Santidade Salesiana

Antônio Lustosa

Início do processo: 14 - 8 - 1993 Conclusão do processo: 14 - 8 - 2001

Torne-se um Salesiano no Brasil

Antonio de Almeida Lustosa nasceu em 11 de fevereiro de 1886 em uma família camponesa burguesa de São João del Rei, no estado brasileiro de Minas Gerais.

De seus pais, ele aprendeu o espírito de sacrifício e o valor do trabalho. Os salesianos abriram o Colégio Dom Bosco em Cachoreira do Campo há alguns anos e Antonio entrou aos dezesseis anos. Dois anos depois, decidiu tornar-se salesiano, distinguindo-se por sua intensidade intelectual e compromisso com a vida religiosa.

Aos 26 anos foi ordenado sacerdote. Ele foi escolhido como Mestre dos Noviços. Foi nomeado diretor em Lavrinhas, encarregado de formar aspirantes salesianos e estudantes de filosofia e teologia. Além de ensinar, ele treinou muitos clérigos no apostolado salesiano, animando paróquias e oratórios vizinhos com sua ajuda.

Bispo de Uberaba, depois archviescovo de Belém do Pará

Em 1925 foi convidado a aceitar a nomeação como Bispo de Uberaba, diocese de trabalhadores e mineiros. Ele queria ser consagrado em 11 de fevereiro, data que o lembrou da presença de Nossa Senhora em sua vida. Ele achou o seminário praticamente vazio. Depois de um ano, ele tinha cerca de trinta seminaristas de academia ao seu redor. Ele cuidou dos marginalizados, tornando a sua própria urgência de justiça social. Depois de apenas quatro anos, foi transferido para Corumbá, no Mato Grosso, o maior e mais difícil local de evangelização. Depois de apenas dois anos, foi nomeado arcebispo de Belém do Pará, imensa diocese do Norte. Ele ficou lá por dez anos, se esbanjando com sua generosidade habitual. Em 1941 foi transferido para a importante sede de Fortaleza, capital do estado do Ceará.

O bispo da justiça social

Aqui ele deu o melhor de si em 22 anos de estadia, vivendo intensamente o "Da mihi animas" de Dom Bosco. Ele é considerado o bispo da justiça social. Ele percebe que a primeira evangelização consiste em restaurar a dignidade para as pessoas e famílias mais pobres. Depois pense em estabelecer clínicas, o Hospital "San Giuseppe", escolas populares gratuitas e clubes de trabalhadores. Inauguração da sopa dos pobres e dos serviços sociais da Arquidiocese. Sem nunca esquecer o cuidado das almas, ele dá vida ao Pré-Seminário, ao Santuário "Madonna di Fatima" e à estação de rádio "Assumption Cearense".

Encontrou "os Josefinos"

Para ajudar as famílias rurais, ele fundou a Congregação do "Giuseppine", atualmente presente em vários estados brasileiros. Monsenhor Lustosa era, como Dom Bosco, um escritor prolífico nos mais variados campos: teologia, filosofia, espiritualidade, hagiografia, literatura, geologia, botânica. Ele foi muito talentoso também no campo artístico: são os vitrais da Catedral de Fortaleza.

Em 1963, após 38 anos de atividade episcopal, retirou-se para a casa salesiana de Carpina. onde passou seus últimos quinze anos e onde morreu em 14 de agosto de 1974. Seu corpo descansa na Catedral de Fortaleza.