SDB Recursos

GC27 – ‘Boa noite’ de Pe. Jorge Militante, FIS

 
‘Boa noite’ de Pe. Jorge Militante, FIS
9 April 2014

Queridos Superiores e membros do GC27,
Queridos irmãos da grande Congregação de São João Bosco:

Eu sou Pe. Jorge P. Militante, SDB. Represento a Inspectoria das Filipinas-Sul (FIS).
Sou agradecido por esta oportunidade que me foi dada de falar diante de todos vós sobre o nosso país e sobre o trabalho dos salesianos nas Filipinas-Norte (FIN) e, especialmente, da Inspectoria das Filipinas- Sul (FIS).

O nosso país é uma das nações do Extremo Oriente em via de desenvolvimento. Raramente nós estamos no centro das atenções do mundo... Porém uns eventos excepcionais nestes últimos anos têm-nos catapultado no palco do mundo. Entre eles podemos citar os seguintes eventos:

1. O ano de 1986 viu a derrubada, após 20 anos de governo político do presidente Ferdinando Marcos.

2. A fenomenal ascensão do nosso herói de boxe - Manny Pacquiao - no mundo dos desportos.

3. E, naturalmente, a inimaginável e sem precedentes destruição causada pelo pior superfuracão que atingiu o país – o ciclone Yolanda/Haiyan no mês de novembro p. p. ocorrido depois de um terremoto de 7,2 graus nas ilhas vizinhas. O tufão foi o vigésimo quarto a atingir o país em 2013 e o pior que tem ocorrido no mundo. As consequências têm-nos mostrado o que acontece quando a natureza se zanga. Houve uma enorme destruição e aniquilação de propriedades, de agriculturas e de infraestruturas e, principalmente, a perda de vida de muitas pessoas.

As nações do mundo ouviram o clamor e a súplica dos nossos irmãos e irmãs carentes nas Filipinas. Houve uma resposta unânime. Mesmo o mundo salesiano contribuiu através de diferentes organizações salesianas não-governamentais e as ‘procuradorias’ missionárias, bem como individualmente as casas, comunidades, estudantes e membros da Família Salesiana. Na verdade, percebemos que há pessoas que se preocupam e que o mundo tornou-se, gradualmente, uma aldeia, uma casa para todos aqueles que partilham a mesma humanidade.

A Inspectoria do Sul tem-se mostrado à altura da situação, assumindo a tarefa de estar diretamente envolvida na ajuda de emergência e na recuperação de danos. Mesmo os nossos irmãos das Filipinas-Norte têm feito a mesma coisa de acordo com a sua capacidade, e vamos continuar a dar a nossa ajuda até quando for necessário.
Apesar destas dificuldades e preocupações, o nosso país, as Filipinas, onde existem duas Inspetorias Salesianas, é um país verdadeiramente abençoado pelo Senhor, com uma natureza generosa e um povo capaz de recuperação

Descrizione delle Filippine
Descrizione della nostra opera salesiana

Conclusione:
Descrição das Filipinas
Descrição da nossa Salesiana

Conclusão:
Nesta celebração do bicentenário do nascimento de Dom Bosco, estamos comprometidos a dedicar-nos à missão e ao espírito de Dom Bosco. Fazemos nosso o «da mihi animas» de Dom Bosco. Esperamos formar o nosso coração, de acordo com o do Bom Pastor - um pastor que arde pelo zelo, paixão e amor pelos jovens.
Gostaríamos de aproveitar esta oportunidade para expressar o sincero apreço e gratidão do povo filipino, especialmente aos benfeitores anônimos dos países que os irmãos representam nesta assembleia, que nos ajudaram, assim como às organizações salesianas não-governamentais, às ’procuradorias’ salesianas, a cada casa, aos grupos e aos membros da Família Salesiana, e de modo especial às Inspectorias que constituem a Região Ásia Leste-Oceânia. No nosso encontro dos Inspetores da Região em Melbourne em novembro passado, o Pe. Greg Chambers, Inspector da Austrália, inventou a palavra "solidariedade prática ". Temo-la visto e experimentado não como algo que foi pregado e pensado, mas de modo especial praticado e vivido.
Muito obrigado a todos, muito obrigado, muito obrigado!

Boa Noite… e Deus vos abençoe