pessoas no corazón: cartas de felicitación y de anuncio, de felicidades e de agradecimiento, de invitación y de excusa, de justificación y de despedida, de súplica y de Consejo, de reprensión y de recomendación, de Presentación y de mente, de pocas y Líneas de varias Páginas, burocráticas circulares y. Com o fundamento de se decidir que cada categoria epistolar está representada por algún ejemplar. de apresentação e de mente, de pocas lineares de varias páginas, burocráticas e circulares. Com o fundamento de se decidir que cada categoria epistolar está representada por algún ejemplar. de apresentação e de mente, de pocas lineares de varias páginas, burocráticas e circulares. Com o fundamento de se decidir que cada categoria epistolar está representada por algún ejemplar.

ao Não crie que se tenho uma profanação ou revelação do segredo epistolar se eu der ao público um pouco Dom Bosco cubrió com o olho da intimidade. Cartas escritas têm mais de sigilo e são confidenciais e entraram para formar parte da historia. Entre outras considerações, feno que decir que o Bosco mismo não exclui uma eventual publicação, porém com algunas cautelas. En efecto, escribió en sobre «testamento espiritual»: «Se por acaso imprimir algumas das minhas cartas italianas, tenha muito cuidado no sentido e na domina, porque a maioria foi escrita apressadamente e, portanto, com o perigo de muitas imprecisões. As letras francesas podem então ser queimadas; mas se alguém quiser imprimi-los, eu recomendo que eles sejam lidos e corrigidos por algum conhecedor da língua francesa,

4 En el mora se subraya muchas veces la prisa com o cual don Bosco redactaba sus cartas: «Sua atitude de escrever com grande celeridade também foi admirável. Várias vezes nos últimos anos, o Padre Durando acompanhou D. Bosco ao Convento de S. Francesco para ajudá-lo na redação da carta. E aqui está o que aconteceu. Dom Bosco, tendo escrito uma carta, entregou-a a Durando, que a dobrou, selou e escreveu no endereço. Mas antes que o clérigo tivesse completado a operação mencionada, aqui está uma segunda carta terminada antes dele. O clérigo estava apressado, mas ainda não terminara o seu discurso, seguido de uma terceira folha, e assim deixava horas e horas.Quando finalmente chegou a hora de voltar ao Oratório, Dom Bosco, agradeceu ao Senhor, exclamou, sorrindo, ele deveria parecer cansado: - Aqui está a maneira de fazer muitos negócios! - E certamente o número de cartas que ele escreveu pareceria estar nublado se não houvesse muitas testemunhas dessa maravilha "(MB V, 609-610). Por outro lado, o padre Boscc confessou ao padre Barberis: "Hoje, como quase todos os dias, às duas e quinze, almoça à mesa para trabalhar; Eu não me mexi até as oito: ainda não consegui me apressar. Eu ainda tenho a mesa coberta de cartas, esperando por uma resposta. E não se pode dizer que eu adagio por escrito. Eu trabalho sob meus dedos! Percebo que, por força do pratid e da pressão de uma coisa, por outro, adquiri um celeritá, que não sei se pode ser feito mais "(MB XII, 38-39). ele escreveu que pareceria vulgar se não houvesse muitas testemunhas dessa maravilha "(MB V, 609-610). Por outro lado, o padre Boscc confessou ao padre Barberis: "Hoje, como quase todos os dias, às duas e quinze, almoça à mesa para trabalhar; Eu não me mexi até as oito: ainda não consegui me apressar. Eu ainda tenho a mesa coberta de cartas, esperando por uma resposta. E não se pode dizer que eu adagio por escrito. Eu trabalho sob meus dedos! Percebo que, por força do pratid e da pressão de uma coisa, por outro, adquiri um celeritá, que não sei se pode ser feito mais "(MB XII, 38-39). ele escreveu que pareceria vulgar se não houvesse muitas testemunhas dessa maravilha "(MB V, 609-610). Por outro lado, o padre Boscc confessou ao padre Barberis: "Hoje, como quase todos os dias, às duas e quinze, almoça à mesa para trabalhar; Eu não me mexi até as oito: ainda não consegui me apressar. Eu ainda tenho a mesa coberta de cartas, esperando por uma resposta. E não se pode dizer que eu adagio por escrito. Eu trabalho sob meus dedos! Percebo que, por força do pratid e da pressão de uma coisa, por outro, adquiri um celeritá, que não sei se pode ser feito mais "(MB XII, 38-39). como quasí todos os dias, às duas e quinze depois do almoço, erc gil à mesa para trabalhar; Eu não me mexi até as oito: ainda não consegui me apressar. Eu ainda tenho a mesa coberta de cartas, esperando por uma resposta. E não se pode dizer que eu adagio por escrito. Eu trabalho sob meus dedos! Percebo que, por força do pratid e da pressão de uma coisa, por outro, adquiri um celeritá, que não sei se pode ser feito mais "(MB XII, 38-39). como quasí todos os dias, às duas e quinze depois do almoço, erc gil à mesa para trabalhar; Eu não me mexi até as oito: ainda não consegui me apressar. Eu ainda tenho a mesa coberta de cartas, esperando por uma resposta. E não se pode dizer que eu adagio por escrito. Eu trabalho sob meus dedos! Percebo que, por força do pratid e da pressão de uma coisa, por outro, adquiri um celeritá, que não sei se pode ser feito mais "(MB XII, 38-39).

As primeiras são, parece-se que o termo é o sentido que tem uma nova forma de compreender um epistolar deste género.

1. O razón constitutivo do epistolario de su edición crítica

¿Para qué, pues, tomarse tanto assédio? Porque cuando un hombre jugado um papel não indiferente na «Historia» de seu país, com sua influência alcanzado, vodendo todavía, a varias naciones y in the siglo siguiente praticticamente to todo el mundo, cuando las uniplo facetas de sua personalidade han O ser humano e o homem de objeto de reflexão são um importante instrumento de análise de instrumentos para mais completos e serios possíveis.

Ahora bien, para o conhecimento de Dom Bosco, sobre a figura moral, das vicissitudes da vida, dos seus métodos de ação, que são mais seguros e completos do que as milhas de cartas escribió de más de más de 40 años. ? Más que estamos ante uma pessoa que hizo do comprometido epistolar e das ocupações principais de sus jornadas?

1.1. Unestra insustituible para o biógrafo e o historiador


O bioform e a história da van avançando sobre a área se ela não é tão boa se pode contar a vida de la doca de materiales documentales, e o primeiro de todos, a correspondência. Se você pode experimentar uma história exata, até mais reflexões fragmentárias, que necessitem de integrações e profundidades. Um epistolar deve cribarse com o rigor que se aplica com um único ou último sentido: como, por ejemplo, não se pueden minusvalorar os pontos de vista intracosso em toda a correspondência: o carácter pessoal, subjetivo, singular de testemunho, a transparencia inevitável de yo que podría inducir a engaño, a ausencia de elementos de contexto, etc.

Portanto, se ele debate acoger com as reservas de algunasimas, ele também atesta as autorizações do MB y de Don Bosco mismo: "As cartas que ele recebeu ou enviou são incalculáveis. Entre o dia e a noite ele escreveu e somou até 250. Surpreende a multidão e a variedade de assuntos sobre os quais ele era obrigado a responder ou tratar [...]. Ele os recebeu de todo o mundo, e estamos convencidos de que quase não há cidade na Europa em que suas cartas não tenham sido recebidas, algumas, muitas, aqui "(MB IV, 540-541). No papel de 4 de julho de 1881, Dom Bosco dirige a Cav. Carlo Faya en estos términos: "Para escrever-lhe sinto-me tão aliviado no meio das minhas 500 cartas, para as quais vou agora dar a resposta". Ya viejo, melancolia confiaba to los suyos: "Alguns dias eu também escrevi mais de cem cartas" (MB XVII, 459). Cf. también nota anterior.

O epistolario de Dom Bosco, como é obvio, não escapa a esta regla. Considerando cuidadosamente, o mirado com os seus múltiplos procedimentos de investigação, convenientemente descodificado, constitui uma fonte segura na segurança assegurada sobre as circunstâncias, nos dias de sessões, com frecuencia, -la expressão plena de suas convicções e espíritos. Cartas escritas currenti calamo na parêntesis de um descanso sereno ou no impetu de uma amargura cruel, no impulso de um corazón alegre ou bajo a opresión de um peligro iminente, casos permitidos violam em privacidade, de entraram isto em habitación, de verlo sentado à mesa de trabalho, fotografando inmerso em problemas, dificultades, esperanças, ideais. Puestas, como eu pretendo hacer, no meio de orden cronológico y, tanto, no claro desorden de cartas de asuntos ou de felicitación, de pesas de espiritualidade ou de piedade de ayuda material, expresan a mismo tiempo a vida e o comentario de quien las tem escrito. Pensa-se isto como um intensivo de um educador como um professor de uma média de um cartão que cai 3-4 dias, é fácil deduzir que os biógrafos e historiadores podem converter-se em estudiosos de um epistolario comsteste.

Ele costumava ser o futuro «podrán y deberán», porque, para pesar a vasta literatura pública sobresa de Bosco em estos a arios que nos separa de seu muerte, a historiografía sufre todavia a carência de datos seguros, exaustivos y definitivos ( naturalmente no sentimento que como estos términos en las cuestiones históricas). A ampla vida de Dom Bosco, a ampla gama de atividades, a complicada série de filmes que protagonizam o que se vê, esperan todavía hoy a no sencillo trabajo de verificación. The misos hechos that refieren in the voluminosísimas Memorias biográficas exigem uma verificação sistemática, e limitam-se ao prometedoras investigaciones reales en esa dirección haestado been beenised of ulteriores búsquedas.8, Uma vez sabido de verdad "cómo han ido las cosas",

6 «Correspondence for an maniement délicat, a témoignage trompeur malgré les apparences et qui reste nécessairement lacunaire, par défaut de conservation des arrêtes et des réponses, par volunteer expresse ou neglage de l'auteur, a cause de diverses formes de censure, par le fait que rarissimes sont le lettres "sincéres". etc. Os correspondentes são presbíteros e tout sauf ce qu'on voudrait qu'elles fussent: um material confiável, vale documentário, au premier degré ... »(Prefácio de G. Ulysse no La correspondance 2 Actes du Colloque International, Aix-en -Provença Université de Provence 1985, p. De todas as formas, situações, situações, sentimentos, momentos da vida cotidiana e pessoal de Dom Bosco se você encontrar novas cartas nos escritos,

7 Do decênio 1830-1840, se conserva só um minuto do papel escrito em um livro durante o arrio escolar 1835-1836. Do primer quinquenio de los años cuarenta quedan prácticamente pocas cartas, redatadas até a final de 1845. El último texto ológrafo es de mes de diciembre de 1887. Acontece que há muitos cálculos, aun aproximados, sobre de cartas haya podido escribir Dom Bosco durante sua vida . Dom Cenia afirmaba em 1933: "As cartas de Dom Bosco publica você são muito menos do que aquelas que foram perdidas ou estão no esquecimento" (ME XIV, 556).

Assim, o principal motivo de interesse para a correspondência de Dom Bosco é precisamente el de darnos um documento notável para colocá-lo na base da futura reconstrução, da maneira que haga menos especifica ou, sim, para completar a avaliação de su compleja personalidad: y esto a través da voz viva de su protagonista, grabada de uma maneira imediata y vivo.

Eu não criei este documento no documentário das letras en cantera, que é un radicalmente "otra" de la conocida en el círculo de sus mejores estudiosos, mas es é indudable que don Bosco que as cartas se apartam mais de a creria crema desse presente cierta literatura aún reciente. Uma coisa é o Dom Bosco dos Senhores, o Dom Bosco dos Milagres e os prodígios, e o Dom Bosco do "numinoso" y otra es el Dom Bosco "ferial" do carto epistolar, que apresenta en clave de vida concreta y llena de problemas, de contradicciones e incertidumbres, em uma onda longitudinal muy de esta tierra. Dom Bosco resplandece, por decisao, com a luz do diario, o pecado ningun ropaje enigmático, que, sem pecado, procura dar lugar a uma rara atmósfera tejida de ambigua imprecisión.

1.2. Instrumento de trabalho para muito estudioso

Othis element no desprezible that of
rece la correspondencia en cuestión es el hecho de la la extraordinaria riqueza de relaciones sociales that vivió 8 Abrió los estudios, en this perspective, el artículo de J. KLEIN - E. VALENTINI, A rectificação cronológica das memórias de santo Giovanni Bosco, em «Salesianum» 17 (1955) 581-610. Recentemente, se eles têm publicado relatórios em vários índices de RSS. Puede verso, um este propósito, a comunicação de Desramaut en este mismo congreso.

9 Apresenta um ejemplo da «revisão» de interpretaciones (necesitadas de correcciones) a comunicação do Tuninetti en este mismo Congreso sobre a grande e dolorosa controvérsia que eu era don Bosco com mons. Lorenzo Gastaldi.

Dom Bosco, nos ofrece um panorama da vida social, política, cultural, económica, eclesial de aquella segunda mitad de siglo pasado tan violentamente sacudida por contrastes de toda clase. O artigo, todos os sábios, é um instrumento social e por tanto apresenta a figura de que a escrita e as correspondências são determinadas, em frente a algumas precisões, tanto pessoais como colectivas; por consiguiente, en su conjunto, dar um jeito de sabor ao sabor de época e elementos para ter um perfil mais exacto das pessoas que se movem na ella.

Até que as compras sejam feitas com base em apologista das cartas, é possível avisar sobre a enorme variedade de destinatários: autoridades civis, estado de direito e governo (Vittorio Emanuele II). , Cavour, Rattazzi, Ricasoli, Minghetti, Lanza, Emperador de Austria ...), personalidades eclesiásticas como papas, cardenales, obispos, superiores de institutos religiosos (Pío IX, León MI, cartão. Antonelli, Rosmini ...), escritores e hombres de cultura (Tommaseo, Balbo, Pellico, Vallauri, padres da "Civilidad Cattolica") aristócratas e exponentes da nobreza piamontesa, florentina, romana, de Niza, París, Marsella, Barcelona, ​​sul-americano, bienhechores humildísimos, clero diocesano, serviços religiosos e religiosos, adultos e jovens, mídias sociais, etc.Ahora bien, no entanto, a correspondência con esas personas se sitúa con mucha frecuencia em um estricto estrictamente pecuniario, o embargo permite distinguir para vés algunos aspectos de na personalidade e de su ambiente, lugares de aliviar a relación que entablan com don Bosco e deja captar su situação moral e espiritual.

Nós nos preguntamos nos pueden as cartas de don Bosco, a resposta pode ser muito ou, pelo menos, as máscaras de que os podríamos se conheçam. O epistolário de Dom Bosco, na forma crítica pela qual ele vai para uma edição, nos signos, não só da direção da biografia e da história, até também da psicologia e da psicanálise, da economia e da sociologia , da teologia e da espiritualidade, da literatura e da linguagem. da história da política, da genealogia e da pedagogia.1 ° Podemos fundar um critério de integração pluridisciplinar e convertir de maneira em um lugar revelador de coordenadas de epistemolócicas de cultura e civilização, para usá-la sincrónica diacrónicamente, por caminos analíticos o sintéticos. Y, mais aún,

"Os significados e aspectos de um epistolario han sido objecto de discusión en contextos. Por ejemplo en varios" cadernos de retórica e de poética ", dirigidos por G. Folena, o filho reco procedeu a recentes modelos: cf. Cartas de Família I, Pádua, Liviana Editrice 1985, para a área francesa, para a comunidade internacional de Aix-en-Provence (La correspondance) Sobre algunas posibles lectures de didnées de Dom Bosco, y, para tanto, também de sus cartas, filho útiles as sugerencias de R. FARINA, Lendo Dom Bosco hoje Notas e sugestões metodológicas, en: P. BROCARDO (ed.), A formação permanente desafia os institutos religiosos, Leumann (Turim), Elle Di Ci 1976, páginas 349-404.

É um software, tem o título na escritura, os erros de ortografia e sintaxe, as fraturas de descrições perecíveis, a frecuencia de formas idiomáticas, a vez de decubiertas, en vez de estorbar, pueden servir para dar idéia de nivel de aprendizagem de la lengua para parte do escritor, sobre a capacidade de expressão, mas em termos de «hablado», a forma literária propia de una época, um ambiente, uma pessoa.

2. Los problemas fundamentales de

Afirmada como a utilidade da edição crítica no mais alto, os problemas de método que eu tenho plantado são todos os editores de epistolarios de amplio contenido. Se morrerem muito, podem fazê-lo na arte de publicar trabalhos, mas não o são se tiverem seus princípios editoriais. , son tres las cuestiones: a recogida de textos, sobre a transcrição, as várias notas críticas e históricas.

Se o embargo, antes de se expor momentaneamente com o que foi feito para cada um dos três problemas na edición que estamos preparando, eu crio aquele debo responder a uma pregunta: ¿para quién se for recheado de uma carta estas cartas? Y está, porque definir o público como se dirige significa adoptar um método em vez de otro. Sim, em efeito, um se propõe agradar os especialistas, dar-lhe minúsculas informaçoes e detalles, que elle común no encuentra de ningun interés y que segero define como «pedantería» ou «idolatría documental». Mas sim se quitan esos
Librairie Armand Colin 1969; Écrito mais recente Tire les correspondances. Actes du colloque international: «Les correspondances». Publications de l'Université de Nantes 1983. Inglês em inglês: F. Bowas, alguns princípios para edições eruditas de autores americanos do século XIX, em "Studies in Bibliography" (1964) 223-228; GT TRANSELLE, Alguns princípios para o aparato editorial, em "Studies in Bibliography" (1972) 41-88. Para autores de lengua alemana: S. SCHEIBE, Algumas notas sobre as edições da Carta: Com especial referência aos escritores alemães, "Studies in Bibliography" (1986) 36-148. Recordamos que en Toronto (Canadá) tienen lugar, desde hace años, "simposios" de "editing texts", cuyas actas son publicar regularmente. Publications de l'Université de Nantes 1983. Inglês em inglês: F. Bowas, alguns princípios para edições eruditas de autores americanos do século XIX, em "Studies in Bibliography" (1964) 223-228; GT TRANSELLE, Alguns princípios para o aparato editorial, em "Studies in Bibliography" (1972) 41-88. Para autores de lengua alemana: S. SCHEIBE, Algumas notas sobre as edições da Carta: Com especial referência aos escritores alemães, "Studies in Bibliography" (1986) 36-148. Recordamos que en Toronto (Canadá) tienen lugar, desde hace años, "simposios" de "editing texts", cuyas actas son publicar regularmente. Publications de l'Université de Nantes 1983. Inglês em inglês: F. Bowas, alguns princípios para edições eruditas de autores americanos do século XIX, em "Studies in Bibliography" (1964) 223-228; GT TRANSELLE, Alguns princípios para o aparato editorial, em "Studies in Bibliography" (1972) 41-88. Para autores de lengua alemana: S. SCHEIBE, Algumas notas sobre as edições da Carta: Com especial referência aos escritores alemães, "Studies in Bibliography" (1986) 36-148. Recordamos que en Toronto (Canadá) tienen lugar, desde hace años, "simposios" de "editing texts", cuyas actas son publicar regularmente. pt «Estudos em bibliografia» (1972) 41-88. Para autores de lengua alemana: S. SCHEIBE, Algumas notas sobre as edições da Carta: Com especial referência aos escritores alemães, "Studies in Bibliography" (1986) 36-148. Recordamos que en Toronto (Canadá) tienen lugar, desde hace años, "simposios" de "editing texts", cuyas actas son publicar regularmente. pt «Estudos em bibliografia» (1972) 41-88. Para autores de lengua alemana: S. SCHEIBE, Algumas notas sobre as edições da Carta: Com especial referência aos escritores alemães, "Studies in Bibliography" (1986) 36-148. Recordamos que en Toronto (Canadá) tienen lugar, desde hace años, "simposios" de "editing texts", cuyas actas son publicar regularmente.

os elementos, os eruditos podrá consideram-no como uma intenção de «popularización» e de «popularización» que, por tanto, escapa totalmente a sus intereses.

Já respondi a essa pergunta em parte: o papel editorial que adotei é oferecer uma ferramenta de trabalho completa e útil, tanto quanto possível, para pesquisadores e acadêmicos das várias disciplinas. Será dito: mas quem precisa de todas as notas ou explicações que precedem ou seguem o texto da carta? Quem exige esse escrupuloso extremo ao texto que, talvez, impeça uma leitura fluida? A resposta é "ninguém". Mas o texto não é modificado para uma única pessoa.Ele é publicado para um grande número de pessoas, incluindo aquelas que não são especialistas em qualquer disciplina, aquelas que pouco sabem ou nada sabem sobre a história de Dom Bosco e as origens da Congregação Salesiana, que não conhecem muito sobre a situação social e política. , cultural, religiosa na Itália no século XIX.

Em outras palavras, tentarei oferecer uma edição crítica, acadêmica, científica, mas que não ofereça o acesso do público em geral, a leitura seguida pelo leitor honesto, que não é necessariamente um estudioso ou um leitor de livros. E como é sempre difícil resistir à tentação de dizer tudo, é igualmente possível escrever pouco para alguns e demais para os outros. Como critério geral para a redação de notas descritivas e explicativas, a experiência de outros será usada mais do que as regras abstratas, a comparação, o senso de mensuração que surge da intenção de manter o documento do presente Bosco também em primeiro plano. e limita sua ilustração ao que pode ser usado para entendê-lo.

Mas voltemos aos princípios editoriais de que falamos.

2.1. A revisão ecdotic

Não faz sentido ressaltar que as condições ideais de trabalho, isto é, todas as cartas de autógrafos de Dom Bosco, todas as respostas que recebeu e os documentos que permitem uma boa compreensão das cartas escritas e recebidas, não foram entregues ao correspondente em questão. Embora não tenhamos o direito de criticar aqueles que se atreveram a publicar as cartas de Dom Bosco diante de nós, há um fato: que tanto os compiladores das Memórias Biográficas quanto Don Cenia no Epistolário que ele publicou procuraram. para garantir o conteúdo das cartas (e isso foi revelado, a partir de
12 Os 19 volumes do MB encontram-se em ordem, nem sempre em ordem cronológica, para cerca de 2360 letras.Ambos serviram G. Luzi (SG Bosco, Lettere Scelte, Turim, Paravia, 1945) como E. Yield octogenário, para a modificação dos quatro volumes de S. Giovanni Bosco Epistolario di (Turim, 1955-1959 SET), nos quais são coletou 2845 textos. Infelizmente, Don Cena, apesar de ter mantido temporariamente os originais de muitas cartas por concessão dos legítimos proprietários, não indicou em nenhum caso o local onde os originais foram encontrados. É por isso que o gestor da edição crítica, em muitas das cartas, terá que reproduzir a
outra parte, nem sempre filológica sem falhas, sem considerar o problema do continente, que é o suporte arquivístico que é o único que garante sua autenticidade e valor.

Por isso, comecei com a regra de que não acredito que se possa duvidar da legitimidade, isto é, ver os autógrafos pessoalmente ou, pelo menos, suas fotocópias. Pesquisa e coleta foram oferecidas até agora a colheita abundante de mais de 3.000 ", incluindo um par de linhas, ao qual devem ser adicionadas várias centenas de textos impressos não suportados pela reunião do manuscrito, mas garantidas dignas testemunhas da fé.

Este não é o lugar para antecipar a história dos arquivos ou a história da tradição de letras manuscritas ou impressas. É suficiente dizer que a laboriosa tarefa de inventariar, classificações irritantes, sucesso ou investigações decepcionantes foram feitas, até agora principalmente na Itália, pelas indicações de repertórios, iniciativas pessoais afortunadas, investigações preliminares, em centenas de arquivos e público e privado, civil e eclesiástica, em famílias que foram alcançadas graças às mídias sociais. Obviamente, não se descuidou de recorrer ao anúncio desta pesquisa contínua em revistas especializadas e à consciência de todas as comunidades salesianas do mundo ".
também pararam de contar episódios saborosos ou desconcertantes, dos quais eles testemunharam, comentando atos de generosidade e ganância, para enfatizar a destruição dos originais por negligência dos herdeiros ou devoção excessiva para insinuar uma pitada de diplomacia para ter menos cópia de manuscritos mantidos colecionadores particularmente ciumentos perante o editor oficial. Não há palavras de despesa para iluminar um aspecto não-secundário da pesquisa: o comércio, agravado pelo fato de que muitos textos ultrapassaram os limites originais e encorajaram a corrida do centenário e o preço dos autógrafos dos antiquários. Um nome para todos: a famosa casa de leilões londrina Sothebys, colocada no catálogo há alguns anos e vendida duas cartas originais de Dom Bosco, provavelmente não muito importantes.

texto de su predecessor, sen poder verificar a fiabilidad completa do mismo. Además, de algunas cartas se conservam apenas um resumo (debido a una tradición parcial) ou bien una simples noticia de su existencia. Fueron igalmente tomadas do epistolário de Dom Cenia as cartas de cartas publicadas em: G. Bosco, Spfiltuali writings, 2 vol., Editado por J. Aubry, Roma, Cidade Nova 1976 (recientemene reeditados en un solo volumen).

13 Com a convicção de que as cartas que deveriam ser publicadas no primeiro volume (relativas aos anos 1835-1864) dificilmente podem ser encontradas em países estrangeiros (que, por outro lado, são numerosos, e não apenas na Europa), a pesquisa sistemática foi feito, até agora, apenas em território italiano. Não havia praticamente nenhum jornal ou revista amplamente divulgado que não recebesse um convite para publicar as notícias da pesquisa atual. As comemorações do centenário da morte de Dom Bosco também contribuíram para divulgar esta notícia.

SW

"Os originais ou fotocópias de cartas inéditas, preservadas no ASC no momento mais de mil, um certo número das quais são de valor histórico significativo.

O censo provisório mostrou, em qualquer caso, grandes lacunas cronológicas, destruição ou perda permanente de importante correspondência manuscrita, 15 a gravidade do dano que pode ser causado à correspondência e a edição crítica completa de uma coleção de cartas de arquivos de inventário precisos privados.

As maiores coleções de originais estão no arquivo salesiano central do Arquivo Secreto Vaticano, nos arquivos municipais de Turim, no Arquivo Central do Estado, em Roma, em alguns arquivos diocesanos, especialmente no reino que era Saboya.16
Os documentos chegaram fornecem uma imagem qualitativa de extraordinária variedade diplomática: passa de alguns minutos a original holográfico, apócrifo com assinatura autógrafa em cópias autênticas de diferentes formas, simples transcrições de textos impressos, infelizmente não inculpáveis, falta o original, e isso terá que ser aceito para isso.

2.2. A edição de texto

O objetivo de uma edição crítica é dar ao leitor um texto autêntico e atento, para que qualquer pessoa interessada possa usá-lo. Se não fosse esse o caso, mesmo o aparato editorial mais completo e completo seria inútil.

Pense na quase total falta de correspondência com Mons. Fransoni, sob cuja jurisdição Dom Bosco trabalhou por quase vinte anos. Da mesma forma, não foi possível consultar, até agora, o arquivo da Casa Saboya; que deve conter escritos de grande interesse Cartas para as autoridades do governo central foram perdidas devido a uma série de circunstâncias. A transferência da capital de Turim para Florença e de Florença para Roma foi uma dessas circunstâncias, e não exatamente a mais insignificante. A sociedade seria uma tentativa quase desesperada de recuperar o manuscrito original das dezenas de cartas enviadas à família Callori (felizmente já publicadas, em grande parte).

16 Quanto à busca da correspondência de Dom Bosco com o Papa e a Cúria Romana, somente no arquivo secreto do Vaticano devem ser consultados centenas de arquivos espalhados em uma série de fontes: Secretaria de Estado, Epistulae latinae, Epístolas e Príncipes, Cardeal Spogli. , Nunciatura de Turim, Brevi, etc. Devemos também acrescentar os arquivos das Congregações Romanas, cujos fundos não foram reunidos neste arquivo secreto: Congregação de Bispos e Regulares, Propaganda Fide, Índice, etc. Tendo em mente a amplitude e a organização dos fundos do arquivo secreto do Vaticano, é possível entender a complexidade de uma investigação completa. Eu já dei alguns. passo nessa direção;e alguns resultados foram publicados na revista "Istituto Storico Salesiano" e na Ação Mediatrix de Dom Bosco na edição do Bispado vago na Itália 1858 da alta morte de Pio IX (1878), volume: ele gritou, Dom Bosco Nella Chiesa, p. 251-328. O ASC também está em processo de reorganização e a possibilidade de descobrir novas letras ou indicações sobre eles não está excluída. Quanto aos arquivos históricos da cidade de Turim, surpresas específicas são esperadas, como recentemente fez algumas pesquisas de alguma importância em vários fundos: cf. a introdução do estudo recente (em três partes): G. BRACCO (editado por), Turin e don Bosco, Torno,O ASC também está em processo de reorganização e a possibilidade de descobrir novas letras ou indicações sobre eles não está excluída. Quanto aos arquivos históricos da cidade de Turim, surpresas específicas são esperadas, como recentemente fez algumas pesquisas de alguma importância em vários fundos: cf. a introdução do estudo recente (em três partes): G. BRACCO (editado por), Turin e don Bosco, Torno, o ASC também está em processo de reorganização e a possibilidade de descobrir novas letras ou indicações sobre deles. Quanto aos arquivos históricos da cidade de Turim, surpresas específicas são esperadas, como recentemente fez algumas pesquisas de alguma importância em vários fundos: cf.a introdução do estudo recente (em três partes): G. BRACCO (editado por), Turin e don Bosco, Torno,
Arquivo Histórico da Cidade de Turim 1989.

Como reproduzir as cartas de Dom Bosco? Exatamente como é, sem modificações ou intervenções arbitrárias Editor: ou seja, os mesmos critérios filológicos que qualquer outro escrito por um autor teria sido publicado. Se algum erro fosse corrigido do ponto de vista historiográfico, seria necessário recorrer às "notas" da nota de rodapé. A carta do educador piemontês, como muitos sabem, é uma leitura problemática: mas para a qual ele já tem algo familiar, as dúvidas quase só reduzem a escolha entre letras maiúsculas e minúsculas para decifrar uma letra ou sílaba que parece (ou talvez é) um, mas que não pode ser mais do que outro, interpretar uma palavra que não parece boa. Outra coisa é o problema, claro,

Neste caso, poderemos prestar um serviço diplomático (mas com as modernas fotografías y y para textos do século XIX, "faz todavia um transcripción diplomática?"), Reproduzir as palavras de texto mais filológicamente atendíveis, portanto «corregido »Com os mínimos e indispensáveis ​​retomamentos de puntuación y ortográficos, com o uso de cursivo para os produtos de obras ou expresiones en otras lenguas, com a inclusão de evidentes lapsus calami (denominados por parte), y com diferentes divisões en párrafos respecto ao original.

2.3. Notas do editor

A articulação das notas será o seguinte:
1) O texto da carta irá precedido por notas descritivas. Se você der suas informações ao manuscrito (ou texto), você poderá editá-lo, arquivá-lo, tamanho, cor do papel, condição de pintura, papel especial, carimbo postal, carta a diplomica, ediciones anteriores aparências en las Memórias biográficas no Epistolario editado por don Cenia, breve resumo da carta. Claro, se você encher o cartão com Dom Bosco, não haya enviou o cartão.

2) O aparate de las variantes se estabelece imediatamente depois do papel do cartão correspondente. Nestes casos, se você segurar o papel do papel, se você tiver o autógrafo original ou o hológrafo, por tanto o aparato crítico apresentará todas as variantes. O honrarade exige que digam que o caso seja todo o caso, más que de interesantes desenvolvimento de ideias ou de nuevas aportaciones, se trata de añadidos ou supresiones de interesado limitado, ou bien de correcciones formales de pequeno valor literário óbvio. Desventando um único monumento de variante deste género não constituía um monumento solitário à obsesión pedante do editor, até que pueda converteu em um instrumento posible de lingalístico y de mejor conocimiento anualisis da pessoa don Bosco.

3) Por fim, seguiremos os historios que se seguem, nos dão a naturalidade da correspondência em que poderemos encontrar o melhor:
- das biografias, em relação às muitas semelhanças ou personalidades, descrições com frecuencia no sólo en repertorios nacionales , sino hasta en los regionales ou locales;
- de los archivos, por la respuestas a cada carta o para otros documentos a que se alude. Ayudará notar que, se não for possível, interesante poder-se-ão pasar por alto-determinadas alusões, exprimindo o modo de hablar que, mudando, interesará um quien todas as "cosas secretas" do que pertenecen à família espiritual de don Bosco ;
- as histórias da historiografia local, por os acontecimentos em marcha, sus antecedentes y consecuencias.

Desposses do cotejo de textos, o mayor problema o constituye em ilustración oportuna y precis. El peligro que que aludía está em aplastar bajo el peso de anotações excesivas o texto de la carte, que es el moven de una edición. Subordinando, como é justo, eu cometido com o escritor, quer dizer llegar para dar sistematicamente todas as ações indispensáveis ​​e nada mais. Está claro que, em relação com a indispensabilidade, as opiniões são diversas. Com todo, como mucho, os blocos de notas históricas ou de explicación servirán para identificar ao destinatário, às pessoas e aos lugares que citou, para justificar possíveis propósitos de fechas, para este poder exprimi as de difícil compreensão a um leitor de idéias , para informar sobre algunos lugares, ambientes,

Se você quiser fazer uma apresentação especial de suas qualificações acadêmicas e estudos técnicos, interpretações de histologia, os juicios de valor, a biografia biográfica de Dom Bosco. Em troca, não poderemos descobrir como extrair, em extração ou em sistema, em cartas a Dom Bosco, no caso em que serviremos para entender as mais altas de Dom Bosco. Do mismo modo se hará com muito do documentário feito de bravura, como promemorias, billetes, escritos de diferentes naturais que, um pecado seria propiasmente dichas, parezca important publishlas con el epistolario. No caso da extensão suplementiva, podrá servir para est est fin num documento apéndice.

7 Por «cartão» entende-se uma comunicação escrita de um indivíduo a otro, com uma fecha e lugar de origineencia, um lugar de destino, um caracteriário comienzo (incipit) e um saludo condicional, seguido da assinatura.

3. Conclusão

O tempo que se tem, não é uma questão de aliviar nenhum pouco sobre o plano metodológico: o de esperar um recursor? Todas as cartas anteriores de comenzar a publicar o epistolario? Aparte da hecho de que ninguna publicação de este género podrá decirse isto está completo, nunca, porque as investigaciones nunca são extensivas, me inclinei a responder negativamente por fazer a compra para tirar todas as cartas, provavelmente não imprime jamás. A situação actual nas bibliotecas e arquivos, para determinar a imposibilidad de identificar com os herederos ou descendentes dos destinatários de centos de manuscritos, é a demostración más tangible de que podrán aparecer cartas de don Bosco do caminho e no lugar menos pensados. "
De todos os modos, o hecho não debería criar problema: será possível adicionar suplementos y, gracias a los índices, situar cada carta na misma secuencia cronológica nos acompanhe nas textos estabelecidos no momento da edición de cada um dos volúmenes . Para os demás, no creo que se dé publicidad que la misma publicación.

O editor das cartas é perfeito para levar a sério a sua falta de apetite, com facilidade. A única qualificação específica que pode ser mostrada é aquela de edad, que debería permitir, Deo volente, llevar um término a obra em que se tenha desembarcado, y que dese convierta en la portación preciosa para uma interpretação bien cimentada del significado histórico, en la Iglesia y en la sociedad, de la personaidad y la obra de un hombre que se llamó Dom Bosco.

18 Um teste de todos os que herdaram cartas de ambientes e foi o que ficou difícil na presidência de autógrafos de Dom Bosco: Madagascar, Canadá, Tados Unidos de América, Guatemala, Checoslováquia etc. Nenhum dos destinatários dos contos mostra as residências em localidades; to veces los originais fueron llevados to misioneros que, o senhor de todos os lados, há um hacerse con ellos.

LA SITUAÇÃO DA UTILIZAÇÃO DO ARQUIVO CENTRAL SALESIANO


Raffaele FARINA


1. Breves Noticias Históricas sobre o Arquivo desde sus comienzos hasta 1972 '


Entre os primeros escritos de don Bosco encontre um Regulamento para oratórios festivos, compuesto entre 1847 e 1852, dos quais se conserva o manuscrito. Todo el capítulo IX está dedicado ao Archivero ou Escribano. This tenía, según se lee en el, elé comedido a guardar os libros de registos, bajo llave a música do Oratório, cuidar da pequeña biblioteca de libros escutados para a juventude, anotar o nombre e o domicílio de que llevaba en préstamo algún libro y vigilar para que não se ele perdeu ninguna coisa de propiedad do Oratório. Se trata de sustentar uma série de disposições tomadas de otros reglamentos e quedaron nos oratórios de don Bosco, segundo parece, em letra muerta. Os arquivos dos departamentos de vendas e vendas, de embargo, de forma empírica e com documentação abundante. Dom Bosco é o único a manter esta importante consideração para a gestão e recuperação de hecos: cartapacios escolares, listas de jóvenes, relaciones de confirmados, de misas, finiquitos con impresores; o teólogo Giovanni Borel, em primer colaborador ya en 1846, llevaba y guardaba la contabilidad. Depois, Dom Vittorio Alasonatti empezou-se a reconhecer listas de aceitação, de gaútos e ingresos, de rendimiento escolar.

Não se trata de todavía do Archivo de la Congregación, mas se insinúa ya. Os papéis que são produzidos para a atividade profissional e social têm um testemunho sobre as atividades do Fundador. Ya enos aosos 1860-61, jóvenes miembros de la naciente Religiosa congregação (entre ellos, Bonetti, Francesia, rua e otros) se sintieron obrigados a formar uma comisión para apuntar os hechos que parecían extraordinarios y las palabras de
Debo la redacciaón de este trabalho à generosa e fiel colaboração de don Vendel Fenyó.

Cf. P. STELLA, Arquivo Central Salesiano, en: L. PASZTOR, Guia das fontes latino-americanas de cegonha nos arquivos da Santa Sé e nos arquivos eclesiásticos da Itália, Vaticano 1970, 521; V. FENYÓ, O Arquivo Central Salesiano, em RSS 4 (1985) 149-151.

Vêase la edición de 1877 en: OE XXIX, 49-50; cf. también: MB III, 104.

su superior y padre, parágrafo "nada do que pertence a Dom Bosco caiu no esquecimento." 4
Arquivo sigue as vicissitudes e o desenvolvimento da joven Congregação e da Casa Madre de Turim-Valdocco. Se eu os atribuísse a um local, não haveria um espacioso, pero bueno. El responsable fue des el el comienzo el Secretarial general de la Congregación. Não há registos de álgum reglamento e opúsculo que nos ilustre sobre aquél. O último orador de San Juan Bosco, P. Pietro Ricaldone, dedica um número de "Atos do Capítulo Superior" a los archivos. En el extende-se hablando of the archivas de las casas salesianas. Se detém os arquitectos inspectoriais e se limita a nombrar sólo o "Arquivo Geral da Congregação".
Na era do pós-guerra da última guerra, a ideia de uma reordenação completa do Archivo (fue ocasión de que se mudou no nombre em "Arquivo Salesiano Central"). Se você sabe como fazer isso, você precisa de um novo título, você irá encontrá-lo no sistema decimal. A alma da empresa foi don Tomás Bordas. Elabora o novo plano de classificação, que servirá como também as bibliotecas dos arquivos.6 Esta veia em vista de utilização foi o bibliotecário, se incluído no novo plano a maior parte do tempo, preparado com cuidado meticuloso, que comprometendo, a menos parcialmente, o ordenamento essencialmente arquivando, según la naturaleza dos contenidos: muchos materiales, en efecto, se sacaron del encartamiento en el que debian haber figurado y fueron dispôs em posições extrañas (expedientes de cada superior, papeles enviados por as diferentes dicastérios à Secretaría geral de Conselho superior, etc.). Assim, desde o princípio, se trastocó o critério de arquivio de origem y tem de cronología do material de papeles, que se deposaba a veces mensalmente en el Archivo. Este foi absorvendo-se lentamente e confundindo-se em um Arquivo de "diário" e o histórico de uma Congregación que ya tenía dimensiones mundiales. que se depositaba a veces semanalmente en el Archivo. Este foi absorvendo-se lentamente e confundindo-se em um Arquivo de "diário" e o histórico de uma Congregación que ya tenía dimensiones mundiales. que se depositaba a veces semanalmente en el Archivo. Este foi absorvendo-se lentamente e confundindo-se em um Arquivo de "diário" e o histórico de uma Congregación que ya tenía dimensiones mundiales.

Durante a vida, que secular, o Archivo tem denominações diferentes. No princípio se utiliza indistintamente o termo «Arquivo da Congregação» ou «Arquivo Salesiano» .. Desde os primeiros decénios deste siglo se habla do «Arquivo do Capítulo Superior», expressão que se encaixa na maior parte dos papéis conservados hasta 1972 De 1951 a 1985 publicou o "Arquivo Salesiano Central" 7 e entrou no vigor do Rego
• MB VI, 861-863; VII, 129.

• ACS (1943) n. 120, 279.

6 Cf. BORDAS, A CLASSIFICAÇÃO DE DIMINUIÇÕES DECORRENTES DA CONGRUÇÃO COMERCIAL PARA VARIEDADES E ARQUIVOS, EM "Boletim da Direção Geral de Arquivamentos e Bibliotecas" 2 (1953) 14, 13-16.

• A decir verdad, o volume de Don Torras (cf. nota 13) lleva ya la denominación "Arquivo Salesiano Central". O embargo é, aparentemente, o cambio (que ele introduziu com o fim de confusao com o acrônimo de misma usado pela publicación periódica "Actos do Capítulo Superior" [ACS]).

lamento, el de "Arquivo Salesiano Central" .8
Bajo a dependência da Secretaria Geral do Conselho Superior (Consejo geral) se tiverem sucedido, d el eliempo de don Bosco hasta hoy, os siguientes archiveros na direção do Salesiano Archivo Central : 9
1. Don Gioacchino Berto (1847-1914): Secretário de Dom Bosco hasta 1882. Le ayudaban en su trabajo de archivo don Michele Rua, don Angelo Lago, don Giuseppe Lazzero, don Francesco Dalmazzo y otros. También Carlo Viglietti (1864-1915), que sucedeu em 1882 como secretário de Dom Bosco, foi colaborador suyo na recogida y ordenamiento cuidadoso de los escritos que se refere à Congregación Salesiana.

2. Pe. Giovanni Schlapfer (1884-1946): ser clérigo estudiante ayudaba a don Berto y, apenas ordenado sacerdote a 20 de julio de 1913, a las cerimônias de don Calogero Gusmano, secretário do Conselho superior (1912-1935), sucedeu Don Berto como arquivador. Catalogó el Archivo com o ayuda do senhor Giuseppe Balestra (1868-1942), secretário particular de don Rua. Don Schlapfer, aun con criterios empíricos, elaborou um cuidadoso ordenamiento do Archivo, alterado después por su suoror. Fue responsável pelo Archivo hasta
1946.

3. Don Tomás Bordas (1889-1968): Trabalhou no Arquivo desde 1926 e tomou a direção em 1946, com o apoio de Schlachfer. Le ayudaron en el Archivo don Johann Birkenbiehl e don Luigi Tavano. Se você der para eles a primeira redação sistemática de um titulary do Archivo, eu aprenderei da classificação de Dewey por haber colaborado no traslado do mais importante de Archivo a los subterráneos da basílica de María Auxiliadora de Turín, para substituí-lo por a possibilidade de destruição nos bombardeios aéreos da cidade durante a segunda guerra mundial.

4. Don Pietro Stella, apreciado estudioso de don Bosco, estuvo com Don Bordas em 1961 e dirigiu o Archivo hasta de 1965. Se ele se dedicou especialmente à organização e classificação do «Don Bosco Fund», o cuyo conocimiento cuidaro processen sus conocidos trabajos Dom Bosco

5. Na verdade, portanto com o grado de vicedirector desde 1985, ele dirige de 1965 ao Archivo don Vendel Fenyó, com os ayuda, desde hace algunos años, de don Tarcisio Valsecchi e, mais tarde, de don Jaroslav Polácek e de don Ambrogio Park. Debernos recordar también aquí la dirección Durante dos anos (1980-1981), curto, no entanto, por don Ugo Santucci.i °
8 ACG 66 (1985) n. 314, 48-56.

9 A. MART / N, Jaén en los archivos de Roma: Instituciones giennenses en la Archivo Central Sa
lesiano, en «Boletín del Instituto de Estudios Giennenses» 90 (1976) 6-7.

"Cf. Lista Salesiana Dom Bosco 1980/1981, vol. I, p. 11-12 (Sectores e actividades da
Casa geral).

2. A problemática que se instala no traslado em Roma (1972)

Em 1972, a "Direcção Geral de Dom Bosco trabalha" pasa de Turín, em Roma, em um novo local (via della Pisana, 1111, adjacente ao "Grande Raccordo Anulare"), llevando consigo também el archivo. O traslado e a nova sistematização de tuvieron lugar, pecado inconvenientes, en pocos meses. O prefeito parte do documentário se encontra em seu estado natural, em seu conteúdo "Resisto", em um local, em menos porhora, suficientemente amplo, climatizado com uma temperatura de 20 ° y humedad de 50 °.

A falta de espacio obrigou a uma opcao que, ao fin y al cabo, se demostrado de utilidad, como fue de la sacar del Archivo la llamada «Biblioteca historica» de Turim-Valdocco, que encontró, también ella, com a criacao do «Instituto Salesiano Histórico» em 1982, em 1985, com a sistematização da biblioteca da Casa Geral, em local definitivo. No hay que silenciar aquí el hecho deplorable de que, en estesta separación, hecha sin un debido control, se perdessem algunos ejemplares de obras que formaban parte de la llamada «Biblioteca de Dom Bosco», es decir, a biblioteca que usó el santo durante a vida. Esta é a segunda vez que a família de Don Bosco se hospeda em Turim-Valdocco, que pode ser separada da Roma.

Este tem sido um dos problemas que o responsivo do Archivo, ao llegar em Roma, na grande crise, debió afrontar. A problemática fue hecha presenta repetitivamente por don Fenyii, sobre todo em 1973, a con con su discreción característica, em um memorando e apuntes, estes conocenam os últimos veinte años han tenido relación com o Archivo ou se se ocupado de algún en estudios sobre nuestro Fundador y sobre a Congregação Salesiana. ° Ele também sintetizou algunos dos problemas plantados:
1. A clasificación decimal, realizada em 1951, com o mérito de facilitar a inscrição do material para o segmento y personas, pelo pecado como suficiente e adecuadamente o princípio en archivos, de la procedencia del material. Por esta razão, a história, bem como debilitada, os resultados e competências do tema da história e ordem e material no documento
1. 12 2. O planejamento de classificação, redigir com estos critérios de división decimal, no tenía en cuenta división que se USABA en los Archivos de las Casas
"Cf. por ejemplo: V. Fenyo, o Arquivo Central:. dificuldades na consulta (15 de Abril 1973); id, os problemas do plano de classificação na Central salesiano (2 de Maio 1973). Cf. también:
J. HOMOLA, A função do Secretariado Geral de uma Casa Geral em relação ao Arquivo, em particular com o atual (Trabalho de estudo apresentado na Escola de Arquivos do Arquivo Secreto Vaticano de 1973). Este trabalho, redigido por um salesiano, se você fizer referência à situação do Arquivo da Casa Generalicia Salesiana.

Leyendo el trabajo citado na nota 6, se este critério for claramente adotado por Don Bordas no recolhimento e ordenação do material e uma «Oficina de Prensa» bien equipada.

Nós merecemos um registro disto, desde que nós entregamos a carga, don Bordas processía precisamente de tipo de deicina.

generalicias, es decir, división en los tres núcleos tradicionals de generalia, provincia, personalia, aes éstos se podían deducir sin gran dificultad do conjunto de voces.

3. A consulta foi difícil, por falta de instrumentos de descrição e de pesquisa. O único instrumento era o título, de cuyos defeitos e o primeiro antes.

4. O material dos arquivos não estabelecido com único critério. Mucho material do tipo de mismo se encontraba em diversas secciones.

5. El fichado del material criado e está a medias. En algunas partes o secciones, está bien hecho. En otras, menos. Por motivos motivos e por os apuntados no n. 3, a consulta Exige que o arquivista dedique o tempo para a busca pelo serviço do investigador-estudante ou que permita aos estudos o material direto do material, que seja inadmissível.

6. Faltaba el reglamento del Archivo y esto creaba problemas aos que apenas hemos hecho referencia; y otros, como o ingreso de material dos despachos no el archivo y el de la clasificación de ese material.

7. Algunos de los problem of the Archivo receberam a insuficiente organização dos despachos, que produzem documentos para o Archivo.

3. A reprodução das microfichas do "Fundo Dom Bosco" (1979-1980)

La sección del Archivo que se refiere no Fundador, continuamente consultada, como o fue desde e o princípio da Congregação, requiere a máxima atenção. Por eso se pensou conservar sua integridad recurriendo a microfilme. O trabalho foi realizado entre junho de 1979 e o jimio de 1980 e o salesiano padre español don Alfonso Torras. Se tomado de 2.322 microfichas (150 x 104 mm), Cada una de las cuales contém 60 fotogramas. The quiere decir 139.151 páginas de documentos reproducidos.

Para uma utilização adecuada deste fundo Microfilmado, se você proceder à numeração dos papéis um por uno, para sua colocação vertical e horizontal sobre o microficha: 5 filas de 12 fotogramas por fiCha. Se deve importar o índice ou o catálogo para identificar cada um dos pontos localizados na ficha. Estimado último trabajo de don Torras público - despiu impreso em 629 páginas. ° A consulta deste Fundo é posível, não só na Central Salesiana Central, até que existe também um instituto de vendas do mundo que adquirieron copias. "
13 ARQUIVO SALESIANO CENTRAL , Fundo Dom Bosco, Microsizing and description, editado por A. Torras, Roma, Diretor Geral para as Obras Dom Bosco, 1980.

"A. Torras, uma petição de algas inspetoras salesianas, realizada, entre 1980 e 1982, uma segunda série de microfichas (149.090 fotogramas) das quais, desgraciadamente, não tem la guia.

A realização de tal empresa, um fracasso debitado à organização não completa do Arquivo, merece um sincero agradecimento. Não só tem logrado até que se propôs de salvaguardar para a posteridade um tesouro precioso dos avatares do tempo (guerras, incendios, terremotos, etc.) y do diário use para consulta, até que tenha sido dado práticamente à disposição dos estudiosos de todo mundo, que no siempre exibem a possibilidade de consultar em Roma os originais.

Precisamente um fundo microfilmado hace pensar em sua segunda edição, com a programação do “Fundo Dom Bosco”. Se você pode ter acesso a cada ficha a assinatura de cada documento e mais uma guia para consulta mais acessível intuitivamente.


4. A sistematização do Archivo (1984-1988)


A iniciativa para a reprodução do "Fundo Dom Bosco" sobre microfichas é um exemplo que move um novo clima.

Os Capítulos gerais, do Especial de 1970-1971, tiveram um convite à renovação e um estímulo ao estudo do espírito do Fundador e da Cultura, por consiguiente, à valorização de todo o que se recolheu por escrito. . Se pueden recordar, como mais salientes, a restituição, em 1972, na Pontifícia Universidade Salesiana, do "Centro de Estudos Dom Bosco", que constitui a consecuencia do Capítulo Geral Especial (cf. Actas n. 186), 16 y la fundación, en 1982, na Casa Geral do "Instituto Histórico Salesiano", de acuerdo com a deliberação do Capítulo geral 21 de 1977-78 (Actas n. 105 ss.). "
A exigência de emprego e de estudo do Instituto Histórico Salesiano, apenas nacido, determinou o impulso definitivo à recente sistematização do Arquivo, em cuya preparación y puesta en marcha participate de manera activa y directa. Esto se hizo en tres etapas: a preparação e promulgação do Reglamento, a preparação de sua "informatização", a misma «informatización».

15 Se poueden ver algunas indicaciones sobre a organização do "Don Bosco Fund" em: P. STELLA, Os escritos impressos de S. Giovanni Bosco, Roma, LAS 1977, p. 15-16.

16 Cf. Atos do Capítulo Geral Especial XX, 457; R. FARINA, Lendo Dom Bosco hoje: notas e sugestões metodológicas, en: P. BROCARDO (ed.), A formação permanente desafia os institutos religiosos, Leumann (Turim), Elle Di Ci 1976, p. 356.

17 Cf. el primer número de RSS 1 (1982).

4.1. O Regimento do Arquivo Salesiano Central (24 de maio de 1985) 18


Promulgado com o cartão do Reitor Mayor, dirige-o ao Secretário Geral, 'o Reglamento de Arquivos contém no programa de reestructuración, que se está a llevando um efectivo desde hace tres años y que se puede decir que está sustancialmente acabado, sim se prescinds de hecho de que a inclusão de todo o material do Arquivo llevará un buen número no ajuste de años.

Por um lado, encontramos o melhor do conteúdo das coisas mais importantes:
1. A constituição de um grupo de arquivistas, com a devida preparação, um guia para um diretor e um vice-diretor, que tem o poder de organizar, classificar e inventariar, codificar e "informatização", además da conservação da documentação contida no Archivo (art. 4-14). Este momento, toda a responsabilidade e o trabalho gravaban, casos exclusivamente, sobre as pessoas de uma pessoa.

2. A divisão do material documental, de tipo razónico de tipo prático, em quatro secções: Arquivo histórico, Arquivo de depósito, Arquivo corriente e Arquivo de procesos reservados (art. 15-16).

3. A reglamentación detallada de la consult do Archivo (art. 17-27). Na carta de promulgación, o reitor Mayor determina a abertura do Archivo à consulta dos estos daqueles que solicitam, atenuam as normas do Reglamento, ha 1931, ano da morte do tercer de sucesor de don Bosco.

4. O programa de organização do documentário no arquivo, que contemple, sobre todo: 1) censo de todos os documentos (registro e comércio); 2) recorrer a cada documento em numerosas e assiduidade de um código de clasificación, que tem como referência o plano de clasificación del Archivo, e de un número de colocación, que determina a identidade de cada documento; 3) a entrada de cada documento no Arquivo; 4) a classificação.

"Cf. ACG (1985) 48-49. El Reglamento é uma continuação da carta (p. 50-56). À inspetora salesiana: um ministério para o animação e o governo da comunidade provincial, Roma, Direcção-Geral das Obras Dom Bosco 1987), el Apéndice 13 (pág. 547-558) confirma e apresenta as indicações para os archivos inspectoriais e locais por Dom Ricaldone em 1943 (cf. nota 5).

"Pecado embargo, como tem sido completamente resolvido pelo problema do protocolo para o setor geral da Casa Geral (nem existe, por exemplo, um Reglamento que prescriba, entre otras cosas, uma forma mais ou menos uniforme de entregar os expedientes cerrados), o Arquivo Central continúa teniendo, em um lugar contíguo, um arquivo que es, para mismo tiempo, depósito e arquivo corriente (Reg., art. 15, par. 3-4).

4.2. A preparação para o ordenador


This important trabajo procedió, with todas as cautelas debitadas no ser de primeros neste campo, em tres frentes al mismo tiempo. Ante todo, se tuvo que preparar el Archivo é um empreendimento tão importante. Se trataba de resolver o problema antiguo da separação do Archivo histórico do Archivo correspondente. Esto se hizo: 1) repatriar as entradas de los despachos no Archivo a los establecidos en el Reglamento (Re g., Art. 36) cada seis o doce e todo o caso, incluindo os processos está concluidos e, por tanto, não sacarlos de nuevo do Archivo ni «hincharlos»; 20 2) extrayendo, com um trabalho que durou em total unos dos anos, todas as carpetes e documentación de los hermanos salesianos vivos, para formar um Archivo corriente propósito, de todo nuevo , localizado em um local contíguo e dependente da Secretaría geral, de todos os modos, do todo independiente y fuera do Archivo Salesiano Central; 3) numerando todas as cajas que contenham os documentos, 2 'de modo que se eles puderem ser atribuídos a cada um deles, um número é sua própria referência à caja ya la "camisa" ou sobre en la que se encuentra.

A atribuição de uma única palavra individual à designação de cada documento distingue-se ao último de todos os tipos de mídia para encontrar os documentos conservados (busca de 2.500.000). La búsqueda deberá hacerse no ya como hasta ahora, haciendo referencia local à la clasificación, to través del ordenador, haciendo referencia a la colocación. Para os fins das diligências que não ocorreram se eles fornecem os documentos nos segredos da classificação reincidente, até a integração completa como o depósito dos bens e a reconciliação é a abreviatura do encontro central. Serão possíveis consultar, según as normas habituais e com ventajas de que cada historiador conoce o documentário exactamente como entró en el Archivo.

Mentras tanto se tinha elaborado um sistema, único para o Archivo y para a Secretaría geral, pela asignación de um código alfanumérico tanto com las casas como para os hermanos salesianos desde o comienzo de la Congregación hasta hoy Era o primer paso para a reducción do plano de clasificación de los documentos. Éste recibió su última
20 Foi necessário um grande trabalho de compulsão e revisão dos nomes dos hermanos, vivos e diferentes, cada um dos cidadãos - para evitar todo o tipo de confusão e de futuros futuros - está contraseñado com um propio y exclusivo «código alfanumérico» (no más de 6 cifras ou letras). El "código" (por ej. 78A001) comienza de cifras y letra que se refieren año de entrada en la Congregación (78A = 1878; 78B = 2078 etc.); siguen tres cifras, com las cuales filho señalados progressivamente, de um em adelante (001, 002, 003 etc.), os hermanos que deste modo entram na Congregação.

21 A numeração de las cajas vai de A000 a A999 em el primer millar; de Z000 a Z999 no 25º milhar. Na numeração do 26º ao 50º milhar se passar a letra para a final: 000A-999A, 000Z-999Z.

redacción el 31 de mayo de 1988 y constituye el punto de referencia para el fichado a través do ordenador do Salesian Central Archivo.

Mentras que estão no plano anterior dos títulos em dívida, agora se ha convertido em veintitrés. Empiezan com uma letra do alfabeto, exceto os que refierem os hermanos, que empiezan, en cambio, por uma figura.

4.3. El proceso por ordenador


Sim, no arquivamento, as vantagens e desvantagens normativas podem ser encontradas no Arquivo, mas se o destino pode ser uma solução suficiente do mismo, tal como nos embarcou na aventura da procissão de mismo por ordenador. Es que que, no começo, descorazona a cualquiera. Mas não há arrepentido, então a chaminé que hay que recorre é largo. A sería más todavía e quisiésemos usar os meios tradicionais para a gestão de um arquivio así.

Preparando o plano e fazendo o documento e numeração dos documentos, depois de algunos meses de rodaje, se a memorização (entrada) é para um documento (que pode ser um simples fólio de apuntes ou um conjunto de hojas ou páginas), de los siguientes datos: Colocação, Clasificación, Tipo de documento, Região, Lugar de origem, Autor / es, Destinatário / s, Título / Próximo, Soporte, Nova Iorque, páginas, Presentación, Autenticidad (Originales / Autógrafos), Publicación (Si / Não), Claves de búsqueda (referencia de hacen plano de clasificación: 32 posibilidades).

O número de documentos, calculando a base de 6.700 propriedades existentes nos arquivos, cada um dos quais contém uma média de 400 documentos, como a aproximação de 2,5 milhões. Calculando o número dos vocábulos por cada documento e a amplitude das algunas de ellas (por exemplo, Título, Resumen, claves de búsqueda ...), se ele puder ter uma ideia do trabalho e do vício da mulher empreendida. Se você morrer, você tem direito à memorização do "Don Bosco Fund": se trata de 30.000 documentos e acaba de entrar dentro de cinco anos.

As ventajas deste sistema são aquelas que apresentam cualquier fichado (censo,
ordenación , colocación, clasificación) y com ahorro de pessoal, rapidez, exactidad e posibilidad de um tipo de búsqueda (unívoca ou cruzada con dos ou más voces ou campos) impensable com los sistemas tradicionales. Se a garantia además a segurança de encontrar o documento memorizado em 99%.

Mientras se avança nesta área, o Archivo permanentemente aderiu à consulta dos estetos, e os archiveros, um com compromisso sério, se eles generosamente derem ayudarles um encontrar a documentação que eles especificam, com frecuencia, em su lectura e interpretação. Muito obrigado, eu agradeço por este prestigiado tributo e disponibilidade, e compro para todos os possíveis descuidados, sobre todo, retrasos.

DON BOSCO
NA IGLESIA PELO SOCIEDAD
DON BOSCO Y IGLESIA EN EL MUNDO DE SU TIEMPO

Émile POULAT
A Iglesia vive e é vívida no presente. Pero no está preâmbulo: el presente no es su limite ni su horizonte; es mais bien su condición. Según a fórmula do Vaticano II, a Iglesia se sitúa "en el mundo de este tempo", o nuestro contemporâneo, que camina o paso de los hombres que o modelano.

Decir don Bosco es decir els siglo pasado, su tiempo, difícil para la Iglesia, y en esé aspecto muy parecido to nuestro y, sin embargo, muy different. O mundo do mundo, que não pode darnos idéia de verdad. Um mundo desaparecido para integrar as guerras mundiais e presionantes transformações técnicas.

Dom Bosco y la Iglesia en el mundo de su tiempo: não querer ponerme a as aquí lo lo historiadores conocen hasta também bien, quiero decir, as peripécias do grande conflito entre a Iglesia romana e a sociedade moderna, o sentimiento de incompatibilidad que las coloca um contra o otra com a misma intransigencia, conciliación pecado ou reconciliación imaginables. A inteligencia e a generosidade que uma situacao como e levanta nos catolicos para nao dejarse abatir, para reconquistar o terreno perdido y volver um poner em seu sitio las cosas en lo que posible.

Eu reivindico que a pesquisa de reflexão e investigação tem mais modestos, sobre os quais a investigação se aventurou muito pouco.

1. El contexto

La historia y Política religiosa se han Mostrado sensibles um fuerzas that las vieram enfrentándose ya los conflictos INTERNOS Exteriores y que esa resultaban de Oposición. Menos atención se Prestado, en mudança, a los intereses ya todo lo que constituía o puesta en juego de esa lucha, EXCEPTO en sus traducciones ideológicas. Puede servirnos de ayuda a categoría, um término que no es nuevo, que es, pelo contrário, uma categoría corriente y clásica: o de cultura, Civilización.

Nós estamos muito sensibilizados com o pluralismo das culturas e a história das civilizações. A curiosidad antropológica e a evolução internacional nos ha ayudado neste sentido.

Recordamos que hubo era uma era do cristianismo e uma civilização cristã, reactualizados de Lamennais a Maritain, si podemos decirlo así. El encuentro del cristianismo y estas civilizaciones lo miramos según o modo de aculturación o inculturación; pensamos en la cristiandad como um encuentro logrado em seus limites e pensamos na civilização cristã como um ideal cada día más problemático. Deploramos o choque da cultura que acompanham, com suspense destructores, a difusión en el mundo de los occidentales de los. Os cristiandes não mudam, certamente - ou não é - a imagem que nos mostra a historia interna de nossos paises europeus com o hace dos siglos hasta hoy.

Você pode embarcar, com precisão, no tempo de um estrondoso choque de culturas, como um "topete" frontal entre os continentes: um bairro cultural que enche a cidade, um novo mundo, uma nova civilização, uma cidade na fronteira, na cidade, o progresso. a democracia no território da antigua civilización católica ou, mais geralmente, cristã.

Este conflicto lo fraccionamos nosotros, ou bien lo interpretamos. Evocamos um clima de hostilidade anticlerical, um processo duplo de secularización e descristianación ante o catolicismo reacciona com um projecto de restauração de uma ordem social cristã: uma Iglesia, em uma palabra, com uma mirada no pasado y otra no futuro, no entanto, em todo caso, extraña y refractaria até o presente.

Nuestra visión ha ido alterando medida que a situação evolucionaba y que a figura do tempo, a relação entre os combustíveis, as formas de lucha iban modificándose. Porém, este realismo é necessário, atuou em sua lembrança e nuestra comprensorio de pasado. No entanto, há uma noche de recuerdos que vem uma echarse encima, que é o veredicto de um juicio. Severo. Pedimos à inteligencia que tenemos ahora do presente e do mundo circunstante. Em um primeiro momento, é preciso perder a propria alma e sua propria identidade. Se convierte um en color de pasado. É bem sucedido que tenhamos um bom tempo e tenhamos estabelecido o momento de aceitação de uma lucidez difícil.

O tenido experiencia de ello com ocasión do centenario da morte de P. Emmanuel d'Alzon (1810-1880), fundador dos asuncionistas, no coloquio que tuve que moderar en aquella ocasión. Uma entrevista de estreitamento, em que um centenário de religião e religião da Assunção se encontraban com unos marmelos historiadores. Um precioso Esencial - "Como posso encontrar uma apresentação descritiva de um financiador como este, como posso ter um lugar melhor, como fazê-lo, como fazê-lo?" - Chocaba contra a parede do sabre universitário. Y que congregación fundada el siglo pasado no tenido que resolve por? Cuenta propia ese questioner?
No mesmo período se razonaba por medio de oposiciones macizas: Italia Negra e Italia Blanca, as «Francias» (de Voltaire e de M. Homais e de San Luis, de Juana de Arco e dos cruzados). Mais profundamente, continua uma interpretação agostiniana da historia, sobre a interpretação da interpretação da palavra mantém uma controvérsia secular. El siglo XIX fue más anticatólico, y hasta antirromano, que verdaderamente irreligioso. Nunca se viu uma proliferação semeus de novos cristãos, de profetas, de mesias, de fundadores de religiões, o prefeito das veias efímeras; em inspiración común foi siempre la búsqueda de una religión de la humanidad, Que a los seguidores de histórico cristianismo não aparecer PODIA até blasfêmia Como, aberración contradicción y en sus Términos.

No seio da Iglesia católica, a respuesta fue é geralmente ambivalente. Por um lado, se sentía todavia na posición dominante, na razón do puesto que se ocupa nas instituições e no número de fiéis que contaba. Por outro lado, o embargo, com o uso de uma revolución por quevo que pagam um alto precio. A Iglesia se sintió amenazada por um enemigo proteasorme e omnipresente, que con paciencia iba undermining corroyendo su influencia; Um inimigo que actua ao descubrido, no entanto que também tramaba na sombra de sectas e de sociedades secretas. ¿Cómo se podía pensar en im comprometiso, en a philo, en una conciliación? A cínica regla posible era a intransigencia, com a disciplina y a concentración que a suelen acompañar.

Uma intransigencia também se funda también en varías ambigüedades. A primera dá descubierto a relación de incertidumbre. The Iglesia se siente todavía en posición mayoritaria, expuesta to the riesgo Permanente de perder un día - ¿próximo do lejano? - esa posición para desespertarse en minoría; mas a mismo tiempo é siente ya por toda a minoria. La segunda es una cuestión de valoración. ¿Cómo se puede pertenecer a propio tiempo, a lin tiempo que parte de puntos inaceitáveis, rechazando toda nostalgia por lo que ya tem pasado definitivamente? ¿Y cómo tomar en pasados ​​cuenta los hechos desde legitimar a mismo tiempo el juego de la violencia y el derecho del mas fuerte en la historia, desde sacrificar um pasado fue that Grande y que sigue siendo respetable; sin, en una palabra, renegar de sí mismos?
Das incertidumbres, las perplejidades, as divisões e as contradições entre os católicos. Em los extremos se enrolando, por uma parte, uma intransigência branda, modulada - os liberais liberais que invocam a hipótesis oficial do pecado renegam a tese da marcha - por, outrora, uma intransigencia paroxística, ativa - os católicos «apocalípticos», que ponen the tesis común inside de una hipótesis sobrenatural, más segura to sus ojos que la liberal: venganza divina, penitencia y arrepentimiento, profecías y visiones, grandes y pequeñas maniobras satánicas, catástrofes sangrientas y terribles. '
! Por ejemplo, a profecia de Prémol, tanto se divulgou: «Quels sont ces bruits de guerre et d'epouvante qu'apportent les quatre vents? O Dragão é um dos mais altos e mais perigosos e mais confusos. Os hommes e os peuples sont levés les uns contra os autres. Wars! Wars! Guerres civiles, guerres étrangéres. Quels chocs effroyables! ». Por «dragón» feno
Los segundos elevaban la voz, alzaban el tono, cargaban las dosis. Um clima de este género hacia Cada Vez Menos posible la de los Católicos Liberales linha, reforzando a Católica Oposición ao Modernidad, endureciendo a Católica identidad, facilitando el CIERRE de Filas movilización y la de las fuerzas Católicas. En una palabra, hizo neta la división de los campos. Hizo ouvir sobre o peso na relação de fuzsas, sem ter que advogar pelos problemas e problemas no campo contrário aos católicos - numerosos - que são de outro modo a sociedade moderna e a que pode ser a vida religiosa.

Hugh aquí alusión a los secuaces del que ele llamado catolicismo burgués, distinguido pelo catolicismo liberal na hecho de que não admitem em tese intransigente. Para él, la e la vida cristians filho, ante todo, hechos de conciencia, condiz de ordenado privado y familiar. Somente a influência do indivíduo a impede de atuar na sociedade. Se você é constituído, no século XIX, de tipos de catolicismo, reciprocamente irredutíveis, de que a Igreja romana reconociou um só, mientas que o segundo tenue que quedar de eso desconocido para historiadores e sociólogos, ante a imposibilidad inicial de identificá-lo. O que se logrou conocer de ello é casualmente está muy lejos de hacer entendre em importancia real. '
En los de Antipodas um depoimento religión y de un Apostolado conquistador, este cristianismo interior, seco y reservado, más que Definir uma categoría, señala um temperamento.3
Hasta pódios llegar a una vida mística, poseemos Que de lo afetadas por muitos entendre testique o "Revolución ». Cf. também a investigação iniciada por PG CAmmiaz, 11 diabo, Roma e a revolução, em «Revista de História e Literatura Religiosa» 3 (1972) 485-516.

2 ¿É necessário repeti-la «catolicismo burgués» no es la religión de toda a burguesia, e tampoco da burguesa única, até que a concepção do papel e do lugar da religião que aparecem com o espíritu burgués e fue desarrollada por éste, en íntima simbiosis with su actividad económica? Max Weber había asociado esta última com a ética protestante: neste sentido, o catolicismo é um auténtico de protestantismo. O catolicismo rigoroso sobre o jansenismo, fue uma expressão e um veiculo do mismo, mais todo o seu lugar de origem. El alfonsianismo y el salesianism fueron un antídoto tardio de aquile en el mismo de su origen. Somente uma investigação positiva pode nos dar um modelo histórico e espiritual. B.

3 "A plus deep et au plus pur de nos coeurs fidéles, nous tendons tous a une religión sans église, sans sculpture et sans peinture": as observações do dominico PA Couturier, precursor da renovação da arte religiosa. Cf. La vérité blessée, Paris, Plon 1984, p. 311. Uma das testemunhas de um best-seller recente de um párroco rural da Normandia: B. ALEXANDRE, Le horsain, Paris, Plon 1988 (na colecção "Retroescavadora Humaine" directida por J. Malaurie) . Tem pasado em vida em Pays de Caux, observando no gosto as fantasias e as tradições de seus habitantes; mas permaneciendo para ellos siempre o "extranjero": uma tradição que não mudou grande coisa por mucho que se pueda a remontar en el tiempo, um catolicismo que, por otra parte, tem cambdo mucho desde a última geração, y campesinos que parece que não tienen vida interior. Evidentemente, o autor não possui o Maupassant, que apresenta um imagen de esos campesinos completamente diferente; pero que sesentía, entre ellos, como en su casa.

raoníos. Mais frecuente, fue a religião de convicções silenciosas e de práticas jabilhadas entre a cuna e a tumba, en las que, sem embargo, "não entram e se importam"; al, cure no se le pedia mais que que hiciese su papel ». Y, sin embargo, es ESTA fe, compartida, a pesar de un fondo de Divergências sobre el lugar that debe batendo uns nos outros, o Explica Que grande persistencia uma moral común de los "dos campos». É exatamente a acepção desta moral que permete na França a Jules Ferry, em 1882, hacer laicos los programas da enseñanza primária pública. Esta é a solução ideal para os fundamentos da moralidade religiosa baseada no imperativo de fuerza imperativa y su evidencia social. El maestro, a seguir igual antes, seguirá enseñando «a buena antigua moral de nuestros padres, a nuestra, a vuestra,

¿Apenas uma idéntica moral? Haría falta empezar ya distingue entre uma venida moral da Ilustración, no muy difundida todavía, privilégio de um grupo de seleçom social, e a moral do Decálogo, fundada na tradição judeocristiana, sobre quem se encontra de encontro ao Le Play y Ferry, adversarios en lo demás: "Auto-obedientes, não digas mentiras, sem vestes, sem companheiros". O embargo do pecado, também pode distinguir entre a moral católica e a moral laica (o parlamento de francés terá a experiência pronta para votar em 1884 as leas introduzem o divórcio). A primera, a abandonar o rigorismo anterior, não há hacking cienically estricta y exigente, hasta o punto de alejar um dos fieis del confesonario. Quería ser severa y austera, que é o autor de um juzgar à la casa mais fácil y acomodaticia. Este es, no obstante, um ponto de vista unilateral, que uma investigação sobre a moral - cencienta de nuestros estudios - tendrá que rectificar. Estabelecido, em efeito, também há muitos sentidos sensíveis, sobre os que não estabelecem dispensa a ceder e encontrar que acentos pascalianos para fustigar o católico laxismo. Cada una das las leva, em fin, em perfil particular. ¿Qué más podemos decir?
Sobre estos temas, a carencia parece general. Conocemos bien tem sistemas de filosofia formados em todo o passado. A história dos costumbres, o modus de actuar y mentalidad, parece atraer vocaciones e comienza a desplegar su curiosidad. Perder o espacio intermediário queda por llenar totalmente. Fuera de toda teorización, ¿qué energías éticas mueven a esos grupos sociales que chocan entre sim a veces tan durre sobre idéias e intereses? ¿Em qué se sien deudoras ante la fé y la moral de la Iglesia católica? ¿Descienden todas as una sola e idéntica comprensión of Christianity?
Durante mucho tiempo la divergencia pareció sutil: se sabía que se diferia sobre as certezas, embora sentían participasse da misma moral. Etnogos y sociólogos no thisa convicción muy extendida: muestra, es verdad, que nuestra moral no es universal, que hace falta relativizarla a través de la história da cultura e das civilizações, mas sigue en pie que les tem a chaminé de el que no hace até precederlas. De hecho, a divergência se vai consolidando em medida que esta universalidad vaya cediendo, em medida que as situaciones nuevas pulam esquemas tradicionais e qc problema ineditá-los a provocar respostas confluentes, por ejemplo, entre la moral da Iglesia y la legislación de los Estados.

Inmoralidad y amoralidad (dosados ​​subconscientes: 1845 y 1907 para el francés) figuran como perversiones o singularidades. Cada hombre, sua moralidad, em função do modo que sustenta de mundo, a sociedade, um los otros; Uma maneira mais ou menos capaz de analisar, mais ou menos interiorizado. Estabelecido moralmente se você reduzir seus direitos, para a ideologia da que, por outro lado, é inseparável. Muy en Concrete, es a deontología, a sabre recibido sobre que se debatem são os momentos e as ocasiões para se comportar na sociedade según as leyes del común vivir. Pertenece ao patrimônio de esta comunidade, a cultura; en este sentido, existe verdaderamente uma cultura moral que estructura a personalidade de sus miembros.

Como a Iglesia romana, os Estados modernos têm acariciado os problemas de unificar os particularidades de todo o mundo em seu seio. Eu já escrevi-o perfeitamente: han tenido que llegar a pactos, encauzar esta diversidade interior. No entanto, é uma questão de tenacidade, además, que afrontar um problema imprevisto: deficiências internas, políticas, sociais, religiosas, aparências após a grande tempestade revolucionária que durante cuarenta años (1775-1815) sacudiu os cimientos da vida cristã, das Américas. hasta Rusia. França não é mais que o epicentro mais dramático. A restauração não foi restaurada e passou pelo tratamento de Viena para a vida dos hechos vividos. Todo mundo cambodia, mas não tinha nada, nada a realidad dejaba de recordarlo,

No entanto, a Igreja Insta implica por títulos como Iglesia, com poder espiritual, e Papado, por poder temporal sobre seus propósitos. La Revolución, situado em muito mais perto e na origem da sociedade moderna, se apresentou ao mismo tiempo como o radical e como o inimigo absoluto. Como escritas, Donoso Cortés, o Revolución arrastra a ciega humanidad titubeante a um laberinto do que ninguno conoce a entrada ni o trazado. Y Newman: "Nenhum meio entre catolicidade e ateísmo". O que é mais grave e mais preocupante não inclui os que personalizam a negação de Dios; em troca, nas mídias sociais, nos Estados Unidos que rehúsan reconocer de dios sous a sociedade, o reino social de Jesucristo e o lugar público são iguais à sua Iglesia;

A partir deste momento, a história força uma opção decisiva. Ele coloca todos diante de um imenso e inevitável "ou ... ou ...". Ou Cristo e sua Igreja, ou a Revolução com duas variantes literárias: ou Cristo ou a arma, ou Cristo ou nada. A revolução termina em anarquia e niilismo. Começou no liberalismo e estes deram origem ao socialismo; o "o ... ou ..." é acompanhado por um "ni ... ni ..." radical: nem liberalismo nem socialismo. O primeiro é o erro-pai, que poderia arrastar o engano para o melhor, mas hoje, esmagado e submerso no segundo, ele não tem futuro. O grande desafio, a batalha decisiva é agora anunciada entre o socialismo e o catolicismo.

Em 1866, o Bispo Dupanloup, bispo de Orléans, um renomado liberal, publicou uma carta pastoral sobre os males e sinais dos tempos. Pio IX agradeceu-lhe com um breve elogio:
Em sua carta, descreveu e deplorou com vigor os inúmeros males, dignos de todas as nossas lágrimas, que nestes tempos calamitosos afligem e o turbante de uma sociedade humana compassiva. Igreja Católica. É para ilustrar, reprovándola vigorosamente a odiosa guerra incrédula de todos os lugares que Deus, a Igreja e a santa doutrina declararam. Assim, as seitas condenadas e os criadores de revoluções.Com pesar que é listado e estigmatizáis culpado e inumeráveis ​​manobras, pareceres perigosos, erros, as doutrinas do mal que estes inimigos de Deus e humanidade, o exercício corajoso de toda a verdade e toda a justiça, gostaria - se eles pudessem - arruinar Catolicismo, sacudindo as fundações da sociedade civil, corrompendo os espíritos,

Uma imagem fiel de um estado de espírito e uma percepção da situação muito difundida então. Quatro anos depois, a captura de Roma, o fim do poder temporal, acontecerá e o papa será um "prisioneiro" no Vaticano. No ano seguinte, o município de Paris. A consciência católica será fortemente marcada por esses dois eventos dramáticos: "eles também inauguram uma nova fase de secularização da sociedade." Mons. Dupanloup está no rastro de uma verdadeira retratação, e chega a superar Donoso Cortés em sua crítica aos novos liberais, como atestam. de uma segunda carta pastoral, no mesmo ano de 1866, sobre o ateísmo e o perigo social:
conheço você, você e suas aspirações morais. Se amanhã se tornar sua vantagem, será o princípio que triunfa;se amanhã ele quiser estar contra você, eles serão os inimigos: vamos jogá-los sem piedade!
Ele é acusado de chaquetero, de ter queimado o que ele havia adorado. E, no entanto, esse não é o caso: ele não nega suas esperanças. Ele confessa sua decepção e explica as razões que ele tem para isso, destacando a incompreensão sobre a sociedade moderna. Não é para todos o que sempre significou para ele: "igualdade civil e liberdade de direito, poder respeitado, paz europeia e
é a reação do Bispo Roncalli, o futuro Papa João XXBIE, então núncio em Sofia, numa carta à sua irmã, 24 de fevereiro de 1929, após os pactos de Latrão, e a conciliação que pôs fim à espinhosa questão romana: "Le Seigneur soit Béni!Tue ce the francmagonnerie, c'est-à-dire le Diable, ont entrepris soixante ans depuis l'Eglise et contre le pape en Italie été réduit a néant "(Lettres à ma famille, Paris, Ed. Du Cerf 1969 p 195).

trabalho frutuoso, a melhoria moral e condição material dos trabalhadores, camponeses e pobres, a dignidade dos costumes, a abordagem dos espíritos e corações na civilização cristã. " Um liberalismo católico é claramente temperado por um princípio inflexível permanece intacto e as duras lições de experiência colocadas em primeiro plano:
Não, eu não agredido a sociedade moderna, tremo mais na sociedade do futuro ... Todos nós tivemos um belo sonho. Todos, independentemente de nossa origem, quaisquer que fossem nossas inclinações, pareciam para nós navegar juntos em direção a uma terra maravilhosa, prometida aos nossos esforços e que chamamos de sociedade moderna do século XIX ...

E eu também o acuso! Eu pergunto aos poderosos o que eles fizeram sobre a liberdade; Pergunto aos sofistas como eles interpretam isso. Pergunto às pessoas enriquecidas o que fizeram com o empréstimo; Peço aos jovens opulentos e aos que são favorecidos pela fortuna o que fizeram com a dignidade dos costumes. Pergunto à imprensa corrupta o que aconteceu com a palavra, se ela foi dada para perverter ou iluminar. Eu pergunto àqueles que acreditam que são representantes da sociedade moderna, porque eles apóiam isso com suas quimeras e suas impiedades ...

E eu choro, e eu te acuso, aqueles que transformaram meu sonho em um pesadelo terrível ...

En espé - de - espacio público que se llama sociedad vem a deseñarse deste assim um espacio propriomente católico que deja de identificar com ela a medida que o principio da confesionalidad nacional - cuius regio eius et religi o - venía cediendo frente ao imperativo de las libertades modernas , la de consciencia y la religiosa en primer lugar. Este espacio católico está estructurado por una polaridade doble: um positivo y um negativo; um pólo de débil com débil atracción y um polo fuerte con fuerte repulsión. Entre ellos, uma tensão permanente e um movimento oscilante de vaivén. El Syllabus, de 1864, será o símbolo da não-posse da Iglesia na modernidade, e constituirá o grande referendo - a Carta Magna - do movimento social católico que se desenrola bajo León XIII.

En sus grandes líneas, este proceso histórico está ahora bien documentado; Minhas monografias, de todo o tipo, han venido para pintá-lo. O que sigh oscuro é aquele que sucede ao largo este movimento contínuo de atracción-repulsión que se autoconserva o pecado pararse nunca; essas transformações foram realizadas em grandes quantidades, pois podem ser construídas em estruturas internas, com um valor posicional relativo, por uma orientação doutrinária. Este tempo, inmóvil en surface, tem motivado durante muitos anos a sensibilidade equívoca de uma Iglesia inmovila, vulnerável em uma plataforma terrena, mas inacessível em su sustancia a los accidentes de la historia. Igual that has disimulado el incesante movimiento elemental de acción y reacción que anima a su modo a cada um de sus miembros y ue la atormenta en su propio cuerpo, distrayéndonos de las modificaciones en
P
rofundidad que, antes ou depois, tenis que aparecer. Modifica-se na Iglesia, pouco a pouco, em forma de cultura: vigilante, encuadrada, protegida, que se traduz por autoridades católicas, mas expõe-se também a todas as influências que empapam o pueblo cristiano. El espacio católico não es un cerrado en sí mismo. Compartimento de Ningún estranhado lograislisliar. As caravanas negativas dos juicios que da Iglesia aos princípios que regeneram a sociedade civil e a política, não as encontram para escapar de um mundo intercambio com o mundo exterior de uma ella. La Iglesia da y recibe. No podría vivir en este mundo sin ese interchange porque, ante todo, traicionaría su misión, su razón de ser aquí abajo.

O intercambio bastará registro da iniciativa e da generosidade católica ou, inversamente, crises fracas que ponham a partir de agora uma inércia inércia, um atrativo exagerado pelas companhias peligrosas; um intercâmbio que - auténtica communicatio in cultura - precisa ser estudado en sí mismo. Estabelecimento supra par en oposición: por uma parte, uma cultura comum que permite a comunicação; por, en esa base, das culturas que se enfrentam, por partes do seu propio carácter. Ao longo de todo o século XIX, manteve-se uma parte da cultura católica logra, a lulamada liberal, secular ou moderna, segundo os casos, à espera de uma nova cultura que logra también constituirse, fuera y contra aquélla que vem um desarrollarse otra tercera, o socialista, especialmente obrera,


2. Dom Bosco e os salesianos na França


Todos los caminos llevan a Dom Bosco, eis em especial: a sabía desde que emprendí, sem que se apresente como grande. Pensou nisso com isto em mente, a personalidade radiante e o grande esquecimento de Dom Bosco podían hacernos olvidar: não tanto as incompreensões e resistências que essa cultura soportar, como as causas profundas, essa cultura emancipada do cristianismo, que estava na terra do cultivo . Nos encontramos frente a um importante fenómeno, muy descuidado, minusvalorado e mal estudiado. Tomaré um tardío ejemplo, mas sugestivo: el delito de congregación, na França, no comienzo de este siglo, no clima de anticlericalismo que em 1905 desembocou na separação da Iglesia e do Estado.

A tradição franco-galega nesta matéria se remonta ao Antigo Regime:
Remito a mi obra modernistica cap. 111: "Le Catholicisme comete culture", y cap. IV: "Catolicismo e modernidade", Paris, Nouvelles Éditions Latines 1982.

toda congregación religiosa tenía que estar autorizada. A Revolución prolúe os votos y suprime las congregaciones. Éstas empiezan a reaparecer en el Imperio y, después, en la Restauración. Pero sigue la regla: as congregações que são autorizadas. Cinco congregaciones recibieron enseguida o aprobación: lasalianos (hermanos das Escuelas Cristianas), espíritanos, paúles, sulpicianos e misiones extranjeras de París. Gostaria de ter uma nota sobre os amigos autorizados. As melhores escolas de confraternização de crianças, toleradas por gobiernos sucesivos.

A partir de 1880, com a llegada de una mayoría republicana anticlerical, ao comprometido tácito sigam a guerra: las leyes laicas se sucederam, as congregaciones saltan ao primer plano. Dos decretos do governo (1901 y 1902) obrigam às congregaciones a regularizar sua situação com uma peticación de autorización sobre a debería estadounidense das una Câmaras. Aquele vai decidir sobre o conducta que deben adoptar: entre las masculinas, 61 aceptan y 68 rechazan. O primeiro ministro, Emile Combes, é formado por grupos: 54 petições se envíam para os mergulhadores, que as rechazam em vários sinérgicos; 6 to a los senadores que emprendem una encuesta minuciosa.6
No clima de reintegração, foi um privilégio testemunhar uma boa ação. Do privilégio gozaban dos congregaciones misioneras (entre as ellas, dos Padres Blancos), das congregaciones contemplativas (cistercienses de Citeaux e de Lerins), uma congregação hospitalar (hermanos de San Juan de Dios) y, por fin, los salesianos. O presidente da comissão foi Clémenceau. Antes de seguir as orientações do governo, a comissão expurgou, verificou, hizo registros domiciliados, discutió. A modulado em las cinco primeras, a no global a los salesianos: 10 votos contra 4 en la comisión, 158 contra 98 en sesión plenaria.

Los salesianos estaban en France desde os anos 75, e habi abierto unas veinte casas (de ellas dos en Argelia). Habían secularizado prudentemente ocho; pidieron, por tanto, doce autorizaciones. Como aparecir com a esperança de casar 250 obras na Europa e América do Sul, o governo como um poder de congregação de todo o mundo, e seu espírito de expansão, que é um processo de invasão e de ação, inspirado em um "cosmopolitismo extraño al alma francesa".

A história dos "estrangeiros" não-espanhóis e da inmigração italiana (o racismo tomou lugar e perpetua a sua tradição), foi por causa de um estatuto estatal no es cosa de todos os dias. Mas não, nem mesmo um rasgo de la hostilidad hacia los salesianos: O
pecado não nos rodeia e o obstáculo para o desenvolvimento de uma obra humanitária
6 A 61 'congregación - one pequeña congregación de provincia dedica ao cuidado de seus filhos - tuvo um destino inesperado: su documentación fue unida to la de la homologa congregación femenina.

só vem porque nos vem de um país extranjero. No entanto, tratar de uma obra autêntica de beneficência; o que a obra de los salesianos não parece tener.

Mucho ruido e nueces de pocas: éste é o segredo de sus pseudoorfanatos.

Um deles será em um edifício que, como ele, virá da caridade pública: se for mantido, ante todo as pensões, tanto as pagadas por la familia, como por personas caritativas, Que se puede decir que não existe siqueira) yp el producto del trabajo de muchachos y, mente, de limosnas y suscripciones.

É uma experiência sem fim: se sai de é1 - y condiciones deplorables de higiene e salubridad - uma superproducción; además, está especializado de modo que, al salir, no tem, na prtica, ningunic oficio. Añádase que no cuesta cases nada, porque su pensión la pagan terceras personas; y, por tanto, es pura fuente de rentas. Gracias a gratuidad de la mano de obra, a cantidad de trabajo producido razón de especialización exagerada, a ventajas fiscales que se obtém su condición de asociación caritativa, es fácil comprender las quejas que producen en las las zones en que funcionan estas obras. Segun la ocasión, tipógrafos, editores (todas as edições de editores), comerciantes de vinos, licores, productos farmacéuticos, su actividad hare nefasta;

Indo para o grande número de empresas estrangeiras, o sindicato senatorial é obrigado a si próprio. Los peers that fueron escuchados in lograron ser comparatives persuasivos. El Tesoro recuperou as suas días e não pagou. Los prefectos emitieron parecer desfavorável ou se abstuvieron. Os Conceitos Municipais se pronunciaram a favor, pero sin discusión y sin aducir razones. Na visita, você poderá encontrar sua localização favorita: buena en París y deplorable en tres casos.

As tarefas principais resumem a situação, a ordenação econômica e a ordem política. "La apariencia caritativa" dissimula um empreendimento comercial e industrial, fomentando a guerra civil. «Mucha povos buena y entre los menos hostis de los congreganistas en geral» se reunieron «para voltar aos salesianos de Dom Bosco verdadera fisonomía de monjes que esconden y nutren sus apetitos y sus instintos comerciales bajo de la religiosa e de desinteres caridade ":
No hay que tener miedo en afirmalo, porque ésta é a pura verdad. Sim, os salesianos de Dom Bosco decidiram unir forças, oratórios do Oratório, de onde fundar o perito dos maiores, a um jóvenes com um serviço de oficio. Es verdad que logran hacer de estos jóvenes excellent obreros. Não es esto lo que rechazamos. No entanto poder chegar com a segurança ao final ou aos años de aprendizagem ou de prática, se os aprendizes se reunirem em capacidades não só recuperarão a congregación dos gastos que a enseñanza lhes tem dado, como também de recuperar as suas vínculos económicas. con los trabajos que hacen por cuenta propia en los años sucesivos.

¿Salvadores da infancia perdida? ¿Educadores de la juventud? Vistos de cerca, no halo se disipa. Queda é um aspecto banal, ordinário, de industrial que buscan o benefício dos amos sobre os asalariados. Com mucoas ventajas respecto a los industriales laicos: os dons das esmolas de piadasas, um regime comunal de vida com exigências materiais redutoras, los bajos salarios, amplia a exoneración fiscal. «Não, não hagan ilusiones los salesianos! Estabelecido de la lucha, de lucha, que adotaram contra a indústria secular, no mundo do trabalho, contribuiu pouco para alejarles que simpatías que, em cambio, les podrían hoy acompañar ».

No plano político, há uma série de textos sobre as lições bíblicas, edições mensuais editadas pela livraria salesiana, e na Itália, de cerca de cincuenta años antes. Um e-mail, de August de 1899, después de la absolución de Brother Flamidien, durante cinco meses, bajo acusación calumniosa, y sometido a «torturas morales que superan crueldad refinada y los suplicios físicos dos antiguos Nerones»:
¿Llegó por fin la hora de Dios? La Francmasoner sal derrotada da guerra empreendida contra a enseñanza das congregaciones. ¡O Gran Oriente é abatido pelo Gran Occidente !! Aullad si queréis, chacales: vuestra derrota não vá para ser por eso menos completo!
[...] Os francmasones han sufrido a desgracia em su salida contra el hisopo; ¿Ficou a menos que você tenha lucha contra a espada? Não han logrado arrancar la condena para o irmão Flamidien. ¿Lograrán ahora arrebatar una absolución para Dreyfus? ¡Ah, qué asunto tan deplorável! Você é hábilmente han logrado los hebreos tejer em tramal ...

De este modo de escrever se pode deduzir o modo com que os salesianos se defenderam por sus amigos. Uma combativa estética que llamaba em Combes «Trufa», «traidor cura», esta veía en su projeito de ley nada menos que um difamatório libelo, que tinha um puntapiés, cubrir de ignominia por su perfidia ... Sim Dom Chautard, abad de Sept-Fonds, había logrado convencer em Clémenceau y ganarse on estima, eso no fue certamente denigrating a sus enemigos, até exaltando a obra secular de los trapenses en favor del país, en las situaciones más ingratas. En estas condições, llega el veredicto. Os grandes éxitos obtenidos pelos los salesianos nas exposições não impõem à obra mar «simplemente por afán de lucros», o merecer ni agradecimiento ni favour, dado that «cualquiera» y «fuera de cualquier congregación» podría hacer lo mismo.
Hay that reconocer a los senadores the seriedad and lealtad with que hicieron esa declación. Nada permite dudar de ello. Empezar descalificandndolos como sectarios y pérfidos es impedenos radicalmente comprem la que sucedeu; es sustituir nuestra buena conciencia - a convicção de estar no verdad e de hacer el bien - para a atenção ao mundo a sociedade que nos rodea; es cerrarnos a todo posible y necesario análisis; As concessões são indebidas e al fin y al cabo, onerosas.

Cf. Journal Projets de lois, proposições e relações. Sénat. Séance du 22 juin 1903, p. 468-471 (anexo n. 192).

No entanto, esta investigação, este debate e conclusões Conclusões surgen interrogantes. En el fondo faltan elementos de valoración. Nenhuma cifra de feno: ni de limosnas, ni de salarios, ni de gastos, ni de presuntos beneficios. Haya habido ou não um controle da contabilidade de las obras, ignoramos totalmente a sua contabilidade. No mínimo, a expansión dos salesianos e a óbvia qualidade de instalações instaladas interpretaram como signos exteriores de prosperidade.

A injerencia política não é mais que um agravante. Os «congreganistas» têm a fama de opositores da República. A colheita de explotação patronal da juventude abandonada deriva menos de um interesse real para a misma de sus consecuencias inmediatas: uma competência económica que falsifica os mercados de capitais, penalizando os industriais e não gozan de esa ventaja. A investigação não tem descrição da família: nenhuma parte da família, nenhuma parte da família, nenhuma parte da família. Desenvolve-se desta maneira, os respondentes de vendas às necessidades e logran satisfazem satisfacción. Não está em todos os lugares, é por isso que o que é feito com intereses. Se você pode desfrutar da maneira certa de fazer as coisas que você tem que fazer, você pode ver se há alguma coisa que você pode fazer quando você está procurando algo. A moral dos los salesianos ignora e prejudica a deontología de los empresarios.

Iglesia y burguesía: novo episódio de um controvertido nunca resuelto, de uma historia cronicamente agitada, de um antagonismo a veces tumultuoso.8
Ideología contra ideología, principios contra principios, está claro; pero también cultura contra a cultura. Cultura política, com toda evidencia; mas mais a cultura geral, de género um pouco social, que se aprende em la escuela, uma cultura que, muda, e o modo concreto de viver as vicissitudes cotidianas da existência e do feno que plasma día a dia. Em nuestro caso, para los salesianos, a experiência e o horizonte de um ambiente popular empapado de tradição e de espírito católico, nas antípodas dos ideais republicanos laicos que vivenciam uma burguesia iluminada e progresista.

A investigação revelou, fuera de París, "condiciones de higiene e de salubridade deplorables". Es posible; mais aún, provável. Mas ¿según qué criteria? Não, se diz uma única palabra. Em contraste, tal vez, com as instituições públicas, que aqui ni siquiera se mencionan? ¿O que há de novo de um propio de senhores que estão acostumados a medio de vida mejor? ¿Qué podían pensar los jóvenes acogidos allí, to partir da experiencia que poder tener sobre o ello en sus casas? Você é responsável por ocupar os lugares mais ou menos ocupados?
8 Debo remitir en este ponto a mi book: Église contre Bourgeoisie, Paris, Casterman 1977.

Estou rezando por você para que meu documentário continue sendo que você não fará isso. Nosso foco principal é nos problemas e conflitos, se os gerarmos no desenvolvimento. No entanto, os grandes gestos estão nas grandes profundidades do social? É uma misteriosa alquimia que se opera em relações humanas ordinárias exige curiosidades a não desprovidas.

Qued una última pregunta: the hostilidad that se manifiesta aquí hacia los salesianos, ¿es un hecho típicamente francés? ¿Se da Itália en otras partes? ¿Se funda en los mismos motivos? Sim, não tem sucedido em outros países? Da mesma forma, não é possível retomar a promulgação em Turín, Fiat e Agnelli. Los mismos de ambientes católicos no son tampoco unánimes.

"Os hemos superaram um triunfalismo brilhante, de otros tiempos", declarado recientemente no vicario de los salesianos de Lyon, autor de una historia de los salesianos.9 Sin duda; era necessário. No entanto, a atenção ao consumidor concomitante de perderam a compreenção, de maneira anacrónicamente ou paradisíaca, como os senadores, senão com um comprenderlos mejor.

Dos mentalidades de uma época chocaban, convencida cada una de su propio derecho. Nuestra época esta lejos de un yo, y nos damos cuenta de que es mejor así. No entanto, nenhuma serie aún mejor supiésemos asumir ese pasado sin complejos, exclusão do pecado, descalificaciones do pecado, e integrá-lo no meu presente?
Como as crianças parecenam ya aplacadas, uma homenagem à homenagem que foi publicada no fundador de los salesianos en este ano de 1988. Sería muy bonito. Digamos mais bien que se han desplazado ...

"San Juan Bosco: uma vida de muchachos" que é um "grosso do coração inspirado no Evangelho". As titulaba, 25 de março de 1988, «Pélerin Magazine», semanário católico que é o centenário, do qual Dom Bosco foi testado nos últimos anos nos últimos anos de sua vida. Um ejemplo siempre vivo e contagioso ao serviço do jovem, como um nativo de todo o mundo em uma família religiosa. Realizaciones numerosas, impresionantes, eficaz ...

¿Qué voz desafinada se atrevería a malograr esta concierto de elogios? No entanto, como a distancia infinita nos separa do que Braido descreveu como o projeto operativo de Dom Bosco e a utopia da sociedade cristã (1982)! Utopía, precisamente, como o de León XIII, como as perspectivas do "novo cristianismo" cuyo ideal histórico estaba aún floreciente. Y además, utopia escatológica por naturaleza.
9 Cf. M. Wirth em «A realidade Religieuse dans le Monde», fevereiro de 1988, p. 36.

A utopia de don Bosco, com seu otimismo conquistador, cortaba tajante e o catastrofismo de que se nutria entonces toda uma postura apocalíptica católica. Se você distinguir entre o modelo e o movimento católico a partir dos anos 70. O pecado é, todo o caso, debita-se à experiência pessoal que tuvo que hacer internamente entre o rigorismo de sua formação clerical e o salesianismo de sua vocação pessoal.

De elis espíritu nuevo que é infunde en corazón del mundo católico, al que pertenece com todas as sus fibras. De su "intransigentismo" como de sua modernidade - falsos debates, perspectivas pioneras, distinciones necesarias - declararam-no todo ya, bien dicho, F. Traniello, M. Guasco, P. Scoppola, P. Bairati. Você não gosta de um volre sobre ello. Exatamente el espíritu nuevo este salesianismo que nunca comprova de escrutar, em sus secretos, em sus virtudes: a rostro nuevo, abierto y atrayente, da tradicional intransigencia católica.

A EXPERIÊNCIA E O SENTIDO DE IGLESIA EM LA OBRA DE DON BOSCO *


Juan María LABOA


1. Dom Bosco no Conde da Restauração


Dom Bosco era um homem que refletia claramente as características e peculiaridades da restauração, anti-jansenismo e anti-calacismo. Suficiente, provavelmente, esse julgamento superficial, repetido por alguns de seus melhores estudiosos para se adaptar à figura e ao seu pensamento edesiológico; mas o que isso realmente significa, não é apenas muito geral, mas particularmente sensível a declaração de qualificações e interpretações de vários calibres?
Há vários fatores que ajudaram a enfocar a questão da autoridade na discussão dos problemas agudos que a Igreja coloca aos postulados do Iluminismo e à devastação causada pela Revolução nas várias Igrejas. Vou indicar dois que me parecem fundamentais:
1º A consciência de que a Revolução deixou para trás muitas ruínas e a convicção de que o caos produziu tem sido uma consequência acima de toda a rejeição do princípio da autoridade ou, pelo menos, de tê-lo deixado cair no esquecimento.

2º Diante da desordem política, social e religiosa, o homem do século XIX desejava obter novas garantias de segurança no campo cultural e religioso. A partir desta abordagem, foi fácil concluir com a convicção da necessidade de submissão à autoridade da Igreja e com renovado interesse em uma centralização do edifício que teria aniquilado os movimentos centrífugos. Aqui gostaria de mencionar dois distintos representantes desta posição.

José de Maistre apresentou a autoridade papal como um postulado essencial da restauração européia. Sua concepção eclesiológica pode ser resumida nestas duas teses: primeiro, a Igreja deve ser entendida em total analogia com a sociedade política e, em segundo lugar, a Igreja encontra sua plena concentração e realização no Papa, e esta infalível .

* Este documento foi escrito e lido em espanhol pelo autor (nde).

Dom Bosco cita esta passagem em sua Simla da Itália e faz : "Em soberanos o comum em
" Não pode haver sociedade humana sem governo, sem governo sem soberania e soberania sem infalibilidade ". Sua abordagem foi provavelmente muito mais política do que teológica, e seu interesse em enfatizar a autoridade papal teve antecedentes claros em sua rejeição da soberania popular, como mencionado, mas sua influência na eclesiologia ultramontana foi decisiva.

Quero recordar duas de suas afirmações que, de uma forma ou de outra, tiveram que se repetir com frequência ao longo do século: "Pour faire court, voici mon sentiment: aux conciles le moins possible, aux papes le plus possible" .2 outro: "Mais de Pape mais de souveraineté, mais de souveraineté, mais de foi." 3
Lamennais, por sua parte, considerou que, entre outras sociedades humanas, o cristianismo era a única sociedade perfeita, com sua autoridade suprema, seus dogmas e suas leis. A negação desta autoridade suprema levou necessariamente a rejeitar a Igreja e com ela o próprio Deus. Era absurdo que ele falasse de uma Igreja infalível se, ao mesmo tempo, a infalibilidade do papa não fosse admitida, uma vez que só ele, por intermédio de um papa, deveria ser infalível.Aqui Lamennais aprovou a famosa frase de São Francisco de Sales: "Le Pape et l'Ég, lise c'est tout un".

Poderíamos dizer que ele resumiu sua doutrina daquele primeiro período com a frase repetida tantas vezes depois: "Ponto de Pape, ponto d'Église; ponto d'Église, ponto de cristianismo; ponto de cristianismo, ponto de religião, au moins peuple derramar tout fut aqui Chrétien, et binário resultando ponto de société "4
naturalmente, nós poderia continuar, mas acho que o suficiente na minha tentativa de delinear uma formação eclesiológico marco de Dom Bosco e no seu tempo que estudou na maioria dos seminários italianos Foi o tradicionalismo de restauração, procurado e interpenetração entre sociedade e religião, religião e Igreja, Igreja e Papado desejado.É uma eclesiologia que apresenta a imagem da Igreja, o paradigma de uma sociedade organizada, governada pela hierarquia. Dom Bosco escreve: "Igreja e sociedade de pastores crentes governados por seus próprios, sob a direção do Sumo Pontífice", paralelamente à definição do catecismo diocesano de Turim em 1844; e em outra ocasião ele resume seus pensamentos em uma ideia que aparecerá de mil maneiras diferentes em seu trabalho:

humanamente suposta falibilidade e, no espiritual do Pai e divinamente prometida "(G. Bosco, Obras e Escritos publicados e não publicados, vol. Ifi, Turin, SEI, 1935, p. 435).

2 Citado por C. LASTREILLE, Joseph de Maistre e La Papauté, Paris 1906, p. 170.

3 J. DE MAISTRE, Lettres et opuscules inédites, vol. II, Lyon, A. Vaton 1851, p. 296. FR LAMENNAIS, Oeuvres complétes VII, Paris, Pagnerre 1844, p. 122. 132. 141.

Dom Bosco acostumbraba recita a siguiente oración: "Pai nosso, que você seja santificado em seu nome, venha o seu reino, a Igreja Católica se dilata e triunfa, a única Igreja verdadeira de Jesus Cristo, todas as nações reconhecem a seus direitos e os de seu chefe e seus bispos, todos os intelectos para seu professor aderem como o único guardião das verdades reveladas, testemunha divina da autenticidade e autoridade dos sagrados libras, infalível mestre dos homens, supremo juiz irrevogável nas questões doutrinais. A ela todas as vontades obedecem à observância de suas leis morais e disciplinares, de modo que as vitórias na terra entram eternamente para triunfar nos céus, com as multidões de almas salvas ».5
Según foi común na la teología de la época, que ignoraba o significado escatológico da predicación de Jesús, se da enviou enviado que a Iglesia Terrestre se identifica com o Reino de Dios. De dicha identificación nace el espíritu de triunfo que constantemente proclama a vitória da Igreja sobre os adversários. Surge asimismo visión de una Iglesia pecado pecado, ni errores ni fallos históricos.

Para don Bosco a instituição edesial é totalmente contínua e sinuosa, caracterizada por sua normatividad. Sobre a tutela, tanto no âmbito diocesano quanto no de cada parroquia.

La Iglesia apresenta-se como um grupo monolítico que propõe o verdad inmutable, sin variaciones históricas, transmitida en forma pura e incontaminada em lo largo de los siglos. Los demás hombres y grupos se encuentran no erro y, por tanto, não tienen los derechos de que goza la verdad. El mismo Pío IX, numa sentença que puede desconcertar, pero cine expresaba esta mentalidad dominant affirba that is quería la libertad de cultos allí donde el catolicismo era minoría, mas que no podía admitirla allí donde constituía la mayoría.6
Se trataba a edesiologia da sociedade perfeita, dominada por la centra-. Lización doctrinal y disciplinar de la Curia Romana y cerrada a cualquier abertura ou integração com as redes contemporâneas que entonces foram representadas por Rosmini, 7 Dupanloup, Manzoni, Newman, Sailer, Montalembert ou Scheeben. Intransigente em questões políticas, religiosas e ecumênicas, com uma piedad piedad geralmente de tipo devocional com a teologia das escaladas do dialeto romano como um intérprete reconocente do pensamento catequético. Da mesma forma como se chamava catolicismo popular, que, por seu lado, exprime as feições que dirigem a fantasia que a razon e, por otro, alimenta formas práticas-sociais de pertenencia eclesiástica asistencial educacional.

• MB II, 272.

• "El Papa quiere la libertad de conciencia en Rusia, mas não como princípio geral" (G. MARTINA, Iglesia de Lutero in nuestros días, vol. III, Madri 1974; ID, Pio IX (1851-1866) Roma, Universidade Gregoriana 1986, p.

D. Bosco, que reverenciava Rosmini pela santidade do sacerdote, nem sequer compartilhava desse entusiasmo pelo seu sistema filosófico "(MB XIII, 20).

Para este razón, Dom Bosco era o tema da pertenencia na Iglesia, desarrollando em sua explicación as analogias de camino, casa, mãe, nave, rebaño, cuerpo.8 Es decir, um grupo compacto, bien organizado, piramidal, jerárquico. Com esta diretriz errônea, nos cumpre o ayudar na compreensão desta concepção, nos encontramos nas imagens que utilizamos para descrever a Iglesia: reino, monarquía, familia.8 Bellarmino utilizaba también este planteamiento: "eclesia quasi status", y su influência tem casos perdidos de alguna manera hasta nuestros días. Dom Bosco Pocos años antes de morir escribía: "Já que nos reinos da terra há uma ordem para a qual partimos do Soberano e descemos até o último grau até o último dos súditos, também na Igreja Católica há uma ordem chamada hierarquia. eclesiástica,
Esta Iglesia católica costituye a "arca única da salvação", o único lugar de donde se conserva a doutrina de Jesús, "o lugar em el com carácter absoluto e exclusivo se pode a salvaguardar, o único espacio donde es posible virtudes". la santidad.

A las tendencias del racionalismo, liberalismo y panteísmo, que exaltaban el valor del individuo, y a los varios postulados individualistas del panteísmo opone la Iglesia «como única arca de salvación», y como representante de Dios y dotada de autoridad divina. «No, fuera de esta Iglesia nadie puede salvarse; así como aquellos que no estuvieron en el arca de Noé perecieron en el diluvio, así, dice San Jerónimo, perece inevitablemente el que se obstina en vivir y morir separado de la Iglesia Católica, Apostólica, Romana, única Iglesia de Jesucristo, sola depositaria de la verdadera religión»."

Cf. STELLA, Don Bosco II, p. 125.

9 «P. Suponha que uma família que deve durar até o fim do mundo, como pode ser preservada? F. Esta família deve sempre manter um bom líder que a governe. P. Você entende agora quem é essa família e quem é o chefe? F. Chega o suficiente; nós temos muito bem entendido. Esta grande família é a Igreja, essa é a cabeça do Pontífice Romano "
(G. Bosco, II Católico no século. A Família Holdings ..., Torillo, Tip. E Salesian Library 1883, p. 138).

Ibid., P. 163 ff.

"" Você diz que você acredita em Cristo e no Evangelho, mas não é yero porque você não acredita em tudo que Jesus Cristo nos ensina em seu Evangelho, não acredita em sua Igreja, não acredita que o Romano Pontífice foi por Gest 'Cristo mesmo estabelecido governar a Igreja, e permitindo que cada um de vocês livremente interprete o Evangelho de Gest 'Cristo, abra-se com um amplo caminho para o erro, no qual é quase inevitável cair liderado apenas por sua própria Juma, então você, protestantes, é você como membros de um corpo sem cabeça, como ovelhas sem pastor, como discípulos sem professor, separados da fonte da vida que é G. Cristo "([G. Bosco], a Igreja Católica-Apostólica-Romana é a única Igreja verdadeira de Jesus Cristo, Torillo, Tipografia Speirani e Ferrero 1850, pp. 17-18.

Dom Bosco escreveu sobre o tema Iglesia: dedicou-se à libertação de temas e temas para este tema, e publicou alguns textos sobre a história nos diferentes lugares para ocupar um lugar importante, "pero creo que nos equivocaríamos e nos plantar na música de la letra sin ir más allá. Em insistencia manificesta a importancia adquirida a uma religión-institución-jerarquíaRoma, que é a Iglesia católica, mas su indica uma centralidade concedida a la gracia, a Cristo, a María, a los sacramentos. No existe confusión, no entanto tal vez especialización: los escritos subrayan an aspect y la actividad pastoral otro.

Esta Iglesia santa e divina é a única que leva a um hombres a Dios. Este convencimiento explica na luta contra os valdenses e contra os protestantes em geral. En sus escritos leemos que "apenas um é a verdadeira religião", que "as Igrejas dos hereges não têm as características da Divindade"., Que nena Igreja do. Hereges não há Igreja de Jesus Cristo ".14 Por estas e outras razones concluye que" quem imita o papa é imitado com Jesus Cristo, e quem rompe esse vínculo naufraga na maça tempestuosa do erro e trava miseravelmente "," Ou, en otro lugar, "qualquer mal, até a morte, deveria estar pronto para pátinas, ao invés de dizer ou fazer qualquer coisa contrária à Relação Católica, a verdadeira e única Religião de Gest). Cristo, fora de si mesmo, ninguém pode salvar a si mesmo." "


3. Uma sociedad piramidal y autoritaria


Pequeno antes do Vaticano I, Turim foi convertido em um vivo centro de opinião conciliar e antiinfalibilista. Em 1869 ele traduziu o livro de Dóllinger, 11 papa e o conselho; Pasaglia escribía y actuaba en Turín, y en la Facultad de Teología eran bien conocidos y used los autores mais críticos com o ultra-montanismo y a infalibilidad papal.

O pecado embarga de seu ambiente, um dos limites mais conhecidos, os indicadores de donos Bosco sobre uma devolução ilimitada no processo de defesa, de maneira que, em um sentido tranqüilo, possa resumir e sintetizar sua eclesiologia com este rasgo. "Todos os autores, desde os primeros años, han puesto de aliviar esta caracteristica.18
u J. Bosco, Fundaciones da religión católica, en: R. FIERRO TORRES, Biografia y escritos de
San Juan Bosco, Madri, BAC 1955, p. 535.

"Cf. E. VALENTINI, Dom Bosco e a Igreja, en: In Ecclesia, Rome, LAS 1977, p.215-234.

"[G. Bosco], Avisos aos Católicos, Torillo, Tip. Dir. De P. De-Agostini 1853, p. 17.

12 G. Bosco, I Centenário de São Pedro Apóstolo, Torillo, Tip. do Oratório de São Francisco
de Sales 1867, p. IV.

16 [Bosco], A Igreja Católica, p. 6.

En su lecho de muerte confiaba to arzobispo de Turín: «Tempos difíceis. Eminência! Tive tempos difíceis ... Mas a autoridade do Papa ... A autoridade do Papa ... Eu disse-lhe aqui ao Monsenhor Cagliero que diz ao Santo Padre que os salesianos são em defesa da autoridade do Papa. , onde quer que trabalhem - onde quer que estejam ", 19 e o cardeal Alimonda registra pequenos desposses no funeral que" su vida entera, privada e pública, conocida de todo o mundo como um testamento papal ".

Juan XXIII retome este aspecto com uma bela frase: "Para aqueles que sabem ler profundamente na vida de Dom Bosco, aparece junto o sacerdote da juventude e o sacerdote do Papa", y don Bosco, um menudo, en su pla turas y sumários unía ambos aspectos: "Portanto, meus filhos, em sua vida, nunca se esqueçam de que o Papa te ama e, portanto, da sua boca nunca há uma palavra que lhe possa ofender, seus ouvidos nunca escutam a indiferença e a indiferença. calúnias contra sua pessoa sagrada, seus olhos nunca leem jornais ou livros, que ousam difamar a mais alta dignidade do Vigário de Jesus Cristo ".
Para ele é inspirar o amor pelo papa constituía um remédio médio infalível contra os atos de sectas y de disidentes, y por essa razão creesa que se puede que seu tema é como o escritor fue, o pecado duda, o pai, hasta el dot that an numere lives of the different papas constitutionon an ocasión y an way de mantener alive el amor al papado y de rebatir los errores y animosidades entonces tan extendidas. De hecho, él escreveu em escribir uma historia de los papas para comprobar que "alguns autores parecem ter corajosamente de falar dos Romanos Pontífices e dos fatos mais luminosos que diretamente para a Santa Igreja preocupam" .21 Pero no sólo trataba de un planteamiento teórico e teórico,

"Ya en 1845 pidió a Gregorio XVI a plenária indulgente em" eles não eram a única coisa indulgente com que se preocupavam, mas que ele não podia esperar para colocar-se em relação direta com a Santa Sé e com as Congregações Romanas "(EI, 11).

18 Existe toda clase de depoimentos. Elijo el siguiente de Ballesio: «Em D. Bosco, o amor pelo Papa foi o mais belo fruto da virtude da fé. "Sacerdote verdadeiramente católico de fé e de obras, Dom Bosco tinha amor, eu diria instintivo para os santos, para a Igreja e para o Papa" (L. TERRONE, O Espírito de São João Bosco, Turim, SEI 1934, p. 64).

19 MB XVIII 491.

20 MB VIII, 720.

21 F. MOLINARI, A "História Eclesiástica" de Dom Bosco, en: BRAMO, Dom Bosco na Igreja, p. 204. Recordemos también su testimonio: «Muitas vezes tenho pensado em como acalmar o ódio e a aversão que nestes momentos tristes se manifesta contra os Papas e contra a sua autoridade. Um meio muito eficaz de compreender os fatos concernentes à vida daqueles sumos pastores estabelecidos para tomar o lugar de JC sobre a terra e guiar nossas almas pelo caminho do Céu ”(G. Bosco, Vida de São Pedro) parece-me. .., Turin, Tip. Of GB Paravia e Comp. 1856, p. 3).

Evidentemente, este planteamiento iba más allá de la mera devoción a la persona do Pontífice ya que, en realidad, planteaba sobre concepção da Igreja e sobre a ideia da organização eclesiástica, tan deudora de la teología entonces predominant.

Lemoyne resumía así de pensamiento "Don Bosco argumentou que o pino, uma história ecdesiastica, em torno do qual deve ter sido em algum lugar, que era o Papa, em seguida, uma verdadeira história da Igreja tem que ser essencialmente uma História dos Papas. Não é o papa o chefe, o príncipe, o pastor supremo? disse Dom Bosco. [...] Não é necessário que saibamos devotar tudo aos Papas, honra, glória, obediência como centro de unidade, sem o qual a Igreja não é mais a Igreja? É um grande erro escrever sobre a Igreja e deixar passar longos períodos sem mencionar sua Cabeça ".23
Não podríamos, certamente, o atacar de Dom Bosco em uma concepção de história, ya que era o entonces dominante y, em grande parte, o real. Para os historiadores nos fundos mais fáceis de fazer papas e de relacionar com os Estados da vida interior, da presidência da divina divina na comunidad edesial. ¿Podrмas imaginários, dada sua sensibilidade, uma história da Iglesia escrita por don Bosco e centrada na santidade presente na congregación de los fiéis cristianos? Real, en realidad, en el, non all enfant entonces dominate, se daba, como este, um centenário eclesial deciduous en el Romano Pontífice.

. En el tratamiento da figura do Papa não permite que o ejercicio de discernimiento ni hermenéutica de sus prescripciones. Feno que o defende em todo. Mais ainda, a voluntariedade de se identificar com el papa deve ter um pensar, sentir, hablar como él quiere. A razón de tan grave exigencia está en el es el Vicario de Cristo; Quien está com el Papa, está con Cristo y con Dios. Em uma ocasión confiaba a Pío IX: «Santo Padre, meus filhos estão te arqueando! Eles têm em seus corações! Seu nome traz isso entrelaçado com o de Deus! »...

Y, en realidad, a figura do Papa Que se deduzir de sus Escritos es la de un alrededor del cual superhombre corre absolutamente todo en la Iglesia "Como nos dias da vida mortal do Salvador raccoglievansi Apóstolos em torno de Jesus como sem o centro, e mestre infallibíle: assim todos devemos estar ao redor do digno sucessor de Pedro, em torno do grande e corajoso Vigário de Jesus Cristo, o forte, o incomparável Pio IX. Em toda dúvida, em todo perigo, vamos nos voltar para ele, como uma tábua de salvação, como um oráculo infalível. Nem ninguém pode esquecer que o fundamento, o centro de todas as verdades, a salvação do mundo está neste maravilhoso Pontífice. Quem se reunir com ele, edifica-se para o céu; quem não constrói com ele, espalha e destrói ao abismo. Qui mecum não colligit disperdit ».24
n "Não podemos ser bons católicos se também não nos prestamos a esta prática obediência ao Papa. Quem está perdido para o Papa. [...] Se falo do poder temporal do Papa, faço-o apenas do ponto de vista da religião e da consciência, que gostaríamos de restringir em vão às coisas invisíveis "(MB VI, 481). 23 MB V, 575.

De algunas afirmaciones podría deducirse que la existencia clero en sus Diferentes niveles sólo es debida na imposibilidad de que el Papa él pueda hacer única TODO y llegar a todos "Mas este líder, ou o Romano Pontífice, incapaz por si mesmo que esperar as necessidades particulares de cada crente, é necessário que haja outros ministros inferiores, os funcionários papa, que pela pregação da palavra divina, e coll'amministrazione dos santos, os sacramentos promover domina e santidade em homens" .25 o verdadeiro Actuación de Dom Bosco y a consideración otorgada ao padre redimensionará esta primera impresión.

Los concilios ecuménicos songues by don Bosco como actos supremos del Papado. Esta afirmación, sim, não significa mucho ou, em menos, não se aparta del sentir general. No entanto, a partir da impressão de que as conciliações constituíam simplesmente um marco mais solene do ordinário da ação pontifícia habitual. De hecho, portanto resultan útiles, não le parecen necesarios: "porque o pastor supremo Papa de todos os cristãos pode fazer por si só tudo o que um conselho, mesmo um geral, pode fazer", ya que en su opinión "é apenas o Papa que com a sua confirmação comunica infalibilidade ao Concílio em matéria de fé e moralidade e faz com que goze de uma autoridade suprema na Igreja ».
Na realidade, Hoy podríamos decir que Dom Bosco considera a Iglesia como uma única diocese cuyo obispo efectivo es papa, imagen reforzada en buena part of los católicos depois do Vaticano I. partes oções da Iglesia universal, gobernada pelo papa.27 Ou seja, uma surpresa, se manifiesta as afirmações, sinta as necessidades das pessoas e as envie à pessoa do supremo Hierarca da Igreja. fi papa, então, segundo a necessidade, comunica suas ordens aos bispos de todo o mundo e os bispos participam neles aos fiéis cristãos simples ". 28 ¿A qué quedan reducidou los obispos en esta perspectiva? A útiles y necesarios intermediarios. «Aqui está uma breve razão pela qual eu fui a Roma e, em geral, o que eu fiz fano coa. Nós obtivemos isenções e privilégios, mas sempre seremos muito obedientes aos Bispos e aos párocos, e não usaremos nossas faculdades, a menos que todos os outros meios de deferência humilde estejam esgotados ".
24 MB XII, 641.

"G. Bosco, O católico educado em sua religião. Tratados ..., Turin, Tip. Dir. Por P. De-Agostini 1853, p. 4.

26 GM MEDICA, Os Conselhos Gerais da Igreja Católica no Pensamento de D. Bosco, em «Riviita de Pedagogia e Ciências Religiosas» 1 (1963) 2, 22.

27 Cf. P. RIFA, O argumento das "notas" da Igreja na apologética popular de San Giovanni Bosco, Colle Don Bosco, Ist. Art. Grafiche 1971, p. 33.

28 F. DESRAMAUT, Dom Bosco e vida espiritual, Turim, LDC 1967, p. 93.

Passaglia y otros teólogos con el insistiram que o obesus não era dos delegados do papa.Este era o centro da Igreja, mas no Cristo correspondia a sua força em su cuerpo místico. Para ellos, entre o primado e o episcopado se de uma relação de complemento recíproco que deja intactos os derechos de cada um. Dom Bosco, em realidade, não realiza uma reflexão extraordinariamente teológica sobre o pontificado sobre o episcopado, mas na posição antigalicana leva-os a destacar a subordinação dos obispos ao Papa, o sujeto da autoridade suprema sobre a Iglesia universal, como también como maestro y juez supremo em materias de fe.33
Frente à permanente insistência sobre o papel de Pedro, salta à vista os casos total ausencia da correspondência corresponsabilidad de los obispos. Dom Bosco concede espacio e importancia a asconciliares conciliares não por sensibilidade ao princípio de colegialidade pontena as concilios, gracias à aprovação papal, que têm infalibles, pulverizan las as idias y determinan la verdad.

No trata, evidentemente, de falta de resposta a um obispo, que não é considerado ou valorara na Igreja, até a hecho de que a centralidade do papado foi concebida de forma automática que a razão de ser dos obispos quedaba devaluada. Escribía el 13 de febrero de 1863 a Pío IX: "Morte, o exílio de não poucos bispos desconfia os menos fervorosos e assegurou que o clero se estreitasse mais para si, trazendo exclusiva e indiretamente o pensamento para o centro da verdade, ao vigário de Jesus Cristo [...]. Vai dizer coisa estranha mas acredito que seja verdade. Neste momento, parece que os Bispos fazem mais bem do seu exílio ou das suas prisões, o que talvez não fizessem no seu lar; já que com o fano eles publicam, eles defendem o princípio da autoridade divina em sua cabeça visível,

29 STELLA, Dom Bosco II, p. 133. De hecho, nas propostas que foram publicadas em Pío IX para nomenclamentos episcopales elegíó siprepre candidatos dóciles no Pontífice e de clara tendência infalibilista, incapacita de criar dificuldades ao Papa no papa ecológico.

"STELLA, Dom Bosco 11, p. 122.

"MB XIII, 456. En el volumen X 931, Amadei escribe:" Ele estava especialmente preocupado com o fato de que os salesianos deveriam ajudar o pároco do lugar onde a casa existia. "E 1862 escribía:" Além disso, você sabe que "Sempre trabalhei e continuo a trabalhar e espero consumir a minha vida trabalhando para a nossa diocese e sempre reconheci o voto de Deus no superior eclesiástico".

32 MB IX, 565-567.

33 A Santa Sé "é uma Autoridade Suprema que concede e limita os poderes e regula o exercício dos mesmos" (E IV, 59).

34 EL 258.

Parece difícil que a centralização da Igreja tenha adquirido ao largo da história para ser mais rápido a medida que as doutrinas ou as perseguições políticas exigem um respaldo mais consistente de Roma, geralmente mais forte com mais capacidade de apoyo, mais obispos individual ou coletivamente considerado, geralmente mais e mais facilmente dominados ou chantajeados pelo poder civil. Por outro lado, se você refere Dom Bosco no citado párrafo, mas se você pode deduzir a lectura esa división típica do siglo pasado entre obispos dóciles em Roma y, para tanto, buenos, y obispos más autónomos y, consigentemente, dignos de reforma y conversão.

O autor das Memórias biográficas respeita esta mentalidade simplista cuando señala que, na França, os jornais liberais católicos estão firmemente alinhados com os galicanos, com os jansenistas, contra a definição de infalibilidade. As imprecisões infelizes dos Janus, dos Gratry, de Mons. Maret ou de Dupanloup fizeram o resto. ”35 A razão para o sumo e o tempo de divisão entre buenos y malos não era tanto a doutrina de ortodoxia até el de la defensa más ou Menos entusiasmado com o ultramontanismo. Como se explica esa amalgama surpreendente e injusta de nombres nenhum equiparables. Para os ultramontanos convencidos e decididos um Maret, um Dupanloup ou um Gratry eran tan peligrosos como Dóllinger.

En esta organización eclesiástica, ¿qué parte y qué papel cumplían los laicos? Evidentemente, mais bien poco. Es verdad that Rosminí in su obra As cinco nações da Santa Madre Iglesia encuentra um dos pilares fundamentais no descobrimento de laicado e de sua participação activa na comunidade edesial. Rosmini pedia mayor colaboración entre clero y pueblo, reivindicaba o priocio de los fieux y asignaba a laicado a participación activa en el nombramiento de los obispos.36 Rl habito recogido las instancias mais aceitáveis ​​dos grupos reformistas, algunos de elles bastante radicalizados, que, Certamente, não há eruchados ni tenidos en cuenta para a Cúria Romana em frente à maioria dos obispos. De hecho,

35 MB IX, 777.

36G MARTINA, A atitude da hierarquia às primeiras iniciativas organizadas do apostolado dos leigos em meados do século XIX na Itália, en: Espiritualidade e ação dos leigos católicos italianos, Pádua, Ed. Antenore 1969, p. 317.

El P. Curci, fundador da «Civilização Católica», por parte, defendeu uma participação mais activa na vida da Igreja, recordando os primeros siglos, cuando «O Multitudo fidelium e o viri fratres tiveram um papel considerável e maior que a argumentação do sistema moderno prevaleceu »37, mas essa postura era o mantuvo na su euma conflitui, fuera ya de la Compañía de Jesús.

Resultaba más común a actitud do cardenal Antonelli cuando recordaba el o Papa considera "o dolorosamente doloroso [...] ser a Itália reduzida a apoiar a religião católica com os meios propostos", es decir, com a acción organizada dos laicos católicos. Y el mismo Pío IX declara con energía que «o Papa e o Episcopado são os [...] únicos responsáveis ​​pela protecção da religião», 38 y es el mismo Papa quien subraya el adverbio, que excluye cualquier pretensión de los laicos en este campo .

¿Cuál foi o pensamiento de don Bosco?
À primeira vista, quando há uma coleção abundante de cartas, na maior parte do tempo eu vou para os laicos, eu atribuo à conclusão disso, fundamentalmente, o intercâmbio interesabano, decir, no dinero, tan necesario para as obras que llevaba entre manos. Por outro lado, sua insistência e sua obsessão pelo prio, pelo papel e necesidad de sacerdotes, podem ter um significado que os loucos são meros movimentos pasivos da ação edesial. ¿Cuál era a função dos laicos na Iglesia? Na realidade, as rainhas do sacerdócio são o justo de seus sacerdotes. Foi la santificar aos laicos, dirigirlos hacia la salvación. Os laicos estabelecidos na Iglesia para ser santificados pela ação do clero y para obedecer.39 "Seismo então dócil às vozes do sagrado minístri, como as ovelhas devem ser à voz de seu pastor. Deus nos deu para nossos professores na ciência da religião; portanto, vamos deles para aprender e não dos mestres mundanos. Deus os deu a nós como um guia no caminho do céu, então vamos segui-los em seus ensinamentos ”.46
Evidentemente, o tema es complejo y no deve ser simplificado. Desramaut, com seu talante equilibrado habitual, considera que «é interessante notar que ele pensava nos Cristi, no modo de existência que eles concordavam, em sua tarefa missionária na igreja e em sua santificação na vida atual e no apostolado direto» 41. evidente estes três temas no tema Dom Bosco se encontraba mais olhar de Pío IX de Newman, 42 anos de quienes propugnaban e eclesiología más renovada y menos clerical.

37 G. Mucci, O primeiro diretor da "Civilização Católica". Carlo Curci entre a cultura da imobilidade e a cultura da historicidade, Rome, Ed. The Catholic Civilization 1986, p. 193.

38 MARTINA, A atitude da hierarquia, p. 345.

39 "Na Igreja devem ser consideradas duas classes de pessoas, aquelas que ensinam e comandam, e estas estão na Hierarquia e forman; e aqueles que obedecem e estes estão sob a hierarquia. E estes são todos os simples fiéis, ricos e pobres, reis e príncipes "(G. Bosco, A Igreja Católica e sua hierarquia, Toririo, Dica. Do Oratório de São Francisco de Sales, 1869, p. 67). Um registro deste relato no texto geral da encíclica Vehementer de Pío DI: “Sólo en el cuerpo pastoral resid, the derecho and the authoridad necesario for move y dirir all the miembros hacia el fin de la sociedad. En cuanto a multitude, nada do que resta do maestro esquerdo, dócil cinza, seguir a sus pastores ».

40 G. Bosco, o mês de maio consagrado a Maria SS. Imaculada para o uso do povo, Turim, Dica. GB Paravia and Company 1858, p. 46.

This planteamiento deep piramidal, jerárquico y centralizador, era, como se afirma, propio de uma eclesiología y de uma mentalidad que é bien conocida y tem sido suficiente estudiada. "Em Dom Bosco encuentro, además, algunos propios de proposito de caráter e peculiaridad , que refuerzan la argumentación anterior, mas com uma doutrina dominante e mais existencial talante.

Dom Bosco está convencido de que a estructura tem sido querida por Cristo e que serve para a salvaguarda das amas, mas crio que, de manera más ou menos explícita, considero a Iglesia no caminho de uma grande familia de onde a autoridad resulta necesaria sobre todo Se você está buscando uma concepção substancial sobre a educação pedagógica, 46 anos, certamente, na concepção que vive e transmite da comunidade eclesial .47
Sob a forma de uma concidadania e congregação religiosa se encuentra "a tendência a sentir-se como um pai que gozava de toda a confiança e confiança das crianças associadas em tudo ao seu trabalho", de forma que as primárias redacciones das Reglas resultaban extremadamente centralizadas y autocráticas.48 De hecho, por ejemplo, el cuarto Capítulo o Congregación geral, tras
41 DESRAMAUT, Dom Bosco e espiritual bita, p. 209.

42 MARTINA, Pio IX, p. 176.

"Cf. A. ANTÓN, O senhor da Iglesia II, Madri, BAC 1987.

44 "Agora este Pai é o Papa, e seus filhos são cristãos, o reino é a Igreja, o rei supremo e invisível é Jesus Cristo, o rei visível é o seu vigário, o Romano Pontífice" (Bosco, católico em século, p. 173).

45 'El alumno Tendra siempre grande respeto em no educador, recordará complacido la dirección de él recibida y considerará en todo tiempo uma sus maestros y Superiores Como padres y suyos hermanos "(El Citação en sistema de la educación de la juventud, en: Sj. Bosco, Obras fundamentales, Madri, BAC 1979, p. 565); cf. Carta sobre o espíritu de familia, en: Ibid., P. 612-620.

46 Cf. MB IX, 572-573; cf. G. BOSCO, escritos espirituais, vol. II, editado por J. Aubry, Rome, New Town 1976, p. 128. 159.285-286.

47 "Agora eu considero todo o clero do mundo como um vasto seminário com relação ao Papa. [...] Além disso, eu ainda sei que o papa, mesmo como médico particular, deveria ter muita deferência e que é conveniente conformar-se ao seu modo de ser. pensa. Assim, as boas crianças costumam ir ao pai "(MB XIII, 21). P. Stella subraya también este aspecto: «Tal como se formou nos primeiros quarenta anos do século XIX, ela atua em virtude de uma religiosidade, cujo esqueleto básico é familiar e paterno, que tende a ver na relação pai-filho; de comando, de obediência (ou consagração: entregar-se a Deus) e de execução "(STELLA, Dom Bosco I, p. 253). Estas expresiones se repiten con frecuencia en sus obras: "Esta grande família é a Igreja, este Chefe é o Romano Pontífice" (Bosco, II Cat. Educado, p. 41-42). El, "como um pai universal,

48 Cf. STELLA, Dom Bosco I, p. 159.

trabajar, REFLEXIONAR Medir y, y después de determinar dictaminar ..., decidió that Don Bosco pódios MODIFICAR cambiar y todo lo que quisiera.49 This Caracteristica Que se encuentra en otros también Institutos del tiempo Que Responde a eclesiología desembocará en el Vaticano I .

En esta familia, como en todo organismo, a autoridad era necessária, neste caso, resultaba imprescindible para encauzar la salvación. To veces, probablemente, because of su estricto planteamiento teológico, from the impresión de that su defense of the authoridad es fundamentalmente utilitaria in the sensate de that that that simplesmente imaginar uma homogénea, compacta, bajo um único jefe es capaz de responder com eficácia um as dificultades existentes. En este sentido, sua insistência na definição da infalibilidade apresenta, um menudo, motivado pelos contínuos ataques infligidos à Igreja, ao convencimento da necessidade de uma guia centralizada como um exército em guerra, e pelo deseo de que não se repityen machos pasados: "A definição dogmática teria posto fim aos erros do gollicanismo na França e do febronismo na Alemanha: enquanto era necessário para as missões e quando o Sumo Pontífice veio a encontrar dolorosa estreiteza de Pius VPI"? De subrayar, sin duda, A razão de um trabalho mais eficaz nas missões como a exigência da definição. É este o desejo de eficacia le hacía pedir, tembién, um catecismo único, universal, obrigatório, compuesto e promulgado para a Sé Romana. "Motivação estabelecida para a esfera civil: (a definição da infalibilidade)" es de gran utilidad a los soberanos ya toda a sociedad, pues, haciéndose oír a los pueblos with más autoridad a infalible voz do Soberano Pontífice para inculcarles el deber de sumisión a los príncipes,


4. Mentalidade prática e utilitária


Acho importante enfatizar e destacar a mentalidade utilitarista, a prática de Dom Bosco. P. Stella, como uma descrição feliz, que resume o que quero dizer: é a teologia do camponês que se torna uma cura, do homem prático que é muito claro sobre seu objetivo e que usa todos os meios honestos à mão para alcançá-lo. Essa atitude, de fato, relativiza, em grande medida, sua defesa do centralismo eclesial. Dom Bosco em sua prática cotidiana relativiza a teologia absoluta.

49 "Meu escrevendo um Salesiana ontem: minha apenas uma coisa é organizado pelos superiores, elevo meu lugar, e eu não ir para procurar o porquê. Eu desejo que todos todos pudessem falar assim" (MB XIII, 91). Lemoyne confirm que Dom Bosco "conhece muito a sua autoridade, nem tolerou a resistência impune" (MB VII, 118), cf. DESRAMAUT, Dom Bosco e a vida espiritual, p .

50 MB IX, 779.

51 MB IX, 827. O tema do catecismo único suscitou no Vaticano as várias direções eclesiológicas. De fato, muitas vezes aqueles que se opunham a este projeto geralmente pertenciam à minoria conciliar (ver L. NORDERA, eu catecismo de Pio X. Para uma história da catequese na Itália [1896-1916], Roma, LAS 1988, p. 45) .

Bosco, Fundações da religião católica, em: FIERRO TORRES, Biografia e escritos, p. 541.

Na eclesiologia de alguns teólogos italianos e alemães, o povo de Deus no qual a hierarquia está inserida desempenhou um papel decisivo. Em Dom Bosco, é a hierarquia que exerce e exerce esse papel. No entanto, na vida prática, dá a impressão de que é o bem do povo cristão que obtém prevalência, mesmo à custa de semi-engano ou subterfúgio.

Nas memórias biográficas I encontrar um ponto bom que possa ser considerado por alguns como sendo cínico, mas em espanhol pode ser sintetizada com a expressão clássica: a oração a Deus e ao martelo "Don Bosco teve eziandio refletiu sobre a importância de ser capaz de beneficiar, em certas ocasiões que influência o abade Rosmini exercido em Turim, em New Men autoridade revestido, em seguida, as aves Conveniência amigo e protetor. sistema His foi diligentemente guardar com todo o vaso humano, com certeza renúncia deixando então, Che Divina Providência guiá-lo costura UM PRAZER DE SEU >> 53
"Ele é um filho dócil, um filho respeitoso, mas também de negócios", afirma P. Stella, "Ele sabe como escolher os momentos, o Morfi e também as pessoas que falam.Tem o seio da Hierarquia, mache queche do carisma singular dado a luì e suas obras. Às vezes, ele sente a presença do porta-voz do Senhor "54 Lembrem-se de que essa capacidade também desenvolve a hierarquia e a Cúria Romana, e é nesse sentido que insisto. Belardinelli chega a ponto de dizer que" Dom Bosco não deixa de vincular o compromisso "infalibilidade" de apoio de Sua obra: 12 de fevereiro de audição apresentado a coleção Pio IX de "leituras católicas" e "Biblioteca" Como chegar ile louvor papal, e um endosso poderoso Same tio para a propagação, mesmo apesar de uma difi de muitos curandeiros piemonteses,

53 MB III, 248. Neste sentido "inteligente" de habilidade, considero sua defesa dos jesuítas incomparável usando as palavras e os juízos de Gioberti (MB III, 310).

54 STELLA, Dom Bosco II, p. 138.

55 M. BELARDINELLI, Dom Bosco e o Primeiro Concílio do Vaticano, em: BRAIDO, Dom Bosco na Igreja,
p. 249.

56 Ele escreveu para Don G. Cagliero: "Eu escrevo para a visita que vai fazer com o Arcebispo de Carmen ou Patagones, você vai dizer o mesmo que o Santo Padre quer tantas novas experiências pei selvagem e aplaude nosso caso para estudar sua confirú '( E III, 95).

Preguntado por qué favoreció el nombramiento de Gastaldi como arzobispo de Turín, contestaba: «Além disso, eu tinha todos os motivos para acreditar que ele sempre estaria lá a seu favor. O que você quer? Assim que ele se tornou arcebispo de Turim, cadastre mudança "58 Este, por su lado, se quejaba amargamente de Dom Bosco:" Ela diminui muito a autoridade do arcebispo de Turim, e introduz o cisma entre o clero [...] mas eu sou forçado a invocar a protecção da Santa Sé contra os ataques deste eclesiástico, que tem uma mentalidade plenária e preenche-o com o espírito de autonomia e independência "." Não há mais que o suecessor, Mons. Riccardí tinha tenido fuertes y prolongados contrasta com Dom Bosco por su deseo de conseguir plena autonomia para o Instituto.60
Por parte, Dom Bosco invocou diversas proteções em função das diversas situações. No processo de abertura de uma constituição, usando todas as artes para o futuro dos talentos do mesmo tipo de las habado redactado. Em Pío IX o habló de uma fundación iminente em Hong-Kong, o qual, claro, exigiu uma aprobación imediata; Ao secretário da Congregação, os hablos do Prefeito do Papa, que se referem à aprovação do deus da decisão do Conselho em relação complicada, por que se apoyó decididamente em Roma. "Ele havia enviado o livro ao Santo Padre, Dom Bosco, com uma intenção especial: queria que Sua Santidade visse com que diligência os salesianos trabalhavam e quanto se apegavam à cátedra de Pedro e que esforços haviam feito para incutir nos outros o respeito e amor pelo vigário de Jesus Cristo. O parees dí ayer obteve seu propósito e ficou satisfeito com o santo ". 61
Clara que esta absoluta e sincera aceptación da significação da Cúria romana não impuseram nenhum pecado mais que as correcções da Lei concedidas pela Congregação Romana correspondente. Dom Bosco dijo a sus hijos que estuviesen tranquilos porque su Congregación habice sido aprobada pela autarquia infalible, perto acto seguido intentó «manipular» ou mudar algunos artículos de esas constituciones aprobadas que a não é acababan de satisfacer.62

57 Carta ao P. M. Rua en: E III, 305-306.

58 MB 23.

59 MB XIII, 336. É claro que a realidade era muito mais completa e mais difícil de relacionar do que com o manual do atuador, mesmo o objetivo de existir no contexto da autoridade episcopal com a lei da religião. Como contrapunto a la opinión del Arzobispo podriamos recordar las siguientes frases de Dom Bosco: "No entanto, ayer, embora eu não estou certo excedeu a concessão feita para mim em falto mencionado, no futuro vou abster-se absolutamente, porque essa coisa é a popularidade ecdesiastico superior "(E II, 405); y Lemoyne estaba convencido de que «estes arquivos da vida dos Papas, exibidos pela primeira vez por Dom Bosco sal palpito, inspiraram grande respeito e submissão às prescrições não só do Pontífice em seu jovem público

60 Cf. GG FRANCO, Notas Históricas sobre o Concílio Vaticano, editado por G. Martina, Roma, Gregorian University 1972, p. 104.

61 MB XIII 517.

Você sabe o que fazer aqui e agora a coleção aqui é como começar a comentar o serviço de dix uncenter. Parler uma torta IX plaisanterie aktem papieża Honorio - desempenho antünfaliMistas largel utilisé comme par argostramento demonstrativo da existência de erreurs dogmatiques dirait, "Ale Wierzę, Zé jeśli cunctavit, Czas Jeśli, zrobił hier A A roztropności ou możliwe plaisanterie opóźnienie bez zaniechania, Aby nia Papiez Honoriusz papałnił nawet grzechu powszedniego. "63
Dans tous les cas, a revendication powinno być z nagranie faire osiągnięcia całkowitej autonomii Básicas, não relacionamento seulement nominal à l'autorité diocésaine, mais aussi par rapport à la Stolica Apostolska. "
P. Stella se relatar o relacionamento romain de ces exige condamnations ultérieures z du libéralisme catholique lub de la démocratie Murri. Nie ma nic faire votre powiedzenia, ale w mim wynikach sugestii plaisanterie wicece, ple plaisanterie pour demander preguntarm, à la plaisanterie ne révèle aucune à autorité romaine En fait, aujourd'hui était an écrou cas de ma similaire par rapport z dernière institution ecclésiastique.

De plus, cet homme savait comment manipuler et instrumentaliser les authorities Nures en fonction de leurs besoins. Jeśli jednak udasz się fazer Rzymu, Aby uzyskać Dinners SPRZEDAZY, będziesz Mogl à zrobić Kongregacji pozycji wwi Regularności temacie FMA, os n'a pas à hesite soutenir obesus Acqui et d'autres dans les aqui ordinaires diocésains approuvés souhaits Selon vos ....

Não se trataba tanto de maquiavelismo ou de surpreendente capacidade de manipulação de um sentido inato do compromisso com o fim de conseguir-se. Para o futuro, na ordem das coisas, nos aquários, no senso comum dos Curci, na dissensão moderna da Igreja, a Itália defende a necessidade de um acuerdo, mientras que Manning, no independente da Santa Sé, demostraba absurda cualquier probabilidad de acuerdo. Por parte de Dom Bosco deseaba el acuerdo, "mas de tal maneira que antes de tudo ele pudesse garantir a honra de Deus, a honra da Igreja, o bem das almas". Frente a mentalities doctrinales, a práctica que o ayudó a permanecer em relações com as duas orlas do Tíber, num momento em que estão parecía imposible.65
62 MB XIV, 229. Sobre este tema aparece impresso: P. BRAMO, Dom Bosco para jovens: O "Oratório". Uma "Congregação de Oradores. Documentos, Roma, LAS 1988. También: P. STELLA, As Constituições Salesianas até 1888, en: J. AUBRY - M. MIDALI (eds.), Fedelti e Renovação. Estudos sobre Constituições Salesianas, Roma, LAS 1974, p. 52.

63 Mg IX, 817.

64 P. STELLA, Dom Bosco na história econômica e social (1815-1879), Roma, LAS 1980,
p. 399. Ver también: EW, 505-508.540-544.

65 Escribía a G. Lanza, presidente do Governo, em 11 de fevereiro de 1872: «Escrevo com confiança e asseguro-vos que enquanto sou padre católico e apaixonado pelo chefe da religião católica, sempre mostrei grande afeição pelo governo, para os assuntos de quem tenho constantemente dedicado minhas substâncias fracas e força e vida "(E II, 195).

66 BRAIDO, Dom Bosco para os jovens, p. 10.

67 MB I, 89.
68 EI, 88-89.

69 Ver, por ejemplo, o caso dos gays conde (E 111, 352-354.364).

70 STELLA, Dom Bosco I, p. 155-156.

En relación con los obispos, surge evidente na síncera voluntad de colaborar com ellos en la pastoral diocesana, pero también su deseo de llevar adelante sobre obra según su talante e inspiración, y, por consiguiente, com a necessária autonomia. De hecho, como resultado da Ordenação de Cagliero, parece evidente que, com um tom respeitável e abstrato, Dom Bosco mantém uma integração sobre o desenvolvimento vegetal e a autonomia.67 Em 1854, Rosmini pide informa o Vigário Geral de seus proseectos comunes sobre uma tipografia, projeito que se encontra bem bastante adelantado. Dom Bosco os contesta: «Quanto a falar ao nosso senhor Eu seria bem aconselhado a adiar ainda o Vigário Geral: e talvez seja melhor aproveitar a oportunidade que alguns do Instituto vão a Lyon para falar verbalmente com o próprio Arcebispo; mas falar disto ao nosso Vigário (que é um homem santo; mas muito pouca prática das coisas do mundo) talvez estivesse despertando dificuldades onde eu acredito que eles não estão lá. "68 Evidentemente, se é provável que uma importante import constituya también a indicio de cómo actuaba sorteando aquellas autoridades que consideraba problemas para efeitos da legislação em causa no caso concreto. Crio isso se posso dizer que Dom Bosco sempre pensou que o coração de minha vida deveria prevalecer sobre a organização e a administração. mas, provavelmente, também é um problema de cómo actuaba sorteando aquellas autoridades que consideraba problemas para os pobres no presente caso no caso específico. Crio isso se posso dizer que Dom Bosco sempre pensou que o coração de minha vida deveria prevalecer sobre a organização e a administração. mas, provavelmente, também é um problema de cómo actuaba sorteando aquellas autoridades que consideraba problemas para os pobres no presente caso no caso específico. Crio isso se posso dizer que Dom Bosco sempre pensou que o coração de minha vida deveria prevalecer sobre a organização e a administração.

No coração de los lazos y complicaciones jurídicas eclesiásticas, no estoy seguro de que don Bosco les concesses the importación that daba habituamente.69 Los estudiantes que dejançam a Congregação parede que pode ficar como externo. ¿Podría esto indicar que não há atribuição à transcendência dos lazos jurídicos? P. Stella se perguntou: "O que então foi o noviciado segundo Dom Bosco? Uma casa de estudo? Uma sementeira de vocações para os salesianos e para qualquer outra instituição da Igreja? Uma maneira de fazer contato com o trabalho salesiano, com o estado eclesiástico e o religioso? [...] A leitura da necrologia dos salesianos se pergunta se mais do que um sabia exatamente qual o título que ele tinha na casa de Dom Bosco ». 7 ª Manifiesta la misma libertad de espíritu with relación a los religiosos de vida contemplativa. Convencido como o mais importante foi o salus animam, não há quem diga que é um grande expoente sobre o tema, explicando o catecismo aos meninos, religiosamente aos adultos e escutando os seus confessos. Para o mesmo, as reglas e as custas não são estabelecidas pelo encima do bien das mãos até ao seu serviço. En este sentido, a narrativa siguiente é significativa: «Para cardeais que moviam dificuldades para a obtenção de favores necessários para tornar a Congregação estável e ativa, ele costumava dizer: Eu preciso deles para me ajudar a superar as dificuldades e não fazê-las. Eu gostaria que ele se considerasse não tanto a pessoa de D. Bosco, mas as fortalezas e a vantagem da religião e das almas:

Não faz diferença na perfección da situación da Cúria romana e não resulta em partidos e influências em espaços, o que proporciona proporções de motivos e ocasiões para a banda com o difícil no mundo estranho romano. A propósito da cuada condenación de su obra Centenário de São Pedro, escribía a amigo: "... deste eu fui ameaçado em Roma e também Jopo minha partida, e uma pessoa moho a mica deu a razão principal: porque em Roma eu tinha, de preferência, muita familiaridade com os jesuítas. Aqui, no entanto, a prudência somam e silenciam ”.72 O pecado é uma regra de execução, mas denota, em todo caso, sobre a capacidade de navegação e o movimento nas águas do mundo romano e sua distinção de vidas existentes em toda a terra. autoridad. "
Es decir, y ending este apartado, crio que se é subrayar o sentido empírico, práctico da eclesiologia de Dom Bosco. Cúria Romana, Obispos, Párrocos filho mais cultivados ou marginados em função dos ayuda que dispensam a obra dos jóvenes. Dom Bosco foi totalmente concebido de modo a executar a era de Dios, e de sua função de convencimento e de sua realidade instrumento de educação a rigor com a barbatana de que a sua obra é adelante. Encontra-se ante um homem, um santo, que en la prática relativiza a teologia absoluta. Nesse sentimento, você poderá agradecer a Dom Bosco se estiver procurando reformas na aclimatação, enquanto a autoridade da hierarquia se instala na atuação, na vida de cada dia, em suas relações e determinações inmediatas.

5. Dom Bosco y Pío IX


7 'MB XIII, 504. n EI, 461.

Apenas Leão XIII, envió um escrito que "julgado vir do Senhor" en el que entre otras cosas, le aconsejaba: "Estas novas instituições precisam ser ajudadas, apoiadas, favorecidas por aqueles que o Espírito Santo colocou para sustentar e governando a Igreja de Deus "(E OF 304).

Sobre as relações de estos das pessoas tan sugestivos e sugerentes existe material numeroso e creo que tem escrito suficiente. Yo quisiera simplesmente uma pergunta. Dada a benevolencia e simpatía manifiesta do pontífice por o fundador, por que encontrando a dificultades na aprobación de la Regla? ¿Não há nada mais que contraditório entre as conversas de ambos, entre a insistência de Dom Bosco em que se formou o caso de iniciativa de Pío IX, por um lado, "e as reticências fiestas da Cúria Romana, por otra? Cuando escribía ao Papa: "Societas Salesiana quam Tu, Beatissime Pater, obras e conselhos fundasti, direxisti, consolidasti, nova benefícios para a demência magna Tua postulat", ¿Considerando-se que a proteção pontifícia é suficiente para superar as dificuldades existentes? Por este motivo infravalorará as animadversiones que le mandaron de Roma?
¿Eran reales las promesas y concesiones del Papa? Así lo creía, al menos su biógrafo: "... mais de uma vez tivemos ocasião de registrar como para o governo interno da sociedade Pio IX lhe dera oralmente uma faculdade amplíssima, tanto confiava em sua prudência". 75 De hecho, don Bosco afirmado en más de uma ocasión haber recibido «vivae vocis oraculo» dispensas de Pío IX 76
Conhece-o plenamente com o juicio de P. Braido: «Deixa, no mínimo, de perplexa a idéia de que a benevolência manifesta em relação a Dom Bosco não os induziu a um discurso oportuno, claro e peremptório; a não ser que tenham sido dissuadidos pelas persuasões adamantinas do Fundador de Turim, convencidos tanto da bondade da causa como de sua própria capacidade de manobra e amizades poderosas. "77 Pode-se dizer que preguntar, é claro, sim, não Prometió tanto quanto imaginava Dom Bosco Você também pode gostar de: optimismo las palabras del pontífice. Provavelmente Pio IX atuou com as forças de vontade como atuantes na política: se entusiasmo com os contadores e com a promessa de oro e a moro, mas mais tarde, com a marcha atrás. Tal vez como puede proporcionando o que, por uma parte, o papa prometía a don Bosco (o,
No cabo duda de tenis muchos puntos en común, y for eso sus encuentros eran gozosos y convergentes. "Para ellos el demonio estaba muy está presente em ambos os atos e vida de la Iglesia, 8º defensor de uma infalibilidad pessoal expandir, 81 de confiança el uno en el otro.

74 "Seguindo uma audiência (e outros ou outros) Don Bosco tende a acentuar um aspecto acima de tudo: o papel desempenhado por Pio IX, lembrado como alguém que traça quase um perfil improvável, quase improvável de uma" nova "congregação religiosa que, por outro lado, coincide ponto a ponto com o que Dom Bosco continuará a defender, mesmo em contraste com a lei religiosa mais aceita ”(BRAMO, Dom Bosco para os jovens, p. 96).

75 MB XIII, 237.

76 e II, 126; III, 347. 361.

77 P. BRAMO, A idéia da Sociedade Salesiana no "Esboço Histórico" de Dom Bosco de 1873/74, en
RSS 6 (1987) 304.

78 Hay que tener en cuambi est que foi infrecuente que Pío IX cayese en contradicciones (cf. MARTINA, Pio IX, p. 605).

79 Dom Bosco descreve o mismo da morte de Pío IX: "Dentro de muito pouco tempo certamente estará nos altares" (E lit, 294).

De acordo com o tema da infalibilidad por el tanto luchó y se movió, Dom Bosco usou um argumento curioso: «O Senhor deu a sua re-embelezamento da Igreja: ele fica sozinho para ver onde isto reside. Todo bispo (por conta própria) é certamente falível, portanto, não nos indivíduos é preciso procurar esse dom; e se todos forem falíveis mesmo quando reunidos, os bispos não serão capazes de se tornar infalíveis simplesmente porque se reuniram. O que os torna tão e lhes dá o que eles não têm? Está sendo conectado com o papa. "82
Por el mismo tiempo escribía Newman that, tras el Concilio de Nicea, a grande mayoría de los obispos temñado caído en la error, mas que la recta doctrina se tem mantenido gracias a los laicos. Evidentemente, também foi dada a sensibilidad de Pío IX a mucho más cercana a la don Bosco que a la do clérigo inglês.

6. Una Iglesia santa y santificante


Todos os que conocem mais a Dom Bosco insiste em que é necessário compreender o que é parte inseparável de uma experiência.83 Um menudo, em pura teoria, não tem nenhum original, copia com desparpajo, repete lo que estudiado y parece apropiado. Em genialidad y su verdadera personalidad aparece em su vida, em su actuación continuada, em su experiencia hecha vida.

No tema da santidade, o ponto-chave e determinante na sua concepção de Iglesia, encontra-se igively este planteamiento dual. En su concepción estrictamente doctrinal, a confesión da santidad de la Iglesia, publicamente pronunciada no Símbolo dos Apóstoles, é entendida de uma forma que leva não só a negar que a comunidade cristã mar suja colectivo de pecados comunales, infidelidades e ofensas Evangelio, till included a rechazar los fallos y errores históricos, or sencillamente el that the Iglesia lleandore the fall to the problem problem and needies humans.

En esta planteamiento se distingui os pecados das católicas e a atitude da Iglesia. Com esta distinção introduz uma consideração ideológica que reivindica a Iglesia, es decir, uma institución ou la jerarquía, de sus fallos y cumprinacionicas. No entanto, se ele tem um certo significado de cristianismo, solos ou agrupados, que cometem errores e infidelidades ao Evangelium, nenhum parecen ser Iglesia. Es decir, por um lado, se dá uma identificação subliminar entre Iglesia e Jerarquía: y por otra se se descreve o perdedor dos creyentes à Iglesia menos apta para ser eficaz de salvación em cada momento da história.

8 ° G. CANATAN1, II demônio, Roma e a revolução, em "Revista de História e Literatura Religiosa" 8 (1972) 485-516; MB V, 694; Bosco, escritos pedagógicos, p. 301.

Como se deve declarar todos os pontos de vista, a opinião do Papa incluiu os temas de liberdade oponó, como médico privado (cf. MB VIII, 277-278).

82 BELARDINELLI, Dom Bosco e o Primeiro Concílio do Vaticano, p. 246.

"O veto de Dom Bosco é o que resulta de uma consideração global, unitária e vital de todos os seus escritos, de todas as suas realizações e escolhas operacionais e de toda a sua vida" (R. FARINA, Reading Dom Bosco hoje. Notas metodológicas e sugestões, en: P. BROCARDO (ed.), Formação em curso integra institutos religiosos, Leumann [Tormo], Elle Di Ci 1976, p. 351).

Em Dom Bosco, esta é a atitude geral do quedaba, provavelmente mediada pela "Hecho de no usar", a analogia do mundo físico através da família e da mãe, "decir, vez mais, por concepções eclesiológicas verticais e horizontais, sobre todo, por su amplio y complejo concepto de Iglesia.

En efecto, Dom Bosco identaba Iglesia com Religião, 85 y ésta con santidad. A santidad en don Bosco é a mais famosa de todas as cidades da Iglesia. Do ponto de vista apologético se manificesta para médio da presença de medios eficácias de santificação, dos numerosos casos de santidade e de extraordinários milagres enella presentes.86 Eu que concebo fundamental, os critérios que inspiram susa raes pero, de hecho, também sus teorías y formulaciones, es el la la santidad de los cristianos. A esta santidad subordinada todo y en función suya concibe, más o menos explíctitly, la organización eclesiástica en sus vertients vertientes. A Iglesia fundada por Cristo, escribe nuestro santo, "enquanto ele vivia neste terca, e porque dele se formava dentro de seu custo mais sagrado, consagrado e santificado com seu sangue. Ela está cheia de seu Espírito Santo por ela, que ela enviou a ela para permanecer com ela e lhe ensinar toda a verdade até o fim dos séculos ".
«O que estava no coração de D. Bosco - diz o autor das memórias biográficas -: salvar almas» o, en otro lugar: «A saúde das almas é o único propósito de sua vida», o, también en otra página: «Le as almas são um tesouro confiado ao sacerdote »88 Para este razón, como listadoé enseguida, o sacerdote é constituído por uma das obsessões de sua vida.

Na dimensão histórica-salvífica, a Iglesia es, según Newman, o povo de Dios.
"11 O fato de haver pecadores na Igreja não levanta sérios problemas doutrinários em seus escritos. Dom Bosco, de fato, mais do que a analogia do Corpo Místico, quando fala do pecado e dos pecadores, volta à família e à mãe. A Igreja Matriz é sagrada, apesar de sua mancha e rugas irregulares. Isto permanece, mesmo que muitos de seus filhos sejam pecadores, mesmo que seus filhos o combatam e o neguem "(STELLA, Dom Bosco II, p. 140).

85 «Pueblos católicos, abrid los ojos; se os tienden gravísimas asechanzas cuando intentan alejaros da única religião santa que a Iglesia de Jesucristo "(Bosco, Fundaciones de la religión católica, en: FIERRO TORRES, Biografía y escritos, p. 545).

86 RIPA, O argumento das "notas", p. 36.

87 MOLINARI, A "História Eclesiástica" de Dom Bosco, p. 221-222.

88 Escribão Dom Bosco em suas memórias: «o sacerdote não vai apenas para o céu, ele não vai apenas para o inferno. Se ele continuar, ele irá para o céu com as almas que salvou com seu bom exemplo; se doer, se escanear, se perderá com as malditas almas por seu escândalo "(Bosco, Scritti pedagogici, p. 314).

Claro, o pueblo de Cristo tem uma organização social, mas no momento anuncia a prioridade da vida real. O fundamental fundamental de todos os actos do pueblo na virtude dos medos e derrotas do mundo cristão da existência cristã mantém priorizada a distinção entre diferentes categorias de pessoas nas áreas de funcionalidades que são externas aos ejercers no peito. de este pueblo. Para Newman - diz Congar - “o Iglesia no era primariamente um sistema de doutrina, e tampouco uma instituição. Estabeleceu-se fundamentalmente para o don da gracia que Dios ofrece um hombres, y éstos, aceptándola, se unen entre sí y forman um único Cuerpo ».89
Eu tenho a impressà £ o de que Dom Bosco, para pesar este que nunca escreveu, tem atuado a um longo de sua vida nessa misma longitude de onda, entà £ oa cabeça duda de que sà £ o descentrada e desarrolla fundamentalmente e casos exclusivamente carácter individual de la salvación: «Cada palavra do sacerdote deve ser sal da vida eterna e isto em todo lugar e com qualquer pessoa. Qualquer um que se aproxime de um sacerdote deve sempre relatar algumas verdades que lhe trazem benefícios para a alma ". 9 Afortunadamente aqueles povos que estão unidos a Pedro na pessoa dos Papas, seus sucessores . Eles andam no caminho da saúde; enquanto todos aqueles que se encontram fora deste caminho e não pertencem à união de Pedro não têm esperança de salvação;
En su História A ecdesiastica a santidad aparece como um objetivo da vida, sobre todo, como um crachá de la Iglesia. De hecho, no .resultue badalar a predominância da vida e a ação dos santos na história que acaba de transformar em uma reivindicação implícita da realidade eclesial da santidade. En las otras Iglesias, ele dirá, não existen santos, "desde o Valdesi se juntou Dom Bosco no curso de sua História para as imundas, ímpias e sangrentas figuras de Lutero, Calvino e Arrigo VIII Eles contrastaram a visão celestial dos filhos da Igreja Católica que viveram com eles ao mesmo tempo: São Gaetano da [...] Thiene e uma centena de outros: a santidade é uma só com a verdade ". com moralidad 95
89 Citado por ANTÓN, O Mistério da Iglesia, p. 275.
90 11113 VI, 381.

91 Bosco, Vita di San Pietro, p. 164-165.

92 «Ele é apenas a única religião Católica ayer dos Santos e dos homens relatados em (MB XIV, 229).

93 e II, 23.

"MB W, 307." Infelizmente, os protestantes, infelizmente, estão estabelecidos que em mil maneiras de fábulas ameaçam os hábitos e crenças de adultos e jovens desavisados ​​"(E III, 30).

95 «As pobres [...] que não têm nem lugar nem conforto para frequentar a escola, nem mesmo para assistir a serviços religiosos, estão em grave perigo para a moralidade» (E III, 30).

«O Religião Católica, religião santa, religião divina! Quão grandes são os bens que você procura para aqueles que o praticam, aqueles que esperam em você e confiam em você! Quão afortunados são aqueles que se encontram em seu ventre e praticam seus preceitos. ”96 Dom Bosco estabeleceu um estado de conservação que dedicou à vida e fundou uma congregação com o fin de los jóvenes y, em geral, todas as personas de forças de conseguir estos bienes. This convencimiento espoleó su inter e y preocupación constante por las misiones. "Nos casos de exercícios espirituais, triduums, novenas, pregação, catecismos, a beleza, a grandeza, a santidade desta religião é proposta para ser levantada, que oferece meios tão fáceis, tão fáceis para a sociedade civil, para a tranquilidade do coração para a salvação do homem, como são os santos sacramentos ».97
Tan convencido esta realidade que se tornou um livro para Pío IX: «Sua Santidade segundo o pensamento elevado que Deus inspira em seu coração, proclamando onde quer que possa veneração ao Santo dos Santos. Sacramento e devoção, à Santíssima Virgem, que são as duas âncoras da saúde para a minha humanidade ".98
Toda su vida está centrada en deseo: que todos vivan la religious, permanezcan en la Iglesia, es decir, en la verdad, se santifiquen con los sacramentos, sean devotos de María. Para que mar posible resultan imprescindibles los sacerdotes, ya la tarea de conseguir e formar sacerdotes dedicam-se permanentemente a esfuerzo: "Lembremo-nos que damos um grande tesouro à Igreja Guando que procuramos uma boa vocação: que esta vocação ou que este sacerdote vá à Diocese , nas Missões, ou em uma casa religiosa, não importa. É sempre um grande tesouro que é dado à Igreja de Jesus Cristo. "99 Toda a vida consistiu em uma manifestação palpável de sua concepção do sacerdócio, da grandeza do sacerdócio, da dedicação total que debe caracterizar ao sacerdote."
96 STELLA, Dom Bosco II, p. 139. Este autor afirma que "a sua reflexão sobre a santidade da Igreja e dos fiéis está conscientemente inserida numa mentalidade marcadamente cristológica e soteriológica" (Ibid., P. 140).

"P. BRAMO, O projeto operativo de Dom Bosco é a utopia da sociedade cristã, Roma, LAS 1982, p.16-17. É a autoridade e notável do desvio em relação à insistência na plenária indígena no articis mortis.

98 EI, 259. "Diga o que quiser sobre os vários sistemas educacionais, mas não encontro uma base segura, exceto na freqüência de confissão e comunhão; e acho que não é exagero dizer que, sem esses dois elementos, a moralidade deve ser excluída". (BOSCO, obras principais, p. 306). Devemos lembrar a influência de Santo Afonso de Ligório em G. Bosco, G. Cafasso e L. Guanella através do "ecdesiastico Convitto" de Turim. Santo Afonso era o santo dos poprolares, missões eucarísticas e devoção mariana, devoção ao Romano Pontífice (ver G. Angelini, escatologia religiosa e história em: Consciência Civil e Experiência Moderna na Europa Religiosa, Brescia, Morcelliana 1983, página 379).

99 MB XVII, 262.

100 dizer Dom Bosco a B. Ricasoli: "Excelência, Conhece Dom Bosco Quem está no altar Sacerdote, confessor, é Sacerdote no seio da Juventude e chega a Turim Sacerdote E, E ASSIM SACERDOTE Florença, lar do pobre Sacerdote, Sacerdote no palácio do rei e dos ministros "(MB VIII, 534).

Poder-se-ia dizer que, de certo modo, o mais importante para Dom Bosco é ser sacerdote, porque se dedica diretamente à evangelização, à santificação do povo. Os bispos, em geral, não eram líderes de evangelização porque, de fato, sua tarefa era mais administrativa, maior segurança jurídica. Neste sentido, com toda a imprecisão do significado, talvez se possa dizer que para os sacerdotes Dom Bosco eram, de fato, mais importantes que a hierarquia e estrutura na tarefa de santificar, evangelizar e edificar o povo de Deus.

7. A experiência da Igreja


No conjunto, a atividade de Dom Bosco, em seu múltiplo apostolado em sua total dedicação à santificação das almas, podemos encontrar um sentido mais complexo da Igreja, mais livre e mais dinâmico que aparece em suas formulações teóricas. É neste campo de experiência e ação que as estruturas eclesiásticas existentes foram superadas, lançando novos caminhos. "
Dom Bosco conheceu e quis comprometer-se com todos os problemas edesiales do seu tempo na sua actividade catequista e confessor. Na sua acção educativa juvenil e popular quotidiana, nos seus projectos, comportamentos e atitudes, nas suas vertentes teológicas, históricas e culturais. didático, ele expressou seu sacerdote visivelmente comprometido com os problemas da Igreja local e pública ".
A razão para o presente total de sua vida é encontrada em sua experiência da Igreja: "Todos os Seus pensamentos, Todas as Suas obras objetivavam essencialmente a exaltação da Igreja e desfrutavam processando a Alegria e processando Glórias, e sofrendo de Seus Sentimentos. e das perseguições que o atormentaram.É, portanto, se ele usou com ardor para aumentar as contendas e o denunciar para conquistar, para aliviar as dores, Ele irá processá-lo, processará as suas perdas, o repolho trará de volta o seu grande ventre de ovelhas perdidas, crescente família de novas crianças.[...] por isso não perdi uma oportunidade do Conselho de ousar ouvir um bom ouvir uma confissão sacramental, dei pregação, para admoestar, por sua vez um anúncio parte oração todos eles a respeito de quais ações de suprema importância para operar ", diz ele. em memórias biográficas.

101 Cf. E. ALBEIUCH, experiência da UE na educação salesiana na Igreja, em: R. Giannatelli (ed.), Educação Desenhando Hoje com Dom Bosco, Roma, 1981, p. 258-278.

102 P. BRAIDO, Pedagogia eclesial de Dom Bosco, em: Ch. Cim - A. MARTINELLI (editado por), Com os jovens recolhemos a profecia do Concílio. Atas da XIII Semana de Espiritualidade da Família Salesiana, Roma, Departamento para a Família Salesiana 1987, p. 24.

Ele escreveu para Don Fagnano, "Lembre-se que seus esforços estão sempre direcionado para as necessidades crescentes de sua mãe. Sed seu Mater Ecclesia Dei est, diz São Jerônimo" (E IV, 334).
Este não era tradicional e restaurador. Foi Consciente de que nem todos os itens acima foram bons e se recusaram a retornar ao estado de coisas de outras épocas que defendem a liberdade da Igreja, apesar de ter sido conquistado por tantas dificuldades, foi um sucesso extraordinário.

Dom Bosco certamente não viveu um tempo mais calmo ou mais brilhante na história da Igreja, mas seu otimismo e confiança no futuro manifestaram o tempo durante a maior parte do tempo. Nem Protestante ou Maçonaria, ou a constante atividade que prevalece Diabo "Em TODA VEZ a Igreja estava sempre no ferro - ou com os escritos lutados, e sempre tem Triuno. Ele viu os reinos, as repúblicas e os impérios saberem sobre ele colapso de modo nenhum arruinado, só ele permaneceu feroz e imóvel.Ele executa o século XIX desde que foi fundado, e se tudo mostra dia Na era mais próspera.Depois que nós, outros, virmos, e sempre veremos prosperar, e direto da mão divina Allerosa e gloriosa ele assuntos humanos, ele vai ganhar seus inimigos, e se ele avança com firmeza dos séculos e das revoluções, mas o fim do Times, turbina, nn furacão, eles cobrem nosso horizonte; mas eles serão de curta duração. Depois, vou comparar apenas uma que não brilhou de São Pedro a Pio IX. ”107 uma turbina, não um furacão, cobre nosso horizonte; mas eles serão de curta duração. Então, vou comparar apenas um que não brilhou de São Pedro a Pio IX. ”107
Para muitos teólogos da época e talvez para o nosso, acreditar na Igreja significava aceitar sua autoridade mais do que seu mistério.Dom Bosco também insiste, como vimos quase exclusivamente na autoridade e na instituição eclesiástica. O Desramaut declara que insistia mais em seu aspecto fundiário, social e orgânico em sua essência mística: "Se é óbvio que, depois de tudo, no universo espiritual de Dom Bosco, os Seres concretos ocupam um lugar notável, ao invés de Deus a Profundidade, o amor da Igreja e um exaltado Espírito Santo viu o que parece muito pouco ".108 No entanto, falando do que são na realidade os mistérios da graça, e dedicou sua vida a reviver esta vida de graça no alma dos fiéis, que é a presença do Espírito Santo nos crentes.

Tenemos that concluir that afirmando de educação práxis lleva de mil maneras distintas para inculcar el SENTIDO de Iglesia a través de una fuerte experiencia de Iglesia, frente uma práxis identificaba común that más o menos conscientemente Iglesia com estructura. Experiencia Iglesia de que es vida, Sacramentos, santidad y relación com Trinidad.109 Pedagogía eclesial Que se condensação en escuelas, oratórios, Iglesias, hospicios, institutos Profesionales, asociaciones, Obras para las vocaciones adultas, prensa, editoriales, Librerías, colégios. Don Braido piensa que "iniciação eclesiae sensus com acentuação papal radical, tornar-se forma todos os dias espontânea de ele ser um educador", "y ° recuerda um recomandación that puede convenirse en emblemática:" Continuai a amar a religião nos seus ministros, continue praticando esta santa religião católica, que pode nos fazer felizes nesta terra, sozinhos que nos faz eternamente abençoados no céu ". Se tratava de uma concepção universal, capaz de superar capillismos y sectarismos: «Entre os católicos não há nem as nossas obras nem as obras de um. Somos todos filhos de Deus e da Igreja, figué do papa », 111 incluídos nas situaciones em um sentimiento espontáneo podía haberle movido en otra dirección. Por e-mail, cuando desechou e destruiu os libelos clássicos contra mons. Gastaldi. figueira do papa ", 111 incluiu em situaciones em um que sentimiento espontáneo podía haberle movido en otra dirección. Por e-mail, cuando desechou e destruiu os libelos clássicos contra mons. Gastaldi. figueira do papa ", 111 incluiu em situaciones em um que sentimiento espontáneo podía haberle movido en otra dirección. Por e-mail, cuando desechou e destruiu os libelos clássicos contra mons. Gastaldi.

"" Não te parece - decía a los jesuitas de Piacenza - um yero triunfo da Igreja ter podido libertar tratados com os Governos, que reivindicavam eleger não só os bispos para as várias dioceses, mas também os párocos das paróquias individuais. "Agora é mais livre do que antes. As concordatas que bloquearam sua liberdade, especialmente na eleição dos bispos, estão quebradas" (MB X, 464).

"SE, 388.

"MB IX, 920. 107 E II, 118-119.

"DESRAMAUT, Dom Bosco e a vida espiritual, p. 95.

Parece claro que é mais importante na vida e nas obras que a purificação da religião - de uma constante oposição aos protestantes - e à santidade do povo. Os objetivos dos objetivos identificaram o sentido explicado nestas páginas, com a religião e a Iglesia, constituintes da razão de ser de sua vida. É um defensor do vocabulário técnico e não menos eclesiologista, manifesto e representado como um momento dominante em um momento. De hecho, tal como afirma-se P. Braido, sua visão teológica da Iglesia tem sido modelada em catecismos diocesanos e em uma modesta alfabetização teológica e entonacional dominante entra no setor no ultramontano. Vivión y sintión la comunidad eclesial, comprendió en qué compreendendo el nervio vital de la vida de la Iglesia y actuó en consecuencia. Tal vez, a sua correspondência com a su praxis, que, a veces, no parecen concordam em todo, o que é o primeiro, legal, institucional, mientras que a segunda é existencial e vivencial. Na realidade, Dom Bosco poderá convocá-lo à Igreja da Igreja Católica e produzir o sacramento da Igreja e da Igreja.

Dom Bosco este é um tema eclesiológico que representa um paradigma paradigmático da pensaba e escribía a mayoría do clero italiano de aquil tiempo, e neste sentido nenhum original resulta na siqueira em sua universidad y exageración ultramontana, no entanto, a mismo tiempo, manifesta-se com A vida e a capacidade de fazer a pressão precisa ser adaptada e evoluída, e a resposta da menstruação deve ser melhorada, bem como toda a questão, mais amados e marginados.

109 Defina a ediçà £ o de 1870 de su ecclesiastical Stork: "A Igreja à © claramente a filha de Deus Pai, a noiva de Jesus Cristo e o templo vivo do EspÃrito Santo", y adelante afirma: "A Igreja nà £ o tem nada a temer e, mesmo que todos conspirassem para jogá-lo no chão, há sempre o Espírito Santo para sustentá-lo ”.

110 BRAIDO, Pedagogia eclesial de Dom Bosco, p. 24.

BS 6 (1882) 81.

EL CONFLITO COM DON BOSCO
E EL ARZOBISPO DE TURÍN LORENZO GASTALDI (1871-1883)


Giuseppe TUNINEM


1. Elementos para a explicación de um contraste conocido


O título desta comunicação não requer uma forma absoluta, de forma periódica, de uma hecho especial: refleja relaciones reales que se dieron entre Dom Bosco e o arzobispo de Turín, Lorenzo Gastaldi, nos anos 1871-1883.1
Es verdad que la Historia de la Iglesia esta surcada por frecuentes conflitos entre os lamas carismas e a eclesiástica de autoridad, assim o Papa, como o de los obispos. Mas não, não só.

No embargo, o banal recurrir a esa constante histórico ou os ilustres antecedentes históricos para o intentarexto de modo satisfatório, o, peor aún, desmontar o conflicto que se dio entre Dom Bosco e o arzobispo Gastaldi.

Pertenece, sin duda, ao género dos conflitos entre a autoridade episcopal e o carisma religioso, mas detém uma especificidade incontrovertível, que constitui uma das claves da conferência da rica e completa personalidade, como o da actividade, dos protagonistas.

Frente a la gravedad ya a continuidad del conflicto se siente um inevitável estupor que se hace mayor si se piensa que, a menos durante veinticinco años - es decir, hasta a primavera de 1872 - los dos protagonistas haban estado em relações de óptima amistad, de estima y colaboración.

Ele recorria à geometria, entregou-se ao povo se imaginou como um dos que iniciaram o mismo ano de nacimiento - 1815 - se mantuvieron paralelas durante a treinta anos. De 1844 a 1872 se aproxron en estrecha colaboración, para contraponto de repente e literalmente em 1872-1883. Era diferente na extracción social: o camponês pobre Giovanni Bosco, o burgués acomodado Lorenzo Gastaldi. Diferença na formação cultural e eclesiástica: depois dos estudos primários no regulares, Dom Bosco habituas assistiu aos cursos de filosofia e teologia no seminário diocesano de Chieri; Mons. Gastaldi, em troca, recebia um instrutor regular de trabalho, dados sobre os tempos, primero, no Collegio dei Nobili (ou del Carmen), dirigido por los jesuitas, depois da Universidade de Turim, donde,

Todo o conteúdo desta comunicação foi apresentado extensivamente em minhas monografias sobre Gastaldi, ao livro também para as energias, bibliografia e cita documentales: G. Tu. ~ ni, Lorenzo Gastaldi 1815-1883, vol. I: Teólogo, publicista, Rosminiano, bispo de Saluzzo: 1815-1871, Roma - Casale Monferrato, Edizioni Piemme 1983 (especialmente las p. 132-135); vol. II: Arcebispo de Turim: 1871-1883, Roma - Casale Monferrato, Edizioni Piemme 1988 (especialmente las p. 259-290: "O conflito com Dom Bosco").

Ordenado sacerdote em 1841, Dom Bosco tinha completado a formação pastoral no Convento eclesiástico de São Francisco de Assis, a escuela de don Luigi Guala e de Dom Giuseppe Cafasso, echando para ir ao mismo tiempo la actividad entre la juventud abandonada; Don Gastaldi, sacerdote em 1837, tinha sido agregado em 1838 no Colégio dos Teólogos de la. Universidad, dedicándose, por tanto, a actividad académica, estudio y publicación de obras de teología moral, introduciéndose en el debate cultural, especialmente en la cuestión rosminiana.

A vida de Dom Bosco pertencia ao clero do Convento de S. Francesco y Don Gastaldi à formação universitária significativa que pertencia aos sacerdotes de várias maneiras e em muitas outras formas alternativas alternadas: alfonsiana y ultramontana primera, com tendencias rigorosamente y moderadamente filogalicanas la segunda , com todas as implicações eclesiológicas correspondentes, espirituales y pastorales.

Esta formação diferente tendrá em peso no conflicto en cuestión; mas em um primeiro momento não há a possibilidade de a colaboração e a colaboração na atividade que se inicia no Oratório de Valdocco partirem de 1844 ou pouco depois.

El canónigo Gastaldi prestaba su ayuda a Dom Bosco en la catequesis y la predicación, mientras que su madre, una hermana y despiu a sobrina ayudaban a mamá Margarita.

Admirador da cura de Valdocco, o canonigo Gastaldi, em 7 de abril de 1849, escreveu nas colunas do «Conciliatore Torinese», de que foi diretor, um panegírico verdadero de Valdocco e de seu diretor, exaltado como e o «novo Filippo Neri» .

Em 1853 partió para Inglaterra com misionero rosminiano, en su testamento secreto ligado a don Bosco ya on Oratorio uma notável suma de dinero. De Inglaterra mantuvo relación epistolar e inició la colaboración en la colección de la "Catholic Reading".

Hecho obispo de Saluzzo, tambi gracias a Dom Bosco, escribió más entusiastas y elogiosas cartas comendatías para obtener de Roma a aprobación de la Sociedad de São Francisco de Sales. Por último, submovido em Turim em 1871, además de Pio IX por apoyo abierto que deus a causa da infalibilidade no Vaticano I, se debe atribuir tambem os consejos de don Bosco a mismo Papa.

2. Las Causas


Evidentemente, Dom Bosco, depois das sepulturas dificilmente possuidor do Riccardi de Netro para a aprobación de sua congregación, tinha o cogito a cargo da posibilidad de tener na sede de san Máximo a um obispo amigo. Y com Lorenzo Gastaldi parecía darse a perspectiva más halagüeña.

Los cálculos incorretos errados. Además, no solo faltó the ayuda soñada, up to llegó enseguida la oposición.

¿Cuáles fueron las causas?
Mientras muito, não mudou o papel de Gastaldi: não era o obispo amigo, mas o superior eclesiástico directo, comprometido, para tanto, é uma pessoa primordial nos problemas da congregação salesiana, que a sua infância e a sua máxima presença em Turim.

O pecado deve ser precisamente o papel do obispo pode aparecer nos contrastes de sus mentalidades diferentes, enraizada nos procesos formativos notablemente diferentes. Además, o obispo tenía que tener en cuenta o actitud do clero diocesano em relación com a congregação salesiana, posteriormente reconocida por Roma.

En efecto, o conflicto de Dom Bosco com o arzobispo de Turim no nació com Gastaldi, até que você já tinha dado o seu predecessor, Alessandro Riccardi de Netro, trasladado de Savona em Turim em 1867. Es decir, Gastaldi se encontró with herencia de uma situação de contraste existente.

El conflicto verdadero y propio com a curia turinesa había surgido com a llegada de Riccardi de Netro. Você é bastante simples. A diócesis turinesa, de 1850 a 1867, tinha estado de hecho vacante: de 1850 a 1862, devido ao forcado de monter de frédéric Fransoni em Lyon, a diocese tinha estado gobernada por carta a través do vigário geral; de 1862 a 1867 había tenido a guia do vigário capitular Giuseppe Zappata. Tudo está em um período borrascoso para as relações entre Estado e Iglesia, sobre todo en Turín.

O novo arco tem um problema com uma situação não fácil, também na disciplina eclesiástica, e o poder de turinar-se em seu conjunto.

Em uma ampla gama de temas, Dom Bosco acostumou-se a uma certa liberdade de iniciativa, favorecendo os porros dos fatores: a inquestionável confianza do arsobispo Fransoni e o papel de suplência vívida no Oratório de Valdocco depois do recinto do Teológico de Turín. 1848 por las conocidas manifestaciones de los seminaristas.

Com a llegada de Riccardi de Netro em 1867, se cerrò um grande período de excepción. O tratamento da encefalência da diocese, o arsobispo encontrou-se frente ao oratório de Valdocco para a presença dos seminaristas da diócesis em él.

El 11 de setembro de 1867, el arzobispo ordenou os seminaristas diocesanos que estaban en Valdocco que volviesen no seminário para seguir com regularidade los cursos, si querían recibir las órdenes sagradas.

O regime de privação de pocas dificulta para Dom Bosco, porque ele é privado de um precioso pessoal para seu oratório. O mais grave foi o juicio negativo expresado pelo arzobispo sobre as constituições do povo Dom Bosco pedia la aprobación em Roma. Además de las reservas que expresaba sobre ello, monseñor não era o partidário da transformação da Sociedade de São Francisco de Sales em congregação religiosa. Sim, sem diocesana estrictamente, todos os menos muy incrustada na pastoral da diopsia para as multas para o hab ha nacido.

A Santa Sé e o 1º de março de 1869 não concederam a aprovação das constituições, senão a reconocimiento como congregação de votos sim. ples a la Sociedad de São Francisco de Sales. O embargo é, Don Bosco, obtendo o privilégio de conceder os direitos concedidos pelas cartas às dívidas dos seminaristas que tenham entrado em colegiado nos oratórios anteriores das catoras años; y mais adelante obtuvo dársela también a los que habían entrado después de esa edad.

Torna-se claro que este momento começará, quando se vê Dom Bosco que nenhuma objeção dos arsobisposos se converte em útil para sus multas, o recurso a los privilegios se convirtió em constante em seu comportamiento.

Durante muito tempo, quando Gastaldi llegó em Turín, em 1871, o contencioso entre o arsobispo e Dom Bosco estabeleceu o tapete: a formação dos seminaristas salesianos e os ordenaciones sagradas, os privilégios de Roma (especialmente las dimisorias), a aprobación de las constituciones, en proceso de examen en Roma. Esteba en juego, no sólo la jurisdicción episcopal, até o misma futuro fisonomía de la congregación salesiana.

3. Dos tipos de formação e concepções eclesiológicas


É baseado em relasões e bien tensas se é feito com toda a força de sua personalidade e sua concentração de consciência, formada na faculdade teológica turística e madurada na escola de Rosmini, o arzobispo Lorenzo Gastaldi.

El comienzo claro del conflicto se deus com o cartão do 24 de outubro de 1872, em que o arzobispo, de acuerdo com o derecho canónico, establecía que os seminaristas salesianos se apresentam cuarenta días a menos antes da ordenación, com uma declaração de Dom Bosco sobre o currículo de vida, de formação e de estudo; Cada vez mais, os clérigos tenían que sufrir, na cúria, o exame sobre os tratados de teologia. Por ora, el arzobispo se abstenía de exigir - como estava no derecho-deber-que se asistiese nas clas do seminário.

Frente a la websites compreensivos resistencias de Dom Bosco, el arzobispo no sólo no atenuó las exigencias, até que añadió que, desde um sério noviciado, não tem uma competência para a vida religiosa e para o arzobispo nenhum apoyaría aprobación de las constituciones. Por último, precisávamos de crioulas extermáticas, mas não mais de todas as cédulas, como era o exame sobre a idoneidade de los ordenandos.

Ele era o contencioso, mas agravado pela aprovação da esbanjad, e obtenida, e os privilégios conseguidos por don congregación sal Bosco, que o arzobispo tratava de vaciar apelando para derecho comúnxenta. O que é que a congregação era de votos simples, por tanto, não e esta incertidual, llena de incompreensões, se superará em 1884, depois da morte de Gastaldi, com a concesión de la exención.

A incompreensão nacía también da maneira diferente de conceber a congregación religiosa y, por tanto, o noviciado. El arzobispo pensaba en ella no modo tradicional, considerando o noviciado de los jesus coitas o modelo no qual habitou que inspirarse. Dom Bosco, no qual é possível, uma forma de juridica, para a qual não há nenhuma quería fundar uma congregación religiosa tradicional, até que eu esteja pronto para saber adoro o adaptado adoro o hacker necebientes juvenilsa.- Esto le ponía ante o siguiente dilema: a novedad do inseria mais dependente dos obispos (o que, dada a situação, não quería); a autonomia respeitosa dos obispos era só posible e obtenía privilegios de Roma; mas o camino de los privilegios era a congregação religiosa tradicional.

Para salir do impasse, Dom Bosco se estabeleceu com a maior decisão porestimar o caminho dos privilégios; y los obtenía con facilidad de Pío IX, que prefere al arzobispo de Turín.

Por parte, el arzobispo, sintiéndose desbancado por don Bosco y escribía dose cuenta de que Pío IX tenía predilección por don Bosco - y the esc abi vehicle certamente in the carts to congregaciones romanas - más de vez amenazó con negar las dimisorias como obligando, com o amenaza de um gesto informativo, ao papa, para que tuviese com el arzobispo de Turín a consideração débil. Sinto-me obcecada com o tema do privilégio, levo com Dom Bosco sobre a congregação, as graças à preparação jurídica, ao derecho canônico ao reunir-me com o freguês para seguir a simpatía, sí sintonía jurídica en las congregaciones. romanas, que tendían el derecho común. A este propósito, a lei de aprovação das constituições, cerrado, com o decreto de 3 de abril de 1874.

El arzobispo tem enviado sobre papel de comendacia no dia 10 de fevereiro de 1873, mas estabelece seis condições precisas sobre os pontos de vista e os votos que são subdiaconados para confirmar e depois dos votos perpétuos.

Dom Bosco, por sua parte, pedia ao Papa o 1º de março "a aprovação definitiva das constituições e a faculdade plena de conceder as dimensões".

Ambas as partes presionaban a Santa Sede para que se aceitem os propios pontos da vista.

Entre otras cosas, el arzobispo, em carta ao prefeito da Congregação do Concilio, se declarado convencido da congregação salesiana não pode sobreviver à morte de seu fundador sim não se teni en cuenta las precauções que é proponía. Efectivamente, o consultor da Congregação de Obespos e Regionais acolheu financeiramente as assobiações de Gastaldi sobre o noviciado, os estudos dos clérigos e a coligação do subdiaconado após os votos perpétuos.

Mientras tanto - mostrando a era crítica ao fundamental - Gastaldi, o 26 de julio, proponía todavía a la Congregación de Obispos y Regues a cuestión sobre a exoneração ou não da congregação salesiana. A resposta do dia 18 de agosto revelou de maneira clara que em Roma há uma das finalidades da aprovação das constituições: a Congregação de Obstáculos e Regras e o Rio IX. De fato, no caso de uma congregação das simples salesianas, se o pódio considera a exenta do episcopal jurídico, "salvo as Constituciones quando não há abordagens para a Santa Sé e os privilégios do povo misma". A este propósito puntualizaba que as constituições são todavia um exemplo, não, se você deseja ignorar "que privilégio particular obedeceu ao Sacerdote Bosco de Su Santidad sobre as dimenções do feno que concedem um número cierto de alumnos; y últimamente na Audiencia dos 8 do actual tem obtenido otro parecido por seis arios ".

A política da doble vê-se na aprovação das constituições. Aprovadas pela Congregación de Obispos y Regulares por decreto de 3 de abril de 1874, acogieron na sustentación as observaciones de Gastaldi sobre os pontos cruciais tanto o preocupaban. No entanto, se for concedido privilégio, será excluído das normas constitutivas: com uma renúncia de mismo día se concedía a Dom Bosco por dita a faculdade de conceder as dimensões aos salesianos que debían ordenarse. Además, o 8 de abril, Dom Bosco obtenía de Pío IX, vivae vocis oraculo, a exensão do tipo de noviciado sancionado pelas constituições.

Para Gastaldi, o resultado claro que Roma, de hecho, com o peso de Pío IX, estabeleceu-se com Dom Bosco. No entanto, a ambiguidade da solução - constituições para um ambiente bom e privilegiado - se a hacía aún más humillante. Todo o mundo está arreglado, sem nenhuma dificuldade, e o ar condicionado é um dos mais procurados. No entanto, este tipo de renúncia não é um bien a supose, sobre todo o porque ser convencido de suas próprias razones. ¿Tozudez? ¿Lúcida conciencia de los derechos-deberes de un obispo?
A única coisa que você pode fazer aqui é que você poderá ler mais sobre o tráfico e don Bosco - tem aceitabilidade ao embaixador romano, obsceno entre as disposições legislativas e os privilégios pessoais.

4. Período mais crítico


O período mais crítico de relacionar-se ao arzobispo e don Bosco fue os anos 1878-1879, tendo começado cinco libelos anónimos contra o arzobispo, nos que ocupam um espacio notável o conflito do que tratamos. Fueron años verdaderamente de fuego para el arzobispo, porque a publicación de los libelos coincidó com o momento mais delicado da androsminia polémica, na la el arzobispo, cada vez mais único em Roma, era o blanco das contumelias dos intransigentes.

El primer opúsculo salió na final de 1877 y tenía como título: Carta ao Arcebispo de Turim e à Congregação de São Francisco de Sales. Um pouco de luz, em que podemos prestar atenção aos resultados do relatório para Dom Bosco.

O hecho de que o autor se declara «Salesiano Cooperador», orientou as suspensões numa direção: o arzobispo estabeleceu a convicção da paternidade salesiana. En efecto, na relação e liminar do 18 de março de 1878, acusou os salesianos de publicar o livro e o tema difundido por todas as partes. El autor, como se depois, era o cônego Giovanni Battista Anfossi, que era salesiano, depois do sacerdote diocesano e que as relações relacionavam-se com os salesianos. No se había apagado todavía el echo del primer libelo, cuando, en mayo de 1878, apareció el segundo, igalmente anónimo (el autor era, según confesó él mismo, don Giovanni Turchi, Salesian exalumno, amigo de don Anfossi e también él en relación próxima con los salesianos). Tenía como título: Estréia para o clero ou revista sobre o calendário litúrgico da arquidiocese de Turim para o ano de 1878 escrito por um capelão. O libelo foi um pretenso sumarlo contra o arzobispo, a quem se acusaba de ser: perseguidor do clero, em especial de Dom Bosco; liberal; culpado de haber hecho morir de disgustos em Pío IX; paranóico e indignado da oficia episcopal.

O texto foi feito também em uma incitação à revolta dirigida ao mundo das turinias. Y em uma parte do clero - tal notável - não faltaba el descontento: el arzobispo era severo e exigente, um autoritário e fácil de representar.

De la misma sociedad anónima, formada por Turchi y Anfossi, com a colaboração dos jesuitas Dançarinos (desde 1841, adversário de Gastaldi à la rosminiana) y Rostagno, se editorialon los otros tres libelos anónimos: Pequeno ensaio sobre as doutrinas do monsenhor Gastaldi arcebispo de Turim; A questão rosminiana e o arcebispo de Turim. Estréia para o Clero compilada pelo Capelão (não se o princípio é insuperável em plena bagreira antirrosminíana, no que está implícito en primera persona el arzobispo); y, por último: O Arcebispo de Turim, Dom Bosco e Dom Oddenino, são fatos engraçados, sérios e dolorosos contados por um clérigo, nascidos em uma violenta polêmica em
torno do oratório salesiano de Santa Teresa de Chieri.

O doloroso avalancha de libelos anónimos, este amplo eco no clero e no preâmbulo secular e anticlerical, não mais do que a imagem do prestígio pastoral do arzobispo, até que essa suavidade prestou um bom serviço a Dom Bosco. Los libelos comprometieron definitively, a un en el plano pessoal, sus relaciones con el arzobispo, that quedó convencido that is established in the diffamación orquestada contra él.

Ao mesmo tempo, no faltar a confianza recíproca, las .cosas no podían sino empeorar; el arzobispo cada vez mais convencido de tenérselas que ver com uma cura desobediente, todo menos santo; y Dom Bosco convencido de que tenía um arzobispo perseguidor.

De varias partes se intentaba que ll llégase a la conciliación. Estabelecido, en e fecto, pela obra de León XIII com o acordo da concordia o 16 de junho de 1882. Um compromisso que se deseaba y oportuno, é mais formal do que real, muito se habada enredado a madeja de las id de sentimientos.

O muerte inesperado do arzobispo, o mañana de Pascua de 1883, o 25 de março, fue que puso fin al conflicto, com o desgarro e interrogantes todavía abiertos.

5. En síntesis


¿Qué valoración se puede expresar sobre o conflicto?
Pecado fingindo uma sentença impossível salomónica, que estaría fuera de lugar, criei oportuni sugerir, pretensiones de decirlo todo o caminho, algunos motivos.

Em primeiro lugar, os motivos temperamentais: ambos caracterizam e seguros de sus propias razones, exentos de a cierta tozudez, e impulsiva (por autoritativo veces también). Dom Bosco De hecho, ni uno ni otro hicieron nunca uma concussão sustentável com vistas a um superior bienal pastoral, mais do que a hubie de propia razón, verdadera ou alegada.

Em segundo lugar, os motivos da mentalidade. A formação ultramontana recibida no Convento de S. Francesco por Dom Bosco (também capaz, sem embargo, de circunstâncias pragmáticas e elásticas em circunstâncias de direção oposta) passou a uma visão edesiológica vertical, en la verdadera autoridad foi a do Papa , de quien los obispos eran sobre todo los portavoces. Isto explica su tendencia a pasar por encima da autoridade diocesana de uma maneira sistemática. A formação moderadamente episcopalista de Gastaldi, enriquecida pelas indicações patrísticas de Rosmin. que aliviar a centralidade do obispo na diocese, não tem sido absorvido pela sua adesão à infalibilidade pontifícia, apoiar pessoalmente no Concílio Vaticano.

Em tercer lugar, os motivos inerentes aos colaboradores e à entourage, que inevitavelmente influenciam sobre quien detêm responsabilidadades de gobierno. Tuvieron óptimos colaboradores, mas nenhum faltaron tampoco personas pequenas iluminadas, pastoralmente inocentes, que complicam, querendo ou não, as suas relações.

Por último, não atribuir um peso não indiferente à la registada ambigüedad romana para a produção na diócesis de Turim incertidumbres de conducta de consecuencias dolorosas?
De todo este asunto, não exatamente brilhante, digno de submissão, como final, sobre a importância histórica, que supera os protagonistas: uma vez que o Vaticano I, que tinha definido o primado e a infalibilidade papal, demarcando a sombra do oficio O episcopal, a conduta do arzobispo Gastaldi e o de Dom Bosco aparecen também como um síntema de cierta desesón edesíológica derrotado por uma edesiología dominante, o ultramontano, que tendia a ignorar, diríamos que com excesiva desenvoltura, a autoridad episcopal.

IGLESIA Y MUNDO
EN LA «HISTÓRIA ECLESIASTICA »DE DON BOSCO


Franco MOLINARI


1. Introdução


A dialética Iglesia-mundo no curso dos siglos tem tenidas vicisitudes alternas y contradictorias.

Na época dos mártires, o Evangelium é um carga revulsiva y revolucionaria. En la llamada edad constantiníana, iflega de las esferas (Ecclesiam et Imperium esse "unum) à confusão dos poderes.

Depois da fractura do século XVI, a marcha nos séculos XVII e XVIII é o processo de secularização, que se acentua com a finalidade do Iluminismo, da Revolução francesa, do Risorgimento.

The modern edad contemporaneea if plantine a tendencia de tendilidad a la Revelación: A Ilustración lanza el ataque contra a divinidad de Cristo y contra a Iglesia, porque é como a maestra de intolerancia. El siglo XIX mostra o movimento ascendente da incredulidade hasta el ateísmo, que se converteu em ateísmo social. Nesta última fase, o catolicismo se considera como uma cidade asediada por forças hostis, como arca de Noé, a única que de salvação salvada. A la contraposición frontal é seguida pela competição da Iglesia com o mundo através das estraturas católicas, onde o Concílio Vaticano II iniciou o diálogo e o serviço.

Los documentos pontificios (do românico pastoral diocesanas hashed) trazan com ardor y polémica e o itinerário da civilização moderna. Luther rebela contra o Papa, a Ilustración rechaza la Revelación sobrenatural, hasta que explota o ateísmo, que assedia, por exemplo, un fenómeno burgués y después se transmitido à classe obrera.

No campo das idéias, a Maritain de los tres reformadores une y sitúa. no plano descendente el luther's libre examen, a duda metódica de Descartes e a libre educación de Rousseau; O Sr. Montini traduziu para o italiano em 1928 los Tres reformadores, com o mérito de
1 J. MARITAJN, Três reformadores, Brescia, Morcelliana 1938 (2ª ed. 1964). Maritain considera contribuir para a desprovincialização da cultura italiana com o diálogo de um prefácio sobre o diálogo, mas com o grave inconveniente de contradir o clichê do lanzado, entre outros, por Cornoldi, que afirmaba 1870 que a história do moderno pensamiento não es mais que a patologia da razao ha. mana.2
¿Cuáls la lectura que tem o joven don. Bosco de esa cuestión na cegonha eclesiástica? Téngase apresenta que publica esta notável obra juvenil à edad de treinta arios, com o deseo, não de ponerse na linha da
história histórica a ciência todavía inmadura no campo católico, 3 até de contribuir à formação dos jóvenes en la total e entusiasta fidelidade a la Sante Sede. O leitmotiv do volumen, que modula sobre Loriquet, Soave, Bercastel, está bien precisado no final do apologético sobre os triunfos da Iglesia descrito na História eclesiástica.

Y, un embargo, algun estudioso sitúa to Dom Bosco junto a P. Curci, Entre os famosos conciliadores aplastados e reduzidos ao silêncio pela supremacia dos combativos intransigentes; y el reason for tenía muchos amigos between the policies influyentes and actuou with frecuencia como intermediario between the gobierno and the Holy see.
Esta das seguintes posições Seton Watson possui um núcleo de verdad, es decir, que don Bosco actuó de mediador5 en el nomeando os obispos para os inumeráveis ​​diócesis vacances y para o exequatur (ver os estudos ejemplares e documentados de Francesco Mono). No entanto, a Santa Sé não significa en absoluto que se
Lutero, Descartes e Rousseau como os grandes da civilização moderna, gerou no Renacimiento, llegada á ápice com a Ilustración y com a Revolución francesa. Maritain concede demasiado ao género apologético, matizado de maniqueísmo, que separa com corte neto o bien y el mal, y emite uma sentencia de condena global de pensamento moderno, tem cual tenido, mas embargo, el gran mérito de defensor la dignidad de la persona humana, brutalmente pisoteada en el Anden Régime.

2 CM CORNOLDI, lições filosóficas ordenadas para o estudo de outras ciências, Florença 1872, p. XXIII. Tal descrição global da mentalidade moderna não é a mesma que a da cultura Cornoldi, ou lugar da católica, e aparece como componente programático da "civilização católica". Cf. CM CURCI, Jornalismo Moderno e o Programa Estimulador, em "Civilização Católica" 1 (1850) 5-24 (aquí habla el Curci intransigente y temporalista).

F. TRANIELLO, cultura eclesiástica e cultura católica, en: Igreja e religiosidade na Itália depois da Unidade (1861-1878), Relações II, Milão, Vida e Pensamento 1973, p. 3-28; também Cursi en la segunda de fase de su pensamiento denuncia a pobreza e o fim científico dos estudos edesiá.16- cos: CM CURCI, A nova Itália e os velhos fanáticos, Florença 1881; GD MUCCT, Carlo Maria Care fundador da "Civilta Cattolica", Roma, Studium 1988; ID., O primeiro diretor da "civilização
católica". Carlo Maria Curd entre a cultura da imobilidade e a cultura da historicidade, Roma, Civilização Católica, 1986.

SE, 387-388. (Establishment if refiere, como se indica nas "Siglas e abreviaturas", à edição de 1845. Edições siguientes se indicarem, após a sigla SE, o ano de eleição e a página correspondente). Procure o conteúdo dos conselhos e variações das figuras: F. TRANIELLO, Cattolkesimo conciliatorista, Milão, Marzorati 1970.

5 C. SETON WATSON, Cegonha da Itália de 1870 a 1925, Bari, Laterza 1967, p. 73. 813.

mitad de camino between Rattazzi e Pío IX e menos a que o mundo se estabeleceu por reconciliação entre a Igreja e o mundo moderno; en efecto, por un parte foi um fiel fiel do romano pontificado6 y um convencido asertor del de era temporal, do Syllabus, de la intransigencia papal; por otra, gozaba do poder dos liberais por sua desinteresada acción filantrópica em favor da confianza dispersa, socialmente peligrosa e por seu dinamismo vertiginoso e espírita de sacrifício manifestado nas negociações. É precisamente na entrega total à papa que o consinti recolheu formidables como a hostilidad final do arzobispo Gastaldi y arrancar às cumbres vaticanas a aprobación de uma obra revolucionaria como a criação dos salesianos: 7 revolucionaria por la atmósfera que desataba , para o ambiente que pretende alcanzar, por la nueva figura de padre metido en la masa caótica y ruidosa de jóvenes que jugaban y gritaban en um pátio; uma figura bronzeada diferente do padre tridentino, designado como hombre de lo sagrado, separado do pueblo hasta en la misa (o muros de separación era o latín lengua, a balaustrada, a casa curral, a familiaridade e a separação total dos laicos , tan calorosamente inculcada para San Carlos en las Acta ecclesiae mediolanensis). Precisamente por este motivo, inovadoramente, Dom Bosco será obrigado a mudar repetidamente nas regras que precedem a quedase, suscetíveis às exigências legais, para que as novas iniciativas nas fórmulas aprobadas nos tempos passados ​​sejam contadas.

• F. Morro, a ação mediadora de Dom Bosco na questão dos assentos do bispo vagos na Itália de 1858 às mãos de Pio IX, em: BRAMO, Dom Bosco na Igreja, p. 251-328. O lema, que atualmente é preparado com a elaboração da edição crítica da correspondência de Dom Bosco, é um artigo que pode ser traduzido por um manuscrito inédito.

• M. BELARDINELLI, Dom Bosco e o Concílio Vaticano I, en: BRAIDO, Dom Bosco na Igreja, p. 239-250; entre otras cosas, se SABE que don Bosco foi um dos que concordaram com Gastaldi para este voto incondicional para a infalibilidade papal no Vaticano I; y que el Santo había conocido ao futuro obispo Scalabrini cuando era reitor do Seminario de Como.

• R. AUBERT, A Igreja Católica desde a crise de 1848 até a Primeira Guerra Mundial, en: Nova História da Igreja, 5/1, Turim, Marietti 1977, p. 156: Acerca da novedad, em cierto sentido revolucionaria, da imagen do salesiano padre, cf. el cidostilado: P. STELLA, o sacerdote piemontês dos anos 1800 entre a Revolução Francesa e a Revolução Industrial, Turim 1972 ("Centro de Estudos sobre a História e Sociologia Religiosa do Piemonte").

9 Pode ser encontrado no site: noticias más amplias en: F. MOLINARI, A "História Eclesiástica" de Dom Bosco, en: BRAMO, Dom Bosco na Igreja, p. 203-238; muy interesante el volumen: M. MIELE, Tommaso Michele Salzano (1807-1890), separado da «Campania Sacra» 1986.

Se publicou este livro em 1845 e passou para a fase juvenil com todos os méritos e todos os defeitos da educação.9 Entre as áreas positivas da obra está a claridade inmediata e comunicativa, facilitada pela forma catequética de perguntas e respostas (com San Agustín, Dom Bosco pensa: prefiro que me corrijan los doctos a que no me entiendan los rudos). O livro é escrito como um comando e tuvo varias reedicíones, não só para o popular y luminous y para uma lcugua bencina y apropiada, libre de arcaísmos e piamontesismos chalectales, até também por sobre o uso escolar, especialmente entre os hermanos das Escuelas Cristianas. reediciones no agradaron ao autor, porque esta. banir plagadas de errores tipográficos. Sim, se vio reflejado, em cambio, na la de 1871, que se apresentou como cuarta edición mejorada. A revisão é sinónimo positiva: se as crianças virulentas são primárias da edição inicial e distribuem a matéria de modo mais orgástico. Discutível y opinável, em mudança, ou seja, o abandono da forma de uma questão de orações e respeitabilidade e a transformação em uma narrativa puramente por causa de Don Giovanni Bonetti, que era um fiel colaborador de Dom Bosco. Ser interesante conocer os motivos de estas das metamorfoses. De luego es curious o singular el hecho de que, mientras sube y se exaspera a polémica católica hacia 1870, a nova edición de Dom Bosco, aun a través de la intervención de Bonetti, modera as tonos anteriores, por ejemplo, sobre a «Divina vingança »contra los herejes. Pero no mucho más. en cambio, ie o abandone da forma catequística de preguntas y respuestas y a transformación en texto puramente narrativa por obra de don Giovanni Bonetti, que era um fiel colaborador de don Bosco. Ser interesante conocer os motivos de estas das metamorfoses. De luego es curious o singular el hecho de que, mientras sube y se exaspera a polémica católica hacia 1870, a nova edición de Dom Bosco, aun a través de la intervención de Bonetti, modera as tonos anteriores, por ejemplo, sobre a «Divina vingança »contra los herejes. Pero no mucho más. en cambio, ie o abandone da forma catequística de preguntas y respuestas y a transformación en texto puramente narrativa por obra de don Giovanni Bonetti, que era um fiel colaborador de don Bosco. Ser interesante conocer os motivos de estas das metamorfoses. De luego es curious o singular el hecho de que, mientras sube y se exaspera a polémica católica hacia 1870, a nova edición de Dom Bosco, aun a través de la intervención de Bonetti, modera as tonos anteriores, por ejemplo, sobre a «Divina vingança »contra los herejes. Pero no mucho más. De luego es curious o singular el hecho de que, mientras sube y se exaspera a polémica católica hacia 1870, a nova edición de Dom Bosco, aun a través de la intervención de Bonetti, modera as tonos anteriores, por ejemplo, sobre a «Divina vingança »contra los herejes. Pero no mucho más. De luego es curious o singular el hecho de que, mientras sube y se exaspera a polémica católica hacia 1870, a nova edición de Dom Bosco, aun a través de la intervención de Bonetti, modera as tonos anteriores, por ejemplo, sobre a «Divina vingança »contra los herejes. Pero no mucho más.

2. Iglesia y mundo


Hay que señalar un hecho. Escribe la esquemática História eclesiástica em 1844-45, bajo el poritificado de Gregorio XVI, um hombre bronzeado aberto no aspecto misionero como cerrado e conservador ante civilização moderna (dijo «no» a ferrocarril ya lauminación en el Estado Pontifical, para a questão de que sirviesen para a circulação e reuniones nocturnas de los liberales). Por exemplo, se inclui o texto contínuo, então o De Triumphis Ecclesiae publicado por Cappellari em 1799 e cuyo eco parece em estos párrafos: «En todo tiempo fue combatida com a hierarquia com a espada, e triunfo. Ela viu derruba e arruinar completamente de volta para sírios, las repúblicas e os imperios; só ela fica assinaturas e inmóvil. Ele dirige o decimonono desde que fue fundada, y se muestra hoy día en la más flórida edad ».
Entre os grandes da história, Napoleón fue el personaje simbólico cuya historia, llena de alternativas, enseña fuerza inquebrantable de la Iglesia pursida, a inutilidade de descender a compromissos com o mundo (veja a ingratidão de Napoleón hacia el papa, que le había coronado emperador en París), a penalidade do tropiezo que Dios aplica contra os réprobos.
A obra está dedicada a H. Hervé de la Croix, provincial dos Hermanos das Escolas Cristianas, amigo de Dom Bosco.

Finalmente, no entanto, o Vedismo, a Igreja perseguida, no entanto, devemos permanecer firmes na fé, tendo em mente que a guerra terminará com o triunfo da Igreja e da Igreja. seu supremo pastor "(SE 1871, 371). Como se houvesse um tachado o párrafo sobre a caída dos reinos, repúblicas e imperiais, quizás porque o año anterior tinha desaparecido no Estado Pontifício.

Cuando foi PIO VI, os revolucionarios de Francia declararon: «Ha muerto el último pa« Pero es Dios quien fundou e gobiern la Iglesia, por isso resultaram todos os esfuerzos de sus enemigos »
Napoleón hace Esperar um gobierno mais dulce y Menos sangrenta. "Por eso Pío VIL that había SIDO elegido en Venecia a pesar de los augurios de desgracias, estipulaa com él el Concordata, que el se apresura a violar. El Papa acepta ir à Paris para O coronado emperador, pero éste «recompensou a condescendência do papa com a mais monstruosa ingratitud, dejándose llevar de excesos contra él, de los hasta entonces no se tenían ejemplos». " Napoleon se río e burló de las sanciones papales, exclamando: «Cree, quizás, el papa que sus excomuniones haran caer las armas de manos de mis soldados? ".16 No entanto, o princípio de favorecer a Igreja é o princípio da grandeza, e perseguir o princípio da ruína."
O insolente emperador é tomado pela férrea e pela hétero, é conduzido a Fontainebleau, no mesmo palácio em que se encontra em cadenas ao Santo Padre, e conta com as lágrimas de sua alma. Vicario de Jesucristo ».18
O mundo, para Dom Bosco, como para São Agostinho e São Alfonso, está sucio. Os buenos e os maus estáná dividos por murada altísimas, como o pobre Lázaro no bos de Abraham e o rico Epulón en el fuego do infierno. No entanto, mientras el autor do De civitate Dei encuentra "em el potentísimo e ilustre império romano a preciosidad das virtudes civis, assim também o sello da religião verdadera", "Dom Bosco no halla fuera do circummetno católico ningún alma de verdad, ou razón seminal, Afirma como la línea aberta por el that Filósofo Justino, aunque Perseguido martirizado y por el paganismo, tuvo uma profunda comprensión hacia los Valores cristianos that estaban también como en el paganismo semillas esparcidas de la Verdad plena.

En esta rechazo de psicologia, D. Bosco sigue la escuela de la corriente y romántica contrarrevolucionaria (De Maistre, Chateaubriand, Donoso Cortes, etc), desde San Alfonso de Ligorio, Los papas da restauração. No falta alguna expresión o matiz nuevos.

Os bienpes, como o senhor católico Joseph De Maistre, considerar os revolucionarios e os jacobinos como «desorden, locura, impiedad, ruina de todos os principios e de todos os sustenta os políticos e mora. les de toda convivencia civil ».

2 SE, 371; en la edición de 1871 (p. 330) a frase es omitida y sustituida com uma expressão que se limita a narrar los hechos.

"SE, 359." SE, 360.

15 SE, 361.

16 SE, 366.

"Ibid.

"SE, 367: idéntica la redacción de 1871 (p. 335).

"Patrologia latina, 33, 533. Agustín prosigue:" para que se compreeeies that añadidura of the misma [la verdadera religión] os hombres se hacen ciudadanos de otra ciudad, em la rey sóbria es la verdad, ley es la caridad y la medida de la vida é eternidad ».

A apologética católica denuncia as muertes, anarquía, el asalto à propiedad, a perseguição da Igreja no clero não jurado e na papa. Compartilhe esta página em maiores de 100 línguas, livre de direitos, igual a, fraternidade, hundidos en tierra de evangelie, se rechazan en bloque que aun, porque violan derechos de la autenciaidad de origen divina, favorecen la indiferencia religiosa, deforman libertad y la transformaner en licencia 20
Dom Bosco, faloto de perspectiva y y y y y y y y y y y y y y y y y y y y y y y y y y y y y y y y y y y y y y y y y y y y y y y y y y y y y y y y y y x y y y y y y y y y y y y y y y y y y y y x y y y y y y y y y y y y y r A Iglesia sal da revolución empobrecida e despojada do poder político. ¿Mas foi eso un daño grave?
Rosmini compara as riquezas de la Iglesia com a armadura de Saúl que le hacía com o impotente David, y exclamaba: «¿A procura de um clero imensamente rico, que tenga la valentía de hacerse pobre? Você se importa com homens que não sabem aonde ir quando estão em casa ou onde podem salvá-lo? "" De qualquer forma, na contratação da intransigência e na doação ao moralismo, Dom Bosco , tal veia nombre de la experiencia práctica y del contacto com a realidade, atenúa ciertas posturas de San Alfonso, que tinha escrito: "Você não nasceu nem para viver, nem para desfrutar, para enriquecer-se, para comer como brutos". El "Você não está no mundo apenas para desfrutar, para tornar-se rico, para comer". 22 Reproduzir en el Jovem fornecida mundo canción Afonso não more're para mim ", entendiendo POR mundo, não o creación that salio de la manos de Dios buena, ni la colaboración del trabajo humano con Dios, até que el mundo arrastrado por el pecado original y poseído por Satanás. Uma pêra dulcific em San Alfonso com o espíritu de San Felipe Neri, que recomendaba a sus educandos: «Estad alegres: no quiero escrupulos, ni melancolías; me basta que não cometa pecados. ”23 Aquí está el origen histórico da palavra salesiana: Servite Domino in laetitia. Uma pêra dulcific em San Alfonso com o espíritu de San Felipe Neri, que recomendaba a sus educandos: «Estad alegres: no quiero escrupulos, ni melancolías; me basta que não cometa pecados. ”23 Aquí está el origen histórico da palavra salesiana: Servite Domino in laetitia. Uma pêra dulcific em San Alfonso com o espíritu de San Felipe Neri, que recomendaba a sus educandos: «Estad alegres: no quiero escrupulos, ni melancolías; me basta que não cometa pecados. ”23 Aquí está el origen histórico da palavra salesiana: Servite Domino in laetitia.

20 G. MARTINA, A Igreja na Era do Liberalismo, Brescia, Morcelliana 1979, p. 8; por que se refiere à mentalidade contrarrevolucionaria que respirou o joven Bosco, se puede ver: C. BONA, As amizades Sociedades secretas e renascimento religioso (1770-1830), Tório, Sociedade Subalpina 1962; L. MEZZADRI, A Igreja e a Revolução Francesa, Milão, Pauline Editions 1989.

21 A. ROSMINI, As Cinco Pragas da Igreja, editado por C. Riva, Brescia, Morcelliana 1966, p. 163; a mentalita opuesta, es decir, aquella que detecta em toda a confiscación do património eclesiástico a atentado a la fe, emerge com fuerza nas revistas eclesiásticas da Restauración: Enciclopedia Eclesiástica (Nápoles 1821-1823), Memórias de religião, moral e literatura ( Modera 1822-1823), amigo da Itália (Tocino 1822-1830).

STELLA, Dom Bosco II, p. 41; los Diferentes Matices, quizás, no se explican muito POR Enfoques Teológicos Diversos (Don Bosco sigue la línea benignista de San Alfonso) como por las EPOCAS y los Contextos Diversos, en los que Ambos Operan: Alfonso se dirige o hombre de 700, Don Bosco está en contacto com jóvenes de 800.

23 Ibid., P. 56-57 (Dom Bosco usa também vários recursos como a ginástica, a música, a declamação, o "teatro", os paseos, como, por outro lado, a casa da infância).

En cuanto a los papas da restauração, da presencia en D. Bosco ESTÁ atestiguada por el severamente negativo juicio that hace de la Revolución francesa, de la Masoneria y las Sociedades secretas, um las Que se atribuye el objetivo constante demoler de Querer para mismo tiempo el trono e o altar, 24 da sociedade liberal e socialista, que opõem toda a série de obstáculos à escola católica e a exposição social da religião, mentes que abrem as diques na prensa blasfema e obscena, os espectadores antieducativos, a moda pagã.

O itinerário da desumanização moderna no documentário das artes na história eclesiástica prossegue com través de algunasetapas fundamentales, que são: Lutero, masones, enciclopedistas (Voltaire, Rousseau), jacobinos (Robespierre). Estos personajes no son más que disfraces de Satanás. A identificação do Diablo com a Revolução será um leitmotiv do IX IX de 1849 e se você descobrir no mundo da autoridade, você poderá dizer "o consórcio do segredo social, da filosofia moderna, excite rebeliones, levante sangrientas" persecuciones ". Em homenaje al libre examen, os protestantes deben decir: "Haced the queráisis: robad, desobedeced, matad al rey". "
Después de Lutero y Calvin °, cuya vida «monstruosa» fue castigada pela «vingança divina» com um muerte horrenda, 26 a fera otra negra es la Máso
24 F. MOLINARI, Maçonaria nos documentos papais do século XIX (en prensa); JA FERRER-BENIMELI - G. CAPRILE, Maçonaria e a Igreja Católica ontem ontem amanhã, Roma, Pauline Editions 1979, p. 17 (documentas antimasónicos son muy repetitivos: a constituição Providências de Benedicto XIV reproduz practicamente a constituição Eminent de Benedicto XIII e define o objecto das associações masónicas com a fórmula, depois repetidas vezes por os papas do Ochocientos: maquinar contra a religião, O Estado, las leyes, a Revolução Francesa, como conjura masónica, faz parte comos topos do património catimonos decimonónico, mas queda redimensionada pela convergencia de muchos datos: a Masonería es progresista y prega a monarquía constitucional, mas não el terror jacobino apoya el trinomio programático «libertad, igualdad, fraternidade », mas camina na direção das reformas, no de la revolución; Entre os guillotinados da Revolução, os senhores e os homens, entre os cidadãos eo padre Jean Marie Galot (1747-1794), beatificado por Pío XII. Se puede ver su perfil pt: Maçons livres de ontem e de hoje, Roma, Camelo Editore 1986, p. 219; en cambio, Napoleón estabelece muy procura de la Masonería, y provável élismo era masón (cf. F. COLLAVERI, Napoleão imperador e pedreiro, Firené, Narclini 1986). Na Itália el historiador mejor informou: A. MOLA, História da Maçonaria Italiana da Unidade da República, Milão, Bompinni 1976; a tese do complot maçónico es atribuida a A. Barruel, quien, is to embargo, distingue unos masones como lotistas de otros; por tant, tampoco Barrow acepta the tesis of the complot masónico, que fue enfatizada después de él.

2 'SE, 278s; a frase se você repetir idenicamente en: SE 1871, 267; o en «Ri mentalidade de Pío IX se ilustre com vigor en: PG CAMMANI, diabo, Roma e a revolução, veja História e literatura religiosa» 8 (1972) 485-516; idénticos temas resuenan en el artículo de mismo autor en: Igreja e religião na Itália dogo Unita (1861-1878), Relações II, Milão, Vida e Pensamento 1973, p. 65-128; muy bien informed está: C. BRE221, Orientações da Maçonaria por volta de 1870, en: Ibid., Comunicações II, p. 307-340 (Brezzi analisa o través do microscopio e o anticlericalismo masón); téngase presente à edición de 1871 a SE de Dom Bosco expande grandemente a presencia de la Masonería na Itália; el Santo recibió, provavelmente, a influência do clima que se formou após a "Breccia di Porta Pia".

26 SE, 301,306; en SE 1871, 285, o desaparecimento de Lutero se descrever de idéntico;
nería que, según él, fue la desencadenó la Revolución francesa.

A responsabilidade da Maçonaria dominará o apostolado do mundo moderno, ligado a tal ponto de simplificação e violência, como o papa Benedicto (1740-1758), de quien se conoce bien à abertura da cultura e da correspondência com Voltaire, es para don Bosco casi sólo paladin de la lucha antimasónica: «emplacar as tenhas de pontificado combatiendo os heróis, reprimindo as tramas que masones e os filósofos tendían à la religión» .27
Nuestro autor diz que os maçons reconhecem as doutrinas de Manes e os que exporton todos os machos que derivam da Revolución Francesa «conspirar con implacable hate with los reyes, the Papas y los sacerdotes, y contra el Dios de los cristianos, destruir a Dios y la religión, y with this misma religión if obligan bajo juramento ante aquel Dios que se comportam destruir; os masones recibieron después también o nombre de jacobinos do tempado dedicado a St. Jacobo, donde se habi reunido ».28
Os francmasones, filósofos ilustrados, os jacobinos sonham gemelos, unidos pelo mismo pensativo que os mason cultivam em segredo, os filósofos dieron a conocer e os jacobinos transformaron em matanzas despiadadas. Escribe Dom Bosco: "As sociedades secretas, os legados fanáticos iluminados, a sociedade dos que falham, com a pretensão de querer reformar o mundo, a produção em todos os direitos e a liberdade, suscitam uma revoluçao, que habiendo comenzado en 1790 causa do derramamiento de mucha sangre ».29
Resistência e supervivencia da Iglesia como piedra, contra que se quebrando os esfíncezos dos impérios, se infame de estos impíos: esas filho a constante da história, nas lasertas do Infierno não prevalecen. Voltaire, aun habiéndose confesado, murió desesperado; Rousseau se viu e se despiu com uma arma; Robespierre, monstruoso antropófago (no sentido literal do termo) «para evitar o bochorno de uma pessoa pública cual otro Nerón, se ele disputa um golpe de pistola na boca, se a mandíbula superior y não muere estiver correta. Se o déjà agonizar largo tempo na medio de los pero se você omitir a frase de la edión anterior que decía "deixou de viver aqui para ir para o inferno para parir com 'demônios, os quais ele muitas vezes implorou por sua ajuda" (además se Corrigido o erro da fecha, que hacria morir para Luther em 1545 na vez de em 1546); em la edición de 1871, fue quitada «A vingança divina» que, na primeira edição, hacker espirrar a calvin entre atroces torturas.

27 SE, 334; SE 1871, 314-318 (o antimasonismo é uma constante, que se mantém, é mais importante, por exemplo, é a segunda edição, que repete e submete a inexatidão da primeira, por ejemplo, que a doutrina da es las leyes masónicas filho escuelas de ateísmo).

28 SE, 335-336; SE, 1871, 321-322 (também está sendo edión se repousam sobre a tese da Revolução Francesa complotada de Masonería atea y materialista: basta ler a Constitución de Anderson [1723], para dar-lhe a idéia de que não é admitido em la Masonería, cuya finalidad final é a construção da familia universal de los amorosos hermanos e do lajarse pelo maniqueísmo ou pelo fraccionismo.

29 SE, 343.

insultos punzantes da plebe, y ya muy procuram abandonar esta vida, é conduzido sobre o palco e o cortan la cabeza en 1794 »
lustrado, do socialista
O muerte atroz do hereje, do perseguidor, do i saint-Simon, 3 'que corresponde às latas clássicas De mortibus persecutable de Lactando, nenhuma revelação desde que lu Dios-Amor, cuius proprium é misereri sempre e parcere, sino más bien al Dios Justiciero que manifiesta a "Divina vendetta", não só com o infierno, mas também com a desesperação na terra. Non est pax impiis a contraposición do saque Domino em laetitia. Na otra orilla de este rincón infernal com todo mal sin ningún bien, que es el mundo pecaminoso, se contrapõe a comunidad católica assento de todo bien pecado ningún mal. Se você odeia o monofisismo historiográfico, no sentido de que Dom Bosco coloca entre parêntesis e calla o material humano da Iglesia e as inevitáveis ​​debilidades das criaturas, para subraímas,

A estratégia apologética-polémica, unid a finalidad de mantener os jóvenes lejos dos valdenses do Piamonte e da corrupção da civilização moderna, que fazem a interpretação das grandes fraturas eclesiais do siglo XI e do XVI e do dos abusos do colonialismo, a responsabilidad se atribuya exclusivamente às las secas e nunca mais aos católicos. A propósito da Igreja do Oriente, o comentário amargo liga com a caída de Constantinopla (1453), durante a Comissão os soldados de Mohamed II devastaron iglesias, profanaron conventos, martirizaron al pueblo: «Aquella Grecia - comenta el historiador intransigente - que dio a la Iglesia, grandes santos e insígnias doctores, por sua vez, envilecida na medio da vicio e da ignorância.
A página obscura dos conquistadores espanhóis e portugueses, que se enquadram na sotica mais débil foi siempre la del paraíso); el historiador Delumeau, fervor católico, cuenta que a raíz de sus investigaciones sobre el miedo en Oeste se encuentra en el effectu traumático de letanías de la buena muerte, recitadas en la colegio Salesian de Niza Marítima, to que fue llevado, a los trece años, después de muerte de su padre (cf. J. DELUIVIEAU, La peur, no Ocidente [XIV-XVIII], Une cité assiégée, Paris, Fayard 1978, p. 25-27).

"SE, 338-339.345-346; SE 1871, 317-318.323 (idéntica o verso do mundo de Voltaire, Rousseau e Robespierre; a propósito de la de este último, se você considerar a" vingança divina ", com abundante distorsión de hechos reales).

33 SE, 375s (na edición de 1871 se omite a vida e a morte de Saint-Simon); a pedagogia do miedo, que está implícita em toda a SE, emerge, sobre todo, do motivo "de mortibus persecutorum" resuena em toda a católica educativa dos Ochocientos, que inclui os exercícios espirituais e a descrição da morte, juicio, infierno , purgatório, paraíso p

"SE, 275; SE 1871, 258-259. A falta de espírito ecuménico é um signo dos tempos mais que uma característica de Dom Bosco; a hegemonia da recíproca e a política polémica sobre o diálogo fraterno nas relações católicas-valdenses Emerge no livro de: ML STEANIERO, Dom Bosco e os Valdenses, Torio, Claudiana, 1988. Se trata de um librito de luxo do ponto de vista científico, pero interesante como espejo de mentalidades.

brevolada y casi eliminada pela benemerencia dos misioneros. Escrito por
autor: «Você é um
pesadelo para os que viajam , que é o único do fueron de todo o fuer, hayan llevado a cabo muchas crueldades, no menor medidad in the maestros del Evangelio, movido pelo deseo de ganar almas para Dios,
hicieron muchas converte ».33
Na etiologia da causa, não há sombra de sangue crítica. Sim, o papa Adriano VI nos institutos da Proclamação Significaria que ele reconociou com dignidade humildade que a crise eclesial se deve aos loseros de los hombres y em especial aos los sacerdotes e prelados, Dom Bosco, em troca, instituye un proceso de dirección única: demonización de los otros », que los los malos, exaltación hagiográfica de los santos, como é o catolicismo fuese uma asociación de ánglas y não uma comunidad de pecadores salvados pela pura misericordia de Dios. Os «otros» pueden ser Lutero, Calvino, Enrique VIII, que com su conducta disoluta ou com sua doutrina perversa han conducido a muchedumbres al infierno, ou bien los filósofos ilustrados y socialistas, que mueren desesperados ou hasta suicidados,

A frágil fractura do século XVI não se debate, según Dom Bosco, mais que a soberba, a ambição, a petulancia, a desavergonhada e todos os vicios de Lutero que «formou uma doutrina que contamina todas as cosas sagradas, conculca los sacramentos , destruye la libertad del hombre, dizendo que eles são inúteis, a licença de patente, que a causa de todos os homens, rechaza em suma toda a ley y reduzir al hombre estado de los brutos ".
Em suma, Calvino quiso vengarse de los católicos, porque nenhum había recibido um benefício y huyó para não pagar a pena por um delito que don Bosco define como nefasto, enseñó a arbitrária predestinação da maior parte dos hombres ao infierno, actuó como um verdadero tirano y condenado à pena do fuego a Miguel Servet.33 El rey de Inglaterra, Enrique VIII, se rebelou contra o papa, porque era um vicioso e deseaba repudiar a sua própria esposa, Catalina, para casarse com otras mujeres, a Todas as coisas foram abandonadas ou eliminadas por um tempo
, como se ele tivesse visto.

Frente a esta hecatombe de la ira no el castigo, com o obscuro pano de fundo da Revolucionión encarnación de Satanás, brilha, em contraste, com a epopéia dos santos e dos mártires. Dom acenar a presencia de la santidad à que atribuye as folhas do papel: 1) o prueba do nueve do solidez monolítica de la verdadera Iglesia; 2) infusão do Espírito Santo; 3) expressão de amor fraterno inculcado por Cristo; 4) Respuesta adecuada as exigências da época e a hostilidade dos meus inimigos.37 Me briefs en los los últimos aspects. A santidad com expressão de amor fraterno sustenta, ante todo, um valor autobiográfico, desde o momento em que Dom Bosco é o santo da caridade puesta en obra, do mismo a caminho de Cafasso se pode defi nir como o santo da caridad silenciosa (todos os santos se o Cottolengo, Cafasso,

33 SE, 282; SE 1871, 262 (a versión es casi literalmente idéntica).

34 SE, 290; SE 1871, 269.

35 SE, 291-293; SE 1871, 271.

36 SE, 294-295 (na pág. 296 aparece um lapso pequeño: se morrem para Tomás Moro em 1534, em vez de 1535; el mismo pequeño error se repete en SE 1871, 273).

Todos os heróis de Cristo sonic da caridad: Cais Damiani participa todos os dias a um muchedumbre de pobres; Domingo está animado por espírito de caridade solo; Francisco de Asís se impõe a norma de não rechazar la limosna de nadie; Brígida de Suecia funda um hospital junto a seu palacio; Francisco de Paula realiza prodigios estrepitosos em favor dos pobres; Amadeo de Saboya vai pessoalmente realizar os melhores serviços nas bios de los enfermos; Juan de Dios cria a ordenação holpitalaria; Luis Gonzaga é mártir da caridade heroica hacia los apestados; Felipe Neri posa em risueña alegría a serviço dos pobres e de los enfermos; Vicente de Paul, para excelencia, o santo de los pobres.

No momento da discussão sobre o princípio do amor, Dom Bosco mostra os filhos de um tiro: apresenta um jovvenes o ideal da oblatividade, arroja licatorayos de luz sobre os reflejos benéficos sociais do Evangelio, apresenta o cismo bajo uma luz simpática, corrigindo O efeito negativo do Dios enfadado e indignado, como aparece com a "vingança divina".

A santidade, na ótica de Dom Bosco, representa também a resposta divina à crise do mundo totus positus em maligno. Cito dos casos. El siglo de hierro dio the "pornocracy" de Marocia y Teodora: "Pero no hay otro siglo that haya nut um número tan conspicuo de santos à Iglesia Universal". O estimado que ese número tan conspicuo só cite dos nombres: San Bernón e San Romualdo.
Como, derrotado no dilúvio do protestantismo, a reforma católica verdadera fue el siglo de los santos: "Fue special disposición y Providencia de Dios that in un tiempo en los jeitos trataban de arruinar la Iglesia, surgieran escuadras de religiosos, de santos doctores , que com muito mais aciência que o glorium "Sobre estos aspectos, véase: F. MOLINARI, Os santos na História Eclesiástica de Dom Bosco, en:" Crer hoje "8 (1988) 5, 45-46; sobre a psicologia do Santo: G. DACQUINO, Psicologia de Dom Bosco, Turim, SEI 1988 (o volume, aplicável ao ponto de vista psicológico, contém o defecto de base em documentos críticos discutíveis, como as Memórias Biográficas, que são, na verdade, objeto de uma análise do ponto de vista vista filológico: F. DESRAMAUT, Les Memories I de John the Baptist Lemoyne.a free fondamental sur jeunesse de Jean Bosco, Lyon, Maison d'études Saint-Jean-Bosco 1962.

38 SE, 197; SE 1871, 205-206 (a exposição da hierarquia de hierarquias positiva na ediçãci anterior).

sos hicieran florecer para a Igreja em todas as partes do mundo um número, sísima falange de santos ».39
Sigue a lista, que comienza com Cayetano Thiene e se cierra com Carlos Borromeo.

Dom Bosco escreveu e escreveu sobre o catolicismo como pátria dos Santos com um grande número de pessoas que são severas na política com a estigmatização do mundo. Muy distinta a actitud de otros eminentes católicos, a los que Traniello llama «conciliadores», como Manzoni, Rosmini, Curci, Newman.

Manzoni expresa a relación dialógica con esta célebre observación: «Cuando o mundo reconocidou uma idéia de verdadera, magnánima, os contrastársela, é necessário reindexá-lo ao Evangelio. [...] A religião que você pode ter é uma idéia que pode ser bem-sucedida, quase universal, bastante desinteressada ». Y especifica que nenhuma palavra, se do cristianismo o futuro do mundo liberado, impõe ao homem o respeito ao demas e ao domínio de si mesmo, atribuindo o interior libertador e a superação do despotismo.
Manzoni estabeleceu una íntima amistad com Rosmini, cuya actividad tenía um objetivo preciso, a reconciliación do Evangelio com los ideais modernos a través de una renovación da Iglesia y da sociedade, como o deseja em las dos obritas y A constituição de acordo com a justiça social (1848). La viva y activa participación de la laicos na comunidade se vives no través da votação, portanto recenseamento marítimo; y en la comunidad eclesial, a través de la participación laical en elección de los obispos. Em vez de Rosmini, como de Newman, em seguida, por títulos diferentes, os pioneiros da teologia do laicado ".
O mais importante e mais audaz, um embargo, sigue siendo Carlo Maria Curci (18091891), que en 1849 tinha fundado a "Civilização Católica" com um programa de intransigência temporalista; mas não há tuvo miedo do "chocalho terrível", es decir, do catolicismo liberal que, como demônio de Gion Domenico Mucci, abrazó com reformismo audaz. Y in el salva a autoridade não autorizada do Papa e da doutrina católica, mas apoia a renovação da cristianização da premissa para a renovação política dos Estados. Nesta reforma interna da Iglesia entram a participação dos laicos na vida eclesial, incluindo a eleição dos párrocos, a aceitação da porta de casa como purificação providencial da Iglesia, espiritualización uma cúria romana, demasiado politizada, el paso de la Iglesia de sinagoga cerrada e inmovilista à fase do diálogo; diálogo pastoral com o mundo, cuyos valor positivo hay que apreciar; es la vida de la evangelización que hay que realiza de través de laicos y que produz la verdadera naturaleza de la Iglesia, que é a encarnación del amor divino en la tierra.42
39 SE, 297; SE 1871, 274-284 (uma característica feliz da edição de 1871 é a divisão em títulos, nos campos mais voltados, subalternos, nos domínios e nos contenidos, nos valores positivos do catolicismo e nos santos e das patrões religiosas.

4º U. COLOMBO, Alessandro Manzoni, Roma, Edizioni Paoline 1985, p. 263-280; A. MANZONI, Observações sobre a moralidade católica editada por U. Colombo, Roma, Edizioni Paoline 1965, p. 319-354 (O capítulo se titula: "Das odes religiosas").

41 Sobre Rosmini, cf. Das cinco feridas, ya citado, e sobre Newman: HF DAVIS, O futuro e o apostolado da hierarquia e do larcat na teoria da Igreja, Newman, en: A ecclésiologie au XIX siécle, Paris, Ed. Du Cerf 1960, p. 329-350.

3, Considerações finais

A história eclesiástica de Dom Bosco se está no extremo dos estádios católicos do diálogo. Mas, em uma mentalidade intransigente, se ela vem com uma técnica extraordinariamente boa, isto é, um amigo sincero dos obcecentes "transigentes", como Rattazzi, Lanza, Vigliani, Ricasoli, C. Crispi. "For is no cause extra than in the world of the mission of the Santuario de María Auxiliadora. Anantara en el co6locación de la primdera piedra do santuario de María Auxiliadora. Eran los arios que Emanuele II trataba de limar as asperezas com o Vaticano. para Pío IX, Dom Bosco foi um padre fidelísimo, prudente e ativo, para os medievais anticlericais era uma cura celíaca que se traduzia em idéias sobre a educação do povo.
Uma diferença diferencial é a distancia do santo destino da integração: o contato com o concreto da história cotidiana que o facilita não é tão elástico do passado quanto a capacidade de ter presente (por exemplo, a atenção é igual ao objeto) , explotados pela naciente civilización industrial, a sensoilidad hacia la escuela profesional la oportuna percepción do problema da prensa). Em amor hacia a historia nao fue inferior a su pasión p a Iglesia y al deseo da propia santificaión resonal.

42 MUCCÍ, II primeiro diretor da "civilização católica"; ID, Carlo Maria Curci, o fundador da "Civilização Católica"; C. PiccuuLL0, As novas idéias de pe. Curci sobre a questão r ore omana, p. pt: Cbiesa e
Stato no século XIX Miscelânea em homenagem a Pietro Pirri, Pádua, Ed. Antenne 1962, 607-658.

"Sobre Bonomelli e Scalabrini, cf. G. GALLINA, O problema religioso no Risorgimento e o pensamento de Geremia Bonomelli, Roma, Ed. Universidade Gregoriana 1974; C. MARCO (ed.), Correspondência Scalabrini-Bonomelli (1868-1905), Roma, Studium 1983, sobri la emigración, filho fundamentos de estudos de Rosoli, em nuestro caso estavelmente útil: GF ROSOLI, empenho missionário e assistência religiosa aos emigrantes na visão e obra de Dom Bosco e dos 28 salesianos 293.ni, pt: TRAMELLO (ed.), Dom Bosco na história da cultura popular, Turim, SEI 1987, página 9- Debe tinha em mente que nas páginas da SE aparece frecuentemente o tema da emigração, sobre todo em relación a las misiones STELLA, Dom Bosco II, pp. 90-95.

4sMuchos jóvenes eran confiados a Dom Bosco pela misma autoridad civil, que obviamente se consideraba ligada y agradecida a él.

Como base de toda a História Eclesiástica de Dom Bosco, trata-se de uma doutrina concebida sobre o suborno, a configuração da eleição dos hechos e aparece como referência na interpretação dos documentos.

A ideia-mãe é a ideia do mundo, 46 ​​como um pólo totalmente negativo na contraposição à Iglesia como polo totalmente positiva e expresa no lema Extra Ecclesiam nulla salus. O mundo está completo em maligno: é o conceito típico da intransigência, em dialética com a doutrina do catolicismo conciliador e dialogante, que, a liberdade do círculo cerrado da Iglesia, as boas-vindas na alma da verdade, os germes da positiva , las semillas del logos.

O mundo como uma verdadeira antidivina, um mundo de víboras hostis a Dios, um pastor evangélico, uma tradição de Plotino com vetas manqueas, uma mentalidade contrarrevolucionária, típica da Restauração, com um soñaba com uma época na Igreja que se pronuncia, não Todos os materiais sobre fe, sino sobre normas e costumbres, na promulgaba leyes disciplinares, establecía jerarquías y las destituía, corrgía a los fieles y alejaba de su bosas dos miembros núcleos.47
"R. GUARDINI Mundo e pessoa, Milão 1964; F. GOGARTEN, Homem entre Deus e o mundo,
Bolonha 1967, HU Von BALTHASAR, Liturgia Cósmica, Roma 1976, JB METZ, Sobre a teologia do mundo, Brescia 1969.

47 B. PLONGERON, Arquétipo e repetições de um cristianismo, en: "Concilium" 7 (1971) 1366.

LAS RAÍCES DE LA ESPIRITUALIDAD DE DON BOSCO massa ou MARCOCCHI


Estas páginas pretendem dar um toque de luz a uma busca do clima no histórico vivido e actuado por Dom Bosco, a procura das entidades do doador, se não as direcções espirituais e a sua acção educativa. Eu crio isto, para entender um Bosco, é necessário comparar com em tempo, um sabiendas de que él segura uma personalidade sobresaliente e unos rasgos muy originales.

1. El clima histórico en el vivió y actuó don Bosco

Dom Bosco formou-se no clima da Restauração. A este término asume habituamente a acepción político-social. (evoca o Congresso de Viena e a Santa Aliança, a política representativa dos gobiernos, a situação posrevolucionaria), tem tambem zincic no marco da cultura e da vida religiosa. Típico da época da Restauração é o diretor direto de recordação da fé cristã da sociedade, desgarrado pela Revolução francesa (o delúnio, o consaldo cardinal Consalvi, a desolação do universo, segunda Brunone Lanteri). Existência e o convencimento de estabelecer uma grande operação orientada para destruir os projetos de Deus, da Igreja e das guardiãs, e de que era necessário contornar os asaltos do maligno e reconquistar a sociedade para os dias e para a Iglesia.

A Companhia de Jesus, restablecida por Pío VII em 1814, se convierte en el Piamonte en el centro propulsor do movimento movimento religioso. Cuenta com grandes hombres de prestígio, como o pai Roothaan, reitor da colônia São Francisco de Paula de Turín, falecido general da Orden, como Francesco Pellico e Antonio Bresciani.
P. PIRRL P. Giovanni Roothaan XXI Geral da Compagnia di Gessi (1785-1853), Isola del Liri 1930; I. RINIERI, O pai Francesco Pellico e seus tempos, vol. I: A Restauração e o trabalho
da Compagnia di Gesti, Pavia 1934.

1.1. Las «Amistades» e los oblatos de María Virgen

Nacen nuevas religiosas, como os oblatos de María Virgen de Brunone Lanteri e o Instituto da Caridade de Antonio Rosraini. Filho apresenta as monjas da Caridade de Antidão Thouret. Surgen nuevas asociaciones laicales. Entre éstas sobresale a "Amizade Cristã", expressão de ambientes aristocráticos e altoburgueses de orientação projetos, que se propõe a formação espiritual dos asociados e a luta contra o espírito dos enciclopedistas a través da difusión sistemática de obras de inspiración católica (« los buenos libros »), llevada a cabo por préstamos ou com distribuciones gratuitas. ' O tema central do "Amistad" é ​​a composição do documento para a República de Jesus, com a orientação apoiada pelo jesuíta, para a linguagem comum e para a meditação:

Desaparecida na época napoleónica, o Christian Amistad significa surgir em 1817 com o nome de "Amicizia-cattolica", por iniciativa de Brunone Lanteri. Os Céus de seus irmãos (Cesare Taparelli d'Azeglio, Rodolfo e Giuseppe de Maistre, Luígi Provana de Collegno, Pietro Pallavicino, Renato d'Agliano, Giovanni Carlo Brignole) ocupam postos de relevância na política e na administração do Estado saboyano. Também pode ser que a católica se preocupe com a difusión livre da «buena prensa». Dominação legitimista, ultramontana, demaistria domina, os libros difundidos defienden a alianza entre trono e altar, profesan uma devoción incondicional à Santa Sé, defienden a infalibilidad pessoal do papa, refutan os "errores modernos", favorecen las tendencias teológicas espirituales animadas por los jesuitas, pregam uma orientação moral modelada na probabilidade benevolente. Especificamente a Amistad católica que promovió em 1825 a edição das obras de Alfonso de Ligorio no editorial de Giacinto Marietti de Turín. Em 1828, o Amistad Católica foi derrotado pelo governo pianense.
2 El primer círculo da «Amizade» se constituiu em Turín en los años 1779-1780 para a iniciativa de um ex-jesuíta, Nicolaus Joseph von Diessbach (1732-1798). Surgieron despiu cenáculos en Milán, Viena, Florencia, Roma, París. Los miembros se comprometem ao segredo, según el gosto de tempo e também não exponerse ao sarcasmo do "espíritus fuertes" e as moléstias da polícia. À "Amizade Cristã", seglar, se anñadió en 1782 a "Amizade Sacerdotal", antijansenística y alfonsiana, que promove os ejercícios espirituais segundo o método de San Ignacio y los retiros, a prática da oração mental e do exame de consciência. Cf. C. BONA, Le «Amizades». Sociedades secretas e renascimento religioso (1770-1830), Torillo 1962. Revisões das revisões desta obra hechas por P.

Cf. C. BONA, Le «Amizades», p. 361-371. As obras de Lamennais, De Ronald, von Haller, Bossuet, Gerdil. Entre os autores espirituales figuram no jesuita Pinamonti, o barna-bita Quadrupani e sobre todo Alfonso de Ligorio. También Dom Bosco entendeu a posibilida por causa de seu pró-jesuitismo. Algunos de sus miembros (por ejemplo, Província de Collegno e Renato d'Agliano) se adhirieron na conferência de São Vicente de Paulo, fundadas na França por Federico Ozanam e introducidas en Turín en 1850.4
Muchos dos finos da Amizade perdida pelo instituto dos oblatos de María Virgen de Lanteri (1759-1830); Os oblatos promovem até mesmo a predicación dos ejercicios espirituales segundo o método de San Ignacio, desarrollando as missões entre o povo, preparando os novos sacerdotes para a cura dos almas, difunden la "buena prensa". O ato pastoral de Lanteri y de sus oblatos está inspirado na doutrina e na espiritualidade de Alfonso de Ligorio. Jean Guerber tem remontar o inicio da penetração da teologia alfonsiana na França em 1823, tendo aparecido em Lyon as reflexões sobre a religião e a doutrina da vida. A. De Ligouri de Lanteri. O eclesiático «Convitto»
Para o propósito do Lanteri de un de sus discipulos, Luigi Guala, «amigo cristão», surge em Turín em 1817 o ecdesiástico convitto para a preparação pastoral de sacerdotes novelas. El Convitto foi uma das escolas mais poderosas do mundo, projetada de forma religiosa e religiosa, que foi usada no século XIX. No Convitto se formaron algunas figuras eminentes de sacerdotes: Cocchi, Borel, Cafasso, Bosco, Murialdo, Bertagna, Allamano. Dom Bosco, que transmite na ordenación sacerdotal (1841) pasó allí tres arios (1841 1844), define el Convitto como «maravilloso semillero, de cual provo mucho bien à la Iglesia, especialmente para erradicar algunas raíces de jansedes de« good press » para a evangelização das comunidades populares, e promovió numerosas iniciativas editoriais (cf. a comunicação de Malgeri neste mismo volumen).

4 F. MOLINARI, Conferências de San Vincenzo na Itália, en: Espiritualidade e ação dos leigos italianos, vol. Eu, Padua 1969, p. 67.

Las Reglas dos «Oblatos da Virgem Maria» fueron redactadas por Lanteri em 1816. Suprimidos em 1819 para o arsênico de Turín, Colombo Chiaverotti, se reconstituyeron em Pinerolo em 1825 bajo a protección do obispo Rey. R. Romeo recuerda que marqués Michele di Cavour, pai de Camillo di Cavour, estuvo varias veces em Santa Chiara di Pinerolo para hacer los ejercicios espirituales bajo a dirección de Lanteri (cf. R. ROMEO, Cavour e seu tempo, vol. I, Bari 1971, p. 94-95). Sobre Lanteri, cf. P. CALLIARI, Pio Brunone Lanteri (1759-1830) e contra-revolução, Totino 1976, mas sobre todo: P. CAIDAR1 (ed.), Correspondência do venerável pai Pio Brunone Lanteri (1759-1839) fundador da Congregação dos Oblatos de Maria Virgo, 5º vol., Torillo 19751976. Sobre as Reflexões de Lanteri e a penetração da moral alfonsiana na França, cf. J. Guérber, Le ralliement du clérére franqais á moral de Liguori. L'Abbé Gousset e ses précurseurs (1785-1832), Roma 1973. Sobre Lanteri e a espiritualidade de São Francisco de Sales, cf. T. LUDO, Il Ven. Pio Brunone Lanteri e espiritualidade salesiana no Piemonte no início do século XIX. Aspectos histórico-ascéticos, em «Palestra del Clero» 61 (1982) 1236-1247.1308-1320.1366-1373.

nismo que todavía se conservaban entre nosotros », en el cual« se aprendía a ser sacerdotes ».6
El Convitto eclesiástico e doutrina da espiritualidade de Alfonso de Ligorio, considerado por Guala y Cafasso como o autor capaz de mediar entre os corrientes e cierta superficialidad benignista, 7 por tambem centro de irradiación de la espiritualidad Salesian y filipina. El Convitto se apresenta como uma contrapartida do seminário diocesano da Faculdade de teología da Universidade de Turín, o qual se caracteriza pela adesão à rigor moral para uma eclesiología crítica com respeito à infalibilidade e ao primado de jurisdición do papa. O Convitto quiso, en suma, desarraigar las tendencias galicanas jansenistas ou, em sentido lato, rigoristas. que todavía serpenteaban entre o clero piamontés.

A hilo rojo une, pues, las Amistades, los oblatos de María Virgen y el Convitto eclesiástico, mas com uma diferença digna de ser subrayada. Vejamos como vivemos em um sistema aristocrático e habituamos um limite papal, o que foi bom para nós Virgen y el Convitto ensanchan el radio de acción com um rico abanico de princesas promovidas entre o clero e o povo.8
Não há avisos de importância no interior do edifício, por isso Francesco Traniello tem como notar, a família do primer tratado espiritual, as máximas de descascar, em cuales, según el propio Rosmini, estaba condensado el espíritu do Instituto de la Caridad Tuviera un edición turinesa en la Marietti en 1832. O máximo de peocezione se fundaban en el abandono en la Providencia ("O Princip de pasividad") e, por ello, idoneas para atemperar o regime regular da espiritualidade piamontesa
. Bosco, Escritos sobre o Sistema Preventivo, p. 80.

P. BRAMO (ed.), Experiências da pedagogia cristã na história, vol. II, Roma, LAS 1981, p. 305s.

8 Sobre el Convitto eclesiástico de Turín, cf. G. USSEGLIO, O teólogo Guala e o internato eclesiástico de Turim, Turim, 1948; G. TUNINETII, Lorenzo Gastaldi (1815-1883), Casale Monferrato, Piemme 1983, p. 179ss. Las corrientes ultramontanas no se limiton a fundar o internato eclesiástico, até o qual as três salas influenciarão os pobres Facultad teológica da Universidad de Turín. Obtuvieron um triunfo com a destituión, em 1829, de Giovanni María Dettori y su sustitución com Luigi Massara, repetidor no colégio jesuítico de San Francesco di Paola. Dettori, que ocupaba desde 1814 a cátedra de teología moral, profesaba ideias antiprobabilistas y antialfonsianas. Cf. F. TRANIELLO, Catolicismo Conciliarista. Religião e cultura na tradição rosmaniana lombardo-piemontesa (1825-1870), Milão 1970, p. 25-27; P. STELLA, Jurisdicionalismo e Jansenismo na Universidade de Turim no século XVIII, Turim 1958. Luigi Guala foi influenciado pela tradição espiritual jesuítica. Es significa a correspondência epistolar que, entre 1831 e 1847, mantém com o prepósito geral das jesuitas, pai Roothaan, sobre o modo de fazer os ejercicios. Guala, ayudado por Lanteri, había restaurado no santuário de San Ignacio na montanha de Lanzo, em 1808 havia estabelecido a "Obra dos Exercícios Espirituais" para sacerdotes y seglares.

9 TRANIELLO, Conciliarist Catholicism, p. 30.

Se tem hablado de doutrina moral alfonsiana, de actitudes rigoristas, de jansenismo. La cuestión es vitale y exige algunas precisiones. É necessário evitar um uso excessivo do jansenismo: Quien es antimolinista neceseces jansenista, quien es antijesuita no es necesenamente jansenista, quien suporta posiciones jurisdicionalistas en campo político-eclesiástico necesentemente jansenista. Quien es rigistico en moral no es necesentemente jansenista. El jansenismo en sentido estricto puede considerar as primeras décadas do Ochocientos; não se pode decir o mismo do rigorismo que, por inverso, aparece difundido en la praxis pastoral. Es sabido que os círculos jansenistas ou jansenizantes cultivam uma vida cristã severa ideal. Recomendaban la conversión del corazón, luchaban contra e rutinario cristianismo heco de devociones exteriores, de entusiasmos pasajeros, de tradiciones acarameladas; reprobaban en la oración el bébé de fórmulas repetidas mecánicamente. O ideal é uma religiosidade pura, libre de incrustaciones, ajena nas habitaciones, nutriciones as línguas bíblicas e patrísticas, que o huye de contacto com o mundo envuelto en el pecado. A dilatação ou recaptura do absolutista ao penitente do perseverança do coração não se você chamar suficiente certaza e en todo caso um quien no hubiese cumplido a penitencia impuesta, foram considerados como medios normales para provocar o shos psicológico e de assim favorecer uma conversión verdadera y duradera. O gracia do sacramento da penitencia é concebido como um prêmio, que é um prazer mais saudável e confortável na luta contra o mal. Se você pode recibir o solo e a alma terá alcançado um grau de purificação convincente. Para Alasia, autor de uma moral de tratamento de teologia muito difundida entre o clero piamontés e muy conocido por don Bosco no seminário de Chieri, a diferença da absolutização era um remédio medicinal que o confesor podía adoptar cuando considerava apropriado.
T ecunten o alejamiento de la comunidad per a ciedi peri era considerado uma práctica de penitencia que se imponha a um aquellos que recaían fácamente en el pecado (los llamados «reincidentes»). Se parte do programa da Eucaristia não era um remédio para as dívidas, até um prêmio para os santos, foi pela primeira vez que pudemos encontrar um interior perfeito que a mãe abriu para recorrer a Cristo Señor.

"Cf. STELLA, Jurisdicionalismo e Jansenismo; ID., Crises religiosas no início do século XIX, Piemonte, Torillo, 1959; ID., Piemonteses Jansenists no século XIX, Turim 1964. Aun sobre as condições para a validação do sacramento da penitência hervía a encendido debate: ¿Chega-se à atrição, que é a dor de cabeça do diido a dios por penas que se ha merecido, ou é necessário que a contrição, es decir, a dolorosa de los propios pecados, porque Dios, sumo bien, es digno de Para os rigoristas, a atracção para obtener os pecados foi insuficiente. Na verdade, a dor das culpas, inspirei-me no tema dos pênis infernais, relativos à lógica do egoísmo.

Faltan adecuadas investigaciones fundamentales sobre la praxis sacramental en Piamonte en los siglos XVIII y XIX, mas par é que puede afirmam com a segurança que a pastoral sacramental, nas aparições e nos seminários, em geral, marcada com trazos rigoristas . Giuseppe Cafasso, por seus depoimentos significativos, que faz parte dos pastores da época era "difícil observar os mandamientos, difícil de reconhecer a comunhão santa, difícil, incluído, uma missão com devoção, difícil rezar como se debe, difícil, sobre todo o, llegar a salvarse, y que eran muy pocos los que se salvaban »."


1.4. A figura e a doutrina de San Alfonso


A exaltación da figura e da doutrina de San Alfonso, em quien daban prestam-se tanto à beatificação, que se converte em 1816, e a puente em marcha do processo de canonização que se conclui em 1839, como a edición de las obras começou em Turim em 1825, a característica não é dos tipos corrientes do movimento ultramontano piamontés que se agrupaba no torno Roothaan, Lanteri, Guala, Cafasso, Bosco, sino, em geral, da atividade dos misioneros comprometidos no el mundo rural y del clero em cura de almas. Alfonso de Ligorio e a congregação por fundada ejercieron uma influência decisiva sobre as orientações da teologia moral, favorecendo o abandono de atitudes rigoristas na praxis sacramental. San Alfonso, na primeira fase do sacerdócio, deve ter tido rigor em manuais rigoristas (por ejemplo, en el de Frangois Genet). A conversão tuvo lugar, segundo a misma confesión, cuando se dedicado às missões entre os pueblos, es decir, cuando se enfrentó com a realidad del hombre envuelto en la miseria y com uma vida cristã superficial. Santo Afonso entendeu que o sur da Itália não conquistou com uma pastoral hostil, centrou-se mais em um deus que foi um pai-de-deus, mas no pecado que perdurou, mais no infierno que no paraiso . No setor imobiliário do reino popular, ele transmitiu a Santo Afonso uma teologia em a humana, à referência ao vínculo na sua misericórdia de Dios, à confianza en él, à esperanza. 2 cuando se dedicó nas misiones entre o povo, é decir, cuando se enfrentó com a realidad del hombre envuelto en la miseria y com uma vida cristã superficial. Santo Afonso entendeu que o sur da Itália não conquistou com uma pastoral hostil, centrou-se mais em um deus que foi um pai-de-deus, mas no pecado que perdurou, mais no infierno que no paraiso . No setor imobiliário do reino popular, ele transmitiu a Santo Afonso uma teologia em a humana, à referência ao vínculo na sua misericórdia de Dios, à confianza en él, à esperanza. 2 cuando se dedicó nas misiones entre o povo, é decir, cuando se enfrentó com a realidad del hombre envuelto en la miseria y com uma vida cristã superficial. Santo Afonso entendeu que o sur da Itália não conquistou com uma pastoral hostil, centrou-se mais em um deus que foi um pai-de-deus, mas no pecado que perdurou, mais no infierno que no paraiso . No setor imobiliário do reino popular, ele transmitiu a Santo Afonso uma teologia em a humana, à referência ao vínculo na sua misericórdia de Dios, à confianza en él, à esperanza. 2 centrada mais em um Dios-juez que en un Dios-padre, más en el pecado that en el perdon, más en información que en el paraíso. No setor imobiliário do reino popular, ele transmitiu a Santo Afonso uma teologia em a humana, à referência ao vínculo na sua misericórdia de Dios, à confianza en él, à esperanza. 2 centrada mais em um Dios-juez que en un Dios-padre, más en el pecado that en el perdon, más en información que en el paraíso. No setor imobiliário do reino popular, ele transmitiu a Santo Afonso uma teologia em a humana, à referência ao vínculo na sua misericórdia de Dios, à confianza en él, à esperanza. 2
11 Citado por F. ACCORNERO, A doutrina espiritual de S. Giuseppe Cafasso, Torillo 1958, p. 110. Sobre esta problemática, cf. P. STELLA, A Eucaristia na espiritualidade italiana de meados do século XVII aos primeiros sinais do movimento litúrgico, en: Eucaristia, memorial do Senhor e sacramento permanente, Torillo 1967, p. 157-159; J. SCHEPENS, L'activité littéraire de don Bosco no momento da penitência e da Eucaristia, em «Salesianum» 50 (1988) 9-50.

Th. REY-MER / VIET, 2º santo do século da iluminação. Alfonso de Liguori (1696-1787), trad. it., Roma 1983 / ed. Francês, Paris 1982; G. DE ROSA, S. Alfonso e o século do esclarecimento, em «Review of Theology» 28 (1987) 13-31; G. ORLANDI, S. Afonso de 'Liguori e a evangelização do Cilento no século XVIII, en: A sociedade religiosa na era moderna. Anais da Conferência de História Social e Religiosa, Nápoles 1973, p. 845-851; G. CACCIATORE, S. Alfonso de 'Liguori e Jansenism, Florença 1942.

Los misioneros, that predicaban entre las poblaciones rurales, las más Abundantes, mientras las ciudades estaban abastecidas de clero, secular y regude Predicadores y de Catequistas, seguían em San Alfonso en el deseo delar, adecuar propia acción pastoral em Las Situaciones concretas de vida de pessoas pobres. Los Redentoristas de Alfonso de Ligorio, los Sacerdotes de la Preciosísima Sangre de Gaspar del Bufalo, los Sacerdotes de la Misión de Vicente de Paul, pasionistas los de Pablo de la Cruz, de los Oblatos de Rho de George M. Martinelli, los Jesuitas, foram A relação com o penitente não era necessária à aplicação das normas, até que fosse necessário valorizar, además as disposições interiores, e também a situação na qual se encontrasse.
edsepsirdeituf802, en Pietro Leonardi, en Vicente Pallotti, en Luigi Biraghi, en Giuseppe Frassinetti) se mueven en la misma línea antírrigorista. "El éxito de la doctrina Afonso moral com tendencia hacia la disponibilidad y la comprensión marcha paralela Asen creciente interés de la Iglesia para as áreas rurais com a crescente sibilidad hacia. A
comparação com Vicente de Paulo salta para a visão da historiador, que
descobre a Itália sobre a atmosfera da França. Paul, Eudes, Olier, se tivéssemos oportunidade de fazer o jansenismo por motivos pastorais e espirituais Ellos, com o contato com os camponeses de los campos franceses,
"San Alfonso y los Redentoristas, à partir de los 30 años del Setecientos, trabajan entre las masas de rurales italiano meridional y de Sicilia. Sobre las misiones de los Redentoristas, cf. G. Orlandi, missões populares e teatro popular, em 'Spicilegium .. Hist Cong SS Redemptoris »22 (1974) 313-348;. S. Giammusso as missões de Redentoristas na Sicília a partir das suas origens para 1860, en ibid, 10 (1962) 51-176;. 0. GREGORIO, a contribuição das missões redentorista alfa história sócio-religioso do sul da Itália, en Ibid., 21 (1973) 259-283. sobre la concepción antijansenista antirrigorista y de los Redentoristas, cf. G. Orlandi (ed.), Executive missão apostólica esse método, Roma 1982: G. DE ROSA, Língua e vida religiosa através das missões populares do Sul na era moderna, en «Orientações Sociais» 36 (1981) 24.

"Sobre Gaspare del Bufalo (1786-1837) e os Missionários do Sangue, ver Libero G., S. Gaspare del Búfalo, Romano, 1954; A. REY, Gaspare del Búfalo, 2 vol, Albano Laziale 1987. 3 ed. Os Passionistas ZOFFOLI cf. E., S. Paolo della Croce História Crítica, 3 vol, Roma, 1963-1968 Sobre Oblato Rho, ver G. Barbieri, Um padre Lombardo do século XVIII Padre Martinelli Fundador dos OBLATES de Rho, Milão 1982. R. RUSCONI (Pregadores e pregadores (SEGUNDO IX-XVIII), em: História da Itália, Anais, vol 4: Intelectuais e poder, Tornio 1981, pag 10.061.018) observa que oitocentas missões estão incluídas no canal de missões do século XVIII, mas com alguns aspectos novos, como a importância dada à educação catequética e a atenção dedicada a uma profunda renovação do povo (neste ponto, refere-se àEdição italiana, para ter referências bibliográficas mais extensas sobre figuras de pregadores e missionários em várias regiões da Itália [nde]).

15 G. VERUCCI, Igrejas e Sociedade na Itália da Restauração, em "Revista da História da Igreja na Itália" 30 (1976) 25-72; G. MICCOLI, bispo e rei do seu povo, em: G. CPATTOLINI G. MICCOLI (org.), Storia d'Italia, Annali, vol. 9: A Igreja e o poder político da Idade Média à era contemporânea, Turim 1986, p. 919-922.

oprimidos pela fome e pela guerra, brutalizados pelo desespero impotente para com os poderosos, eles percebem que não podem pregar, as pessoas que sofrem, a doutrina de um único Deus, os "Malditos munches" escolhem um grupo privilegiado. A mensagem dos jansenistas, de maneira urgente e radical, como burguesia elitista e aristocrática poderia ser adequada para os devotos, não para as populações rurais pobres. O espiritual francês viu no jansenismo um obstáculo à consolidação da reforma nas classes populares. "Alfonso de Liguori, Gaspare de Bufalo, Vincenzo Pallotti descobriu, como Vincenzo de 'Paoli, a mesma realidade e optou pela mesma solução.

1.5. Influência afonsiana na piedade

A influência dessas orientações pastorais também se reflete no campo da piedade. De fato, no século XIX, prevaleceu um ambiente humano caloroso, a piedade popular tendeu para a confiança na afetividade, na fantasia, para ter um gosto tão maravilhoso, e valores, às vezes em detrimento da profundidade, elementos palpáveis ​​sensíveis, carnais, que é baseado em um sacramento mais freqüente, que é baseado em um número consistente de práticas devocionais freqüentemente. A devoção mariana, que é uma das expressões mais significativas da piedade do século XIX, desenvolveu florescimento com procissões e peregrinações, com uma vasta literatura sobre o mês de maio no rosário sobre as prerrogativas de Maria, Virgem e Mãe, e às vezes caem em tons doces fatiado e macio. "
Também as devoções à paixão de Cristo, ao Sagrado Coração, ao Precioso Sangue, às cinco feridas, às três horas de agonia com sua inspiração reparadora e expiatória, estimularam os motivos afetivos e sensíveis. Alfonso de Ligorio conhecia os místicos (por exemplo, Santa Teresa e San Juan de la Cruz), mas os valoriza numa perspectiva espiritual que está destinada a estar disponível a todos. Santo Afonso interpretou melhor as necessidades das almas simples do que qualquer outro escritor espiritual italiano. Suas obras cheias de carinho responderam bem à sensibilidade da época. Aqui está a razão para o seu imenso sucesso. Deve-se notar também que eles não são estranhos a
tal orientação da piedade romântica do clima com seu gosto pela fantasia.
Sim, afetividade, ênfase sentimental, as razões do coração. A Igreja,
portanto, em reação ao caráter austero, exigente e elitista da espiritualidade jansenista, imbuída de refinamento espiritual e como reação ao frio racionalismo do século XVIII, favorecia uma piedade calorosa, acolhedora, popular e acessível, especialmente as massas. Esta orientação espiritual tem seus lados fracos
16 L. MEZZADRI, entre os jansenistas e os antasieanistas. Vincent Depaul e a Congregação da Missão (1624-1737), Florença 1977.

"R AUBERT, O Pontifício de Pio IX (1846-1878), Torillo 1964, pp. 694-707.

na insistência na multiplicidade de exercícios devocionais, na excessiva ênfase dada à prática de indulgências, na proliferação de devoções questionáveis ​​e secundárias, no cumprimento do sentimentalismo. A proliferação de exercícios piedosos aumentou o distanciamento da Bíblia e da
Liturgia, levando a uma falta de religiosidade no conteúdo teológico.18
Dom Bosco promoveu algumas práticas no Oratório
Padre (a visita àSantíssimo Sacramento, a Via Crucis, devoção à Virgem e Ângelo Custódio, o exercício mensal da Boa Morte, a novena em honra de San Luis Gonzaga e San Francisco di Sales), mas não deu a exaltação devocional típica do catolicismo da século XIX por medo de jovens irritantes ou cansativos. Devoções, por exemplo, o Sagrado Coração e o Preciosíssimo Sangue, que desempenharam um papel importante, juntamente com a devoção a Maria na espiritualidade católica do século XIX, parece ter sido para Dom Bosco, que importância tiveram para os outros eclesiásticos, como Gaspare Bertoni, Gaspare del Búfalo, Vincenzo
Maria Strambi. "

1.6. O sucesso de San Francisco de Sales

Este quadro inclui o éxito de San Francisco de Vendas e de San Felipe Neri. Em Piamonte, por razones históricas y geográficas, e o ambiente estabelecido-impregnado de esencias salesianas. Veículos eficazes da difusión de salesianismo tinham sido a casa da Visitación de Turín, fundada em 1638 por Juana de Chantal, a ampla circulação de Francisco de Sales, que tinha numerosas numerosas ediciones durante o XVIII, e a vida de santo, escrito por o sacerdote Piermont Jacinto Gallizia (1662-1737), editado em Veneza em 1720 y reeditado muchas veces. "Circulaban, además, en Pia
la Según G. Lanza, seu maior biógrafo, a marquesa Barolo tenía una devoción esperislísima à Santíssima Trindade, ao Sagrado Corazón, ao Santísimo Sacramento, às Tres horas da Agonia, à Virgen consolada y dolorosa, aos custodios los Angeles, Alas del purgatorio, em San José, Santa Teresa, Santa Júlia, Santa Ana, Santa Maria Madalena, Santos Cosme y Damián (Marquesa Giulia Caída: Barolo, nascido Colbert, Turim, 1892, p. 178s). P. Stella anota que "não deveria ter sido um caso singular do Marchesa Barolo" (Dom Bosco I, p. 89).

"En el Giovane proveu (segunda parte), o" coração do Sagrado Coração de Jesus "e a" Oração ao mais sagrado Coração de Maria ". Está ausente, em cambio, a devocionón al" Precious Blood », este sobre a difusión máxima em Roma e na região da Lombardia-Venecia.

20 Tampoco en Piamonte faltan ediciones de las obras de San Francisco de Sales. Se uma introdução deve ser feita à vida devota ..., Torillo, Guibert e Orgeas 1779. Circulan también: Máximas derivadas das obras de S. Francisco de Sales ..., Torillo, Marietti 1837; U3 máximas distribuídas, extraídas das obras de S. Francisco de Sales, Torillo, Paravia 1838; Curto dicionário das máximas de São Francisco de Sales ..., Torillo, Paravia 1838. Cf. V. BRASIER - E. MORGANTI - M. DURICA, Biblia Salesiana, Torillo 1956. A Vida de Francisco de Sales escrita por Gallizia (16624737 ), que tinha sido sido capellán do mosteiro da Visitación de Turín, es obra de orientación ultramontana monte pequeñas obras impregnadas de espíritu salesiana como
O éxito de Francisco de Sales é mais ciudadano que rural, toca más a la Introducción a vida que se dedica ao Tratado de Amor de Dios.22 En efecto, o Francisco de Sales recibido en Piamonte es Aquel que afectuosamente adoctrina search of la mode de vivir Christianity on the world, para la cual la "devoción", que consiste em en el años y ai prójimo, no es una condición privilegiada, prerrogativa de claustrales y students, up to a may able to all the los cristianos with cumplimiento de los demes de propio estado.

Francisco de Sales tinha afirmado, contra o pesimismo calvinista, a continuidad de naturaleza y gracia, o equilíbrio de relações entre Dios e hombre, e sugeriu-se uma perspectiva espiritual caracterizada por uma grande concreción Rica de sabiduría psicológica, libre de preocupaciones, alimentada de O que há de melhor em tamanho, para o envio de um contrato com o Dios, que tem a salvação de todos, e para o envio de um Redentor, que tem garantido uma redenção universal.

Brunone Lanteri, Guala, Cafasso, Cotolengo, Bosco, - as biografias de Pier Giacinto Gallizia, os panegíricos, difunden uma imagem do obispo de Annecy hecha de dulzura e caridad. Sim aos descendentes da abreviatura XVII Antonio Arnauld e Etienne Le Camus, obispo de Grenoble, habián llevado a cabo, uma rigorista lectura (mais jansenístico) de Francisco de Sales, apresentado como um pastor severo, lectura que se tinha difundido também em Piamonte, los espirituales piamonteses hacen en la primera midad do décimo nono uma conferência de Francisco de Sales en clave anti-restraint, que descubre su dulzura y su piedad razonable e sin excesos ".
benignista. Em 1839 a editora Marietti publicaba o Compêndio das vidas de São Francisco de Sales e de Giovanna Francesca Frémiot de Chantal escrito por um Barnabita, Torillo 1839. Se trata del barnabita Alessandro. Gavazzi. Circulaba também a obra de CA SACCARELLI, Vida da Santa Madre Giovanna Francesca Frémiot fundadora da Ordem da Visitação de Santa Maria, Roma, Komarek 1734, reimpresión: Veneza, Simone Cocchi 1785.

2 P. STELLA, Valores Espirituais no "Jovem Provido" por São João Bosco, Roma 1960.

22 P. STELLA, Dom Bosco e Francesco di Sales: encontro casual ou identidade espiritual?, En: J. PICCA - J. S'FRUg (eds.), São Francisco de Sales e Salesianos de Dom Bosco, Roma, LAS 1986, p. 139
159. É necessário subjugar o Tratado do amor de Deus, por causa de sua densidade especulativa e
mística, menos asequible que a Introdução à vida devota. El mismo Don Bosco prefirió esta
última. "
23 STELLA, Dom Bosco e Francesco di Sales, p. 144-146.

1.7. A tradição espiritual filipina

Com o fio salesiano, se entrar na tradicional espiritual filipina, mantida em Piamonte pelo Oratório de Turín e pela extraordinária figura de viva enfral (t 1710), 24 para as biografias do santo escrito no século XVII de Bacci "y para uma série de Ricordi ai jovens, que don Bosco conocía bien.26
As ósmoses entre o filamento salesiano e o filipino não debe extrañar. No relacionamento harmonioso entre natural e gracioso se é compartilhado, no processo, o programa de San Felipe Nerí que é nutrido por confluência no natural e humano para a arte (no oratório musical no âmbito dos encuentros promovidos para Felipe Neri), rejuye los tonos hoscos y tristes, se ilumina de espíritu festivo de alegría. Alfonso de Ligorío, por tanto aberto nas sugestões de Teresa de Ávila, es hijo espiritual de Felipe Neri e Francisco de Sales. Madura, em efeito, sobre a espiritualidad bajo a guia do oratorio Tommaso Pagano, depois pasa bajo la dirección de mons. Falcoia, embebido de salesianismo. Francisco de Sales foi um dos autores mais leídos do Oratório. " El joven Rosmini se sintió atraído por palestras salesianas gracias às influências oratorianas.29 Cottolengo respira o ar do Felipe Neri (sobre o diretor espiritual Michele Fontana) e de Francisco de Sales, tão descubrido na vocación leyendo la vida de San Vicente de Paul. Para Dom Bosco, Francisco de Sales e Felipe Neri são os modelos que inspiram pessoalmente.

24 Cf. SE, en: OE I, 489.

"G. BACO, Vida de São Filipe Neri, fundador da Congregação do Oratório, Roma 1622. Tuvo numerosas ediciones italianas e en otras lenguas.

26 Padre Stella tem o direito de se relacionar com os jovens de San Felipe Neri se eles se encontram no anônimo, que Don Bosco conocía bien, titulada: Um buquê de fórios para crianças e famílias ..., Torillo 1836 (cf. STELLA, valores espirituais, p.41s.). Memórias gerais de São Felipe Néri fueron juvenil editados por G. Bosco, Porta teco cristiano (1858), en: OE XI, 34-36.

27 G. CACCIATORE, Fontes histórico-literárias do ensinamento ascético de Santo Afonso M. De 'Liguori, em: AM DE LIGUORI, Obras Ascéticas, Introdução Geral, Roma 1960, p. 127.

28 El influjo salesiano es muy fuerte en Antonio Cesan (1760-1828) de la congregación veronesa del oratorio, y se apresenta mezclado com motivos ignacianos y vicentinos, además de filipinos. Este entramado está especialmente presente en: Lições histórico-morais sobre a Sagrada Escritura, Milão 1815-1817 (cf. A. VECCHI, A doutrina espiritual de A. Cesad, en: Igreja e espiritualidade no século dezenove italiano, Verona 1971, p. 173S.).

29 OLD, A doutrina espiritual, en: Ibid., P. 185; A. VALLE, Momentos e valores da
litá espiritual Roma 1978, p. 43s. Um retraço entusiasta de San Felipe Neri foi esboçado por
Rosmini, com dezoito anos mais tarde : Louvor de São Filipe Neri, Veneza, G. Battaggia 1821.

O caso de Cottolengo revê a ejercida también em Turín pela tradição vicentina, mantida a cargo dos religiosos da congregação da missão, que em 1827 conta em Piamonte com seis casas, para a congregação das Hijas de la Caridad y por las fundaciones que, um desgajadas do tronco das Hijas de la Caridad, conservan su espíritu y adoptan su Regla? ' As regras promovidas pela opinião popular nos pueblos dos Piamonte, os Hijas de la Caridad, se dedicam à decisão dos pobres, dos enfermos, soldados ingresados ​​nos hospitais militares?
Este entrelazarse de corrientes espirituales anima a época extraordinária com as aplicações orientadas às las espiritualidades e materiais dos pobres, dos enfermos, dos encarcelados, das mujeres em peligro e descarriadas, que caracterizam as primeras décadas do século XIX em Piamonte. La pequeña Casa da Providência Divina surge em 1832 com os auspícios de Vicente de Paulo e nos enfermos de rechazados en otros hospitales por causa de suas deformações. A espiritualidad del Cottolengo se caracterizaria por completo e por inteiro a Providência e a dedicação aos hermanos más pobres. Charitas Christi urget nos es lema que Cottolengo deja a su «Casinha» .32
Giulia Barolo, penitente de Lanteri, de Guala y más tarde de Cafasso, promostaó As obras para a assistência de las encarceradas, para a reabilitación de las mulheres, para o cuidado de meninos de enfermas.33 Don Cafasso dedica à asistencia de los deshollinadores venidos em Turín desde el valle de
3 ° Animador de las obras vicentinas en Piamonte fue e seu pai Marcantonio Durando, amigo y consejero de Cafasso, Cottolengo, Bosco, Murialdo, Allamano. Superior da Casa de Turim (1831), introduzido em 1833 nas Hijas de la Caridad e financiado em 1836, a Associação dos Damas da Caridade, do Extron da Nobreza, dedicada ao asilo dos pobres e dos enfermos. Cf. L. CHIEROTTI, II p. Marcantonio Durando (1801-1880), Sarzana 1971. Em 1842, as Hijas de la Caridad contaban em Piamonte veinte casas y en 1848, cuarenta (cf. CHIERarn, II p. Marcantonio Durando, p. 112). Para além dos fundos, um peso de espaço que separa as Hijas de la Caridad, mantêm-se espíritu y adopttan, à regla, feno que recorda as Hijas da Caridad de Antida Thouret y las «Irmãs da Caridade da Imaculada Conceição», fundadas en 1828 em Rivarolo Cana
vese (Turín) por Antonia Vema (cf. F. 'TROCHO, Santa Giovanna Antida Thouret, fundadora das Irmãs da Caridade, Milão 1961; A. PIERot n, A vida é a obra do Servo de Deus Madre Antonia
Maria Venza, fundadora das Irmãs da Carita dell'Immacolata Concezione d'Ivrea (1773-1838), Florença, 1938).

A influência de um representante do mismo não causou desconfiança no mundo eclesiástico. Um influente representante do mismo declarou, ao mesmo tempo, que o pai lhe deu uma confessar com ele, nenhuma tendência a lhe conferir a absolutização, por esta razão. osadía (cf. CHIEROTH, Pe. Marcantonio Durando, p. 276).

32 V. DI MEO, A espiritualidade de São José Cottolengo estudou em seus escritos e nos julgamentos canônicos, Pinerolo 1959.

33 RM BORSARELLI, A Marquesa Giulia de Barolo e as obras de socorro no Piemonte no Risorgimento, Torillo 1933. No Mes de octubre de 1844, Dom Bosco anexado ao ser capellán em de institutos da marquesa Barolo, «o hospital de Santa Filomena »para muchachas enfermas.

Aosta, consuela a los encarcelados, acompaña a la horca a los condados a muerte, implicando en esta experiencia al joven Bosco, padre de 26 años, quedó fuertemente impresionado 34 A barriada de valdocco se convatevió no corazón de esta caridad operative, acogiendo a Pequeña Casa de Cottolengo, as obras da marquesa Barolo y en 1846 e a oratória estable de don Bosco.

Do quadro que ele tratou de delinear, surge um fato significativo. Em el piamonte de la Restauración se forma um meio espiritual em que a confluencia de diferentes elementos, no entanto, é chamado de común está constituído por la dimensión humanista. Usando uma expressão grata a Bremond, podemos decir que a espiritualidade piamontesa se mueve na línée do humanismo devoto.

O humanismo devoto realiza no campo da espiritualidad e o princípio da teología catológica, según el cual o gracia no suprime a naturaleza, enquanto o som, eleva, perfecciona. A intuição de fondo é que a naturaleza, para pesar o pecado, permanentemente fundamentalista orienta a Dios, a ação grega sobre a disposição da natureza. São os jansenistas reivindicados a primazia da gracia sobre a natureza, a ação de Dios sobre a ação do homem e a criação de uma dicotomia entre os homens pecadores e os dios da graça, e o humanismo devoto afirma a continuidade entre a natureza e a graça la relación armoniosa entre naturaleza e sobrenaturaleza.

Es significativo that falled en Piamonte ecos de la espiritualidad francesa de orientación agustiniana (pienos em en Bérulle y los berullianos) with su temática da vida christian como adhesión a Cristo en su muerte en la Cruz, como «anulación» (anéantissement), es decir , abnegación, muerte interior, mortificación de la naturaleza contaminada pelo pecado (Bérulle), como oblación, sacrifício, inmolación, por la que o criatura rinde honra o Creador no través da adoración, que é a reconocimiento de su nada, até um través do sacrifício, que é a destruição do símile de um homem de víctima inmolada (Condren, Maria da Encarnação, Bemiéres, Mectilde do Santíssimo Sacramento). El mismo Murialdo, que é influenciado pela espiritualidade francesa e em particular por Olier, pues vivió en Saint-Sulpice,
"Em Las Moó, Dom Bosco usa o verbo" ficar horrorizado "(cf. Bosco, p. 81)." Enfrentou a caridade ", dirigido por uma instituição laica de beneficencia, chamada" Mendicidad Educada ". obra pía turinesa, creada en 1771, que eercercou durante o período da restauração um compromisso recente no sector da educação e formação de pobres juvenis.Su escuelas fueron confiadas, na secção masculina, em los hermanos de las Escuelas Cristianas, na sección femenina, em las llamadas "Irmãs de São José".

"Huellas de la tradiciona oratoriana francesa se encuentran en lombardía en la región vé"
Actitud y mentalidad de Don Bosco
Dom Bosco ahonda sus raiu dentro deste humus espiritual, de ldioma las esencias y lymph, 36 todavia, sobre todo, uma inspiración cua, uma atitude, uma mentalidad. Priest de la clase rural sieve with vivamatidad la realidad nueva de jóvenes, salidos de la cárcel ou emigrados of the field in Turín en busca de trabalho, se habitaram em mal en la ciudad en los co. mienzos de la industrialización. Dom Bosco fundamenta su acción educativa respecto a los jóvenes «pobres y abandonados» en la «amabilidad» (bondade amorosa) y en la caridad », adapta-se à relación a ellos la misma metodologia pastoral, caracterizada pela dulzura, que teve a base da predicación dos Misioneros de Alfonso de Ligorio, de Vicente de Paulo, de Gaspare del Bufalo, na Medio das Poblaciones Rurales? Los jóvenes serían conducidos a Dios não com o rigor, com a dulzura. Em um artigo, que remonta ao dia 31 de agosto de 1846, há muitos meses depois de ter começado o Oratório em Valdocco, tanto para comienzos de su educación educativa, don Bosco recomienda que "el aceite condimiento todo food en nuestro Oratorio" .38
2.1. Formación sacerdotal en clima rigorist
Tratados en este sentido de precisar algunos puntos. É necessário, ante todo, señalar que Dom Bosco adquirido em formação filosófica e teológica no seminário de Chieri (1835-1841), dentro de um clima de gran austeridad. O joven clérigo se tinha acer- cado às teses favoráveis ​​ao rigorismo do estudio del tratado de teología moral de Afasia, utilizado no seminário. Dom Bosco será deslocado entre clusters e superioridade se se caracterizar mais ao tema da familiaridade. "El lima () con tualiza orientaciones rigores indiños a Juan Bosco para recolocar o ca-aúno emprendido com um fuerte empeño ascético, llevado hasta el ejercicio de abstinencias y ayunos Dom Bosco reprochaba, además, a formación esee minario su enfoque abstracto, o gusto pelo silogismo capcioso,

neta. Cf. STELLA, Jansenismo e Restauração em. Lombardia. Problemas historiográficos em marginé de lettere por Mons. Pagani bispo de Lodi (f 1835) para dom. Tosí, bispo de Pavia (t 1845), en: Igreja e espiritualidade no século XIX italiano, p. 335s. Motivos berullianos atraves da vida de Jesus Cristo do oratoriano Antonio Cesari (cf. VECCILL A doutrina espiritual de Antonio Cesan *, en: Igreja e espiritualidade no século XIX italiano, p. 195-198). Sobre Murialdo puede verso: A. CASTEL, LANI, Leonardo Murialdo, vol. Estágios de formação. Primeiras atividades apostólicas (1828-1866),
Roma 1966; D. BARSOTTI, São Murialdo e a vida de fé, en: D. BARSOITI, Na comunhão dos santos, Milão 1970, p. 373-394 (em particular, p. 377s.).

36 P. Stella tem o mostrado, através de puntuales cotejos, que São Afonso de Ligorio é autoritário no qual Dom Bosco se inspirou. Na elaboração dos Jovens providos e do Mês de Maio, Dom Bosco valorizó as máximas eternas O aparelho à morse. Las Glorie di Maria alimentaron a Piedad Mariana de Dom Bosco. Las visitas às SS. Sacramento, A prática de amar Jesus Cristo, eran obras comedidos por don Bosco: cf. P. STELLA, 1 vezes e os escritos que prepararam o "Mês de Maio" de Dom Bosco, em "Salesianum" 20 (1958) 648-694.

37 Não se dá a idéia do Oratório nació, según el testemunho de Dom Bosco, da visita a las cárceles de Turín (cf. G. BOSCO, Esboço histórico em torno do Oratório de S. Francesco di Sales [1862], en : BRAMO, Dom Bosco na Igreja, p.

"EI, 18.

influência decisiva de Don Cafasso
2.2. La Tras a ordenación sacerdotal (5 de jimio de 1841), Don Bosco entra no Convitto eclesiástico de Turín y recibe en él uma marca decisiva. Respirar no clima afonsiano, no entanto, sobre todo, encuentra para don Cafasso, repetidor de teologia moral, homem sereno e sensível, que se convierte em seu confesor. Dom Bosco é em Dom Cafasso a imagem do sacerdote solícito e fervoroso que trabaja para a glória de Dios e a salvação das almas com uma dulzura que atrae y conquista. À ideia de uma solitária e severa Dios Don Cafasso contrasta a imagen de Im Dios pai misericordioso. Para Cafasso perfección consiste em encontrar perfeitamente a vontade de Dios, mas a voluntad de Dios debe buscarse nas acciones de la vida común. A santidade não consiste no cumplimiento de gestos excepcionales sino en la fidelidad a los deberes de propio estado. Don Cafasso, em fue extraordinario, practicó con fidelidad las virtudes ordinarias. Cafasso aceita as austeras formações de mortificação, que são francamente uma tentação do diabo. Os veredictos de mortificações se são sacrificados no sacrifício que exige fidelidade a los demônios.
Dom Cafasso está na raiz das opcoes fundamentais hechas por don
Bosco: Ordenado sacerdote, debería haber sido enviado a alguna parroquia de la diócesis, mas por consejo de don Cafasso inscrito no Convitto eclesiástico. "En 1844 et término de su perfeccionamiento pastoral , fue inducido por don Cafasso to ocupar os jóvenes abandonados, frecuentemente terminaban en la cárcel en horca.43 En el Convitto, imagen de Dios Juez (airado e severo), que don Bosco tinha o desenho seminário de Chieri , se dulcificó En el Convitto Dom Bosco se ele persuadió de que não com o rigor, até
Cf. Bosco, Escritos sobre o sistema preventivo, p.

40 El mismo Stella, pesar de la escasez de documentación, reconstruiu o itinerário intelectual e espiritual de João Bosco no seminário de Chieri (cf. STELLA, Dom Bosco I, p. 51-83).

G. CAFASSO, Meditações e instruções para exercícios espirituais para o clero, 2 vol., Turim 1892
1893; F. ACCORNERO, A doutrina espiritual de S. Giuseppe Cafasso, Turim, 1958; A. PEDRINI, São José Cafasso na esteira da doutrina salesiana, em "Palestra del Clero" 62 (1983) 625-637,
718-736.

42 Cf. Bosco, Escritos sobre o Sistema Preventivo, p. 79.

Ibid., P. 88s.

com o bondad llevaría las almas a Dios. É importante que tres años después de haber dejado o Convitto don Bosco compesaera para a marquesa Barolo, entonces penitente de don Cafasso, os Exercícios () de devoção à misericórdia de Deus (1847). O livro revela a atividade fundamental de Dom Bosco: Confiança em um Pai Misericordioso que "criou todos os paraísos". Dom Bosco hábitos amor com que Dói acoge al pecador y usa por primera vez la palabra "bondade amorosa" que le iba a ser tan querida y que iba a llegar a ser tan salesiano. "Dios es a" tan pai amoroso "que perdoa los grãos más sepulturas y fortifica ao hombre débil y pecador com su cuerpo y com su sangre, preservándolo de este modo de los asaltos do diabo ".
2.3. A importação central em San Francisco de Sales
Dom Bosco atribui uma importante central em San Francisco de Sales como modelo y apropiándose de alguna de uis. Os interesses por São Francisco de Sales germinam no seminário de Chieri, ya que os apuntes redataram a véspera da ordenação sacerdotal, em maio de 1841, não são da mesma opinião: «A caridade e a dulzura de S. Francisco de Sales me guíen en todas las cosas "." O binômio caridade-dulzura acaba por ser familiar a Juan Bosco em virtude de sua robusta e consolidada tradição hagiográfica a la cual me referiu. eclesiástico y no ámbito das obras da marquesa Barolo. " A elección de Francisco como ejemplar não é casual.
44 O exercício da devoção à misericórdia de Deus, en: OE II, 71-181. Os "moríolos", "amorosamente", "bondade amorosa" são usados ​​com tanta frecuência que são as palavras de ordem.

"Cf. Ibid., Pág. 170.175.

46 Bosco, Escritos sobre o Sistema Preventivo, p. 295; SCHEPENS, L'activité littéraire de don Bosco, p. 9-50.

4 Bosco, escritos pedagógicos, p. 315.

"La marquesa Barolo - recuerda don Bosco en MO - habito horno pintar imagen de San Francisco de Sales en la local de la destinable para los priotes que trabajaban en la" Ópera Pia del Rifugio ", pues" tinha em mente para fundar um congregação de sacerdotes sob este
título. "Este lugar comenzó don Bosco el Oratório que tituló de" São Francisco de Sales "(Bosco, Escritos sobre o sistema preventivo, p. 93s.).

49 Para carecterizar a atividade de São Francisco de Sales, Dom Bosco usa um abanico de expresiones: «amabilidade», «calma», «mansidão», «boas maneiras», «mansidão», «doçura», «bondade», «caridade» ». Na História Eclesiástica, em 1845, um ano passou de um livro que diz para servir Dios com familiaridade e confianças. 50
Se podría que Dom Bosco tem uma lectura estreita da sa
Jesus, Jesus, Spirituality no se agota en la dimensión de la dulzura, mas don Bosco valoriza os autores aquila que esta de acordo com sua perspectiva educacional. Francisco de Sales, da modificación de pastores de almas, se convierte em modelo de educadores, amabilidad se convierte en estilo educativo y, más en geral, en estilo de vida christian. A amabilidad detém no fundo fam'ent la la virtud teologal de la caridad, que «é benigno y paciente, a certeza todo, mas espera todo y soporta todo». Dom Bosco reconocionou-o no direito da saúde da Igreja de San Pablo para os corintios do fundamento de seu método educativo?
2.4. A referencia em San Felipe Neri
Dom Bosco vive a sua presencia entre os jóvenes como missão religiosa orientada principalmente à salvación de sus almas, pereni enti e that a los jóvenes se llega só à través de la comprensión, confianza, amistad, amabilidad, haciendo hincapié sobre a alegria , la creatividad, a valorização das realidades humanas: o trabalho, o estúdio, a música, o teatro, o canto, os juegos, a gimnasia, os paseos. Para don Bosco a alegria não é um elemento exterior, até um valor teológico, porque é a expressão da alegria interior, que é o fruto da graça. Em um papel de 25 de julho de 1860 exhorta para um alumno do Oratório para a alegria auténtica, como uma consciência de pecado? 2 Por outro lado, melancolia, la pereza, tibieza, o languifado el convino eclesiástico , Dom Bosco traza um breve perfil de San Francisco de Sales, aparecendo na dulzura y caridad (cf. OE I, 479s). En el más antiguo reglamento del Oratorio que conocemos, de los años 1851-1852, el Oratorio es puesto «sob a proteção de s. Francisco de Sales, porque aqueles que pretendem dedicar-se a este tipo de ocupação devem apresentar este Santo modificando a caridade, de boas maneiras, que são as fontes das quais derivam os frutos que se esperam da Ópera, o Oratório (cf. STELLA, Dom Bosco I, p. Las mismas palabras que aparecem no Regulamento de 1877 (cf. Bosco, Escritos sobre o sistema preventivo, p. 363s.). En el escrito Das punições a infligir nas casas salesianas (1883), se definem em São Francisco de Sales "Nosso querido e manso Francisco", o "educador gentil e sábio dos corações" (Ibid., P. 311).

"A Introdução à Vida Devota foi Altamente Recomendada nas Publicações de
Valdocco, y Valorizada por Dom Bosco nos Jovens Prestados, no mês de maio e nas Obras. Sobre as relações entre Dom Bosco e São Francisco de Sales, cf. PICCA - STRUS (eds.), S. Francisco de Sales e Salesianos, E. VALENTINI, S. Francisco de Sales e Dom Bosco, en: Memórias e documentos públicos para a Académie Salésienne, Annecy 1955; ID, Espiritualidade e humanismo na pedagogia da Igreja. Dom Bosco, en "Salesianum 20 (1958) 416-426." Cf. Bosco, Escritos sobre o Sistema Preventivo, p. 294.

'7 EI, 194.

dez, que hacken to alma árida, opaco, sin brío, insensible to Dios ya las cosas buenas, arraigado no coração não iluminado pela grácia. "
A figura de San Felipe Neri, chamada como "o amigo grande do juven". tud »es para don Bosco, neste sentido, ejemplar. Existen buenas razones para pensar que y en el Convitto Don Bosco habitualmente a possibilidade de atingir a figura de Felipe Neri, puesto que ya en 1845 traza de el en la Storia ecclesiastka um perfil curto, mas intenso »No panegírico de San Felipe Neri, pronunciado em Alba en mayo de 1868, Dom Bosco apresentou no apóstolo romano Aquele que «imita a dulzura e o mansomumbre de El Salvador», que difundiu o «grande fuego da divina caridade», traidado por Cristo a la tierra, que praticou o "elelo para a salvação das almas, que se conserva na raiz do melo de Cristo". No canto de San Felipe Neri, Dom Bosco está hablando, de símismo y do ideal salesiano. Enviando a vida escrita por Bacci y los Ricordi de São Felipe Neri, a juventude, Dom Bosco valoriza y difunde algunos dichos característicos de San Felipe Neri: "Hijitos, estad alegres: Não quiero escrccululos ni melancoly, me enough that no cometíis pecados"; "Haced todo o que queráis, um pouco de mim que não cometáis pecados"; "Escrúpulos e melancolía fuera de la casa mía"; "Não há carguéis com demasiadas devociones, pero sed perseverantes en aquellas que habéis empezado".

2.5. Os Ecos de São Vicente de Paulo
Por motivos de motivações, Dom Bosco se foi impresionado pela figura de Vicente de Paulo, no encanto do império do carro, em forma de dignidade e humildade, à sombra da salvação Almas. Na História Eclesiástica de 1845, ele dedica uma retrospectiva apasionada: "Animado do verdadero espíritu de caridad, no hubo género de calamidad que el no socorriera; Fiel oprimidos pela esclavida dos turcos, meninos huérfanos, jóvenes disolutos, solteras em peligro, ritos religiosos abandonados, mujeres caídas, galeotas, peregrinos, deficientes mentais, mendigos, todos os efeitos da natureza paterna de Vicente ».
Dom Bosco desaconselhojava as mortificaciones corporales severas, como "a austeridade na comida", 57 recomendava o "precioso don de la salud", um conveniente reposo nocturno, um trabalho proporcionado às forças de cada
3 Cf. OE II, 185s. ; XI, 236s

54 Cf. OE I, 473. Sobre o hipótesis de que don Bosco conociera em San Felipe Neri ya durante
os anos de seminario, cf. BRAMO (ed.), Experiências da pedagogia cristã II, p. 306. "MB IX, 214-221.

56 OE I, 486; Em, 217. É aconselhável notar que Dom Bosco hizo, na casa da Misión de
Turín, os exercícios espirituais em preparação para subdiaconado (setembro de 1840) e a ordenação sacerdotal (26 de maio a 4 de junho de 1841).

5 G. Bosco, Lembretes Confidenciais aos Diretores, en: Bosco, Pedagogical writings, p. 79.

a 58 Sus preferencias iban hacia las mortificaciones interiores, que se cum.-.

pi en en ejercicio del propio estado y en el soportar las molestias de los demás. "
Igualmente importante é a multiplicação de jovencito magne de 1861 escribe:" Yo aconsejaría Ardendo vigília para que se pratique cosas fáciles que não asusten, y tampoco cansen para o fiel cristão, especialmente para os jóvenos Los ayunos, oraciones larges e otras duras austeries acabam por omitirse em seu prefeito parte de se hacen de mau humor y con negligencia »60 De estos datos se deduzem também o carácter sereno, equilibrado, humano da espiritualidade Salesiana.

2-0,6. Dom Bosco mestre de uma espiritualidade original
Dom Bosco está convencido, fazendo as huellas de São Francisco de Sales, da perfeição ao homem por todos, não com gestos excepcionais e extraordinários, até ao percurso do ejercicio das virtudes ordinárias. No admirar en Comollo, el clérigo conocido no seminário de Chieri y muerto prematuramente, «sem extraordinarias, sino virtudes cumplidas», Dom Bosco expresa ya en 1844, em su primera obra, o convencimiento de que en ellas consiste «a santidade de los jóvenes »
.61" «Cuidai do santo, trabalhai, mas só como vossas próprias forças se comportam» (G. Bosco, Memórias aos Missionários de 1875, en: Bosco, Scritti pedagogici, p. 123) «Em cada noite
farás sete horas de descanso "(p. 79).

56 "Deixe suas mortificações serem diligentes em seus deveres e em suportar o assédio do
trui" (Bosco, Confidential memories of the directors, p. 79).

6º G. Bosco, Esboço biográfico sobre o jovem Magone Michele, Turim 1861, p. 46. ​​No Regulamento para as casas da Sociedade de São Francisco de Sales de 1877, Dom Bosco recomienda a sus hijos: "Nunca abraçar nenhuma nova devoção, exceto com seu advogado, e lembre-se do que São Filipe disse Negros para seus filhos: "Não assumam demasiadas devoções, mas perseverem naqueles que tomaram" (Bosco, Escritos sobre o Sistema Preventivo, p. 433). También don Luigi Guanella recomienda que "os exercícios de devoção não impedem os negócios, não são tão longos e esmagam o espírito e causam problemas às pessoas com quem se vive" (L. GUA
NELLA, Saudações ao novo homem 1889, Como 1889, p. 55).

61 G. Bosco, Notas históricas sobre a vida do clérigo Luigi Comollo morro no seminário de Chieri, Turim 1844, en: OE I, 27. No segundo édito desta obrita (Turim 1884), Dom Bosco escreveu que o regente do Comolo era um complexo de pequenas virtudes, mas realizado de tal maneira que eram universalmente admiradas como um espelho de virtudes singulares "(OE XXXV, 29). Dom Bosco, apresentando a vida edificante de um clérigo que tinha conocido em Chieri, é sinónimo de cegueira, se retratado a sim mismo, ou revela os sentimentos de piedade, estudo e disciplina dos estabelecimentos penetrados. Es interesante poner de aliviar que a expressão "pequenas virtudes" aparece frecuente na obra Trattatello sobre as pequenas virtudes do jesuíta Giambattista Roberti (17191786) empapado de humores salesianos. Las «pequeñas virtudes» filho, para Roberti, "A tratabilidade, a condescência <n7a, a simplicidade, a docilidade, a delicadeza no olhar, nos atos, nos modos, nas palavras". «As pequenas virtudes - continua Roberti - são virtudes seguras. Sua segurança vem de sua própria pequenez. Eles não são pomposos, porque eles derramam objetos leves sobre eles: eles são exercitados
Ao joven Emanuele Fassati Dom Bosco a recompensa “a obediência aos padres e superiores” e a pontualidade no acumulado dos deberes, especialmente as escolares.62 A serra! Dom Bosco, a santidade puede ser alcanzada por los jóvenes. Un joven es an santo)
cuando observa con «perseverante escrupulosidad los deberes de su esta. fazer ».63 Los perfiles biográficos de Domingo Savio (1859), de Magone (1861),
de Besucco (1864) também para mostrar que ele também é uma das melhores pizzas de alto grado de perfección.

Dom Bosco não suporta mais a santidade pode ser encontrada em todos os lugares fora da aldeia, até o ponto de ser anexado a uma igreja. La única condición es querer serlo: «De cuecas cosas, pues, tenemos necesidad para ser santos? De uma coisa: é necessário fazê-lo. Sim, com isso os queráis podéis ser santo. Não há falta mais que quererlo. Os espécimes dos santos, cuya vida nos aprestamos um poner ante vuestros ojos, são de personas de baja condición, que têm vivido no meio das defurgades de vida activa: obreros, agri. cultores, artesanos, mercaderes, siervos y jóvenes. Largue um se você tiver santificado en su propio estado. Y ¿cómo se han santificado? Haciendo bien todo o que tenían que hacer "." A chaminé tem a santidade, pues, está indicada não por assim por virtudes excepcionais e por hechos extraordinários, cuanto por fuerte
voluntad y por la denodada perseverancia en cumplir los deberes de propio estado.

Dom Bosco meditou e foi desde os tempos do seminário de Chieri, a imitação de Cristo, mas não foi marcado pela espiritualidade da saúde do mundo. Cultivó, sim, o desapego das cosas, a abnegación interior, a compaixão do coraçao, as complacencias intimistas, as perspectivas da actividad apotolica, a oración mística ou a inmersión en Dios. Dom Bosco não elaborou uma espiritualidad original.

Bebió en fuentes ignacianas, salesíanas, alfonsianas, filipinas y las canalizó, com gran libertad y habilidad, hacia la acción educadora. A nova de la espiritualidad de Don Bosco está en el hecho de traduzi-lo em um apostolado criativo, diligente, audaz, volitivo, en el don de símismo a los demás. Dom Bosco festeja um maestro de vida espiritual (não é tanto uma criação de arte), mas sim uma compreenção ao seu trabalho educativo, um prescindiéramos das energias que inspiram e alimentam.

eles citam quase sem a reputação de serem virtuosos. [...] As pequenas virtudes são virtudes usnais, fazem com uso freqüente e todos os dias, comuns a todas as estações e todas as condições de vida. [...] Pequenas virtudes são virtudes sublimes e divinas. Agora me sinto como penitência por ter pequenas chamadas, mas a frase é tirada do estilo de São Francisco de Sales. E então eles são pequenos apenas porque estão acima de pequenos sujeitos, uma palavra, um gesto, um olhar, uma criatura; por outro lado, se o princípio é examinado de onde partem, e o fim, para o qual tendem, são de todo precárias: são pequenas virtudes, que formam os grandes virtuosos "(GB ROBERT, Colecção de várias operetas, vol. III, Bolonha 1782, p. 33-75).

62 Al joven nobre Emanuele Fassati (8 de setembro de 1861) en: EI, 209.

62 S'ELLA, Valores Espirituais, p. 95. El Giovane proveu de Dom Bosco não simplesmente um manual de devoción, é um "caminho da vida cristã" propuesto a los jóvenes (Ibid., P. 80).

6 G. Bosco, Vida de São Zita Servo e Santo Isidoro Camponês, LC (1853) 6.

DON BOSCO E LAS ASOCIACIONES CATÓLICAS EM ESPAÑA gamón ALBERDI


ou. Introducción

Bastante o melhor das igrejas biográficas de San Juan Bosco, para dar mais cuenta aos contatos que é mais recente com as diversas católicas de su
tiempo. E não só na cidade de Turim, sino también fuera '
Efectivamente, durante as viagens pela Itália, Francia y Espanha, encontraba
muchaofrecerles etas asociaciones, que salian al paso for presentle sus res
petos, ayuda y recibir, en change, a buena palabra osuna bendición.

Em todos os lugares, as partes - asociaciones y don Bosco se sentíam muy a gustó, como se envoltas em um mismo clima de atração mútua: Inpatía. De forma que, os mismos, possam surgir relacionam-se mais ou menos ao estabelecimento de amistad y ayuda.

Prueba de ello filho, por ejemplo, a decisão de algunas sociedades de nombrar a Dom Bosco em miembro de honra, 3 el hecho de que militaran en los mismas, in a grade or en otro, muchos cooperadores salesianos de primera hora - como o conde Carlo Cays de Giletta, 4 de Conde De Maistre, 5 de conde de Villeneuve, 6 doña Dorotea Chopitea de Serra - y, in fin, a intervenção de
* Comunicação estabelecida ao autor no castelo (nde).

'Aunque ya está muy adelantada a publicación de la traducción castellana (CCS, Madri 1981 ss.), No presente trabalho as citas de las MB se aducen de acuerdo com o original italiano.

2 Se for pueden compulsória, por medio do Índice de las citadas Memorias, algunos términos, contos como Associação, Círculo, Congresso °, Patrocínio, Sociedade, União.

3 A Conferência das Conferências de São Vicente de Paulo de Turim, de 1850, da União Católica de Obrera de Nizza Monferrato desde 1883, da Associação de Católicos de Barcelona de 1884. Cf respeitosamente MB IV, 66-70; XVI, 288; XVIII, 84.

• Fue primero presidente do Conselho Particular das Conferências de São Vicente de Paulo em Turim (1853) e presidente de luego do Conselho Superior das Mesquitas no Piamonte (1856). Acabó siendo Salesiano y padre (1. 1882). Cf. L. TERRON, II Conde Cays, Sacerdote salesiano, Colle Don Bosco (Asti), LDC 1947, p. 142.

• As Conferências em Nizza, según MB X, 1337.

• Presidente da sociedade agrícola do sur de France, según MB XVIII, 150-151. 7 Entre-otras asociaciones, había pertenciada na Junta de Damas das Salas de Asilo e ao Apostolado da Oración. Cf. A. BURDÉUS, uma senhora da barcelona dos ochocientos. O sierva dedichas asociaciones em algunas fundaciones salesianas, concretamenté em marassi (Génova 1871), 8 Sampierdarena-Génova (1872), 9 Niza (1875), 10B Buenos Aires (1877-1878) "y Marsella (1878) .0
Indiscutivelmente, as mídias sociais móveis do sigmo pasado demonstram uma delicada sensibilidade ante o carisma salesiano, ao quasi tener cercastró y os abram caminos de la vida, de modo que nenhum siempreera seja uma presencia activa de los salesianos, como o ocurríó, por ejemplo, em 1880, na Sociedad Obrera de Florencia13 ou, no ano siguente, na Asociación de Católicos de Valencia (España) 11 --- ou, em 1884, no Consejo geral das Conferências de San Vi. cente de Paul de Londres.
"Já várias vezes neste e em outros volumes - escreve Don Eugenio Cenia no XVIII - nos aconteceu contar como a Societá Opera Católica voltou seu olhar para Dom Bosco, considerando-o um grande precursor na atividade em prol da classe trabalhadora. Essa opinião significava que, onde havia casas salesianas, as mesmas associações as consideravam lugares de encontro natural para elas ».16
Contudo, desde os acontecimentos deste conexão com Dom Bosco e seus salesianos, há também uma forma de educação para a sociedade católica que tem uma mentalidade com a propensão do catolicismo, social da época, se se dedica, entre otas cosas, à ação benéfica a favor. do proletariado e do mundo da marginalidade. Nesta linha, a Sociedad de San Vicente de Paul, fundada em París por Federico Ozanam em 1833. Em exponente mais cualificado estabelecida, y sigue próxima, nas Conferências de San Vicente de Paul.

Éstas entraron en Italia en 1844, a través de la peque ciudad de Níza, entonces perteneciente ao reino de Cerdeña, y, pasando por Génova (1846), llegaron a Turin en 1850. No momento mais importante, don Bosco se falar com ele las mismas. "Ambos que, a los pocos años, com o ayuda do conde Cays, fundou unas llamadas Conferencias

8 Cf. MB X, 145.182.184-185.190-191230.

9 Cf. MB X, 364; S. SCIACCALUGA, Dom Bosco em Gênova, Gênova-Sampierdarena, editor salesiano de 1946.

Cf. MB X, 1337; XI, 421-426; XII, 114-116, 120-122.124, 407-408; XIII, 106-112; XV, 506
507. F. DESRAMAUT, Don Boscoa Nice. La vie d'une école professionnelle catholique entre 1875 e 1919, Paris, Apostolat des éditions 1980, p. 21-41.

"Cf. MB MI, 264-266; XIII, 180-181. 784-786. 1005-1007.

Cf. MB XLII, 95ss. 526-528. 531. 542. 727. 998. Ver en el Index (índice de nomes próprios) de las MB el término Beaujour.

"Cf. MB XV, 328-334.

"Ver o documento que dirige a don Juan Cagliero (23-III-1881) en A. MARTIN, Salesianos de Utrera en España, Inspetoria Salesiana de Sevilla 1981, p. 183.

15 Cf. MB XVIII, 447-448.

16 MB XVIII, 168.

"Cf. MB IV, 66-70; V, 468.

urin18 y se interes por su difusión en Roma.19 De modo geral, as relações de Dom Bosco com a Sociedade de São Vicente de Paulo são profundas e permanentes. "
Nesses dados você é mais do que suficiente para o propósito de conduzir uma interação completa para um campo que todavía no tenemos bien estudiado: ¿cómo eran - en su constitución, mentalidad y actividades - esas asociaciones católicas, daqueles que eram veces se veía rodeado don Bosco y cuya amistad y apoyo buscaba? ¿Dónde radicaba razón de aquella sintonía? ¿Os resultados são de derivaron de la misma?
Os contos são o objetivo e o conteúdo do presente trabalho, centrado na cidade de Barcelona, ​​que Dom Bosco visitou em 1886 em 1886 e amou com sinceridade. Quando você cair você será deixado para o segundo, pela segunda vez que você estará na cidade, "a caja caja mortuoria iba, cubierta con paño negro - se lee en el" Boletín Salesiano "-; encima llevaba as insígnias sacerdotais e medalhistas da Associação de Católicos de Barcelona e da Sociedade Geográfica de Lyon ».2 'Es curiosa! Os salesianos de um século, a hora de adornar o maior número possível de seus fundadores e fundadores, não encontrando nenhum símbolo, mas sim e cercando o coração que as insígnias sacerdotais e as medalhas de oro asociaciones extranjeras.
O autor do modesto trabalho de ensino que tem participado em Internacional tomou consideração sobre o tema e sobre o desenvolvimento da relação entre as séries de Itália e França. De esta manera, em nuestro juicio, conseguiríamos descubrir Dimension históricoeclesial mejor de Don Bosco y hariamos avanzar, Siqueira lin poquito, a historiografia sobre o mismo.

1. Don Bosco en España e las asociaciones católicas

A literatura salesiana de todos os tempos acostumou-se com a presença de don Bosco em España com colores luminosos e atrayantes. Según el historiador Cenia, aquamotos da estancia de Fundador en Barcelona y en Sarriá - pueblecito éste de los alrededores da capital de Cataluña, en donde
18 Cf. MB V, 468-477.782-783; VI, 491; VII, 12-15; IX, 941.

9 Cf. G. BONETTI, Cinco décadas de história do Oratório salesiano, Tocino, Tipografia Salesiana
, 1892, p. 532; MB V, 871.

20 Ver en d Índice (índice de nomes próprios) de las MBmin términos Conferência de
São Vicente de Paulo, Conferências anexas.

21 de março de 1888, 34.

radicaba a casa salesiana -, de 8 de abril a 6 de maio de 1886, fueron unas jornadas «triunfales» .22
De fato, tanto as vendas de barcelonesas 24 avalan este enfoque de cosas. O misma actitud de burla da prensa anticlerical não hace mais que para confirmá-lo.25 Don Bosco é constantemente remo rodeado pela multidão e agasajado pela burguesia católica barcelonesa. Objetivamente hablando, aquello constituyó para el é um inquestionável éxito. No entanto, "qué", ou seja, se toda a multidão, festiva e multitudinária, em torno de uma pessoa, al fin y al cabo, não foi conocido para a inmensa mayoría de la población local? A hora de responder a esta prenúncio, feno que tener em cuedores diversos. Entre ellos, sin duda, a fama de santidade de don Bosco e de los milagros que se le atribuían. Como todo, ¿quién socialmente validado e operacional toda a fama hexagonal? Um nuestro entendre, em uma medida importante, las organizaciones del católico societarismo. Bastante obrigatória a documentação para cerciorarse de ello.

A partir de agora o momento de jogar a torta de Barcelona, ​​na estação da França, a catedral de 8 de abril, Dom Bosco encontra-se com a Associação Católica da Cidade. O cronista de joven Viglietti quedó admirado: «A estação apresentou um magnífico espetáculo: todos em boa ordem foram alinhados em várias sociedades [...]: houve o diretor da sociedade dos chamados católicos, o diretor da Universidade de Barcelona, ​​o Presidente da Sociedade de São Vicente de
Paula ».26 A edição da tarde não escapou ao detalhe. Según el "Correo Catalán", para Dom Bosco os peritos no campo das ferrarias "numerosas comissões de [...] todas as associações católicas de capital, prensa católica y numerosísimo concurso de particulares de las mismas" .27
El anciano Fundador se emocionó ante aquel spectáculo. Como declarado unas más tarde, «me ha dispensado e uma pessoa que nunca resolveu» .2a Da mañana, as associações católicas não abandonaram e preparando as jornadas mais brilhantes da estância na Cidade Condal.

22 MB XVIII, 117.

23 O mais importante é a Cronaca de don Carlo Maria Viglietti. En este trabalho se ele usa o ejemplar que o cronista deu à família Martí-Codolar. Na primeira tapa de la lujosa encuadernación se: Dom Bosco - Os últimos quatro anos de sua vida - Homenagem de gratidão à família Martí-Codolar - Crônica escrita pelo secretário Carlo M. Viglietti - 1888 (= Crônica).

24 Entre a prensa periódica que mais se interessa por Bosco feno que recordar: "Diario de Barcelona" (fundado em 1792), "Correo Catalán" (diário fundado em 1878), "12.vista Popular" (semanario fundado en 1871) "La Hormiga de Oro" (semanario fundado en 1884).

25 Se você refirieron especificamente para Dom Bosco "La Campana de Gracia" (semanário fundado em 1870), "Esquella de la Torratxa" (semanario fundado em 1872). "El Diluvio" (diário fundado em 1879). Para una visión general, cf. R. ALBERDI, Unida ciudad par un santo, Barcelona, ​​Ediciones Tibidabo 1966; ID, Dom Bosco em Barcelona. Itinerário, Barcelona, ​​Edebé 1986.

26 Chronicle, 8 de abril de 1886. Barcelona.

27 «Correo Catalán», jueves 8 de abril de 1886, p. 1. Edición de la tarde. Cf. también "Diario de Barcelona", 8 de abril de 1886, p. 4105. Edición de la tarde.

28 Ver o texto da convocação da Conferência salesiana, Sarriá, 27 de abril de 1886, em
XVIII, 648.

El jueves 15 de abril, tuvo lugar a solemne velada en que la Asociación de Católicos impuso Don Bosco Medalla de y miembro de mérito honra. Fascinado, Carlo Maria Viglietti Dejo en Consignados a crônica algunos Detalhes "No 4 o presidente veio com alguns membros da Associação Católica para acompanhar Don Bosco ao radunan7a extraordinária convocada especificamente para homenageá-lo. Esses senhores eram elegantemente vestidos e decorados com a insígnia da empresa. Três carros de luxo esperavam [...]. Os carros andavam a passo lento e atraíam os olhos da multidão que viera ver o Don Bosco [...]. Os membros que vieram [no novo local que a Asociación inauguraba entonces] eram aqueles que podiam segurar os três salões. Foi toda a flor da nobreza de Barcelona. "29
O sesión resultó um éxito, 3 para muito Don Bosco y los salesianos Como para la misma Católicos Asociación de that, de esta manera, se Deus conocer también ante los Representantes de otras asociaciones. El señor Presidente, médico Bartolomé Feliú y Pérez, o evaluar el desarrollo de la velada expresaba - según consiste en el libro de Actas de dicha entidad - "o satisfecha that quedaba a directiva POR Junta las muchas muestras de aprecio recibidas en aquel día POR [ parte de] todos los individuos de la Associação y POR [parte de] Corporaciones las que la Fiesta asistieron' 0,3'
A días los marmelo, el viernes de la semana de Pascua, 30 de abril, se llamada celebrada Reunião Salesiana, convocada POR Don Bosco a favor de los Talleres Salesianos32 de Sarriá ", a fin de that aumente - Decia - en Grandes proporciones el Número de niños Que se puedan admitir en los mismos, para Darles, a la que par um educación cristã sólida, o Ensino de un arte u oficio que les proxies, a su tiempo, a subsistencia honrosa ».33
Por média de los amigos y cooperadores de la casa salesiana, este comunicado se transmitiu às sociedades nas quais os estabelecimentos foram inscritos. Al igual que la Asociación de Católicos - Que, Como se lee en el libro de Actas, recibió "com agrado [...] el oficio de invitación de Don Bosco" 34 -, también las demás
29 Chronicle, 15 de abril de 1886. Barcelona .

38 Ver as actas da reunião solene, em 15 de abril de 1886 pela Associação dos Católica
em Barcelona para impor em nome da Corporação sênior ilustre e venerável senhor Juan
Bosco, fundador dos Salesianos Workshops, Barcelona, Impressão Católica de 1886

31 ASSOCIAÇÃO DOS CATÓLICOS DE BARCYI ONA, Atos 1886-1896. É o registro correspondente à
sessão do Conselho de Administração de 19-IV-1886. Tanto este volume como outro precedente (1871-1872 [1886]) podem ser encontrados em Arxiu Diocesá de Barcelona. Antigas entidades eclesiásticas.

Associação de católicos de Barcelona. Leg. 2. Veja nota 47.

"Eles foram nomeados durante os primeiros anos de atividade das escolas de artes e ofícios
que os salesianos mantinham em Sarriá desde 1884.

"Texto do convite para a Conferência Salesiana, Sarriá, 27 de abril de 1886, em MB
XVIII, 648.

34 ASSOCIAÇÃO DOS CATÓLICOS DE BARCELONA, Atos 1886-1896 (= Atos II). Sessão Extraordinária de 30 de abril de 1886.

os grupos responderam positivamente. Seus representantes têm ocupado um lugar de destaque na igreja paroquial de Nossa Senhora de Belém, onde a conferência tem, onde o pároco, o Rev. Don Juan Masferrer, era o capelão do conselho da associação de tempero Católica. Segundo a descrição do repórter, "lado da Epístola foram governamental e ele AUTHORITY militad. Com vários diretores da sociedade e jornais. Os Comitês das Senhoras e Senhores dos cooperadores ocupados em lugares da igreja a priori, e os Senhores usava enfeites de mama no segundo, as sociedades das quais pertenciam.
Após a conferência, juntamente com colegas de trabalho têm contribuído para a coleção "Jovens da Sociedade Católica" .36 E 'bem possível que esta expressão Don Carlo Maria Viglietti gostaria de se referir à associação chamada' Juventude da Academia Católica de Barcelona, tornou-se como a seção de jovens da Associação dos Católicos.

O terceiro grande dia - quarta-feira 5 de maio - foi centrado na Basílica de Nossa Senhora da Misericórdia. Ali, num acto "em movimento e solene", 37 donos do cume do monte Tibidabo fizeram a doação de Dom Bosco, 38 "para que seja usado para levantá-lo - escreveu sobre pergaminho de designação - A eremo, consagrado ao Sagrado Coração de Jesus, para deter o braço da justiça divina e atrair a
Divina Misericórdia de nossa amada cidade e toda a Espanha católica ".39
Os onze signatários eram proprietários, ou herdeiros ou representantes dos primeiros proprietários.E, como explicado mais tarde, estes eram ou eram membros da Associação dos Católicos ou das Conferências de São Vicente de Paulo ou ambos ao mesmo tempo. O primeiro dos signatários e os altos e baixos que se seguiram à doação foi a representação de outros, chamados Dolphin Artos e Mornau, pertenceram à Associação Católica em 1881 e, desde 1884, exerceram os cargos de presidente em particular das Conferências de Barcelona e do Conselho Central do mesmo na Catalunha. "
Certamente, tanto a aquisição das propriedades localizadas no topo do
Tibidabo, como a decisão de oferecê-las a Dom Bosco, foram forjadas entre os militantes da Associação Católica Ciudad Condal.

35 Chronicle, 30 de abril de 1886. Barcelona.

36 Ibid.

37 Ibid., 5 de maio de 1886. Barcelona.

38 Veja ALBERDI, uma cidade, p. 176-190.

39 O pergaminho da doação, com o texto assinado pelos proprietários ou seus representantes, é em ASC, 38 Barcelona: Tibidabo 1 °. Os nomes dos doadores transportados no MB XVIII, 653 nem sempre são transcritos corretamente.

4 Em torno deste ano passado ele se tornou um membro honorário do Conselho do Trabalhador, no qual durante os primeiros anos ele foi o atual presidente.

Além desses encontros mais significativos, houve outros momentos de convivência entre as associações e Dom Bosco.

Así, según hace constarary Don Viglietri, no sábado 10 de abril, Dom Bosco recebeu em audiência especial ao Presidente da Associação de Católicos, que acudió na casa salesiana de Sarriá «com um grande número dos membros mais ilustres». 4 'Cuatro dias mais tarde, éstimos mism asistieron à la misa que celebrou Dom Bosco na capilla da casa: «O Presidente com a secretária - predecsa el chronista - serviu a Santa Missa a Dom Bosco». ese día (14 de abril), volvieron uma residência salesiana Allí estaba «toda a sociedade católica, à qual - como o cronista Viglietti - o Dom Bosco sustenta um tênue tipo de conferência no teatro».
Em um cenário idílico, no meio do 21 de abril, pelo falecido tubereiro em Sarriá e o encuentro de Dom Bosco com as Conferências de São Vicente de Paulo. "Foi uma demonstração impressionante de até 250 Lordes da Sociedade de São Vicente de Paulo" - espera Viglietti -. Y prosigue: «Dom Bosco entrou imediatamente na sala do teatro e falou a toda a multidão, agradecendo-lhe por um belo teste de fé e religião. Assim, daqueles bons mestres, foi feita uma colecção muito generosa "44
As associações católicas de Barcelona só deja em Dom Bosco a data da partida de primeiro, em 6 de maio de 1886. O último dia é o último na estacão do ferrocarril. Según a «Revista Popular», também está em «Comissões das Corporações de as localidades, como a Associação de Católicos, o Fomento, a Academia da Juventude, as Conferências de São Vicente de Paulo, etc. »43
Como se houvesse agrupamentos que se fundam de mencionar jugaron um importante papel junto a Dom Bosco, ao que acompañaron auparon en sus días barceloneses. O projeto foi criado na capital da Cataluña, com o objetivo de animar a sintonização perfeita com o Fundador de los salesianos? Las páginas que querem responder a um estos interrogantes. Como festejando os limites señalados com uma comunicação, somente se mencionan mais importante organizaciones, de seños se ponen de alivio de aquellos de que o mais importante de relación con don Bosco y su obra.

"Chronicle, 10 de abril de 1886. Barcelona.

Ibid., 14 de abril de 1886. Barcelona. Ver também Memória y discurso leídos pelo secretario e presidente da Associação de Catálogos de Barcelona na Junta Geral de Reglamento celebrada no dia 20 de março de 1887. Barcelona 1887, p. 13.

Ibid.

44 Ibid., 21 de abril de 1886. Barcelona.

"Revista Popular", 805 (1886) 297.

2. A Associação de Católicos de Barcelona

De cuanto se expusesto agora se despese este órgão para o que está em contacto com Dom Bosco a raíz de su visita a Barcen canvas em 1886. Relaciones de amistad comenzaron em 1884, cuando dcha tuvieron supo de la existencia de los salesíanos y de su Fundador y se mantuvieron vivas aun después de haber recibido a notificação da última enfermaria e morte de mismo, en enero de 1888.46

2.1. Origen y desarrollo

A Associação de Católicos de Barcelona47 se constituyó el 19 de marzo de 1871. "Queríase - escribía más tarde el abogado José María Verges, buen conocedor de la misma - Que, em favor de entusiasmo, esplendidez y de la Organización de la buena, se hiciera el catolicismo de moda, si es legal USAR este expresión, y que viniera para convertirse en título de glória ante el muno, dejando de ser estigma com que el enemigo señala a sus odiados rivales para ser saudável de sus Adeptos, o cualidad distinto de católicos e hijos da Iglesia que júbilo com ostentan cuantos forman parte de nuestra agrupación ».48
Tal era o objetivo desta aspiração da pátria de San Jaime, com a celebração da celebração e da comuna geral da festa de San José de 1871,49 ponían en marcha la nueva entidad. Sólo buscable ser católicos a secas, para poder dar um novo prestígio aos religiosos que foram criticados por todas as partes da Revolução de setembro de 1868. "Aun después de varios años, a Asociación estava consciente da" azarosa época »O que foi que foi fundada?
El iniciador principal do misma fito don José Coll y Vehí 1876), 52 ca
48 Cf. R. ALBERO ', Resonancia de la muerte de Dom Bosco em Barcelona, ​​em «Salesiantun» 50 (1988) 191-214.

47 Em buena parte do cardápio, é possível reencontrar a história desse gracias no documentário que é publicado nos antigos Arquivos do Conselho Provincial de Barcelona (para a conferência das escadas rolantes), sobre todo, nos Arquivos Diocesanos de Barcelona. Aquí (Arxiu Diocese de Barcelona = ADB) se pode ser consultado materiais impresos e não impresos (Entitats Eclesiástiques Antigues. Associação de Católicos de Barcelona). Particularmente, o Libro de Actas, em sus de cuadernos: el primero (= Actas I) foi extendido em abril de 1871 em março de 1886; el segundo (= Actas II), de março de 1886 a junho de 1896. Ver notas 31 e 34. 48 "Boletim da Associação de Católicos de Barcelona" 11 (1881) 170.

48 Unos prazos antes (dezembro de 1870) e o papa Pio IX tinham sido proclamados ao Santo Patriarca como Patrono da Iglesia Universal. Por parte, a Asociación de Católicos de Barcelona se deve habitar oficialmente à proteção do santo (Estatutos, art. 11.

"Cf. La Iglesia en la España contemporaneea (1808-1975), en: R. GARCÍA VILLOSLADA (ed.) Historia de la Iglesia en España, V, Madri, RnicA 1979, pág. 227-256.

5 "Boletín de la asociación de Católicos de Barcelona" 2 (1880) 22.

52 Ver e nombre en el Dkcionari BiográfiC, I, Barcelona, ​​Alberti editor, 1966, p. 591.

tecirático da Universidade de Barcelona, ​​escritor y crítico. Había sido Ais 'pulo de Manuel Milá y Fontanals (t 1884) e se relacionó mucho com Juan - pá-acrílico e Flaquer (t 1901) y com Manuel Durán y Bas (t 1907). Se ele os considerou como um dos representantes da conservação catalã. Dentro da Asociación gozó de um prestígio inmenso. "
Entre otros, o ayudaron na fundação da sociedade José José Vergés e o reverendo José Morgades e Gil (t 1901) que o ano passado foi canonigo penitenciario da catedral de Barcelona. Doctorado em Teologia e Direito Canónico Y profesor en o seminário conciliar, você tem uma porca como propulsor da cultura e das obras benéficas.
A junta interina, presidida por Coll y Vehí, terminou com a função de 30 de abril de 1871 e sustentou por uma junta a ordem propiamente dicha. Entraba en ésta, 55 como presidente, el citado señor Coll y, como vice-presidente, el también citado José Morgades. Este, según el «Diario de Barcelona», llegó um ser «decididor protector do Instituto Salesiano» de Sarriá.
En la misma junta directiva ejercía el carga de secretario primero el senor Narciso María Pascual de Bofarull (t 1902), abogado de profesión y cuñado de Luis Martí-Codolar (t 1915) y que, casado POR Estar com Maria Jesús Serra y Chopitea ( desde 1844), foi José de José Serra y Muñoz (t 1882) e de Dorotea Chopitea y Villota (t 1891). O futuro "mamá" dos salesianos de Barcelona (a partir de 1884) já tinha começado a entrar (1871) a fundación y obras asistenciales y tenía en el señor Pascual una inteligente colaborador, generosa e fiel.

A aparição das associações de católicos não é uma questão exclusiva de Barcelona, ​​já que, antes, tinha dado lugar a otras ciudades españolas, agindo por Madrid. Los Fundadores - todos ellos Seglares y adscritos ao conservadurismo políticoreligioso - aprovecharon precisamente o libertad de Asociación that acababa de proclamar o Revolución de Septiembre de 1868 para crear uma grande frente común that fuera Capaz de oponerse para espíritu laica y anticlerical de dicha Revolución, Promover uma cultura Inspirada en la fe católica - perfeitamente profesada, según Decian -. y, en fin, vencedor da unidad Católica de España "Este movimiento se ponia en marcha I Antes de terminar el año de la Revolución (1868) y, desde el siguiente , se completo v 52 "modesto, sabio, virtuoso e infatigável defensor de la verdad",

34Ver este nombre en la Gran Enciclopédia Catalana, vol. 10, Barcelona 1977, p. 314-315. 58 Cf. Actas I, de acordo com a declaração.

"Miércoles 21 de abril de 1886, p. 4626. Edición de la mañana. En 1882 había SIDO nombrado Obispo de Vic (Barcelona) y, a los godina cuatro, tuvo Ocasión de saludar pessoalmente a D. Bosco Salesiana en incipiente Casita de Sarriá Cf. Chronicle, 20 de abril de 1886. Barcelona.

57 Cf. Iglesia en la España contemporánea, p. 242-247; J. ANDRÉS GALLEGO, A política religiosa na Espanha 1889-1913, Madri, Editora Nacional 1975, p. 9-15.

animado por agrupaciones juveniles correspondientes, contos como a Academia da Juventud Católica de Barcelona, ​​que yía tenía redactado a primer reglamento en noviembre de 1869.58
Mas los anos del Sex.enio Revolucionario - Revolución (1868), Gobierno Provisório (1868-1870) , Monarquía de Amadeo I de Saboya (1870-1873), Primeira República (1873-1874), Regimen Interino (1874) - não resultaban nada favorables para o desenvolvimento normal do asociacionismo católico. Trata-se, portanto, de uma situação permanente de anarquismo e anticlericalismo (logo de signo gubernamental como popular), antes das mortes da Internacional primordial e ante um novo choque das guerras carlistas, que viria a ser um reducir, camuflar o suprimir sus atividades. "
A Associação de Catálogos de Barcelona pronto para ser usado como uma suspensão e malentend pelo Civil Gobierno ", que pesará sobre as expansões que levarão ao término da atuação da lei. a Primera República (fevereiro de 1873), puertas de sua rua social local do Rigomir, n ° 11 - quedaroncerradas, y se abriu uma paréntesis que duró hasta septiembre de 1877.61
Sobre los 260 socios inscritos vinieron «a desorganização e expansão» según recordaba em 1878 e o secretário Juan Federico Muntadas y Vilardell.82 O «prefeito parte» de ellos, según el mismo testigo, tuvieron que buscar «mais de las fronteras la tranquilidad de que se carecía en nuestro suelo ", 63 anos que, durante os anos dourados (1868-1874)," a revolución quedaba [...] procria e señora de la antigua Ciudad de los Condes, cuna de esclarecidos santos. Los templos y los claustros, profanados; destruidas las imágenes; los misterios de nuestra sacrosanta Religião, escarnecidos; perseguidos los ministros do altar; señalados los católicos todos al público oprobio »."
O provável que está lenguaje de letrado Muntadas - que ya foi secretário da Asociación antes do avanço da república - mar muito exagerado, porque, hablando em geral, Barcelona y Cataluña consiguieron se manteve dentro da orden. Com todo, es verdad que, dado o ódio anticlerical dos republicanos - perfeitamente explicado hasta um certo ponto -, a violencia se cebó nas iglesias da capital catalã, las cuales, si bien se bibliotección de las llamas, estuvieron cerradas ao culto e incluiu algunas fueron profanadas 8s Em tal estado de cosas, um muchos sacerdotes só les les quedó um camino de salvación: huir al extranjero ".

"Cf. Reglamento de la sociedad Juventud Católica de Barcelona 1870, pág. 14.

'9 Cf. J. MANUEL CASTELLS, As Associações Religiosas na Espanha contemporânea (17671965). Um estúdio jurídico-administrativo, Madrid, Ed. Taurus 1973, p. 224-242.

6 ° Ver a circular que a Asociación de Católicos concorreu a los socios, com fecha 4 julio 1872. (Ejemplares de éstes y otros impresos, pt: ADB, Entitats Eclesiástiques Antigues, Leg. 7).

61 Cf. Memoria y discurso ... 1878, p. 11-12.

62 Ibid. p. 11. 67 Ibid.

"Ibid.

A crise revolucionária e republicana - com a luta de medidas desamortizadoras e secularizadoras - entro no processo de desintegração dos comícios do ano 1874 (Golpe do capitão geral de Madri, Pavía) e terminamos um final de mismo ano, seguindo o general Martínez Campos proclamó en Sagunto para Alfonso XII como rey de Espanha (29 de dezembro de 1874).

Com o peso da Restauração de 1875, a Associação de Catálogos de Barcelona não agiu em reaccionar em seguida. A la antigua junta directiva, que já havia sido nomeada em março de 1872, as partes preparam a reanu • dación de las actividades, hasta que em septiembre de 1877, consigui uma nova autorización para parte do Governo civil de Barcelona.

2.2. Los socios

A Asociación de Católicos mantinha o pecado cambios no status social de sus miembros. Estos procedían geralmente de la burguesía.

2.2.1. Antes da supressão de 1873

Os grupos mais importantes eram - para o público - para o mercado eletrônico - abogados, catedráticos, médicos e farmacéuticos - e da burguesia - banqueiros, industriais, fabricantes, comerciantes, propietários e administrativos. Tambem tenencia a importancia do setor dos clérigos adscritos para la vida pastoral (sin ser profesores ni dignidades eclesiásticas). En fin, no faltaban algunos títulos nobiliarios.

a) Los prosperes Salesianos cooperadores
De la lista de socios de primero de mar de 1872 - segundo que se publica y más antigua que hasta ahora hems podido hallar "- se despresent que futuros cooperadores salesianos de Barcelona militaban en las filas de la Asociación ya desde os tempos que pueden llamarse fundacionales.

65 Cf. F. SOLDEVILA (ed.), A segle de vida Catalana 1814-1930, I, Barcelona, ​​Ed. Alcides
1961, p. 385.

66 Cf. J. BoNET I BALTA, Catalão Espanhol, de la Illustració à la Renaixenla, Barcelona, ​​Publicacions de l'Abadia de Montserrat 1984, p. 644-645.

67 O Reglamento da Associação de Católicos de Barcelona revalidado com fecha 7-IX 1877.

68 Asociación de Católicos de Barcelona. N ° 2. Contém los Estatutos (p. 1-4) y a Lista geral dos señores asociados (p. 5-27).

Efectivamente, todas estas são as famílias mais importantes: de Serra Chopitea, de Martí-Codolar e a Pascual de Bofarull. Interesa recordar algunos nombres.

- De la primera, José María Serra y Muñoz (t 1882), banquero y comerciante, marido de Dorotea Chopitea y Villota (calle Barra de Ferro 8.1 °. Hfilmero de inscripción 100).

- De la segunda, Luis Martí [Codolar] y Gelabert (1915), comerciante y financiero, exposição de Consuelo Pascual de Bofarull y jefe de la familia Martí Codolar, 69 el cual el día 3 de mayo de 1886 acogió to don Bosco en em finca de Horta-Barcelona e fue su amigo e cooperador (Rua Dormitório de São Francisco, 27.1º. Número de inscrição 60). "
- De la tercera: Sebastián Antón Pascual e Inglada (t 1872), abogado y político, banquero y empresario, casado com María Asunción de Bofarull y de Plandolit, y pai de Consuelo Pascual de Bofarull - esposa de Luis MartíCodolar - y de sus hermanos Narciso María, Oscar, Manuel María, Sebastián y Policarpo (calle Xuclá 19.1 °). Número de inscrição 52) .71
Narciso María (t 1902), abogado e ativista de primer ordenado na Asociación de Católicos. Por ser hermano de Consuelo Pascual de Bofarull, senhora de Martí-Codolar, y ser casada com um de hijas (María Jesús) Serra-Chopitea, constitui o anillo de uni de las tres familia: los Pascual, los MartíCodolar y los serra Chopitea, a plataforma mais contínua e prestigiada dos Cooperadores salesianos de los primeros tiempos. Organizou em Barcelona a Unión de Cooperadores y fue, hasta la muerte, «seu presidente celosísimo» (calha Nueva de São Francisco 2.2 °. Número de inscrição 32) .72
Oscar (t 1904), banquero y comerciante, casado con Antonia Puig y Benítez - a «Mulher Antoinette» que nerd Viglietti en su crónica - (rua Nueva de São Francisco 2,3 °. Número de inscrição 33). "
Manuel María (t 1911), abogado, verdadero modelo de apóstolo seglar, 74 que llegó um ser presidente da Asociación de Católicos em março de 1888, "ya fue también, depois do fallecimiento de su hermano Narciso María, de los
69 Luis Martí Gelabert, hijo de Joaquín Martí e Codolar y de María Angeles Gelabert Jordá, ao objeto de confusão com primer su apellido - muy difundido en Catalunya - en 1886 obtuvo de la corona española el privilégio de usar como apellido os primeros de su pai, separados por un guión (= Martí-Codolar).

° Ver el apellido Martí-Codolar no índice de nombres de las MB.

n Cf. V. GEBHARDT, Necrología del Ilustrísimo Sr. Doutor D. Sebastián Antón Pascual, Barce
lona, ​​1873. En 1872 o autor pertencia também à Asociación de Católicos (Número de inscrição 63).

72 BS 26 (1911) 61.

73 Chronicle, 30 de abril de 1886. Barcelona.

74 Cf. E. MORÉU LAC.RUZ, Notícia biográfica de D. Manuel M 'Pascual y de Bofarull, Marqués de Pascual, Barcelona [1920]; BS 26 (1911) 230-232.

75 Cf. Actas II, Junta geral de socios de 25 de março de 1888.

Cooperadores salesianos de Barcelona (calle Xudá 19.1 °. Número de inscripción 38) .76 1913) y Policarpo (t 1935), presentados por sus hermanos Sebastián (t Manuel María, ingresaron na Asociación de Católicos em Narciso María y M enero de 1872. "O
primeiro ano foi licenciado em regime administrativo, ao casario com Isidra Pons e Serra, nieta de José María Sena y Dorotea Chopitea, no quedarón entroncadas de novo nas trés familias, o Pascual de Bofarull, o Martí-Codolar e los Serra-Chopitea (calle Xudá 19.1 °. Número de inscripción 165).

El segundo, o mestre dos hermanos Pascual, era o proprietário e engenheiro, um entusiasmado promotor cristão da escola. Fue también presidente da Junta de Cooperadores salesianos de Barcelona (calle Xuclá 19.1 °. Número de inscrição 155) .78
Los hermanos Pascual - cuñados de Luis Martí-Codolar - fueron todos amigos de don Bosco - «entre famílias a ele mais afetuosas foram as dos irmãos Pascual », dejó escrito don Eugenio Ceria79 - e os cinco se encaixam junto ao Fundador na célebre fotografia que captou a finca MartíCodolar el día 3 de mayo de 1886.80 Espontaneamente se convirtieron en grandes Cooperadores salesianos ".
Todavía feno que você, junto a ele, e desde a primera hora (noviembre de 1871), teve 82 ingressos na Associação de Católicos um suyo, hermano de sua mãe, um Policarpo de Bofarull e de Plandolit. Dono e aficionado à poesia, dedicou um soneto em abril de 1886 a Dom Bosco (rua Cambios Nuevos, 1º. Número 147) .83 b) Os futuros donantes da cumbre do monte Tibidabo
Em menos algunos de los que, enero de 1876, adquirieron a cumbre del Tibidabo y se regalaron a don Bosco en mayo de 1886 (pessoalmente ou por delegação) ya militaban na asociación de Católicos. Com efeito, Delfín Artós y Mornau (proprietário, com endereço em Gignás 42.1 °), tinha em 1872 o número 71 de inscripción; Jaime Moré y Bosch (atacadista, com endereço na Calle Mercaders 32.1 °), e número 106; Manuel María Pascual de Bofarull (abogado, calle Xudá 19.1 °), o número 38; Santiago Manuel
76 Cf. BS 26 (1911) 62.

n Cf. Actas I, sentença da Junta diretiva de 12 de outubro de 1872.

78 Cf. BS 50 (1935) 351-352.

"MB XVIII, 154.

Cf. ALBERDI, Don Bosco en Barcelona. Itinerário, p. 130-131.

"Verti apellido Pascual en el índice de nombres de las MB.

ff Cf. Actas I, sentença da Junta diretiva de 24 de novembro de 1871. Fue apresentado por sobrinho Narciso María Pascual y el mismo José Con y Vehí.

83 Cf. MB XVIII, 647-648.

Calafell y Calafell (comerciante, calle de la Boquería 9.1 °), o número 101Antonio Camps y Fabrés (fabricante, calle Pou de San Pedro 7, tiend el 'a, e número 23.84
c) Os futuros fundadores da casa salesiana de Gerona
Tanto Juan María de Oliveras e de Estañol, marques de la Quadra (projetores, Rambla de Santa Mónica 27.2 °) Carlos de Fontcuberta (senhorio, Rambla de los Estudios 4 1 ° 1) Trinidad de Fontcuberta (senhorio, calle de Montcada 20.1 °) já tinha entrado na Asociación de Católicos en 1872, com os números de inscrição 149, 178 y 159 respectivamente.

El Marqués de la Quadra habado sido apresentado na Asociación no extremo Sebastián Antón Pascual Inglés Antonio Escolano, por el y Antoni E nistrador do Banco de Barcelona e grande colaborador da doña Dorotea Chopi. chá em obras de beneficencia.85 Em 1891, as albaceas testamentarios regalaron a los salesianos a fincaaced a procura da cidade de Gerona, a objecto de converter em escuela agrícola agrícola a advocacia de San Isidro Labrador.

d) Otras referências
para continuar com a ajuda do pessoal que a equipe nos interesa, concorda em aadir todavía dos nombres.

Em primeiro lugar, Luis María de Llauder (1904), abogado, que integra a Associação de Católicos em 25 de fevereiro de 1872 promoveu constantemente a causa das escuelas que fora. Fue proprietário e diretor do diário e "Correo Catalán" (desde 1878) e fundador da revista "La Hormiga de Oro" (1884). Ambas publicaciones, em las que colaboram las mejores plumas do tradionalismo catalão - como Salvador Casarlas, Félix Sardá. y Salvali, Jaime Minera, Joaquín de Font e de Boter, Cayetano Barraquer, Víctor Gebhardt, Eduardo Vilarrasa, todos os indivíduos que se interessam por este trabalho -, hablaron de don Bosco e sus instituciones com information amor y responsabilidad. Luis María de Llauder visitou pessoalmente Dom Bosco em Sarriá, no dia 11 de abril de 1886.86
Em segundo lugar, Leandro de Mella que se habituou à aposentadoria da armada cuando, em novembro de 1871, foi admitido na Asociación de Católi9 ° Cf Asociación de Católicos de Barcelona. N ° 2. Félix Vives e Amat enté en la Asociación más tarde, en 1878.

A Y, claro, colaborou tambem a favor dos salesianos de Sarriá. Según el director, & ti Juan Branda, doña Dorotea «impulso deus a. Ir. Don Antonio Escolano ya otros que hoy día ayudan la Casa de uma maneira especial ». Carta a Don Juan Cagliero, Sarriá 23 de junho de 1884 (Correspondência ASC 9 Dorotea).

8ª Cf. Chronicle, 11 de abril de 1886. Barcellona.cos.

Fue admirável em favor das escarpas populares que sustenta dicha Asociación. Llego a ser cooperador salesíano. "


222.Desprudente da reancação das actividades em 1877-1878


Cuando, um final de 1877 e comícios de 1878, depois de dois anos de experiência e média de suspensão das atividades (1873-1877), se reanudaron éstas, ya no volvieron a filas de la Associación todos los miembros «antiguos». No entanto, a la llamada de los mais fervorosos, comenzaron a llegar los nuevos. No faltaron entre unós y otros algunas excisiones - ya mar por enfrentamientos habituais en el español integrismo, 'ya mar by cuestiones referentes a marcha das escuelas "- ni momentos de desaliento, apatía y dejadez. Em 1886, los socios no llegaban certamente aos doscientos. " a) Los Salesadores salesianos
O mismo que no período anterior, a captação dos sócios, hacía a través das relações pessoais. Por sua vez, a Asociación de Católicos siguió adscrita a la burguesía. Tudo continua com o sitio propietarios, abogados, médicos e intelectuais. Em geral, residencial trabajaban en chama-se mais importante do antiguo de la ciudad, mas também nas Ramblas e, inclusive, en debas do novo Ensanche barcelonés. (Isso é o que você precisa saber sobre o itinerário que Dom Bosco levará com você em Sarriá de la Plaza, em Barcelona).

Ao mesmo tempo, se têm que falar no menos dos personas que o jugaron é um importante papal en relación com Dom Bosco y los salesianos.

Ante todo, Bartolomé Feliú e Pérez (1843-1918). "Tenho o gosto de proponer por um membro da Associação do Estado Maior ao senador Don Bartolome Feliú y Pérez, catedrático da universidade literária, que ocupa domicílio na calle de Ausias Março, número 2, piso 4 °, 2ª puerta" . Com estas palabras rituais, em 14 de novembro de 1885, presenta o hombre de ciencia - catedrático de Farmacia na Universidade barcelonesa - y miembro de dicha Associação das Conferências de São Vicente de Paulo, Chamado Fructuoso Planos y Pujol ".

87 Cf. R. AInRRDI, Os primeiros Salesianos Cooperadores de Barcelona (1882-1901), en: Família Salesiana, Leumann (Tocino), Elle Di Ci 1974, 81.

88 Cf. Actas I, sesiones de la Junta 11 de 22 de fevereiro de 1883. Para excluir este país, ver C. MARTÍ (presentació i transcripció), Intervenció de Salvador Casañas, bisbe d'Urgell en el conflicte entre o «Joventut Católica» de Barcelona o el bisbe Urquinaona (1883), en: Arman '1987 da Sociedade de Estudos de História Eclesiástica, Moderna Contemporânea da Catalunha, p. 191-194.

89 Cf. Memoria y discurso leídos pelo secretario e presidente da Associação de Catálogos de Barcelona na Junta Geral de Reglamento celebrada no dia 20 de março de 1887, Barcelona 1887, pág. 27.

90 O presidente, senhor Feliú y Pérez, para avaliar a função da Associação durante o ano de 1886-1887, hubo de lamentar «a apatía» de muitos socios «na ação comum» e a vida de quem não se arrasta de otras entradas áreas mais reduzidas que os reducidos ingresos de poco más de 160 asociados »(Ibid.).

A los pocos días (25 de noviembre), "o médico Feliú se candidatou à Asociación de Católicos. Da misma conocería, admiraría y proclamaría la Obra de don Bosco.

Hijo de un confitero, Bartolomé había nacido el 24 de agosto de 1843 en Peralta (província de Navarra e diocese de Pamplona) y, e mismo día, recibió el bautismo. Se você joven todavía se doctoró em condições físicas, em 1880, llegó em Barcelona para carregar carga em sua universidade da correspondência cátedra. Para os cinco anos, como se declarou, por mediação dos planos de doutor, ingresó en la citada Asociación. Ambos catedráticos pertenecan ya con anterioridad nas Conferencias de San Vicente de Paul realizam e realizam o ideal do sábado cristão, mostrando que era possível servir a ciência moderna e vivir, a propio tiempo, los valores del Evangelio ".
Feliú começou a Associação de Católicos num momento em que é necessário necessitar de novas forças. Por eso, a los cuatro meses (28 de março de 1886), fue elegido president. "Nos evocou como llovido do céu pela sus excepcionales qualidades" - decía el presidente anterior, José Oriol Dodero, na Junta geral de socios. "
Como foi para a frente da Associação durante o reglamentario 1886-1888, él fue el responsable de preparar tanto a velada de homenaje a Dom Bosco - impondo um medallion sobre a honra e mérito parceiro (15 de abril de 1886) "- como a sessão necrológica en su memoria (5 de março de 1888) .96 En ambas ocasiões pudo demostrar brilhantemente na adesão total a don Bosco y sus instituciones
91 Ver ADB, Entitats Eclesiástiques Antigues. Asociación de Católicos de Barcelona. Leg. 8, carpeta que diz Papeletas de Presentación. Para conocer a personalidade do apresentador, ver
J. DE FONTE Y DE BOTER, biográfico de Bosquejo do Dr. D. Fructuoso Planos e Pujol. Leído na sentença pública que sociedad Médico-farmacéutica dos Santos Cosme y Damián celebrou o dia 26 de junho de 1890. Barcelona 1890.

92 Cf. Actas I, sesiones de la Junta diretiva das días 14a 25 de novembro de 1885.

93 Pôster antes da entrada na Asociación de Católicos, Feliú tinha sido exibido na Academia Juventud Católica de Barcelona a figura de quem era consilador da misma, Jaime Arbós y Tor, o cual había trabajado como qiíímico, industrial y empresario y, una vez viudo, tinha recebido a ordenação sacerdotal. Pará, Arbós y Tor venía para realizar a modelagem de um ideal soñado, síntesis de ciencia y fe, de creatividad profesional y sentido religiosa de la vida. Cf. Biografia do Sr. D. Jaime Arbós y Tor, Barcelona 1885.

94 Memória y discurso leídos pelo secretario y presidente da Asociación de Católicos de Barcelona, ​​na Junta Geral de Reglamento celebrada em 28 de março de 1886, Barcelona 1886, p.21.

95 Cf. Acta da solenidade celebrada em 15 de abril de 1886 para a Associação de Católicos de Barcelona ... O discurso do médico Feliú, en p. 6-18.

96 Cf. Recuerdo de la solemne sesión necrológica celebrada pela Asociación de Católicos de
. Do ponto de vista salesiano, um eminente cooperador; desde o profesional, um sabio y um pedagogo cuyos libros universitarios alcanzaron una gran difusión; políticamente, militó siempre en el partido tradicionalista, incluindo algunos cargos. Por encima de todo, é um católico de ação. Murió en Zaragoza, 16 de novembro de 1918. "
A partir de março de 1886, secretário da Junta Diretiva da Associação de Médicos do Doutor Joaquim de Font e de Boter, que de um médico para o misma desde tres años antes. Era farmacéutico, escritor e tradutor, com domicílio na Ronda de San Pedro, n ° 140. Em 1886 tratou pessoalmente de Dom Bosco, muito em Barcelona como em Turín. "Ele visitou em uma última enfermaria, enero de 1888.99 Y, cuando murió éste, se convarvió no portuário mais cualificado de salesianismo barcelonés.Os artículos publicados por el no "Correo Catalán" 100 y o discurso que pronona na sessão necrológica citada arribara llaman aún hoy a atenção à la informativa e o amor entusiastas de que hacía gala el autor b) O grupo dos clérigos
Tuvo encherá um alivio destacado na Asociación de Católicos. Estabilizado por os párocos das iglesias de antigua tradición; por los profesores do seminário conciliar y algunas dignidades de la iglesia catedral. Que é, de fato, o corriente de renovação intelectual e pastoral que anima os varios clérigos encontrados no punto de referencia en esta Asociación de Católicos. No caso de morrer, además de José Morgades, por exemplo, Jaime Almera, Cayetano Barraquer, Valentín Basart, Salvador Casa (nomeado obojo de Seo de Urgel em 1879, creado cardenal em 1895, trasladado à sede episcopal de Barcelona em 1901). 102 Domingo Cortés, Ildefonso Gatell, Barcelona, ​​em memória do exclusivo miembro de honra e mérito, el Rmo. PD Juan Bosco fundador da Congregação Salesiana, Barcelona-Sarriá 1888. Intervenção do médico Feliú en p. 33-37.

97 Nota necrológica, en BS 34 (1919) 31-32.

98 Cf. MB XVIII, 150-152. 675. Ver también Actas II, sessão de 7 de julho de 1886.

"Pocos días han transcurrido - escribia el 2 de febrero de 1888 - de la tucimos la dicha de hablarle por última vez. Em humilde celda y en pobrísimo lecho descansaba en plácida calm, a pesar de los agudísimos dolores ...» («« Correo Catalán ", nº 3900, 2.2.1888)
" Cf. Dom Bosco, em "Correo Catalán", nº 3900 (jueves 2 de febrero de 1888) 8-10. Turín ante o cadáver de Dom Bosco, en: "Correo Catalán", n ° 3908 (viernes 10 de febrero de 1888) 7-9. Edición de la mañana.

mi Cf. Recuerdo de la solemne sesión necrológica ..., 7-26. O convite para redigir o convite à velada em honra de Dom Bosco de 15 de abril de 1886. Cf. MB XVIII, 647.

1 ° 2 Em consonância com o abandono da cidade de Barcelona, ​​é necessário transferir para a primeira sé episcopal, como membro do "associado de honra" da Asociación. Cf. "Boletim da Associação de Católicos de Barcelona" 2 (1880) 19. Casa y Pagés profesó a admiración ilimitada hacia doña Dorotea Chopitea de Serra e todo o mundo que significam sua obra asistencial. Por isso, nada é mais do que para as instituições salesianas abrigara um «profundo cariño» (BS 24 [1909] 27).

Francisco de Asís Renau, José Torras e Bages (nomeado obispo de Vic em 1899), 103 Felipe Vergés, Eduardo Vilarrasa.

Juan Masferrer foi o pároco da Ilesia de Nossa Senhora de Belém com o deus do próximo na Asociación de Católicos desde os primos tietn_pos.1 "Fue él quien, el día 1 de mayo de 1886, refiriéndose to don Bosco que tinha acudido a la citada iglesia para celebrar a Misa, dijo: "Temos um santo aqui" .105 Tenía incorpora a carga de consórcio na Asociación.

Jacinto Verdaguer (f 1901), o grande poeta catalão, ingressou na Asociación de Católicos em março de 1878 e candidatou-se como “um dos sócios mais distintos” .106 Em 1882 a junta directiva le nombró «partner de honor y mérito» .1 ° 7 Es lástima que no se encontrara com Dom Bosco em abril-maio ​​de 1886, por hallarse en peregrinación en Tierra Santa. Murió siendo Salesiano Cooperador (
Félix Sarda y Salvany, 1916), 1884, que de 1884 tres valiosos artículos com o título do Obra Salesiana na Catalunha, visitou pessoalmente em Dom Bosco nos Talleres Salesianos de Sarriá el día 13 de abril de 1886 , "° sido nombrado" membro de honra e mérito "na Associação de Católicos." 'Los salesianos tuvieron siempre em doctor Sardá y Salvany como "uno de sus más asiduos cooperadores" .112
Por fim, consignemos que o cura-párroco da iglesia dos Ángeles y profesor do seminário conciliar, José Juliá, que, 30 de abril de 1886 e na iglesia de Nossa Senhora de Belém, pronunciou diante de Dom Bosco a conferência salesiana, '' ele entrou para a Associação dos Espanhóis no final do ano, 1887.114. Os nomes
que acabam de traer são de grande prestígio no clerical barcelona de la segunda mitad do sigado passado, e sua presença na Asociación de Católicos ayuda para descubrir um dos los más más interesantes de
103 Habitação inscrita na Asociación de Católicos en febrero de 1872. Según aseguraba e o "Boletín Salesiano", "los salesianos tuvo siempre estimación profunda y cariño paterno" (BS 31 [1916] 55).

1 ° 4 Na lista de públicos publicados em fecha, 1 de março de 1872, aparecía inscrita com o número 30.

Carlo Maria Viglietti: "Como uma chama, essa palavra resplandeceu no coração daqueles que se lançaram em direção a Dom Bosco, e dificilmente poderíamos nos salvar da onda que irrompeu no presbitério" (Chronicle, 1 de maio de 1886, Barcelona). .

106 Como é a lei de Junta directiva, segunda consta en Actas I, sessão de 31 de Maio de 1882. Ibid.

108 Cf. BS 17 (1902) 336.

1 ° 9 Cf. "Revista Popular", 27 (1884) 10-11; 27 (1884) 20-21; 27 (1884) 36-37. 130 Cf. Chronicle, 13 de abril de 1886. Barcelona.

"" Na prática da consideração de que os méritos são bons e bons serviços à causa de Dios, como infatigable público católico, são sacerdotes virtuosamente distintos e virtuosos "(Actas 1, acuerdo de la Junta directiva en 4 abril 1883).

"2 Nota necrológica en BS 31 (1916) 55.

113 Cf. Chronicle, 30 de abril de 1886. Barcelona.

"Em 1888, elegeu-se o vocabulário eclesiástico e como tal actuou desde a Junta directiva.

Os orígenes da obra salesiana em Barcelona, ​​muito na vida do Fundador como os inmediatos a su muerte.

2.3. Objetivos, medios, mentalidad

Para preencher a Associação dos Negócios Estrangeiros com a necessidade de esclarecimento sobre a identidade e saúde da população, registro das passagens da moeda estrangeira do país, que são: "O fim deste documento é a propagação da doutrina do mundo católico em países estrangeiros do sabre ». El término propagación / propaganda constituía para los asociados el al objetivo de concurso público todas as atuaciones.

O sentido alcance de dicho artículo explicado e o presidente Coll y Vehí cuando, a 24 de março de 1872, depois de uma roda de la Asociación, pronunció estas palabras: «Confesar la fe de Cristo; crer, amar y defensor las verdades propuestas por nuestra mãe sagrada la Iglesia católica, apostólica y romana; detestar y combatir los erros a la Iglesia condena; manifestar explícita y ressueltamente nuestra completa adesión na Sé Apostólica, ele aquí nuestro objeto. Não enim erubesco Evangelium, ele aquí nuestro lema ».1"
Na misma ocasión, para emitir condiciones que se exijam para ingresar en la, sociedad, declaraba: «Ni las ideas ni los actos, com exceção das declarações da Igreja, han cerrado ni han de cerrar jamás nadie las puertas de esta casa. Profesional da católica, próstata da religião católica, completa adesão à Cabeza visível da Igreja: nenhum pedimos más, ni nos contentam com menos "." 6
En estos dos párrafos do discurso do fundador, os socios creyeron siempre que estaba Enze Perdido na Trajetória na Memória das Atividades Relativas à Partida da Suspeita (1873-1877). "7
¿Com qué medios intentaban los socios realizar este programa? "Únicamente" - segec precisaba el artículo cuarto de los Estatutos - de esta manera: «1. A formação de uma biblioteca de autores católicos para instrucción de los socios. 2º. A celebração de sesiones académicas. 3ª. A fundación de escuelas, dando aprovação preferencial aos artesanos na Disciplina que a Celebração Geral em 24 de março de 1872 para a dissociada Associação de Barcelona de Barcelona pronunciou sobre o primeiro presidente, o Sr. D. José Coll y Vehí (QEPD).

Barcelona 1877, 4.

116 Ibid., P. 8.

117 Ver a empresa circular que, com a fecha 4 de 1878 e as firmas do presidente José de
Sans e o secretario Juan Federico Muntadas e Vila, se envió a los socios. Un ejemplar, en ADB, Entitats Eclesiastiques Antiguas. Asociación de Católicos de Barcelona. Leg. 7. Carpeta 3. Año1878.

hijos de artesanos. 4ª. A fundação de espaços populares e a publicidade carioca de hojas, folletos ou libros "." 8 Como
se houvesse, a Asociación de Católicos, assim como em seus objetivos, apresenta-se como um intelectual, propagandístico e educativo, de um campo de acção mais alargada: «As ciones católicas - opinaba - necesitan extender on círculo de acción y comprender todos los terrenos, desde el especulativo, y científico y religioso, social, económico e industrial, pues en todos es necesario introduzir e iratrar el catélic element ».119
De acordo com as suas necessidades e consultas, a Associação de Católicos de Barcelona organizou-se em 1881 para as secções seguintes: literária e artística, industrial e mercantil, de propaganda, científica e de esculturas. De todas as ellas, as que funcionam de vez em quando, antes do prazo de nascimento, têm a seção artística-literária e a seção de escuelas.

Este é um país que registra que, entre os meses de março e abril de 1880 e siginificando a tradição que venera desde há anos, a Associação tinha o poder de operar uma escola de primer enseñanza (diurna e nocturna). Estaba situada na rua Ferlandina número 45 e se carrega a carga da heresia dos hermanos das Escolas Cristianas. "'Seis anos depois, a Associação se sintetizou com forças para abrir e decidir instalar-se no llamado Palau Fivaller, ubicado en o calle Lladó números 4 e 6, dentro do antiguo de la ciudad. "'F local alocado à la nueva escuela se inaugurou precisamente o 15 de abril de 1886, com a velada en honra de don Bosco.122 Em um ano siguiente, vinho a parar también a este construindo a sede da Asociación,
Para aqueles que querem ser expondo e dados dados se são capazes de fazê-lo
18 Os advogados dos Estatutos no sufrió mudam o alguno nas várias ediciones que se hicieron durante o século XIX (1871, 1877, 1888, 1891).

"O artigo titulado Nuestro programa y firmado por MR e S., no Boletín de la Asociación de Católicos de Barcelona" 6 (1880) 84.

120 Cf. Reseña y discurso leídos pelo secretário vocal 1a. Luis María de Llauder e o presidente D. Francisco Romaní y Puigdengolas na Junta General de Socios celebrada em 20 de março
de 1880. Barcelona 1880, 2-7. "Boletín de la asociación de Católicos de Barcelona" 1 (1880) 11-15.

"1 Cf. AJUNTAMENTO DE BARCFr ONA, Catálgico do Património Arquitectónico Histónko-Artístk de la Ciutat de Barcelona, ​​Barcelona [1987], págs. 243-244.

"-u Cf. Chronicle, 15 de abril de 1886. Barcelona. MB XVIII, 647.

"8 Tarjeta de invitación per la velada necrológica y programa se desarrolló en la misma en ADB, Entitats Eclesiástiques Antigues. Asociación de Católicos de Barcelona. Leg. 7. Carpeta 13. Año 1888.

anteriormente, verifica-se a facilidade de captura mais importante da Associação de Católicos de Barcelona. Na mentalidade e comportamento da empresa você poderá encontrar o melhor da Iglesia que tocó vivir; esio Vaticano decir, I la (1869- Iglesia 1870). da Restauração, de Pío IX (1846-1878) e do Concílio também influem na experiência do Sexênio Revolucionário (1868-1874), com idosas forças e desajustes que são enlouquecedores, intelectuais, religiosos e sociais dh sim.

ao papa y defensa do padre
Para aquellos católicos barceloneses, o Pontificado constitui um valor supremo. Pío IX foi um papa "santo y mártir"; León XIII segue-se constantemente à liberdade e independência de Augustus Prisioner, em apoyarle, organizando colectas e participações em peregrinaciones em Roma. (Entre os que se complementam em monstros em público para don Bosco como amigo e confidente do Papa).

Em conseqüência, a Asociación de Católicos profesaba uma grande veneración por los priotes y religiosos, uma vez que se viu crítica e vilipendiada durante o período revolucionario. (Por exemplo, se for apresentado a Dom Bosco como uma glória do clero católico. Por outro lado, o homem de quem, na foto fotografada do 5 de maio de 1886, apareza à derecha de don Bosco, entre seus amigos cooperadores, um cisterciense abad de la Gran-Trapa - o valenciano Cándido Albalat e Puigcerver - nenhum puede tomarse como uma casualidad pura).

a) Catolicismo e pátria A
Associação de Católicos valoriza a religião como fundamento da unidade da Pátria. "Nuestros padres [...] fueron los los ns transmitieron don precioso da unidad catolica como principa nacional" - afirma o abogado do presidente Francisco Romaní y Puigdengolas no discurso final del ano (1878-1879). ' Para isso, para evitar a dissolução da sociedad española, tinha o defensor da unidad religiosa. Do oposto los espanhóis no peligro de perder na pátria - "Como perdieros os juízes", concluía o citado senhor Romaní. "
124 Memoria y discurso leídos pelo secretário vocal 1o D. Juan F. Muntadas y Vilardell y el Presidente D. José de Sans ... 1878, pp. 14-15.

125 Ver la circular, 16 de dezembro 1882 y firmada pelo presidente José María Rodríguez-Carballo. ADB, Entitats Eclesiástiques Antigues, Leg. 7. Carpeta 7. Año 1882.

128 Reseña y discurso leídos pelo vocalista secreto 1 ° D. Luis María de Llauder e o presidente DF Romaní y Puigdengolas na Junta General de socios celebrada el 22 de mar de 1879, Barcelona 1879, pág. 21.

Ibid.

(Según las Memórias biográficas, Delfín Artós, no sítio em Dom Bosco de rendas dos terrenos situados na cumbre do Tibidabo, le pedant erguendo um santuário no Sagrado Corazón de Jesús, "para manter essa religião firme e inabalável [...] que é uma herança nobre de nossos pais "). 128
c) Profesión pública de la fe christian
Foi ainda inseparável para os propósitos dos vídeos que teve em sua demarcação que os religiosos estabeleceram-se, até viva e operante. A partir de 1881 adotaram como símbolo do Papa XIII a publicação da Revista Católica de Barcelona, ​​que, servos da Ordem da Asociación: Nihil timendum nisi a Deo. Ele temían y rechazaban era precisamente o indiferentismo e a cobardia dos que são hackers por católicos. Como escribanan en su Boletín, ellos no podían resignarse "com o triste papel de católicos vergonzantes" .129
Aquí radicaba a causa de todo o dispositivo, solenidade e espectacular, com a procura de todas as manifestações religiosas: comunhões, procesiones, romerías, velas de adoración ante o Santíssimo Sacramento, oficios litúrgicos da Semana Santa, fiestas marianas, ejercicios espirituales. Com esta misma mentalidad, asumí com con verdadero espíritu de sacrificio e o enorme peso de representar, en actos sociales y culturales, las fuerzas de catolicismo militante. (Todo esto se tiver que atender ao público se não for tão poderoso a ponto de chamar a atenção do público para as presenças de Dom Bosco em Barcelona, ​​da cartilha até a última; es decir, desde a recepção que os dispensa à llegada a la ciudad hasta la despedida).

d) Anti-
Protestantismo e Anti- Liberalismo Foi um feito visceral dos grupos políticos dos barões, também contra a Inglaterra e a América do Norte, contra a França e a Rússia, que são considerados como as cunhas de tantas doutrinas e desolventes do catolicismo. Por supuesto, tampoco estaban de acuerdo com los llamados católico-liberales. "El Syllabus es nuestra bandera - decía el presidente José de Sans, um hombre bueno por los cuatro costados, u ° en la Junta general de mar de 1878 -; es nuestro programa religioso, social y político. El Syllabus sin distingos ni tergiversaciones. [...] A guerra entre a luz e o estanho é um muerte; toda transacción es imposible ».131

128 MB XVIII, 113.

229 "Boletín de la asociación de Católicos de Barcelona" 2 (1880) 20.

Foi presidente da Asociación de Católicos (desde março de 1872) cuando é hubo de suspensórios de emprego por disposição gubernamental. Depois da crise (1873-1877), é-lhe tocado o duro empreendimento de organização do novo programa de associação e relançamento das actividades. Com abnegación y profundo sentido cristiano, se constantemente entregó al progreso das escuelas da misma. Murió en 1884.

Frente a cualquier intente de desviación ou desmantelamiento of catolicismo, Nosotros constituimos uma asociación que, teniendo por objeto inoculou a doutrina católica em todas as esferas do saber, se propõe por último o restabelecimento da mediação social de Jesucristo ».132
O pensador mais influente na mentalidade de asociacionismo católico barcelonés fue sin duda o sacerdote, y nombrado, Félix Sardá y Salvany, o conocido autor do livro El liberalismo es pecado (1884) y que como miembro de honra e mérito da Asociación de Católicos, ejerció en la misma inquestionável magisterio.133
e) Unión de fuerzas para la lucha
A visión que tenían de la Iglesia estos militantes era francamente sombría. O contemplaban «empobrecida» pela política desamortizadora do gobierno español, com um clero «desprestigiado» para a propaganda anticlerical, com as religiões «desueltas» ou «cohibidas» despidas dos decretos de supresión, invadidas pelo erro e o espíritu del mal ... 134 «No momento - siga comentando por su part a señor Sans - lucha es viva cual nunca y general en toda a línha de Bolha». Y como solución sólo ésta: "Unámonos, pues, que un uni es la fuerza" .135
f) Promoción cultural y escolar del pueblo
Todas as associações católicas coincidem em admitir tanto a propaganda católica como a benevolencia asistencial aos pobres comenzaba pela escuela. Todas as séries para crianças, crianças para os meninos como para os adultos. Tal atividad tenía é uma orientação deliberadamente propagandística. "O Protestantismo - se está no corpo geral da Asociación - escreveu sobre propaganda no meio da logaria, no meio da escalada, a difusión de sus máximas [...]. Oponer a sus escuelas las católicas, gratuitas, com una perfeição enseñanza elemental y superior, [...]
131 Memória y discurso leídos pelo secretário vocal 1a. D. Juan F. Muntadas y Vilardell e o presidente D. José de Sans ... 1878, p. 32.

132 Ibid.

133 Na Asociación sé tenía por «o infatigável e inválido da propaganda católica, o profundo e popular teólogo, o virtuosísimo e fervoroso sacerdote ...»: Memoria y discurso respectamente leídos pelo secretario y presidente da Associação de Católicos de esta ciudad, en la Junta General de Reglamento celebrada em 29 de março de 1885. Barcelona 1885, p. 7.

U4 "Boletín de la asociación de Católicos de Barcelona" 2 (1880) 19-20.

13 'Memoria y discurso ... 1878, p. 34.

aquele que tem uma grande experiência e interesantes tareas para o consagramos, com incansable afinal, a activación de católicos produciría la salesiana escuela, cuyo volumen e excelencias ensalzaron continuamente).

Toda esta mentalidad foi amplamente compartida por otras agrupaciones da sociedade católica barcelonés. Em conocimiento es imprescindible entender cuanto, na capital de Catalonia, se hizo, se dijo y se escribió atrás atrás para o Fundador de los Salesianos, tanto raíz de su visita para a cidade en 1886, como com razão de su fallecimiento año y medio después (1888).

3. Otras asociaciones católicas

Junto à Asociación de Catolòs hubo tambem otras en entraum en algun contato com don Bosco y su obra de una forma u otra. Se ele tem corpos suficientes no primero de este estudio. O que é, entre as diferentes agrupações, não só se uma afabilidade do trabalho, mas também uma colaboração em iniciativas e actividades. Más a hay: tenue en cuenta that muchos católicos pertenecían con concorrencely varios grupos (según la rama masculina-o femenina). Todos elles formaban en rigor un único entramado socioorreligioso y benéfico. Foi o catolicismo, visível e operante.

Na imposibilidad de tratar ni siquiera de las máscaras mais relevantes, mais práctico será o recuerdo de um cuadro geral, acentuando, es es el caso, algún elemento de mismo. "'
Poderemos oferecer aos nossos clientes que possamos contatá-los com Dom Bosco e os Salesianos, poderemos oferecer-lhes um programa principalmente propagandístico e educativo, como a "Asociación de Católicos" e a "Academia da Juventude Católica". De primera if acaba de hacer el oportuno estudio. La segunda, el artículo segundo do Reglamento, declaraba que "o objetivo da Sociedade" era: «1. Instruir a los Socios para o meio das palestras de obras religioso-sociais, e os trabalhos apresentados pelos alunos. 2º. Fomentar a instrução principalmente moral e religiosa do pueblo, por la enseñanza ya pública, ya privada, y 3a. O álbum hojas sueltas, encaminadas a 1: Toda a clasificação dos errores, e você pode ver as máximas do Catolicismo ". 138
"6 MR y S., Nuestro programa, en" Boletín de la Associación de Católicos de Barcelona "2 (1880) 34.

Com a devida frequência à documentação, as migrações das antigas agrupações não existiam durante a guerra civil espanhola dos anos 19361939, os arquivos constituíam um verdadeiro peligro para a vida dos associados. Bastante recordar, para ejemplo, que na triste coyuntura fueron asesinados más de setecientos socios das Conferencias de San Vicente de Paul ...

1; 8 Reglamento de la sociedad Juventud Católica de Barcelona 1870, Barcelona 1870. Em el de Junto a ellas, a había otras cuyo fin era preferencialmente benéficoasistencial, como a «Sociedad», ou «Conferencias» de San Vicente de Paul - cuya actividad genuine foi a visita domiciliaria semanal aos pobres e necessitados - a sociedad denominada, em susígenes, Amigos dos Pobres e, mais tarde, Patronato del Obrero, que, em conformidade com a arte do Reglamento, quería suerte de los obreros que misma patronage ". 9
Em segundo lugar - no entanto, com a mocionada Asociación de Católicos - a Academia Barcelonesa Filosófica-Científica de Santo Tomás de Aquino - formação por clérigos e intelectuais segregados - a Sociedade Médica-Fazenda dos Santos Cosme y Damián, deve ser mencionada. rede de profesionales católicos, cúiana tem uma grande variedade de títulos que já possuíam para a revista: O sentido católico das ciências médicas.'4 ° Como se você, as empresas se agrupam para os ideais da Associação de Academias e Academia de la Juventud Católica. O estilo de vida é a existência de um movimento da intelectualidade católica, que não se puede ignorar en alguno way. Ese movimiento seembra, por supuesto, com don Bosco, os salesianos e sus instituciones.

Ao final das eleições de tendência intelectual-educacional e benevolente-assistencialista, se daban otras de signo de preferência devotos, piadoso, aglutinados, em parte, por la devoción no Sagrado Corazón de Jesús - cuyo máximo promotor fue el mencionado José Morgades y Gili -.141
Dentro desta linha devota, ele cantou a Via União de São Miguel Arcanjo, sobre todo, o Apostolado de la Oración e a Venerável Ordem Tercera Franciscana. A Asociación de Católicos siempre promoverá o Apostolado de la Oración - de onde, se concretamente, a devoción al Corazón de Jesús y muchos de sus miembros. eran piadosísimos terciarios franciscanos.142 (Tudo dentro de seu ambiente espiritual se inclui a hecho de que regalaran a Dom Bosco a cumbre do monte Tibidabo, para que allí levantara, precisamente, um santuário dedicado ao Sagrado Corazón de Jesús).

En este asunto - importante, entre otras cosas, porque dicho santuário sigue siendo em Barcelona uma espléndida realidad - concorda em registar a intervenção de algunos miembros das Conferências de San Vicente de Paul.

1881 (artículo 3 °) se decidir textualmente: "O objeto de esta sociedade é a edificação e instrução religiosa dos sócios e a propaganda do catolicismo".

139 Reglamento de la sociedad titulada Patronato do Obrero, Barcelona-Sarriá, Tipografia y Sales Salesian 1891.

140 Aliado dos anos oitenta e o último de união sobre a sociedade dos santos Cosme y Damián e la Asociación de Católicos foi o último Joaquín de Font e de Boter (1857-1916).

"'Cf. J. BONET I BALTÁ, O catalão Església, p. 641-658.

Incluído hacían o correspondente profesión na iglesia parroquial de San Francisco de Paula, de Barcelona. Oi muito feno que decida um buero número de sócios da Academia da Juventude Católica.

Éstas llegaron em Madri em 1849 y pronto tuvieron uma notável difusión por la Península. A los siete años (1856), ya se pudo constituir em Barcelona a Consejo Particular. No entanto, tal como tem sido anteriormente, todo este processo de criação foi cortado por um decreto ministerial de 19 de Outubro de 1868, que ordenava a autoridade da autoridade e a confiscación de sus bienes. Sólo o advento da Restauração (1875) permiti a vuelta a la normalidad. El decenio siguiente (1875-1885) fue de franca recuperação. Em 1886, por e-mail, por uma função em Barcelona no Conselho Central da Catalunha, tanto, por, no leste, por Dom Bosco na Ciudad Condal, por Conferências se hallaban en pleno segue. El Consejo Particular articulaba as atividades de veinte Conferencias.

No peito de aquários piadosos e caritativos templos sobre espíritos cristãos como o precedente Bartolomé Feliú. "4 Y también si nem todos, sim a menos parte do en enero de 1876, adquirieron cumbre del Tibidabo: Delfín Artós, Manuel María Pascual de Bofarull, Álvaro Catnín Decidieron do cumprimento compra-o por um imperativo de moral social, tal como indica o secretário Viglietti, recorrendo com toda a probabilidad o testemunho de Manuel María Pascual. 'Y por um motivo religioso también regalaron los terrenos a don Bosco diez años más tarde (1886), según queda reportada en el trabajo. Ya que, cuando se realizó compra (1876), a Associação de Católicos não tem superado a crise da suspensão governamental,
"3 Cf. SOCIÉTÉ DE SÃO VINCENTE DE PAULO, Livre du centenaire, I, Paris 1933, p. 196-206.

1 "" Donde [nas Conferências de San Vicente de Paul, em Barcelona] o seu tesouro e cobrar o cariño para esa obra [das Conferencias] y dondeirem e tan preciosos ejemplos hemos podido contemplar por dicha nuestra ", recordaba el propio médico Feliú (A. LOTH,
São Vicente de Paulo e sua missão social ... Obra traducida e anotada por B. Feliú e Pérez ... Barcelona, ​​1887, p. 597).

145 «Esta cimeira - escribía Viglietti en 1886 - estava, há alguns anos atrás, na posse de pessoas iníquas, que queriam a fas daquele lugar um hotel de más reuniões ou para construir ali um templo protestante. Sete bons senhores concordaram entre si e compraram-no ... "(Chronicle, 3 de maio de 1886, Barcelona). Los compradores no fueron siete, sino doce. No entanto, a motivação parece compatível com a realidade.

146 Para clarificar muito detalles pertencentes à história da transmissão da propriedade do cume do Tibidabo, verso auténtico da escritura de venta otorgada por Don Dein Artós e Mornau, apoderado dos senhores D. Jaime Moré, D. Félix Vives, D. Manuel María Pascual y otros, ante el that fue notario de esta ciudad, D. Miguel Martín y Beya, com fecha 18 de agosto de 1888. Este e otros documentos oficiales en hall da Casa salesiana de Tibidabo (Barcelona).

Conclusões
Tal vez pode ser útil para o estudo de valores subjumantes que se apresentam no mismo amplo e que posibilitam ayudan para comprome mejor no sólo a personalidade do Fundador de los Salesianos, como também o contexto sociorreligioso em .que tuvo que actuar, concretamente durante sus años de madurez.

Com referencia a presencia de don Bosco em Barcelona, ​​voces surgem em sua obra na capital Catalan, por ejemplo, las siguientes concluses.

r. Los Salesianos Salesianos. As págenas que antecedem han dejado bien en daro a procedencia dos primeros Cooperadores barceloneses. No começo, não há pessoas que nutrem e engrossem as filas das associações católicas, mas que sejam mais bienas, já foram forjadas anteriormente em espíritos de piedade e apostolado. Los Futuros Cooperadores, uma vez que conoceron la personalidad del Fundación de los salesianos y comprendón ciál, estava na misión y los médios de que se vali, Considerando a Cooperação Salesiana como uma prolongación de las actividades benéficas que ya ejercían en sus asociaciones. A mentalidad social y religiosa que cultivam en éstes les llevó enseguida a sintonizar con las obras de Dom Bosco.

2'. A inserción en la iglesia local. Las sociedades católicas y Juan Bosco se necessitarem mutuamente. A éste le apremiaba el apoyo moral y material de aquéllas para abrir nuevos cauces a sus instituciones; as primárias não querem privar de prestígio e de ajuda que as crianças dão a oportunidade de procurar um homem homenageado com a ajuda do Fundador de los salesianos. Cuando, na junta geral da Asociación de Católicos, ocupou o 11 de maio de 1884, o presidente eleito elegido, José Oriol Dodero, propôs "nombrar sócio de honra a Dom Bosco" e se aceitou por unanimidad tal propuesta, o destacado presidente , José María Rodríguez-Carballo, añadió una nueva: "Que luiz que (Dom Bosco) hubiere aceptado, se publicara en os periódicos de esta Capital". Esta segunda proposta fue igalmente aproba ' A esencia de Católica sentenciou a necessidade de proclamar os quatro ventos que se apropriaram do Fundador dos Talleres Salesianos. Foi uma conquista e uma mandíbula ...

Inter-relacionamento mútuo entre as associações e Dom Bosco sirvió, entre otras cosas, para dar à obra salesiana uma prova de aceitação e inserção no campo vivo da Iglesia local. Ao fin y al cabo, à frente das organizações católicas se estabelecem geralmente o obispo da diócesis.

3'. A primera imagen pública de don Bosco. Las asociaciones asumieron
147 Actas I, correspondente sessão da Junta General de socios de 11 de maio de 1884.

también otra función de extraordinaria importancia: the de interpretar to don Bosco y elaborar y difundir su imagen pública. Tal trabalho deve ser realizado no coração das colecções e usando os meios de comunicação que são mantidos à mão. "" Em
Barcelona, ​​eles não foram os maiores de Dom Bosco fueron a clérigo (Félix Sardá y Salvany), um catedrático de Universidade, doutor em física (Bartolomé Feliú e Pérez), um farmacéutico (Joaquín de Font e de Boter) e dos abogados (hermanos Narciso Maria e Manuel Maria Pascual de Bofarull). as páginas do presente estúdio, pertenecientes, em um grau en otro, ao asociacionismo católico de Barcelona.

148 Naturally los folletos señalados en las notas 95 y 96 se distribuionon entre los socios. Ambos pertenecen a literatura más antigua that produjo en Barcelona tratando de don Bosco y de la salesiana obra. Por outro lado, você tem visto que as publicações que as associações mencionadas foram especialmente o diário "Correo Catalán" e os semanários "A Hormiga de Ouro" e "Revista Popular", dirigidas pelas primárias por Luis de Llauder. e a tercera por Félix Sardá y Salvany. Las tres na linha católico-integrista.

DON BOSCO HY MARIA DOMINGA MAZZARELLO: RELACIÓN ISTÓRICO-ESPIRITUAL
Anita DELEIDI


O. Premisa


Na proliferação extraordinária de novos institutos de vestes religiosas surgidos no século XIX, a fundação do Instituto das Hijas de María Auxiliadora, que era Dom Bosco y María Mazzarello como fundadores.
No contexto de reflexão, a figura do artista e a vontade de Dom Bosco promovida por este Congresso, eu tenho uma oportunidade particular para registrar esta comunicação como um meio de aprofundar na relación que na historiografía salesiana se interpreta según líneas de orientação diferente.

Parece-me que a modalidad de la relación que se estableció entre los santos está correcta se tiver sido necessária uma punctualización histórica, uma reconstrucción cronológica dos encuentros directive e indirecta y la individuación de mediaciones siglas de esa relación, para poder llegar después a centrar el contents y incidencia de las variations intervenciones del Fundador na vida de Maria Mazzarello e sua atitude de resposta e asimilación.

María Domínga Mazzarello (nacida en Mornese-Alessandria en 1837 y muerta en Nizza Monferrato en 1881, una bandeja de vida fecunda em caridade apostólica), 2 conocista a Dom Bosco a veintisiete años cuando posée una cierta formación y madurez espiritual. Dom Bosco, que tinha sido fundado O
Instituto fue fundado em Mornese, província de Alexandria, diocese de Acqui, em 5 de agosto de 1872. Ele confirma a figura do Fundador, Dom Bosco; María Dominga Mazzarello, reconocida como cofundadora, não é muy conocida em ámbitos no salesianos. Na figura, se você está em um ambiente mais prejudicial que o Santo; su vida fue breve (1837-1881), mas em relação à misión edesial tem sido registrada repetidas vezes nos processos de beatificação e canonização.

2 Cf. as biografias fundamentais: F. MACCONO, Santa Maria Domingas Mazzarello, Co-fundadora e primeira Superiora Geral das Filhas de Maria Auxiliadora 2 vol., Torillo, Instituto FMA 1960. Apresenta uma bibliografia completa do Santo: A. COSTA, Revista bibliográfica em S. Maria Domenica Mazzarello, en: ME POSADA (ed.), Parcela verdadeira atual. Contribuições para S. Maria Domenica
Mazzarello, Roma, LAS 1987, p. 227-262.

a congregação salesiana e trabajaba ativamente na consolidação de sua obra em Valdocco, estabeleceu progressivamente uma relação de desenvolvimento mediada e depois pessoal com esta mulher sobre o que ejercerá um influjo de terminante.

1. Interpretações da relação histórica entre Dom Bosco e María Bouquet. reno en el á Salesiano


Exame de las publicaciones (a diversidad de finalidad, ambito, valor y valeu documentalas) relativas às las de los santos (biografías, estudios, memorias ...) se aprecia enseguida que a presentación de su relación de uma variedade de de Planteamientos y de interpretaciones: de una absoluta dependência de la Madre - como se la llamaba habitualmente - com respeito a Dom Bosco, hasta acentuación de su papel de comarcadora como valor preeminente y autónomo.3
Las primeras y conocidas biografías do santas subrayan sobre o papel preponderante y a dependência e a sumisión do joven en el, como una hija en el Padre, como humilde discípula en el Maestro, atenta a cada gesto, devoto, fidelísima », afirma Amadei. '
O décimo volumoso das Memórias biográficas de San Juan Bosco exalta, em efeito, à abençoada María Mazzarello como "aqui não mais que um helo que segue e incorpora o programa do trazido pelo Fundador". Assim, nas Hijas de María Auxiliadora como nos salesianos, que María Mazzarello deba aparecer como discípula de don Bosco e colombia suya, e no podía apresentada como co-financiadora de pleno direito. A intenção explícita e declarada do autor efectivamente, aumenta "os caminos do senhor, são decir, disposiciones da providência cada guiar cada paso de su Siervo fiel". Y María Mazzarello é o próximo instrumento para ajudar os jovens a encontrarem a sua segunda familia.

Es interesante ver, em cambio, que os primeiros escritos que se refieren a María Mazzarello de Bonetti no «Tinitá Cattolica» 6 y de Lemoyne en el «Bollettino Salesiano» (1881), 7 aunque em tom laudatório, toman com prefeito acento a A Madre en su papel de superiora llena de entrega às bases do novo Instituto, cujo ponto foi a admiração e aprobación de Dom Bosco. Para o exponer a missão de María Mazzarello, mas não explicitamente a dependência da primeira ordem superior de um él.

3 Cf. P. CAVAGLIA, Relação estabelecida entre S. Maria Domenica Mazzarello e S. Giovanni Bosco. S'uds Critic de algumas interpretações, en: POSADA (ed.), Real porque verdadeiro, p. 69-98.

A. AMADEI, Serva de Deus Madre Maria Mazzarello, BS 47 (1923) 2, 30. MB X, IV.

6 Cf. G. BONETE, Superiora Geral das Irmãs de Maria Auxiliadora, en: "A Unidade Católica" (21 de maio de 1881), n. 120.

Cf. GB LEMOYNE, Irmã Maria Mazzarello, BS 5 (1881) 9, 11-13.

Francesia y Maccono, no ponente de ressonância nas ciências biológicas e espirituais, intentan de nuevo probar que Providencia preparou para Dom Bosco e o instrumento anexo à realização da terra. de la Madre, que trabalha em um monótono de obediência, com atitude de fala.

Cuando más tarde, a Congregación de Ritos atribuye com María Mazzarello, a co-fundadora de trovoadas, a autes tratan de ahondar na significação e o valor do papel da Mãe como colaboradora, como "auxiliadora" de Dom Bosco.9
Cenia, por ejemplo, faz preciosas intuições sobre a aporte pessoal e inseparável de María Mazzarello na fundación do Instituto, tão en dependencia de don Bosco?
Afinal, o tornozelo afirma que Dom Bosco, ao encontrar em María Domingue as rasgos esenciales de la vendalidadidad, to asume para construir sobre os novos algo novo e poderoso: não é dependente de Dom Bosco, até a criação de nova tradição espiritual. de Tornozelo não se baseia todavia em uma reconstrução exata dos encuentros que tuvieron lugar entre os santos e sobre sus dependencias recíprocas, detém o valor de definir a identidade da relação, mas não nos términos estáticos de dependência.

Já os estudos mais recentes são María Mazzarello (Colli, Fiora, Posada, Midali ...) 12 discurren por hermenéutica más correcta das fuentes, acuñando los términos de «fidelidad creative» ou «creatividad fiel» de la madre ante don Bosco.

8 Cf. GB FRANCESIA, Irmã Maria Mazzarello e as duas primeiras décadas da Figlie de Maria Auxiliadora. Memórias coletadas e publicadas, S. Benigno Canavese, Salesian Library 1906; F. MACCONO, Irmã Maria Mazzarello, primeira Superiora Geral das Filhas de Maria Auxiliadora, fundada pelo Venerável Pe. Giovanni Bosco, Turim, SAID 1913.

9 Cf. la evolución on the mismas biografías escritas por Maccono: de la prima de 1913 à la public en 1934.

1º Cf. E. CERIA, Santa Maria Domingas Mazzarello, Co-fundadora do Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora, Turim, SEI 1952.

"A. CAVIGLIA, Santa Maria Mazzarello, Turim, Instituto FMA 1957.

12 C. COLLI, Contribuição de Dom Bosco e Madre Mazzarello ao carisma fundador do Instituto das FMA, Roma, Instituto das FMA 1978; L. ÑORA, Stork do título de "Confondatrice" conferido pela Igreja a Santa Maria Domingas Mazzarello, en: POSADA (ed.), Atual porque verdadeiro, p. 37-51; ME POSADA, Significado da «validissima cooperatio» de Santa Maria Domingas Mazzarello alfa fundação do Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora, em: POSADA (ed.), Atual porque verdadeiro, p. 5367; M. MIDALI, madre Mazzarello. O significado do título de Confondatrice, Roma, LAS 1982.

Además, as interpretações de marcado acientam o teológico subestimar o papel de coalizador como valor preemente e autônomo. "Em troca, as publicaciones sobre don Bosco não se planta, parece, e o problema do tipo de relação entre os santos e siguen na linha de dependência y acentúan para lelismos e semejanzas de vida.

Mas para mim parece que há uma tendência para que estes sejam descartados, é necessário ter um exame sério que não redundância na dependência absoluta ou em uma progressiva evolução, gradualmente , desde una intuição inicial recíproca hasta una auténtica y fecunda colaboración.

2. Linha da Relação da Relação

A historiografia reconstruída dos encuentros que tuvieron lugar entre Dom Bosco e María Mazzarello, a partir de um dos fogos mais flexíveis, tem como meta identificar a caridade da relação que estabelece entre os santos.

Os documentos e a historiografia salesiana não se consultam de maneira alguma para o trabalho: ele faz uma revisão crítica dos fuentes como, por ejemplo, da crónica do Instituto das Filhas de María Auxiliadora (narrativa que reconstrói as origens do Instituto para partir). de diversas matérias documentais e de memorias y testemunhos fundamentales, pero tardíos. "
Selando um critério cronológico, ele dividiu a exposição da investigação em dosagens e delimitados pela hecho da fundação do Instituto das Hijas de María Auxiliadora. Agosto de 1872), porque pone de re, luz el carácter, o conteúdo das entrevistas com Dom Bosco na vida de María Mazzarello antes e depois da fundação do Instituto.

Não dentro, no embargo, na problemática do processo de decisão e na fundação do Instituto, tema que está na comunicação do Siguiente Posada.

"Cf. MIDALI, Madre Mazzarello.

14 História. Se trata da publicação completa da «cronificação» mecanografiada compuesta pela madre Clelia Genghini durante os anos 1922-1942. Se apresenta como uma rica cultura historiográfica. O autor usa um material abundante yimum, mas nenhum siempre indica las fuentes; um veces, las integra ou sintetiza. No obstante, a documentación recogida se conserva en: AGFMA. Declaro material está constituído por fundamentos narrativos (depoimentos de hermanas que viviam em Mornese, laicos e sacerdotais paisanos de Madre Mazzarello) e de documentos docentes, nos seus apelos com texto (deliberações capitulares, actas notariais, documentos históricos, textos das constituições, correspondência , os documentos referem-se ao status jurídico do Instituto). Además deste material, o Chronicle toma os dados da biografia de Maccono y de Francesia, de las MB y da BS. Por enquanto, tenho investigado a consulta do currículo extra-escolar, para compará-lo com a parte interessada. Cuando coincidir, cito el ejemplar impreso de la Cronistoria, para facilitar a consulta.

2.1. Antes da Fundação do Instituto (1862-1872)

El contexto-ambiental en que se sitúa o conhecimento inicial dos santos do estilo do século XIX piamontés-ligur que transforma alredor das figuras de don Bosco, do teólogo Frassinetti de Génova, de don Pestarino, sacerdote de Mornese, pueblo do Monferrato em que vive María Mazzarello e em que a captação de recursos do Instituto. Tambem este pueblo siente y vive com as modalidades e ressonancias propias a tipica clima da restauraçao do século XIX e as problemáticas com frequência ligadas con ella. "No movimiento de renovación espiritual tem um preponderante papel proprio em Pestarino, discípulo y amigo do teólogo Frassinetti, que promove uma espiritualidade essencialmente cristocéntrica, mariana y apostólica.'6
No entanto, do exame atento de las fuentes no se establecer com as exactidões de fachas dos primeiros enunciados entre Dom Pestarino e Dom Bosco (aparece a sua inscrição na Sociedad Salesiana), aparece, sem embargo, indutivel o papel de mediação ejercido por el padre na corte constitucional de María Mazzarello (1862). '7
Los mensajes sumários y orales Que Don Bosco inveja a Maria Domingue ya Petronila Mazzarello, jóvenes pertenecientes à la localidad de Hijas de María Inmaculada, comprometida y formadas ya en modalidad especial de apostolado educativo, o dirige o pecado conocerlas pessoalmente, perece que os expresa mais bien como uma resposta benévola a lo que el mismo Pestarino expone.'8
Tampoco en el primer encuentro histórico (octubre de 1864, en Mornese, durante uma excursão clasica de neo de los muchachos de Valdocco) se pode hablar de um interes especifico do Santo por María Mazzarello, Tratado en el "grupo" de las Hijas de María Inmaculada, então apresentou explícita e intencionadamente ao Santo. "
" Cf. ME POSADA, Giuseppe Frassinetti e Maria D. Mazzarello. Relação histórico-espiritual, Roma, LAS 1986, p. 37-41.

Um mapa de Angela Domenico Pestarino, nacido en Mornese em 1817, hizo sus estudios eclesiásticos no Seminario de Génova, sacerdote ordenado em 1839. A consecuencia de algunas tensiones se originaron en el eclesiástico genovés, volvió a Mornese en 1847 , em seguida, permaneceu hasta la muerte (1874) realizando um vasto apostolado y desempeñando importante funciones na vida pública local, como consejero de ayuntamiento y ecónomo de la parroquia. Desposs de Conocer a Dom Bosco, em 1862, seiziano Salesiano; mas permaneció en Mornese como Diretor do Instituto Naciente das Hijas de María Auxiliadora. Cf. F. MACCONO, o apóstolo de Mornese. Sac. Domenico Pestarino, Turim, SEI 1926; cf. también a documentação relacionada a don Pestarino en: ASC 275 Pestarino.

Em um memorial do cardeal Giovanni Cagliero, a partir de 15 de fevereiro de 1922, se tivermos Dom Pestarino tinha conocido a Dom Bosco en Génova, na casa do teólogo Frólinetti, encontrou-se depois das varias vezes entre 1860 e 1864 (en: AGFMA). A Cronistoria e a biografia de Maccono recogen, en cambio, testemunha de Dom Giuseppe Campi, um sacerdote de Mornesino, afirma que o primer encuentro ocurrió en un viaje, en tren de Acqui a Turin en 1862.

"Cf. Crônica I, p. 117-118.

19 Cf. Ibid., P. 148-150.

Maccagno a Frassinetti expõe e modo, conteúdo, mais exemplar, para o compromisso na Unión League.20
Em troca, ressonância interna e profunda da figura, da palabra e da ação de don Bosco no joven María Pergunte exatamente o que você está dizendo na abertura de suas aulas sobre as intervenções educativas e sociais. Os testemunhos concuam em subramar a intuição da santidade de Dom Bosco e a audácia inusitada de o proclamar 21
Na historiografia salesiana, se segue a continuada e contínua interação de Dom Bosco com o grupo mornesco, mas somente em 1867 se tem uma carta explosiva do santo a Dom Pestarino para anunciar uma visita a Mornese, 22 e para a crítica do mismo Pestarino se sabe que don Bosco deus de nuevo uma breve conferência nas Hijas de María Inmaculada 23
Em março de 1869 realiza-se uma visita a Dom Bosco a Mornese, um novo encuentro com as Hijas, esta vez mais específica: hasta se habla de uma expo de horario y de reglamento para that hacían vida commún, per por desgracia ese document não se aparece.24 O testemunho transmitido por Petronila Mazzarello, coloca-o, sem embargo, de modo a aliviar os elementos fundamentais da espiritualidade salesiana que modelam o grupo de pessoas que amam a vida María Mazzarello.25
¿Interes ya orientado with vistas a fundación de la salesiana femenina obra? Hasta 1871 no tenemos a primeira declaração oficial de don Bosco sobre esa intentio; Dom Pestarino sigue al grupo y lo forma y continúa conheça com Dom Bosco, este sigue com estima e observación atenta y cierta actitud de expectación.
Paso por encima the sucesión de hechos that llevaron to the fundación del Instituto (es interesante a propó sis for the memory of Don Pestarino, 27 el proceso de redacciaón de la regla, los pasos dados de don Bosco). Em troca, poderemos aliviar o peso da mediação com Don Pestarino e María Dominga y sus companheiras: es élien apresenta a proposição de don Bosco, a misma Regla, que orienta a decisão e práticamente de comienzo à obra.28

20 Cf. mapa de Angela Maccagno (1830-1890), professora de Mornese, fundadora do grupo de «Filhas de S. Maria Immacolata», ao prior, Giuseppe Frassinetti, 4 de dezembro de
1864. El manuscrito autógrafo se preserva en el "Arquivo da Postulação Geral dos Filhos de Santa Maria Immacolata" (Roma).

21 Cf. História I, p. 150.

21 Carta de Dom Bosco ao Pe. Pestarino, 3 de dezembro de 1867, en: ASC 131.01.

23 Recogida en: História I, p. 204.

24 Cf. Ibid., P. 222-224.

2 'Cf. Depoimento de Petronilla Mazzarello en: SAGRADO CONGREGATIO RITUUM, Aquen. Cationis e canonização de Beatifil Servae Dei Mariae Dominicae Mazzarello, Transundium de Confundatricis FBVMA, 133-134.

26 Cf. História I, p. 239241243245.

27 Cf. Memória de Dom Pestarino, manuscrito autógrafo en: AGFMA.

Dom Bosco não está presente (casi obligado) mas o profesón de las primeras uma vez Hijas de María Auxiliadora o 5 de agosto de 1872. Dom Pestarino é a mediação ativa e atuante. Y, embargo, a adesão de María Mazzarello a Dom Bosco está subclassificada pelo depoimento que vem de Giuseppe Campi (salesiano, natural de Mornese, muy próximo a Dom Pestarino). "É impossível Dom Pestarino dejase a Dom Bosco, yo me quedaría com Dom Bosco".
No hubo, pues, por cuanto consta de los testimonios, encuentros directed individuales entre don Bosco y Maria Mazzarello. No entanto, não é apenas a relação com Dom Bosco que é decisiva na Via de Mazzarello: antes de encontrar-se, o ideal seria um parecido e encontrar-se na convergência e na complementaridade. A apresentação cuida do papel inoculado e da aceitação: o embargo, a postura de Maria Mazzarello, não é dependente de absoluto e passivo; Livrar-se da experiência salesiana, que é a forma de se vender e, em primeiro lugar, a modalidade salesiana, que é praticada e originalmente antes de conhecê-los.

Dom Bosco aparece na historiografia salesiana que trata do período como Fundador e María Mazzarello como instrumento para a atuação de uma designação providencial. Em realidad, a mi parecer, o aceptación libre, responsable y hasta original en el mode sencillo de suceder las cosas; hace que o instrumento de mar ativo e dotado de autodeterminación pessoal.

2.2. Após a fundação do Instituto (1872-1881)

El Período que va de 1.872 em 1876, año de la aprobación diocesano de las Constituciones, es el de la Formación estructural y espiritual del Instituto: y la relación Que se establece Entre Don Bosco y la Madre Mazzarello ayuda a la última constitución del Instituto. Se for capaz de ver, de maneira significativa, poderemos vê-lo através das entrevistas de Dom Bosco, do Papa de Madre Mazzarello e da Formação de Las Primeras Hermanas.

O caráter do Fundador que intervém - unas veces diretamente e outrora, também, indiretamente - é a nueva superior geral e hacia a primeira comunidade provoca uma resposta rápida na Madre e nas Hermanas. No entanto, também faz parte da característica da maneira como é influenciada na modalidade, na emergência e no conteúdo das entrevistas do Fundador.

Uma vez mais, em 4 de 5 de agosto de 1872, a atenção e a imaginação de Dom Bosco, se a vuelcan sobre a comunidade para que se forme em uma vida de morte, a pobreza e a mortificação. você terá um encuentro pessoal, tan deseado, entre Dom Bosco e o Vicariato (por exemplo, a escola que toma), você ouvirá se a apresentar em um novo carregamento Me par da doação de Dom Bosco por sua forma de comunhão aos religiosos de Santa Ana, aceitando pessoalmente las que desean ingresar, yendo pessoalmente a Mornese), mas 3 a mismo tiempo muestra atención y confianza hacía aquella mujer, campesina, sim, pero verdadera educadora.

28 Cf. História I, p. 250-252.

29 Testemunho de Giuseppe Campi em: AGFMA.

30 Cf. História I, p. 223.

Nestas visitas este documento (como em 1873, 1874, 1875), 32 entrevistas com Don Bosco van directidas delineiam e consolidam o físico do novo Instituto. Na aprovação das Constituições de los salesianos (1874), a inserção do Instituto na Sociedade Societária Salesiana: Dom Bosco convocou de derecho no Prefeito Superior de Las Hijas de María Auxiliadora. O embargo do pecado, preserva o modo de comunicação, estima e confluência hacia María Mazzarello, da qual esta gradualmente se unindo no sentido de responsabilidade e progressividade do mundo. A Mãe não se dirige para a documen- tação das cartas33 - por motivos pessoais, os que puede e sabe renunciar;

A relação com Dom Bosco é baseada na verdad y confianza. Feno obediencia y escucha; pero hay también capacidad de propuestas mature y de opciones oportunas. Dom Bosco, com base nas interações, de vez em quando, discreta e realizada por meio de Pestarino, primeiro e depois de Cagliero, especifica normas e provoca uma cooperação eficaz e esencial.

Com a aprovação diocesana das Constituições das Hijas de María Auxiliadora (1876), o Instituto comienza su expansión, no Piamonte, sino también en Liguria, Francia y América. Para Mãe Mazzarello é uma percepção intensa de obras, de pesquisas, de viagens, correspondência epistolar.

Los encuentros com Dom Bosco filhos mais prolongados e mais frecuentes. Ela é a necesidad de recurrir al Fundador para pedir o conselho para dar a cuenta de marcha do Instituto. Na abertura de novas casas é o que escapa ao pessoal, com a verdadera sensibilidad educativa. Le mostre o don de um discernimento auténtico.

31 Cf. Ibid. II, p. 24,28-31,40; cf. también: Anais e crônicas Istituto Suore di Sant'Anna, vol.

Eu, 1873, p. 103-104, en: Arquivo «Suor di Sant'Anna della Provvidenza» (Roma).

32 Cf. los testimonios recogidos en: Cronistoria II, p. 40.88.146. 148.

"Cf. papel da Madre Mazzarello a Dom Bosco, 22 de junho de 1874, publicado: E. POSADA, Cartas de Santa Maria Domingas Mazzarello, Roma, Instituto das FMA 1980, p. 51; trabalho de 17 de junho de
1878, en: Ibid., P. 83; de 22 de Dezembro de 1879, em: Ibid., P. 128; del 30 octubre 1880, en: Ibid., P. 167.

Após as visitas que têm as cosias acudir a don Bosco para referre le que viu. Não há queda de documentación de esas relaciones. O pecado embargo las idas em Valdocco son numerosas. "
Dom Bosco intervém pessoalmente mais tarde no traslado da Casa Madre em Nizza Monferrato: e a atividade de confianza de don Bosco hacia Madre asume, en ese periodo, un tono de mayor intensidad, estimando a colaboração, retornando a intervenção, apelando com prefeito a sua capacidade de superioridade geral.36 Por
parte, María Mazzarello assumiu e desenvolveu o sentido de pertenencia e responsabilidade do Instituto, cuyo espíritu es el de Dom Bosco. Las intervenciones de Dom Bosco, que é agora se é menement frecuentes y numerosas, se dirige a reformar a unidad en la familia religiosa. "
As mais belas de 1880 e de 1881 a 1881 em Sampierdarena, Marsella, S. Cyr.38 A mãe est enferma y es don Bosco e as mulheres que têm o momento do momento. Hace onrecimiento. Na última conferência das hermanas, a Madre Santa da obediência Haci Don Bosco, mediadora da voluntariedade do Pai. "
Mas Dom Bosco não está presente no momento do nascimento de María Mazzarello. O Falan documenta as explicitas que justifiquem sua ausencia. O 14 de maio de 1881 Dom Bosco se encontraba em Florencia com "cosas muy sepulturas entre manos", como escribía a don Berto.4 ° Le sustituye Cagliero.

Este último período da vida de Madre Mazzarello se caracteriza, pues, pela presencia de colaboración, de confianza plena por parte de don Bosco. El 'Santo intervém, sim, com sus precisão, normas teréticas, consejos, aprobaciones, mas de plena libertad para esta mulher sencilla y excepcional, cuya auténtica maternidad culmina no ensino total de sua vida pelo Instituto.

A exposição desta relación, como se tivesse expostos, tem feito um embargo à búsqueda na documentação da acessibilidade.

A través de la reconstrucción de los hechos, a través de los testimonios, a correspondencia epistolar, como tambem a consideração dos encuentros indirectos, se podemos entrar don Bosco y María Mazzarello se deus a comunicación progresiva y variada. Los encuentros, ni frecuentes ni largos, pero fe. curdos en consecuencias, hacen entrever que entre don Bosco e María Mazzarello huño de hecho a influjo recíproco.

34 Cf. los testimonios del proceso de canonización: SAGRADO CONGREGAÇÃO RrniUm, Aquen. Beatificação e canonização Servae Dei Mariae Dominicae Mazzarello Primae Antistitae Instituti
Filiarum Mariae Auxiliatricis Summarium super dubio, 408-422.

33 Recogidas en: História II, p. 182.202269.323.341.

36 Cf. Ibid., P. 350.385.

37 Recogidas en: Ibid., P. 32.58.66.70.139.172.178.229232.

38 Cf. Ibid., P. 340343346354.

39 Recogida em: Ibid., P. 367-368.

4ª Carta de Dom Bosco a Dom Berto, 8 de abril de 1881, en: E IV, 42-43.

O carrossel dos encuentros também é significativo para o conhecimento do estilo das intervenções propias de don Bosco. O seu padrão é, em efeito, a intervenção breve, oportuna, é estimulante para o interior, realizado com uma atitude de respeito e confiança. Así são exatamente as entrevistas de Dom Bosco no Instituto das Hijas de Maria Auxiliadora e na vida de María Mazzarello.

3. Mediação das opiniões

Uma alusão especial, dada a liberdade de uma comunicação, se impõe para nomear e nomear para as algunas mediações significativas da relação que se estabelece entre Dom Bosco e María Mazzarello.

Ya se ele audacioso ao preponderant papel de mediador do primeiro desenvolvimento do espírito, depois, de don Bosco, jugado por don Domenico Pestarino (1817-1874), professor precioso da vida espiritual de María Mazzarello. Primeiro diretor do Instituto, desempeñó su papel com uma discreta presencia y eficaz, refiriéndose, como é natural, a Dom Bosco, mas utilizando um intenso trabalho paroquial.

Dom Giovanni Cagliero (1838-1926) diretor geral da antes da morte de Pestarino, se apresentar como mediação privilegiada da solicitação de don Bosco para o Instituto naciente. O presente trabalho foi entregue com responsabilidade a Dom Bosco, este é um presente autoritário na vida do Instituto e sua palabra es acogida, como foi o de Dom Bosco, do portal portuário oficial. Com frecuencias Dom Bosco, o mismo quien confía uma sagacidade e experiência cosas que se refieren ao Instituto. A relação de abertura cordial e filial é especialmente se manifiesta com confianza singular, delicado e intenso afecto por parte de la Madre hacia él. Las cartas são um testemunho explosivo de ello.
Dom Giacomo Costamagna (1846-1921), diretor local, conocido por sua particular "exuberancia" ao querer formar em las Hermanas, detém o mérito de haber llevado em "O estilo de vida e as tradições de Valdocco". O saldo da Madre Mazzarello hizo que en la estima recíproca, na caridade, se lograse manter um clima de alegre serenidad salesiana, aun dentro da tensión ascética impuesta por él.42
41 Cf. cartas de Madre Mazzarello a don Giovanni Cagliero : 29 de dezembro de 1875, en: Po. SADA, Lettere, p. 53; 5 de abril de 1876, en: Ibid., P. 58; 8 de julho de 1876, en: Ibid., P. 64; 27 de dezembro de
1876, en: Ibid., P. 73; 27 de setembro de 1878, en: Ibid., P. 85. Sobre a figura do Cardeal Cagliero, cf. G. CASSANO, Cardeal Giovanni Cagliero, 2 vol., Turim, SEI 1935.

42 Cf., por e-mail, as cartas de don Costamagna a Madre Mazzarello de 19 de fevereiro de 1877 e de 20 de novembro de 1878, em: AGFMA.

Don Giovanni B. Lemoyne (1839-1916) proveniência da experiência salesiana e "gratificante". Não é fácil de encontrar em Mornese, mas em permanência em Nizza Monferrato de uma preciosa colaboração tipicamente salesiana para a vida de comunidade, com discernimento e oportunidade. Sus intervenciones formutes orientan también la acción educativa. Com a mãe, estabeleceu um relacionamento, sencilla, familiar.43
Estas figuras contribuíram para reavivar a relação entre Dom Bosco e María Mazzarello e o estudo da mediación sigue por ser um acampamento por explorar. A documentação relativa aos períodos de permanência em Mornese es escasa, es verdad, per le significado de su mediación es tal, que debe estudiarse.

4. Significado da Relação em Perspectiva de Espiritualidade

A reconstrução da ordem cronológica do relacional de Dom Bosco com María Mazzarello lê-se, por último, como uma indicação da relação espiritual que ocorre entre os santos.

Tem uma habilidade especial para comunicar com o veredicto, María Mazzarello, se revela dotada também de uma capacidade viva de asimilación da espiritual propuesta de Dom Bosco, também porque se tem uma presencia de elementos que se preparam para a espiritualidad salesiana Que están ya en su formación.

A espiritualidade cristocéntrica, mariana, apostólica, fundamentada sobre uma constante, propria virginal do grupo das Hijas da Imaculada, guiada por Pestarino na escola do teólogo Frassinetti, convergência convergente nas propensões de Dom Bosco. se a casa además o vigilante de atenção por conocer el espíritu de Dom Bosco, viver em fidelidade a sus intenciones ya los ejemplos de su santidad.

A partir da leitura dos "fatos", constatamos que o pedido crescente da Mãe de se conformar à espiritualidade salesiana não é uma busca de apoio ou segurança, mas enfatiza que a Madre insiste em penetrar no espírito de Dom Bosco para enxertá-lo e renová-lo no meio ambiente. programa educativo em Mornese. Os conteúdos que Dom Bosco propôs direta ou indiretamente foram assumidos pela Mãe, mas viviam em seus quadros, com caráter de austeridade, simplicidade e entrega contínua.

. Veja as cartas de Madre Mazzarello a Don Lemoyne: 14 de dezembro de 1877, em: POSADA, Lettere, p. 78; 17 de março de 1879, em: Ibid., P. 95; 9 de abril de 1879, em: Ibid., P. 97; Dezembro de 1879, em:
Ibid., P. 134.

44 Ver POSADA, Giuseppe Frassinetti e Maria D. Mazzarello, p. 131-132.

Voltando à apresentação inicial sobre a consideração da relação entre os santos considerados pelos autores salesianos, pode-se concluir que esta relação não possui o caráter de dependência absoluta ou imitação passiva. Dom Bosco encontra uma mulher com quem, numa atitude de respeito, confiança e liberdade, pode realizar um projeto de vida e ação que não é indiferente naquele momento. É uma relação de colaboração responsável, realizada através da assimilação criativa da espiritualidade salesiana.

5. Observações conclusivas

O limite de uma comunicação me forçou a prosseguir, talvez esquivando-se. Mas o campo de investigação mostrou-se vasto e ainda aberto. A necessidade de uma hermenêutica correta das fontes é imposta e minha intenção ainda está em uma perspectiva muito ampla. O caminho da pesquisa deve ser aprofundado e o estudo de um relatório sobre a importância de Dom Bosco e Maria Mazzarello, também em seu conteúdo essencial, será frutífero para o futuro das duas congregações que trabalham na Igreja.

O INSTITUTO DAS FILHAS DE MARIA AUXILIADORA. EM RELAÇÃO AO DON BOSCO *

María Esther POSADA
O assunto desta comunicação é logo amplo e complexo. De fato, é necessária a explicação da relação entre o historiador e a realidade eclesial salesiana de Dom Bosco (HNLA) e seu fundador São João Bosco. A explicação da relação que o Instituto amadureceu durante seus 116 anos de história exigiria, não apenas um estudo mais profundo, mas também um espaço menos limitado que o de uma comunicação.

Tema e espaço me levam a fazer uma escolha histórica, reduzindo o assunto dentro dos limites das origens do Instituto e, nesse período, os primeiros dezesseis anos de sua existência, que, como espero mostrar neste estudo É um relacionamento estabelecido com o Fundador cujo resultado aparece paradigmático para o Instituto em diferentes etapas de sua história?
Tendo declarado minha escolha e mesmo antes de apresentar a estrutura do assunto, penso que é necessário indicar pelo menos algumas observações preliminares requeridas por seu contexto.

1) O contexto histórico-eclesial em que aparece o Instituto de lilasda H1VLA é um tempo de sofrimento e crescimento, crise e vitalidade religiosa. Giacomo Martina afirma que a situação dos institutos religiosos na Itália na década de 1970 revela uma dupla antinomia: crise interna persistente em instituições e iniciativas prósperas e novas fundações.3
A tradução castelhana do dispositivo técnico pertence ao autor da comunicação (nde). O Instituto, fundado em Mornese (província de Alessandria, diocese de Acqui), reconhece como cofundadora Santa Maria Dominga Mazzarello (1837-1881). Sua finalidade é a educação da juventude feminina dos ambientes de popithres, através de diferentes obras e atividades; incluindo: escolas e faculdades, catequese, oratórios ou centros de juventude.O Instituto tem direito pontifício desde 7 de dezembro de 1911. Atualmente (1988), possui 17.167 freiras, distribuídas em 72 províncias e 5 visitas, presentes em 1.495 casas de 72 nações.

2) O FJ nuevo florecimiento dos institutos sondava um processo juridico de veces inexisting o bien inadecuado y de la lenta elaboración, especialmente na Itália y en particular para los institutos femeninos.4 Por outro lado, a evolução da legislação promove a expansão da A vida religiosa
feminina.5 A mi parecer, esta situação afeta sobre a atividade de fazer Bosco en ordenar a fundação de um novo Instituto de Hermanas; Se por um lado, se é estimulado pela gradual aceitação da mulher no campo da acção social e educativa, por otra inclui a exigência do processo de aprendizagem que se encontra nos novos institutos. É, en efecto, se aparecer de uma forma inicialmente reticente a fundar y, más todavía, hacer aprobar por la Santa Sede e o Instituto ya fundado.
3) La seguidora observación se refiere à diversidad del grupo inicial de la HMA en relación con el los los salesianos. Estos comprovado em seu prefeito parte do ambiente de Valdocco, es decir, fueron muchachos educados diretamente a Dom Bosco; "Um olhar superficial sobre a situação dos institutos religiosos na Itália por volta de 1870 revela uma dupla antinomia, difícil de explicar pelo menos à primeira vista: uma crise persistente de instituições como um todo", disse. muito mais cedo que as leis subversivas, um florescimento de iniciativas construtivas e uma expansão rápida e exuberante "(G. MARTINA, A situação dos institutos religiosos na Itália por volta de 1870, en: Igreja e religiosidade na Itália dogo l'Unità [1861-1878] PW1, Milan, Vita e Pensiero 1972, p. 194).

4 «O recurso contínuo destas fundações [femininas] em Roma coopera [...] para aumentar tanto a sua importância [...] como a autoridade da Igreja na Estatística em que se verifica que
actua . Se alguns elementos são facilmente aceitos [no procedimento] outros precisaram repensar "(G. ROCC.A, As novas fundações religiosas femininas na Itália de 1800 a 1860, en: ASSO
CIAZIONE ITALIANA DA HISTÓRIA DA IGREJA, Problemas da noria da Igreja: da Restauração aos Procedimentos de Unidade da VI Atualização da Convenção [Pescara 6-10 setembro 1982], Nápoles, Edizioni Dehoniane 1985, pp. 171-172).

Nos encontramos em realidad con situaciones antitéticas: "Por um lado é gradualmente reconhecido dar mais espaço na vida ativa, particularmente na assistência e ensino fundamental. Por outro lado, a legislação eclesiástica do século XIX começa a evoluir, reconhecendo esses institutos, até agora não oficialmente considerados como "religiosis, os atributos essetwinli da verdadeira vida religiosa" (MARTINA, The situation, p. 200).

6 "Uma falta que pode parecer uma anomalia na vida de Dom Bosco é que ele não pediu e nunca decidiu pedir a Roma a aprovação das Filhas de Maria Auxiliadora. Isto é ainda mais desconcertante, quanto mais se paga ao contexto em que se situa, na comédia de uma mentalidade que é trazida para dar grande importância à pessoa do Papa e às prerrogativas que a religiosidade católica da época afirma e exalta. [...] Por um lado, para salvaguardar a Sociedade Salesiana da fisionomia com que sonhava, escapa às pressões episcopais de Turim, por outro, quase ao mesmo tempo, por um movimento afetivo semelhante, recusa-se a sofrer em Roma sobre o Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora »(STELLA, Dom Bosco I, p. 203-204).

'MB IV, 429.

espiritualidad y estructuras propias: "Filhas de Santa Maria Immacolata" de Mornese.8
4) A última observação de natureza documental. Eu sustento estas declarações de que não há necessidade de elas serem históricas-críticas sobre este tema.9 A historiografia salesiana a respeito, portanto, pretende reconstrucciones lo más atendibles posible, se sitúa en línea de relato edificante más que en vertiente científica.m Hacía falta, pues, trosajar sobre documentos de primera mano, que filho escasos, pero importante! ' A búsqueda, a encaixe, o tamático crítico das energias, a publicação de editais críticos sobre o material existente é indispensável para uma hermenêutica correcta no âmbito da história da TIMA.

Uma vez que se faz referência ao contexto das energias históricas, dedico a atenção à questão que se encontra entre os polos da relação do futuro: o primer núcleo das HMA, grupo em transformação e realmente modificado pela intervenção de don Bosco, e o mismo don
Semente de uma única fila que hacia surgir 1851 na paróquia de Mornese, por meio de Angela Maccagno (1832-1891). Dom Domenico Pestarino deus um impulso para o grupo como guia espiritual inicial. O teólogo genovês Giuseppe Frassinetti compilou uma série de réplica em um projeto de Pestarino baseado em um esboço de Angela Maccagno. La pía unión tomó el nombre de "Novas Ursulinas Filhas de Santa Maria Immacolata", bajo a protecção de Santa Úrsula y Santa Ângela Merici (cf. G. FRASSINE111, Obras Publicadas e Meditadas. Obras Ascéticas, vol. II, Roma, Postulação Geral dos Filhos de Santa Maria Imaculada 1909, P. 108ss; ME POSADA, Giuseppe Frassinetti e Maria Domenica Mazzarello, relação histórico-espiritual, Roma, LAS 1986).

9 O Capítulo dedicado às Hijas de María Auxiliadora na crítica de P. Stelada anterior é um estudo documentado e estimulante, um sintético, que considera como o primeiro sobre o argumento. Se é necessário manter a encíclica das Constituciones primitivas de las HMA, preparada por Cecilia Romero. Trata-se de um grave estudo que, no entanto, se refere à investigação do texto y sobre sua colocação colonial
(cf. G. Bosco, escritos publicados e inéditos, vol. Constituições para o Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora [1872]. 18851, Textos críticos editados por Ir. Cecilia Romero FMA, Roma, LAS 1983).

Um estúdio sobre a génese da fundação publicada por ocasião do centenário da morte de Dom Bosco (cf. ME POSADA, Nas origens da escolha. Dom Bosco, Fundador de um instituto religioso feminino, en: R. GIANNATELLI [ ed., Pensamento e praxis de Dom Bosco, Roma, LAS 1988).

'Así en las MB; cf. también: História. Tampoco son studios críticos, tão fundamentais para a história da Sociedade Salesiana do Instituto das Hijas de María Auxiliadora: Anais; G. CAPETTI, A viagem do Instituto ao longo de um século, 3 vol., Roma, Instituto das FMA 1972-1976. Em geral é estudios se funda, en general, a historiografía do Instituto.

"Documentos existentes no AGFMA y en ASC, especialmente no" Don Bosco Fund "(ASC 131-175). Parece conveniente especificar que as primárias do Instituto de las HMA son tardías e incompletas. 1887. Estos y otros documentos posteriores como los Esclarecimentos sobre os primórdios do Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora se apresentarem como arquivos sintéticos ou resurados. Se necessário, por um longo tempo, uma minuciosa análise das notícias e documentos, mais bien fragmentarios. , a mi parecer, no momento heurístico de um proceso de reconstruccionón Enorientar, se é que se refere a todos os documentos, portanto incomletos, resultan importantes.

Forest, no momento da búsqueda, da eleição e da fundação do Instituto, é também uma dinâmica de transformação, de continuidade, de mismo, de rotura com esquemas anteriores, de novedad de vida e de obras.

Extensivamente extinguindo essa dinâmica dentro das limitações que ele tinha, ele poderia identificar momentos, de durabilidade, quais seriam as diferentes formas de um relacionamento único. O tema principal do tema é justamente estes três momentos sucesivos:
1) uma nova orientação espiritual no grupo das Hijas de Santa María Inmaculada (1860-1870);
2) a verdadera opción historical: o momento da fundação (1871-1872);
3) progressão progressiva da educação médica no grupo e na relação miserável estabelecida com Dom Bosco (1872-1876).

1. Una nueva orientación espiritual (1860-1870)

O grupo das Hijas de Santa María Imaculada (HSMJ), comprometido em um ritmo intenso de vida cristã e diversidade nas várias paróquias, "estabelecido dirigido habitual e imediatamente por Dom Pestarino", y giraba na órbita espiritual do teólogo genovés, Giuseppe Frassinetti. " Entrou pela primeira vez com o padre Giovanni Bosco a través da mediación pessoal do mismo don Pestarino.

Os dados documentais não coincidem em sua implementação ", o tenan de Santa María Imaculada é como" obter a santificação de alguém e ajudar a saúde dos vizinhos [praticando] em obras corporais de misericórdia, especialmente ajudando pobre doente do lugar "(Regula da Pia União das Filhas de Santa Maria Imaculada, I, 1; HL 37).

13 Don Domenico Pestarino (1817-1874). Originalmente de Mornese, trata-se de um seminário de Génova, do mais conhecido como tarde prefeito. Regresou em Mornese em 1847 e trabalhou intensamente na renovação espiritual da paróquia. Diretor de Espiritual de Santa María Domenica Mazzarello, durante 27 anos, diretor do grupo Hijas de Santa María de Inmaculada y, más tarde, diretor do local e expansivo da Primeira Comunidad das Hijas de María Auxiliadora. La correspondencia de don Pestarino, conservada en el ASC é clasificada con este título: Pestarino don Domenico, sac. fundador das obras salesianas de Mornes [ASC 275, 1, 3] (cf. F. MACCONO, Apóstolo de Mornese. Sac. Domenico Pestarino, Turim, SEI 1926).

Giuseppe Frassinetti (1804-1868). Prior da iglesia de Santa Sabina (Génova). Moralista, escritor de obras ascéticas, pastor e diretor espiritual. Por deseo de Pestarino, ele preparou e publicou a Regra da unidade das Hijas de Santa María Imaculada, y animador espiritual do grupo (cf. G. FRASSINETIT, Trabalhos Ascéticos. Introdução e notas de P. Giordano Renzi FSMI,
2 vol., Roma, Postulação Geral dos Filhos de Santa Maria Imaculada 1978; POSADA, Giuseppe Frasinetti).

En uma memória do cartão. Giovanni, Cagliero, depositada en el AGFMA, se "esta reunião e visitas subseqüentes ocorreram em 1860, 61, 62 e 64" (Memória do Cardeal Giovanni Cagliero, 15 de fevereiro de 1922 na AGFMA). A História e Biografia de Santa Maria Mazzarello, Dom Ferdinando Maccono, cita uma testemunha de padre Giuseppe Campi, de Morano. El encuentro habría tenido lugar "rumo a 1862" (Testemunho de D. Giuseppe Campi em: AGFMA; cf. Cronologia I, p. 111; F. MACCONO, S. Maria Domenica Mazzarello, Co-fundadora e primeira Superiora Geral das Filhas de Maria Auxiliadora Vol. I, Turim, Instituto das FMA 1960, p. 100). O autor da Cronistoria, o M. Clelia Genghini, que secretário-geral do Instituto de las HMA, com base em várias investigações hechas por ella misma,

en el lugar donde ocurrió, l6 y ni siquiera en el contenido, do cual existen versiones no unívocas. Todas as versões indígenas do elemento importante: o entusiasmo de Dom Pestarino hacia a pessoa e a obra de Dom Bosco e os interesses de Bento, a partir de um grupo de HSMI por Pestarino.18 O embargo, as mismas não coincidem O modo de el com o elfo político entra no órbita de don Bosco. Algunas versiones apresentam a Dom Pestarino como o que se "reencarnou" a Dom Bosco e ao grupo da Imaculada sem petição anterior; "en otras, es don Bosco mismo quien, oyendo hablar to don Pestarino, se" mueve ", empujado por su interés hacia el grupo. " O testemunho dos distúrbios em Dom Bosco para financiar um instituto feminino, 2
16 Na memória citada do cartão. Cagliero se lee: "Lembro-me que padre Pestarino me contou que conheceu Dom Bosco em Gênova, na casa do pároco Frassinetti de S. Sabina". Dom Campi afirma o encuentro tuvo lugar em uma estrada em que tudo isso leva a Dom Bosco ya Pestarino desde Acqui em Alexandria. Este testemunho é reconhecido pela Cronistia y por Maccono.

"[Dom Pestarino] apreendido pela reverência por suas virtudes [de Dom Bosco] ele se pediu para vir
a Torno" (G. CAGLIERO, Memoria, en: AGFMA).

A Crônica, com a ajuda de Dom Pestarino para a obra de Dom Bosco, mostra a importância das hijas de Santa María Inmaculada, que fazem Pestatino directia, reconstruye, de hipotético e imaginario, el diálogo entre los dos sacerdotes, do que, na realidade, se preservam apenas algunos detalles (cf. Cronistoria, I, p. 114-116).

19 É significativo o testemunho do padre Rua, Sucessor de Dom Bosco, no procedimento ordinário para a canonização do mismo de Dom Bosco: "[Pe. Pestarino] com pedidos calorosos, parece que ele adotou [a União da Pia] como sua família espiritual. D. Bosco vendo o bom espírito, a piedade e a mútua caridade que fluía reinou, deixando o Sacerdote D. Pestarino à frente das mesmas [Filhas de Santa Maria Imaculada e depois FMA] até que o Senhor o manteve vivo (1872) [sic] "(M. RUA, Deposição em: SAGRADO RITUUM CONGREGATION, Taurinen. Beatificationis et canonizationis Servi Dei Dei Joannis Bosco Sacerdotis Fundadoris Piae Societá Salesianae, Positio super Introduçãoe Causae, Summarium super dubio, p. 323). Citaré: Summ.

20 Es la tesis más afirmada en los documentos do Instituto (cf. Schiarimenti, p. 3-4), donde é de énfasis à pertenencia de don Pestarino à Salesian Sociedad. O documento é interessante para todos os aspectos e, em minha opinião, a Memória Autográfica de Dom Pestarino, da qual ele propõe a intervenção de Dom Bosco, respeitando a idéia de uma fundação. O documento não tem a referência do primer encuentro. Parte de 1871: "No século XIX setenta e um o louvável Sacerdote D. Bosco expôs a Domenico Pestarino Domenico [...] seu desejo pela educação cristã das meninas pobres e declarou que Mornese seria o lugar que ele conhecia melhor. [...] desde que já tenha havido o trabalho da Congregação Cigana sob o nome da Imaculada e das novas Ursulinas ... »(D. PESTARIN0, Autograph Memory,

21 Así afirman los Lightening.

22 «[Dom Bosco] não veio na decisão [fundar] até que a Providência viesse ver o
A mi parecer, en el encuentro, ocurrido provável en el verano de 1862, don Bosco halla el camino definitivo para a atuação de ui proyeco que estaba madurando desde hacia mucho tiempo.23
from momento aquel, los hechos Nos llegado han com prefeito credibilidad y claridad y la implicación del grupo, Movido por siempre don Pestarino, Aparece mais evidente y efectiva. A relação com Dom Bosco se vai perfilando en tres direcciones:
a) en orden a su persona, que se levanta no grupo de admiração, respeto, veneración por sua personalidade e fama de santidad;
b) Ordenação sobre obra educativa, que envolveu toda a população de Moreno, especialmente na primeira visita do santo ao pueblo em 1864: 25 a HSMI se vive especialmente afetadas na preparação desta visita; e depois da proposição de don Bosco para toda a população de fundar em Mornese um colegio para muchachos, se comprometido ellas em primer lugar no trabajo de construcción do edifício; 26
c) em orden um projeto não resolvido que Dom Bosco vai se manifestando lentamente em suas visitas a Mornese años sucesivos "'y que culmina em um" pnigrama "de vida espiritual propuesto a todo el grupo hacia 1869.28
A implicação mediou mais efectivamente o grupo de HSMI no órbita de aperse evidentemente a vía. Um sacerdote piedoso, Pe. Domenico Pestarino etc. "(M. RIJA, Deposition, en: Summ., P. 323).

"Cf. POSADA, Para as origens, p. 162-169.

24 Cf. História I, p. 148-150. Pelo contrário, um papel de padre Pestarino ao padre Rua, com a visão da enfermedad de Dom Bosco em Varazze, aos finais de 1871, me parece interessante. : "Tive a consolação, na tristeza, de nos ouvir perguntar de quem, se eu os permiti, fez o holocausto de sua vida para obter a saúde ea vida de Dom Bosco, que repeti outros, prontos para morrer [.. .] e fará o holocausto para a santa comunhão »PESTARNO, Carta à don Michele Rua, Mornese, 17 de dezembro de 1871, manuscrito original, en: ASC 275, 1, 2 [2] Pestarino).

25 «Em outubro deste ano [1864] o Reverendo e celebrado Dom Bosco de Tocino passou de Momese com 60 e mais de seus jovens, com banda musical etc ... com quem por algum tempo, por graça de Deus, eu havia feito uma conexão e fomos entendidos em muitos pontos; com ele expressei meu pobre espírito e meus planos. Chegado aqui e acolhido pela população da melhor maneira possível, ficou quatro dias, em que teve uma bela função na Igreja, academia em Borgoalto; e enquanto isso eu saí do meu desejo de fabricar em tal Mogo ... "(Conto - Memória da Fábrica de Borgoalto. Cópia Allográfica de uma história atribuída a Don Pestarino, en: ASC 409, 1, 5, f. 4).

26 Cf. Ibid. 2SS; História I, p. 147-154.

n Dom Bosco hizo diversas visitas em Mornese (cf. Cronologia I, p. 204-239). Documentos importantes para reconstruir a relação entre Dom Bosco e Pe. Pestarino e as visitas do Santo em Mornese são cartas autófrafas de Dom Bosco ao mismo de Pestarino (cf. ASC 13101). 28 A Crônica habla de um "Horario-Programa de Vida", escrito por el mismo don Bosco em abril de 1869 (cf. I, p. 222-224). C. Romero no estudo da lei como resultado do HMA se expresa así: "Sena querendo entrar na questão da existência e datação deste regulamento parece ser capaz de afirmar que não é uma questão de um texto normativo concernente à vida religiosa de uma comunidade "(C. ROMERO, Nas origens das Constituições do Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora, en: Bosco, Scritti editi, p. 32).

San Juan Bosco, este como aparece neste decênio de transformação, é de caracterizar estritamente espiritual, é decantar, revela uma experiência interior que se expressa, para uma parte do grupo, na admiração pela pessoa e na obra de Dom Bosco y en a primeira abertura para sus orientaciones directas. Dom Bosco manifestou interes, mas no mismo tiempo ponderación realist de uma opción a través de encuentros mediatos e inmediatos com um grupo de que llega conocer bien la spiritualidad y la actividad.

2. A verdadera opción historic: o momento da fundação (18711872)

Do ponto de vista histórico, a génesis de um instituto religioso não pode reduzir à fecha de su fundación. A génese é um processo de duração diferente das segundas vicisitudes históricas que atravessa o instituto. No dia 5 de agosto de 1872, tornou-se o Instituto das HM reconheça como a sua fundação e corresponda, efectivamente, a celebração das primeiras profesiones.

Documentos atendíveis referentes à génese do Instituto nos permitem verificar as modificações de importância no período entre 1871 e 1872. Consideramos este tempo como o momento da fundação. São modifi cações para serem encontradas no estable entre Dom Bosco e o HSMI.

Um autógrafo cartão de Madre de Don Bosco Henriqueta Dominici, Superior Geral de Sisters las' da Providência de St. Anne", 29 nn coloca ya frente uma decisão de Don Bosco ya un proyecto de Fundação. Pide a la Mãe Dominici ayude en la que le de Redacción um esbozo de Reglamento para "encontrado um instituto cujas filhas que diz respeito à Igreja são verdadeiras religiosa, mas em face da sociedade civil são igualmente livres da cidade" 3 ° This decisão do manifestaría um su Capítulo (Consejo) superior.31
29 Madre Enrichetta Dominici (1829-1894). Nació en Borgo Salasio, Carmagnola (Turín). Entrou no Instituto fundado para a marquesa Barolo en Turín, os Hermanas de Santa Ana da Providência, dedicados à educação popular. Fue Superiora general por 32 años. O personalidad de la Madre Dominici Debio de seguridad dar a Dom Bosco, sabiduría y por su gobierno de Don (cf. Eve heróico. Páginas autobiográficas de Irmã M. Henrietta Dominici das Irmãs de St. Anne da Providência. Introdução e notas Morazzetti SP , Tivoli 1951). La Madre Dominici fue prodamada Beata em 1978.

Carta de Dom Bosco à Madre Enrichetta Dominici, Turim, 24 de abril de 1871, autógrafo original: ASSA.

"Fuentes y estudios indica que o 24 de abril de 1871 e fez em Dom Bosco se comprometeu oficialmente ante o Capítulo Superior em relação à fundación de uma instituição feminina. Para esta afirmação se citam as actas desta día (cf. STELLA , Dom Bosco I, págs. 188; MB X, 594; História I, p. 241.) Em ASC não existe dees esño año (cf. ASC 0592) y noticia no se encuentra in las actas sucesivas en Apenas uma testemunha de Dom Paolo Albera, pedido por don Rua, relata el hecho atribuyéndolo año 1870 (cf. ata de 25 de dezembro de 1907, en: ASC 0592; cf. Summ. l. Substantialia causae, 68 e segs.) .

O artigo contém, à luz, elementos preciosos para identificar, não apenas os fundamentos do primitivo códice do HMA, mas também a identidade jurídica do novo Instituto. Aparece, además, significativo que Dom Bosco se refere a uma mulher para a elaboração da base da Regla y que escoja ao superior de um instituto religioso dedicado à educação de muchas do meio popular.

Pero también por parte do grupo de HSMI se ocorrer uma opção verdadera. O grupo, que tem seu nome em relação a Dom Bosco, se há uma decisão para decidir um novo compromisso na vida e beleza de uma perene mais estraté para o príncipe do Santo Turinés.32 Uma parte do grupo "Novas Ursulinas" (HSMI). ) rechaza abi the probuesta de hacerse «religiosas» demostrando conciencia del cambio radical en su condición de vida. Otras se tornam rápidas, dando a oportunidade de saber que realizando uma opción ya ponderada. Otras se adhieren más tarde, mostrando también ellas que tenían a «sensación» da mudança.33
A Memoria autógrafa de don Pestarino resume como a primeira reunião que se fosse 29 de Enero de 1872 para o superior de um Capítulo superior:
«[...] no lindo dia de São Francisco de Sales, e explicou quanto Dom Bosco lhes havia aconselhado (a Pe. Pestarino), chamado Veni Creator Spiritus com o Crucifixo exposto acima de uma pequena mesa com dois castiçais acesos, passamos para o voto, sendo em número de 27, fazendo então ler os votos recebidos de D. Pestarino, de Angela Maccagno Maestra do País, e até agora Superior daqueles que vivem em sua família. A votação resultou em 21 votos a Maria Mazzarello de Giuseppe delta di Valponasca [...] e a segunda Assístente foi votada por Petronilla com 19 votos; estes dois foram retirados e nomeados para a Maestra da Noviça Felicina [Mazzarello], e Economa Giovanna [Ferrettino] e para a Vicaria ou Vicesuperiora para os da cidade, Maestra Maccagno. O Laudate Dominum publicou e finalizou o
Você está mais perto do lugar das primeiras profesiones. Que se adhirieron ao projeto de Dom Bosco se o traduz para o colégio que, em um primeiro momento, destinou, na intenção de Dom Bosco, aos de muchachos de Mornese. Ahora se convertia na Casa Madre do Instituto de las HMA. O histórico-eclesial «sello» de tal transformação do grupo de simples «Pia Union» parroquial em instituto religioso o pendo a presencia do obispo de Acqui, mons. Giuseppe Maria Sciandra, durante a função das profesiones; e o histórico-salesiano "sello" foi a presença do Fundador que, pela invitación del mismo obispo, dirigiu a palabra às las nuevas profesas, precisamente como Fundador. "
32 Cf. PESTARINO, Memoria A, en: AGFMA.

33 Cf. História I, p. 272-274.

34 PESTARINO, Memória A, en: AGFMA. "Loc. Cit.

Leyendo superficialmente os noticias que se você os coloca fora da pareceía que Dom Bosco não demuestra uma conciencia "histórica" ​​da hecho que se estaba realizando o 5 de agosto. Efectivamente, não se pode estar presente nas profesiones, 36 aparece como forzado a, 37 y sal inmediatamente de Mornese que se assina aparezca en el Acta de fundación.38 Sem embargo, su presencia, a invitación del obispo para dirigir a palabra a las nuevas profesas, a aceitação que é feita do Instituto em presidência do mismo obispo, revelou a qualidade da relación que se tem agora com as fma ante la Iglesia y la historia.

De uma implicação simples, porém profunda, en la espiritual, a relación de las FMA en ordenée à pessoa ya a misión edesial de Dom Bosco se se transforma em uma relação de carácter histórico que supõe uma dependência real do Fundador y se abre a acepção de nuevo vínculo, el jurídico, com a aceitação do novo Código de pertenencia. Éste, desde as primeras e imperfeitas fases de su planteamiento, lleva ya a marca da pensamiento y do espíritu de San Juan Bosco.

3. Una progresiva conciencia de pertencia jurídica (1872-1876)


De la observation atenta of modus vivendi de las primeras HIVIA como aparece nas Reglas e das noticias que as crônicas, se deduzir um estilo simples, pobre, sereno e austero, centrado totalmente na configuração da comunidade primordial e en el Compromisso apostólico entre las muchachas, especialmente las internas.

O embargo, algus casos, inmediatamente posteriores a fundación demuestran uma progressão maduración na consciência y na estructuración jurídica do Instituto, conciencia que incide sobre a relação que se estabeleceu dentro da comunidade primitiva e seu fundador.

Em 1874 e em vida de Dom Pestarino, Dom Bosco passa a fazer as medidas legais de importância: a eleição de um diretor geral do Instituto, "na pessoa de um de meus salesianos salesianos, don Cagliero, 41 y el nombramiento de una superiora". general en a pessoa de Sor María Do / 11in, Mazzarello que esteve envolvido na presidência da comunidade com o professor, Vigário ".

"Cf. Cronologia I, pág. 297.

"Cf. Ibid., P. 307.

78 Minutos relativos à fundação do Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora, erigidos na diocese mornesiana de Acqui, 8 de agosto de 1872, copiam autenticamente, em: ACVA Registri, 15, 520-522.

39 Cf. ROMERO, Às origens, en: Bosco, Scritti editi, p. 34-49.

40 Somente do Manuscrito F de las Constituciones HMA faz a figura do Diretor Geral do Instituto. Nos los manuscritos precedentes se diz que o Instituto está bajo a direcção directa do Superior geral da Sociedade de San Francisco de Sales (cf. Manuscritos
A-E y F, en: Bosco, Escritos publicados, p. 209-252).

Giovanni Cagliero (1838-1926). Em 1874 prefixo nombrado diretor geral das Hijas de María Auxiliadora. Em 1875 ele compartilhou uma responsabilidade pela primeira vez na Argentina. Em 1884, León XIII nomeou obispo titular de Magida e le confió el vicariato apolo tólico de la Patagonia. Em 1904, Pío X confiou a visita apostólica na diocese de Tortona, Piacenza, Albenga e Savona, enviándolo luego como Ministro plenipotenciario e Delegado apostólico de Centro América. Em 1915, Benedicto XV nomeou cardenal e miembro das congregaciones de Religiosos, de Propaganda Fide y de Ritos. En 1920, obispo de Frascati. Murió en Roma em 1926 (cf. G. CASSANO, Cardeal Giovanni Cagliero, 2 vol., Torillo, SEI 1955).

O porqué do nomencamiento de don Cagliero está justificado por la posibilidad, para parte de Dom Bosco, segue directamente ao Instituto y de su visión sobre a expansión do mismo. Mas,
no mês de março de mismo año 1874, Dom Bosco apresentou uma "Resumo" da "Pia Sociedade Salesiana" à Congregación de los Obispos y Regulares. en orden a la aprobación de las Constituciones Este "Rías. resumo" hacía alusión a fundación de Mornese en términos muy sucintos. "
Em dissuasões, sugestões, esclarecimentos sobre a estrutura jurídica do Instituto, Dom Bosco dirige a aprovação diocesana do mismo e das Constituições em uma mudança, procedendo à revisão das éstas46 com o deseo de presentarlas al obispo de Acqui, el mismo mgr. Sciandra que presidió las primeras profesiones.

42 A primeira eleição do Capítulo Superior do Instituto, o 29 de janeiro de 1871, foi elegida como superior (21 sobre 27 votos) Sor María Dominga Mazzarello. Ela "sugeriu que parecia deixar nas mãos de D. Bosco a escolha do prinia Superior" (PESTARINO, Memoria A, en: AGFMA). De fato, Dom Bosco era o superior geral, com o título de vicariato em 1874, cuando da eleição da Superiora geral. De hecho en el Manuscrito D, cuya fecha se coloca entre 1874 e 1875, aparece por primera vez a figura do Superior geral (cf. Bosco, Writings published, p. 85-95).

43 En el anno do nombramiento do Director Geral do Instituto existia, só a Casa central ou Casa madre de Mornese.

44 Es interesante notre que en Italia, antes de 1839, no se planta o problema do nombramiento de la Superior geral. Algunas dificultades é de ordem eclesiástico, otras relativas à condição física como, por ejemplo, as dificuldades de viajar, o que não entonece nenhuma parecía «nem conforme à prudência nem a algo decente que se faz religioso, de que o retiro deve ser um carácter distintivo com tanta frequência "(RoccA, Le nuove, p. 155).

45 «Como apêndice e dependendo da Congregação Salesiana, é a Casa de Maria Auxiliadora fundada com a aprovação da autoridade eclesiástica em Mornese diocqui d'Acqui. O objetivo é fazer para meninas pobres os salesianos fano para meninos. Os religiosos já estão em número quarenta e cuidam de 200 meninas "(Resumo da Pia Sociedade Salesiana de São Francisco de Sales em 1874, em: CONGREGAÇÃO PARTICULAR DOS BISPOS E REGULARES [...] Turim, Acima da aprovação da Constituições da Sociedade Salesiana [?] Março de 1874, en: ASC 0231).

46 Cf. Manuscritos E, F. de Constituciones primitivas en: BOSCO, Writings published, p. 99-123.

La petición para la aprobación é um documento altamente significante que refiere a origem do Instituto, sua fundação, sus finalidades, su desarrollo. ' O manuscrito é assinado por Dom Bosco, pelo padre Costamagna, diretor da casa local de Mornese e por Sor María Mazzarello. Es interesante observar, a la luz do contexto histórico do momento, ao lado da assinatura da Madre Mazzarello, Dom Bosco añadió, de su puño, a abreviatura: sup., Que demonstra a existência real de um Superior efectivo no Instituto. . "
Las cartas de Santa Maria Dominga Mazzarello, dirigidas en estos años Don Bosco, demuestran de dependencia y pessoal do Instituto Superior do prefeito, Don Bosco Escribe Santo.:
"Permitam ao Superior Maior Superior que eu possa recomendar-me às suas orações eficazes, para que eu possa cumprir todos os deveres que meu ofício impõe a mim e possa corresponder aos muitos benefícios dados a mim pelo Senhor e às expectativas da SV; diga uma daquelas palavras eficazes para Maria SS. para que ele possa querer me ajudar a praticar o que devo ensinar aos outros e, assim, ser capaz de receber de mim aqueles exemplos que meu grau me obriga a dar a eles >>.
Surgida em uma terra de implicação espiritual, espontânea pero profunda, consolida uma relação de eficácia efetiva de uma relação, a relação entre o HMA e San Juan Bosco se afirma como pertenciamente jurídica ao real do tronco salesiano. Esa pertenencia supone um singular y estrogo vínculo com o Fundador, quien, ao pedir a aprobación oficial do Instituto e de las Primeras Constituciones, como em próprio ante a Iglesia a paternidad real do Instituto.

4. finais de Observaciones

Eu disse no início destas reflexões que a relação estabelecida entre o primeiro MFA e Dom Bosco é paradigmática na história do Instituto. De fato, parece-me que podemos afirmar, em conclusão, que os elementos espirituais, históricos e jurídicos que constituem uma relação única agem entre si numa dinâmica de "circularidade" através dos diferentes momentos da vida do Instituto.

Esses elementos ou dimensões são especialmente enfatizados nas várias fases pelas quais o Instituto continua aprofundando seu relacionamento com o Fundador.

. "Cf. Dom Giuseppe Maria do Instituto Sciandra para a Aprovação e Constituições de Maria Auxiliadora das Filhas [SD] Manuscrito original, Cartella Mornese; cópia autenticada em cartório (Acqui 26 de janeiro de 1876 [?]) Em ACVA, Registros 17

48 Veja Loc. Cit.

Maria Domenica S. MAZZARELLO, Carta Dom Bosco, Mornese, 22 de junho de 1874, em: (ed.) ME POSADA, Santa Maria Domingas Mazzarello di Lettere, Co-fundadora do Instituto de Maria Auxiliadora das Filhas, Roma, Instituto das FMA 1980, pp. 51-52.

Nos tempos difíceis da separação legal do Instituto da Sociedade Salesiana, realizada sob o secundum Normae Quas, emitido pela Congregação de Bispos e Regulares em 1901 e em vigor no Instituto pelas Constituições de 1906, o Instituto aprofunda suas relações com o Instituto. o fundador e também a aquisição da autonomia jurídica, no vínculo espiritual com a Sociedade Salesiana na pessoa do Reitor Mor pro tempore, o ponto com o espírito das origens.

De 1907 a 1920, e precisamente através de esclarecimentos posteriores provocados no processo de beatificação e canonização de Dom Bosco, a Igreja, a Sociedade Salesiana e as Filhas de Maria Auxiliadora podem demonstrar de maneira incontestável o fundamento histórico da paternidade de Dom Bosco. No que diz respeito ao Instituto das Mulheres, ele fundou e desapareceu todas as hipóteses de uma única paternidade adotiva, como o papel real de Don Pestarino para a fundação da FMA é esclarecido.

As forças revivalistas do Vaticano II levam os institutos religiosos à memória de sua origem e, ao mesmo tempo, à profecia do futuro, também pediu a dinâmica da "circularidade" para levar o Instituto a aprofundar o carisma das origens. O texto das Constituições renovadas aparece neste sentido como uma síntese de memória e profecia.52
Isso reflete sobre a história e a espiritualidade do Instituto apareceu mais definido apresenta a figura de Santa Maria Domenica Mazzarello. Dom Bosco, fundador do Instituto inequivocamente, não é o único e único fundador. Eficaz e essencial, a colaboração de Madre Mazzarello encorajou a Igreja a conferir o título de co - fundador no verdadeiro sentido.

A última observação é a nível metodológico. Contínua, progressista e circular é a busca contínua e progressiva do documento dinâmico para corrigir a hermenêutica nos diferentes setores: histórico, teológico, jurídico, educacional, pastoral, social, entre o Instituto e seus fundadores. Na minha opinião, o Instituto está nos pródromos do momento heurístico, talvez o mais delicado, mas também o mais fértil.

A heurística, a exegese e a hermenêutica são também dimensões de uma circularidade que conduz, em forma de espiral, a um continuum e diria uma investigação inesgotável do passado para o verdadeiro progresso da história.

"Cf. Normae secundum quas S. Congr. Episcoporum et Regularium prossegue Solet em approbandis Salesiano 1906).

51 Para um estudo dos processos de beatificação de Dom Bosco, ver P. STELLA, Dom Bosco III. Quanto à fundação do Instituto, na área dos processos de Dom Bosco e Madre Mazzarello, ver M. Mumil, Madre Mazzarello. O significado do título de Confondatrice, Roma, LAS 1982.

"Veja INSTITUTO DAS FILHAS DE MARY AUSILIER, Constituições e Regulamentos, Roma, FMA Institute 1982.

DON BOSCO E A
SOCIEDADE CIVIL, Giuseppe BRACCO


A ocasião do Centenário tem estimulado, sin duda, a atenção dos estudiosos sobre a história de Dom Bosco. No entanto, seguindo sua própria especialização (no meu caso, a economia), seguirei a figura de Dom Bosco, e significará que não me perderei no mundo se me mudei para a obra. I residencia en Turín has supuesto to mí a occasion or sort for some original documents of the documentación that fall of aquelí period.

This ocasion me gustar exponer a present the algunas considerations, mais that a speech complete, that required or other moment different, para presentear los estímulos, with their nuevas indecions, that is derivated of the investigaciones realizadas. Trataría también de dar uma nova palvra de lectura (sim se me permitires hablar) dos estudos conocidos desde hace tiempo y que han tem contribuído para formar uma imagen, consolidar ya, de que sució em aquellas décadas, sumariamente representativas para Turín, comprendidas entre 1840 e 1880.

Se viram novos documentos, por outro lado se ele viu que se aborrecesse a historia económica da Itália do século XIX de homem totalmente nueva, que se interesse também por Dom Bosco.

Hace unos treinta a pusieron de fashion in Italy os estudos de historia económica, por desgracia com uma predominante ideológica corente, que veía en la aplicación de materialismo histórico a verdad sólidamente erigida a la muchos acudieron, so sólo fuese para aceptar los resultados Aquellos estudios dieron um conocer. Digo esto, porque a visão que vem de veces do Turín do século XIX como de uma cidade que vive o período preliminar ao desprendimento do desenvolvimento industrial, parece hoy universalmente forzada. Não, se puede ya decir ou escribir, como se tivesse havido, que o Turín do século XIX recua a Londres da fase pré-industrial ou, peor aún, el Londres de
Os Primeiros Anos da Revolução Industrial. De luego que no: apenas considere que a revolução industrial turística e a italiana se tornaram claramente na década de 90.

Para uma informação mais abrangente sobre o tema tratado nesta comunicação, ver: G. BRACCO (ed.), Turin e Dom Bosco, vol. Eu, Turim, Arquivo Histórico da cidade de Turim 1989 (nde).

Tratando de construir, melhor posible, de aquella reajidad, estudiosos italianos, estudiosos franceses, estudiosos ingleses, en una.

labra, estudiosos europeos convièncias en la situación económica y social della la Italia y también del Turín de aquel periodo tuvo caracteristicas propias, pe .. culiares, que no se encuentran en otras partes. Para o desenvolvimento económico, se ele se comprometeu a fazer este lento desenvolvimento italiano, que garantiu a garantia de uma oferta de serviços de boa qualidade, capaz de responder à demanda de negócios e serviços que a sociedad italiana. Com esta premissa, se você tem mais informações sobre o quadro social e civil do Turín na mesma área que Dom Bosco.

Foi uma cidade que abriu um mercado muitíssimo aberto, com muitas actividades produtivas, sem obras industriais, mas de tipo artesanal, portanto, para a produção de veces técnicas de última geração para as empresas do resto da Europa.

O papel de capital, por outro lado, apresentava hoje em Turim com várias características, porque, um pesar de todo, Turim era a cidade de serviços mais que a cidade de produção. Turim se converter em cidade de produção sobre todo para a final do siglo.

Entonces esta ciudad de servicios exigy uma masa de homens, mulheres e camponeses, que vem com um empirical que recordaba todavía o moderno de la edad, cuando os pobres do campo, nos momentos de dificultad acudían as grandes ciudades, porque tudo mais provável encontrar recursos para a própria vida, que nacían da aplicação do viejo declo católico da caridade como instrumento real para a redistribución de la renta. Tanto para Turín muchos pobres, hoy dirriam marginados, não muito porque se encontrase nas vías de transformação económico-produtiva, até que a Turín esteve em todo o caso o centro do possível aproveitamento da oportunidade de sobrevivência.

Há que ter em conta que Turín era a capital de um ampino ampio, tal vez que o mayor em términos territoriais do contexto italiano (o formaban Saboya, Piamonte, Liguria, a zona da actual Costa Azul, a parte marítima e Cerdeña) e por. so en condiciones de ejercer uma queixa sobre a población pobre de um vasto território.

O Dom Bosco que existe em Turim, o portador dos valores que o levam à cidade, que se encontram em Piamonte. Y estos valores suyos en relación with the sociedad civil los explicita todos en el curso de su acción. Estar ciesta cidade com os valores antiguos significaba para manter esse hostse com um Municipio que deriva dos valores antigênicos dos Ayuntamientos libres y, para tanto, com uma autoridade cidadã que afeta uma toda a cidade; significabase com o Governo do Estado, com a monarquía por tanto, el rey, os ministros e também com uma ordem Iglesia. No me compete, desde luego, um mh hacer aquí a historia da Iglesia, mas é uma Iglesia que aparece mui en consonancia com uma tradición que es del Estado, que sustenta um certo modo de situación, en los siglas anteriores também en el XIX,

Um contraditório, parece que os primeiros actos, os primeiros primos pasos que dio Dom Bosco em Turín está de acordo com o plano que -tiene toda la Iglesia de Turín. Um dado que me tem ensopado, não é o que eu quero fazer entre os documentos de don Bosco que estão nos arquivos comunales, é que don Bosco não está sozinho. Dom Bosco atua com um grupo de sacerdotes, parecen todos orientados a um mismo, a intervenção no sector da marginalização e do malestar social, según esquemas que o filho também antiguos.

Há pessoas que chegam ao mercado como riqueza da Igreja do século XIX, de Borel a Cafasso, Murialdo e Muitos otros. Se você se lembra com o seu ponto de vista, você ficará com os nomes dos sacerdotes que passarão por Valdocco trabalhando com Dom Bosco, e não com a cabeça do fenómeno: Don Bosco no está nunca solo; trabaja, permítaseme término, com uma multitude de sacerdotes que trabajan en la ciudad, según a plan que parece común. O plano é trazido antes ou que resulte a posteriori como a consecuencia das atuações posteriores é difícil de interpretar.

Um cartão que hemos encontrado - foi desconocida, pero hoy ha circulado ya - de março de 46, dirigido por don Bosco a Michele de Cavour, no primeiro plano para a sua obra em Valdocco, leigo en cuatro pontos fundamentales - autógrafos, en O sentido de estar firmados por don Bosco os principes según os cuales se moverem depois de Bosco siempre en la sociedad civil.

El primer punto - escribe - es el amor al trabajo; el segundo, a frecuencia de los santos Sacramentos; el tercero, importantísimo desde o ponto de vista atual, el respeto a toda superioridad; el cuarto, a fuga dos companheiros malos, o que é se pode ser feito de uma forma simples de sociedad simples civil.

Em uma cidade da cidade muito malestar; As relações entre as autoridades são muy presentes, e uma igreja que se relaciona com a sociedade civil, com a sociedad civil, se convierte em um instrel ineludible, debse darse.

Os casos possíveis (ele usado el término) seguirão os passos de Dom Bosco em seus movimentos pela cidade. No hay prácticamente ningún acto fundamental, ninguna opción, que don Bosco não haya algo como a atenção da sociedade civil. Cualquier construcción, desde a maior parte do edifício maior, desde a pequena Capilla Pinardi até à grande Basílica de María Auxiliadora, se realiza a partir de agora sob o permisso da autoridade civil. Além disso, a intervenção em obras de arte, desde as grandes esculturas até a comunicação com cada pessoa, se houver, é importante para você. Precisamente a intervenção com cada muchacho, por ejemplo, nos, apresenta um modo de enfrentar o problema moderno, como o meu pai tem parecido excepcional.

Cuando el Ayuntamiento, a Prefectura, a Jefatura de Polícia do Governo, debate o caso de um muchacho, diríamos, en peligro ou abandonado, como no tenía entonces el Estado saboyano esperado ninguna estructura para intervier sector y como só existia las instituciones Que hoy definimos nosotros como IPAB, pedia a Dom Bosco que entrevistou.

No curso das investigações realizadas para a elaboração de um estudio, promovi a administração comunal da cidade, a qual poderei ver no cartel que considero muy hermosas, em um fundo dos Arquivos do Estado de Roma, em que don Bosco respondeu a las peticiones para. Que se interesase por los muchachos. Estas cartas são para que as crianças se envolvam, se ele se comunica com a autoridade civil, se ele se comunica com a autoridade civil, porque ele é quem quer que ele seja, de modo que ele seja reconhecido, reconocido pela autoridade civil. Uma vez que o resultado é também um bom joven, Don Bosco dirá: «Mirad que debemos o enviadolo primer a ese otro sitio; enquanto segura o edad apropiada, lo aceptaré ». Examin a otro muchacho and escribe: «Não há todavía instrução. The enviamos a la escuela, despu le le orientaremos al trabajo, no entanto viendo e intentando comprender cuáles su inclinación personal ». O bien é um -que muchacho que tiene Problemas Porque el pai tenido ver com justicia, ou hasta ha sido ajusticiado, y Don Bosco: "Atención, que poner um muchacho de este tipo com otros muchachos, as molestias puede suponer ulteriores Por que os muchachos, sua malicia involuntaria, pueden persegui-lo tomándole el pelo, y tanto não obtenemos o resultado de suprimir o malestar, até de emporlo ».

Uma referencia em curso é um elemento importante. Você además, de facto episódios que se refinaram uma pessoa, para tanto, na cierta medida reservados, ampliamos o exame aos hechos mais gerais que afectam às comunidades de personas, apresentam comportamentos que o filho precisa buscar em diálogo com a sociedade. civil.

Me sombrio, a lefer a hagiografía tradicional de don Bosco, que é todas as cosas eran difíciles. ¿Es posible? Parece que os casos são os veces, para fazer o logoff do algoritmo, que sucederá um hecho extemporáneo, para nenhum outro caso de outro mundo. Faça uma pausa na sua vida quando se trata de um resolver. Quando você está na Basílica de Maria Auxiliadora, o povo de Aytmtamie não pensa que você dedica a María Auxiliadora; cuando quiere ir em Valdocco, Michele Cavour grita y así por el estilo. Es decir, cada cosa que hace don Bosco, parece que a tradição a apresenta como geralmente difícil. Depois de comprar o toque, o deus ex machina que resolve o problema.

Me convenceu de uma cosa: Dom Bosco usa como método educativo, pedagógico, pero también como método modem para a presencia de su obra na sociedade civil, um instrumento que puede parecer feo, mas que leva, em troca, conotaciones hermosas por las consecuencias que supone. Na comunidade que vive um projeto de feno, é importante que se interaja por uma pessoa. Entonces diz: «Tenemos que todos,
é, -perece uma coisa difícil e tem falta de sucesso para lograrla ». Todos os da comunidade que jogam fora em ello. El que pueda hacer algo, deve lembrar. Y en el limite case de alguno no pueda trabajar debe também (y perdóneseme el sólo) rezar. Mas tenha isso em mente, mantenha isso seguro. Espointlo point point, with the interés de todos, skip el otro mechanism, that is the solid to a solid state, to all the, to all the way to the way to the way to a cononancia with a fin. This mechanism construye un comunidad that vive unida, that be beneficiam the ello y that encuentra elements of impulse in los momentos in después se ob receive the resultado.

Sim, as cartas de presente, a maneira de ver os momentos em que estão presentes, assim como manter o dinheiro no bolso para as cosas, mas o obtenido é o permisso de quem quer que seja, mas não o diz.

Nada. Feno que vai conquistar o que.

Destes ponto de vista, ele estudiado, tal vez rozando paranoia, tem os atos das loterias de Dom Bosco. Todos recuerdan las loterías como instrumento para obtener medios financieros, para construir, para hacer, para actuar. Leyendo esas cosas, ele leu muitos aspectos. O lotterías son é um dos mayores instrumentais para interesar à sociedade civil na obra de don Bosco. Dom Bosco, quando é uma loteria, apresenta uma ideia. Agora, comienza a actuar para interesar a todos, que es una enorme obra, para recoger los regalos. No momento da venda de papeletas é, sim, um momento de compromisso, mas o compromisso é menos importante que o compromisso com a promoção da Comissão, reunindo os sostenores e os donantes: o filho milhas de pessoas. Y después, muy bien, habrá que hacer seguirá o papel da venta de papeletas, da realização da tômbola e da sorte, com idéias estupendas, como a lotería com prêmio único: se sortea; ¿Quién tiene el número?; Nadie o segura; a doía don Bosco y a coisa queda en casa.

Sim, se você me permite (não quer mais robar mais tempo do debido), a relação com a sociedade civil é a maneira de fazê-lo: a sentença do padre joven que vai para Valdocco - "amor al trabajo y respeto a toda superioridad" - se convierte en um modelo que seguirá o caminho.

A relação com as instituições de uma pessoa que faz parte da comunidade regida por esas instituciones, mas que se enfrenta a uma dignidade igualitária.

És uma professora com um compromisso que as instituições não são capazes de desempeñar e de mudar, garantidas. Entonces, Igualdade Igualdade, Tem A Profissão, Mesmo Que A Descida Das Instituições, A Sociedade A Sociedade, O Instrumento Único, O Verdadero Instrumento, O Interesar, Interesses Que Significa A Solidariedade E Que A Final Da Construção Da Comunidade, que yo veo de todos os modos, y de la que hablaba com algunos aini. gos esta mañana, en la gran Família salesiana de hoy.

A rapidez con los os proyectos salesianos começou com o conhecimento de toda a Família Salesiana, por ejemplo, parecia um instrumento inventado por don Bosco. Estabeleceu mañana citaba el "saleso correo", como um instrumento para, inter alia, que parecia contrastar com o direito social, mas que envolveu porque está em serviço recíproco, segundo um plano que é global, para que alcanzar resultados que filho comunes.

Para termine, digo que você memoriza biográficas ya casos exclusivamente como um monumento a um método pedagógico que como um documento de historia crítica e provável, que a falta seguirá o caminho da busca de documentos fuera das instituições salesianas, porque filho muchos y consienten cotejar los comportamientos. Em Memorias biográficas tenemos o instrumento que sirvió para o compromisso; fuera tenemos, em troca, os documentos que a nossa licença realmente captar a grandeza de las cosas que se hicieron.

Muchas gracias por su atención.

DON BOSCO Y EL MUNDO DE TRABAJO
Silvio TRAMONTIN


1. Un contexto complejo

Gian Mario Bravo em um livro de volumes, para pesar de todo, sobre o trabalhador de Turim. Mundo do trabalho e idéias sociais na era de Carlo Alberto, mientras aporta com idéias de amplitude e atividades de conservadores e moderados sociais, de radicais e reformadores sociais, primer movimiento obrero e de sociedad de ayuda mútuo, líquido em uma página obra de Giuseppe Conolengo y de Giovanni Bosco, escribiendo que "caridad Christian y el paternalismo piamontés se estrechamente UNIAN dando lugar a Realizaciones también eminentes that, ambos en su Concepción Como en su ejecución, limitadas quedarón para grupos restringidos de individuos y no Llegaron para generalizarse a toda la sociedad ". Y prosigue: «[Sus] as atividades estabelecidas viciadas pela ideia fundamental que movía a ambos, por este quedaba abandonado em manos piadosas de una providência divina ». Y Anade "hubiera podido that, Segun se ocurriese, ALIVIAR los machos ou también agravarlos», por lo que "os Unica posibilidad de Ayuda para los pobres era that los ricos y los nobres de buen corazón se interesasen POR ellos dándoles um lecho, uma sopa, um local en que reunirse. De ese maneira - concluye - extraños seguían um los movimientos reais de las masas y de sus necesidades y, apoyados por las clases dominantes, únicamente podían caminar hacia um subproletariado, aún mais infeliz y oprimido that los Trabajadores normales, pero también com Problemas Menores that estos últimos y preocupados sólo por algose algo que alimentarse "? "No espaço social, que é o melhor dos estúdios e das instituições que promovem;
Cf. GM BRAVO, trabalhador de Turim. Mundo do trabalho e idéias sociais na era de Carlo Alberto,
Turim 1968.

2 Ibid., P. 152.

cuidados para a saúde e a constituição e o bem-estar em algumas partes marginais: de uma maneira que se processa por pueblo e sus machos ».3
Por isso, há uma subseção com o Scoppola que e o feno que situa na linha dos santos sociais que, partindo de Cafasso y Cottolengo e través de élega um Murialdo, representando um aspecto original da sociedade piamontesa, as espacios de su acción fueron amplos, até mesmo no campo de la asistencia, até muchos problemas ligados com os processos de modernização do país ao dia siguiente de la Unidad? Nos parece entonces que não se puede ni siquiera afirma que as instituições são pertenecentes à paleocapitalista. 6 y não tem incidido no mestrado no grande curso da história sucesiva. Pelo contrário, a instituição salesiana - como escreve um historiador secular, Bairati - se convocou em lugar de paso e inculturación para los jóvenes que «van del campo a la ciudad, de uma sociedade que empieta um ser industrial y se orienta hacia la modernidad, de um modelo de vida e de cultura que se fundam em ritmos de comportamiento liga al trabajo agrícola ou paleoartesanal a um modelo de cultura vida y de unido a ritmos y comportamientos más ordenados y estructurados »; ' por exemplo, o modelo salesiano, “apresentando as conotações que se contrapõem tajantemente aos tempos da nação e também ao liberal Tocino de Cavour e Gobetti, à classe operária Turim de Gramsci, à Turim do trabalho, do empreendedorismo, da cultura. ».

3 Ibid., P. 152.

4 Cf. M. GUASCO, Dom Bosco na história religiosa de seu tempo, en: Dom Bosco e os desafios da modernidade (Quadrión del Centro Studi «C. Trabucco», 11), Turim, Stabilimento Polira Gráfica Editorial «C. Fanton »1988, p. 4. El juicio de esta Tomado L. Pazzaglia, aprendizagem e de formação
de artesãos em Valdocco (1846-1886), en: Traniello F. (ed.), Don Bosco na história da cultura popular, Torino, SEI 1987.

5 Cf. P. SCOPPOLA, Dom Bosco na história civil, en: Dom Bosco e os desafios, p. 20. A este propósito, recuérdese que el miste Scoppola, en la conclusión de su conferencia: «Dom Bosco pertence integralmente à história civil do nosso país e do nosso conturbado mundo contemporâneo. Por isso, pertence a todo o Tocino: a cristã e católica Turim, mas
6 Cf. S. QUINZIO. Perguntas sobre santidade. Dom Bosco, Cafasso, Cottolengo, Turim, Gruppo Abele 1986, p. 88.

7 Cf. P. BAIRATI, Cultura Salesiana e Sociedade Industrial, en: TRANIELLO (ed.), Dom Bosco na história da cultura popular, p. 338.

se desarrolló, encuentra después en otros niveles uma relação propria unidavelmente com a historia da sociedade ».8 Se hace así moderne, não no término das doutrinas até en da organização, caracterizado por uma fuerte autonomia econômica , por uma notável capacidade expansiva, por uma capacidade especial de estimar madurar os indivíduos em trabalho de conquista de um papel social, para o qual o bairati mismo the pud define como "um extraordinário organizador tayloriano do amor cristão" .9


2. Concepción del trabajo en Dom Bosco


En este contexto - complejo si querer, como um juicio de muchos é a persona de don Bosco - feno que situa sua concepção do trabalho e sua ação no mundo do trabalho. Sobre a primazia e concepção fundamental do trabalho não mais bom do que o público, em um nível primário e primário: em suor vultus tui vesceris pavimentar. "O trabajo como mediano para ganhar com o vivir, a fatiga do trabalho como consecuencia do pecado. Y largo e largo de seis horas de dezelo no noche entre o 1 e o 2 de maio de 1861 (cuando uma pessoa misteriosa mostrara-lhe os josvenos que perdem e le indicou o camino de salvación para o muchachos com os tres palabras : trabalho, sudor, fervor, explicándole después: "Trabalho em assiduis operibus, sudor em poenitentiis continuis, fervor in orationibus ferventibus et perseverantibus", es decir,

Se você quiser interromper as leis de ligação com a pretensão do eremitério, você irá para o final do campo. Peón en la granja Moglia, se levantaba to amanecer y trabajaba hasta la noche. Reemprendidos los estudios en Castelnuovo y en Chieri, se você pensar no casamento e na riqueza da trajetória criada por preceptor, de camarero, sastre e mozo de cuadra. Trabajaba también durante as férias, como é mais tarde descrito: «Hacía husos, canillas, trompos, bochas ou bolas no tornozelo, cosia zapatos; Izabajaba en hierro, en madera. Aún hoy hay en mi de Morialdo a escritorio, a mesa de comedor com algunas que me pedem as muebles de aquellas vacaciones mías. Me dedicaba también a segar hierba en los prados, to cosechar el trigo en el campo; despampanar, despabular, vender, beber vinho,

8 Cf. Ibid., P. 333.

9 Cf. Ibid., P. 355.

'Sobre a complementaridade da' pessoa 'Dom Bosco, cf. G. DACQUINO, Psicologia de Dom Bosco, Tocino, SEI 1988.

"Gn 3,19, ao podría añadir el v.17: em laboribus comedes ex ea (the tierra) diebus vitae tuae. Cf. también que que don Bosco descreve na história sagrada (nueva edición corregida: Tocino 1855), 9-10 Primeiro plano de regulação da casa anexa ao Oratório de São Francisco de Sales, capítulo "Do trabalho", se lee: "1o) nasceu o homem, meus queridos Adão foi colocado no paraíso terrestre para que pudesse cultivá-lo: São Paulo diz: ele é indigno de comer e não quer trabalhar 2. ° Trabalho significa o cumprimento dos deveres de seu estado, seja de estudo ou de arte. 3 °) Mas lembre-se que através do trabalho você pode fazer-se meritório do social, da religião e fazer um bese à sua alma, especialmente se você oferecer suas ocupações a Deus [...].7) Quem é obrigado a trabalhar e não trabalha rouba "(MB IV, 748s.).

u Cf. MB VI, 904. "Cf. MB XII, 598.

Ahora bien, um tenente em cuenta a abundancia da prosa do Santo e um poco también em protagonismo, deberíamos decir que nunca dejó o trabajo. No início da primeira etapa, o sino también después. On trabajo podía ser ahora dar vueltas por Turin em busca de muchachos abandonados, encontrar bienhechores, educare a sus hijos espirituales, pero nunca desder. los albañiles poner ladrillos na iglesia de María Auxiliadora.

A concepção de manual de trabajo (a trombeta de que é o mesmo para sus muchachos) como é de ingresos para o sustentado na vida, como ginásio da formação do expoente, para o último, como maduración para as responsabilidades futuras e salvaguarda da moralidad. "Pero no más.

Se você exagerou a idéia da idéia sobre a idéia de fazer o que é melhor do que subestimar a avaliação positiva do trabalho, como hizo veneruso, a apreciação positiva que não tem nenhuma distinção de qualidade em particular y diversades de desarrollo, na asociación del trabajo a la oración para la salvación del alma, "a convicción de la trabajo contribucción la ascesis más que la mismas penitencias." No as penitencias ni ayunos, sino trabajo, trabajo , trabalho ", repetia frecuente a sus jóvenes." Certamente, se alguém implica por laicidad (como o entendio el Superior prefeito en su discurso de Milán) a importancia
"MO 95s.

M. PERRINI, Politice e empreendedorismo de Dom Bosco, em "Studium" (1988) 269-274, habla de uma cultura salesiana de trabalho, sintetizada na expressão de don Bosco "quem não sabe trabalhar não é salesiano", y nota también em Dom Bosco "um arranjo muito vivo para o confronto com o moderno em campos como o sistema de produção industrial, as inovações científicas e tecnológicas, a busca de melhores condições de vida e de trabalho para a classe trabalhadora".

16 Cf. SCOPPOLA, Dom Bosco na história da história, p. 11, donde afir que don Bosco antecipou, nos hechos y en la praxis, muitos elementos de visão de água da laicidade que o Concílio Vaticano II escolheu propia.

"Cf. D. VENERUSO, O método educativo de San Giovanni Bosco alía prova. Das oficinas aos institutos profissionais, en: BRAIDO, Dom Bosco na Igreja, p.

18 Cf. MB X12, 598.

19 Cf. 1V18 IV, 216.

Dado o ordenamento temporal, a abertura ao progresso das ciências, a competência organizacional, se pode estar presente em hablar também da concepção "leiga" do trabalho em Dom Bosco. Mas menos, me parece, cuando el mismo don Ver?) Afirma: «Dom Bosco, de maneira concreta de actuar, demostró siempre - uma sensibilidad especial hacia los muchos setores positivos de la peculiaridad del mundo del trabajo, que está en reconocer o vínculo e a ordenança da criação e o testemunho do real que estava no homem sobre a criação da través de su actividad »2 ° Aquí don Bosco apresenta casos como um antecipador da teologia das realidades terrenas. "Eu leigo secularmente para le cosas filho, es decir, tienen uma propio bravura, según uma bela definición do Conog teólogo, entônes tenemos que decir que Dom Bosco se antecipa com hechos e la praxis muchos elementos do aprecio da laicidade que o Concílio Vaticano II hizo propios »21 O que acha de saber sobre a valorização de Pedro Priné de que o método de Pietro Bosco antecipou as intuições do humanismo personalista de nuestro siglo. Parece que os valores do trabalho que Dom Bosco deu às minhas idéias resultaram mais, nos agrada comparales com uma discussão do 21 de maio de 1862 de um padre liberal, Giacomo Zanella, com uma visão geral da lei para uma sociedade. de ayuda mutua de obreros. "A condiçao natural do hombre afirma - ganha a panela com o trabajo". No entanto, neste caso ocorre imediatamente a trajetória do manual do jesuíta e a continuação da criação. «Trabalhe na próxima missão na terra. Cuando Dios criou o mundo e acomodou um necesidades nuestras, se eu reservasse a parte principal do tarea, mas confió o resto à ação do homem: como o artista nobre que, uma vez realizou um diseño com seu mano, deja que os alumnos le pongan los colores [...]. Do mismo modo que pecado O mundo não subsiste, nenhum subsiste tampou a vida sobre o homem: se é que cada dia e seu companheiro colaboraram juntos para que a vida se mantida; el primero suministra la materia e las fuerzas; el segundo coloca seu trabalho e adapta um sus necesidades um e outro. Dios empieza y el hombre continúa [...]. El verbo es el verdadero conquistador del mundo;
20 O discurso do presidente da Câmara, Dom E. Viganó, foi dedicado ao número especial, dedicado à figura de Dom Bosco em «Revisar o CNOS» 4 (1988) 5-13, por primera vez.

21 SCOPPOLA, Dom Bosco na história civil, p. 11. Y continúa: "O chamado" método preventivo "- mas a expressão hoje limpa - se presta a mal-entendidos - tende precisamente a valorizar tudo o que é expresso positivamente pela juventude expressa". No entanto, todo o possível nos parece muito poco para o poder de laicidad em Don Bosco.

22 Cf. P. PIUNI, na apresentação do ensayo de S. PALUMBIERI, Dom Bosco e homem, Turim, Gribaudi 1987.

'G. ZANELLA, Religião e trabalho, en: O casamento muito desejado Scola-Patella, Vicenza 1863, p. 32-33. Cf. también el reciente ensayo de P. MARANGON, o cristianismo social e a questão dos trabalhadores
Não hace falta ver em Dom Bosco antecipaciones filosóficas ou teológicas a considerá-lo grande. É su pensio lo pensaba en realidad, segundo os juicios de su tiempo, com um certo pragmatismo que sabía se adaptar ao presente e preparar-se para o futuro. É su ciente advertir que ela é uma concepção e estimativa do trabalho no sentido de uma entrega pessoal e uma atividade de espírito de sacrifício, mas também de inventiva. Tem sido observado por um psicólogo, Gíacomo Dacquíno, fazendo com que a Boba animasse a versatilidade no trabalho: "O que estás a disputar a subir ao púlpito da iglesia; um dar clase ou barrer; uma catequese dar o rezar na iglesia o asistir en el patio; to estudiar tranquilis en la habitación o con los jóvenes de excursión; um mandar o obedecer ». 24 Era a noite do 20 de enero e é lo hacía desde que tinha empezado. El, que tinha sido prestidigitador, acróbata, sastre, carpintero, músico, escritor, encuadernador, padre. Você também pode usar os coadjutores, os clérigos, os sacerdotes de Valdocco.

Você não pode se importar com a existência, como se vale, como se realiza, se realiza, se expra la propia personalidad. A diferença entre a produção e a produção do amor, entre o trabalho e o consumo no consumidor (y, tanto, até agora) e um trabalho a serviço do homem, por consiguiente, expressão de caridade. "La primera caridad", direção don Cusmano, e don Bosco Sicilian.25
A subtração nos submarinos que nos parece que o feno que hacer na razão da concepção que você tem é que o Bosco do trabalho é o que a mão do trabalho manual e do trabalho intelectual; para quem tem ases, nos países onde estão fisicamente juntos, estudiantes y artesanos. Não importa o que é essencial para o valor da dignidade por tanto, até agora, ocorre, como um complemento a ela, é o resultado da trajetória do manual e do eletrônico correlacionado à forma de uma personalidade completa; por que é que você tem uma cultura, tem um mar sencilla, um artesão e habituar um estudioso também material al trabajo. É um fato que nos parece uma antecipação verídica.

no pensamento de Giacomo Zanella e Antonio Fogazzaro, em "Rivista di Storia della Chiesa in Itália" (1988) 111-130. Note-se também que afirma Zanella en la p. 58: "O homem tem o direito de trabalhar porque sem trabalho ele não teria a vida de todos os dias. Consequentemente, todo obstáculo ao exercício desse direito é uma lesão grave, mais ou menos diretamente atribuída à própria vida ". No entanto, isso não menciona a concepção pura de "paternalismo social" que Marangon atribuye a Zanella.

24 MB VII, 47.

25 Cf. G. DACQUINO, Psicologia de Dom Bosco, p. 155. "A obra é a primeira instituição de caridade" Soliare el beato Giacomo Cusmano, O Dom Bosco Siciliano, e Pensamentos Que A Mente Perfeita Poderia Ser Compartida Pelo Mito De Bosco (então, Nunca Fui Nunca Pronunciada), Teniendo En Cuenta sus iniciativas y sumários. Acerca de Cusmano y de su obra social, cf. MT FALZONE, Giacomo Cusmano. Pobre, Igreja e sociedade na Sicília do século XIX (1834-1871), Palermo 1986. Acerca de análogas Iniciativas palermitanas: MT FALZONE, Carita e assistência na Igreja de Palermo do século XIX em «Revista de História da Igreja na Itália» (1988) 70-110.

3. Tipos de trabalho


Por que refiro ao tipo de trabalho concorda observar isso ao princípio os estudiosos prevalecieron sobre os artesanos. Efectivamente, em 1855 no centenário das escolas em Valdocco, os estudiosos representavam um 49,40%, os artesanos a 37,34%; mientras que en 1891, tres anos depois da morte de Dom Bosco, se estiver entre Valdocco, Porta Nuova e Valsalice 800 artesanos, 200 empleados na impressão 400 estudiantes.26 um prefeito atención hacia el trabajo manual, assim como o regresso dos seminaristas diocesanos um susals hostesses.

Pienso, no entanto, que debería valoriza a concepção de Dom Bosco sobre o trabalho e seu desenvolvimento no tempo do Oratório. É uma observação que juzgo fundamental y que no siempre veo respetada. A Oratória, o esecto, o ponto de partida e o acompanhamento do ponto de vista do encuentro, de coordenação, de novas atividades. Es mismo Don Bosco quien nos indica isso. Em um folleto impesso en 1862, Convite para uma loteria de objetos em Turim em favor do Oratori, observaba o seguinte: "En Turín, desde hace varios años, se abrieron tratori oratorios para muchachos en los barrios principes de la ciudad, 27 en o que é o maior número possível de jovencitos en peligro. Se les entretiene com honesto y agradable recreo después de haber cumplido e o pré-termo festivo, se les estimula com premios, com um pouco de gimnasia y com clases. Um número notável de atmosferas se acuden em resposta a nuestro ruego para emprestar em servicio dando catequesis, vigiando o cumplimiento de su nos marcos, y buscándoles trabajo, sin en paro, com honrados patrones. No Oratório de São Luís e de São Francisco de Sales, as diásporas para os jovens que, pela pobreza de seus vestidos por sua indisciplina, não são admitidos nas escolas públicas. Además de instrucción religiosa, reciben clase de lectura, escritura principios de aritmética, do sistema métrico, de gramática italiana y otras materias. Porém, vale a pena ter muito espaço e abandono, o que não é dedicado a ningún ofici sim não se les cobijo, cibo y vestidos. A estas necesidades fornece a casa aneja no Oratório de San Francisco de Sales. Todas as séries são também nocturnas, assim como o canto gregoriano, música vocal e instrumental. Estas frases são para para obter informações como internas. Además, como o divino Providencia confere a muitos jenvenes de ingenio no com, estar tão aquecido a esa casa, tanto pode pagar toda a pensão como parte pagã ou nenhum pagão nada , com tal capacidade de tengan y buena conducta. Estos, en su prefeito part, se convierten en maestros de escuela, otros se se dedicarem ao comercio y los que tienen vocación se orientan al estado eclesiástico ".28 ' además de trabajo em talleres e conocimientos elementales a los artesanos, assim como canto gregoriano, música vocal e instrumental. Estas frases são para para obter informações como internas. Además, como o divino Providencia confere a muitos jenvenes de ingenio no com, estar tão aquecido a esa casa, tanto pode pagar toda a pensão como parte pagã ou nenhum pagão nada , com tal capacidade de tengan y buena conducta. Estos, en su prefeito part, se convierten en maestros de escuela, otros se se dedicarem ao comercio y los que tienen vocación se orientan al estado eclesiástico ".28 ' además de trabajo em talleres e conocimientos elementales a los artesanos, assim como canto gregoriano, música vocal e instrumental. Estas frases são para para obter informações como internas. Además, como o divino Providencia confere a muitos jenvenes de ingenio no com, estar tão aquecido a esa casa, tanto pode pagar toda a pensão como parte pagã ou nenhum pagão nada , com tal capacidade de tengan y buena conducta. Estos, en su prefeito part, se convierten en maestros de escuela, otros se se dedicarem ao comercio y los que tienen vocación se orientan al estado eclesiástico ".28 ' como o divino Providencia outorga a muitos jenvenes de ingenio no com, estarem aquecidos a esa casa, tanto pode pagar a pensão como parte pagã ou nenhum pagão, com tal de que tengan capacidade y buena conducta. Estos, en su prefeito part, se convierten en maestros de escuela, otros se se dedicarem ao comercio y los que tienen vocación se orientan al estado eclesiástico ".28 ' como o divino Providencia outorga a muitos jenvenes de ingenio no com, estarem aquecidos a esa casa, tanto pode pagar a pensão como parte pagã ou nenhum pagão, com tal de que tengan capacidade y buena conducta. Estos, en su prefeito part, se convierten en maestros de escuela, otros se se dedicarem ao comercio y los que tienen vocación se orientan al estado eclesiástico ".28 '

26 Los datos están tomados de P. STELLA, Dom Bosco, na história da economia social (1815-1870), Roma, LAS 1980, p. 180.612.

27 Se trata de los San Luis em Porta Nuova, de São Francisco de Sales en Valdocco, de Angel Custodio en Vanchiglia.

Cuando Don Bosco redigiu este convite, em 1862, a organização de casos completos (se tem um forte impacto sobre ele), nos últimos momentos, pero - como se fosse possível ver ou não os tres oratórios.

4. Iniciativas para o mundo do trabalho

Desde allí comenzó el Santo su acción. De 1840 a 1850, in efecto, tres oratorios regidos ya por don Bosco (el de Vanchiglia, abandonado em 1849 por dom Cocchi, el de Valdocco, alquilado em 1847 igual que o de Porta Nuova), seguidos de sustancialmente los oratorios tradicionales, com la excepción de los diez jóvenes hospedados en la casa Pinardi. Los otros seis ou setecientos solários no Oratório da tarde (para elles tinham uma escola nocturna na leitura dos primeiros elementos de lectura, escritura, cuentas, um pequeno de desenho, canto e música) e el domingo com a festiva escuela las prácticas de piedad y a honesto recreo.

4.1. Iniciativas Las Primárias

En este período la preocupación principal de don Bosco es la de colocar en el trabajo con algún honrado patrón a sus muchachos, estipular por ellos un justo contrato, ir a visitarlos en los talleres, en los establecimientos de trabajo, en los andamios de las casas en construcción, suscitando a lo mejor perplejidad por parte de algún representante del clero de entonces, que no consideraba una actividad apostólica aquel mezclarse en el mundo del trabajo como hacía don Bosco.

Colocarlos con patronos h¿nrados y cristianos, donde el ambiente no los indujese a la inmoralidad o quizá a la cárcel (y sus experiencias de las visitas a los presos le confirmaba en esa necesidad) y estipular contratos que impidiesen la explotación tan frecuente entonces, especialmente con los aprendices, fueron en aquel período su objetivo principal.

En el archivo de la Congregación se conservan dos contratos de «aprendizaje», respectivamente de noviembre de 1851 y de febrero de 1852, firmadOs por el patrón, por el joven aprendiz, por su padre y por don Bosco.
28 Elenco degli oggetti graziosamente donati a beneficio degli oratori di S. Francesco di Sales in Valdocco, di S. Luigi a Porta Nuova e dell'Angelo Custode in Vanchiglia, Torino 1862, p. 1-3, tomado de BRAMO, Don Bosco nella Chiesa, p. 29-30.

En ellos, el patrón se oblaga a enseñar al joven el arte, dar-lhe as instruções necesarias e las mejores reglas, corrigi-lo amavelmente e não com golpes em caso de alguna falta, excluir o serviço extra à la profesión, dejarle libre por entero todos os dias festivos del año, para lhe dar um pagamento semanal conveniente, com aumentos semestrales, para tratá-lo como pai y não como eu amo. Por parte, el joven aprendiz se obedeceu a sermepre atento, puntual y asiduo, dócil, respetuoso e obediente, a reparar as coisas que tal vez ocasionase. A duração do contrato se fi ja nos dos tres años.29
Dom Bosco - Dacquino observa - if empeñaba en que hoy se llamaría normative, mas sin carnés de sindicato y até agora base em las espaldas que consintiese hacer huelga. No entanto, o inventor da contração dos trabalhos (parece que os haccia a "Obra da Mendicidade Educada"), "também pode ser dito - com Dacquino - que don Bosco fue el primer sindicalista italiano verdadero, como defensor de los trabajadores y del trabajo. " Se é provável que existam exageros ex officio que ainda não foram celebrados, mas certamente a de Dom Bosco é uma época em que o joven aprendiz estabelece indefenso, um mercê del amo, bajo o contínuo amenaza do despido, explotado según As leyes de la libre demanda. Llegar à extradição de contratos que garantissem os muchachos sus derechos era, sem dúvida, uma conquista. Además, em julho de 1850 fundou uma Sociedade de Ajuda Mútua, na qual reuniu os jóvenes obreros que iban no Oratório. Cair um parceiro, um centavo caindo domingo. y recibio, seis meses após a inscrição, a ayuda de 50 dias para o caso de enfermedad o de paro. A caja se alimentaba también con libres aportaciones de bienhechores, use as sociedades de mutua ayuda de entonces, mas as cuotas de los socios les habituaban ahorro y les educaban en la solidaridad. " ayuda de 50 céntimos al día en caso de enfermedad o de paro. A caja se alimentaba también con libres aportaciones de bienhechores, use as sociedades de mutua ayuda de entonces, mas as cuotas de los socios les habituaban ahorro y les educaban en la solidaridad. " ayuda de 50 céntimos al día en caso de enfermedad o de paro. A caja se alimentaba también con libres aportaciones de bienhechores, use as sociedades de mutua ayuda de entonces, mas as cuotas de los socios les habituaban ahorro y les educaban en la solidaridad. "
29 O contrato de aprendizagem de início de ano, 8 de fevereiro de 1852, o padroeiro, Giuseppe Bertolino, o aprendiz de joven, Giuseppe Odasso, o pai de ere y Bosco aparece reproducido tambem no apéndice de don Viganó (no el impreso, fino el fotocópia).

'Sobre a «Obra da Mendicidade Educada» (in la Guala y Cafasso invitaban a trabajar a los jóvenes sacerdotes do «Convitto ecdesiatico»), surgia 1770, de clara inspiración jesuítica, y de la que también Dom Bosco se inspirasse al poner en marcha sus iniciativas (asistencia a los muchachos abandonados, clases de catecismo, escuelas diarias y nocturnas, hospicios ...), cf.

STELLA, Dom Bosco na história econômica, p. 61-66.

n Cf. DACQUINO, Psicologia de Dom Bosco, p. 194. Hemos creído necesario, esta pesponto, pesar as reservas que o feno sobre o enfoque geral e sobre os algunos puntos particulares da misma.

"Cf. Sociedade de ajuda mútua de alguns indivíduos da congregação de San Luigi, erigida no Oratório de São Francisco de Sales, Turim, em 1850." No dia primeiro de junho começou a Sociedade de Ajuda Mútua, cujos estatutos você vê no livro impresso "se diz, en el año 1850, en el Princípio do atual oratório de Valdocco e sua ampliação até o presente (BRAM, Dom Bosco na Igreja, p. 57) Realidade - como advogar o mito Braido - aquecer a cidade comentado antes.

Tambien aquí debemos ver en Dom Bosco a um precursor social que intuyó la largas líneas de la historia hast o ponto de que antecipou as mutualidades, indemnización por accident, y hasta la caja de compensación33 ¿O, más bien, um hombre em atenção Quais são as razões pelas quais elas estão aparecendo e dispostas a aplicar em beneficios de seus muchachos?


4.2. Segunda fase


Esto, na primeira fase da sua inserción, aun exterior in un cierto sentido, en el mundo del trabajo. Pero después, a partir de 1850, requer uma segunda fase. De la asistencia genérica y de la colocación, se pasa a la institución de los talleres. Ele compra cuenta el hecho com sencillez Pietro Enria, que iba um ser después um dos primeiros coadjutores salesianos: «D. Bosco, ao verdadeiro peligro que teni sus jóvenes continuos en los talleres de Turín, fugindo pouco a pouco a idéia de estabelecer altos e grandes em casa e com a ajuda da sastrería y zapatería, depois da carpintería e continuação com todos los talleres que existen todavía; y is lo hizo ?? únicamente para sustraer del peligro a sus queridos jóvenes, a los que quería mais que a sí mismo ».35
Como, em 1853, surgiu em casa os altos de zapatería y sastrería; en 1854 el de encuadernación; en 1855 el de carpintería; em 1861 a tipografia; en 1862 el de herrería. A partir do testemunho do testemunho citado, os primeros se elevam ao principal de sustraer a los jóvenes de los talleres en que se oñan conversaciones inmorales, anticlericales y blasfemias. Na estructura estava a todavía pré-industrial: jefes de taller, obreros e aprendices juntos. Se não é tão bom como é sem luz verde da arte, será o fim da viagem e rentável, até ser destinado aos necessitados dos misos internos, tão condizentes com o vento.

Há uma grande diferença no número de visitantes aos artesanias em que não havia desvantagens, no iban do Oratório em benefício dos artesanos, sem necessidade de serendendos com rentas de los estudiantes
. afirmacione son de DACQUINO, Psicologia de Dom Bosco, p. 192.

34 Procure o nacimiento y desarrollo de la «Sociedade de ajuda mútua», cf. F. FRANCON ', As primeiras lutas dos trabalhadores na Itália unida, en: A economia italiana de 1861 a 1961. Estudos no 1º centenário da Unidade da Itália, Milão 1961; ER PAPA, Origens das sociedades operárias, Milão 1967; A. CHERUBINI, Doutrinas e métodos de bem-estar de 1789 a 1848: Itália - França - Inglaterra, Milão 1958; A. CHERUBINI, Cegonha da segurança social na Itália (1860-1960), Roma 1977, p. 3670; Estado e Igreja em frente ao problema da assistência, Roma 1982.

39 La narración está recogida en: STELLA, Dom Bosco na história econômica, p. 505. Se transcrever as 24 páginas da Promemoria de Enria.

36 Cf. F. RIZZINI, Dom Bosco e formação profissional. A partir da experiência de codificação alfa, en el número especial de mayo 1988 do CNOS: Dom Bosco e formação profissional, p. 15-56.

No proyecto no reviste, pues, todavía dimensiones y dos requisitos de um verdadera y cabal escuela profesional y sigue inspirándose en la idea de un aprendizaje. Mas é também se ele tem um desenvolvimento e uma transformação da realidade tradicional do Oratório. Você está se estiver no lugar certo, se inserido, a caminho, no meio da trajetória da produção, evitando o peligro da despersonalização e da exploração. Os oratórios não são filhos, não têm este tipo de trabalho, nem artesãos ou algo parecido com uma indústria naciente, até que um uni de trabajadores em benefício propício, no entanto está aumentando as dificuldades para a crise da concorrência no mercado do trabajo, com o consiguiente dificultad de los los productos y de hacerlo to precios competitivos.

No entanto, esta é a etapa do ensino no mundo do pedigree que Dom Bosco concibi com nuevas figuras. Los jefes de taller, en efecto, no siempre eran seguros, a veces dejaban su tarea sin aviso prévio. Era preferível que esses mais tutoriais entre os aprendizes continuassem a existir, mas estivessem precisos para realizar os pedidos. A ideia do coadjutor foi fon ç õ es cu maduró en Don Bosco. Ainda neste caso para o princípio como tem Stella Stella37 - se designaba com este nome a partir de 1854 (ano no que você quer que 39 ingresados ​​se clasificaba como tal) a los seglares jóvenes o menos que jóvenes que coadyuvaban en casa en los trabajos en los de loseres. Eran, muitas pessoas empleadas em arreglos de la casa, barry, servia en las comidas or ayudaban in los maestros de taller en los mejores casos. Mais adelante, no obstante, se diferenciar os coadjutores salesianos, com votos ou sin votos, que se convertem em maestros de taller, não menos com uma continuidade de direção, muy deseable, até conseguir uma asistencia prefeito e preparar a chaminé para a constituição de auténticas escuelas profesionales.38 Aun así, pesar de la forma en concibieron los talleres inialmente y, en cierto sentido, forcibly, fueron una granudayuda. Libraban a la muchachos de peligros morales del aprendizaje junto a patronos indiferentes en moralidad, les ayudaban moral y materialamente, creaban amistades y colaciones y orientaban algunos de ellos a la vida religiosa como coadjutores.39 Diferenciam-se os coadjutores salesianos, com votos ou votos, que se convertem em maestros de alto, só com uma continuidad de dirección, muy deseable, até garantir uma asistencia prefeito e preparar a chaminé para a constituição de auténticas escuelas profesionales. também, para pesar de forma que se conciliem os altos, inialmente, e em sentido, forçadamente, fueron una gran ayuda. Libraban a la muchachos de peligros morales del aprendizaje junto a patronos indiferentes en moralidad, les ayudaban moral y materialamente, creaban amistades y colaciones y orientaban algunos de ellos a la vida religiosa como coadjutores.39 Diferenciam-se os coadjutores salesianos, com votos ou votos, que se convertem em maestros de alto, só com uma continuidad de dirección, muy deseable, até garantir uma asistencia prefeito e preparar a chaminé para a constituição de auténticas escuelas profesionales. também, para pesar de forma que se conciliem os altos, inialmente, e em sentido, forçadamente, fueron una gran ayuda. Libraban a la muchachos de peligros morales del aprendizaje junto a patronos indiferentes en moralidad, les ayudaban moral y materialamente, creaban amistades y colaciones y orientaban algunos de ellos a la vida religiosa como coadjutores.39 até garantir uma asistencia prefeito preparando a chaminé para a constituição dos profissionais autônomos do trabalho.38 Aun así, pesar a forma em que concientam os altos, em primeiro lugar, e em sentido, forçosamente, fueron una granudayuda. Libraban a la muchachos de peligros morales del aprendizaje junto a patronos indiferentes en moralidad, les ayudaban moral y materialamente, creaban amistades y colaciones y orientaban algunos de ellos a la vida religiosa como coadjutores.39 até garantir uma asistencia prefeito preparando a chaminé para a constituição dos profissionais autônomos do trabalho.38 Aun así, pesar a forma em que concientam os altos, em primeiro lugar, e em sentido, forçosamente, fueron una granudayuda. Libraban a la muchachos de peligros morales del aprendizaje junto a patronos indiferentes en moralidad, les ayudaban moral y materialamente, creaban amistades y colaciones y orientaban algunos de ellos a la vida religiosa como coadjutores.39
39 Cf. STELLA, Dom Bosco na história econômica, p. 180 y el ensayo de F. Rrzzím, O salesiano coadjutor e formação profissional, en el número cit. do CNOS, 87-97.

"CE P. STELLA, catolicismo na Itália e leigos em congregações religiosas. O caso dos irmãos salesianos (1854-1974), en" Salesianum "(1975) 411-445.

39 Sobre o desarrollo de los primeros talleres, cf. STELLA, Dom Bosco na história econômica, p. 123-199. Sobre as analogias com os patronatos venecianos, que se quedaron, em
• bargo, en per primeer período, cf. S. TRAMONTIN, Os Oratórios de Dom Bosco e os Patronados Venezianos, em: BRAIDO, Dom Bosco na Igreja, p. 117-132.

4.3. Hacia la escuela profesional

Sólo más adelante (y Veneruso sitio a giro hacia 1876, viéndolo por primera vez en el instituctu de Sampierdarena, 4th pero puede ser mar por un orgème de patria chica, porque transformaciones analógicas se veran aquellos años en otros institutos salesianos incluido el de Valdocco), os talles artesanales se orientaron, na cierta medida, hacia verdaderas escuelas de formación profesional. A fórmula do mais alto, que durou um largo de tantos anos, não foi plenamente satisfatória para as exigências dos tempos, que pedia uma especialização e uma formação completa. O mercado habita requisita o tipo de estilo de vestido, de zapatos, de impresos: os produtos são iguais a um mismo que não exige dos artesãos no mudo empeño ni mucho tiempo na puesta a día. Ahora bien, a justificación nueva do producto artesanal no establec on la inmobilidad, sino en el cambio. À mudança no modo de produzir debía corresponder a uma mudança na maneira de aprender e ofici. Hacía falta a empeño metódico de años, no qual o estudio se une ao trabalho e o projeto e a capacidade de ponerse a día caminasen ao mismo ritmo que a adquisición e perfeccionamiento da habilidad manual. Hacía falta, pues, pasar de la formula del taller a la del instituto profesional. Dom Bosco entendio todo e deliberaciones del tercero y cuarto Setor general y y el Discurso a ser dado à classe operária nas casas salesianas42 para a norma fundamental das futuras escuelas profissionais; Que sus sucesores organiza e multiplicaron. Ainda neste caso, pues, hay que rectificar el juicio de Quinzio, según el cual «escuelas profesionales y los« artesãos »pertenecen à patética prehistoria neocapitalista» .43 Si esto es verdad, en efecto, for the primer period of puera en marcha y de funcionamiento de las primeras escuelas artesanales, no lo es ya Depois de 1880 cuando se formaron auténticas escuelas profesionales, previstas para ofrecer, entre otros destinos, centenares de obreros à Pista Rossi de Schio ya a FIAT de Turín. Es el mismo Alessandro Rossi quien promoveu a ida de los salesianos em Schio (1901); no caso de Alessandro Rossi, que tem um bom senso de concordância com Dom Bosco em Turín, que poderá aceitar a oportunidade de trocar ideias com o senador Giovanni Agnelli.44 Este último, em 1929, com a ocasião das manifestações pela beatificação de Dom Bosco em Turim , dirá o recibir.

40 Cf. D. VENERUSO, II método educativo, p. 138-140.

41 Cf. Deliberações do terceiro e quarto capítulo geral da Pia Sociedade Salesiana, S. Benigno Canavese 1887, p. 18-22.

42 O endereço a ser dado se recuerda en: VENERUSO, II método educativo, p. 141. Cf. además: MB XVIII, 700-702. Es también significante - como tem observado Pazzaglia - que, mui probablemente, don Bosco haya hablado de «escola vocacional» só em um papel de 1880 (cf. PAZZAGUA, Aprendizagem, p. 43). Por sua parte, todavia o 7 de outubro de 1879, o ministro de agricultura, indústria e comércio, Benedetto Cairoli, pedia as forças periféricas que favorecieran a criação de esculturas de artes e oficios, centrou-se em esculturas dominicais e nocturnas que presentaban la ventaja de horas, sem escudeiras diurnas, que servem para formar obreros preparados e responsable de otros obreros.

47 QUINZIO, Perguntas sobre a santidade, p. 88.

Dom Bosco no foudeiro, no entanto, um padre que acogía um muchachos abandonado para encaminarlos hacia el trabajo, um fundador de talleres artesanal primero y después de verdaderas escuelas profesionales. Entro mais directamente no campo do trabalho e da qualidade de empresa com a criação e a realização do notável desarrollo de la tipography.

4.4. Iniciativas editoriais


O dia de penteia teve a sua intenção, como os seus contemporâneos mais sagrados no clima da Restauração, a importância da prensa. Recuérdese, por sua parte, que são os principais objetivos das "Amizades católicas" surgidas em 1811 por iniciativa de Dom Pio Brunone Lanteri, que aceptó a herencia das «Amizades cristãs» do pai Diessbach, a difusión livre de la buenos libros .47
El primer book de Don Bosco, publicado por tipógrafos Speirani e Ferrero en 1844, fue Notas históricas sobre a vida do clérigo Luigi Comollo, das quais se imprimem 3.000 ejemplares (figura notável), vendido a um preço módico de 30 centavos para facilitar a sua difusão . Fue el primero de uma grande série de publicacion, de libros de devocion (11 jovens fornecidos, este será um clássico entre os libros de devoción y que tuvo varias reimpresiones com uma primera tirada [1847] de 10.000 ejemplares), de libros escolares (entre ellos eclesiástica História e história sagrada, como uma concepção, na história da Itália), de periódicos como «O amigo da juventude», iniciada em 1846, tirada de Marietti, mas durou muy poco, las «Leituras
44 "É tão querido para mim dar essa acolhida - dirá o senador Agnelli - como um lembrete de ayer que conheceu pessoalmente Dom Bosco e sua imagem esclarecedora sempre fala ao meu espírito".

El discurso es citado por BAIRATI, Cultura Salesiana, p. 347.

"Acerca dos cooperadores salesianos, cf. Salesianos Cooperadores, isto é, uma maneira prática de beneficiar a moral e a sociedade civil, Sampierdarena 1877; Dom Bosco e suas obras. A casa de Sampierdarena, Sampierdarena 1923, p. 21-22.

"Cf. C. BONA, Le Amicizie. Sociedades secretas e renascimento religioso (1770-1830), Turim, 1962.

Católicos », que comenzaron en 1853 with periodicidad mensual con teernvaas. «Religiosos» ou «amenos», cuyos primeros fascículos hubieron de reimprimi-se, dada a favorável acogida que tuvieron.

Para todas as principiais as iniciativas editoriais, Dom Bosco é um dos maiores empreendedores turisticos, entre os que estabelecem Paravia, Marietti, De Agostini. Pero ya entre 1853 e 1855, com Rosmini, habiá idedo fundar a typography propia, também para atuar com prefeito libertad y obtener mayores ganancias. El 26 de octubre de 1861 se dirigiu ao governo da província de Turín, dirigido por Giuseppe Pasolini, para o dono da casa do Oratório, uma tipografía, a qual ele se agradou efectivamente em 1862. A «leitura católica», afianzadas ya, podían asegurar trabajo . En el aspecto legal, rescindido o contratado com Paravia, 48 don Bosco se convirtió así en el dueño a typography; y no social, em uma empresaria que invertía el propio capital finos filantrópicos.

A tipografia se convence pronto no centro dos perdedores de Valdocco e mais conocido de todos. Dom Bosco lhe enviará uma capital notável para obter a maquillaria, montar um enclave, comprar uma biblioteca papal, abrir uma estante de livros (neste ato, um novo livro, em 1891, 200 livros, o prefeito parte da Oratória e dos esto nos pode dar uma idéia de O processo de tomada de decisão por parte da empresa, que está na vanguarda do progresso, como é o momento decisivo, despertando em vidá- cias e celebram os otros tipógrafos da cidade e superando crises difíceis mostrando com todo ello que era um hombre de temperamento emprendedor.
No entanto, haverá uma observação de Peter Stella: "No antigo modo de estabelecer relações entre o patriarca e os patrões, e o novo modelo de progresso técnico previsto na escola orgânica, o instrutor, Dom Bosco prefirió ir por on tercera vía: es decir, de los grandes talleres de su propiedad, cuyo cycle de producción, de nivel popular y escolar, foi tambem un ejercicio para los jóvenes aprendices "." Daí después, como hemos seen, no descartará la de las verdaderas escuelas profesionales.

Todo o mundo segue o mesmo caminho que o conviver, em todas as formas que ele é representado, em um extraordinário organizador taylorista. ”
48 Cf. STELLA, Dom Bosco na história econômica, p. 366-368.

49 Sobre o funcionamento da tipografia, cf. STELLA, Dom Bosco na história econômica, p. 351-369, y el ensayo de F. RIZZINI, tipógrafo e editor de Dom Bosco, no endereço editorial do CNOS, p. 57-85.

50 STELLA, Dom Bosco na história econômica, p. 248.

51 As expressões de BAIRATI, cultura salesiana, p. O modelo cultural salesiano é particularmente interessante em termos da relação entre religião e sociedade, entre cultura e economia. No caso dos salesianos, essas relações não constituem compromissos ideológicos inevitavelmente efêmeros, como mediações doutrinárias ousadas, mas estéreis, como barganhas políticas inescrupulosas mas fugazes. A intransigência salesiana é total. A sociabilidade de Dom Bosco e dos Salesianos não é fruto de uma inquietação que se dedica ao debate sobre os aspectos, nem sobre os marginais, nem sobre o centro da vida salesiana, como se segue o Oratório, o direito, a relação trabalho-descanso ( o mais importante, recreo) e o trabalho de orientação. Ahora bien: rompecuellos (se llamaba asi juego porque consistia em um plano inclinado untado com mucho jabón, mas que não suponía peligro de ninguna clase, y dá um prêmio ao que llegaba no topo) ».53 Em las horas de recreo estava o mismo don Madeira e afins no chique em jugar porque tinha a noção que a dimensão humana é importante no equilíbrio psicológico e com a capacidade de se relacionar.54 Utilizou o jogo para encontrar com os muchachos, mas porque tinha a capacidade de se relacionar. O pátio atrai mais que a iglesia, porque também a atividade lúdica sublima a agresividad, ya que implica aceptación y el respeto a normas, compromete a portar bien con los demás, a subir de seu próprio egoísmo. "Nosotros, em vez de castigos, tenemos a asistencia e o juego",

51: Sem lamrabsaios uma de Don Bosco y del mundo del trabajo, entre otras cosas Porque nºs
52 El Santo también había dedicado ao tema da reposo festiva Leituras Católicas El Número de julio de 1861 de las' ".

53 Cf. Taurinensis. Beatificationis et Canonizationis Servos De Ioannis Bosco sacerdotis fundadoris Piae Societatis Salesianae. Positio super introductione causae, Roma, p. 147. "Cf. DACQUINO, Psicologia de Dom Bosco, p. 151." Cf. MB XVI, 168.

56 de gustaba acompañarlos en los largos paseos para as colinas de Monferrato e para es decía a sus muchachos em 1876: "O movimento é mais favorável aos cofres centros bancos hubiese ou asientos de cualquier tipo para esitar juegos" 56 a salud. Soja do parecer de que uma causa não indiferente da desmultión da salud in nuestros días vem de que não se hace ejercicio como antes. O conforto do ônibus, do coche, do tren elimina grande parte do tempo dos paseos, um breves, mientras que hace cincuenta años parecía um paseo ir in pie de Turín em Lanzo. Eu estou indo para o movimento do tren e do carro não é suficiente para estar bem ».57
The paseos servis também para desespero em muchachos el sentimiento de admiración por la naturaleza y lo bello. El sentido estético se desarrollaba também médio do canto, da música do coração, solé decir, o teatro de marionetas ao princípio e após a apresentação de sainetes e farsas (las bandas y las comedias). salesianas fueron e siguen siendo célebres). Também é necessário introduzir o gimnasia para ayudar para o desenvolvimento da equipe de muchachos e estabelecer uma harmonia saudável com o trabalho e o exercício. This use this study to use this study in English, This study was not a special study, in the evening of the vicios in the time of the vicios: «Os recompensing - les decía - que os divirtáis mucho. Jugada à la petanca, à la pelota, à balón. Cada um em sua familia tendrá diversiones especiales; Você também pode baixar as cartas, as damas, os «tarô», os ajedrez e todos os medios que encontram para distraeros. Sobre todas as recompensas que façam excursões bonitas muy largas ».59
É a quería para os estudiosos, mientras que os trabajaban o el téer em que que seja contente com breves recreos, você vivían en los talleres salesianos, ou com o diferente de dos domingos de os domingos no Oratório. Você será capaz de ver quantas vezes você vê manifestações, você verá se você tem de Dom Bosco um precursor de la ecología! 60
P. P. RICALDONE, Dom Bosco educador, vol. II, Colle Don Bosco (Asti), Biblioteca da Doutrina Cristã 1952, p. 49.

57 MB XII, 343.

5º MB V, 347. Ensaio à música, enseñaba piano, acordeon, armonium, órgano y todos los instrumentos musicais de madera, metal y de cuerda (Resumo da Pia Sociedade de São Francisco de Sales, em 23 de fevereiro de 1874, en: OE XXV, 381).

59 MB XIII 431s.

60 Es verdad que una alusión la hecho C. SEMETAR0, Dom Bosco, o santo do ar livre, en "Revista do CAI do Piemonte" (setembro de 1988). Parece um exame comparativo, se tem que ser revalorización de la fiesta (contra a supervaloración de la actividad, do esfuerzo, de dolor y de la funceón social activa) hecha por I. Pieper, da universidad de Munich, en recient artículo de "Semana". En declaro artículo revaloriza el ocio en el sentido aristotélico, y se concluye: «Celebrar é dar Jode a Deus, porque o mundo é agradável».

O programa trinomial da pedagogia de Dom Bosco inclui, ademais, a alegria e o trabalho, a paz.

6. Trabajo y piedad

Piedad que tenía que se alimenta na instrução religiosa. Já em 1850, cuando pedía ayudas à "Obra Piedosa do Mendigo Educado", Dom Bosco apresentou um breve referencia na que se decía: "Para meio de agradáveis ​​reco animados com algunas diversiones, com catequesis, clases y canto, algunos ( jóvenes aprendices), se hicieron moderados en su vida, "O número notável de atentos señores acude a emprestar em serviço dando catequesis" 63 Y sigue dizendo em 1862: "Um número notável de atmosferas señores vem a prestár a colaboração que se pide dando catequesis, vigilante para que cumplem em seus altos funcionários e que se apliquem de honrados patronos a quem não tienen trabajo". "
Y en d Registro histórico do Oratório de São Francisco de Sales, publicado recentemente por don Braido, el Santo indica que em obra empieza precisamente com a atividade catequística: «Este Oratório - escribe - es decir, reunión de jóvenes los días de fiesta , empezó na iglesia de San Francisco de Asís. Dom Cafasso, de Hante Bastante, de El Verano, de dar dominó a jevenes albañiles em habitación adjacente à sacristia de la mencionada iglesia. A importação do sacerdócio do sacerdote o hicieron interrumpir esta tarea tan grata para él. Você pode reencontrar no final de 1841 y comencé reuniendo no mismo lugar dos jóvenes mayorcitos, muy necesitados de instrução religiosa. A revista é unieron otros ya lo largo de 1842 el número creció hasta veinte y veces veinticinco. Estos comienzos me hicieron comprender of verdades importantísimas: que en general la juventud no es mala por sí misma; mas se for geralmente aceito pelo contato com os males, causará infelicidade, separará a si mesmo, poderá experimentar com grande moral (o desespero sérvio no verde pode ser feito seguindo o sistema preventivo). El año 1843 siguió la catequesis of mismo way y el número subiu a cincuenta, los que cabia em lugar que me achei asignado ».65
O estabelecimento da cultura religiosa, o impulso também em 1847, además de los acostumbrados pequeños catecismos, "a história sagrada
61 Cf. DAcQuiNo, Psicologia de Dom Bosco, p. 38s.

62 A memória foi dada pelo 20 de fevereiro aos administradores da «Obra da Mendicidade Educada», citado en EI, 29ss.

63 Catálogo de objetos 1. El opúsculo es de 1857.

64 Convite para uma loteria 1.

65 Cf. BRAIDO, Dom Bosco na Igreja, p. 38s.

66 El más usado (adquirido e reimpreso por el) foi um breve catequista para as crianças pequenas
(Speiraní y Ferrero, impresores editores), um vei que vio que entre as crianças que não têm uma casa para quem quer que você (que falta recordarlo) ) estaban Cases totalmente ayunos de religión. "Falta de estilo popular, hechos inoportunos, temas largos ou fuera de tempo ereto defeitos comunes - anota en sus Memorie -. Además, se você exponían muchos hechos de way that ponían en peligro la moralidad de los jóvenes. Se preocupa-se muito por subestimar os pontos que debitam servir como fundamento às verdades da fé. Dígase o mismo dos hechos que se refieren ao culto externo, ao purgatório, la confesión, eucaristía y otros parecidos ".67
Se daqui um salto qualitativo, ou para uma intenção de dar isto, então há na história Sagrada vence muitos dos defeitos denunciados em suas escrituras, que se apropriam. propuesto, aunque suponía a paso en esa dirección. A dirección que indicaba era a contribuição exata para o salto de qualidade.

Dom Bosco reunia tambem um dos muchachos para a oracao. Triduos, novenas, preparação das principais fiestas constituintes da trama. Basta, tambem aquí, voltar a lista de sus publicaciones. Os seis domingos e a novena de San Luigi Gonzaga (1846), O Divoto do Anjo da Guarda (1845), O Dia dos Cristãos (1852), A chave para o paraíso nas mãos do católico que pratica os deveres de um bom cristão (1856) , y y posses títulos das «Leituras Católicas». No entanto, é o principal produto - por decirlo así-en esto campo fue la impresión en la casa Paravia en 1847 por Il Giovane fornecido. Foi um livro de devoção de 352 páginas e a primeira tirada de 10.000 ejemplares. Conteúdos dos movimentos e da noche, tomadas do catecismo de mons. Casati, 68 e o oficio parvo da Virgem, as vésperas do domingo,

No centro da piedad en la don Bosco educa-se em jevvenes estaba, o embargo, constituído pela participação na Santa Missa, celebrada no Oratório, e a frecuência dos sacramentos da confissão e da comunhão.

anéis da manhã e da tarde para uso das escolas cristãs da cidade e da diocese de Tormno, anteriormente publicadas como muchas veces por Marietti.

67 MO 184s. Mas el Stella mismo (Don Bosco na história econômica, p. 33) é apenas excesivo e não-referencial para os escritos de catequesas como os de Aporti ou Rayneri.

68 El llamado catecismo de Casati fue, en realidad, compuesto por canónigo Giuseppe Maria Giaccone en 1765, por encargo del obispo de Mondovl, mgr. Michele Casati. Declaro catecismo se colocava no excedente de tradições primorosamente oratorianas: um dos fuentes es sin duda el Pequeno compêndio da doutrina cristã, impreso en Turín en 1710, com a efigie de San Felipe Neri en la anteportada. El autoruvo presentemente el Catecismo Romano, el de Bellarmino (como se fala claramente no papel pastoral de Casad, presentándolo a sus sacerdotes), e también el de Bossuet, da inscrição literalmente transcreve a parte referente a las fiestas litúrgicas, puesta no final do catecismo mismo. Fue adoptado, en 1896, como texto único por obispos de Piamonte e de Lombardía hecho que constitui uma confirmação da acertada elección hecha de don Bosco. Cf. S. TRAMONTIN, Do catequista de Tombolo ao papa catequista, en: ID. (ed.), As raízes venezianas de São Pio X. Ensaios e pesquisa, Brescia 1987, p. 72-104; L. NORDERA, 11 catecismo de Pio X. Para uma história da catequese na Itália (1896-1916), Roma, LAS 1988.

Seu nome é como o de uma celebridade para um santo e uma família de uma menina em uma casa de família, a 69 horas de distância da confissão, e mais, de confissões em uma sala. Uma das melhores fotografias e, de fato, quem a toca é confessar um muchacho que le habla al oído, mientras otros jóvenes esperan on shift alrededor. Atribui ao diálogo na confesión uma importancia decisiva: además de guía espiritual, se sentía amigo y pai do penitente. A confesión - tem subestimado acertadamente Dacquino7 ° - no ambiente de vida familiar do Oratório se convierte em um momento de confiança filial y, por muito, tenía a função de apoyo de aspecto afectivo, además do espiritual.

Por estas razões, se você refere-se à comuna, por isso uma mentalidade positiva a aposentadoria da vida em todos os mundos, a empujaba para que se alimentasen com frecuencia de Pan Eucarístico para um contacto mais intenso com Jesus »A oração e os sacramentos debíam, por tanto, nutrir a instrução religiosa, a vida de súbditos externos e internos, estudiantes e artesanos. Para estos últimos, además, sería uma bóia apoyo para que soportasen a fatiga física do trabalho, do se se advertir o efectivo espiritual no cumplimento da voluntària de Dios y hacerlo, por tanto, precioso ante él.

Aun durante o trabalho quería jóvenes orasen, además de ofrecerlo al Señor. "Comenzad siempre el trabajo con el Ave Maria", decía el n. 8 do primeiro plano citado; y el n ° 9: "Por la mañana, uma meditação e a tarde, recitada ao Angelus e à noite sobre o De Profundis" .72
Também está na conferência registrada Habitação: «Religião e trabalho se han dado de novo a mão (na formação de sociedades de ayuda mutua de inspiração cristã) y em um uni não pode ir mais do que o prefeito bien para una otro. ¿Não tem sido acaso a religión la que ha dado dignidad al trabajo? ¿Não responde, por parte, o trabalho aos finos augustos da religião? »Você já foi convidado a promover fiestas religiosas como em antigüidades gregas para« alegrar a alma maniatada pelos mecanismos do oficio
"Cf. el" lembrete "de Enria reproducido por STELLA, Dom Bosco na história econômica, págs. 494-506. Se você não está nas confissões dos pomares do Oratório.

DACQUINO, Psicologia de Dom Bosco, p. 259.

"O que é interessante é a descrição de um domingo no Oratório como vem narrada no segundo documento inédito apresentado por Braido:" As funções religiosas nos feriados são as seguintes: de manhã conforto para quem quer confessar, seguido de uma história sagrado ou ecdesiastica ou a exposição do Evangelho do dia, portanto, recreação Depois de uma meia-catecismo em dasse, vésperas, breve instrução do coração, bênção com o venerável, ao qual ele mantém a recreação habitual.Depois dos serviços religiosos, todo mundo é livre para ficar e jogar ou ir para casa. Ao fazer a noite, mandamos-lhe todos para casa e fechamos o oratório ”(BRAMO, Dom Bosco na Igreja, p. 68).

72 Cf. Foreground, cit. nota 11.

y sacudirla y consolá-la com el augusto espectáculo de la misterios de la fe ». y compare it «a esas hornacinas que se encuentram por los caminos de los alpes, que despiert pianoso pensamiento en el corazón del caminante y le ofrecen to mismo tiempo diane descen dansar». «A fiesta debía, pues, serve para el descanso y la oración: como para Zanella también para don Bosco.

7. En síntesis

Foi a atitude de Dom Bosco frente ao mundo do trabajo, com sus ideas y-sus Iniciativas. Em relação ao fundamental, você deve seguir para a salvação das almas, mas você deve buscar em uma "cultura de trabalho" não pode ser mais importante do que a lei em seu discurso de Milán, es decir:
- primacía del hombre sobre o trabalho;
- primacía del trabajo subjetivo sobre o objetivo; - primazia da consciência sobre a técnica;
- primazia da solidariedade sobre as intereses individualistas e de grupo.74
Conceptos todos subrayados in the Laborem exercens de Juan Pablo 11 75 y repetidos en h numerosos discursos en ultimo visit de septiembre in Turín ya los lugares queridos por Dom Bosco.76 F1 debatendo sobre o homem, sobre seu trabalho, sobre sua dignidade - como tem señalado algún comentarista - fue el dominate motivo de aquellas jornadas. "E convidar, mais que ver em Dom Bosco a um precursor, para" ouvir em presencia em nuestro hoy y nuestro mañana ".
"Cf. ZANELLA, Religião e Obra, p. 40. En áreio, el autoré a previsión y el ahorro, Enlaces tambem por don Bosco, como convenientes para conservar os sentimentos religiosos, e convida com as práticas prácticas religiosas, a lectura de algún buen book: o dos se encuentran de acuerdo en el ponto como en el ver en todo está uma "educação para sentir essa sua dignidade".

74 Cf. el cit. debour de de Viganó (fotocópia).

"Para la Laborem exercens, cf. As encíclicas sociais de Rerum novarum alfa Laborem exercens, Roma 1984, p. 471-564.

76 Véanse los números 206. 207. 208. 209. 210 de "L'Osservatore Romano", no qual se recorda as discotecas ou completa ou o resumo dos misos com o comentário algún. Cf. también el BS (octubre 1988), en donde son comentadas las jornadas turinesas do papa.

77 Cf. P. Ama, Seguir o caminho indicativo de Dom Bosco para devolver sua verdadeira alma a Turim, em "L'Osservatore Romano" 5-6 de setembro de 1988, p. 7.

78 De la homilía Pronúncias para la plaza «Maria Auxiliadora» de Turín.

LA OPCIÓN POR LOS JÓVENES
A PROPRIEDADE EDUCACIONAL DE DON BOSCO


Luciano PAZZAGLIA
Quando lhes foi pedido que viessem , em 1886, o prefácio para chumbo las almas a Dios, o São Francisco de Sales ou o São Vicente de Paulo, Dom Bosco disse: "Meu método é para mim explicado. Mah! ... Eu também não sei. Eu sempre segui em frente quando o Senhor me inspirou e as circunstâncias exigiram "".
A resposta não é possível no literal, como é o padre piamontés hubiera querido verdaderamente sostenener que tem actuado exclusivamente empujar por lás circunstancias externas. A resposta pediu, mais bien, um expediente para não que se pronunciasse entre os autores com os que se relacionavam de forma expressiva.2 Los estudiosos comparten largamente a convicção de que don Bosco fue mais um educador que um "pedagogo", em sentido riguroso. Com todo, o caráter preeminente do caráter não pode debater o pensamento que faz Bosco careciese de um diseño teórico ou que fues adelante de forma ocasional. Hay that decir, a sumo content was multiple of multiple peripheral aspects of su obra in una visión de conjunto. Tal dificultad es debida, mais que a categoria de documentación disponible, à linha seguida por Dom Bosco no itinerário. De acordo com ele, você deve estar preparado para elaborar os princípios fundamentais para a recuperação do campo durante toda a vida; no entanto, para satisfazer as necessidades do momento e de resolver os princípios a várias circunstâncias históricas. Nenhum feno, pues, que maravilhar de que seu pensamiento, aun preserving algunas coordenadas estables, present contornos algo sinuosos y se escapou a intenção de quien quisiera situarlo en el cuadro de um proyecto rigidly unitary. Recentemente alguien se tem preguntado si, en vez do "sistema preventivo" de Don Bosco - según uma fórmula ya codificada -, nenhuma convenção mais bien hablar de «sistemas», en plural? Preparo-me para elaborar os principios fundamentais para os que se conservam durante toda a vida; no entanto, para satisfazer as necessidades do momento e de resolver os princípios a várias circunstâncias históricas. Nenhum feno, pues, que maravilhada de que seu pensamiento, aun preservando algunas coordenadas estables, apresentam contornos algo sinuosos y se escapou à intenção de quien quisiera situarlo no desenho de um projeto híbridamente unitário. Recentemente alguien se tem preguntado si, en vez do "sistema preventivo" de Don Bosco - según uma fórmula ya codificada -, nenhuma convenção mais bien hablar de «sistemas», en plural? Preparo-me para elaborar os principios fundamentais para os que se conservam durante toda a vida; no entanto, para satisfazer as necessidades do momento e de resolver os princípios a várias circunstâncias históricas. Nenhum feno, pues, que maravilhada de que seu pensamiento, aun preservando algunas coordenadas estables, apresentam contornos algo sinuosos y se escapou à intenção de quien quisiera situarlo no desenho de um projeto híbridamente unitário. Recentemente alguien se tem preguntado si, en vez do "sistema preventivo" de Don Bosco - según uma fórmula ya codificada -, nenhuma convenção mais bien hablar de «sistemas», en plural? Que maravilha de que o seu pensamento, que preserva as coordenadas estabelecidas, apresenta os contornos algo sinuosos e se escapam para a tentativa de situarlo quien no quadro de um projeto programável unitário. Recentemente alguien se tem preguntado si, en vez do "sistema preventivo" de Don Bosco - según uma fórmula ya codificada -, nenhuma convenção mais bien hablar de «sistemas», en plural? Que maravilha de que o seu pensamento, que preserva as coordenadas estabelecidas, apresenta os contornos algo sinuosos e se escapam para a tentativa de situarlo quien no quadro de um projeto programável unitário. Recentemente alguien se tem preguntado si, en vez do "sistema preventivo" de Don Bosco - según uma fórmula ya codificada -, nenhuma convenção mais bien hablar de «sistemas», en plural?
A sessão regular recomendada por M. Dupuy, reitor do seminário de Montpellier, em um mapa para Dom Bosco, no dia 2 de julho de 1886, para uma visita à visita do seminário, ao regresar de su viaje em Barcelona. A Carta de Dupuy y a frase de Dom Bosco se encuentran en: MB XVIII, 126-127 y 655-657.

2 P. BRAIDO, o projeto operacional de Dom Bosco e a utopia da sociedade cristã, Roma, LAS 1982, p. 6.

Com a presente colaboração quisiéramos verifica-se, portanto o mar de forma muy geral, em que forma o sacerdote do período decide dedicar-se à educação dos noviços, y, sobre todo, deste modo, se é concreto em diferentes modos de su rica e compleja biografia. A empresa não es fácil, porque se trata, precisamente, seguirá o esquecimento educativo de Dom Bosco, considerando as dimensões sociais e religiosas, as que fue conformndola. Precisamente, de entrada, que al prepare este ensayo, me serve especialmente da proposta interpretativa de P. Braido, según el cual, Don Bosco paso de posições basas en la idea de recuperar, para la sociedad, a los jóvenes en peligro ( "Inseguro"), um coloces comprometidos na defesa da juventude derrotou uma realidade social que é, pouco a pouco,


1. Las primeras experiencias entre la juventud «pobre y abandonada»


A versão dada por don Bosco, en sus Memórias do Oratório, sobre as comunidades do Oratório, é geralmente conocida. 5 Ensaio escrito, redigido em primeros años 70, cuenta that empezó su obra in favor de los jóvenes abandonados el 8 de diciembre - dia da Imaculada - de 1841, cuando, recién llegado a Turín para frecuentar O internato eclesiástico por Cafasso y Guala, encontró casualmente a um joven, llamado Garelli, y, com o consentimento, se puso a enseñarle algunas nociones de catecismo. A publicação recorrente de algunos escritos ineditos de Dom Bosco, autorizada a embargar, a. pense no Oratório de forma menos recente das memórias Memórias querrían hacer creer.6 Em el Cenno histórico do Oratório, de 1854, o padre piamontés escreveu que tinha dado comienzo a su trabajo, reanudando, um final do ano de 1841, uma iniciativa catequística dominical veraniega para aprendizes de albañil, iniciada antes por Cafasso, mas que é costume tinha abandonado después. En los Cenni, em torno do Oratório, de 1862, Dom Bosco Afonso, em mudança, que teve sua obra exposta ao passado de maneira problemática ao problema dos jovens que presenciamos, que, põe em liberdade, que é necessário que se dê a conhecer. As versões do joven, infelizmente, não têm nenhuma alusão ao episódio sobre o joven Garelli -, não são necessariamente contrastantes. De fato, pode-se ver que Dom Bosco, aconsejado por Don Cafasso, reativou a experiência catequética que não possui a posse da capacidade de continuar: a rapidez com o romance padre promovió los encuentros dominicales, desde sus primeras semanas en Turín. Mas não se ele não pode excluir que ele será capaz de ver muito para visitar Los Presos acompañando a Don Cafasso - se os Huesias usar o serviço de ayudar también a los jóvenes salidos de la prisión. Fuese cual fuese the verdadera intención com the cual Don Bosco emprendió su obra, queda claro que ésta, suficiente. pronto, se iba dirigir, não a uma situação categórica, como foi o anterior presos, até que haja um geral nos mucos "pobres y abandonados" da cidade ou que llegaban em Turín desde os pueblos cercanos: jóvenes sin residencia fija , desocupados ou empleados em trabalhos eventuais, habituados a viver precariamente, e expostos a todos os riesgos da rua. desde sus primeras semanas en Turín. Mas não se ele não pode excluir que ele será capaz de ver muito para visitar Los Presos acompañando a Don Cafasso - se os Huesias usar o serviço de ayudar también a los jóvenes salidos de la prisión. Fuese cual fuese the verdadera intención com the cual Don Bosco emprendió su obra, queda claro que ésta, suficiente. pronto, se iba dirigir, não a uma situação categórica, como foi o anterior presos, até que haja um geral nos mucos "pobres y abandonados" da cidade ou que llegaban em Turín desde os pueblos cercanos: jóvenes sin residencia fija , desocupados ou empleados em trabalhos eventuais, habituados a viver precariamente, e expostos a todos os riesgos da rua. desde sus primeras semanas en Turín. Mas não se ele não pode excluir que ele será capaz de ver muito para visitar Los Presos acompañando a Don Cafasso - se os Huesias usar o serviço de ayudar también a los jóvenes salidos de la prisión. Fuese cual fuese the verdadera intención com the cual Don Bosco emprendió su obra, queda claro que ésta, suficiente. pronto, se iba dirigir, não a uma situação categórica, como foi o anterior presos, até que haja um geral nos mucos "pobres y abandonados" da cidade ou que llegaban em Turín desde os pueblos cercanos: jóvenes sin residencia fija , desocupados ou empleados em trabalhos eventuais, habituados a viver precariamente, e expostos a todos os riesgos da rua. se os Hubbians usarem o serviço para a ayudar también a los jóvenes salidos da prisión. Fuese cual fuese the verdadera intención com the cual Don Bosco emprendió su obra, queda claro que ésta, suficiente. pronto, se iba dirigir, não a uma situação categórica, como foi o anterior presos, até que haja um geral nos mucos "pobres y abandonados" da cidade ou que llegaban em Turín desde os pueblos cercanos: jóvenes sin residencia fija , desocupados ou empleados em trabalhos eventuais, habituados a viver precariamente, e expostos a todos os riesgos da rua. se os Hubbians usarem o serviço para a ayudar también a los jóvenes salidos da prisión. Fuese cual fuese the verdadera intención com the cual Don Bosco emprendió su obra, queda claro que ésta, suficiente. pronto, se iba dirigir, não a uma situação categórica, como foi o anterior presos, até que haja um geral nos mucos "pobres y abandonados" da cidade ou que llegaban em Turín desde os pueblos cercanos: jóvenes sin residencia fija , desocupados ou empleados em trabalhos eventuais, habituados a viver precariamente, e expostos a todos os riesgos da rua.

P. BRAMO, a experiência pedagógica de Dom Bosco em "tornar-se", ponência apresenta o seminario de estudio: "Dom Bosco e sua experiência pedagógica: heranças, contextos, desdobramentos, sofrimentos" (Venecia, 3-5 octubre 1988), cuyas actas fueron publicadas em «Orientações pedagógicas» 31 (1989) 3-241, en: C. NANNI (ed.), Dom Bosco e sua experiência pedagógica, Roma, LA1 1989 (a ponencia de Braido: p. 11-39).

En este sentido se pronunciou Braido em: P. BRAIDO (ed.), Experiências de pedagogia cris • tiana em história, vol. II: seg. XVII-XIX, Roma, 1981, p. 322s.; BRAMO, projeto operacional de Dom Bosco, p. 19-20; y, últimamente, BRAIDO, A experiência pedagógica de Dom Bosco, p. 20-21.

5 MO 124-125.

6 Perdidos inéditos a los que nos referimos fueron publicados por: BRAIDO, Dom Bosco na Igreja, p. 13-81. En realidad los escritos presentados por Braido filho tres: uma Introdução (que tem uma conta no conocer en: G. Bosco, Escritos sobre o sistema preventivo, p. 360-362), el Cennc historiador do Oratório de S. Francisco de Sales y los Esboço histórico em torno do Oratório de S. Francesa di Sales. A introdução e o cenário histórico fueron redactados según Braido en 1854; según lo: Esboço histórico, en 1862.

A historiografía discutiu extensivamente sobre as fuentes culturais de Dom Bosco. De pronto, você poderá observar a decisão do reunir, os domingos, a grupos de amigos para brincar com algunos juegos e instruirlos en las verdades do cristianismo, no constituía una novedad. O mapa de veredicto em espanhol para o tipo de atos em Turínteraía, neste caso, para Don Cocchi, o ano teve ano, o ano 1841, o "Oratório do Custódio de Ângelo" no barrio del Moschino. O oferecimento dos dados sobre as indicações dadas pelos algunos estudiosos, os depoimentos dos meios provenientes do ambiente de Dom Bosco, sustentou este Oratório de Este último, com um caráter educativo mais respeitado.10 Tal afirmación habría, quizás, que matizarla um pouco, pues, en realidad, el Angel Oratorio Custodio no promo de promo, off the chimney, Iniciativas que, mais a preocupação de brincar com os muchachos com juegos y ejercicios físicos, se proponían atender à formação moral, religiosa y cívica. É singularmente interessante, ao respecto, o proyecto de escuelas dominicales e nocturnas que don Cocchi, com o ayuda do teólogo R. Murialdo, perfeccionado em 1847: "um projecto que, para os menos no papel, não tenía nada que envidiar a líneas educativas que, nos últimos anos 40, tinha madured Bosco.

7 Escribe Dom Bosco: «Este Oratório, isto é, um encontro de jovens em feriados faz parte da igreja de São Francisco de Assis. II Sr. D. Caffasso, já há vários anos no verão, ele tinha um catecismo todos os domingos nos pedreiros em uma pequena sala ligada à sacristia do delta da igreja. A gravidade das ocupações deste gil sacerdote fez com que este exercício o interrompesse, muito apreciado. Retomei o Emite de 1841, e comecei por reunir dois jovens adultos, seriamente necessitados de educação religiosa, no mesmo lugar "(BRAIDO, Dom Bosco na Igreja, p. 38-39). Diversos estudiosos foram atribuídos à iniciativa de Cafasso e o comienzo de los oratórios no Convitto de Turín. Incluindo P. Stella, o mais bem escrito feito de Dom Bosco, em su obra: Dom Bosco 1, p. 95. P. Braido, sem embargo, Esta afirmação foi impugnada por algunos: BRAIDO, Dom Bosco na Igreja, p. 38.

8 O texto de 62 afirma peremptoriamente: "A idéia dos Oratórios nasceu da freqüência das prisões deste dttá" (BRAMO, Dom Bosco na Igreja, p. 60).

9 Puede verso sobre don Cocchi: E. REFFO, Don Cocchi e seus artesãos, Turin, Tipografia S. Giuseppe degli Artigianelli 1896; Encuentran referencias en el estudio arrerdo pelo mismo Reffo à Vida de T. Leonardo Murialdo, Turim, Tipografia S. Giuseppe degli Artigianelli 1905; se halla también expande informações sobre don Cocchi, mais em geral, sobre oratórios em turines: A. CASTELLANI, Beato Leonardo Murialdo, 2 vol., Roma, Tipografia S. Pio X 1966-1968.

Não surpreende que a nova geração de padres - como Dom Bosco e Don Cocchi, anime profundamente a situação do setor social em que há mais - ganhe a crise nos últimos anos e se abandone a uma educação maior que a outra, ponto fora do ponto de vista cívico. Téngase present that, from hacence algú tiempo, culture de la prevención, superponder the defensive-punitive visión of the siglos precedentes, estaba subrayando the urgencia de ayudar a los jóvenes marginados, dézoles los instrumentos indispensables para integrarse en la sociedad. Os exponentes dessa cultura - muito preocupados com as repercussões sociais do pauperismo, da mendicidad, a vagabundagem - recomendam os fenómenos da marginalidad com uma série de medidas indiretas. Entre éstas, en primer lugar, a instrucción y educación de niños y adolescentes necesitados. ' Para prevenir e interpretar as oportunidades que, no entanto, em uma posição mais prioritária para a representação da tradição, a concepção preventiva se segue, considerando-se uma sociedade existente como uma cultura intrínseca, que segue considerando as pessoas colocadas los márgenes do consorcio civil com sujetos «peligrosos», uma perspectiva que ayudar, de uma perspectiva esencial paternalista. No podemos decir so Bosco siguiou e aprofundou as publicaciones de estudiosos como Morichini, Petitti ou De Gérando. "No entanto, desde os comícios de sua atividade, a ação realizada em Turim por instituições como o Hotel de Virtú ou a Opera of Educated Mendicity. , que, activas ya desde hacía tiempo,

i. L. PAZZAGLIA, Aprendizagem e educação de artesãos em Valdocco (1846-1886), em: F. TRANIELLO (ed.), Dom Bosco na história da cultura popular, Turin, SEI 1987, p. 16-17; Respeito à hipóteses de que o Oratório de don Bosco tenía an enfoque pedagógico más sólido e completo que o de don Cocchi, cf. G. CHIOSSO, Oratório de Dom Bosco e renovação educativa no Piemonte carloalbertino, em: BRAIDO, Dom Bosco na Igreja, p. 98ss.

"Oratório do Anjo da Guarda, em" O Educador. Revista de Educação e Educação "3 (1847) 762-765.

<2 Acerca dos debates que, no primeiro mitad dos Ochocientos, se entablaron em torno do tópico da prevención socio-asistencial, cf. G. MILANESI, Sistema preventivo e prevenção em Dom Bosco, comunicación presentada en el citado seminato de Venecia: "Dom Bosco e sua experiência pedagógica" (p. 148-165).

"CL MORICHINI, Grau de Institutos de Caridade Pública e Educação Primária em Roma, Roma,
Estas breves alusões permitem que o contexto seja apresentado em Bosco empezó a trabajar. Em caso de transferência para o serviço de baixa rentabilidade e abandonada, certamente, de forma direta e prevalente, dos razones próprios da caridade cristã; no entanto, não se pode considerar, em princípio, as modalidades de tal opção de pensamento das orientações da época. Es decir, mui pronto, Dom Bosco compreendeu a necessidade de contrapor-se à marginalização do jovem por meio de um generoso e fuerte empeño asistencial-educativo; no entanto, não há lejanos de los os típicos da cultura generalizada, comenzó su trabajo, considerando que o problema consistia em converter-se em um ganso aos jovens para a vida social. Esta perspectiva se alimentaba, principalmente, da convicción de que, Sobre a Bosco a concepção algo pesadão da natureza do homem e o sentido do pecado original adquirido no seminário na clase de teología rigista que todos os enseñaba, e por cuyas sugestiones é mismo había sido inducido a dudar tem a sua capacidade de salvação. "A percepção da vida é constituída pelos enunciados históricos da vida do clérigo Luigi Comollo" ou no depoimento do estudo do seminário G. Burzio19 - a impressão de que de um ás Bosco tenía a concepto de los jóvenes matizado de severidad. Filho sintomático las valoraciones hechas entonces de sus ex compañeros seminaristas. Se você se sentir inclinado, não entrará para descobrir mais do que será capaz de fazer, portanto mar com a exceção de algunos "realmente bom"; pero estos últimos - anotaba - "son pocos, y precisamente por esto if debe use más atenta caution, y, encontrados algunos, tratarlos with frecuencia, y establecer aquella familiarity espiritual cual if recaba so provecho". 2 ° en perspectiva de uma visita que parecía ou pouco creditada à juventud em geral, era natural que, ao entrar em contacto com a categoria dos muchachos más extraviados, Dom Bosco acha que a única chaminé a seguir era da reintegração no contexto social no mundo. que, em virtude das fantasias inspiradas nos principios religiosos, os contos jóvenes podrían são mantidos no recto sendero.

Stamperia dell'Ospizio apostolico presso P. Aurelj 1835; C.I. PErn II DI RORETO, Saggio sul buon governo della mendicita, degli istituti di beneficenza e delle carceri, Torino, Bocca 1837; J.M. DE GÉRANDO, Della pubblica beneficenza, 7 vol., Firen7e, C. Torri 1842-1846.

" Sobre el «Albergo di Virtil», cf. G. PONZO, Stato e pauperismo in Italia: L'Albergo di virtú di Torino (1580-1836), Roma, la Cultura 1974. Sobre la «Opera della Mendidtá Istruita», cf. las amplias referencias de P. STELLA, Don Bosco nella storia economica e sociale (1815-1870), Roma, LAS 1980, p. 61ss.

BRAIDO, L'esperienza pedagógica di don Bosco, p. 20.

16 G. BOSCO, Storia ecclesiastica ad uso delle scuole utile per ogni ceto di persone, Torino, Tip. Speirani e Ferrero 1845, ahora en: OE I, 161-556.

"Respeito à formação recebida pelo joven Giovanni Bosco no seminário de Chieri, además dos recuerdos do mismo de Dom Bosco (MO 89ss), se ele puder ver a reconstrução pacífica de STAR, Dom Bosco I, p. 51ss.

18 [G. Bosco], Notas históricas sobre a vida do clérigo Luigi Comollo que morreu no seminário de
No entanto, em primeiro lugar, havia uma estância em Turín, Don Bosco puso premluitas importantas para ampliación de sus perspectives. Mientras muito, o perfeccionamiento pastoral no Convino, realizado a prudente guia de Cafasso (que continua a ser o diretor espiritual de Dom Bosco hasta 1860), permitiu superar o rigolismo teológico seminário com concepções espirituais caracterizadas por um sentido de mayor equilíbrio. 21 Na escalada de Guala y Cafasso, Dom Bosco encontrou e convocou um grande número de autores como São Afonso de Ligorio, São Felipe Neri, São Francisco de Sales. Reflexionando sobre ellos, pudo anulou o sentido do experimento cristão do abandono confiado na misericórdia de Dios. El Convitto resulta muito eficaz: "ruim", "nada mau, mas não é bom", "muito bom" (OE I, 63-64).

Chieri admirado por todas as suas virtudes únicas escritas por seu colega, Turin, Tip. Speirani e Ferrero 1844, ahora en: OE I, 1-83.

19 A "notificação" hecha por don Bosco apareció em: F. GIORDANO, indícios instrutivos de perfeição oferecida aos jovens ansiando pelo mesmo na vida edificante de Giuseppe Burzio, Tocino, Tipografia das Impressoras Artistas 1846, p. 96ss., Ahora en: OE II, 6ss.

2 El juicio, en realidad, foi el que don Bosco decide haber escuchado de labios de su compañero Comollo, y formaba faz parte da divisão com aquela égua clasificada a los clérigos, según
O que está facil e melhor também é a apreciação de Dom Bosco. As Memórias do Oratório parecem desprender-se de uma clasificación de los jóvenes según las trés categorías recordadas, Dom Bosco habità llegado, por su cuenta, valorizar aos companheiros de latinidad, durante os anos dos estudos secundários em Chieti (cf. MO 50-51). Sobre el juicio rather crítico that, on primeros años 40, emitia sobre a seminario e sobre sus moradores, se ele pode ver o testemunho sobre sua obra G. Burzio, em que ele apoia o que um bom seminario debería tener, com los ojos de la paloma, a sagacidade da serpente, desejava-se escalar a inmune "de" rochas escondidas na água, que no mesmo porto poderia às vezes apresentar naufrágio e morte "(OE II, 8-9). Entre estos «rochas»,

21 Sobre los años pasados ​​por don Bosco en el Convitto, cf. STELLA, Dom Bosco I, p. 85ss.

22 Sobre as relações de don Bosco com Santo Afonso, cf. STELLA, Dom Bosco I, p. 87ss.;
M. MARCOCCITE, Nas raízes do espírito de Dom Bosco, en este mismo volumen. Sobre os contatos de Dom Bosco com a ajuda de San Felipe Neri de São Francisco de Sales, cf. BRAMO, A experiência pedagógica preventiva, p. 306-307.

ayudarle a fijar las lineas fundamentales de seu apostolado. Impulsado pelas doutrinas abstratas para confrontar com as exigências da cura concreta de todas as coisas, Dom Bosco compreendeu isto, em vista da glória de Deus, que não foi a adoção de uma doutrina Teológica en lugar de otra, até que más bien la ayuda efectiva que, como sacerdote, era capaz de dar a las personas.

Em outubro de 1841, Terminou sua prática pastoral no Convitto, passou a ser um capellán de la «Opéra Pia do Refúgio» de la marquesa Barolo, e tuvo posibilidad de dar um encuentros dominicales com as jóvenes un organización más estable: fue justamente durante o período do Refugio cuando Dom Bosco deveria designar sobre a obra com o nome de "Oratório de San Francesco di Sales". A realidade que se esvaiu, deve confirmá-lo na persuasão de que vive com os muchachos e cuidándose de ellos. era possível pensar em las cosas do céu 23 Es decir, Dom Bosco se a daba cuenta de que um ponto esencial de sua acción fosse capaz de permitir que houvesse um "amigo", uma pessoa de quien se fosse possível que fosse possível abrir o propio corazón. Entretanto, quando os mucchos são deixados a circular em solidariedade profunda e sincera, o problema dos resultados de recuperação é difícil: "Fue entonces - diría más tard refiriéndose to aquinas primeras experiencias - cuando yo palpé com a mão que los jóvenes salidos del lugar de castigo, você encuentran uma mão benevolente, você cuide de ellos, os asista em dias festivos, trate de arroba a trabajar com algún honesto patrón, yéndolos a visitar alguna vez a lo largo de la semana, estúdios jóvenes comenzaban a vida honrada, olvidando el pasado, llegaban a ser buenos y honestos ciudadanos ».24
Os historiadores se han preguntado si don Bosco adquirió esta ideia de prevención em um sentido mais marcadamente promocional impulsado por alguna fuente preciso. Se pode decretar, mais que, a profundización do apostolado de um San Felipe Neri ou de um San Francisco de Vendas no podía dejarlo indentiente, sobre todo, pelas orientações que daba sobre os aspectos com alegria, puesto por San Felipe Neri en el. centro de sua visión educacional, ou como a dulzura y caridad, que San Francisco de Sales assim recomendaba aos que se prepararam a comenzar em trabajo en la cura de almas.23.
23 Para o que se refere ao ensino profissionalmente, Dom Bosco organizou a organização de um breve centro instrucional encuentro para dar uma visão geral dos rudimentos litúrgicos da lectura e escritura: en los Esboço histórico se a "escola dominical" se inició en el 1845, mas Braido opinou que esta fecha habría que retrasarla un año (cf. BRAMO, Dom Bosco na Igreja, p. 68).

24 MO 127.

também pode encontrar analogias e coincidências com trabalhos de autores e comunidades contemporâneas. Piénsese, por ejemplo, na análise pedagógica dos hermanos das Escuelas Cristianas, na enseñanza de Aporti, nos temas dos educadores e dos pedagogos que se voltam para a revista "O Educador Primário". Podríamos decir que se trata de todo um movimento que, um pecado llevar adelante uma acción programática-coordenada mente, estabelece poniendo de aliviar a importância da educação popular y subrayando a urgência de uma obra de formação que, antes de castigar y reprimir, debería O pecado, P. Braido tem mostrado que, erro algunas coincidencias relevantes,
Francisco de Sales, como um otros apóstoles surgidos depois do Concílio de Trento (OE I). "Ele correu pelas praças, pelos distritos, pegando especialmente os garotos mais abandonados, que se reuniram em algum lugar, onde os manteve afastados da corrupção do século, com alegria e diversão inocente. e instruiu-os nas verdades da fé "(Ibid., p. 473); de San Francisco de Sales: «Guiado pela voz de Dio que o chamou para grandes coisas; com as únicas armas de doçura e caridade que deixamos para Chiablese. À vista das igrejas demolidas, dos mosteiros destruídos, das cruzes invertidas, tudo inflama com zelo e inicia seu apostolado "(Ibid., P. 479-480). En las Memorie dell'Oratorio,

26 G. Bosco, O jovem previu a prática de seus deveres nos exercícios de piedade cristã para a recitação do ofício da Santíssima Virgem e dos princípios: * as vésperas do ano com a adição de uma escolha de louvores sagrados, etc. , Turim, Paravia 1847, ahora en: OE II, 183-532.

27 A obra em cu stión de Gobinet es Instruction of the jeunesse en la piété chrétienne ..., publicada pela primeira vez em 1655, e destinada a ser conveniada, mui pronta, num libro de espiritualidade juvenil muy difundido. De las varias traducciones italianas recordamos: P. GOBINET, Educação da Juventude na piedade cristã, Tocino, Associação dos livreiros Maspero e Sena 1831 (que constituía el vol. 23 da "Biblioteca econômica de obras de religião"). Sobre as relações entre o Giovane forneceu y o escrito de Gobinet, cf. P. STELLA, Valores Espirituais no "Jovem Provido" por São João Bosco, Roma, Escola Gráfica Borgo Ragazzi Don Bosco 1960.

28 Cf. a este propósito: P. BRAMO, Estilos de educação popular cristã no limiar de 1848, en: Pedagogia entre tradição e inovação, Milão, Vita e pensiero, 1979, p. 383-404; BRAIDO, A experiência pedagógica preventiva, p. 310-313; G. CHIOSSO, Oratório de Dom Bosco, en: BRAIDO, Dom Bosco na Igreja, p. 83-116.

tuvo relaciones. "Naturalmente, deste hecho no eslito, conclua que haya elaborado sus convicciones educativas para partir sobre a única experiencia, alimentada a sumo com as tradições espirituais e ascéticas aludidas más arriba. As analogias recordadas indicam don Bosco participaba, pelo menos, de um mismo clima cultural.

De todos os modos, es cierto que, para a final de los arios 40, o padre piamontés se acercaba a visión más serena.cle the juventud, so sin caer en cierto optimismo rousseauniano; sobre o cual, pelo contrário, continuei mantendo com fireza sus reservas. A juventude fácil desde que Dom Bosco estabelecesse a madras visión mais serena, em estrecha relación com a perspectiva teológica fundada sobre um Dios que - de maneira diferente de conocido a través das doutrinas rigistas do seminário -, asumía cada vez mais a imagen de um pai, deseoso de ayudar a los hijos para lograr la propia salvación. No âmbito desta concepção, Dom Bosco afirmaba as: "Convencidos, queridos hijitos, de todos os seres criados para o paraiso, todos os direitos de ação e de propriedade. Um lugar de mudança especialmente e o grande amor que Dios os está segurando. Seja como for, todos os hombres, como obra de sus manos, detém, sem embargo, um amor especial para os jovencitos, nos quais as referências são deliciosas: Delíciae meae esse cum filiis hominum. Pois é assim a delicadeza e o amor do aquário Dios que os creó. Os ama porque está a ter um tempo para hacer muchas obras buenas; os ama porque estáis em uma edad sencilla, humilde, inocente, em geral, no habéis sido todavía tomada infeliz do enemigo infernal »." Os ama porque está a ter um tempo para hacer muchas obras buenas; os ama porque estáis em uma edad sencilla, humilde, inocente, em geral, no habéis sido todavía tomada infeliz do enemigo infernal »." Os ama porque está a ter um tempo para hacer muchas obras buenas; os ama porque estáis em uma edad sencilla, humilde, inocente, em geral, no habéis sido todavía tomada infeliz do enemigo infernal »."
A base sobre a qual Don Bosco habría edificado su concepción preventiva estaba ya puesta. Sim, a juventud se apresenta não apenas como a parte de humanidad más amada por. Dios, sin también como o tempo mais precioso para ganhar o paraíso, os adultos tener a delicia tarea de acercarse com caridad paterna y com razonable solicitud a los jóvenes para sostenerlos en su fragilidad y, com a ayuda de la gracia, hacer crecer en sus corazones e o amor da virtude cristã. Com otras palabras, a proposição hica la Bosco se estaba encaminando era uma propuesta educacional que, a não ser desconocer a importancia do substituto das estructruras sociais, buscaba, ante todo, consolidar as energias interiores de cada muchacho, da maneira que fuera , gradualmente, no condominio de discernir y querer el bien.

29 Não é uma seção, no entanto, a posição de quien, como A. Caviglia, apoiou a venda de don Bosco a depender de suas perspectivas sobre caminhadas educacionais dos caminhantes das escuelas cristãs e dos pedagogos que se agrupaban voltam a « O Educador Primário "(cf. BRAIDO, The preventive pedagogical experience, p. 310).

30 OE IL 190-191.

2. No clima de tensão política e propaganda anti-religiosa


Mientras muito, en el año 1846, O Oratório de Habitação encontrado no lugar final em Valdocco, zona periférica da cidade de Turim, e muito mais Enriquecerse con nuevas actividades. Em invierno de dicoño, que se cuida dos que primeiram rudimentos de lectura e escritura, que se comunicam aos muchachos los dias de fiesta, foram excesivamente irregulares e não produzem frutos duraderos, don Bosco decide organizar as escuelas nocturnas, com o enseñanza de la lectura y escritura, y, tarde tarde, de la aritmética y del dibujo.3 'No começo, o momento instrutivo já está em apoyo de la formación religiosa propia dicha; no entanto, é suficiente que o cargó de um valor humano propicie, porque permitia a los muchachos uma maior integração não só com a religião até com a sociedad.
Deste ponto de vista se você expor a preocução com o que tríade de obter de cada um dos muchachos um trabalho, do caminho, do mundo, você poderá dignificar a vida e os sentimentos ativos da sociedade civil. Dom Bosco avança, cada vez mais, uma concepção que conjuga uma intensa inspiração religiosa fundamental com a finalidade de atingir os valores humanos. É possível, com certeza, dar a entender, desde os comícios, o seu projeto para dar a todos os que quiserem: ante, os instrumentos para desarrollar su vida de fé; no entanto, a mismo tiempo, ayuda material, trabajo, amistad, cuidado de su salud, consejos, momentos de differion y de alegría.33 Naturalmente, este «programa global de intervenção» será mais ou menos realizável, cuando pudo contar com uma morada que, si bien no princípio era muy modesta, tenía de todos modos a ventaja de ofrecer um apoyo estable y seguro. Com a primavera de 1847, aproveitando a disponibilidade da casa, Dom Bosco dio también alojamiento a algunos muchachos. Desde o momento em Valdocco, vindo do oratório festivo aos nocturnas, tendo um hospicium que lhe permitirá um memorial no futuro durante o dia na cidade, para uma viagem em diferentes cidades ou estudiar em casa de algunos profesores privados, y querendo chegar atrasado ao Oratório, daí, gracias también a la activa e amable presencia de la mater de don Bosco, encontrei o calor de una verdadera familia. aproveechando a disponibilidade da casa, don Bosco dio también alojamiento algunos muchachos. Desde o momento em Valdocco, vindo do oratório festivo aos nocturnas, tendo um hospicium que lhe permitirá um memorial no futuro durante o dia na cidade, para uma viagem em diferentes cidades ou estudiar em casa de algunos profesores privados, y querendo chegar atrasado ao Oratório, daí, gracias también a la activa e amable presencia de la mater de don Bosco, encontrei o calor de una verdadera familia. aproveechando a disponibilidade da casa, don Bosco dio también alojamiento algunos muchachos. Desde o momento em Valdocco, vindo do oratório festivo aos nocturnas, tendo um hospicium que lhe permitirá um memorial no futuro durante o dia na cidade, para uma viagem em diferentes cidades ou estudiar em casa de algunos profesores privados, y querendo chegar atrasado ao Oratório, daí, gracias también a la activa e amable presencia de la mater de don Bosco, encontrei o calor de una verdadera familia.

31 Sobre a fecha (1846), indicas como o comienzo de las escuelas nocturnas, cf. el testemunho de mismo don Bosco en Breve história, en: BRAMO, Dom Bosco na Igreja, p. 72; no entanto, nas Memórias do Oratório, hab de hablado del invierno de 1845-1846 (e Ceda habitava llegado hasta adelantar la fecha del comienzo al año 1844) (cf. MO 150-151). Según Braido, as escuelas nocturnas de Dom Bosco comenzaron, mui probablemente, no invierno de 1846-47 (Dom Bosco na Igreja, p. 72).

"OE II, 187.

"Braido, no programa de intervenção global", BRALA, II, operacional, p. 9).

um periódico político-religioso que o padre piamontés comenzó publica parte do mes de octubre de 1848.36Em um artículo titulado Religião e liberdade - que apareció anónimo, mas que, sim não de don Bosco, fue publicado verosímilità com su aprobación37 -, se sustenta a tese, según la cual, a Iglesia, ao contrário do que os adversários queriam, não tem nenhum progresso sobre o sentenciado nacional: «En suma, cada día apresenta mais claro que catolicismo, progreso e nacionalidad filho reconciliables entre sí mais de lo que parece à primeira vista; que nós somos alimentados em neogüelfa simpatía, o abandono bien pronto, e comenzó para temer a abolição da censura (30). octubre 1847), a concessão do Estatuto (4 de março de 1848) y, sobre todo, a equiparação dos valdenses (17 de fevereiro de 1848) e dos hebreus (29 de março de 1848) a dos demi ciudadanos no gozar de los déechos civiles39 de las las vilas premonitoras de algunas transformações políticas gravemente dañosas para la religión católica. Dom Bosco é uma instituição deste tipo, influenciando os feitos do catolicismo, e estabelecendo-se como líder do mundo com os hasta entonces había tate- lado pensamente na Iglesia, recebendo em troca o mais leal apoyo. A série introdutória de de otra de reformas, a partir da abolição do fórum eclesiológico em 1850, bem como a adoção de medalhas, como o expulso em mismo em 1850 de mons. Fransoni, arzobispo de Turín, debates sobre a transformação da água na convicção.4 ° Desde o momento,

"STELLA, Dom Bosco II, p. 78.

"Na introdução de um elogio de Pío IX, Dom Bosco escribía:" Os soberanos aprenderam com ele [de Pio IX] o modo yero de governar os povos. Sua presença, por si só, forma a maravilha de quem pode vê-lo. A grande Gioberti chisma il dia que o viu o mais belo de sua vida "(G. Bosco, História Eclesiástica para uso de escolas úteis para cada estado de pessoas, Turim, Tip. Speirani e Ferrero 1848, p. 182). Em la edición siguiente, publicada por Dom Bosco em 1870, a referência a Gioberti ya no apareció.

36 O periódico no tuvo mucho éxito y en mes mes de mayo de 1849, depois do fascículo
LXI, se fundió com "O Instrutor do Povo" (STELLA, Dom Bosco II, p. 78-79).

37 O artigo deve ser consultado no último volume de informação publicado em princípio: OE XXXVIII, 291-292.

"OE XXXVIII, 292." Em tal estado de coisas, dedicado ao bem da juventude, nós pensamos em nos voltar para esta linda era de esperanças, convidando-a a querer usar plenamente de sua liberdade "(Ibid.). O juicium reflejaba o que Dirección de" O Amigo da Juventude "escribia no editorial do mismo número, titulado" Programa "(ver puede ver en: OE XXXVIII, 289-290) Para o autor de um lemador dos eleitores, para o colaborador da obra que a emprega, a Dirección observaba en efecto: "[A juventude] é a porção mais favorecida da humanidade, na qual se fundam as esperanças da pátria, a apoio das famílias, a honra da religião e do Estado "(Ibid.).Da mesma forma, se você exprime Dom Bosco em um aviso sagrado difundido por e-l aquellos mismos meses: «A porção da sociedade humana, na qual se fundam as esperanças do presente e do futuro, a parte digna das atenções mais atentas é, sem dúvida. os jovens "(MB 111, 605).

No entanto, a razão para o infortúnio, a falta de 48-49, foi a propaganda com a cual los valdenses, aproveitando os novos espacios de liberdade, tratando de ampliar a propria presencia en medio de people. Piénsese en lo que Don Bosco probi em 1851 quando no bairro de Porta Nuova, de onde se encontra a vida para o oratório titulado de "San Luigi", vio surgir o templo valdense. Os escritos compilados por este período - dos Avisos para os católicos aos católicos educados41 - reflejan la viva concernación com o autor da continuação do proselitismo atuado pelos valdenses
"Los valdenses obtuvieron su emancipación en virtud de las" Regie cartas patente "de 17 de fevereiro de 1828; los judíos en virtud do decreto real de 29 de março de 1848. Mas a equiparação dos ciudadanos não católicos iba a tomar, não há mais tarde. , uma confirmação solene adicional, em 19 de junho de 1848, era uma lei que estabelecia a diferença de culto à noéria como exceção ao gozo do cifrad civil e político e à admissibilidade ao direito cível e civil. militad ". Sobre a emancipação das valdenses e dos juízes, cf. G. SPINI, Risorgimento e Protestantes, Nápoles 1956; S. FoA, Os Judeus no Ressurgimento, Roma / Assis 1978.

4 'Conocer el pensamiento de don Bosco sobre el 48, cf. A história da Itália contada aos jovens pelos seus primeiros habitantes até os nossos dias, Turim, Paravia 1855, ahora en: OE VII, 1-558 y en: MO 204ss .; sóbria a reconstrução da aquaciência, como resultado de Dom Bosco, para pensar a história da Itália,
cf. F. TRANIELLO, Dom Bosco e educação juvenil: a "História da Itália", en: TRANDELL0 (ed.), Dom Bosco na história da cultura popular, p. 81-111.

"G. Bosco, A Igreja Católica Apostólica Romana é a única Igreja verdadeira de Gesti Cristo. Avisos aos Católicos, Turim, Ponta. Speirani e Ferrero 1850, ahora en: OE IV, 121-143; G. Bosco, II Católico educado em sua religião, a manutenção de um homem de família com seus filhos de acordo com as necessidades da época, Turim, De Agostini 1853, ahora en: OE IV, 195-646.

en Piamonte. Dom Bosco juzgaba ao protestantismo não mais do que uma religião religiosa, que é a apologética dos Setecentos, considera-se mais comedida de inmoralidad, de costumes que de apostasia de la razón42, como também faz parte de um governo que tendia a desquiciar toda natural autoridad. Es sintomática, um presente, a apresentação que a informatização de consecuências que, em sentido, produzam o princípio do exame livre: «O direito de tomar decisões religiosas e religiosas, é como decir: haced lo que queráis; robad, desobedeced, matad a vuestro rey, a los ministros, ya todo el aparezca culpable a vuestros ojos, vosotros obraréis ci termina bien, with tal de creáis hacer buenas acciones ".43 No curso de sua campaña contra las" sectas " , Dom Bosco tendía, por tanto,
En in contexto cobra nueva luz a importação que na praxis pedagógica do educador piamontés adquiriu o seu hospício. A semana de consumo para a contenção dos influentes negativos que, durante o dia, hahava um encontro entre os jovens e as pessoas com quem se encontrasse, de conversas que o ano, de quem prenunciava o pelotão de tener entre os manos. Nenhum sinal de significância e nenhum direito Dom Bosco decidiu direcionar para os huéspedes ou confirmou que "o que está sendo dito é que não há senão o que está sendo dito?" los años 1851 y 1853, Valdocco se enriquecía com a iglesia de San Francisco de Sales y com um novo edifício destinado a habitaciones: tomaba cuerpo en él a idéia de que eles eram os jóvenes - os jóvenes em geral não são tão pobres e abandonados - são aqueles que envidam todos os efeitos negativos da realidade social. En esta óptica, o hospício era apenas uma etapa.

42 STELLA, Dom Bosco II, p. 47ss. 45 OE 590.

"STELLA, Dom Bosco II, p. 81ss. 45 MO 205.

46 Dom Bosco disse que, depois de 1848, o Oratório se convocou para os casos veinte años no seminário diocesano (MO 212).

En efecto, en 1853, contando com um número de prefeito de locales, Dom Bosco creaba em Valdocco los primeros talleres (de zapateros y sastres) - a los a, a loos de los die años se habrían de añadir otros cuatro (de encuadernadores , carpinteros, tipógrafos e forjadores) -, en 1855 instituía la tercera clase gimnasia! - que no final do dia você está no final da sua jornada para completar sua maldição! Completa. Após a cirurgia, o hospício se transforma em um internado, no qual os muchachos têm a possibilidade de dormir, comer e trabalhar ou estudar. A transformação progressiva de Valdocco - que conservó de todos os modos ao oratório festivo -, se actuó também para dar uma resposta às algunas exigencias muy concretas como, por ejemplo,

Ao longo dos anos 50, Dom Bosco habituou-se a desenhar as estructuras das crianças que se destinam definitivamente à sua estratégia educativa. O sereno interesante extinguiu de forma desintoxicante os documentos e reflexões que elaboraram no contexto do procedimento a praxis cotidiana. Pensamentos, por ejemplo, en el conjunto de reglamentos redatados de 1852, en la Introdução y el Cenno storico ya recordados, en la conversación com U. Rattazzi de 1854; de qualquer maneira, na realidade, no conteúdo de tais conversas publicou-se no "Boletim Salesiano" de 1882 y se as pudéssemos, tanto, air valencias y juicios posteriores.48

Os resultados dos documentos são confirmados, por de pronto, a idéia positiva que mientras tanto Dom Bosco se habado formado sobre a juventud: "Porção mais delicada e mais preciosa", 48 "não é de por sí", 5 Nlmbrasil.com nlmbrasil.com thumb up thumb down Introdução e o padre piamontés llegaba, para tanto, para apoiar, quitados algunos obstáculos - como "a negligência dos padres" [o bien la falta de afecto, o abandono], "o ocio" e os "malos companheiros" sería "facilísima cosa" educar os jóvenes e "insinuar em sus tiernos corazones os principios da ordenação, de todas as costumbres, de respeto, de la religión ". 52

47 Sobre as razones que induceron a Dom Bosco implantar, em Valdocco, me pedem remitir: PAZZAGLIA, Apprenticeship, p. 20ss.

48 O texto tem sido recriado por: A. FERREIRA DA SILVA, Conversa com
Urbano Rattazzi, en: Bosco, Pedagogical writings, p. 55-69.

49 BRAMO, Dom Bosco na Igreja, p. 34.

50 BRAIDO, Dom Bosco na Igreja, p. 39.

51 BRAMO, Dom Bosco na Igreja, p. 35.

52 BRAMO, Dom Bosco na Igreja, p. 34-35.

A rápida definição que Dom Bosco, no contexto de seu otimismo pedagógico, deu à educação, merece ser indicada e comparada com o que ele mesmo observou em 1854, durante a conversa com Rattazzi. Nessa circunstância, opondo-se aos métodos "repressivo" e "preventivo" segundo uma terminologia que ele ainda não podia usar no momento de seu encontro com o político - Dom Bosco explicou o que era a ação preventiva: "Antes de tudo eles tentam instilar nos corações dos jovens um santo temor a Deus, eles são inspirados pelo amor à virtude e o horror do vício, com o ensino do catecismo e com instruções morais apropriadas;eles estabelecem e se sustentam no caminho do bem com advertências apropriadas e benevolentes, e especialmente com as práticas de piedade e religião ". 53 Certamente essa falta de educação foi mais precisa do que a que observamos na Introdução; mas ambos são inspirados pelo mesmo princípio. Dom Bosco partiu da convicção de que, se era realmente importante encontrar lugares onde os jovens "se unissem", a parte positiva e construtiva de uma parte de prevenção era feita semeando - "insinuando", "impregnando" - na mente dos jovens. princípios naturais e sobrenaturais.Nessa perspectiva, também é possível dar uma definição mais precisa a esse contexto de ampla liberdade que, como lemos no esquema histórico, ele afirmou ter feito no Oratório mesmo que, acima de tudo, no início, as coisas não acontecessem. não conseguiram, nos círculos conservadores, a acusação de instruir os jovens com "máximas suspeitas":


3. O oratório festivo e a escola: dois sistemas educativos


Poderíamos dizer que, em meados da década de 1950, Dom Bosco passou a definir não apenas os "lugares", mas também os princípios-chave do que deveria ser seu esforço educacional. É claro que, para entender melhor como ele participou da realização desse esforço, seria necessário iniciar uma análise cuidadosa de seu trabalho, principalmente porque, segundo ele, uma estratégia educacional correta deveria se adaptar às necessidades específicas de cada situação. De fato, prosseguindo com a realização de seu projeto, Dom Bosco seguiu dois sistemas: o do oratório festivo, que no que diz respeito aos primeiros encontros dominicais improvisados ​​adquiriu maior continuidade, tornando-se, de fato, cotidiano;e o sistema escolar, a nova instituição que, embora operando desde 1853 com os dois primeiros seminários, foi clara e precisamente definida apenas após o início do ciclo completo de ginástica. Mas, para ter um quadro mais completo, seria apropriado que levássemos em conta uma nova divisão dentro do sistema escolar, uma vez que Dom Bosco, apesar de aderir aos mesmos princípios, adotou linhas diferentes, dependendo de serem artesãos, estudantes ou clérigos. os alunos; Acima de tudo, quando todas as cinco classes de ginástica foram estabelecidas, foi necessário deixar o clima de simplicidade seguido até então e introduzir uma regulação mais exigente e pontual de cada uma das seções.Como é impossível neste momento fazer um exame detalhado dos vários itinerários educativos que Dom Bosco atravessou,

53 Bosco, Escritos Pedagógicos, p. 65. E Rattazzi continuando a ilustrar o caráter do trabalho educativo inspirado pelo critério de prevenção propriamente dito, Dom Bosco acrescentou: "Além do tio, se eles cercam [os meninos], Tanto quanto possível, de Assistência em uma recreação amorosa" , na escola, no trabalho, eles se encorajam com palavras de benevolência, e não apenas vê-lo esquecer seus próprios deveres, papagaio se eles se lembram de Bel se o modo eles se lembram e Sani Conselhos.Em uma Palavra se você sintoniza Usa indústrias, Que sugere a Caridade Cristã, para que eles façam o Bem e fujam do princípio masculino para o dado uma Consciência iluminada e da Religião apoiada "(Ibid., Pag. 65-66).

54 BRAIDO, Dom Bosco na Igreja, p. 45.

Quanto à concepção de que, no meio de sua atividade, ele havia desenvolvido durante o Oratório festivo, vale a pena examinar os primeiros Regulamentos do Oratório, seguindo o modelo de alguns diplomas de falantes de Milão, Dom Bosco começou a desenvolver por volta de 1852, com a intenção de ordenar o afluxo de jovens que frequentavam Valdocco aos domingos e dias da semana à tarde. Esses jovens, após a introdução do colégio, seriam chamados de "externos" .55 O regulamento afirmava que o propósito do Oratório era "entreter os jovens durante as férias com uma recreio gentil e honesta depois de frequentar os cultos da igreja". 56 Advertência contra uma interpretação sedutora dessa concepção, P.Braido escreveu que Dom Bosco não tinha em mente um simples "recreio" ou "encontro juvenil", mas uma "Escola de Educação, Prática de INSPIRAÇÃO Religiosa e Cristã de Alla Vita" 57 O termo escola não deveria, é claro, sentido literal, porque se é verdade que alguns momentos escolares foram antecipados, a formação daqueles que participaram do Oratório teve que ocorrer informalmente e em consonância com o que sempre foi sugerido pelas circunstâncias e criatividade dos educadores. Em suma, o que Dom Bosco achava ser um "ambiente" alegre e sereno, ensinando que, para tornar frutíferas as várias oportunidades - escola, teatro, caminhadas -, ele sabia oferecer um apoio sólido ao seu espírito,A estrutura que deveria favorecer a consecução desse objetivo foi, antes, articulada. De fato, ao lado do diretor ("o superior principal, responsável por tudo o que acontece no oratório"), o regulamento coloca um grupo de colaboradores mais diretos - do prefeito ao diretor espiritual - que, por suas delicadas responsabilidades, poderia ser somente padres e outro grupo de assistentes - assistentes, sacristãos, observadores, catequistas, bibliotecários - alguns dos quais teriam sido escolhidos entre os jovens mais capazes e exemplares.

55, este regulamento foi publicado por Lemoyne em: MB III, 91-92.98-108. Segundo o biógrafo salesiano, a escrita da escrita já teria sido feita, em grande parte, em 1847; mas é muito provável que, como sustenta o padre Braido, essa redação tenha sido feita por volta de 1852 (ver BRAMO, Dom Bosco na Igreja, p. 36). O texto final do Regulamento para o exterior foi publicado em 1877: Regulamentos do Oratório de São Francisco de Sales para exteriores, Turim, Tipografia Salesiana de 1877, agora em: OE XXEX, 3 1-92.

56 MB DI, 91.

57 P. BRAMO, O Sistema Preventivo de Dom Bosco, Zurique, PAS Verlag 1964, p. 322. No oratório festivo, ver o que foi escrito por BRAIDO, A experiência pedagógica preventiva, p. 160ss.

Dom Bosco estava convencido de que, para entrar no Oratório do partido, deveria exercer um ofício ou pelo menos ter a intenção de exercê-lo: "Quem foi deixado livre e o trabalho de doença pode ir aos Protetores, e eles serão ajudados por eles" É surpreendente que a atividade de trabalho fosse tão importante aos olhos do sacerdote piemontês. Isso, fiel a uma idéia que era muito querida, indicada no regulamento externo de que o lazer e o desemprego gerariam todos os vícios e qualquer tipo de inutilidade seria religiosa.59 A educação é clara, no entanto, que com as novas disposições O oratório tende a ser caracterizado com características diferentes das origens.De fato, enquanto no início foi concebida - como vimos - para ajudar, principalmente, mas não exclusivamente, as crianças deixadas na prisão e deixadas a si mesmas, o Oratório tornou-se agora um serviço aberto a todos os jovens que Em algumas atividades, eles querem usar seu tempo livre de maneira positiva. A transformação não foi secundária. Muito provavelmente, essa transformação se deve ao fato de que, quando Dom Bosco propunha a integração direta de seus meninos à vida laboral, a oratória se tornara cada vez mais freqüentada por jovens artesãos;mas não se pode descartar que a nova abertura decorre também das reflexões praticadas que, diante do contexto cultural alterado, o padre piemontês considerava não oferecer mais apoio urgente a uma parcela específica de jovens, mas os jovens em geral eram estudantes ou aprendizes. 6 Será necessário, no entanto, acrescentar que,

58 MB 111, 92.

"MB 111, 92. Sobre o contraste estabelecido por Dom Bosco entre o trabalho e a vida
de inatividade, tive a oportunidade de participar do seminário de estudo acima mencionado em Veneza, uma comunicação: O trabalho pedagógico na experiência temática, publicado em: NANNI ( editado por), Dom Bosco e sua experiência pedagógica, pp. 113-131.

60 No mesmo regulamento, afirmou estar particularmente presente «os jovens,
concebidos já em função dos setores juvenis cada vez mais amplos, o oratório festivo, diante de seus hóspedes, teriam adotado um espírito de grande compreensão. O regulamento afirmava que as portas estavam abertas até mesmo para os mais irritantes, senão escândalos, e confirmam que uma conduta maior pode ser observada. e im .. precisas. O elemento em torno do qual giraria o trabalho do Oratório era o religioso.Ao delinear a figura do diretor, o regulamento afirmava: "Deve ser como um pai entre seus filhos e desenvolver todos os meios possíveis para insinuar o amor de Deus, o respeito pelas coisas sagradas, nos corações jovens. a freqüência dos sacramentos, devoção filial a Maria. "62 Os esforços educacionais do diretor devem obviamente ser considerados voltados para o Oratório como um todo: tudo deve participar não só para promover o conhecimento das verdades cristãs, mas também para promover sua aplicação. na vida cotidiana Para entender em que medida ela está enraizada na preocupação de Dom Bosco de ver seus filhos possuírem essas verdades, basta rever a narrativa, publicada por ele em 1855, O poder da boa educação;mesmo que a primeira parte fosse uma tradução quase literal de um francês.63 Dom Bosco Dom Bosco ficou satisfeito ao constatar que o jovem protagonista Pietro, que na história se apresentara como aluno do Oratório de Valdocco, tinha sido operário. , eu gosto dos dias que celebram um grande perigos morais e físicas "; mas não descartam" os alunos, em feriados ou dias de Holi? Eu queria intervir "(MB la, 91). Por outro lado, os estudantes vieram a Valdocco por um longo tempo, embora com um propósito especial. Sabe-se que desde o início, Dom Bosco tinha convidado" Giovani di boa conduta Já é educado "(MO 128), que, além de manter a ordem, o ajuda a ler e cantar canções sagradas.

61 MB III, 92.

62 MB Hl, 98.

63 G. Bosco, o poder da boa educação. Curioso episódio contemporâneo, Turin, Paravia 1855, ahora en: OE VI, 275-386. No presente, Dom Bosco declarou que tinha usado um livro francés titulado: Os mares chegam a um beaucupo, une femme comme il en en a peu. De esta obrita, publicada anónima, pero nacida, quizás, nos hermanos de Escuelas Cristianas, P. Stella tem edontrado edición de edición de 1869 (Caen, Chénel Librairie 1869, 7 'ed.), Puesta, amabile, a mi disposición. The comparation of Un mari con A força da boa educação permite estabelecer que os seis primeiros capítulos da segunda-feira constituam a tradução de toda a obrita francesa. É provável que os capítulos restantes (aquellos em que se acompaña a Pietro, o protagonista de joven, desde o dia da primeira comunhão até o serviço militar) mar obra de don Bosco. O que é um decreto además que também na parte simplemente traducida, pode-se encontrar algunas añadiduras ou variantes, a veces no sólo marginales. Por ejemplo, do diálogo en la madre recomienda a Pietro referirle los, todas las tardes, las conversaciones tenidas com os compañeros de trabajo, Dom Bosco aña uma nota típica de su visión pedagógica: «Assim - decía precisamente a mãe a hijo - Eu sempre poderei lhe dar bons conselhos sobre o que você deve fazer e sobre o que deve fugir "(OE VI, 282).

ejemplo de virtudes Christian asistiendo a la misa no sólo nas días de fiesta, ino también en los diables, acercándose regularmente to los sacramende la confesión y comunión, haciendo cotidianally lectura espiritual (I / tos young provided), evitando las malas compañías y huyendo do ocio.

No entanto, na visão de Dom Bosco, no Oratório, ele poderá encontrar o melhor, o profundizar na vida cristã, albergando um ser humano, hombres honestos: «Entrando em um joven este Oratório - subrayaba el Reglamento debé convencerse de que es un lugar de religión, en el que se desea forma buenos cristianos y honestos ciudadanos ".64 Esto significa que se você estará promovendo contos virtuosísticos como o altruísmo, o honradez, o sentido do direito, a resposta às autoridades constituídas. Es significativo, también aquí, o modelo do que era Dom Bosco ilustraba a través de las páginas de A força da boa educação: Pedro había honrado a seu pai ya sua mãe aceptando los sacrificios que le habían pedido; se comportar no trabalho de forma flexível, Conquistando tanto a estima do patrón - que había apreciado «a fidelidade, a puntualidad, a actividade» - como a simpatía de los compañeros, «que não podían tener asistente más paciente, más caritativo»; mas sem meneal e generoso se você tivesse que ir para a pátria, que ele tinha chamado para o serviço militar.
É suficiente fazer o delineamento do festivo Oratório de Boce acariciaba em 50 anos, bem como de estabelecer o ideal idealmente traduzido, na medida em que, na realidade de todos os dias. Testemunhos de Algunos sobre a proveniência salesiana que não foram redigidos e reconstituídos no Reglamento para o exterior no nunca praticado integralmente, ni siquiera en Turín.66 Para desgracia no existe hasta hoy um grave estudio y riguroso que precisa a situação do festivo Oratório de Valdocco, durante vida de don Bosco As actas das reuniões ou conferências do pessoal da casa não têm nenhum elemento digno de ajuda, menos para o período do filho disponível. Serie simplista deducir desta estação de referencias (aun
ILI, 92. Esta foi a definição do Oratório da Dada Dom Bosco em 20 de dezembro de 1851, para apresentar uma grande promoção promovida por ele: «uma casa de reunião dominical, em que ambos pudessem desfrutar de todo o lazer para satisfazer os deveres religiosos, e ao mesmo tempo receber uma instrução, um endereço, um conselho para governar a vida de uma maneira cristã e honesta "(EI, 49).

Pedro se había expresado en estos términos ante o pai que se anguiaba ver ver hijo marchar servicio militar: "Não se preocupe, pai, somos cidadãos, devemos servir a pátria"
(OE VI, 343).

66 Cf. a comissão de estudo estabelecida para a preparação do XI Capítulo geral (cf. Anais IV, pág. 7).

67 Sobre estas conferencias, cf. las correspondientes actas conservadas en: ASC: 0592 Deliberações do Capítulo de 1866-1877; 38 Turim Oratório de São Francisco de Sales Reuniões do Capítulo da casa Outubro de 1877 - Genn. 1884. Como podem facilmente ser, estas actas constituem uma importante documentação primária, para a vida da casa de Valdocco, e, em geral, para a história da Sociedade Salesiana. Sobre os documentos está em andamento, desde o início da época, José Manuel Prellezo. Entre sus trabajos, cf. JM PRELLF70, Fontes Literárias da Circular "Do Mar no Campo de uma Comunidade Não Disputada como Negócio em Conferências", a conclusão deste Oratório se é estuvie, por así decir, agotando. Para os exames documentários, hemi-sacado a impressão de que, em efeito, después de los años 40-50, se habu impuesto como institución educativa de alivio, o orator festivo apresentava algunos síntomas de crise-.68 A propósito, fia que observar que, después de informar a Pío IX em 1853 da intenção de fundar uma sociedad religiosa garantia garantia continuidade a Dom Bosco, viajou em viajar frecuentemente, encontrou-se na necessidade de realizar as operações cotidianas de sua obra e vecinos, como Rua ou don Francesia: elementos, valor, pero jóvenes - para comutar coetáneos dos mismos jóvenes de quienes tenían que ocuparse -, uma vez que o carisma do fundador, replegados sobre os problemas da casa, tem como ponto de partida a caricatura das profundas transformações socioculturais de Turim, em geral, do país. Es, pues inclui o oratório festivo de Valdocco, a instituição mais ligada nos dotes de "conquistador de jóvenes", que foi Dom Bosco, entes em uma fase de desaceleración. Uma fase que está sendo destinada, em realidade, a durar mucho tiempo y da que salda o primeiro em 80 anos, depois de 1883 - o primeiro Capítulo Geral da Sociedade Salesiana é uma reflexão sobre os oratórios festivos, 69 anos depois das punições a infligir nas casas salesianas ", en" Orientações Pedagógicas "37 (1988) 625-642; la., Estudo e reflexão pedagógica na congregação salesiana 1874-1941. Notas para a história, em RSS 7 (1988) 35-88. um período de 80 anos, depois de 1883 - o primeiro capítulo da sociedade salesiana começou com uma reflexão sobre os oratórios festivos, 69 e depois de punições a serem infligidas nas casas salesianas. », Em« Orientações Pedagógicas »37 (1988) 625-642; la., Estudo e reflexão pedagógica na congregação salesiana 1874-1941. Notas para a história, em RSS 7 (1988) 35-88. um período de 80 anos, depois de 1883 - o primeiro capítulo da sociedade salesiana começou com uma reflexão sobre os oratórios festivos, 69 e depois de punições a serem infligidas nas casas salesianas. », Em« Orientações Pedagógicas »37 (1988) 625-642; la., Estudo e reflexão pedagógica na congregação salesiana 1874-1941. Notas para a história, em RSS 7 (1988) 35-88.

68 Estabelecido nos compartimentos, P. Stella, el cual refieriéndose, en realidad, los oratorios festivos en general de la Valdocco en particular, escribe: "Os oratórios festivos, a imprensa, os aposentados, as escolas agrícolas não faltam e elas são apresentadas no trabalho legislativo dos Capítulos Gerais, mas na prática acima de tudo, os oratórios festivos parecem passar por uma fase de compressão e decadência nas últimas décadas do século "(STELLA, Dom Bosco I, p. 124).

69 El tercer Capítulo geral, celebrado en Valsalice de 2 a 7 de setembro de 1883, trató dos oratórios festivos no item VII: "Instalação e desenvolvimento de oratórios festivos para as casas salesianas". Em vista das deliberações sobre o assunto, os diretórios da casa foram convidados a fazer toda a clase de sugerencias útiles: ASC 04 Capítulo Geral III 1883 ("Propostas de Convocação"). Sobre a base das perguntas enviadas, o Capítulo debateu o problema na sessão de 5 de setembro. Em um ato de sesiones uma nota que confirma, nos comienzos, o Oratório de Valdocco descansava completamente sobre os irmãos de Dom Bosco: “a princípio Dom Bosco tinha que fazer tudo: é necessário procurar clérigos ou jovens entre 'mais adequado e bom para os escritórios secundários. E, portanto, para resolver bese sobre o Regulamento do hospital ». Dom Bosco formula um canon en estos términos: "O Diretor da Casa Particular concordará com o Inspetor sacerdote que tem especial cuidado com o Oratório festivo" (ASC 046, Capítulo Geral III - 1883 Verbal :). Terminada a discussão, o Capítulo emanou várias directrizes gerais para os festivais de oratório; no entanto, não habiéndose podido estudiar exhaustivamente todos los puntos del orden del diâmetro, los trabajos do Terceiro Capitulo gerais IBAN uma Ser completados por los del Capitulo sucesivo (1886), y las deliberaciones sobre los oratorios festivos aparecieron, Por tanto, en: Resoluções de Terceiro e quarto Capítulo Geral da Pia Sociedade Salesiana realizada em Valsalice em setembro de 1883-1886, S. Benigno Canavese, Tipografia Salesiana 1887, ahora en: OE XXXVI (o novo regulamento dos oratórios festivos se encuentra em las páginas 274-276). em 1884 - Dom Bosco decide llamar à la dirección do Oratório de Valdocco, um inteligente e activo educador como Dom Pavia. "
É conveniente, para além do outro, não é mais que, a partir dos anos 60, Dom Bosco e Sans estuvieron ocupados principalmente na intenção de potenciar o colégio. Varios elementos pesaron on the special attention in entonces on the sacerdotes piamontés a la segunda de sus instituciones. Hemos recordado que hace mitad de los años 50, maduró en Don Bosco a idéia de um instituto religioso compuesto de personas entregadas à la educación de la juventud: en 1859, suppido per the stimulo de Pío IX, pidió a algunos clérigos, que compartían ya el proyecto, que diesen su adhesión formal a la Sociedad Salesiana. En este contexto o colégio de Valdocco venía para realizar uma função especialmente importante: a saber, precisamente, por favorecer o recrutamento de pessoas disputadas com o abrazar e o apostolado educacional especial de Dom Bosco. Su servicio resultaba so mais precioso en cuanto que o internado, aproveitando da secçao de estudiantes e de artesanos, habría consentido feed, com a primera, las vocaciones sacerdotales y, com a segunda, las de los salesianos laicos. "Claro, cuando la Sociedad Salesiana eco solidas Raíces y - confortada por el reconocimiento pontifício en 1869 - se difundió com rapidez y com as conocemos amplitud que, El Colegio de Valdocco ya no pudo cumplir de forma adecuada a función de Vivero vocacional y, en aquel ponto, fue necesario replantear el problema en su globalidad y activar estructuras de formación

Debió también de afianzarse in Don Bosco a idéia da proposta pedagógica dos colégios foi debatida com a afirmação de que o Estado persistiu em reducir os espácios de libertad de que, hasta entonces, había gozado la Iglesia. É suficiente registrar em 1855 - nisso, não por casual coincidência, Dom Bosco concebeu sobre a Sociedade Salesiana - o governo decretou a supremacia de todas as congregações religiosas, com vistas a perseguir multas e educá-las? Ao final dos arios 50, se pusieron también dificultades y problemas à Iglesia no campo da escuela. The ley Casati de 1859 consentía a los págs. Ais aprovadas no sector da instrucción secundaria,

70 Sobre don Giuseppe Pavia (1852-1915), cf. Um apóstolo de oratórios festivos, Turim, Tipografia Salesiana 1919.

71 Como é sabido, a Sociedade querida por Dom Bosco estabelece uma compilação de sacerdotes, clérigos e coadjutores laicos. Para un visión de conjunto da historia do coadjutor salesiano, cf. la documentción recogida de P. BRAMO, Religiosa nova para o mundo do trabalho, Roma, PAS 1961. Sobre as dificuldades que a Igreja de 29 de Maio de 1855, cf. a minúscula reconstrução dos hechos em: STELLA, Don BoscI, p. 129ss.

72 Como a historiografía tem subrayado extensivamente, a ley Casati se atenía, pues, ao critério de uma vigilada libertad. Entre as razones que movieron ao legislador para seguir esta chaminé, se algum
redactado en 1860 para Valdocco, se podían leer disposiciones como ésta: «1. Não, se você permitir que los jóvenes do Oratório hablar con as clas de personas sin o permiso explícito de los Superiores, ou do Encargado. No pueden ser llamados al locutorio más de dos veces al mes, y só a partir de media antes dos dias de todos os dias, excepto los festivos. 2. Não se permitido salidas especiales, ni con los parientes ni con otros [...] 7. No entanto, a recomendación que don Bosco dirigía en 1863 a Dom Rua em uma carta, destinada a converter (com o título de. Lembretes confidenciais à direção) enden recordar: 1) a preocupação de evitar que um sistema de autonomia total seja usado, instrumentalmente, contra o Estado; 2) o deseo de que as escuelas creadas por libre em- preencheem uma instrucción, al menos, digna. Sobre la ley Casaca e as reações provocadas pela misma, sobre todo o campo católico, me ocupe hace tiempo pt: L. PAZZAGLIA, Educação e escola no programa da Opera dei Congressi (1874-1904), en: Cultura e socktá in Itália na era Umbertina, Milão, Vida e Pensamento 1981 (especalmente p. 423ss).

74 Sobre o ideal de colegio acariciado por don Bosco, cf. las acotaciones de BRAMO, / sistema preventivo, p. 330ss. (recogidas después en: A experiência pedagógica preventiva, p. 389ss.) y de STELLA, Dom Bosco I, p. 121ss.

75 MB VI, 597-598.

um dos textos clássicos da tradição pedagógica salesiana: «Não há albuns de ex-alunos expulsos de otros colegios, ou que sepas que filho de mal costumes. Sim, para pesar a cautela frágil, que é um alguno de este género, se você é capaz de garantir um negócio seguro que não é o mesmo que nunca. Você cometa falas obscenas, mariscou a sua vez, se entregou, mar imediatamente em casa "." También el Regulation for the houses of 1877, que don Bosco y suseropores fueron prepara uma través de diversas redacciones ", llamaría la atención sobre A necesidad de una atenta prudencia en las aceptaciones.

Mas ninguém deve pensar em Valdocco e os outros institutos onde o fundo, e o rigor de la alegría com uma visía sombría de las cosas. Dom Bosco estabeleceu o convencido de que la. Alegria era "uma forma de vida" congênita não só para o índole dos muchachos, mas também para o cristianismo que, em vez de um anuncio de verdad, não poderia produzir o gozo interior. gozar no sólo de adecuados entretenirnientos recreativos, sino, más, Olfundamente, a partir de um clima geral de confiança otimismo Don A. Caviglia escreveu o que fazer Domino in laetitia podría llamarse o undécimo mandamiento de la casa de don Bosco "." Se não cria, todos os caracterizam o colégio por ordem e disciplina, e o padre piamontés tuviese a intenção de renúncia à família de tanto que o interiesabe y que é ponía en estrecha relación com a paternidad amorosa que o director debería utiliza com cada uno de sus jóvenes. En la citada carta to Fr Rua - al que también recomendaba que no transigiese mínimamente in the que se referi a la rectitud de vida de sus huéspedes -, advertía: «Procura más bien hacerte amar que hacerte temer. A caridade e a paciência sempre acompanham o mandar, a correção, a obra de tal suerte que todos saquen por tus hechos y palabras que buscas es bien de las almas. Cuando se trate de impedir o pecado, toléralo todo "." Es sabido que, según don Bosco, yes if quiere ayudar a los muchachos to desarrollar as riquezas interiores puests in ellos à la gracia de Dios, es necesario rodearlos de una caridad sensible, por la cual cada uno de ellos se sienta valorizado. Desse ponto de vista, o colegio, os leigos de irritar os jovens com ejercicios militarescos mortificantes, debria a criação de alunos um ambiente de serenidade familiar: relaciones de bondade e de confianza, recurso entre as tensões inevitáveis ​​entre superiores e discípulos, y permiten a estos última crecer totalmente.

76 Lembranças confidenciais dos diretores de han sido publicados por F. Motto en: Bosco,
Pedagogical writings , p. 71-86 (el pasaje citado se halla en la p. 82).

Regulamentos para as casas da Sociedade de São Francisco de Sales, Turim, Tip. Salesiano 1877, ahora en: OE XXIX, 97-196; en el capítulo relativo aos critérios a seguir na comunicação dos muchachos, el precisaba Regulação: «Do mesmo modo, deve-se ter o cuidado de não admitir jovens ou outros que, pelo seu mau comportamento e máximas pervertidas, possam deparar-se com os seus próprios camaradas, será exigido de cada um deles um certificado de condescendência do próprio pároco »(p. 156-157).

78 BRAMO, A experiência pedagógica preventiva, p. 370.

79 A. CAVIGLIA, II Magone Michele (vol. V de las Obras e escritos publicados e inéditos por Dom Bosco), Todito, SEI 1965, p. 149.

88 Bosco, Memórias Confidenciais, p. 79.

Casos não são submissos necessários que, para Dom Bosco, valham de um colégio se for mediático pela capacidade de promover, ante todo, a formação moral e religiosa. Certamente ele evitou a mortificação da ativação para a formação propiamente humana e profissional. Dom Bosco, animado por uma visão cristã profundamente empapada de humanismo, consideraba esencial, por ejemplo, que sus pias artesanas adquiriesen a prática de um oficia, pues ao contrário, sin poder provar digna mente a su vida, não podrían tampoco elevarse hacia los valores espirituais y religiosos. Aun así, A convicción de que el último problema foi el de llegar um ser «afortunados habitantes do céu» llevaba considerar que o principal razón de ser do colegio consistia em inculcar a los jóvenes o temor de Dios y em colaborar com gracia. É claro que, no caso do colégio de estudantes destinados por Dom Bosco para o seminário, e o fundamento religioso não é mais do que uma preparação normal para o sacerdócio. Para tanto, basta ler as biografias que Dom Bosco dedicou a D. Sávio (1859), a M. Magone (1861) e a F. Besucco (1864), que se dedicam à busca de novas idéias e religiões, que já foram passadas por Valdocco. , 81 Sus vidas hacis ver que the piedad fundamental of the els se habian alimentado - de la oración in the frecuencia de los sacramentos,

Para entender a ideia que tenía don Bosco de um colégio católico, poderia ser útil a narração Valentino ou a vocação impedida, publicada por 1866. "O texto foi comparado com as colecções do joven Valentino había conocido, frecuent, en primer lugar, um instituto católico que tinha sido mandado pelo pai, uma experiência anterior, e que o muchacho tinha uma história religiosa religiosa. O homem conhece as diferenças entre as pessoas que não acreditam nas casas. primer lugar por el enfoque fundamental: o instituto leigo reservaba as faculdades religiosas a um porto completamente marginal
8 'G. BOSCO, Vida do jovem Sávio Domenico, aluno do Oratório de São Francisco de Sales, Turim, Parávia, 1859 (ahora en: OE XI, 151-292); G. Bosco, Nota biográfica sobre o jovem Magone Michele, aluno do Oratório de São Francisco de Sales, Turim, Parávia, 1861 (en: OE XIII, 155-250); G. BOSCO, O pequeno pastor dos Alpes ou a vida do jovem Besucco Francesco d'Argentera, Turim, Paravia 1864 (en: OE XV, 243-434).

12 G. Bosco, Valentino ou a vocação impedida, Turim, Tip. Oratório de São Francisco de Sales 1866 (ahora en: OE XVII, 179-242). Cf. G. Bosco, Valentino ou a vocação impedida. Introdução e texto crítico editado por M. Pulingathil, Roma, LAS 1987 (citas que siguen han sido tomadas de esta edición).

("No se hacía ni meditación, ni lectura spiritual; y ororos se recitaban en común, pero una vez al día, cincón de pie y muy deprisa"); O católico, o cambio, a religião como princípio inspirador ("a religião, a prática e a forma excepcional"). No entanto, como a responsabilidade do sistema científico da novela tem subrayado, o dos colegios se diferenciaban también desde o ponto de vista do ponto de vista modológica.83 En efecto, mientras el primer parecía que se fundaba exclusivamente na disciplina - a menos por los rasgos com que se descreve para o diretor -, segundo ele orientaba según a concepción pedagógica aberta - alegria, estudio, piedad - y podía, además,
4. Entre as exigências de reglamentación y nuevos problemas educativos
Depois de 1869, a Sociedade Salesiana tuvo el papal reconocimiento, Don Bosco foi absorvida por preocupações de tipo de organização organizacional, porque a dívida redigiu e promulgou as Constituições (18721874) e porque atuou na Sociedade em 1875 em implantarse fuera de Italia y hasta Uma vez na empresa misionera, era necessário seguir em cima do desenvolvimento, evitando o rápido e amplo resultado resultando em uma capacidade imprescindível de orientação. Desta forma, induziu-se uma reflexão sobre o sentido da sua obra e sobre a especificidade. "As Memórias do Oratório, redactadas por Dom Bosco nos primeros años 70, nicarão precisamente nas reflexões cuadro de contos, y fueron elaboradas pelo autor com o claro propósito de dejar para propósitos colaborativos uma espécie de memória viva de sus orígenes. Neste contexto, o padre pianista também redigiu a redação definitiva dos Reglamentos para o festivo Oratório y para as casas, que é como um registro, lançado em 1877.

83 Bosco, Valentino, p. 42-43.

84 Após o primero de los direores, ele decai: "[Valentino] tinha um afável diretor sim, mas determinado a comandar, rigoroso em exigir, rigoroso em todos os ramos da disciplina" (Valentino, p. 58). O padre que encabeçava o colégio católico foi apresentado, pelo contrário, como pessoa afectuosa, no entanto não melosa, capaz de adentrarse nas heridas más secretas dos jóvenes interlocutores, inteligamente preocupada do destino das almas: «A partir daquele dia a vida de ele [Valentino] era de verdadeira satisfação para seu diretor, que não perdeu de vista seu filho espiritual que ele havia adquirido "(Ibid. p. 71).

a "Sobre a atenção especial com que Dom e sus fueron inducidos, in aquellos años, a profundizar o sentido de su propuesta pedagógica, cf. PRELLEZO, Estudo e reflexão pedagógica, p. O sistema preventivo é relido pelos primeiros salesianos, em «Orientações Pedagógicas» 36 (1989) 40-61.

De forma totalmente ocasional tuvo origen, en change, O sistema preventivo. No momento em que não há seguimento, há que se verificar um exame detalhadoizado de sus contenidos, porque, em último término, tendríamos que as cosas que P. Stella e P. Braido declararam ya eficazmente, destacando - entre otras cosas - asonancias, convergencias y conexiones de la obrita com os escritos de autores com o hermano Agathon, el diminuir Blanchard, o canónigo Auclisio, o lazarista Monaci, o barnabita Teppa, mons. Dupanloup. "Pero es útil subrayar que, pesar haber nacido como simples desenvolvimento da conferência dada por don Bosco o 12 de março de 1877 em Niza com a ocasión da inauguração do Patronato Saint Pierre, o pequeño tenta adquirir mui pronto, dentro y fuera de la Sociedad salesiana, uma relevância que niquera o autor habine imaginado.87 El hecho mantém em explicación: téngase presente que don Bosco, reordenando durante aquellos meses - junto com seus colaboradores - os Reglamentos, decide introduzir a conferencia de Niza en el Regulamentação para casas (1877 ). De este modo, a obrita asumió, a los ojos de los salesianos, o significado de "ley fundamental", y bastante rápidamente fue utilizado como metro de juicio para valencia la conformación de las varias casas - en actividad de en vías de institución - com os princípios e a força de vendas da Sociedade Salesiana.88 É necessário aderir, embargar, ao sistema preventivo para promover o valor da forma de cúpula, mas ao nível dos critérios para uma experiência de muitos atos. En efecto, los tres principios - razón, religión, Se a chama a atenção, constitui a solução preventiva e preventiva de Dom Bosco, se llamaba a atenção, constitui os conteúdos e a metodologia na qual se inspirou, para realizar uma obra de recuperação dos muchachos. abandonados le había llevado, progressivamente, para ocupar a formação dos estudantes e hasta de futuros sacerdotes. No hay, pues, extrañarse de que, dentro da Sociedade Salesiana, o breve artigo se reveste de tanta importância e que não se faz necessário se se persuadiesen de ten en de manos um propio do sistema educacional até que se considere considerá-lo. suscetível de ser aplicado mais tudo de sus ambientes educativos.89 Constitui os conteúdos e a metodologia em que habitualmente inspiraste, para alcançar uma meta de recuperação de muchachos abandonados le había llevado, progressivamente, a fim de ocupar a formação dos estudiosos e hastes de futuros sacerdotes. No hay, pues, extrañarse de que, dentro da Sociedade Salesiana, o breve artigo se reveste de tanta importância e que não se faz necessário se se persuadiesen de ten en de manos um propio do sistema educacional até que se considere considerá-lo. suscetível de ser aplicado mais tudo de sus ambientes educativos.89 Constitui os conteúdos e a metodologia em que habitualmente inspiraste, para alcançar uma meta de recuperação de muchachos abandonados le había llevado, progressivamente, a fim de ocupar a formação dos estudiosos e hastes de futuros sacerdotes. No hay, pues, extrañarse de que, dentro da Sociedade Salesiana, o breve artigo se reveste de tanta importância e que não se faz necessário se se persuadiesen de ten en de manos um propio do sistema educacional até que se considere considerá-lo. suscetível de ser aplicado mais tudo de sus ambientes educativos.89
Ele distancia-se com o número de deslocações possíveis, tornando-se mais fácil. P. Stella subrayado ya que dicho opúsculo tendía a supervalorar a antítese preventiva-representativa com a consecuencia de descuidar uma parte não indiferente da problemática educacional; A palavra com razão de Dom Bosco comenzó recibir, justamente entônios, de estudos dedicados específicamente ae (cf. BRALDO, A experiência pedagógica de Dom Bosco, p. 32ss.).

De STELLA, véase Dom Bosco II, p. 441-474; de BRAMO, A experiência pedagógica preventiva, p. 313-319, y sobre todo las amplias notas a G. Bosco, O sistema preventivo na educação da juventude, Introdução e textos críticos por P. Braido, Roma, LAS 1985.

87 OE XXIX, 99-109.

88 BRAIDO, A experiência pedagógica de Dom Bosco, p. 28ss.

89 Fueron reforzados en esta persuasión, además, por os juicios favoráveis ​​que têm a creer que todo o problema consiste em evitar que os muchachos cometiesen errores; por exemplo, com o devido conforto, a fórmula de colegio y por la situación que llevaba consigo, por ejemplo, asistencia «visivel» y «continua» de los jóvenes por parte de los educadores9 ° Com as palabras um pouco expeditivas, se podría decir que, más All rights reserved system, The preventive system is not allowed, complete the varias estructuras and activities that they piamontes have a life, in the wealth of motivaciones religiosas and pedagógicas implicadas. Estas serão as formulações de Dom Bosco no lograban expresar justamente o protótipo histórico, que com grande dinamismo e sentido de la realidad,

Então. de demás, na maldição do último década de su vida, Dom Bosco tem que mostrar que se está em um horizonte mais amplo respeitoso ao painel de referência ao de 1877. Sus inquietudes por condes de la juventud continueaban creciendo. Sobre o estado de funcionamento de um governo de custo e de políticas específicas e o recrutamento da tensão nas relações entre Estado e Iglesia, as cidades com a conquista de Roma ocuparam um lugar crítico. Dom Bosco teme que a família seja desilacharse e mismo tejido social, na grande meditação do desacordo social da enseñanza pública. Precisamente pouco depois da brecha de Porta Pia, em 29 de setembro de 1870, o ministro da Instrução Pública, C. Correnti, tinha feito uma circular com o que, alterando as disposições da ley Casati, establecía que en escuelas elementales la instrutora religiosa debía ser garantizada não para todos, até o que o hubieden pedído.91 Nas Memórias do Oratório, Dom Bosco ponía um acto nostálgico na situação que é habitada como estudioso gimnasial en Chieri , que es difficult no poner en relación with the disgust that cause to her los los gobiernos del Estado Italiano ensaiñose com a presidência da religião na escola: «Está bem a quem recorre à aquiles te la educación. Um profesor que, um hubiee bromeando pronunciando uma palabra obscena ou irreligiosa, foi imediatamente privado da carga. Sim se hacía com os profesores, imagino a gravidade se usa com os alunos indisciplinados ou escandalosos! "92 até o que os hubies pedído.91 Nas Memórias do Oratório, Dom Bosco ponía um achado nostálgico na situação que tinha como conotado o estudioso gimnasial em Chieri, que é difícil não poner em relación com o nojo que o causaba el ver a los gobiernos del Estado Italiano, a religião com a presença da religião na escola: «Está presente nos ensinamentos que ensinam a religião forma parte do fundamental da educação. Um profesor que, um hubiee bromeando pronunciando uma palabra obscena ou irreligiosa, foi imediatamente privado da carga. Sim se hacía com os profesores, imagino a gravidade se usa com os alunos indisciplinados ou escandalosos! "92 até o que os hubies pedído.91 Nas Memórias do Oratório, Dom Bosco ponía um achado nostálgico na situação que tinha como conotado o estudioso gimnasial em Chieri, que é difícil não poner em relación com o nojo que o causaba el ver a los gobiernos del Estado Italiano, a religião com a presença da religião na escola: «Está presente nos ensinamentos que ensinam a religião forma parte do fundamental da educação. Um profesor que, um hubiee bromeando pronunciando uma palabra obscena ou irreligiosa, foi imediatamente privado da carga. Sim se hacía com os profesores, imagino a gravidade se usa com os alunos indisciplinados ou escandalosos! "92 Dom Bosco ponía a nostálgico acento in the situación que él había conocido como estudiante gimnasial en Chieri, que es difícil no poner en relación com a repugnância que a causa e os gobiernos del Estado italiano ensaiñose com a presencia de la religión en la escuela : "Está bien que os recuerde en aquellos tiempos la religión formaba partem fundamental de la educación. Um profesor que, um hubiee bromeando pronunciando uma palabra obscena ou irreligiosa, foi imediatamente privado da carga. Sim se hacía com os profesores, imagino a gravidade se usa com os alunos indisciplinados ou escandalosos! "92 Dom Bosco ponía a nostálgico acento in the situación que él había conocido como estudiante gimnasial en Chieri, que es difícil no poner en relación com a repugnância que a causa e os gobiernos del Estado italiano ensaiñose com a presencia de la religión en la escuela : "Está bien que os recuerde en aquellos tiempos la religión formaba partem fundamental de la educación. Um profesor que, um hubiee bromeando pronunciando uma palabra obscena ou irreligiosa, foi imediatamente privado da carga. Sim se hacía com os profesores, imagino a gravidade se usa com os alunos indisciplinados ou escandalosos! "92 "Está bem que os aprendizes que estão em contato com a religião formam parte do ensino fundamental da educação. Um profesor que, um hubiee bromeando pronunciando uma palabra obscena ou irreligiosa, foi imediatamente privado da carga. Sim se hacía com os profesores, imagino a gravidade se usa com os alunos indisciplinados ou escandalosos! "92 "Está bem que os aprendizes que estão em contato com a religião formam parte do ensino fundamental da educação. Um profesor que, um hubiee bromeando pronunciando uma palabra obscena ou irreligiosa, foi imediatamente privado da carga. Sim se hacía com os profesores, imagino a gravidade se usa com os alunos indisciplinados ou escandalosos! "92
"STELLA, Dom Bosco II, p. 462ss.

A oferta confirmada pela Circular do 12 de Julho de 1871, a Comissão Precária que constituiu a concorrente dos Estados-Membros, confere as instruções religiosas para os maestros e as personalidades declaradas como idóneas para ello. Sobre as circulares de Correntes, mais em geral, sobre a política de gestão da responsabilidade Pública, cf. B. PISA, Cesare Correnti e o debate sobre o ensino secular, em «Revista Histórica do Risorgimento» 62 (1975) 212-229, y referencias en mi trabajo, Educação e escola no programa da Opera dei Congressi, p. 426-427.

MO 54

No entanto, muito mais aprofundado sobre as preocupações de Dom Bosco, em 1877, o pequeno governo da revolução parlamentar, o governo da elite guiado por Depretis promulgaba, pelo ministro de Instrução Pública, Coppino, dos leyes que daban a ulterior. empujón a la secularización de la escuela: a ley do 23 de junho, que dispõe da abolição dos diretórios dos gimnasios, dos bachilleratos e dos institutos, e da ley de 15 de julio que no reconocía la religión en las materias constitutivos da instrucção elementar, avalando de esta maneira o regime introdutório por Correnite. "Dom Bosco se confirmaba, uma vez mais, na idéia de que não se estabelece no peligro o joven pobre e abandonado, sino todo muchacho que, junto a la fragilidad de la edad,debora agora para pagar um dinheiro a uma sociedade que está marginalizando os valores religiosos.

Os Viajes, o Hades, os Estados Unidos e os Outros na Europa, visitando Las Casas Salesianas, The Hesan Ver a Convenção das Cidades no Mundo Cultad, em El Sentido, eu sabia, era um Condomínio Muy Difundida, Pues Los problemas de los Os muchachos de Turín, Génova e Roma se apresentam com diferentes tipos de aquários na cidade de Paris, Marsella ou Barcelona. Dom Bosco sustentou a opinião daquela sociedade dos vários países da Europa, por isso foi feita por motivação e diferentes itinerários, por um rito de fé como elemento unificador da vida pessoal, e pensava que todos os muchachos - sobre todo o mundo las grandes aglomeraciones urbanas donde los traditionales control sociales desaparecías más fácamente que en los ambientes rurales - estaban, portanto de forma diferente, Igualdade expurgar al riesgo de crecer no sol fuera das verdades cristianas, sino también alejados de todo o critério moral saudável. En este momento, para o padre píamontés, o problema educativo comzó a unirse cada vez mais da regeneração da sociedade, no caso das misiones, à de civilização dos pueblos. Dom Bosco, na medida em que tomar consciência das tumbas dificultades com que se encontra a juventudes, eis a misma medida se convencer de que, uma vez socorridos y ayudados los jóvenes en el plano religioso además de humano, se habrían puesto también las premios para uma reforma da misma sociedad. Ao mesmo tempo, a experiencia salesiana misionera es queger la fundador llamaba la atención en la carta direct on card. Franks e 13 de dezembro de 1877. "Llegados a América Latina,
93 Sobre as candidaturas legislativas de Coppino e, em geral, sobre a política escolar da Izquierda, cf. A. TALAMANC.A, Liberdade Escolar e Liberdade Escolar, Pádua, Cedam 1975, p. 202ss.; M. BENDISCIOLI, A esquerda histórica e a escola, em «Studium» 73 (1977) 447-466; MAD GLIA, Educação e escola no programa Opera dei Congressi, p. 438ss.

"EJE, 256-261.

"A razão da sua existência era o caminho dos índios, interior de esté na civilização cristã," se relacionar com os padres por meio dos hijos, com o fin de que os salva-vidas são um evangelizador dos mismos selvagens ».96
Se você decidir dom Bosco, terá que pensar nisso de maneira semelhante para proceder à regeneração da sociedade. A chaminé que permite a entrada de água no centro da vida coletiva nos valores morais e religiosos consista de um número de contos para as novas gerações. No entanto, é preciso mais precisamente a misma linha com o cual Dom Bosco, pequenos desposses das vicissitudes dos 48, e também na última de sua vida, declarada como estando alejada da política. En realidad (como a alça mira, a aleta, que admitir), su empeño, em todo es de, de vida fase, de carlos de inflexiones civiles, de menos alla donde trataba de hacer hincapié en la educación fundamental de transformação social. El 31 de mayo de 1883 escribedia a los Cooperadores de la Ciudad de Turín: «Queres que a sugestão de um trabalho relativamente fácil, mui ventajoso y fecundo de los más amplios resultados? Pues bien, trabajad en torno de la buena educación de la juventud, em particular de aquel más más y abandonada, que es la numerosa, y vosotros lograrás razonablemente dar gloria a dios, procurar bien de la religión, salvar muchas almas y cooperar propaticamente a reforma, al bienestar da sociedade civil; pues la razón, a Religión, a historia y a experiencia demuestran que a sociedade religiosa e civil buena ou mala, sergún mar buena ou mala a juventud que ashora nos rodea »." El discurso show the que don Bosco tenía em su mente para la transformação social: uma obra que, precisamente um través de la educación, Deborah poner a todos los jóvenes, especialmente as pobres e abandonadas, em condições de prestar dignamente a sua vida; O último objectivo foi o de promover a máxima difusión dos valores éticos, rejeitando as autoridades públicas e as estruturas sociopolíticas constituídas.

Claro que com vistas a esta obra dirigida, em perspectiva misionera, llevar "a palavra da vida eterna" para pueblos enteros; Na perspectiva da regeneração das sociedades tradicionalmente cristãs, foi necessário contar teorias e instrumentos adecuados para reproduzir e consolidar os valores éticos-perdidos ou debilitados. A Conferência das Amplitudes do Imperador de Elba a Dom Bosco para financiar uma Organização de Cooperadores com o Fim do Mundo, em co-desenvolvimento com o Salesiano Missionário, Recipesen a la muchachos de la calle y tratasen de mbolonos en buenos cristianos y honestos ciudadanos. Dom Bosco, sem embargo, sem aparar no mundo, em vista da realização do prospeto, da busca de círculos de pessoas, cada vez mais amplos. Considerações de oportunidade para a insuficiencia de su obra, hacían compresa to don Bosco that, lejos de encerrarse in propias instituciones, convenía directir sus pasos hace an esfuerzo une de de principies, más allà de sus designaciones especificas, estuviesen coligadas por a misma preocupação querida. educativo - educacional: "no entendemos - precisaba en un manestiesto de 1877 to the Cooperadores" - that is here sea single on the middle of the middle of the sociedad civil; pelo contrário, nos aprova e ensalzamos altamente todas as instituições, sindicatos, associações públicas ou instituições privadas para beneficiar a humanidade. cual hasta tendría que reconocerse la cristiandad entera.99 lejos de encerrarse in propias instituciones, convenía directir sus pasos hacia an esfuerzo une d'université, allas de sus tipas especificas, estuviesen coligadas por la misma se preocupación dear. educativo - educacional: "no entendemos - precisaba en un manestiesto de 1877 to the Cooperadores" - that is here sea single on the middle of the middle of the sociedad civil; pelo contrário, nos aprova e ensalzamos altamente todas as instituições, sindicatos, associações públicas ou instituições privadas para beneficiar a humanidade. cual hasta tendría que reconocerse la cristiandad entera.99 lejos de encerrarse in propias instituciones, convenía directir sus pasos hacia an esfuerzo une d'université, allas de sus tipas especificas, estuviesen coligadas por la misma se preocupación dear. educativo - educacional: "no entendemos - precisaba en un manestiesto de 1877 to the Cooperadores" - that is here sea single on the middle of the middle of the sociedad civil; pelo contrário, nos aprova e ensalzamos altamente todas as instituições, sindicatos, associações públicas ou instituições privadas para beneficiar a humanidade. cual hasta tendría que reconocerse la cristiandad entera.99 mais allá de sus características específicas, estúdios coligados por la misma prezation dear. educativo - educacional: "no entendemos - precisaba en un manestiesto de 1877 to the Cooperadores" - that is here sea single on the middle of the middle of the sociedad civil; pelo contrário, nos aprova e ensalzamos altamente todas as instituições, sindicatos, associações públicas ou instituições privadas para beneficiar a humanidade. cual hasta tendría que reconocerse la cristiandad entera.99 mais allá de sus características específicas, estúdios coligados por la misma prezation dear. educativo - educacional: "no entendemos - precisaba en un manestiesto de 1877 to the Cooperadores" - that is here sea single on the middle of the middle of the sociedad civil; pelo contrário, nos aprova e ensalzamos altamente todas as instituições, sindicatos, associações públicas ou instituições privadas para beneficiar a humanidade. cual hasta tendría que reconocerse la cristiandad entera.99

9, E III, 257. E III, 257.

"BS 7 (1883) 7, 104.

Com o propósito de reforma do instrumento, nesta última fase, Dom Bosco tem uma verdadeira experiência na forma predominante, grande parte dos homens exclusivos, na experiência do colégio. Daba a impressão de querer fazer frutificar todas as oportunidades formativas que, gradualmente, habitaram proyectado y actuado. Este é certamente o caso com a hecho de que, através da Sociedad salesiana empeñada varios frentes para responder a múltiplos necesidades educativas, não existe uma fórmula que, por princípio, debie prevendo sobre as palavras: en ciertos casos podía estar bien colegio; en otros, el oratorio ou la escuela nocturna. Mas, se se pensa neles, durante os estos últimos anos, Dom Bosco tendia a um novo destino, mais generoso, como, por ejemplo,
y com a indústria e a atividade proporcionam um benefício sem pequeño à sociedade; Você pode dedicar-se ao estudo das ciências e das letras, desde que seja à la sociedad com as obras do engenho, ou com este ou aquel empleo civil. E, em seguida, muito mais do que os otros, estendendo-se não só como uma garantia de moral e de boa ordem entre os povos "." A insistência com a cual don Bosco daba tanto alivia a limosna nacía, claro que, a preocupação de subraiar alarga a imagem de rainhas benevolentes que se seguram para segurar assim como o terremoto no céu, mas, para mismo tiempo, hacía transparent la intención profunda com que é se ocupaba de la obra que sus beneficencias permitem:

98 BS 3 (1877) 8, 2.

"BRAIDO, projeto operacional de Dom Bosco, p. 33-34.

Poderia ser útil, quizás, leer desde a óptica toda a producción literaria (libros, discursos, cartas) do último Dom Bosco.

BitAIDO, projeto operacional de Dom Bosco, p. 24; MILANESI, Sistema Preventivo, p. 163-164.

102 BS 5 (1881) 12, 5.

LA PEDAGOGIA DE SAN JUAN BOSCO EN NO SIGLO Guy AVANZINI -


Todo realiza como si San Juan Bosco fuese.el objeto de uma representação paradójica: por uma parte, em efeito, se conoce y celebra por todas partes como um grande educador, es decir, um profesional de calidad excepcional, cuyo ejemplo se adequadamente apresenta fecundo como para dinamizar e inspirar a hoy a los institutos religiosos ya la espiritual family que proceden de ell.

Por outro lado, o embargo, se não for como um "pedagogo" verdadero, um conceito de educação que merece ser visto como um todo é feito entre os de seu siglo. Se você pintar com demasiada vontade, isso deriva da graça de sua santidade. Não, se se relaciona com o jeito, faça tudo na pessoa, se há idéias na história das idéias ou problemáticas em las de su tiempo, valorizando o mal que você não é.

Ex imagen contrapuesta y, sin duda poco acertada, que interesa intentar corregir. O que você precisa saber é que as regras de intenção são mais rigorosas e específicas, especificando tanto a função que é mais importante para a educação quanto os que são exigentes. como o conocimiento de que esta atividade constitui o objeto. '


1. Las razones de una exclusión


Sim, um pesar de algunos progresos recientes, se da França uma grande pobreza na investigação sobre a história da pedagogia, no caso de San Juan Bosco se trata de una verdadera exclusión. Todas as obras clásicas coincidem em que não há nada de élico.

No entanto, este princípio impõe o silêncio ao secularismo dominante que, muitas vezes, anuncia publicaciones francesas, oculta parcialmente y veces extensivamente, a visión de la historia de la pedagogía. No entanto, à luz do mar que é parcialmente inevitável, essa interpretação não é completa. De hecho, si muchos salesianos italianos se você tem dedicado um pouco para ele, os misos salesianos franceses, excecional hecha de don Desramaut, par han estado menos atentos a este aspecto da obra do Fundador, o estilo ha ha ha ha um estilo mais hagiográfico y edificante que histórico y científico.

Para uma apresentação mais ampla deste argumento, cf. G. AVANZJNI (ed.), Educação et pédagogie chez don Bosco. Colloque interuniversitAire, Lyon 4-7 de abril de 1988, Paris, Fleurus 1989, p.55-93:
Estabelecido sem restrições, sem dudas de feno, da hecho de que su pensamiento es de difícil acesso e não se identificam com facilidade. Não se ele apresentar a manera clásica. Em formulación fragmentaria y o auxiliar de uma obra de síntesis no ayudan a percibir su unidad. No alcanza a situarse a correa das universidades universitárias ou os discursos políticos de su tiempo sobre a educação. Sus historiadores se preguntan, por consiguiente, sobre la misma legitimidad de a formalización de demasiado rígida y sobre el caractere that hay that dar, en este campo, a sustext: curiosamente don Anffray if prayed se se trata de verdad de a "system" - término usado para o Dom Bosco mismo, - de uma "doutrina", de um "método". Sería entra um «grande educador», dado que não é um «pedagogo»?
Todo o mundo exige o esférico de caracterizar mais a doação de Dom Bosco ao seu signo, de compreender e delinear a marginalidade da felicidade, divergências que se quiserem interpretar e refazer seu caráter no estúdio para os preconceitos .

2. Uma opción educacional


Os primitivos primórdios que se destacam são os sacerdotes do século XIX para educar e educar, em vez de outras atividades pastorais. ¿Cómo justifica esta opción? En otros términos, ¿qué función atribuye à la educación? ¿Qué espera obtener como finalidad?
Sobre percepção, limita porém intenso, das consecuencias que a situação social nos Estados Sardos, em Piamonte, em Liguria, mantém o juvenil dele em campo e das medalhas que Exige, podría levar ao dos estrategias divergentes: en la primera, a renovação e o desenvolvimento da educação é o melhor, si não é o único, meio; todo o progresso duradouro da sociedade passada pelo progresso das pessoas e da sua dependência. Caldeada por numerosos filósofos, esta estratégia foi criada na origem da fundação das varias disposições das congregações dedicadas aos jovens, no surco da tradição tridentina. Em segunda, uma mudança na educação não pode ocorrer na cartilha média, enquanto o agricultor é aquele que impõe a educação ao contrário. O poder político confisca a educação e a multa según sus propios fines. De la la inutilidad de los intentos de autorrenovación de la educación. Exatamente este último concebeu o que domina no século XIX, sobre todo o segundo ano. Alma no militan que estabelece a democracia: de, ela, piensan, depende da adoção de uma legislação progressista, capaz, uma vez, de reformar sua posição. E assim, na Itália, os liberais não esperam que o desenvolvimento da instrução seja uma evolução prévia e constitutiva, como não há esperança de se fazer a partir de água. Depende da adoção de uma legislação progressista, capaz, uma vez, de reformar sua posição. E assim, na Itália, os liberais não esperam que o desenvolvimento da instrução seja uma evolução prévia e constitutiva, como não há esperança de se fazer a partir de água. Depende da adoção de uma legislação progressista, capaz, uma vez, de reformar sua posição. E assim, na Itália, os liberais não esperam que o desenvolvimento da instrução seja uma evolução prévia e constitutiva, como não há esperança de se fazer a partir de água.

Poderia se juntar a Dom Bosco partidario de intervenciones de política, muito mais, a partir de Carlo Alberto, é hoje presente. Y, em troca, não há como. No apenas as conseja, até que a desaceleração do processo, continuamente repetidamente as actividades que se inspiram nas ellas, seja um suspense tomar parte nas ellas, e en varias ocasiones manifesta que estas proibições de figurar nas Constituições do seu Instituto. Não admite mais que as ações de ordem social e educacional.

Este rechazo é coesivo e coerente com o conjunto de su pensamiento. Es mais, parece que você está pensando em exigir. Éste no depende, como podría parecer uma vista simples, do fator coyuntural que é a cuestión romana. Está motivado pela reserva que produz a mentalidade dos militantes políticos. Mientras recomendaba veementemente reformas sociais, Dom Bosco tem horror no espíritu de protesta y de polémica. Teme que as idéias sejam democráticas, pesando sobre a confissão do cristão com respeito às ellas, até mesmo para consecuencias nocivas y alcancen, com efeito perverso, um favorecer mais o liberalismo, o socialismo e o anticlericalismo. Pecado embargo, y más todavía, a valorização do político supõe-se em sus ojos el peligro de una supervaloración de lo temporal; a esencial no es este mundo, sino el otro. No sentido, um éfàfio abusivo abatendo a felicidade terrena e plantando o material da vida em um erro, porqué actuarí em detrimento do único fin greenaderamente, a conquista da eternidade. A alienação é verdadera de orden espiritual e no economic. A supervisão do setor político levará a situar o fin último aquí abajo, mientras que consiste em ganhar
e o céu.

Excluídos desta militância política, Dom Bosco se o fervor adora o corriente que privilegia a educação: só é permitido fazer conocer, amar e interiorizar as ideias que o merecen, según a sana jerarquía de valores. Por uma questão de detalhe, há uma dupla finalidade, da primeira a ser ordenada de forma exígua: enseñar la Verdad en materia de Fe y Moral, ayudar al hombre a construcción de la salvaguardar, mientras que la nella es la de «form Cidadãos honestos », dotados de uma qualificação profissional que, sobre todos os aspectos da qualificação artesanal, permite a sua inserção social. A sujeto que posee a profesión está, en efecto, menos expuesto que uno en paro em las tentaciones ya desviaciones.

Una doctrina así le aleja de la pedagogía de su tiempo, aun la católica. También esta última quiere que la educación tienda a -la salvación, pero de hecho hay una divergencia acerca del papel que se atribuye al planteamiento de la vida terrena, y por tanto a la acción temporal y, a fortiori, a los compromisos o medias medidas que algunos, supervalorando los objetivos demasiado humanos, parecen admitir. Don Bosco teme que el compromiso que se aplica en la edificación de la ciudad terrena atenúe, relativice y hasta margine el compromiso que sólo merece la ciudad de Dios.

Estabelecido voluntariamente, com todo, todavía vana si el sujeto mismo no estuviese en condiciones de beneficiase de ella. Se o debe acompanha, picas, implícita ou explícitamente, com o postulado de que é educável, decir, maleável e perfectível. Na idéia de Dom Bosco, o efeito goza de una fuerza extraordinaria, que contrasta vigorosamente com as imagens corrientes de sua época. E, assim, Exige que seja explicito cuanto más aparece uma primera vista paradómica, quimérica: o que él quiere elevar y salvar filho marginados, desadaptados, delincuentes, novos, a veces pervertidos, es decir, la sociología y la psicología de la época consideran como "irrecuperáveis", incuráveis. Em detrimento disso, há o que tem que fazer em sua recuperação, Dom Bosco se a obstinação em definitivo posible y rechaza todo fatalismo,

É confianza en el otro não é mais que um aspecto da confianza em todos os aspectos que confiou a cada um, a diferença de manera diferenciada, talentos. O talento que cai deve estar aberto à descrição para aqueles que querem saber o que precisa ser hackeado. Uma confianza que não detém nada de rousseauniano. No es confianza en la bondad de la "naturaleza", idéia do que a desconfiança é, na moda do criador, de que as criaturas sonoras são autônomas. Por uma questão de detalhe, em «espiritualidad», como tem sido analisado por don Desramaut, não esólo um aspecto singular ou local de su pensamiento, até que o centro fundador de sua doutrina sobre a educabilidade. As recasações, sugestões, representações fixas ou fatalistas alimentadas pela imaginação combinam-se nas últimas e por outras teorizações anteriores à psicologia dinâmica,

3. Originalidad de la opción educativa


Para conseguir estos finos Dom Bosco no se fia ni enseguida ni incondicionalmente de la escuela. Por isso, é possível que a pesquisa sobre a análise possa considerá-la fundamentalmente ambivalente. Convencido de que progrediu o aprendizado para a condução da doença, todos os cuidados foram realizados, e por isso a formação intelectual como, por exemplo, a proficiência, a educação, assim como a estrutura intelectual como a evolução social. Para as instituições de ensino fundamental, colégios de maneira especial, traza el perfil de uma língua e verdadeiro enseñé técnica, escrever uma alfabetização de adolescentes analfabetos, escrever um manual de aritmética y, más expansi,

Debe, un embargo, constatar that the educationalization is not todavía generalizada, but que, en todo caso, the dejan to puertas de la adolescencia muchos much if han beneficiado de ella, exponiéndose to the peligros that se derivan de la falta de algun element protetor. Entre a infância e a vida adulta, e o momento do casamento, feno que prova de uno, para que superen com éxito esa laguna peligrosa. Además, admiti que se generalice se é prolongado e à medida que sucede, no se debería temer que, para uma dinâmica que seja rastreável, a escrava vaya siendo cada vez menos um lugar que se enseñe a fé moral? ¿Não se le pedirá cada vez más fines temporales, O que é que um indivíduo individualista promove eo espírito de análise não tem o secularismo? ¿Não de demasiada importância ao estudio da civilização greco-latina, veículo de uma ideologia pagã do homem?
É dissociação, sugestões, educação e confianza na escola. Vamos começar com uma grande cultura, a fim de entender a cultura, não mais o mau uso do destino, não mais sensível à cultura insuficiente do que a natureza ambígua das exigências. Esquematando um pouco mais do que é permitido, podríamos que seu projeto é educar adolescentes desadaptados do ambiente urbano, mientras que as pedagogias dominantes se preocupam mais bien de instruir um muchachos «normales» do ambiente rural e dos casos médios.

Ele, portanto, se sente chamado a trazer novas instituições, capazes de levar em conta tanto seu conceito de fins quanto a imagem de seus sujeitos. Por isso, trabalhou muito durante sua vida: fundar essas instituições. E uma vez que o empreendimento realizado ultrapassa as possibilidades de uma única pessoa, especialmente como o serviço que ele deseja ser estendido depois dele, também é necessário dar à pessoa que assume um status capaz de garantir a continuidade e a estabilidade. Daí o desejo de associar os Salesianos Cooperadores e, se possível, mais: fundar um Instituto.

Essas iniciativas parecem exigir observações contraditórias entre elas. Em primeiro lugar, essas iniciativas parecem radicalmente originais, na medida em que, naquela época, os interesses e as paixões se concentravam totalmente na escola primária. Um olhar mais atento também poderia ver outra manifestação do interesse que muitos sacerdotes e religiosos da época têm sobre o fenômeno da urbanização e sobre a proletarização e miséria moral de adolescentes desajustados ou prestes a se tornar um. Todas essas iniciativas ainda não são bem conhecidas. Elas permanecem integradas na história da educação e devem ser estudadas com base em problemas educacionais. Mas eles são numerosos.É necessário, no entanto, enfatizar a originalidade do método: neste Dom Bosco é fundamentalmente inovador. Sem dúvida, ele é muito cuidadoso para não se apresentar como um "inventor" do "sistema preventivo" que contrasta com o "sistema repressivo". Tanto pela modéstia quanto pelo desarmamento da desconfiança hostil que uma afirmação brutal de sua originalidade poderia provocar. Em sua "prudência", ele procura por patronos: San Alfonso de Ligorio, São Felipe Neri, São Francisco de Sales, Mons. Dupanloup, etc. Mas, na realidade, aqui sua originalidade é total e além dos detalhes, depende da avaliação do carinho "compreensivelmente expresso" sem medo, carinho sincero, simulado ou afetado, mas um sentido.San Alfonso de Ligorio, São Felipe Neri, São Francisco de Sales, Mons. Dupanloup, etc. Mas, na realidade, aqui sua originalidade é total e além dos detalhes, depende da avaliação do carinho "compreensivelmente expresso" sem medo, carinho sincero, simulado ou afetado, mas um sentido. San Alfonso de Ligorio, São Felipe Neri, São Francisco de Sales, Mons. Dupanloup, etc. Mas, na realidade, aqui sua originalidade é total e além dos detalhes, depende da avaliação do carinho "compreensivelmente expresso" sem medo, carinho sincero, simulado ou afetado, mas um sentido.

Dom Bosco introduz uma verdadeira ruptura aqui; ele não tem medo da amizade; assume seus riscos; quer que seja demonstrado e não simulado; ele não o recomenda apenas para aqueles que raramente têm um carisma especial para um adulto selecionado; descubra um modelo difícil, para os possíveis desvios que possam aparecer, mas bem, ainda mais, o único realmente bom, e firme e firmemente recomenda seu religioso.

Muitos daqueles que reconhecem o papel preventivo da educação dependem de regulamentações punitivas e isso corresponde a uma corrente forte dentro da pedagogia cristã. Outros não recorrem a isso, mas apenas porque não acreditam na sedução do mal nem sacralizam todas as inclinações da criança; é a tentação de um certo otimismo naturalista rousseauniano. De sua parte, Dom Bosco quer unir a função preventiva da educação e um método igualmente preventivo. Don Vecchi diz isso de uma maneira excelente: "Falar de educação como prevenção vem antes de falar sobre prevenção na educação".

4. Don Bosco «pedagogo»


É preciso ir mais longe, reconhecendo Dom Bosco como um novo conceito do tipo de conhecimento que a educação pode ou pode tornar-se objeto. Parece-nos que ele realmente propôs uma "pedagogia", que é uma reflexão organizada sobre educação; é, portanto, um "pedagogo" no sentido mais pleno e mais exigente do termo, e não apenas um "educador".

Antes de mais nada, é necessário reconhecer nela uma "teoria" ou, pelo menos, uma abordagem teórica: quando se distingue entre o sistema repressivo e o preventivo, significa expor - de maneira universalmente válida dentro de seus limites, formas de regulação dos requisitos educacionais através de tempo e espaço. Desenhe um esboço explicativo em torno do qual uma interpretação global da história poderia ser construída.

No entanto, ele não está feliz em descrever; esta não é sua principal preocupação. Ele quer prescrever: metas, normas, princípios, um ideal. Ele quer justificar o uso do sistema preventivo, revelando suas razões. Nós nos encontramos, se não antes de uma doutrina, sim antes de uma abordagem doutrinal.

Segundo estas regras, e consequentemente, organiza um método, indicando, não sem detalhes, o procedimento de candidatura. Não apenas indica por que, mas também como usá-lo; ele garante que ele seja verdadeiramente seguido nas casas de sua Congregação, chama a atenção para sua oportunidade e adverte aqueles que o esquecem. Não o apresenta como empírico, mas vincula-o explicitamente aos seus princípios.

Por último, ao deliberar sobre os parâmetros do acto educativo (finalidad y figura del sujeto), ao inventor dos institutos e aos assuntos que são a parsubstância, ao aparecimento de todas estas variáveis ​​de naturaleza heterogénea a coerencia interior; Uma solidaridad intercondicional e interagente, cria um "sistema". A concepção moderna que tem recebido esta abordagem é, ao contrário, confirma a legitimidade desta denominação que é mismo le dio.

Es verdad que su esquema é radicalmente diferente do que estabelece em vigência e tratata de prevalecer em su tiempo. No podemos reconhecê-lo em um vocabulário normalizado, em um tratamento universitário, e em ordenar metodologicamente sobre o procedimento a seguir, ni consideraciones de ordenar epistemológico sobre o signo do conocimiento adquirido. Por um mismo à tradição académica, um sus expectativas e ex exigencias, no esquema não se empresta a um crédito deste tipo. Además, valorizando o relacionamento interpessoal, viaja como um canal de eficiência, nenhum participante do deseo, um direito crescente entre os "pedagogos", elaborando métodos intrinsecamente buenos, es decir, uma didáctica válida por sí misma, y ​​cuya eficacia sería, en con competencia técnica, independiente de la calidad relacional de los utilizan. Queda como, sugestões, extraño ao vasto movimento que, bajo o conjunto de influência da consciência da natureza das filosofias de Comte, surta o siglo XIX e crece incessantemente em la perspectiva de establecer aquella «ciencia de la educación »que en France y en Italia se convierte en objeto de enseñanzas universitarias específica. Não é necessário, não há votos, queda insignificante ante a visão objetiva e hasta científica e ante a concepção experimentalista da ciência que se arrasta pouco a pouco em aquel tiempo. Não alimenta os proponentes muy bien ilustrado, por exemplo, pela epistemología de Alfred Binet - de extender à pedagogia a utilização dos processos que Claude Bernard tinha aplicado com o éxito a la biología. Sin aspending, pues, a construcción de la nueva disciplina soñada por sus contemporâneos y posible interlocutores, extra to sus problemas ya la dynámica de sus trabajos, corré el peligro de no ser reconocido por ellos. Todo é explicado como o desconhecimento que é maior e mais importante para os que amam a vida e a saúde.

Pecado embargo, o método que criou uma descida na bien podría ser hoy a razón de su modernidad. Podrá é uma surpresa, mas é isso que faz com que ganhem vida e precisamente que tenham aparecido no nosso nuestro. ¿Não é, efectivamente, posible y obligado, não forçando um pouco os termos, descobre-se em segundo plano pedagógico os mitos rasgos que definem a expressão «investigação-ação»? en el deseo de hacer pasar la acción a objeto de estudo para iluminar o sentido, hacer crecer su e eficacia e resolver en material para una ciencia? ¿No adoptó, qni7á, Dom Bosco, em como, a «metodologia da distanciación», es decir y en resume, o processo hoy más ensalzado - y tal vez el más oportuno - de la investigación pedagógica? Según nuestro parecer,

Ch. Delorme distingue entre «modelos generalizables» e «modelos comunicáveis», es decir, «suficientes teóricos para que se proponham em outros lugares de formação, adaptados a um contexto particular, pero también intercambiados y guidelines, com otras propuestas também ellas modelizadas ». Dom Bosco é um autor típico de um modelo «comunicável». Es fácil de ver: Dom Bosco se diferencia de su siglo en puntos decisivos. If aleja, sobre todo, para o papel atribuída à educação e para as finalidades para as pessoas que vão para a escola, com também por sua percepção da educação. Difiere, pues, por su ambivalencia a propósito da escola e por voluntariar de promover otro tipo de institución que, por consiguiente, considere mais apta para o trabalho social que festejem que os adolescentes en peligro y, Em primeiro lugar, com ampliação, em conjunto com su jóvenes. Se distingue, sobre todo, por um método que, para a reflexão das quebras objeto em função da resolução dos objetivos que os debates do passado, autoriza um sistema de sistema preventivo. Se distancia, por último, dar implícamente ao novo saber que produz sobre a educação um estatuto irredutível tanto a um empiricismo de improvisador como a uma cienriflcidad objetivista.

Explicações multidirecionais estabelecidas, sin duda, marginación que ha debido sufrir, mas não constituye no índice de um retraso, ni la señal de una debilidad, ni o efeito de una lagouna. Deriva da lucidez antecipadora de miras ao que a criança tem a ganhar com a ajuda da família espiritual de sua família espiritual. Fidelidad que don Desramaut muestra en marcha, sobre todo en el Oratorio Saint Fierre en Niza ou no orfanato Jesús Adolescente de Nazaret. Eu sou precisamente estas maravilhas que justificam e exprimem que este educador, incompreensível e desconocido pelo século XIX, me apresento no campo da investigação universitária, do mar, junto aos grandes, descuberto e reconocido como um pedagogo do século XX.

DON BOSCO Y EL ORATORIO (1841-1855) Giorgio CHIOSSO


O Oratório é a primeira tarefa educativa que Dom Bosco promoveu, primero em colaboração com otros sacerdotes e, depois, como animador principal em Turim, em seus 40 anos, como a prática prosa das exigências religiosas e educativas inmediatas y concretas. O objetivo primordial do Oratório é o amor de todos os jovens, sobre todos os “abandonados e peligro”, com o fim de salvar as almas e os crecer como ciudadanos honrados. El Oratório, com seu caráter característico e polivalente de atividades, o resultado de uma progressiva sedimentação de experiências e intenções, não menos, o éxito da asimilación pessoal por parte de Dom Bosco de iniciativas ya llevadas para o efeito, y para mismo tiempo que él, y de activities educational-populares vives en muchos ambient turineses de aquellos años.

1. Oratórios e educação popular em Turim


Los comienzos do Oratório, antes de seu estabelecimento oficial em dezembro de 1844 no Refúgio da Marquesa de Barolo (depois de ter começado com Bosco a colaborar com o teólogo Borel) para suntuosamente sencillos y austeros: não há mais que uma instrução religiosa religiosa Acompanhante de práticas de vida cristã e recreação complementar, todo animado para a disponibilidade de don Bosco para estabelecer com os amigos que se acerba e um relacionamento educacional.1 Las catequeses a los jóvenes de los razones niñas a las escuelas de doutrina nas paróquias, estavam fora da fazenda depois de uma das muitas pastoras para aqueles que orientavam os sacerdotes do Convento que dirigiam o teólogo Guala com Dom Cafasso. Este custo, unida à impressão que lhes causou don Bosco la gran ciudad, Suponha uma experiência notável em sua vida de padre, comprometido em uma vida pessoal à vocação religiosa. Cuando, una vez completou os estudos, se você traduz a Rzfugio, llevó consigo a grupo de jóvenes que giraban a su alrededor, señal de que su experiencia se había consolidado ya superando a práctica normal do Convitto.

«Para chegar a alguns testes, começaram a fazer catecismos especiais nas prisões desta capital e, pouco depois, na sacristia do atense de São Francisco de Assis; e assim o princípio das reuniões festivas foi dado. Foram convidados aqueles que saíram das prisões e aqueles que colocaram a semana foram aqui e ali nas praças, nas ruas e até nas oficinas de coleta. Contos morais e religiosos, cânticos de lauda sagrada, pequenos presentes, alguns brinquedos foram amilicins que foram usados ​​para mantê-los em feriados públicos "(G. Bosco, Notas históricas, en: P. BRAIDO, Dom Bosco para os jovens: o "Oratório": Uma "Congregação de Oratórios": Documents, Rome, LAS 1988, p. 58). Cf. también: G. Bosco, Escritos sobre o sistema preventivo, p. 84-86.

A hospitalidade da marquesa de Barolo suponha a vez da primeira oportunidade para o oratório naciente sem mínimo de organização e amplia atividades. É provável que, por e-mail, Dom Bosco e o teólogo Borel enriquecam com juegos e multiplicidades as iniciativas para atrair os jóvenes, porém os hechos difíciles que dieron entre o verano de 1845 e a primavera de 1846 não são favorecieron una continuidad sistemática.

Sin la ayuda do memorial do arsenal salesiano (em grande medida dependente dos recor- rentes de Dom Bosco e compriantemente orientado para descrever os acontecimentos românticos acontecimientos lejanos) é difícil ver a partir dos documentos de processo disponíveis a consistência real e a organização do mesmo. primer Oratorio, especialmente entre 1844 e 1846. A misma carta, importante también, percorrida em março de 1846 al marques Michele Benso di Cavour, vigário da cidade de Turín, por Dom Bosco, para informá-los do estabelecimento das atividades en fecha próxima, animadas e guiadas por junto ao teólogo Borel na casa Pinardi, ofrece escasa ayuda. En el escrito, Dom Bosco, nas tantas experiencias anteriores, 'acentuaba evidentemente a perspectiva catequística das reuniones de los jóvenes'
Alguna precisión ulterior nos vem de um breve apanhado
de algunas 2 Trata das protestas que, no eloto 1845, después de la primera autorización, impidieron o Oratório «itinerante» e o uso da iglesia de «S. Martino dei Molazzi ». Sobre este episódio e sobre as vicissitudes da primavera e verano de aquel año, cf. la reconstrucción de F. Morro, "oratório" de Dom Bosco no cemitério de São Pedro, em RSS 7 (1986) 199-220.

3 «O propósito deste Catecismo é reunir nos feriados aqueles jovens que se abandonaram não intervêm em nenhuma Igreja para a educação, o que é feito levando-os bem com palavras, promessas, dons e coisas semelhantes. O ensino é reduzido precisamente a isto: 1º amor no trabalho; 2 °) Frequência dos santos sacramentos; 3 °) Respeito a toda superioridade; 4 °) Escape dos maus companheiros "(Uma carta" histórica "de 1846 selas originárias do Oratório [Dom Bosco al Marques Benso di Cavour, vigário da cidade de Turim], en: BRAIDO, Dom Bosco para os jovens, p. ).

"No espaço de três anos mais de vinte abraçaram o estado religioso, seis estudaram latim para perseguir uma carreira ecdesiastica, muitos outros reduzidos a bons sentimentos freqüentam suas respectivas paróquias. 11 que a qualidade dos jovens que são geralmente na idade de dez a dezesseis anos, sem princípios de religião e educação, a maioria dos quais estão sob o domínio de defeitos e estão prestes a dar razões para queixas públicas ou para ser colocados em locais de castigo "(Bosco, Carta de 1846, p. 170).

semanas mais tarde (junho 1846), en las "Family Readings", um dirio educativo-popular periico para Lorenzo Valerio. A nota dedica-se às "clashas e diversões para os jóvenes dos domingos" e aos oratórios de don Cocchi e de don Bosco, citaba como ejemplos encoináveis ​​(aun sin-nombrarlos expresamente). «Ler mais» Turín - escriban las "Readings" - muchos muchachitos andrajosos reciben cobijo e instrucción [...] gracias a una pequeña sociedad de jóvenes sacerdotes. Tomaron en alquiler dos pequeñas casas com jardim adjacente; una de ellas está procurando por Rzfugio de la marquesa de Barolo, más all de Porta Palazzo, e a outra está localizada hacia el Po y, sim não me equivocam, no novo barrio de Llamado de Vanchiglia. A estas dos casas acuden en gran cantidad los dias de fiesta los verdaderos pobres, los verdaderos pillos de Turín y produz estupor el amor e a alegria com o hacen ». El articulista anónimo não dejaba de decir quiénes era de la «verdadeira desobediente» de Turín: vendedores de cerillas, de billetes de loteria, aprendices, peones, criados, «in a palabra, de toda clase de oficios y de industria» 5 de de As várias ações que são realizadas são os dos oratórios: «Em primeiro lugar algunos fervorosos sacerdotes les dan uma breve instrução religiosa, se cantos salmos ou cantos devotos, depois da aula de educação, de moral y último se les facilan medios de diversões (também no feno ejercício de gimnasia) e muitas outras coisas da merienda ».6
O breve escrito de las "Family Reading" - especialmente se se realiza ao mesmo tempo no público - constitui um interessante documento na história dos oratórios das Turines, pelo qual somos o fundador de 1846 e o ​​oratorio de don Cocchi (Que dirigiu o llamado do Ángel Custodio desde 1840) como o Dom e o teólogo Borel (que se estabeleceu em Valdocco) apareceu antes da opinião pública mais sobre os problemas dos ambientes populares, não Como um lugar simples da instrução religiosa, até que as estruturas de ensino mais populares.

Dom Bosco recuerda que o Oratório dos primeiros tempos "era composto de pedreiros, pedreiros, estucadores, pavers, quadratori e outros que vinham de países distantes" (MO 86). Se você pode consultar os observatórios que foram classificados como trabajadores, hace P. STELLA, Dom Bosco I, p. 104.

6 Escolas e diversões domen: kali pei Pobre, «Leituras Familiares» 25 (1846) 196. Para a perspectiva, a publicação de uma breve alusão aos oratórios, é necessário precisar da revista «Readings» tinha publicado em um número precedente é uma arte sobre as escolas de Londres, queixando-se de que não se dirige em marcha, em Turim, nununa adjunto adjacente. O artículo, debido ao director da revista, Lorenzo Valerio, se preguntaba, em efeito, é «o partido das crianças a quem se destinam as escolas esfarrapadas e nas capitais italianas, tendo em conta a população, mais ou menos, que não em Londres, numerosos? Não sabemos: certamente não faltam, e aqueles que assistiram às salas de abrigo que a misericórdia de Turim abriu no inverno muito rígido de 1845, ele foi capaz de ver os rostos esquálidos, selvagens e às vezes ferozes de crianças jovens e esfarrapadas gradualmente se tornando mais suaves [...]. Senão, fechou as salas dos resgates de inverno, aquelas crianças voltaram aos hábitos, aos erros de antes [...]. Se o trabalho de ajuda de inverno não tivesse cessado, se existissem escolas semelhantes às descritas acima em Turim, talvez essas crianças não fossem agora confundidas com uma vida de infâmia ”.

Foi sintomático que fuera precisamente o periódico dirigido pelo diretor dinâmico da indústria de seda de Aglomerar que se ocupa dos oratórios. No meses anteriores, a partir de agora, as «Leituras Populares», foram as escolhas mais populares das escolas populares de educação popular. No entanto, ele já tinha uma boa dose de um ensayo de Caí () Inácio Júlio no que, por favor, o pseudónimo de Luca Ligorio, tinha a idéia de que intervir de modo eficaz a favor dos «niños abandonados pelas chamadas» , para sospar a la «suceder o cuerpo» ya la «mais repugnante da alma» no bastaba la escuela, fine that hacía lack actuar también por medio de los «entretenimientos populares».
El interes de don Cocchi, de Dom Bosco y de los otros sacerdotes com o elo de propósito, dedicado à juventude e à sobre a novedad de su acercamiento, a menos pelo que se refere à realidade do capital, aparecía a Ojos de los filantropos liberais de las "Leituras" como um episódio que merecia ser subrayado, no entanto, a inspiração fundamental que anima os sacerdotes junta à categoria de la caridad y la benefencia. Tantos como os otroses, diversos grados de conciencia, pertenecían no fervor geral educacional-popular que animam Píamonte carlosalbertino a comienzos del decenio 1840-50, consecuencia igalmente, com se se sabe, de complejo progreso de la vida económica que se tradujo para um lado, em um novo desenvolvimento da vida cidadã y, por otro,

No coração da sociedad piamontesa hacia os problemas de educação do pueblo reflejaba preocupaciones y exigencias que entraban en todo ello, no entanto el cuadro conceitual em que se daba foi, em su conjunto, o de «instruir o povo» y «hacer pasar para as mentes do pueblo as idéias justas de las cosas ", y não" tomar as idéias do pueblo sus mismas, pocas, simples, indefinidas, exclusivas, imperfeitas ", según lo que escribía just en aquellas semanas Rosas en las páginas de" L ' Educador Primário ". 8 En los ambientes
7 L. LIGORIO GIULI0], de entretenimento popular, en" Family Reading "2 (1843)
9-11.

8 A. ROSMINI, de verdadeira popularidade, em "The Primary Educator" 10 (1846) 148-150.

da burguesia e da nobreza liberalizante a "popularidad" iba unida as exigencias de ordem social, primera e importante manifestaçao da conciencia que se venencia difundiendo en los estrautis mais respeitosos las nuevas relaciones entre as clas, y la promoción de la Escuela se entretejía con el deseo de nueva cultura y de nuevos costumes capacidades de dar a conhecer grupos que se destacam para a apresentação de temas como as potenciales clases dirigentes.

A tradição caritativa do Cotovelo, do Barolo e das numerosas iniciativas sostenidas pelo cielo cristão se proponíano en primer lugar do modo tangível do valor da caridade e do amor pelo pró-judaísmo, uniéndolos no plano educativo com a elimina a de eliminar Os processos de descristiani7ación que se anunciam como o passado antes de desordenar moral e a revolución política. Em jóvenes sacerdotes, nacidos entre 1810 y 1820 y casos formados todos na escola do Convitto, que se comprometem com os oratórios, a ideia de pueblo iba de forma extrativelmente unida à "conversão" no sentido que esta expressão tem adquirido durante o Restauração, decida, como fazer a explosão explícita dos esfíncteres dos ilustrados e revolucionarios por crear un mundo sin Dios. O objetivo mais urgente foi o de alcançar as masmorras populares às práticas dos sacramentos e as grandes devociones. No modelo sacerdotal iba pouco a pouco alejándose de de cura-juez, atento principalmente ao que pode ser absolvido de modo, ao padre-pai e pastor, capaz de incrementar os direitos de vida de gracía: um sacerdote, , olhe para la mentalidad, nas exigencias do povo que, sem pecado indulgencias, era capaz de compreenderlo e de hablar su propio lenguaje.

Os oratórios de Dom Cocchi e Don Bosco desarrollaron precisamente no ponto crucial exigencias pastorales (a conversão do pueblo a través de hexa nueva figura de um padre) y necesidades educational-populares (ayudar a la juventud solo, abandonada y sin guía y , por tanto, possível em peligro e peligrosa para que mejorjor para sí misma y para la sociedad). O educador religioso social em los jóvenes significou a criação de instituições importantes para o desenvolvimento gradual e ordenado da sociedade piamontesa. Como sabemos, os primeiros preocupam-se a la la catequesis e las práctic